Brazilian Journal of Biology, Volume: 66, Issue: 4, Published: 2006
  • Editorial note

    Tundisi, José Galizia
  • Ultrastructural changes in female hepatocytes during ovarian maturation of Steindachnerina insculpta (Pisces: Curimatidae) Ecology

    Ribeiro, V. M. A.; Bazzoli, N.; Maria, T. A.; Santos, G. B.

    Abstract in Portuguese:

    Fêmeas de Steindachnerina insculpta, um teleósteo do reservatório de Furnas, Minas Gerais, Brasil, apresentaram, durante a maturação gonadal, um baixo índice hepatossomático e um alto índice gonadossomático, sugerindo que substâncias hepáticas são provavelmente transferidas para os ovários. Comparando-se fêmeas no estádio de repouso com aquelas no estádio maturação/maduro, observaram-se nos hepatócitos de fêmeas no estádio maturação/maduro maior desenvolvimento do retículo endoplasmático rugoso e liso, mitocôndrias com densidade eletrônica aumentada e glicogênio espalhado por todo citoplasma. No estádio de repouso, assim como no estádio de maturação/maduro, observaram-se, no parênquima hepático, centros melanomacrofágicos constituídos de restos celulares em degeneração delimitados por cápsula contendo células semelhantes a fibroblastos unidas por desmosomas. Não foram observadas relações fisiológicas entre os centros melanomacrofágicos e a maturação dos ovários.

    Abstract in English:

    During gonadal maturation the females of Steindachnerina insculpta, a teleost of the Furnas reservoir, Minas Gerais, Brazil, show low hepatosomatic and high gonadossomatic indexes, suggesting possible transference of hepatic substances to the ovaries. In comparison to the resting phase, in the maturation/mature one the hepatocytes show greater development of both smooth and rough endoplasmic reticula, increased electron density in the mitochondria, and glycogen scattered throughout the cytoplasm. In both resting and maturation/mature phases, the hepatic parenchyma contains melanomacrophagic centers that consist of degenerating cellular debris and are surrounded by capsules formed by cells, resembling fibroblasts, joined by desmosomes. No physiological relation of these centers with ovarian maturation was found.
  • Small-scale manjuba fishery around Cardoso Island State Park, SP, Brazil Ecology

    Cardoso, T. A.; Nordi, N.

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho foi desenvolvido nas comunidades Enseada da Baleia e Vila Rápida (PEIC), com a finalidade de reunir subsídios para o manejo participativo da pesca da manjuba. Foram obtidos dados da técnica e estratégias utilizadas na pesca da manjuba, sobre conhecimento local dos pescadores estudados, além de analisados os aspectos sociais, ecológicos e econômicos envolvidos nesse tipo de pesca. Foi observado que os conhecimentos e práticas dos pescadores, associados à limitação dos apetrechos de pesca, são importantes para a execução de uma pesca mais seletiva e para a conservação do recurso. Verificou-se que a pesca industrial, a fiscalização e o mercado restrito são os principais fatores externos que interferem diretamente na atividade pesqueira estudada. A partir da análise do contexto em que a pesca da manjuba está inserida, foram sugeridas propostas para o manejo da atividade, ressaltando-se a necessidade de sua realização de forma participativa, juntamente com as comunidades usuárias do recurso.

    Abstract in English:

    This work was carried out in the Enseada da Baleia and Vila Rápida communities. Data was provided by the Co-Management Committee of the Cardoso Island State Park (PEIC) on manjuba fishery management, technique and strategies used by the fishermen, as well as locally accumulated knowledge. Based on the results, social, ecological, and economic aspects of this type of fishing were analyzed. The importance of the accumulated knowledge and experience of this community, as well as the limitations imposed by local fishing gear, was concluded to be essential in conserving manjuba fishery conditions in the area. Industrial fishing, relevant state legislation, and market conditions were found to be the main obstacles to local fishery. Various proposals are suggested for manjuba fishery management, with emphasis on the need for fishing community participation in whatever measures are ultimately implemented.
  • Tijuca National Park: two pioneering restorationist initiatives in Atlantic forest in southeastern Brazil Ecology

    Freitas, S. R.; Neves, C. L.; Chernicharo, P.

    Abstract in Portuguese:

    Estudos sobre monitoramento, regeneração florestal e manejo de fauna devem usar a história ambiental como referência para compreender o passado da área de estudo e para monitorar os resultados desses estudos. Para criar a base da história ambiental para o Parque Nacional da Tijuca, relatamos duas iniciativas clássicas de restauração e a lista das espécies de mamíferos que ocorrem atualmente neste parque urbano, que depende dessas iniciativas. O Parque Nacional da Tijuca (PNT) é um parque urbano de 3.200 ha coberto por floresta tropical secundária e cercado pela cidade do Rio de Janeiro, no Sudeste do Brasil. No PNT, ocorreram duas iniciativas clássicas de restauração: a pioneira restauração da floresta tropical no século XIX e o projeto de manejo da fauna nos anos 70. A lista de mamíferos foi baseada em publicações e nos espécimens depositados no Museu Nacional do Rio de Janeiro. A comunidade de mamíferos do PNT é composta por 49 espécies, sendo 11 incluídas nas listas vermelhas regionais e quatro espécies na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2003. A ocorrência dessas espécies ameaçadas e a história do parque tornaram o Parque Nacional da Tijuca uma área de estudo prioritária para monitoramento, conservação e manejo. Além do PNT ser um parque urbano importante para a manutenção da diversidade da fauna e da flora, incluindo as espécies ameaçadas, também melhora a qualidade de vida da população da cidade do Rio de Janeiro, fornecendo áreas verdes, recreação, turismo e abastecimento de água. Concluindo, enfatizamos a grande importância da história ambiental no Parque Nacional da Tijuca para a composição atual da comunidade de mamíferos.

