Iheringia. Série Zoologia, Volume: 100, Issue: 4, Published: 2010
  • Editorial comemorativo ao volume 100 da Iheringia Série Zoologia

    Sanfelice, Daniela
  • Natural history of the lizard Enyalius iheringii (Squamata, Leiosauridae) in southern Brazilian Atlantic forest

    Rautenberg, Ricardo; Laps, Rudi R.

    Abstract in Portuguese:

    Informações sobre a história natural do lagarto Enyalius iheringii Boulenger, 1885 são escassas, assim como para várias espécies de lagartos de florestas tropicais. Neste estudo abordamos vários aspectos da história natural desta espécie endêmica da Mata Atlântica, na região do Vale do Itajaí, Santa Catarina. Encontramos 20 indivíduos, dos quais 18 foram coletados. A maioria foi encontrada sobre a vegetação (n=17) e o restante sobre o solo (n=3). A camuflagem foi a principal tática defensiva utilizada (n=16), apesar de também observarmos salto (n=1), salto e corrida (n=1) e corrida (n=2). Quando manipulados, apresentaram o comportamento de escancarar a boca, emissão de silvos e eventualmente mordidas, assim como mudança de coloração em machos. Com relação à dieta, as presas mais consumidas foram coleópteros, seguidos por larvas de lepidópteros; em relação à frequência, os itens mais representativos foram coleópteros, seguidos por larvas de lepidópteros e aranhas. Machos e fêmeas não diferiram em relação ao tamanho do corpo. Três fêmeas reprodutivas (100-113 mm CRC) foram encontradas nos meses de dezembro e janeiro.

    Abstract in English:

    Studies on the natural history of the lizard Enyalius iheringii Boulenger, 1885, as well as other tropical lizards, are rare. In this study, some aspects of the natural history of this endemic species from the Atlantic forest are reported in areas of Vale do Itajaí, state of Santa Catarina, Brazil. Twenty individuals were found, of which 18 were collected. Most of them were found over the vegetation (n=17) and on the ground (n=3). The main defensive strategy displayed was camouflage (n=16). Jumping (n=1), jumping and running (n=1) and running (n=2) were also observed in some individuals. When handled, lizards exhibited mouth wide open, hissing, and occasionally biting, as well as color change in males. Regarding its diet, the numerically most important prey was beetles (Coleoptera), followed by Lepidoptera larvae. Beetles, lepidopteran larvae and spiders were the most frequent food items. Males and females did not differ in size. Three sexually mature females (100-113 mm SVL) were found in December and January.
  • Benthic macroinvertebrates as bioindicators of water quality in an Atlantic forest fragment

    Oliveira, Augusto; Callisto, Marcos

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi avaliar as comunidades de macroinvertebrados bentônicos como bioindicadoras de qualidade de água em cinco riachos localizados na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Mata Samuel de Paula, no município de Nova Lima, próximo à cidade de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil. A região tem sido severamente alterada por atividades antrópicas incluindo mineração e urbanização. As amostras foram coletadas em campo trimestralmente entre agosto de 2004 e novembro de 2005, totalizando 6 campanhas nas estações seca e chuvosa. Este estudo identificou um riacho como alterado ecologicamente enquanto os demais foram caracterizados como minimamente alterados, com condições ecológicas bem preservadas. No entanto, de acordo com os índices Biological Monitoring Work Party (BMWP) e Average Score Per Taxon (ASPT), todos os riachos possuem qualidade de água excelente. No total, 14.952 organismos foram coletados, pertencendo a 155 táxons (148 Insecta, 2 Annelida, 1 Bivalvia, 1 Decapoda, 1 Planariidae, 1 Hydracarina e 1 Entognatha). Os grupos bentônicos mais abundantes foram Chironomidae (47,9%), Simuliidae (12,3%), Bivalvia (7,5%), Decapoda (6,1%), Oligochaeta (5,2%), Polycentropodidae (3,7%), Hydropsychidae (2,5%), Calamoceratidae (1,8%), Ceratopogonidae (1,7%) e Libellulidae (1,2%). A classificação dos grupos tróficos funcionais evidenciou que 34% dos macroinvertebrados eram coletores-catadores, 29% predadores, 24% coletores-filtradores, 8% fragmentadores e 5% raspadores. A RPPN Mata Samuel de Paula protege hábitats aquáticos diversificados de grande importância para a conservação de muitos táxons de macroinvertebrados bentônicos que são intolerants à poluição.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to evaluate benthic macroinvertebrate communities as bioindicators of water quality in five streams located in the "Reserva Particular do Patrimônio Natural" (RPPN) Mata Samuel de Paula and its surroundings, in the municipality of Nova Lima near the city of Belo Horizonte, Minas Gerais State, southeastern Brazil. This region has been strongly modified by human activities including mining and urbanization. Samples were collected in the field every three months between August 2004 and November 2005, totaling six samplings in the rainy and dry seasons. This assessment identified one area ecologically altered while the other sampling sites were found to be minimally disturbed systems, with well-preserved ecological conditions. However, according to the Biological Monitoring Work Party (BMWP) and the Average Score Per Taxon (ASPT) indices, all sampling sites had excellent water quality. A total of 14,952 organisms was collected, belonging to 155 taxa (148 Insecta, two Annelida, one Bivalvia, one Decapoda, one Planariidae, one Hydracarina, and one Entognatha). The most abundant benthic groups were Chironomidae (47.9%), Simuliidae (12.3%), Bivalvia (7.5%), Decapoda (6.1%), Oligochaeta (5.2%), Polycentropodidae (3.7%), Hydropsychidae (2.5%), Calamoceratidae (1.8%), Ceratopogonidae (1.7%), and Libellulidae (1.2%). The assessment of the benthic functional feeding groups showed that 34% of the macroinvertebrates were collector-gatherers, 29% predators, 24% collector-filterers, 8% shredders, and 5% scrapers. The RPPN Mata Samuel de Paula comprises diversified freshwater habitats that are of great importance for the conservation of many benthic taxa that are intolerant to organic pollution.
  • Composição e distribuição da fauna de Ephemeroptera (Insecta) em área de transição Cerrado-Amazônia, Brasil

