Brazilian Journal of Biology, Volume: 73, Issue: 2, Published: 2013
  • EDITORIAL NOTE Editorial Note

  • The influence of connectivity in forest patches, and riparian vegetation width on stream macroinvertebrate fauna Ecology

    Valle, IC; Buss, DF; Baptista, DF

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho, foram avaliadas duas dimensões de conectividade em um ecossistema lótico: longitudinal (entre fragmentos florestais ao longo do córrego) e lateral (mata ripária), utilizando-se assembléias de macroinvertebrados como indicadores. Pontos que representam diferentes tipos de usos da terra foram amostrados em uma bacia de planície litorânea, que abriga um mosaico de áreas protegidas. As análises de uso da terra, os estágios de sucessão florestal e as diferentes larguras da zona ripária foram calculados utilizando-se um SIG. A fauna de macroinvertebrados foi fortemente afetada pelo uso da terra. Partindo-se da área protegida à montante, observou-se um decréscimo contínuo do número de espécies sensíveis, da porcentagem de fragmentadores e do índice biótico IBE-IOC até o trecho fortemente desflorestado, no médio curso do rio; os valores aumentam novamente, quando o rio atravessa uma Reserva Biológica. Ao analisar a largura da vegetação ripária, constatou-se que a fauna aquática responde às alterações além do corredor ripário com 30 m de largura (60 m e 100 m de largura). Discutiu-se sobre a conectividade longitudinal entre fragmentos florestais e sobre a largura necessária da vegetação ripária para manter a alta diversidade de macroinvertebrados. Dessa forma, foram feitas recomendações visando a favorecer o aumento/a manutenção da biodiversidade, tanto na bacia analisada como em outras bacias localizadas em planícies litorâneas.

    Abstract in English:

    We assessed two dimensions of stream connectivity: longitudinal (between forest patches along the stream) and lateral (riparian vegetation), using macroinvertebrate assemblages as bioindicators. Sites representing different land-uses were sampled in a lowland basin that holds a mosaic of protected areas. Land-use analysis, forest successional stages and riparian zone widths were calculated by the GIS analysis. Macroinvertebrate fauna was strongly affected by land-use. We observed a continuous decrease in the number of sensitive species, %Shredders and IBE-IOC biotic index from the upstream protected area to highly deforested sites, increasing again where the stream crosses a Biological Reserve. When analysing buffer strips, we found aquatic fauna responding to land-use alterations beyond the 30 m riparian corridor (60 m and 100 m wide). We discussed the longitudinal connectivity between forest patches and the riparian vegetation buffer strips necessary to hold high macroinvertebrate diversity. We recommend actions for the increase/maintenance of biodiversity in this and other lowland basins.
  • Ecological characterisation of the Colombian entomopathogenic nematode Heterorhabditis sp. SL0708 Ecology

    Mejia-Torres, MC; Sáenz, A

    Abstract in Portuguese:

    O nematoide entomopatogênico colombiano Heterorhabditis sp. SL0708, isolado do solo de Alcalá, Valle del Cauca (Colombia), foi caracterizado ecologicamente utilizando-se como hospedeiro lagartas de Galleria mellonella (L) (Pyralidae:Galleriinae). O efeito da temperatura na viabilidade, na infecção e na reprodução, e da umidade na infecção e do armazenamento em líquido foi avaliado em juvenis infectantes (JIs). Diferenças significativas na viabilidade, na infecção e na reprodução dos JIs foram observadas nas diferentes temperaturas. Não foram recuperados nematoides a 5 °C e 10 °C, e não se observou infecção a 35 °C. A maior média diária de recuperação de nematoides foi a 25 °C. Por outro lado, a sobrevivência dos JIs foi baixa nos substratos com unidades de 13% e a melhor temperatura de armazenamento para SL0708 foi entre 20 °C e 30 °C, mantendo a infecção até oito semanas.

    Abstract in English:

    The entomopathogenic nematode Heterorhabditis sp. SL0708 (Rhabditida: Heterorhabditidae) isolated from soil in Alcalá, Valle del Cauca (Colombia) was characterised ecologically using Galleria mellonella larvae (L) (Pyralidae: Galleriinae) as hosts. The effect of temperature on the viability, infectivity and reproduction, and of moisture on infectivity and storage in liquid were evaluated in infective juveniles (IJs). Significant differences were found in the viability, infectivity and reproduction of the IJs at different temperatures. No nematodes were recovered at 5 °C and 10 °C, and at 35 °C no infectivity was observed. Average daily nematode recovery was best at 25 °C, and survival of the IJs was low in substrates presenting 13% moisture. The optimal storage temperature for Heterorhabditis sp. SL0708 was between 20 °C and 30 °C, keeping its infectivity for up to 8 weeks.
  • Foraging activity of the snail kite, Rostrhamus sociabilis (Aves: Accipitridae) in wetlands of southern Brazil Ecology

    Bergmann, FB; Amaral, HLC; Pinto, DP; Chivittz, CC; Tozetti, AM

    Abstract in Portuguese:

    O gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis) possui ampla distribuição no continente americano e apresenta dieta especializada no molusco gastrópode Pomacea sp. Possivelmente, a estratégia de forrageio da espécie responde às variações sazonais na disponibilidade de presas, bem como aos fatores climáticos, o que pode refletir em seu comportamento seminômade. O objetivo desse estudo foi avaliar a estratégia de caça do gavião-caramujeiro, buscando suas associações quanto aos aspectos climáticos e à heterogeneidade do habitat. Observações diretas das aves, feitas entre janeiro de 2010 e março de 2011 no extremo sul brasileiro, revelaram que, para a captura dos moluscos, as aves usaram predominantemente a estratégia de caça do tipo still hunting (79% dos registros). Apesar de apresentar especializações morfológicas para a extração dos moluscos da concha, a avaliação do tempo empregado na manipulação (média = 92,4 s) foi quase o dobro do desprendido entre a procura e a captura (média = 55 s) das presas. Aparentemente, o aumento no número de moluscos ingeridos ocorre por meio de redução no tempo de repouso entre sucessivas investidas de captura mal sucedidas, tal como pelo uso de poleiros ou quaisquer outros substratos próximos aos locais de captura. O número de presas consumidas apresenta baixa relação com as variáveis climáticas testadas. Quanto à heterogeneidade do habitat, os dados sugerem que as aves forrageiam preferencialmente em banhados com cobertura vegetal rasteira, o que poderia aumentar a acessibilidade aos moluscos. O gavião-caramujeiro apresentou alta taxa de eficiência de caça (76% das investidas tiveram êxito), revelando a eficiência da estratégia de caça desta ave quando comparada a outras aves de rapina.

    Abstract in English:

    The snail kite (Rostrhamus sociabilis) is widely distributed in the American continent. Its specialised diet consists mostly of the gastropod mollusk Pomacea sp and its foraging strategy probably varies depending on the season, prey availability, and climate factors, which can be reflected in its semi-nomad behaviour. This study was aimed at examining the hunting strategy of the snail kite, and its association with climate factors and habitat heterogeneity. Direct observations of birds between January 2010 and March 2011 in southernmost Brazil revealed that hunting was still the predominant foraging strategy (79% of records) to capture mollusks. Despite morphological specialisations to extract mollusks from the shells, the handling time (average = 92.4 s) was twice as much the time between prey search and capture (average = 55 s). The increase in the number of mollusks ingested apparently occurs when the resting time on perches or any other substrates near the hunting sites decreases between successive unsuccessful attempts. The correlation between the number of consumed preys and the climatic variables examined was low. Regarding habitat heterogeneity, our findings suggest that birds forage preferentially in marshes with low vegetation, which may increase the access to mollusks. The hunting efficiency of the snail kite was high (76 % successful attempts) compared to those of other birds of prey.
  • Effects of recurrent disturbances on the periphyton community downstream of a dammed watercourse Ecology

    Zanon, JE; Simões, NR; Rodrigues, L

    Abstract in Portuguese:

    Avaliou-se experimentalmente o efeito de distúrbios sequenciais – dessecamento – na estrutura e na dinâmica da comunidade de algas perifíticas em um ambiente semilótico da Planície de Inundação do Alto Rio Paraná. Testou-se a hipótese de que a presença de distúrbios recorrentes tem efeito negativo direto nos atributos da comunidade de algas perifíticas. O efeito sequencial do dessecamento sobre a comunidade perifítica promoveu o decréscimo significativo da sua densidade, enquanto que, em relação à riqueza de espécies, o mesmo não foi observado. Quando o dessecamento foi aplicado em uma comunidade madura, em processo avançado de desenvolvimento, não houve diferença na comunidade em relação ao controle. As perturbações sequenciais sobre a comunidade de algas perifíticas em um estágio maduro foi caracterizada por maior estabilidade. Acredita-se que os efeitos da variação do nível da água, causada por reservatórios a montante, podem, do mesmo modo, também modificar a estrutura e a estabilidade de algas perifíticas na Planície de Inundação do Alto Rio Paraná.