    Abstract in English:

    As a contribution to the environmental history of the Tijuca National Park, we report on two pioneering restorationist initiatives and list its the mammal species now found in this urban park. The Tijuca National Park (TNP), a 3,200 ha urban park covered by secondary tropical forest, is located within Rio de Janeiro, in southeastern Brazil. The two restorationist initiatives were a pioneer tropical forest restoration project in the nineteenth century and a fauna management project in the 70' s. The mammal list presented here was based on specimens in the Museu Nacional do Rio de Janeiro and on publications. The mammal community of TNP is composed of 49 species, of which 11 are on regional red lists, and four are on the 2003 IUCN Red List of Threatened Species. Occurrence of these threatened species and the park history itself made the TNP a priority site for studying conservation, management, and monitoring. Besides maintaining fauna and flora (including threatened species) diversity, the park benefits the population of Rio de Janeiro by providing water, green areas, and recreational and touristic opportunities.
  • Habitat disturbance and small mammal richness and diversity in an Atlantic rainforest area in southeastern Brazil Ecology

    Vera y Conde, C. F.; Rocha, C. F. D.

    Abstract in Portuguese:

    Os distúrbios são importantes fatores ecológicos afetando a diversidade de espécies em ambientes naturais. Na Floresta Atlântica vive cerca de 50% da população humana do Brasil. A crescente ocupação humana neste ecossistema, resultou em uma intensa degradação e fragmentação do hábitat, tornando vulnerável a sua diversidade biológica e ocasionando uma alta taxa de perda de espécies animais e vegetais. Alguns estudos de comunidades têm demonstrado que ao longo de um gradiente de perturbação ambiental, os maiores valores de diversidade de espécies são encontrados em hábitats com níveis intermediários de frequência e de intensidade de distúrbios. No presente estudo, nós estimamos a riqueza, diversidade e abundância de espécies de pequenos mamíferos em três áreas de Mata Atlântica com diferentes níveis de distúrbio. O estudo foi conduzido na Mata Atlântica da Ilha Grande (23° 11' S e 44° 12' W), uma ilha localizada no Sul do estado do Rio de Janeiro, Sudeste do Brasil. Em cada uma das três áreas de florestas e em uma área antrópica rodeada por estas florestas, nós estabelecemos 10 trilhas paralelas com 200 metros de comprimento (com pontos a cada 20 m de intervalo e pontos adicionais acima do solo), num esforço total de 4800 armadilhas/noite. Nós também medimos algumas variáveis estruturais do hábitat para avaliar o nível de distúrbio em cada área. Nossos dados mostraram que as duas florestas mais conservadas tiveram os mais baixos valores de riqueza e diversidade de espécies e que na área antrópica ocorreu uma perda quase total de espécies silvestres. A floresta com nível intermediário de distúrbio teve os maiores valores de riqueza e diversidade de espécies, considerando a área antrópica como um hábitat sob alto grau de distúrbio.

    Abstract in English:

    Since disturbance is an important ecological factor affecting species diversity in natural environments, the increasing human occupation rate in Brazilian Atlantic rainforest, which supports about 50% of Brazil's human population, has resulted in intense habitat degradation and fragmentation. Within this rainforest, animal and plant species have been lost at a high rate, and biological and diversity is presently vulnerable. Various animals community studies along a gradient of environmental disturbances have shown that the highest species diversities occur in habitats with intermediate levels of disturbance frequency and intensity. In the present study, which was carried out in the Atlantic forest of Ilha Grande (23° 11' S and 44° 12' W), an island located on the southern coast of Rio de Janeiro State, southeastern Brazil, we estimated species richness, diversity, and abundance of small mammals in three forest areas having different disturbance levels. This was done, in each of these areas and in an anthropic area that they surround, by establishing trails 200 m long, in which points were marked at 20 m intervals. The work involved a total effort of 4800 trap/nights. We also measured some habitat variables at each site in order to evaluated their disturbance levels. Our data showed that the two most conserved forests had the lower species richness and small mammal diversity, while in the anthropic area wild species were absent. The forest with an intermediary level of disturbance showed higher values for species richness and diversity, with the anthropic area presenting the highest disturbance level.
  • Response of wild mammals to seasonal shrinking-and-expansion of habitats due to flooding regime of the Pantanal, Brazil Ecology

    Mamede, S. B.; Alho, C. J. R.

    Abstract in Portuguese:

    O Pantanal é uma área inundável (138.183 km² no Brasil), importante globalmente por sua biodiversidade, alimentado por tributários da margem esquerda do alto Rio Paraguai, no centro da América do Sul (Brasil, tocando a Bolívia e o Paraguai). As terras altas do entorno são o planalto (250-1200 m de altitude, 215.000 km² no Brasil), e a planície é o Pantanal (80-150 m de altitude, 147.574 km² no Brasil). Os rios movem-se lentamente quando encontram a planície (declividade de 0,3-0,5 m/km leste-oeste; 0,03-0,15 m/km norte-sul), periodicamente transbordando suas margens, criando um complexo de habitats sazonais. Inundação rasa e recorrente ocupa 80% do Pantanal; áreas inundáveis secam na estação seca. Flutuação do nível da água, nutrientes e espécies silvestres formam um ecossistema dinâmico. Diferentes tipos de inundação formam diferentes tipos de pantanais. Um censo de mamíferos silvestres foi feito no Pantanal do Rio Negro, de abril de 2003 até março de 2004, para estudar a diversidade e a abundância de mamíferos terrestres durante as estações seca e cheia. Um total de 36 espécies de mamíferos foi observado no campo. A capivara Hydrochaeris hydrochaeris foi a espécie mais freqüente, seguida do lobinho Cerdocyon thous e do cervo-do-Pantanal Blastocerus dichotomus. A maior freqüência de espécies de mamíferos observada (abundância) foi registrada em agosto e setembro, coincidindo com a época de maior expansão de habitats sazonalmente inundáveis. A abundância de animais (em termos de freqüência de indivíduos observados) varia entre a estação seca e cheia, sendo que os campos sazonalmente inundáveis são os habitats mais utilizados pelos animais na estação seca.