    Shimano, Yulie; Cabette, Helena S. R.; Salles, Frederico F.; Juen, Leandro

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi responder se existe padrão na distribuição espacial das ninfas de Ephemeroptera em diferentes córregos e rios da bacia do Rio Suiá-Miçú, MT, e como os córregos estudados estão classificados de acordo com a composição de espécies. Na coleta foram amostrados 12 córregos e rios, em três períodos do ano. Foram coletados 1356 indivíduos, distribuídos em sete famílias, 31 gêneros e 42 espécies e/ou morfoespécies. Os locais mais abundantes foram ambientes semi-lênticos, com pouco sombreamento no leito, sugerindo que a maior entrada de luz disporia, além do material alóctone, material autóctone como fonte de alimento. A maior riqueza de espécie e/ou morfoespécie, estimada, foi em ambientes lóticos enfatizando que os Ephemeroptera apresentam maior riqueza nestes locais uma vez que a correnteza é essencial para transportar a matéria orgânica particulada. Tanto na análise de agrupamento (TWINSPAM) como na ordenação (DCA) observou-se a separação entre ambientes lóticos e semi-lênticos quanto a composição de espécies. Percebeu-se um gradiente na similaridade de composição dos ambientes lóticos de pequeno porte para ambientes lóticos de grande porte e, por fim, os semi-lênticos. Os resultados deste estudo demonstram que a estrutura física dos ambientes aquáticos afeta a composição de espécies. Dessa forma, a retirada das matas ciliares e o represamento dos córregos podem levar à perdas significativas na diversidade.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to respond if exist a pattern on the spatial distributions of Ephemeroptera nymphs in different streams and rivers from Suiá-Miçú Basin, MT, and how the streams are classifying according to the species composition. Were sample 12 streams and rivers, in three periods of the year. Were collected 1,356 individuals, distributed in seven families, 31 genus and 42 species and/or morphospecies. The most abundant locals were semi-lentics and with few shaded suggering that most light in the system offer, allochthonous material and autochthonous material like food resources. The greater estimates richness was found in lotic places, emphasizing that the Ephemeroptera presents greater richness in these places, once water current is essential for organic matter transporting. So much in the grouping analysis (TWINSPAM) as in the ordination (DCA) was observed the separation of lotic and semi-lentic environments as for species composition. It had a gradient in the composition similarity of lotic and small streams for lotic and big stream and for last, semi-lentics. The results of this study show that the physic structure of aquatic environments affect species composition. In that way, retreat of riparian vegetation and streams dam up can take significant losses in the diversity.
  • Sinopse das espécies neotropicais do grupo nitida do gênero Apenesia (Hymenoptera, Bethylidae)

    Ramos, Magno S.; Araújo, Brenda O. P. de; Azevedo, Celso O.