    Abstract in English:

    We evaluate experimentally the effect of a sequential disturbance—desiccation—on the structure and dynamics of a periphytic algal community in a semilotic environment of the Upper Paraná River floodplain. We tested the hypothesis that the presence of recurrent disturbances have a direct negative effect on the attributes of the periphyton community. The sequential effect of desiccation on the periphytic community promoted its significant decrease in density, while the same was not observed in species richness. When desiccation was induced in a mature community, there was no difference in the community compared to control. The sequential disturbances on the community of periphytic algae in a mature stage, was characterised by greater stability. It is believed that the effects of variation in water levels caused by upstream reservoirs can likewise also modify the structure and stability of periphytic algae in the Upper Paraná River floodplain.
  • Fish assemblage structure of the Ipanema River, a small lotic environment partially protected by a Conservation Unit in southeastern Brazil Ecology

    Oliveira, AK; Apone, F; Birindelli, JLO; Garavello, JC

    Abstract in Portuguese:

    Um estudo sobre a estrutura da assembleia de peixes do Rio Ipanema, um pequeno afluente da bacia do Rio Tietê, no Sudeste do Brasil, foi realizado com o objetivo de buscar padrões estruturais de diversidade de espécies em pequenos ambientes lóticos de planícies. Peixes foram coletados a cada dois meses, de junho de 2003 a abril de 2004, em quatro locais de amostragem situados no trecho inferior do rio. A assembleia de peixes se mostrou rica em espécies, com 52 espécies registradas, pertencentes a 40 gêneros, 19 famílias e às ordens Characiformes (25 spp.); Siluriformes (19 spp.); Cyprinodontiformes (3 spp.); Gymnotiformes (2 spp.); Perciformes (2 spp.), e Synbranchiformes (1 sp.). A fauna de peixes foi composta por espécies de pequeno porte (<200 mm CP) e por indivíduos de espécies que atingem porte médio (até 400 mm CP) e grande (mais de 400 mm CP). O Rio Ipanema, assim como outros pequenos ambientes lóticos de transição entre riachos e grandes rios na drenagem do Alto Rio Paraná, são considerados importantes para a conservação da ictiofauna porque representam habitats disponíveis para populações persistentes de espécies de pequeno porte e para indivíduos ou cardumes não persistentes de espécies de médio e grande porte, que podem ocupar outros habitats (por exemplo, as lagoas marginais, as planícies de inundação e as calhas principais de grandes rios), durante o transcorrer de sua vida. Esta importância para conservação também é ressaltada porque a Bacia do Rio Ipanema é localizada em uma região intensamente impactada do Sudeste do Brasil, próxima à área metropolitana de São Paulo.

    Abstract in English:

    A study on the fish assemblage of the Ipanema River, a small affluent of the Tietê River basin in southeastern Brazil, was performed aiming to look for structural patterns of species diversity in small lowland lotic environments. Fish samplings were performed every two months from June 2003 to April 2004 at four sample sites located on the lower stretch of the river. Local assemblage showed to be species rich, with fifty-two species belonging to Characiformes (25 spp.), Siluriformes (19 spp.), Cyprinodontiformes (3 spp.), Gymnotiformes (2 spp.), Perciformes (2 spp.), and Synbranchiformes (1 sp.). Fish fauna was composed of small-sized species (<200 mm SL) and by individuals of medium (up to 400 mm SL) to large (more than 400 mm SL) sized species. The Ipanema River, such as other small lotic transitional environments in the upper Paraná River drainage, is considered important for conservation of fish fauna because they cover available habitats for persistent populations of small-sized species and for non-persistent individuals or shoals of medium and large-sized fish species, which occupy other habitats along their life-history (e. g. floodplains, oxbow lakes, main channel of great rivers). The importance of the Ipanema River basin for fish fauna conservation is also reinforced by the fact that it is located in a highly impacted region of southeastern Brazil, near the São Paulo metropolitan area.
  • Does plant architectural complexity increase with increasing habitat complexity? A test with a pioneer shrub in the Brazilian Cerrado Ecology

    Silveira, FAO; Oliveira, EG

    Abstract in Portuguese:

    O entendimento da variação dos atributos de plantas em ambientes heterogêneos é importante para prever respostas às mudanças climáticas; entretanto, a resposta de atributos das plantas às mudanças ambientais é pouco conhecida ao longo de gradientes ecológicos. Testou-se a hipótese de que a complexidade arquitetural de Miconia albicans (SW.) Triana aumenta com a complexidade ambiental, ao longo de um gradiente de fertilidade de solo em um Cerrado no sudeste brasileiro. A arquitetura e a produtividade (estimada por meio do número total de infrutescências sadias) foram examinadas em três tipos de vegetação, que formam um gradiente de fertilidade de solo, de densidade de árvores e de cobertura vegetal: campo sujo (CS), cerrado sensu stricto (CE) e cerradão (CD). Plantas crescendo no CS foram menores e apresentaram menor complexidade arquitetural, enquanto plantas no CD foram maiores. No entanto, de forma inesperada, plantas no CD não demonstraram maior complexidade arquitetural quando comparadas às plantas de CE, e a maior similaridade arquitetural entre plantas de CE e CD, quando comparadas com plantas de CE e CS, sugere que a expressão de atributos funcionais da arquitetura é limitada sob condições de sombra. Plantas de CE produziram mais ramos quaternários e maior número de infrutescências, sendo que a maior produtividade destas plantas indica que a variação de atributos em gradientes ecológicos é mais complexa do que se pensava anteriormente. Galhas de nematóides destruíram 76,5% das infrutescências nas vegetações, mas a porcentagem de ataque não esteve fortemente correlacionada com as variáveis arquiteturais. Os resultados do presente trabalho sugerem limitação na expressão da arquitetura da planta induzida pela sombra e apontam para uma complexa variação fenotípica na colonização de ambientes heterogêneos de savanas neotropicais.

    Abstract in English:

    Understanding variation in plant traits in heterogeneous habitats is important to predict responses to changing environments, but trait-environment associations are poorly known along ecological gradients. We tested the hypothesis that plant architectural complexity increases with habitat complexity along a soil fertility gradient in a Cerrado (Neotropical savanna) area in southeastern Brazil. Plant architecture and productivity (estimated as the total number of healthy infructescences) of Miconia albicans (SW.) Triana were examined in three types of vegetation which together form a natural gradient of increasing soil fertility, tree density and canopy cover: grasslands (campo sujo, CS), shrublands (cerrado sensu strico, CE) and woodlands (cerradão, CD). As expected, plants growing at the CS were shorter and had a lower branching pattern, whereas plants at the CD were the tallest. Unexpectedly, however, CD plants did not show higher architectural complexity compared to CE plants. Higher architectural similarity between CE and CD plants compared to similarity between CS and CE plants suggests reduced expression of functional architectural traits under shade. Plants growing at the CE produced more quaternary shoots, leading to a larger number of infructescences. This higher plant productivity in CE indicates that trait variation in ecological gradients is more complex than previously thought. Nematode-induced galls accounted for fruit destruction in 76.5% infructescences across physiognomies, but percentage of attack was poorly related to architectural variables. Our data suggest shade-induced limitation in M. albicans architecture, and point to complex phenotypic variation in heterogeneous habitats in Neotropical savannas.
  • Spatial and temporal variation of the phytoplankton community in a section of the Iguaçu River, Paraná, Brazil Ecology

    Menezes, VC; Bueno, NC; Rodrigues, LC

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho objetivou apresentar a variação da composição e da estrutura da comunidade fitoplanctônica a montante e a jusante das Cataratas do Iguaçu, Rio Iguaçu, Paraná, e verificar a influência destas quedas d'água e das variáveis ambientais sobre esta comunidade. As coletas do material fitoplanctônico foram realizadas mensalmente, durante um ano, em duas estações de amostragem no Rio Iguaçu. Um total de 408 táxons foi identificado, sendo Bacillariophyceae o grupo melhor representado. Uma marcante diferenciação na composição do fitoplâncton entre as estações amostradas foi observada. A riqueza total e a densidade dos grupos fitoplanctônicos foram muito baixas em ambos os locais de coleta, assim como a diversidade de Shannon; contudo, a equitabilidade, de uma maneira geral, foi alta. Não foi observada diferença sazonal e espacial significativa para os atributos da comunidade fitoplanctônica. Entretanto, diferenças sazonais significativas foram observadas quando avaliadas as densidades e riquezas das classes de algas, separadamente. A heterogeneidade das características do Rio Iguaçu entre os locais amostrados não causaram uma diferenciação espacial significativa nos atributos da comunidade fitoplanctônica. Entretanto, a variação sazonal das condições climáticas influenciou significativamente a composição e a estrutura da comunidade no Rio Iguaçu.

