Autonomia como categoria central no conceito de promoção de saúde

Autonomy as a central criterion in the concept of health promotion

Este artigo expõe os conceitos centrais do estudo de múltiplos casos: "Promoção de Saúde na Atenção Básica". O estudo foi conduzido pelo Nescon-UFMG em 2005 em doze experiências de promoção da saúde realizadas por equipes do Programa de Saúde da Família (PSF) em diversas regiões do Brasil. Após revisão teórica e pesquisa de campo, a definição de promoção da saúde adotada foi a atuação para a melhoria da saúde, anterior e independente a qualquer patologia ou agravo, ampliando-se o controle das pessoas sobre a própria saúde. Também concluímos que a ampliação da autonomia, vista como ampliação das capacidades e possibilidades de escolha das pessoas, é a categoria central e o critério definidor da atuação em promoção de saúde.

Promoção de saúde; Autonomia; Atenção básica


ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Av. Brasil, 4036 - sala 700 Manguinhos, 21040-361 Rio de Janeiro RJ - Brazil, Tel.: +55 21 3882-9153 / 3882-9151 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cienciasaudecoletiva@fiocruz.br