    Abstract in English:

    The Pantanal is a large savanna wetland (138,183 km² in Brazil), important for its wildlife, fed by tributaries of the upper Paraguay River, center of South America (Brazil, touching Bolivia and Paraguay). Uplands are plateaus (250-1,200 m high, 215,000 km² in Brazil) and flatland is the Pantanal (80-150 m high, 147,574 km² in Brazil). Rivers are slow moving when they meet the flatland (slope 0.3-0.5 m/km east-west; 0.03-0.15 m/km north-south), periodically overflowing their banks, creating a complex seasonal habitat range. Recurrent shallow flooding occupies 80% of the Pantanal; during the dry season flooded areas dry up. Fluctuating water levels, nutrients and wildlife form a dynamic ecosystem. A flooding regime forms distinct sub-regions within the Pantanal. A mammal survey was carried out in the sub-region of the Rio Negro from April, 2003 through March, 2004 to study the diversity and abundance of terrestrial mammals during the dry and flooding seasons. A total of 36 species were observed in the field. The capybara Hydrochaeris hydrochaeris was the most frequent species, followed by the crab-eating-fox Cerdocyon thous and the marsh deer Blastocerus dichotomus. The highest abundance of species was observed during the dry season (August and September), when there is a considerable expansion of terrestrial habitats, mainly seasonally flooded grassland. Animal abundance (in terms of observed individual frequencies) varied during the dry and wet seasons and the seasonally flooded grassland was the most utilized habitat by mammals in the dry season.
  • Diversity and distribution of oribatid mites (Acari:Oribatida) in a lowland rain forest in Peru and in several environments of the Brazilians States of Amazonas, Rondônia, Roraima and Pará Ecology

    Franklin, E.; Santos, E. M. R.; Albuquerque, M. I. C.

    Abstract in Portuguese:

    Sumarizamos o estado atual de conhecimento da diversidade e distribuição de ácaros oribatídeos em 26 ambientes do norte do Brasil e em uma floresta do Peru. Os estudos publicados estão concentrados na Amazônia Central. A maioria dos registros é proveniente de florestas. Desses, somente um é resultado de estudo efetuado em campos agriculturais (policultivo). Fornecemos a primeira lista de espécies para savanas e para os estados Brasileiros de Roraima e do Pará. Até hoje, 146 espécies estão definitivamente identificadas de um total de 444 de taxa, totalizando 188 gêneros conhecidos, reforçando a noção de área ricamente biodiversa. O alto número de 298 espécies não descritas (morfo-espécies) mostra claramente que o conhecimento atual da taxonomia na região ainda é inadequado. no solo de floresta primária, registramos a maior diversidade (54 - 155 espécies/morfo-espécies). Oitenta e nove espécies foram coletadas apenas em florestas primárias, seguidas por 34 em savanas, 32 em árvores, 10 em igapó, 4 em caatinga, 3 em floresta secundária, duas em várzea e somente uma em policultivo. Vinte gêneros possuem o maior número de espécies. As espécies com maior amplitude de habitat foram Rostrozetes foveolatus, Scheloribates sp. a, e Galumna sp. a. nossos números refletem a falta de taxonomistas e mostram que, caso o conhecimento taxonômico não seja incrementado na região, continuaremos a trabalhar com resolução taxonômica de ordem ou de família e com alta porcentagem de morfo-espécies, o que provavelmente poderá ser apropriado para a questão a ser respondida, mas não possibilitará uma comparação entre ambientes.

    Abstract in English:

    We are summarizing the current state of knowledge of the diversity and distribution of oribatid mites in 26 environments in northern Brazil and of a rain forest in Peru. the published studies were mostly concentrated in central amazon. Only one report is a result from an agricultural polyculture. We are providing the first lists of species for savannas and for the brazilian states of Roraima and Pará. up to date, 146 species are definitively identified from a total of 444 taxa with 188 known genera, reinforcing the notion of a rich biodiverse area. the high number of 298 non-described species (morphospecies) clearly shows the inadequacy of the current taxonomic knowledge for the region. most of the registers are from forest environments. in the soil from primary forests, we registered the highest diversity (54-155 species/morphospecies). eighty-nine species were unique to primary forests, followed by 34 for savannas, 32 in trees, 10 in "igapó", 4 in caatinga, 3 in secondary forests, two in "várzea" and one in polyculture. twenty genera were the most speciose. the species with the largest home ranges were Rostrozetes foveolatus, Scheloribates sp. a, and Galumna sp. a. our numbers reflect the lack of taxonomists and show that the taxonomic knowledge must be improved for the region or we will continue to work with taxonomic resolution of order or family and a high percentage of morphospecies, which will probably be appropriate to the question being asked in each study, but not for a comparison among environments.
  • Plant food resources and the diet of a parrot community in a gallery forest of the southern Pantanal (Brazil) Ecology

    Ragusa-Netto, J.; Fecchio, A.

    Abstract in Portuguese:

    Psitacídeos neotropicais usualmente exploram o dossel das florestas em busca de alimentos como néctar, flores, folhas, polpa e sementes de frutos. Como essas aves não estabelecem territórios, movimentam-se através de mosaicos de vegetação no sentido de utilizar recursos alimentares, produzidos massivamente, à medida que se tornam disponíveis. Neste estudo, nós examinamos a utilização de uma mata ciliar, no Pantanal Sul (Brasil), por uma comunidade de psitacídeos, constituída por um gradiente de formas que incluiu desde o pequeno Brotogeris chiriri até a grande Ara chloroptera. Os recursos vegetais, importantes para os psitacídeos, foram produzidos massivamente durante a estação chuvosa (frutos carnosos), subseqüentemente durante as cheias anuais (também frutos carnosos) e, finalmente, na estação seca (flores). Tanto as pequenas quanto as grandes espécies consumiram tais frutos, no entanto os periquitos utilizaram predominantemente a polpa, enquanto as espécies maiores consumiram em proporções similares a polpa e as sementes. Durante a estação seca os periquitos utilizaram extraordinariamente néctar das flores, sobretudo produzido por Inga vera, que anualmente floresceu massivamente ao final da estação seca, período mais rigoroso do ano. Dentre as espécies maiores, apenas Propyrrhura auricollis utilizou substancialmente néctar. A intensa produção de frutos, tipicamente dispersos por peixes ou pela água durante a cheia anual, foi amplamente utilizada pelos psitacídeos. Portanto, ao contrário dos padrões de frutificação da maioria das matas secas neotropicais, a ocorrência de um pico de frutificação durante as cheias emerge como um evento marcante de disponibilidade de frutos, num período (transição da estação úmida para a seca) em que tipicamente tendem a declinar. Nesse sentido, a peculiar produção massiva de flores e frutos, nessa mata ciliar, potencialmente contribui para manutenção das grandes populações de psitacídeos, ainda presentes, no Pantanal Sul.