    Abstract in Portuguese:

    São descritas e ilustradas duas espécies: Apenesia quelata sp. nov. e A. trivisa sp. nov. São fornecidos registros geográficos novos e dados sobre variações morfoestruturais de A. membranaceus Lanes & Azevedo, 2004, A. paraensis Kieffer, 1910, A. quadrata Evans, 1963, A. serrulata Azevedo & Batista, 2002 e A. williamsi Evans, 1966. Duas espécies são sinonimizadas: A. laticeps Evans, 1963 como sinônimo júnior de A. quadrata Evans, 1963; A. truncaticeps (Kieffer, 1910) como sinônimo júnior de A. paraensis Kieffer, 1910. A fêmea de A. quadrata é descrita e ilustrada pela primeira vez. É fornecida chave de identificação para as espécies do grupo nitida, baseada em machos.

    Abstract in English:

    Two species are described and illustrated: Apenesia quelata sp. nov. and A. trivisa sp. nov. New geographic records and data on morphostructural variation of A. membranaceus Lanes & Azevedo, 2004, A. paraensis Kieffer, 1910, A. quadrata Evans, 1963, A. serrulata Azevedo & Batista, 2002, e A. williamsi Evans, 1966 are provided. Two species are synonymyzed: A. laticeps Evans, 1963 as junior synonym of A. quadrata Evans, 1963; A. truncaticeps (Kieffer, 1910) as junior synonym of A. paraensis Kieffer, 1910. The female of A. quadrata is described and illustrated for the first time. Key to the species of the nitida species-group based on males is provided.
  • Fish assemblages in two sandy beaches in lower Purus river, Amazonas, Brazil

    Duarte, Cleber; Py-Daniel, Lúcia H. Rapp; Deus, Cláudia Pereira de

    Abstract in Portuguese:

    Foram comparadas as assembleias de peixes de duas praias arenosas localizadas no baixo rio Purus (Amazonas, Brasil). As amostragens foram delineadas representando quatro situações: amostras diurna e noturna na praia da Reserva Biológica de Abufari e amostras diurna e noturna na praia da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus. As coletas foram realizadas durante o período de seca (novembro) de 2007. Os peixes foram coletados utilizando rede de cerco com malha de 5 mm entre nós opostos, 11 m de comprimento e 6 m de altura. Um total de 112 espécies de peixes foram coletados pertencentes a nove ordens e 27 famílias. A grande maioria das formas dominantes compreendeu peixes de pequeno porte (< 100 mm CP) ou juvenis. A praia de Abufari a noite apresentou mais espécimes (3.540), maior riqueza (84 spp.), maior biomassa total (76.614 g) e maior diversidade (H' = 2,57) do que os demais grupos. A composição das assembleias de peixes foi significativamente diferente entre as quatro situações analisadas (ANOSIM, p < 0,0001, R = 0,71). Análises de NMDS também agruparam todas as espécies em quatro grupos distintos de acordo com a composição por período e local. A análise de SIMPER revelou que 80% da variação na composição entre os grupos analisados foi devido a 12 espécies. Entretanto, a composição de peixes não mostrou correlação com os fatores abióticos analisados. Diferentes níveis de uso de ambas as reservas são apontados como possíveis causas da diferença na composição de peixes.

    Abstract in English:

    Fish assemblages from two sandy beaches in the lower Purus river (Amazonas, Brazil) were compared. Four sampling groups were represented by: day and night samples in sandy beach inside the Reserva Biológica de Abufari (biological reserve) and day and night samples in the Reserva de Desenvolvimento Sustentável Piagaçu-Purus (sustainable development reserve). Samples were collected during low water levels (November) in 2007. The fish were sampled by means of seines with mesh size of 5 mm between opposing knots, 11 m long and 6 m wide. A total of 112 fish species belonging to nine orders and 27 families was captured. The vast majority of the dominant forms consisted of small fishes (< 100 mm SL) or juveniles. Samples collected in Abufari at night presented more specimens (3,540), higher richness (84 spp.), larger total biomass (76,614 g) and higher diversity (H'= 2.57) than the other groups. The composition of fish assemblages was significantly different among all analyzed groups (ANOSIM, p < 0.0001, R= 0.71). NMDS analysis also clustered all species in four distinct groups according to species composition per period and site. SIMPER analyses showed that 80% of variation of species composition among the groups examined was due to 12 species. However, fish composition did not show any correlation with the abiotic factors examined. Different levels of use in both reserves may explain differences in fish composition.
  • Classes de comprimento e proporção sexual em Diplodon expansus (Mollusca, Bivalvia, Hyriidae) no rio Piraquara, Paraná, Brasil