    Abstract in English:

    The work aimed to show variations in the composition and structure of the phytoplankton community at high water and low water in Iguaçu Falls, Iguaçu River and to examine the influence of these waterfalls and environmental variables on the community. Phytoplankton samples were taken monthly during a year from two sampling stations in the Iguaçu River. A total of 408 taxa were identified, with Bacillariophyceae being the most strongly represented group. A large differentiation in the composition of the phytoplankton was observed between the sampling stations. The total richness and density of the phytoplankton groups was very low in both sample locations, as well as the Shannon diversity index, but the evenness value was generally high. No significant seasonal and spatial difference in the studied features of the phytoplankton community was seen. But, significant seasonal differences were observed when the density and richness of the algae classes were assessed separately. The heterogeneity of the Iguaçu River's characteristics between the sampling sites caused no significant spatial differentiation in the features of the phytoplankton community. However, the seasonal variation of the climatic conditions has significantly influenced the composition and structure of the community in the Iguaçu River.
  • The role of a cascade of reservoirs and seasonal variation in the phytoplankton structure in a tropical river Ecology

    Moura, AN; Severiano, JS; Tavares, NKA; Dantas, EW

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo tem como objetivo analisar a influência da cascata de reservatórios sobre a riqueza, a densidade e os grupos funcionais do fitoplâncton em um rio tropical, o Rio de Contas, Bahia, Brasil. Este rio apresenta dois barramentos ao longo do seu curso, os Reservatórios de Pedra e Funil. As coletas foram realizadas durante três anos consecutivos (2007 a 2010), compreendendo os períodos seco (dezembro e março) e chuvoso (junho e setembro), em 28 estações. Foram identificadas 198 espécies fitoplanctônicas, sendo observada maior riqueza nos trechos a jusante dos reservatórios. Chlorophyceae, seguida pelas Bacillariophyceae e Cyanophyceae, foram os grupos dominantes. Maior densidade foi registrada durante o período chuvoso, com 630.388 org.L−1, enquanto, no período seco, foi de 233.121 org.L−1. De maneira geral, foi verificado que houve um padrão longitudinal nas densidades das algas em ambos os períodos sazonais, tendo os menores valores sido registrados nos trechos que correspondem aos Reservatórios de Pedra e Funil e as maiores densidades, nos trechos a jusante. Nove grupos funcionais foram identificados (C, F, J, MP, S1, Sn, Td, Y, Ws); destes, os grupos F e J agruparam as espécies com maiores abundâncias relativas durante o período seco, enquanto o grupo S1, representado pela cianobactéria Planktothrix agardhii (Gomont) Anagnostidis & Komárek, foi dominante no período chuvoso. O presente estudo mostrou elevada variação longitudinal da riqueza e da densidade, variação esta atribuída à mudança hidrológica entre os trechos lóticos e lênticos. Além disso, os efeitos da cascata de reservatórios sobre o fitoplâncton – como a redução da densidade, o aumento da riqueza e a mudança das associações algais – foram fortemente influenciados pela heterogeneidade de habitats encontrada neste ambiente, assim como pelo regime pluviométrico da região.

    Abstract in English:

    This study aims to analyse the influence of a cascade of reservoirs on the density, richness and functional groups of phytoplankton in the Contas River, a tropical river of Brazil. This river has two dams along its course, forming the Pedra and Funil reservoirs. Samples were collected over three consecutive years (Dec., 2007 to Dec., 2010) at 28 sampling stations along the river. We identified 198 species and the stretches downstream from the reservoirs showed greater richness. Chlorophyceae, followed by Bacillariophyceae and Cyanophyceae were the dominant groups and highest density was recorded during the rainy season. Overall, a longitudinal pattern in algal densities was found for both seasons, with the lowest values recorded in sections of the Pedra and Funil reservoirs and the highest densities in the downstream sections. Nine functional groups were identified (C, F, J, MP, S1, Sn, Td, Y, Ws); of these, F and J grouped the species with the highest relative abundance during the dry season, while the S1 group, represented by the cyanobacterium Planktothrix agardhii, was dominant in the rainy season. The present study showed a high longitudinal variation in the phytoplankton richness and density, attributed to the hydrological change between the lotic and lentic stretches. Furthermore, the effects of the cascade of reservoirs on phytoplankton, such as reduced density, increased richness and changes in algal associations, were strongly influenced by habitat heterogeneity found in this environment, as well as the rainfall in the region.
  • Anaerobic decomposition of a native and an exotic submersed macrophyte in two tropical reservoirs Ecology

    Chiba de Castro, WA; Cunha-Santino, MB; Bianchini Junior, I

    Abstract in Portuguese:

    Algumas plantas aquáticas apresentam rápido metabolismo e desenvolvimento, mesmo em condições subótimas, tornando-se dominantes em ambientes lênticos, como em grandes reservatórios, alterando o ciclo de nutrientes e depreciando a qualidade ambiental. Existe grande necessidade do conhecimento das vias de impacto de espécies invasoras em ambientes aquáticos; dentre as principais, apontam-se as vias de impacto relacionadas à decomposição. Este estudo avaliou a decomposição anaeróbia das macrófitas submersas invasoras Egeria densa Planch., nativa, e da Hydrilla verticillata (Lf) Royle, exótica, nos Reservatórios de Porto Primavera e Jupiá, Bacia do Rio Paraná. Foram avaliados os seguintes aspectos: a decomposição da matéria orgânica, o grau de humificação do material lixiviado e a condutividade elétrica e o pH do processo de decomposição. Modelos matemáticos foram utilizados para descrever os padrões de decomposição ao longo do tempo. Ambas as espécies apresentaram o mesmo padrão heterogêneo de decomposição da matéria orgânica e mineralização do carbono. Os modelos de mineralização do carbono, em comparação com os dados obtidos experimentalmente, apresentaram boa convergência. As espécies não apresentaram diferenças significativas entre si nos processos de decomposição. As incubações das duas espécies apresentaram t½ rápido para a mineralização do COP e baixo, para a mineralização do COD.

    Abstract in English:

    Some aquatic plants have fast metabolism and growth, even at sub-optimal conditions, and become dominant in lentic environments such as large reservoirs, altering the nutrient cycle and impairing their environmental quality. There is great need in the knowledge impact processes of invasive species in aquatic environments, among the major, those related to the decomposition. This study evaluated the anaerobic decomposition of invasive submerged macrophytes Egeria densa Planch, native, and Hydrilla verticillata (L.f.) Royle, exotic in Porto Primavera and Jupiá reservoirs, Paraná basin. We evaluated the decay of organic matter, humification degree of the leached material, electrical conductivity and pH of the decomposition process. Mathematical models were utilised to describe the decomposition patterns over time. Both species showed the same heterogeneous pattern of decay of organic matter and carbon mineralisation. The models of carbon mineralisation, compared with the experimentally obtained data presented were adequate. Both species show no significant differences in the decomposition processes. Incubations of both species presented rapid t ½ for POC mineralisation and low DOC mineralisation.
  • Bat assemblages in conservation areas of a metropolitan region in Southeastern Brazil, including an important karst habitat Ecology

    Talamoni, SA; Coelho, DA; Dias-Silva, LH; Amaral, AS

    Abstract in Portuguese:

    Neste estudo, a riqueza e a abundância de espécies de morcegos foram estudadas em quatro reservas naturais, incluindo uma área cárstica com muitas cavernas e fendas em rochas, que constituem abrigos rochosos potenciais para os morcegos. As reservas encontram-se dentro da região metropolitana de Belo Horizonte-MG, uma das mais povoadas do Brasil, e dentro dos domínios de Floresta Atlântica e do Cerrado. Os morcegos foram amostrados com redes de neblina (mist-nets) e, na área cárstica, também foi realizada busca ativa por morcegos em seus abrigos. Foram capturados 1.599 morcegos de 30 espécies, pertencentes a quatro famílias. Houve pouca similaridade entre as faunas de quirópteros analisadas. A maior riqueza foi encontrada na área cárstica, com 22 espécies registradas com redes de neblina e em seus abrigos; entretanto, estimativas de riqueza indicaram a necessidade de mais estudos nas outras áreas. Do total amostrado, 265 indivíduos de 14 espécies foram capturados em 56 abrigos. A maioria dos abrigos era ocupada no período diurno e de uso frequente; os morcegos presentes eram filostomídeos, exceto Myotis nigricans (Vespertilionidae), Nyctinomops laticaudatus (Molossidae) e Peropteryx macrotis (Emballonuridae). O hematófago Desmodus rotundus foi o mais frequente nos abrigos. O resultado deste estudo indica a importância da manutenção de diferentes áreas para a conservação dos quirópteros em região caracterizada como zona de transição vegetacional e com intensa atividade econômica e impacto ambiental. Este estudo demonstra também a importância dos abrigos rochosos para a riqueza local de espécies e a importância de busca ativa por morcegos em seus abrigos diurnos para uma amostragem mais efetiva da fauna local destes quirópteros.

    Abstract in English:

    Species richness and abundance of bats were studied in four nature reserves, including a karst area which has many potential rocky shelters for bats, such as caves and rock crevices. The reserves were located in the greater Belo Horizonte metropolitan area, one of the most populated regions of Brazil, within the Atlantic Forest, and Cerrado (Brazilian savanna) ecological domains. Bats were sampled using mist-nets and, in the karst area, also by active searches in shelters. A total of 1,599 bats were captured representing 30 species belonging to four families. There was little similarity among the four chiropteran faunas. The greatest species richness was found in the karst area with 22 species recorded whereas richness estimates in the other areas indicated the need for further studies. Two hundred and sixty-five individuals of 14 species were captured from 56 shelters. Most of the shelters were frequently used for diurnal roosts, and all the bats found belonged to the Phyllostomidae, with the exception of Myotis nigricans (Vespertilionidae), Nyctinomops laticaudatus (Molossidae) and Peropteryx macrotis (Emballonuridae). The sanguinivorous Desmodus rotundus was the most common species in the shelters. The results of this study demonstrate the importance of maintaining multiple protected areas to ensure a representative fauna of bats in a region characterized by a vegetation transition zone and with intense economic activity and high environmental impact. This study also demonstrates the importance of rock shelters for maintaining local bat richness and the importance of active searches for bats in their diurnal roosts for a more thorough sampling of the bat fauna at a given locality.
  • Seasonal variation of the protozooplanktonic community in a tropical oligotrophic environment (Ilha Solteira reservoir, Brazil) Ecology

    Mansano, AS; Hisatugo, KF; Leite, MA; Luzia, AP; Regali-Seleghim, MH

    Abstract in Portuguese:

    A variação sazonal da comunidade protozooplanctônica (ciliados e amebas testáceas) foi estudada em um reservatório oligotrófico tropical no Brasil, que estava sob a influência de dois períodos climáticos contrastantes (chuvoso/quente e seco/frio). O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos destas mudanças climáticas sobre as variáveis físicas, químicas e biológicas na dinâmica desta comunidade. A maior densidade média de protozoários total ocorreu no período chuvoso e quente (5683,2 ind L−1), enquanto a menor foi no período seco e frio (2016,0 ind L−1). Considerando-se as variações sazonais, os grupos de protozoários que são verdadeiramente planctônicos, como os oligotrichs (Spirotrichea), predominaram no período seco, enquanto que, no período chuvoso, em razão da entrada de material e da ressuspensão do sedimento, os protozoários sésseis do grupo Peritrichia foram os mais importantes. Os protozoários dominantes foram Urotricha globosa, Cothurnia annulata, Pseudodifflugia sp. e Halteria grandinella. As maiores densidades de H. grandinella foram associadas com condições de águas mais oxigenadas e transparentes, enquanto que as maiores densidades de C. annulata ocorreram em locais com alta turbidez, pH e índice de estado trófico (IET). O estudo demonstrou que a densidade e a composição de espécies, e os grupos protozooplanctônicos do reservatório sofreram variação sazonal por causa das variáveis ambientais – principalmente temperatura, além de turbidez, transparência da água, oxigênio dissolvido e IET – e das variáveis biológicas, como, por exemplos, características morfológicas, hábitos alimentares e estratégias de escape à predação das espécies.

    Abstract in English:

    The seasonal variation of the protozooplanktonic community (ciliates and testate amoebae) was studied in a tropical oligotrophic reservoir in Brazil, which was under the influence of two contrasting climatic seasons (rainy/warm and dry/cold). The aim of this study was to evaluate the effect of these climatic changes on physical, chemical and biological variables in the dynamic of this community. The highest mean density of total protozoans occurred in the rainy/warm season (5683.2 ind L−1), while the lowest was in the dry/cold (2016.0 ind L−1). Considering the seasonal variations, the protozoan groups that are truly planktonic, such as the oligotrichs (Spirotrichea), predominated in the dry season, whereas during the rainy season, due to the material input and resuspension of sediment, sessile protozoans of the Peritrichia group were the most important ones. The dominant protozoans were Urotricha globosa, Cothurnia annulata, Pseudodifflugia sp. and Halteria grandinella. The highest densities of H. grandinella were associated with more oxygenated and transparent water conditions, while the highest densities of C. annulata occurred in sites with high turbidity, pH and trophic state index (TSI). The study demonstrated that density and composition of protozooplanktonic species and groups of the reservoir suffered seasonal variation due to the environmental variables (mainly temperature, turbidity, water transparency, dissolved oxygen and TSI) and the biological variables (e.g. morphological characteristics, eating habits and escape strategies from predation of the species).
  • Distribution of periphytic algae in wetlands (Palm swamps, Cerrado), Brazil Ecology

    Dunck, B; Nogueira, IS; Felisberto, SA

    Abstract in Portuguese:

    A distribuição de comunidades de algas perifíticas depende de vários fatores, como tipo de substrato, nível de distúrbio, disponibilidade de nutrientes e luz. De acordo com a predição de que impactos de ação antrópica proporcionam alterações nas características ambientais – tornando Veredas impactadas relacionadas a alterações ambientais, como desmatamentos e maiores cargas de nutrientes via alóctone –, a hipótese testada foi: Veredas impactadas apresentam maiores riqueza, densidade, biomassa e biovolume de algas epifíticas. Avaliaram-se a distribuição e a estruturação de comunidades de algas epifíticas em 23 Veredas do Estado de Goiás sob diferentes impactos ambientais. Os atributos da estrutura de comunidade avaliados foram composição, riqueza, densidade, biomassa e biovolume. Este estudo revelou a importância das características ambientais na distribuição e na estruturação das comunidades de algas, relacionando os maiores valores de riqueza, biomassa e biovolume dos organismos aos ambientes impactados. Águas ácidas e altas concentrações de sílica foram fatores importantes no estudo. Ao todo, foram identificados 200 táxons, sendo as zignemafíceas o grupo mais representativo em riqueza e biovolume, enquanto as diatomáceas, as mais representativas em densidade do epifíton estudado. Veredas impactadas em área de agropecuária apresentaram duas espécies indicadoras, Gomphonema lagenula e Oedogonium sp., ambas relacionadas com condições mesotróficas a eutróficas, para concentrações de nitrogênio total desses ambientes.