    Abstract in English:

    Neotropical parrots usually forage in forest canopies for nectar, flowers, leaves, fruit pulp, and seeds. As they have no all-purpose territories, these birds usually exploit vegetation mosaics in order to use plentiful resources as they become available. In this study we examine the use of a gallery forest in the southern Pantanal (Brazil) by a diverse parrot community that ranged from Brotogeris chiriri (a small species) to Ara chloroptera (a large one). Plant food resources principally used by parrots were abundantly available during the rainy season (fleshy fruits), the annual floods (fleshy fruits), and the dry season (flowers). While both smaller and larger species foraged on fruits, parakeets largely consumed the pulp, while larger parrot species used pulp and seeds. In the dry season parakeets foraged extensively on nectar, especially Inga vera nectar that was abundantly available during the last two months of the dry season, the harshest period of the year. Among larger parrots, only Propyrrhura auricollis frequently harvested nectar. Fruits maturing during floods, despite being fish- or water- dispersed were extensively used by the parrots. Hence, unlike what happens in most other Neotropical dry forests, occurrence of a fruiting peak during the annual flooding, which occurs in the transition from the wet to the dry season, constitutes an extra and significant episode of food availability, since in this period, fruit production normally declines. Therefore, the unique and abundant availability of flowers and fruits in this gallery forest may account for the presence of large parrot populations in the southern Pantanal.
  • Predation on Biomphalaria sp. (Mollusca: Planorbidae) by three species of the genus Belostoma (Heteroptera: Belostomatidae) Ecology

    Armúa de Reyes, C. A.; Estévez, A. L.
  • Platynota rostrana (Walker) (Tortricidae) and Phidotricha erigens Raganot (Pyralidae): artificial diet effects on biological cycle Biology

    Nava, D. E.; Fortes, P.; de Oliveira, D. G.; Vieira, F. T.; Ibelli, T. M.; Guedes, J. V. C.; Parra, J. R. P.

    Abstract in Portuguese:

    Os lepidópteros Platynota rostrana (Walker) (Tortricidae) e Phidotricha erigens Raganot (Pyralidae) têm sido constatados com freqüência nos pomares cítricos do Estado de São Paulo, nos últimos anos. O objetivo deste trabalho foi estudar a biologia das duas espécies, em condições de laboratório (temperatura 25 ± 2 °C, UR. 70 ± 10% e fotofase de 14 h) em dieta artificial, elaborar uma tabela de vida de fertilidade e descrever os danos causados no campo, devido ao desconhecimento destes aspectos biológicos dos referidos insetos no Brasil. A duração do ciclo biológico (ovo-adulto) de P. rostrana foi de 38,3 dias e a viabilidade total de 44,0%, enquanto para P. erigens foi de 32,5 dias e 63,6%, respectivamente. Ambas as espécies apresentaram cinco ínstares e as pupas de fêmeas foram mais pesadas do que as de machos. As fêmeas de P. rostrana colocaram, em média, 308 ovos e as de P. erigens 106 ovos. A longevidade de machos e fêmeas das duas espécies foi próxima de 10 dias. Pela tabela de vida de fertilidade concluiu-se que P. rostrana tem melhor desempenho em dieta artificial que P. erigens. É possível criar estas espécies em dieta artificial, facilitando o desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao seu controle por métodos alternativos, caso elas assumam o status de pragas nos pomares de São Paulo.

    Abstract in English:

    The lepidopterans Platynota rostrana (Walker) (Tortricidae) and Phidotricha erigens Raganot (Pyralidae) have been found frequently in citrus groves in São Paulo State in recent years. Since in Brazil, the fertility cycle of these two species is largely unknown, as are details of the damage wrought by them in crops, this research studied these aspects of the two species, which were kept under laboratory conditions (temperature 25 ± 2 °C, 70 ± 10% RH, 14 h photophase) and on an artificial diet. The duration of the biological cycle (egg-adult) for P. rostrana was 38.3 days and total viability was 44.0%; for P. erigens these values were 32.5 days and 63.6%, respectively. Both species showed five larval instars. Females of P. rostrana laid an average of 308 eggs, whereas those of P. erigens laid an average of 106 eggs. In both species, female pupae were heavier than males. Male and female longevity for both species was nearly 10 days. Based on the data obtained, the artificial diet produced better results in P. rostrana than in P. erigens. If these species, which have the potential to reach pest status in the citrus groves of São Paulo State, could be reared on an artificial diet, research on their control by alternative methods would be easier.
  • Histological description of the midgut and the pyloric valve of Tropidacris collaris (Stoll, 1813) (Orthopetera: Romaleidae) Biology

    Wanderley-Teixeira, V.; Teixeira, A. A. C.; Cunha, F. M.; Costa, M. K. C. M.; Veiga, A. F. S. L.; Oliveira, J. V.

    Abstract in Portuguese:

    A presente pesquisa teve como objetivo descrever a histologia do mesêntero, cecos gástricos e válvula pilórica de Tropidacris collaris (Stoll, 1813) (Orthoptera: Romaleidae), por meio da microscopia de luz, utilizando-se colorações especiais (Tricrômico de Gomori e P.A.S. - Ácido periódico de Schiff) e de rotina (Hematoxilina-Eosina). Os insetos foram obtidos da criação existente no Laboratório de Entomologia, do Departamento de Biologia, da UFRPE. O material coletado foi fixado em Boüin alcoólico e processado para inclusão em "paralast". Os resultados mostraram que a parede do mesêntero é constituída por duas camadas de músculo estriado: uma interna (circular) e outra externa (longitudinal), com a presença de tecido conjuntivo entre as fibras musculares. O epitélio é do tipo simples, constituído por dois tipos de células: células regenerativas e células colunares altas. Os cecos gástricos também apresentam as camadas de músculo semelhantes às observadas no mesêntero. O tecido epitelial é do tipo simples colunar projetando-se para a luz do órgão, formando vilosidades. A válvula pilórica é constituída por tecido muscular estriado, recoberto por tecido epitelial.