    Meyer, Ana A. N.; Oliveira, Edinalva; Martim, Jessica

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo tem como objetivo analisar a distribuição de classes de tamanho e proporção sexual ampliando o conhecimento do comportamento reprodutivo de Diplodon expansus (Küster, 1856) e da biodiversidade dos corpos de água da Área de Proteção Ambiental do Piraquara, Paraná, Brasil. A área de estudo corresponde a um trecho do rio Piraquara de águas lóticas, e mata ciliar relativamente bem preservada. Foram realizadas quatro coletas no período de março de 2006 a dezembro de 2006. No rio Piraquara o D. expansus ocorre em substratos arenoso e lodoso. O comprimento dos exemplares variou entre 17 mm e 65 mm, sendo que a maior frequência de classes de comprimento foi registrada para as classes intermediárias. A análise histológica das gônadas possibilitou a determinação de uma razão sexual 1:1, não tendo sido identificado nenhum exemplar hermafrodita, caracterizando uma população tipicamente dióica. Análises qualitativas e quantitativas demonstram uma gametogênese contínua, com picos de liberação larval no verão.

    Abstract in English:

    This study aimed to analyze the distribution of size classes and sex ratio to broaden the knowledge on the reproductive behavior of Diplodon expansus (Küster, 1856) and the biodiversity of the water bodies of the Área de Proteção Ambiental Piraquara, Paraná, Brazil. The study area is a section of the Piraquara river, characterized by lotic water and relatively well preserved riparian vegetation. Four samplings were carried out from March 2006 to December 2006. In the Piraquara river, D. expansus occurs in sections of the river with sandy and slimy substrate. The length of specimens ranged from 17 mm to 65 mm, and the highest frequencies of length classes were found for intermediate sizes. Histological analysis of gonads revealed a 1:1 sex ratio. No hermaphrodite specimens were found, characterizing a dioecious population. Qualitative and quantitative analysis showed a continuous gametogenesis, with peaks of larval release in the summer.
  • Daily activity and microhabitat use of sympatric lizards from Serra do Cipó, southeastern Brazil

    Filogonio, Renato; Del Lama, Fernanda S.; Machado, Leonardo L.; Drumond, Michelle; Zanon, Isabella; Mezzetti, Nathália A.; Galdino, Conrado A. B.

    Abstract in Portuguese:

    Nós estudamos a influência da sazonalidade no padrão de atividade e uso de microhabitat ao longo do dia em três espécies simpátricas de lagartos Cnemidophorus ocellifer Spix, 1825 (Teiidae), Tropidurus montanus Rodrigues, 1987 e Eurolophosaurus nanuzae (Rodrigues, 1981) (Tropiduridae) em uma área de campos rupestres no estado de Minas Gerais, Brasil. Cnemidophorus ocellifer apresentou uma baixa densidade na área e sua atividade se concentrou nas horas mais quentes do dia, sendo visto principalmente em rochas sombreadas. Tropidurus montanus e E. nanuzae demonstraram padrão de atividade similar que não variou entre as estações. No entanto, a atividade em T. montanus esteve ligada às temperaturas do ambiente, enquanto esta condição não afetou o padrão de E. nanuzae durante a estação seca. Tanto T. montanus quanto E. nanuzae foram avistados principalmente em rochas expostas. A extensão da atividade variou entre as estações, sendo menor para C. ocellifer durante a estação chuvosa e maior para T. montanus e E. nanuzae durante o mesmo período.

    Abstract in English:

    We studied the influence of seasonality on the daily activity pattern and microhabitat use of three sympatric lizard species, Cnemidophorus ocellifer Spix, 1825 (Teiidae), Tropidurus montanus Rodrigues, 1987 and Eurolophosaurus nanuzae (Rodrigues, 1981) (Tropiduridae), in an area of campos rupestres (rocky fields) habitat in state of Minas Gerais, Brazil. Cnemidophorus ocellifer exhibited low density and activity concentrated within the hottest hours of the day, and was observed mainly on shaded rocks. Tropidurus montanus and E. nanuzae had similar activity patterns that did not vary between seasons. Activity of T. montanus was related to environmental temperatures. However, we did not find such relationships for E. nanuzae during the dry season. Both T. montanus and E. nanuzae were sighted mainly on exposed rocks. Extension of activity varied between seasons, shorter for C. ocellifer and longer for T. montanus and E. nanuzae during the rainy season.
  • Três espécies novas de Cryptachaea e notas taxonômicas em Theridiidae (Araneae)

    Buckup, Erica Helena; Marques, Maria Aparecida L.; Rodrigues, Everton Nei Lopes

    Abstract in Portuguese:

    Três espécies novas de Cryptachaea Archer, 1946 são descritas e ilustradas, com base em ambos os sexos: Cryptachaea brescoviti sp. nov. de Beni, Bolívia e Bahia e Espírito Santo, Brasil; C. bonaldoi sp. nov. de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Paraná e C. lisei sp. nov. de São Paulo e Rio Grande do Sul, Brasil. Sinonímias novas são propostas: Chrysso ribeirao Levi, 1962 e C. caraca Levi, 1962 com Chrysso arops Levi, 1962; Cryptachaea diamantina (Levi, 1963) com C. hirta (Taczanowski, 1873) e Cryptachaea maxima (Keyserling, 1884) com C. altiventer (Keyserling, 1884). Theridion altum Levi, 1963 é sinônimo júnior de Theridion soaresi Levi, 1963. Theridion melanosternum Mello-Leitão, 1947 é sinonimizada com Oedothorax bisignatus Mello-Leitão, 1944 e esta última espécie é removida da sinonímia de Theridion calcynatum Holmberg, 1876 e transferida para Theridion Walckenaer, 1805. Theridion tungurahua Levi, 1963 é a fêmea de Theridion fungosum Keyserling, 1884 e a espécie é transferida para Exalbidion Wunderlich, 1995. Theridion antron Levi, 1963 é a fêmea de Theridion filum Levi, 1963. Theridion nesticum Levi, 1963 é sinonimizada com Theridion teresae Levi, 1963. Theridion olaup Levi, 1963 é transferida para Kockiura Archer, 1950 e a fêmea é descrita e ilustrada pela primeira vez. Novas combinações são estabelecidas: Cryptachaea dalana (Buckup & Marques, 1991), C. triguttata (Keyserling, 1891), C. dea (Buckup & Marques, 2006), C. digitus (Buckup & Marques, 2006), C. taim (Buckup & Marques, 2006) e Parasteatoda nigrovittata (Keyserling, 1884), todas são transferidas de Achaearanea Strand, 1929. Cryptachaea rafaeli (Buckup & Marques, 1991) é transferida para Henziectypus Archer, 1946.

    Abstract in English:

    Three new species of Cryptachaea Archer, 1946 are described and illustrated based on males and females: Cryptachaea brescoviti sp. nov. from Beni, Bolivia and Bahia and Espírito Santo, Brazil; C. bonaldoi sp. nov. from Minas Gerais, Mato Grosso do Sul and Paraná and C. lisei sp. nov. from São Paulo and Rio Grande do Sul, Brazil. New synonymies proposed: Chrysso ribeirao Levi, 1962 and C. caraca Levi, 1962 with Chrysso arops Levi, 1962; Cryptachaea diamantina (Levi, 1963) with C. hirta (Taczanowski, 1873) and Cryptachaea maxima (Keyserling, 1884) with C. altiventer (Keyserling, 1884). Theridion altum Levi, 1963 is considered as a new synonym of Theridion soaresi Levi, 1963. Theridion melanosternum Mello-Leitão, 1947 is synonymized with Oedothorax bisignatus Mello-Leitão, 1944 and this species is removed from the synonymy with Theridion calcynatum Holmberg, 1876 and transferred to Theridion Walckenaer, 1805. Theridion tungurahua Levi, 1963 is the female of Theridion fungosum Keyserling, 1884 and the species is transferred to Exalbidion Wunderlich, 1995. Theridion antron Levi, 1963 is the female of Theridion filum Levi, 1963. Theridion nesticum Levi, 1963 is newly synonymized with Theridion teresae Levi, 1963. Theridion olaup Levi, 1963 is transferred to Kochiura Archer, 1950 and the female is described and illustrated for the first time. New combinations established: Cryptachaea dalana (Buckup & Marques, 1991), C. triguttata (Keyserling, 1891), C. dea (Buckup & Marques, 2006), C. digitus (Buckup & Marques, 2006), C. taim (Buckup & Marques, 2006) and Parasteatoda nigrovittata (Keyserling, 1884), all transferred from Achaearanea Strand, 1929. Cryptachaea rafaeli (Buckup & Marques, 1991) is transferred to Henziectypus Archer, 1946.
  • Novos táxons de Hemilophini (Coleoptera, Cerambycidae, Lamiinae) das Américas

    Martins, Ubirajara R.; Galileo, Maria Helena M.

    Abstract in Portuguese:

    Descreve-se o gênero Mexicoscylus para incluir M. rosae sp. nov., do México, espécie-tipo do gênero, e M. bivittatus (Gahan, 1892), comb. nov. Acrescenta-se chave para as espécies de Mexicoscylus. Mais três espécies são descritas: Cotycuara villosa sp. nov., da Costa Rica; Phoebe parvimacula sp. nov., da Bolívia e Adesmus beruri sp. nov., do Brasil (Amazonas). Todas as espécies novas são ilustradas.