    Abstract in English:

    The distribution of periphytic algae communities depends on various factors such as type of substrate, level of disturbance, nutrient availability and light. According to the prediction that impacts of anthropogenic activity provide changes in environmental characteristics, making impacted Palm swamps related to environmental changes such as deforestation and higher loads of nutrients via allochthonous, the hypothesis tested was: impacted Palm swamps have higher richness, density, biomass and biovolume of epiphytic algae. We evaluated the distribution and structure of epiphytic algae communities in 23 Palm swamps of Goiás State under different environmental impacts. The community structure attributes here analyzed were composition, richness, density, biomass and biovolume. This study revealed the importance of the environment on the distribution and structuration of algal communities, relating the higher values of richness, biomass and biovolume with impacted environments. Acidic waters and high concentration of silica were important factors in this study. Altogether 200 taxa were identified, and the zygnemaphycea was the group most representative in richness and biovolume, whereas the diatoms, in density of studied epiphyton. Impacted Palm swamps in agricultural area presented two indicator species, Gomphonema lagenula Kützing and Oedogonium sp, both related to mesotrophic to eutrophic conditions for total nitrogen concentrations of these environments.
  • The orchid-bee fauna (Hymenoptera: Apidae) of ‘Reserva Biológica de Una’, a hotspot in the Atlantic Forest of southern Bahia, eastern Brazil Biology

    Nemésio, A

    Abstract in Portuguese:

    A fauna de abelhas-das-orquídeas da Reserva Biológica de Una (REBIO Una), um dos maiores remanescentes de Mata Atlântica do sul da Bahia, leste do Brasil, foi amostrada pela primeira vez. Iscas com 16 diferentes fragrâncias atrativas a machos de abelhas-das-orquídeas foram utilizadas. Um número de 859 machos, pertencentes a 26 espécies, foi ativamente coletado com o auxílio de redes entomológicas, durante 60 horas, em janeiro e fevereiro de 2009, e janeiro de 2010. Euglossa avicula Dressler, 1982 e Euglossa milenae Bembé, 2007 foram registradas pela primeira vez no Estado da Bahia. A REBIO Una mostrou possuir uma das mais ricas e diversificadas faunas de abelhas-das-orquídeas de toda a Mata Atlântica, e abriga algumas espécies consideradas raras, como Euglossa cyanochlora Moure, 1996.

    Abstract in English:

    The orchid-bee fauna of ‘Reserva Biológica de Una’ (REBIO Una), one of the largest Atlantic Forest remnants in southern Bahia, eastern Brazil, was surveyed for the first time. Baits with sixteen different scents were used to attract males of orchid bees. Eight hundred and fifty-nine males belonging to 26 species were actively collected with insect nets during 60 hours in January and February, 2009, and January, 2010. Euglossa avicula Dressler, 1982 and Euglossa milenae Bembé, 2007 have been recorded for the first time in the state of Bahia. It was found that REBIO Una has one of the most diverse and rich orchid-bee faunas of the entire Atlantic Forest domain and holds some rare species, such as Euglossa cyanochlora Moure, 1996.
  • Adult male coatis play with a band of juveniles Biology

    Logan, CJ; Longino, JT

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo analisou o comportamento da brincadeira em um grupo de quatis (Nasua narica) em La Selva Biological Station, na Costa Rica. Incidentalmente, foram encontrados machos adultos brincando com quatis em fase juvenil, sendo então conduzidas análises post hoc para investigar essa interação. Os grupos de quatis consistem de fêmeas adultas e jovens de ambos os sexos, até os machos jovens atingirem dois anos de idade e deixar o bando para se tornarem solitários. Os machos adultos toleram os machos jovens apenas por um breve período, durante a época de reprodução, quando os machos cortejam as fêmeas para o acasalamento. Fora da época de reprodução, os machos adultos são conhecidos por caçar os machos jovens. Neste estudo, quando os machos adultos estavam presentes no bando, o jogo ocorreu mais do que era esperado nessas condições, sendo que os machos adultos mostraram-se envolvidos em muitas dessas lutas do jogar. Na medida em que os mecanismos de condução do comportamento infanticida não são bem compreendidos e desde que quatis machos adultos apresentam uma gama de comportamentos de infanticídio em meio às interações de filiação com os machos jovens, usando-se quatis como um sistema modelo, podem-se elucidar os mecanismos subjacentes ao infanticídio.

    Abstract in English:

    This study examined the play behaviour in one group of coatis (Nasua narica) at La Selva Biological Station in Costa Rica. We incidentally found adult males playing with juvenile coatis, and conducted post-hoc analyses to investigate this interaction. Coati groups consist of adult females and juveniles of both sexes until male juveniles reach two years of age and leave the band to become solitary. Adult males only tolerate juveniles for a brief period during breeding season when the males court females to mate. Outside of the breeding season, adult males are known to prey on juveniles. In this study, when adult males were present with the band, play occurred more than was expected by chance, and adult males engaged in many of these play bouts. Because the mechanisms driving infanticidal behaviour are not well understood, and adult male coatis show a range of behaviours from infanticide to highly affiliative interactions with juveniles, using coatis as a model system may elucidate mechanisms underlying infanticide.
  • Benthic insects of the El Tala River (Catamarca, Argentina): longitudinal variation of their structure and the use of insects to assess water quality Biology

    Colla, MF; César, II; Salas, LB

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi determinar a estrutura da entomofauna bentônica do Rio El Tala (Catamarca, Argentina) e sua variação longitudinal. Cinco estações de amostragem foram estabelecidas considerando-se a localização da habitação em relação ao curso de água. As seguintes variáveis foram determinadas in situ: altitude, latitude e longitude; largura do leito; profundidade do rio; velocidade da correnteza, e temperatura da água e do ar. Insetos bentônicos foram coletados em cinco estações de amostragem, utilizando-se um coletor tipo Surber de 0,09 m2, com rede de malha 300 µm, tendo sido identificados em laboratório até o nível de Família. Densidade, riqueza e diversidade da fauna exibiram variação longitudinal. Da estação de amostragem 1 (site de referência) à 3, uma tendência decrescente no número de ordens e famílias foi observada, enquanto que as estações de amostragem 4 e 5 apresentaram uma tendência crescente. As amostras da estação 5 (estação rio abaixo) apresentaram a maior riqueza de famílias (17), o valor mais elevado do Índice de Shannon (2,74) e o menor valor de Dominância de Simpson (D = 0,22). Estes valores podem ser explicados pela capacidade de autopurificação de rio a jusante. A qualidade da água do Rio El Tala é Classe I (muito limpo e água sem impacto), de acordo com os resultados obtidos pela aplicação de índices bióticos BMWP' e ASPT'.

    Abstract in English:

    The aim of this work was to determine the structure of the benthic entomofauna and its variation along the El Tala River (Catamarca, Argentina). Five sampling stations were established, considering the location of nearby housing with respect to the watercourse. The following variables were determined in situ: altitude, latitude and longitude, bedstream width, river depth, river-current speed, water and air temperatures. Benthic insects were collected with a square parcel sampler of 0.09-m2 area and 300-µm net opening and identified to the family level. Faunal density, richness, and diversity exhibited a longitudinal variation. From sampling Stations 1 (reference site) to 3, the number of orders and families decreased, whereas in sampling Station 4 those values increased and continued to do so through to Station 5 (downstream station). Station 5 showed the highest family richness (17) and the highest value for the Shannon-Wiener index (2.74) and the lowest value in Simpson's Dominance index (D = 0.22). These values could be explained because of the self-cleansing capabilities of the river downstream. The water quality of El Tala River is Class I (very clean and non-impacted), according to the results obtained from the application of the biotic Biological-Monitoring–Working-Party and Average-Store-per-Taxon indices.
  • Are orchid bees at risk? First comparative survey suggests declining populations of forest-dependent species Biology

    Nemésio, A

    Abstract in Portuguese:

    Os dois maiores remanescentes de Mata Atlântica no Estado do Espírito Santo, leste do Brasil, precisamente a Reserva Biológica de Sooretama (REBIO Sooretama) e a Reserva Natural Vale (RNV), tiveram suas faunas de abelhas-das-orquídeas amostradas. Dezessete iscas atrativas a machos de abelhas-das-orquídeas foram utilizadas. Um número de 3.225 machos, pertencentes a 24 espécies, foi ativamente coletado, com o auxílio de redes entomológicas, durante 100 horas, em março, abril e dezembro de 2009. Uma comparação com um estudo prévio realizado na mesma área 12 anos antes revelou que a abundância relativa das populações de abelhas dependentes de ambientes florestais declinou em torno de 50%. Tal declínio foi estatisticamente significante (P = 0,022) para pelo menos uma espécie, Euglossa marianae Nemésio, 2011, a espécie mais sensível a perturbações antrópicas. Por outro lado, a abundância relativa das populações de espécies tolerantes às áreas abertas ou perturbadas aumentou. Possíveis explicações são discutidas.