    Abstract in English:

    The present research describes the histology of the midgut, gastric caeca, and pyloric valve of Tropidacris collaris (Stoll, 1813), (Orthopetera: Romaleidae). We used light microscopy, staining (Gomori's trichrome and periodic acid-Schiff (PAS)), and a routine histological analysis method (hematoxilin-eosin). The insects were obtained from, and also bred in, the Laboratory of Entomology, Department of Biology, of the Rural Federal University of Pernambuco (UFRPE). The collected material was fixed in alcoholic Boüin and embedded in paraplast. The results demonstrated that the midgut wall is composed of an inner epithelial layer and two outer layers of striate muscles: one internal (circular) and the other external (longitudinal), with connective tissue between the muscle fibers. The epithelium is single-layered, with two cell types: regenerative and elongated columnar. The gastric caeca presents muscle layers similar to those of the midgut. Simple columnar epithelium lines the gastric caeca, which presents villi and projects towards the lumen. The pyloric valve is of striate muscle tissue, covered by a single epithelial-cell layer.
  • Seasonal variation and food deprivation in common vampire bats (Chiroptera: Phyllostomidae) Biology

    Freitas, M. B.; Welker, A. F.; Pinheiro, E. C.

    Abstract in Portuguese:

    Os efeitos da variação sazonal e do jejum sobre as reservas lipídicas do morcego vampiro comum (Desmodus rotundus) foram investigadas a fim de se estabelecer o padrão do metabolismo de lipídios da espécie e possíveis alterações sazonais. Foram determinadas as concentrações de Ácidos Graxos Livres (AGL) e o conteúdo lipídico no fígado, músculos e na carcaça de animais alimentados (sangue bovino) e jejuados por 24 e 48 h, capturados durante as estações seca e chuvosa. Em geral, os depósitos lipídicos teciduais não apresentaram variações significativas em resposta às diferentes estações. As reservas de gordura diminuíram, no entanto, em resposta ao jejum, apesar de não ter sido observado nenhum aumento simultâneo dos AGL no plasma, aumento que normalmente indica mobilização lipídica. O metabolismo lipídico nestes tecidos parece importante para as necessidades energéticas dos próprios tecidos. Fatores como abundância e facilidade de acesso às presas (bovinos) podem estar contribuindo para a baixa variabilidade sazonal das reservas lipídicas teciduais.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to investigate the effects of seasonal variation and fasting on fat reserves of the common vampire bat Desmodus rotundus. Plasma free fatty acids (FFA), along with lipid content of the liver and muscles, and fatty acids from the carcass were obtained from bats fed bovine blood and from whom food was subsequently withheld for 24 and 48 h. Animals were caught during both dry and rainy seasons. In general, fat tissue stores were not significantly influenced by seasonal variation. Lipid content of liver, muscles, and carcass decreased during some food deprivation periods, although the concomitant increase expected in plasma FFA was not observed. Lipid metabolism is hypothesized as being continued by the tissues themselves. In addition, free access to food sources (e.g., domestic livestock) throughout the year is believed to contribute to the low seasonal variations in fat reserves observed in the common vampire bat.
  • Embryonic and larval development of Jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard, 1824, Pisces, Teleostei), a South American Catfish Biology

    Pereira, C. R.; Barcellos, L. J. G.; Kreutz, L. C.; Quevedo, R. M.; Ritter, F.; Silva, L. B.

    Abstract in Portuguese:

    O jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard) é uma espécie endêmica da América do Sul. Por ser adaptada ao frio do inverno e ter um crescimento rápido durante os meses quentes, o jundiá é uma espécie adequada para aqüicultura no sul da América do Sul. Muitos aspectos da fisiologia reprodutiva, larvicultura, hematologia, fisiologia da resposta ao estresse, têm sido recentemente estudados. Os ovócitos utilizados neste estudo foram obtidos pela extrusão de fêmeas após indução hormonal. Logo após a hidratação, foram transferidos para incubadoras cônicas de vidro com capacidade para 50 L, com fluxo de água constante e controlado. Amostras de ovos fertilizados foram colocadas em placas de Petri e examinadas através de estereomicroscópio. Os ovos eram esféricos, demersais e não-adesivos, com espaço perivitelino definido e córion resistente. Os estágios de clivagem ocorreram durante as 3,5 primeiras horas. Após a eclosão, as larvas foram transferidas para incubadoras de fibra de vidro de 200 l. Os primeiros sinais de movimento embrionário foram observados 21 h após a fertilização, e a eclosão das larvas ocorreu 30,5 h após a fertilização. Estes resultados podem servir como base para muitos estudos, objetivando o conhecimento da ontogenia completa do jundiá, e para aplicação em estudos ecotoxicológicos.

    Abstract in English:

    The jundiá (Rhamdia quelen, Quoy & Gaimard) is an endemic South American fish species. Because this species supports cold winters and grows faster during warm months, it has begun to be viewed as an ideal species for fish production in southern South America. In the present study, jundiá oocytes used were obtained by extrusion from females after hormone injection. Soon after hydration, the eggs were transferred to 50 L conic glass incubators, with constant and controlled water influx. Samples of fertilized eggs were transferred to Petri dishes and, examined under a stereoscopic microscope, were spherical, demersal, and non-adhesive with defined perivitelline space and resistant chorion. Cleavage stages occurred during the first 3.5 h. After hatching, larvae were transferred to 200 L glass fiber incubators. First signs of embryo movement were observed 21 h after fertilization; larval eclosion occurred 30.5 h after fertilization. Present findings may provide a basis for studies aimed at determining the complete ontogeny of jundiá and may be useful in eco-toxicological studies.
  • Foraging and mobility in three species of Aciculata (Annelida: Polychaeta) Biology

    Pardo, E. V.; Amaral, A. C. Z.