    Abstract in English:

    The new genus Mexicoscylus is described to include: M. rosae sp. nov., type species of the genus, and M. bivittatus (Gahan, 1892), comb. nov. both from Mexico. A key to the species of Mexicoscylus is added. More three species are described: Cotycuara villosa sp. nov., from Costa Rica; Phoebe parvimacula sp. nov., from Bolivia and Adesmus beruri sp. nov., from Brazil (Amazonas). All new species are illustrated.
  • Breve histórico da revista Iheringia Série Zoologia e seu impacto sobre o conhecimento da fauna neotropical recente

    Sanfelice, Daniela; Bencke, Glayson A.; Azevedo, Marco A.; Rodrigues, Everton N. L.; Moura, Luciano A.; Araujo, Paula B.; Gastal, Hilda A. O.; Verrastro, Laura; Jardim, Márcia M. A.; Schwertner, Cristiano F.; Marques, Maria Aparecida L.; Drehmer, César J.
  • Another color morph of Sporophila Seedeater from the capuchinos group (Aves, Emberizidae)

    Repenning, Márcio; Rovedder, Cristiano E.; Fontana, Carla S.

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Sporophila (Cabanis, 1844) reúne cerca de 30 espécies de papa-capins de pequeno porte, que habitam predominantemente áreas abertas ou semi-abertas na região Neotropical. A taxonomia do gênero é baseada em estudos morfológicos de exemplares machos adultos coletados. A variação espaço-temporal dinâmica na coloração da plumagem dos machos e a falta de conhecimento sobre suas vocalizações torna difícil diagnosticar adequadamente algumas espécies, de modo que esses dois aspectos são responsáveis pelos dilemas taxonômicos envolvendo Sporophila. Durante quatro anos estudamos a história natural da população reprodutiva de Sporophila melanogaster (Pelzeln, 1870). Essa é uma espécie endêmica do Brasil, que reproduz em campos de altitude do bioma Mata Atlântica. Ao longo desse estudo foram encontrados quatro exemplares machos com plumagem claramente distinta da forma típica conhecida para a espécie. Aqui nós descrevemos essa nova forma, com base na avaliação do uso do hábitat, vocalização e comportamento reprodutivo, e testamos duas hipóteses em relação a sua situação taxonômica. Concluimos tratar-se de mais um morfo de coloração em Sporophila do grupo dos caboclinhos.

    Abstract in English:

    The genus Sporophila (Cabanis, 1844) unites about 30 species of small seedeaters that predominantly inhabit open or semi-open areas in the Neotropical region. The taxonomy of this group is based on morphological studies from collected male specimens. The dynamic spatial and temporal variation in the male plumage and lack of knowledge of their vocalizations make it difficult to properly diagnose some species even today, so these two aspects account for the existing taxonomic dilemmas involving Sporophila. During a four-year field study, we investigated the natural history of a breeding population of Sporophila melanogaster (Pelzeln, 1870). This is an endemic species in Brazil, which reproduces in the high-altitude grasslands of the Atlantic Forest biome. We found four male specimens with clearly diagnosable plumage, distinct from the typical form of the species. Here we describe this previously unreported plumage form. Based on the evaluation of habitat use, vocalization, and reproductive behavior, we tested two hypotheses regarding its taxonomic status. We concluded that this is another case of an intra-specific color morph within the seedeaters of the "capuchinos" group.
  • New records, distribution and status of six seabird species in Brazil

    Dias, Rafael Antunes; Agne, Carlos Eduardo; Gianuca, Dimas; Gianuca, Andros; Barcellos-Silveira, André; Bugoni, Leandro

    Abstract in Portuguese:

    Registros de ocorrência de espécies pouco conhecidas têm sido o tema mais explorado na literatura sobre aves marinhas no Brasil. Se avaliado de forma adequada, esse tipo de informação pode contribuir para a compreensão de padrões de distribuição geográfica, migrações e definição do status de ocorrência dessas espécies. Neste estudo, apresentamos novos registros para seis espécies de aves marinhas pouco conhecidas no litoral brasileiro, revisando sua distribuição e definindo seu status de ocorrência no país. Consideramos Chionis albus (Gmelin, 1789) um pseudo-vagante no Brasil e definimos seu status como visitante sazonal escasso, oriundo do sul da América do Sul. Apresentamos os primeiros registros de Leucophaeus atricilla (Linnaeus, 1758) para a Ilha da Trindade e de Leucophaeus pipixcan (Wagler, 1831) para o estado do Rio Grande do Sul, e definimos que a primeira é vagante no Brasil oriental e a última vagante em todo o território nacional. Anous stolidus (Linnaeus, 1758) é vagante no extremo sul do país. Não foi possível determinar se os registros de Chlidonias niger (Linnaeus, 1758) para o Brasil e sul da América do Sul referem-se a vagância ou pseudo-vagância. Adicionalmente, verificamos a reprodução de Anous minutus Boie, 1844 na Ilha de Martin Vaz e confirmamos a inexistência de evidências de nidificação para a vizinha Ilha da Trindade.