    Abstract in English:

    The two largest Atlantic Forest remnants in the state of Espírito Santo, eastern Brazil, namely ‘Reserva Biológica de Sooretama’ (REBIO Sooretama) and ‘Reserva Natural Vale’ (RNV), were surveyed for their orchid-bee faunas. Seventeen scent baits were used to attract orchid-bee males. Three-thousand, two hundred and twenty-five males belonging to 24 species were actively collected with insect nets during 100 hours in March, April and December, 2009. In comparison with a previous study in the same area twelve years before, it is evident that the abundance of all forest-dependent orchid bees analysed declined around 50%, and it was statistically significant (P = 0.022) for Euglossa marianae Nemésio, 2011, the most sensitive to anthropogenic disturbances of all Atlantic Forest orchid bees. On the other hand, the abundance of populations of species tolerant to open or disturbed areas rose. Possible explanations are discussed.
  • The orchid-bee faunas (Hymenoptera: Apidae) of two Atlantic Forest remnants in southern Bahia, eastern Brazil Biology

    Nemésio, A

    Abstract in Portuguese:

    As faunas de abelhas-das-orquídeas do Parque Nacional do Pau-Brasil (8,500 ha) e da RPPN Estação Veracel (6,000 ha), dois remanescentes de Mata Atlântica no sul da Bahia, Nordeste do Brasil, foram amostradas. Dezessete iscas atrativas a machos de abelhas-das-orquídeas foram utilizadas. Setecentos e doze machos pertencentes a 20 espécies foram coletados com o uso de redes entomológicas durante 80 horas, em fevereiro e abril de 2009. Euglossa marianae Nemésio, 2011, a espécie de abelha euglossina mais dependente de ambientes florestais, foi registrada nas duas áreas, embora pouco abundante. A RPPN Estação Veracel é a menor área onde essa espécie já foi coletada.

    Abstract in English:

    The orchid-bee faunas of the ‘Parque Nacional do Pau Brasil’ (8,500 ha) and ‘RPPN Estação Veracel’ (6,000 ha), two Atlantic Forest remnants in the southern state of Bahia, northeastern Brazil, were surveyed. Seventeen chemical compounds were used as scent baits to attract orchid-bee males. Seven hundred and twelve males belonging to 20 species were actively collected with insect nets during 80 hours in February and April, 2009. Euglossa marianae Nemésio, 2011, the most sensitive orchid-bee species of the Atlantic Forest, was recorded at both preserves, though in low abundance. ‘RPPN Estação Veracel’ is the smallest forest patch where Euglossa marianae has ever been recorded.
  • Gonad maturation of Haemulon plumieri (Teleostei: Haemulidae) in Ceará state, Northeastern Brazil Biology

    Shinozaki-Mendes, RA; Santander-Neto, J; Silva, JRF; Hazin, FHV

    Abstract in Portuguese:

    Para se conhecer a biologia reprodutiva de qualquer animal, é fundamental o conhecimento prévio do desenvolvimento das células germinativas e como esse processo ocorre ao longo do trato reprodutivo. Desta forma, o objetivo do presente trabalho foi descrever a oogênese e a espermatogênese, bem como o desenvolvimento maturacional dos ovários e testículos, e o tipo de desova do Haemulon plumieri. Foram analisadas 119 fêmeas e 136 machos. A partir das características macro e microscópicas das gônadas, foram estabelecidos os seguintes estágios de maturação para fêmeas: imatura, em maturação, matura, parcialmente desovada, desovada e em repouso. Para os machos, foram identificados apenas os seguintes estágios: imaturo, em maturação, maturo e esvaziado. A partir das análises, pôde-se concluir que o desenvolvimento ovariano é cíclico, em que a fêmea pode desovar mais de duas vezes por estação, por apresentar a desova do tipo ‘sincrônica em mais de dois grupos’. Uma vez que os machos não apresentam o estágio ‘em repouso’ após a cópula, o processo de maturação é contínuo.

    Abstract in English:

    To elucidate the reproductive cycle of any animal, it is first necessary to understand the development of the germ cells and how this process occurs throughout the reproductive tract. Thus, the aim of the present study was to understand the oogenesis and spermatogenesis, as well as the ovarian and testis maturation and type of spawning, of Haemulon plumieri. A total of 119 females and 136 males were analysed. Based on micro and macroscopic characteristics of gonads, the following stages of maturation for females were determined: immature, maturing, ripe, partially spawning, spawning and resting. For males, only the stages immature, maturing, ripe and spent were observed. We can conclude that the ovarian development occurs cyclically, in which the female can spawn more than two times during the reproductive season with the spawning “synchronous in more than two groups”. Since males do not present the “rest” stage after copulation, the maturation process is continuous.
  • Reproductive biology of Haemulon plumieri (Teleostei: Haemulidae) in Ceará state, Northeastern Brazil Biology

    Shinozaki-Mendes, RA; Santander-Neto, J; Silva, JRF; Hazin, FHV

    Abstract in Portuguese:

    O Haemulon plumieri é uma espécie tropical, associada aos recifes, encontrada em águas quentes e temperadas do Atlântico Oeste. Em razão do grande esforço de pesca direcionado para a captura desta espécie, o conhecimento acerca da biologia reprodutiva é essencial para um correto manejo e a sua preservação. O objetivo do presente estudo foi caracterizar a biologia reprodutiva com um foco na variação sazonal dos estágios de maturação, no tamanho de primeira maturação e na fecundidade. Espécimens foram mensalmente coletados e um total de 119 fêmeas e 136 machos foi analisado. O ciclo reprodutivo de Haemulon plumieri é sazonal, com maior atividade entre os meses de março e maio. O tamanho de primeira maturação (L50) foi estimado em 16,86 cm para as fêmeas e 18,55 cm para os machos. A fecundidade total variou de 17.816 a 120.333 oócitos maturos por fêmeas e a fecundidade relativa foi 235 ± 63 oócitos.g−1, enquanto que a fecundidade parcial variou entre 20 e 25% da fecundidade total. Uma vez que a espécie é amplamente capturada, sugere-se que seja definido um período de defeso de março a maio e que se estabeleça um tamanho mínimo de captura de 18,5 cm, para ambos os sexos, já que não há dimorfismo sexual evidente.

    Abstract in English:

    The Haemulon plumieri is a typical reef-associated and tropical species found in warm and temperate waters of the Western Atlantic. Due to the large fishing effort directed to H. plumieri, the knowledge about its reproductive biology is essential for correct stock management and conservation. The aim of this study was to characterise reproductive biology with a focus on its seasonal variation of gonadal maturation stages, first maturation size and fecundity. Specimens were monthly collected and a total of 119 females and 136 males were analysed. The reproductive cycle of Haemulon plumieri is seasonal, with higher activity between March and May. Size at first maturity (L50) was estimated at 16.86 and 18.55 cm for females and males, respectively. The total fecundity ranged between 17,816 and 120,333 mature oocytes per female and relative fecundity was 235 ± 63 oocyte.g−1 whereas batch fecundity varied between 20 and 25% from total fecundity. Since the species is widely caught, we suggest a closed season from March to May and to establish a minimum catch size of 18.5 cm for both sexes, since there is no evident sexual dimorphism.
  • Modelling the growth of tambaqui, Colossoma macropomum (Cuvier, 1816) in floodplain lakes: model selection and multimodel inference Biology

    Costa, LRF; Barthem, RB; Albernaz, AL; Bittencourt, MM; Villacorta-Corrêa, MA

    Abstract in Portuguese:

    O tambaqui, Colossoma macropomum, é uma das espécies de peixes amazônicos de maior valor comercial, sendo capturado em rios e lagos da planície alagável da região. Até o presente, a maioria dos estudos sobre essa espécie tem ajustado um único modelo de crescimento, o de von Bertalanffy, sem considerer as possíveis incertezas associadas ao uso do modelo. Neste estudo, quatro modelos diferentes (von Bertalanffy, Logístico, Gompertz e o modelo geral de Schnüte-Richards) foram ajustados a um conjunto de dados de peixes capturados no interior de lagos situados no médio Solimões. Esses modelos foram ajustados por equações não lineares e o número de tambaquis em cada classe de tamanho foi usado como peso no ajuste. A avaliação do ajuste de cada modelo foi baseada no Critério de Informação de Akaike (AIC), na diferença do AIC entre os modelos (Δi) e nos pesos de evidência (wi). Tanto o modelo Logístico (Δi = 0,0) como o de Gompertz (Δi = 1,12) foram suportados pelos dados, mas nenhum deles foi claramente superior (wi, respectivamente, de 52,44 e 29,95%). Assim, é proposto o uso de um modelo médio para estimar o comprimento assintótico (L∞). O modelo médio, baseado nos modelos Logístico e de Gompertz, resultou em uma estimativa de L∞ = 90,36 e indicou que o tambaqui levaria aproximadamente 25 anos para atingir esse tamanho.