    Abstract in Portuguese:

    Alguns aspectos da atividade alimentar, tais como a captura e ingestão de alimento, bem como a mobilidade dos poliquetas Eurythoe complanata, Marphysa formosa e Diopatra aciculata, procedentes do Canal de São Sebastião (São Sebastião, SP), foram observados em laboratório. Eurythoe complanata, carnívora, alimentou-se apenas de pedaços de peixe, utilizando os lábios retráteis fortemente musculares e detectando a presença do alimento através de estímulos químicos. Diopatra aciculata, onívora, capturou (com o auxílio das maxilas) e ingeriu os diferentes tipos de alimentos oferecidos, promovendo um fluxo de água para dentro do tubo, por meio do qual o animal detecta a presença de alimento e oxigena as brânquias. Marphysa formosa também utilizou as maxilas para morder ou rasgar o alimento. Durante as observações, foi constatado que estes poliquetas, em maior ou menor grau, apresentam intolerância à luminosidade.

    Abstract in English:

    Aspects of feeding, such as food capture and ingestion, as well as mobility of the polychaetes Eurythoe complanata, Marphysa formosa and Diopatra aciculata, from São Sebastião Channel (São Sebastião, state of São Paulo) were observed in laboratory conditions. Eurythoe complanata, a carnivorous species, fed exclusively on pieces of fish with the aid of strong muscular retractable lips, and detected the presence of food by chemical stimuli. Diopatra aciculata, an omnivorous species, captured and ingested different kinds of food with the aid of its jaws, generating a flow of water through its tube by which it detects the presence of food and oxygenates its gills. Marphysa formosa also used its jaws to bite and lacerate food. These species showed greater or lesser degrees of intolerance to light.
  • Floristic composition, environmental variation and species distribution patterns in burned grassland in southern Brazil Biology

    Overbeck, G. E.; Müller, S. C.; Pillar, V. D.; Pfadenhauer, J.

    Abstract in Portuguese:

    Em um campo regularmente queimado no Morro Santana, Porto Alegre, RS, Brasil, foram investigadas diferenças na composição florística e suas relações com as propriedades do solo, a distância da borda florestal e a exposição do relevo. Em 48 parcelas de 0,75 m², foram amostradas 201 espécies identificadas, de um total estimado para o local de aproximadamente 450 a 500 espécies. A maioria das espécies apresentou baixas freqüências e uma distribuição aglomerada na área de estudo. A análise multivariada dos dados indicou que as parcelas adjacentes à borda florestal claramente diferem florística e estruturalmente das parcelas do campo. As parcelas com exposição norte diferiram das do topo do morro, tanto pela composição florística quanto pelas variáveis do solo, principalmente em relação à menor profundidade do solo no norte. Nenhuma relação forte foi detectada entre as propriedades do solo e a variação na composição da comunidade em escala mais fina. A área estudada, assim como a vegetação campestre no sul do Brasil em geral, apresenta-se muito rica em espécies, se comparada a outras formações de campo ou savana no mundo. Apesar disso, a alta biodiversidade e o valor de conservação da vegetação campestre não têm sido reconhecidos. Na ausência do pastejo, o fogo é um imporante fator de manejo para a conservação da vegetação campestre, uma vez que o distúrbio parece ser necessário para manter esse tipo de vegetação aberta, com alta riqueza em espécies.

    Abstract in English:

    In regularly burned grassland on Morro Santana, Porto Alegre, RS, Brazil, we investigated differences in the floristic composition and their relation to soil properties, aspect and distance from the forest border. In 48 plots of 0.75 m², we identified a total of 201 species from a local species pool of approximately 450 to 500 species. Most species occurred in low frequencies, showing clumpy distribution patterns in the studied area. Multivariate analysis showed that plots close to the forest edge clearly differed from plots in the open grassland concerning composition and structure. Plots exposed to the north differed from plots on the top of the hill both in the composition of species as well as in soil variables, mainly due to shallower soil in the former. No strong relation between soil properties and variation in vegetation composition could be detected at a finer scale. The studied grassland, as all grassland vegetation in southern Brazil, is very rich in species compared to other grassland formations worldwide. However, this high biodiversity and conservational value of Campos vegetation in general has so far not been recognized properly. Disturbance is essential to maintain this open vegetation type and its species richness. Fire should be considered as a management option in the absence of grazing.
  • Nesting biology of Centris (Hemisiella) tarsata Smith in southern Brazil (Hymenoptera, Apidae, Centridini) Biology

    Buschini, M. L. T.; Wolff, L. L.

    Abstract in Portuguese:

    Um total de 67 ninhos de Centris tarsata foi obtido utilizando-se ninhos armadilhas. Eles consistiram de uma série linear de células construídas com uma mistura de areia e óleo. Essa espécie apresentou preferência por ambientes abertos, ocorrendo apenas em áreas de Campo e de Várzea, e não ocorrendo em Florestas de Araucárias. Sua atividade de nidificação foi maior nos meses mais quentes, especialmente dezembro e janeiro. A razão sexual foi de 1,48:1 (fêmeas/machos), significativamente diferente de 1:1. Embora não haja dimorfismo sexual entre os sexos, as fêmeas foram maiores que os machos. Eles foram produzidos nas células mais externas e elas nas mais internas. C. tarsata apresentou desenvolvimento direto, sem diapausa na fase de larva, passando o inverno como adulto. O tempo de desenvolvimento foi similar para fêmeas e machos. Seus inimigos naturais foram: Bombyliidae, Mesocheira bicolor, Coelioxys sp. e Meloidae.