    Abstract in English:

    Distribution records of poorly-known species are currently the most explored theme in the Brazilian seabird literature. If properly evaluated, this kind of information can improve our knowledge on distribution, migration and status of occurrence of these species. In this note we present new records for six species of poorly-known seabirds in the Brazilian coast, reviewing distribution records and defining their status of occurrence in the country. We consider Chionis albus (Gmelin, 1789) a pseudo-vagrant in Brazil and define its status as a scarce seasonal visitor from southern South America. We present the first records of Leucophaeus atricilla (Linnaeus, 1758) for Trindade Island, and of Leucophaeus pipixcan (Wagler, 1831) for the state of Rio Grande do Sul, and determined that the former is a vagrant in eastern Brazil and the latter a vagrant across the country. Anous stolidus (Linnaeus, 1758) is a vagrant in southernmost Brazil. We were unable to determine if records of Chlidonias niger (Linnaeus, 1758) for Brazil and southern South America refer to vagrancy or pseudo-vagrancy. Additionally, we verified the occurrence of breeding individuals of Anous minutus Boie, 1844 on Martin Vaz Island and confirmed that there is no evidence of breeding on neighboring Trindade Island.
  • New and significant bird records from Rio Grande do Sul, with comments on biogeography and conservation of the southern Brazilian avifauna

    Bencke, Glayson A.

    Abstract in Portuguese:

    Relato a ocorrência de 16 espécies de aves no Rio Grande do Sul, das quais sete são novas para o estado - Accipiter superciliosus (Linnaeus, 1766), Brotogeris tirica (Gmelin, 1788), Hemitriccus margaritaceiventer (d'Orbigny & Lafresnaye, 1837), Phyllomyias griseocapilla Sclater, 1862, Saltator coerulescens Vieillot, 1817, Orthogonys chloricterus (Vieillot, 1819) e Sporophila lineola (Linnaeus, 1758) - e outras sete eram previamente conhecidas apenas por registros não documentados ou com documentação deficiente - Ixobrychus exilis (Gmelin, 1789), Brotogeris chiriri (Vieillot, 1818), Coccyzus euleri Cabanis, 1873, Pulsatrix koeniswaldiana (Bertoni & Bertoni, 1901), Psilorhamphus guttatus (Ménétriès, 1835), Serpophaga griseicapilla Straneck, 2007 e Hemithraupis ruficapilla (Vieillot, 1818). Os registros de B. tirica, P. guttatus, P. griseocapilla, Myiozetetes similis (Spix, 1825), O. chloricterus, H. ruficapilla e S. lineola representam significativas extensões de distribuição ao sul de até 300 km. Notas descritivas e observações naturalísticas são apresentadas para algumas dessas espécies. Adicionalmente, um novo registro confirmado de Myiarchus ferox (Statius Muller, 1776) é divulgado. Por fim, apresento argumentos em favor da inclusão das florestas atlânticas do nordeste do Rio Grande do Sul na área de endemismo Serra do Mar (sensu SILVA et al., 2004), por causa da presença de Orthogonys chloricterus, e comento sobre a possível expansão distribucional de Myiozetetes similis, Sporophila lineola e outras espécies essencialmente tropicais no sul do Brasil.