    Abstract in English:

    The tambaqui, Colossoma macropomum, is one of the most commercially valuable Amazonian fish species, and in the floodplains of the region, they are caught in both rivers and lakes. Most growth studies on this species to date have adjusted only one growth model, the von Bertalanffy, without considering its possible uncertainties. In this study, four different models (von Bertalanffy, Logistic, Gompertz and the general model of Schnüte-Richards) were adjusted to a data set of fish caught within lakes from the middle Solimões River. These models were adjusted by non-linear equations, using the sample size of each age class as its weight. The adjustment evaluation of each model was based on the Akaike Information Criterion (AIC), the variation of AIC between the models (Δi) and the evidence weights (wi). Both the Logistic (Δi = 0.0) and Gompertz (Δi = 1.12) models were supported by the data, but neither of them was clearly superior (wi, respectively 52.44 and 29.95%). Thus, we propose the use of an averaged-model to estimate the asymptotic length (L∞). The averaged-model, based on Logistic and Gompertz models, resulted in an estimate of L∞=90.36, indicating that the tambaqui would take approximately 25 years to reach average size.
  • A new Tanaostigmodes Ashmead (Hymenoptera, Tanaostigmatidae) from Brazil Biology

    Perioto, NW; Lara, RIR

    Abstract in Portuguese:

    Tanaostigmodes horacioi sp. nov. Perioto & Lara (Hymenoptera, Tanaostigmatidae) do Brasil é descrita e ilustrada. T. horacioi é a segunda espécie descrita do grupo de espécies insculptus de Tanaostigmodes Ashmead, 1896. É fornecida chave de identificação para as espécies do grupo insculptus.

    Abstract in English:

    Tanaostigmodes horacioi sp. nov. Perioto & Lara (Hymenoptera, Tanaostigmatidae) from Brazil is described and illustrated. T. horacioi is the second included species in the insculptus species group of Tanaostigmodes Ashmead, 1896. A key to species of the insculptus group is provided.
  • New species of the genus Dentigaster Zettel (Hymenoptera, Braconidae, Cheloninae) from Brazil Biology

    Dias, MM; Penteado-Dias, AM

    Abstract in Portuguese:

    Uma nova espécie do gênero Dentigaster Zettel, 1990 (Braconidae, Cheloninae) é descrita em áreas de Cerrado dos Estados de Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais, Brasil. Essa é a quarta espécie do gênero conhecida para a fauna brasileira.

    Abstract in English:

    A new species of the genus Dentigaster Zettel, 1990 (Braconidae, Cheloninae) is described from savannah areas of Mato Grosso, São Paulo and Minas Gerais states, Brazil. This is the fourth species of the genus known for brazilian fauna.
  • First report of Maconellicoccus hirsutus(Green, 1908) (Hemiptera: Coccoidea: Pseudococcidae) and the associated parasitoid Anagyrus kamali Moursi, 1948 (Hymenoptera: Encyrtidae), in Brazil Biology

    Marsaro Júnior, AL; Peronti, ALBG; Penteado-Dias, AM; Morais, EGF; Pereira, PRVS

    Abstract in Portuguese:

    A cochonilha rosada do hibisco (PHM), Maconellicoccus hirsutus (Green) (Hemiptera: Pseudococcidae) e o himenóptero parasitoide associado, Anagyrus kamali Moursi (Hymenoptera: Encyrtidae), são registrados pela primeira vez no Brasil. Exemplares dessa cochonilha foram coletados em nove plantas hospedeiras – Annona muricata L. (Anonnaceae); Glycine max(L.) Merr. (Fabaceae); Centrolobium paraensis Tul. (Fabaceae); Inga edulis Mart. (Fabaceae); Hibiscus rosa-sinensis L. (Malvaceae); Psidium guajava L. (Myrtaceae); Averrhoa carambola L. (Oxalidaceae); Citrus sinensis (L.) Osbeck (Rutaceae); Solanum lycopersicum L. (Solanaceae) –, em quatro municípios do norte-nordeste do Estado de Roraima. As plantas C. paraensis, I. edulis e C. sinensissão registradas pela primeira vez como hospedeiras para PHM. Injúrias características apresentadas pelas plantas hospedeiras infestadas pela cochonilha rosada e sugestões para o seu manejo são apresentados.

    Abstract in English:

    The pink hibiscus mealybug (PHM), Maconellicoccus hirsutus (Green) (Hemiptera: Pseudococcidae) and the associated hymenopterous parasitoid, Anagyrus kamali Moursi, 1948 (Hymenoptera: Encyrtidae), are reported for the first time in Brazil. Specimens of the PHM were collected on nine hosts plants, Annona muricata L. (Anonnaceae), Glycine max (L.) Merr. (Fabaceae), Centrolobium paraensis Tul. (Fabaceae), Inga edulis Mart. (Fabaceae), Hibiscus rosa-sinensis L. (Malvaceae), Psidium guajava L. (Myrtaceae), Averrhoa carambola L. (Oxalidaceae), Citrus sinensis (L.) Osbeck (Rutaceae) and Solanum lycopersicum L. (Solanaceae), in four municipalities in the north-northeast of the state of Roraima. The plants C. paraensis, I. edulis and C. sinensis are recorded for the first time as a hosts for PHM. Characteristic injuries observed on the host plants infested by PHM and suggestions for its management are presented.
  • Biological aspects of Eriopis connexa (Germar) (Coleoptera: Coccinellidae) fed on different insect pests of maize (Zea mays L.) and sorghum [Sorghum bicolor L. (Moench.)] Biology

    Silva, RB; Cruz, I; Zanuncio, JC; Figueiredo, MLC; Canevari, GC; Pereira, AG; Serrão, JE

    Abstract in Portuguese:

    Eriopis connexa (Germar) (Coleoptera: Coccinellidae) ocorre em vários países da América do Sul e sua criação massal é importante para programas de controle biológico. Este trabalho avaliou os aspectos biológicos de larvas de E. connexa alimentadas com ovos de Anagasta kuehniella (Zeller) (Lepidoptera: Pyralidae) e de Spodoptera frugiperda (J. E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) congelados por um dia, ovos frescos de Diatraea saccharalis (Fabricius) (Lepidoptera: Pyralidae), lagartas de S. frugiperda recém-eclodidas, ninfas de Rhopalosiphum maidis (Fitch) e Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae). A duração da fase larval, pupal e de larva a adulto diferiu entre as presas oferecidas; entretanto, a fase de pré-pupa foi semelhante. A viabilidade larval, pré-pupal, pupal e de adultos foi maior ou igual a 87,5% em todas as presas, com exceção para larvas alimentadas com lagartas recém-eclodidas de S. frugiperda. Eriopis connexa tem boa adaptação a diferentes presas, corroborando seu hábito alimentar polífago, o que evidencia o potencial desse inimigo natural para o controle de pragas de milho e sorgo.

    Abstract in English:

    Eriopis connexa (Germar) (Coleoptera: Coccinellidae) occurs in several countries of South America and its mass rearing is important for biological control programmes. This work evaluated biological aspects of E. connexa larva fed on eggs of Anagasta kuehniella (Zeller) (Lepidoptera: Pyralidae) and Spodoptera frugiperda (J. E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) frozen for one day, fresh eggs of Diatraea saccharalis (Fabricius) (Lepidoptera: Pyralidae), S. frugiperda newly-hatched caterpillars, nymphs of Rhopalosiphum maidis (Fitch) and Schizaphis graminum (Rondani) (Hemiptera: Aphididae). Duration of larva, pupa and larva to adult stages differed among prey offered, whereas the prepupa stage was similar. Larva, pupa, prepupa and larva to adult viabilities were equal or major of 87.5% in all prey, except for larva fed on newly-hatched larvae of S. frugiperda. Eriopis connexa has good adaptation to different prey corroborating its polyphagous feeding habit, which evidences the potential of this natural enemy for controlling corn and sorghum pests.
  • Leukocytes respiratory burst activity as indicator of innate immunity of pacu Piaractus mesopotamicus Biology

    Biller-Takahashi, JD; Takahashi, LS; Saita, MV; Gimbo, RY; Urbinati, EC

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo avaliou o ensaio para quantificar a atividade respiratória dos leucócitos do sangue de pacu como um indicador do sistema imune inato, usando a redução do nitroazul tetrazólio (NBT) a formazan como medida da produção de espécies reativas de oxigênio (EROs). Para avaliar a precisão do ensaio, peixes foram desafiados por Aeromonas hydrophila e amostrados uma semana após o desafio. A infecção com A. hydrophila aumentou a atividade respiratória dos leucócitos. O protocolo se mostrou confiável e de fácil aplicação, apropriado para determinar a atividade respiratória de leucócitos do sangue do pacu, peixe neotropical, nas condições experimentais apresentadas.