    Abstract in English:

    A total of 67 nests of Centris tarsata were obtained from wood trap-nests of different diameters, consisting of a linear series of brood cells built with sand mixed with oil. This species showed a preference for open habitats, since it occurred only in Swamp and Grassland areas and has never been found in the Araucaria forest. Nesting activity was bigger during the hot season, especially in December and January. The Sex ratio was of 1.48:1 (females/males), significantly different from 1:1. The females were larger than the males and these showed no dimorphism. Males were produced in the outermost cells and females in the innermost cells. C. tarsata presented a direct development without diapause in larval stage. They overwinter as adults. Development time was similar for males and females. Natural enemies are Bombyliidae Mesocheira bicolor, Coelioxys sp. and Meloidae.
  • Comparison between biochemical responses of the teleost pacu and its hybrid Tambacu (Piaractus mesopotamicus xColossoma macropomum) to short term nitrite exposure Biology

    Moraes, G.; Avilez, I. M.; Hori, T. S. F.

    Abstract in Portuguese:

    Os fatores ambientais nos meios aquáticos são muito flutuantes em curtos intervalos de tempo. Valores de pH, temperatura, oxigênio dissolvido, amônia e íons podem estar freqüentemente variando. Entre esses íons, o nitrito merece especial atenção por ser altamente tóxico para muitas espécies. Entre os peixes, o nitrito pode apresentar efeitos danosos como a formação de metahemoglobina (MtHB), lesão às estruturas branquiais e hepática, podendo levar a quadros de anemia hemolítica e hipóxia celular pela redução do teor de hemoglobina funcional. Neste trabalho, foram comparadas as respostas hematológicas e metabólicas do pacu e de seu híbrido tambacu expostos a 20 ppm de nitrito ambiental, e verificou-se que o teor de MtHb no tambacu foi menor que 18%, enquanto no pacu atingiu valores de 8%. Esses valores refletem diferenças específicas na captação de nitrito pelas brânquias. O hematócrito de ambas as espécies foi diferente; o pacu não apresentou uma resposta típica à intoxicação pelo nitrito. Este fato revelou uma diminuição na capacidade do híbrido em resistir ao nitrito ambiental. Observou-se no pacu um princípio de anemia hemolítica. As duas espécies mostraram um perfil bioquímico neoglicogênico. O papel glicemiante do fígado foi mais evidente no tambacu. O músculo branco de ambas as espécies mostrou um comportamento metabólico distinto. Enquanto o músculo do pacu foi predominantemente oxidativo, o músculo branco do tambaqui exposto ao nitrito realizou fermentação láctica. As observações metabólicas e hematológicas em ambas as espécies indicam que estas apresentam estratégias metabólicas diferentes para enfrentar os efeitos tóxicos do nitrito ambiental, não sendo evidenciada qualquer vantagem do híbrido neste particular.

    Abstract in English:

    Aquatic environmental factors are very changeable in short periods. Among these factors are pH, temperature, dissolved oxygen, ammonia and ions. Nitrite, as one ion naturally present in aquatic systems, deserves particular consideration as it is highly toxic for many species. Among fish, nitrite may have harmful effects, such as methemoglobin (MtHb) formation, disruption to the gill and hepatic structure, which could result in hemolytic anemia and cell hypoxia by reducing the functional hemoglobin content. In this work, we compared hematological and metabolical responses of pacu and its hybrid tambacu exposed to 20 ppm of environmental nitrite. It was observed that the MtHb content was less than 18% in tambacu while pacu reached nearly 8%. These data reflect specific differences in nitrite uptake by the gill. The hematocrit of both fish was distinct; pacu did not have a typical response of poisoning by nitrite. This fact shows less skill of the hybrid to cope with environmental nitrite. Incipient hemolytic anemia was observed in pacu and both species presented a neoglycogenic profile. The glucose-provider character of the liver was more evident in tambacu. The white muscle of both species presented distinct metabolic behavior. While in pacu the white muscle was predominantly oxidative, in tambaqui the lactic fermentation was the most important metabolic profile. Metabolic and hematological observations in both species show that they present distinct metabolical strategies to cope with toxic effects of nitrite and there is no evidence that the hybrid is more resistant to nitrite.
  • First record of the invasive snail Melanoides tuberculatus (Gastropoda: Prosobranchia: Thiaridae) in the Paranã River basin, GO, Brazil Biology

    Rocha-Miranda, F.; Martins-Silva, M. J.

    Abstract in Portuguese:

    O gastrópode Thiaridae Melanoides tuberculatus (Müller, 1774), nativo da Ásia e do Leste Africano, é registrado pela primeira vez na Bacia Hidrográfica do Rio Paranã (Estado de Goiás). Não se conhecem os vetores de introdução da espécie, mas o setor de aquariofilia foi apontado por alguns moradores locais como a mais provável causa. Os espécimes foram coletados em três corpos d´água depois de serem investigados vinte e sete rios e lagoas. A possibilidade de dispersão dessa espécie para outros habitats e os efeitos potenciais dessa introdução sobre a comunidade nativa são discutidos no artigo.

    Abstract in English:

    The Thiarid snail Melanoides tuberculatus (Müller, 1774), native to Asia and East Africa was recorded for the first time in the Paranã River basin, Goiás State. There is no evidence concerning introduction vectors but aquarium releases is the most probable vector. Specimens were collected at three different water bodies after twenty-seven rivers were investigated. The possible spread of this species to other habitats and potential effects on native thermal water communities are discussed.
  • Evaluation of fixative solutions for ultrastructural analysis of brown spider Loxosceles intermedia (araneae: sicariidae) tissues Biology

    Costa-Ayub, C. L. S.; Faraco, C. D.; Freire, C. A.