    Abstract in English:

    The present study evaluated the assay to quantify the respiratory burst activity of blood leukocytes of pacu as an indicator of the innate immune system, using the reduction of nitroblue tetrazolium (NBT) to formazan as a measure of the production of reactive oxygen species (ROS). In order to assess the accuracy of the assay, fish were challenged by Aeromonas hydrophila and sampled one week after challenge. The A. hydrophila infection increased the leukocyte respiratory burst activity. The protocol showed a reliable and easy assay, appropriate to determine the respiratory burst activity of blood leukocytes of pacu, a neotropical fish, in the present experimental conditions.
  • Diadema ascensionisMortensen, 1909 (Echinodermata: Echinoidea) is not restricted to Oceanic Islands: evidence from morphological data Biology

    Gondim, AI; Dias, TLP; Christoffersen, ML

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Diadema é composto por sete espécies, das quais duas são conhecidas para o litoral brasileiro: D. antillarum e D. ascensionis. A primeira é principalmente conhecida em áreas costeiras, enquanto que a segunda está aparentemente restrita a ilhas oceânicas. Em fevereiro de 2011, uma densa população de D. ascensionis foi observada nos recifes costeiros da Praia do Francês, no Estado de Alagoas, Região Nordeste do Brasil. Cinco espécimes foram coletados e transportados ao laboratório, onde estudos morfológicos da carapaça e das pedicelárias foram desenvolvidos. Subsequentemente, foram realizadas visitas a coleções científicas para a comparação e a confirmação da espécie. As observações, neste trabalho, evidenciaram a presença de uma pedicelária tridentada com valvas estreitas e fortemente curvadas. A cavidade axial nas pontas dos espinhos é preenchida por um denso tecido não reticular. Estes dados taxonômicos confirmam a ocorrência de D. ascensionis em áreas costeiras. Nos recifes costeiros da Praia do Francês, os animais foram observados a partir da praia em direção às formações recifais localizadas a 200 m da praia, em áreas de substrato arenoso, e nas cavidades do recife, geralmente em águas claras e bem iluminadas. Os indivíduos estavam solitários ou formando grupos de até 15 indivíduos. Destaca-se a importância das pedicelárias na sistemática dos Diadematidae, tendo em vista que as mesmas são bastante constantes e confiáveis para a identificação em nível específico. Os resultados do presente trabalho demonstram que D. ascensionis não está restrita a ambientes insulares e que esta espécie pode ser comum em habitats costeiros rasos.

    Abstract in English:

    The genus Diadema presently consists of seven species, two of which are known from the Brazilian coast: D. antillarum and D. ascensionis. The first is usually known for shallow coastal areas, while the second was apparently restricted to oceanic islands. In February 2011, a dense population of D. ascensionis was observed on the coastal reefs of Praia do Francês (Alagoas State, northeastern Brazil). Five specimens were collected and transported to the laboratory where morphological studies of the test and pedicellariae were conducted. Subsequently, visits were made to scientific collections in order to compare and confirm species identifications. Our observations confirm the presence of tridentate pedicellariae with narrow and strongly curved valves. The axial cavity in the tips of the spines is filled with dense nonreticular tissue. This taxonomic data confirms the occurrence of D. ascensionis in coastal areas. On the coastal reefs of Praia do Francês, animals were observed from the beach to the reef formations about 200 m offshore in areas with a sandy substrate and in reef cavities, usually in clear and well illuminated waters. Solitary individuals or groups of up to 15 individuals formed dense populations in the area. We stress the importance of pedicellariae for the specific identification of the Diadematidae, considering that they are quite constant and reliable at this taxonomic level. Our results demonstrate that D. ascensionis is not restricted to insular environments and that this species may be common in shallow coastal habitats.
  • The orchid-bee faunas (Hymenoptera: Apidae) of 'Parque Nacional do Monte Pascoal', 'Parque Nacional do Descobrimento' and three other Atlantic Forest remnants in southern Bahia, eastern Brazil Biology

    Nemésio, A

    Abstract in Portuguese:

    As faunas de abelhas-das-orquídeas do Parque Nacional do Monte Pascoal, do Parque Nacional do Descobrimento e de três outros fragmentos de Mata Atlântica, com áreas de um a trezentos hectares, foram amostradas no sul da Bahia, leste do Brasil. Iscas com 17 diferentes fragrâncias atrativas a machos de abelhas-das-orquídeas foram utilizadas. Um total de 4.764 machos, pertencentes a 36 espécies, foram ativamente coletados com o auxílio de redes entomológicas durante 300 horas, entre novembro de 2008 e novembro de 2009. A riqueza e a diversidade de abelhas euglossinas encontradas no presente estudo são as mais altas já registradas em todo o domínio da Mata Atlântica. Eufriesea dentilabris (Mocsáry, 1897) e Eufriesea violacea (Blanchard, 1840) foram coletadas no Parque Nacional do Monte Pascoal, sendo estes os primeiros registros dessas espécies no Estado da Bahia e também o registro mais ao norte conhecido para ambas. Fêmeas de Exaerete dentata (Linnaeus, 1758) também foram coletadas no Parque Nacional do Monte Pascoal e antigos registros de Eufriesea aeneiventris (Mocsáry, 1896) neste sítio fazem deste Parque a área com a maior riqueza e a maior diversidade de abelhas euglossinas de toda a Mata Atlântica, mostrando-se similar a áreas da Bacia Amazônica.

    Abstract in English:

    The orchid-bee faunas of ‘Parque Nacional do Monte Pascoal’, ‘Parque Nacional do Descobrimento’ and three other Atlantic Forest remnants ranging from 1 to 300 ha in southern Bahia, eastern Brazil, were surveyed. Baits with seventeen different scents were used to attract orchid-bee males. Four thousand seven hundred and sixty-four males belonging to 36 species were actively collected with insect nets during 300 hours from November, 2008 to November, 2009. Richness and diversity of orchid bees found in this study are the highest ever recorded in the Atlantic Forest domain. Eufriesea dentilabris (Mocsáry, 1897) and Eufriesea violacea (Blanchard, 1840) were collected at the ‘Parque Nacional do Monte Pascoal’, the first record of these species for the state of Bahia and the northernmost record for both species. Females Exaerete dentata (Linnaeus, 1758) were also collected at ‘Parque Nacional do Monte Pascoal’ and old records of Eufriesea aeneiventris (Mocsáry, 1896) in this area makes this site the richest and most diverse concerning its orchid-bee fauna in the entire Atlantic Forest and similar to areas in the Amazon Basin.
  • Remarks about biology of Canthon rutilans Laporte, 1840 (Coleoptera: Scarabaeidae) with the first report of perching in a Brazilian Tropical Dry Forest Notes And Comments

    Medina, AM; Campos, EM
  • Revealing highly conserved regions in the E6 protein among distinct human papillomavirus types using comparative analysis of multiple sequence alignments Notes And Comments

    Gabriel, JE; de Figueiredo, DDLG; de Farias, RP
  • First record of Brevimulticaecum larvae (Nematoda, Heterocheilidae) in amphibians from northern Argentina Notes And Comments

    González, CE; Hamann, MI
  • A facultative association between Plebeia droryana (Friese, 1900) (Hymenoptera: Apidae: Meliponini) and a wax scale insect, Ceroplastes janeirensis (Hemiptera: Coccoidea: Coccidae) Notes And Comments

    Peronti, ALBG; Fernandes, LBR; Fernandes, MA
  • Addressing key ecological questions to support policy-making in Brazil Notes And Comments

    Almeida, RM; Pinto, VG; Castro, MM; Divino, AC; Alves, ACA; Vasconcelos, D; Magalhães Silva, MR; Mamede, N; Lima, RNS; Mello, RM; Siviero, TS; Martins, T; Campos, V; Conde, BE; Brito, PS; Favoreto, FC; Vidal, LO; Roland, F
Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br