    Abstract in Portuguese:

    Dada a variabilidade na composição de soluções fixadoras utilizadas em aranhas, cinco diferentes fixadores foram elaborados para a análise ultra-estrutural dos tecidos da aranha marrom Loxosceles intermedia. A aranha marrom representa um problema de saúde pública na cidade de Curitiba, e o estudo morfológico de suas gônadas pode auxiliar na compreensão de suas estratégias reprodutivas e, possivelmente, no desenvolvimento de um programa de controle da sua população. As fórmulas usadas continham glutaraldeído com ou sem paraformaldeído, tampão cacodilato ou fosfato, e NaCl ou sacarose como osmólitos. As soluções fixadoras compostas por 2.5% glutaraldeído e 2% paraformaldeído, em tampão fosfato com adição de sacarose ou em 200 mM cacodilato de sódio, preservaram bem estruturas como mitocôndrias, aparelho de Golgi e membranas em geral. Os tampões são praticamente isosmóticos (439 mOsm/kg H2O e 455 mOsm/kg H2O, respectivamente) à hemolinfa da aranha marrom (478 mOsm/kg H2O). Ainda, com relação aos agentes fixadores, a combinação do glutaraldeído e paraformaldeído levou a uma melhor preservação das células. Para outras espécies de aranhas, a osmolalidade da hemolinfa deve ser medida e considerada, mas as fórmulas acima citadas podem ser testadas, com chance de sucesso.

    Abstract in English:

    In view of the widely varying compositions of fixative solutions used for studying spiders, five different fixative formulas were tested for fixing male brown-spider (Loxosceles intermedia) gonad tissues. The brown spider represents a public health problem in Curitiba (Paraná State, Brazil). Morphological study of its gonads may aid in understanding the reproductive strategies of this species, and possibly in developing a reproduction control program. The fixatives tested contained glutaraldehyde alone or combined with paraformaldehyde, and the buffers cacodylate or phosphate, with or without the addition of sucrose or sodium chloride as osmolytes. Those containing 2.5% glutaraldehyde and 2% paraformaldehyde in 100 mM phosphate buffer with 200 mM sucrose, or in 200 mM sodium cacodylate, satisfactorily preserved mitochondria, the Golgi apparatus, and the membranes in general. These formulas were nearly isosmotic (439 mOsm/kg H2O and 455 mOsm/kg H2O respectively) to brown spider hemolymph (478 mOsm/kg H2O). With respective to the fixative agents, a glutaraldehyde-paraformaldehyde combination resulted in optimal fixation of Loxosceles intermedia cells. For other species of spiders, hemolymph osmolality should be considered, but the fixative formulas cited above would also probably yield good results.
  • Parasite fauna monitoring of matrinxã Brycon amazonicus (Spix & Agassiz, 1829) raised in an intensive husbandry system in a stream channel in the state of Amazonas, Brazil Biology

    Andrade, S. M. S.; Malta, J. C. O.

    Abstract in Portuguese:

    O matrinxã Brycon amazonicus, é uma espécie amplamente cultivada na região Amazônica, entretanto, as doenças parasitárias são praticamente desconhecidas. Este estudo teve como objetivo monitorar mensalmente a fauna parasitológica e as condições de manejo em sistema de cultivo intensivo em canal de igarapé. As coletas foram realizadas mensalmente, durante os meses de setembro de 1997 a janeiro de 1998. O monitoramento das condições de manejo foi realizado observando-se os parâmetros de qualidade de água, procedimentos de despesca, biometrias e anestesia. Oitenta (80) peixes foram amostrados, dos quais, 71 (89%) encontravam-se parasitados com quatro espécies de monogenóideos (Anacanthorus spiralocirrus, Jainus amazonensis, Tereancistrum kerri e Trinibaculum brazilensis), 12 (15%) com o nematóide Spirocamallanus inopinatus e três (3,75%) com o ergasilídeo Ergasilus bryconis. Os monogenóideos apresentaram os maiores valores de prevalências e intensidades de infestação. A análise de variância não paramétrica de Kruskall-Wallis revelou uma diferença significativa (P < 0,05) nos índices parasitários mensais de A. spiralocirrus, J. amazonensis e T. brazilensis, porém para T. kerri não foi detectado diferença significativa (P > 0,05). A avaliação das condições de manejo indicaram que os procedimentos mensais de captura, anestesia e transporte podem ter sido responsáveis por alguns dos sinais clínicos observados durante o cultivo. Os mais freqüentes foram: perda de escamas, erosão e despigmentação da nadadeira caudal e opacidade de córnea.

    Abstract in English:

    The matrinxã, Brycon amazonicus, is one of the main species being used for aquaculture and fishery activities in the Amazonian region, yet little is known about the parasites that cause its diseases. The present study monitored parasite fauna infesting an intensive husbandry system in a stream channel. The collections were carried out monthly from September, 1997 to January, 1998. Water quality parameters, fish removal procedures, as well as biometry and anaesthetic data were observed in order to monitor the management conditions. Of the 80 sampled fish, 71 (89%) were infested with four Monogenoidea species (Anacanthorus spiralocirrus, Jainus amazonensis, Tereancistrum kerri and Trinibaculum brazilensis), 12 (15%) one of Nematoda Spirocamallanus inopinatus, and three (3.75%) with the Copepoda Ergasilus bryconis. Monogenoidea presented the highest prevalence and intensity of infestation. The Kruskall-Wallis non-parametric variance analysis showed a significant difference (P < 0.05) in the monthly parasite indexes of A. spiralocirrus, J. amazonensis and T. brazilensis, however no significant difference (P > 0.05) was detected for T. kerri. Evaluation of the management conditions pointed out that monthly capture anaesthesia and hauling procedures may have been responsible for some of the clinical signals such as loss of scales, erosion and no pigments on the caudal fin and cornea opacity, which were the most frequently found injuries in husbandry.
  • Cytotoxic and antifungal properties of medicinal plants from Ceará, Brazil Biology

    Faria, M. H. G.; Carvalho, T. G.; Rabenhorst, S. H. B.; Sidrim, J. J. C.; Moraes-Filho, M. O.
  • Raillietiella gigliolii (Pentastomida) infecting Amphisbaena alba (Squamata, Amphisbaenidae): the first record for northeast Brazil Biology

    Almeida, W. O.; Ferreira, F. S.; Brito, S. V.; Christoffersen, M. L.
  • First record of Dunhevedia colombiensis Stingelin, 1913 (Cladocera, Anomopoda, Chydoridae) from Brazil Biology

    Lopes, P. M.; Elmoor-Loureiro, L. M. A.; Bozelli, R. L.
Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br