    Abstract in English:

    I report on the occurrence of 16 species of birds in Rio Grande do Sul, southern Brazil, of which seven are new for the state - Accipiter superciliosus (Linnaeus, 1766), Brotogeris tirica (Gmelin, 1788), Hemitriccus margaritaceiventer (d'Orbigny & Lafresnaye, 1837), Phyllomyias griseocapilla Sclater, 1862, Saltator coerulescens Vieillot, 1817, Orthogonys chloricterus (Vieillot, 1819), and Sporophila lineola (Linnaeus, 1758) - and seven were previously known from unsubstantiated or poorly documented records - Ixobrychus exilis (Gmelin, 1789), Brotogeris chiriri (Vieillot, 1818), Coccyzus euleri Cabanis, 1873, Pulsatrix koeniswaldiana (Bertoni & Bertoni, 1901), Psilorhamphus guttatus (Ménétriès, 1835), Serpophaga griseicapilla Straneck, 2007, and Hemithraupis ruficapilla (Vieillot, 1818). Descriptive and natural history notes are presented for some of these species. The records of B. tirica, P. guttatus, P. griseocapilla, Myiozetetes similis (Spix, 1825), O. chloricterus, H. ruficapilla, and S. lineola represent significant southward range extensions of up to 300 km. Also, a new confirmed record of Myiarchus ferox (Statius Muller, 1776) is divulged. Finally, I argue that the Atlantic forests of north-eastern Rio Grande do Sul should be included in the Serra do Mar area of endemism (sensu SILVA et al., 2004) because of the presence of Orthogonys chloricterus, and comment on the possible range expansion of Myiozetetes similis, Sporophila lineola and other primarily tropical species in southern Brazil.
  • Primatology in southern Brazil: a transdisciplinary approach to the conservation of the brown-howler-monkey Alouatta guariba clamitans (Primates, Atelidae)

    Jerusalinsky, Leandro; Teixeira, Fernanda Zimmermann; Lokschin, Luisa Xavier; Alonso, André; Jardim, Márcia Maria de Assis; Cabral, Juliane Nunes Hallal; Printes, Rodrigo Cambará; Buss, Gerson

    Abstract in Portuguese:

    Intervenções humanas nos ambientes naturais são a principal causa da perda de biodiversidade global. Essa situação não é diferente no sul do Brasil, onde vivem cinco espécies nativas de primatas. Embora existam algumas pesquisas anteriores, estudos sobre primatas nessa região começaram a ser desenvolvidos consistentemente no início da década de 1980 e continuaram sendo produzidos desde então. Além de importante iniciativas para pesquisar e conservar as espécies altamente ameaçadas Leontopithecus caissara Lorrini & Persson, 1990 e Brachyteles arachnoides E. Geoffroy, 1806, outras espécies, incluindo algumas localmente ameaçadas, têm sido foco de pesquisas, manejo, e iniciativas de conservação. Desde 1993, o Programa Macacos Urbanos (PMU) tem pesquisado a distribuição e avaliado as ameaças às populações de Alouatta guariba clamitans (Cabrera, 1940) em Porto Alegre e arredores. O PMU tem desenvolvido estratégias de conservação em quatro frentes de trabalho: (1) pesquisa científica em biologia e ecologia, gerando conhecimento básico para apoiar as outras iniciativas do grupo; (2) educação para conservação, que enfatiza ações educativas e projetos de longo-prazo em escolas localizadas próximas às populações do bugio-ruivo, baseados na abordagem de espécie-bandeira; (3) manejo, analisando conflitos que envolvam bugios e comunidades humanas, focando na mitigação desses problemas e na apropriada destinação dos animais machucados ou em risco; e (4) a frente de trabalho de Políticas Públicas, que visa reduzir e/ou prevenir os impactos da expansão urbana, contribuindo para criar áreas protegidas e fortalecer a legislação ambiental. Estas diferentes abordagens têm contribuído para a conservação das populações do bugio-ruivo em curto prazo, indicando que trabalhos desenvolvidos coletivamente e a atuação em frentes de trabalho interrelacionadas e diversificadas pode ser essencial para atingir as metas de conservação. Os resultados sinergéticos dessas abordagens e sua relação com a primatologia na região sul do Brasil são apresentados neste trabalho.

    Abstract in English:

    Human interventions in natural environments are the main cause of biodiversity loss worldwide. The situation is not different in southern Brazil, home of five primate species. Although some earlier studies exist, studies on the primates of this region began to be consistently carried out in the 1980s and have continued since then. In addition to important initiatives to study and protect the highly endangered Leontopithecus caissara Lorrini & Persson, 1990 and Brachyteles arachnoides E. Geoffroy, 1806, other species, including locally threatened ones, have been the focus of research, management, and protection initiatives. Since 1993, the urban monkeys program (PMU, Programa Macacos Urbanos) has surveyed the distribution and assessed threats to populations of Alouatta guariba clamitans (Cabrera, 1940) in Porto Alegre and vicinity. PMU has developed conservation strategies on four fronts: (1) scientific research on biology and ecology, providing basic knowledge to support all other activities of the group; (2) conservation education, which emphasizes educational presentations and long-term projects in schools near howler populations, based on the flagship species approach; (3) management, analyzing conflicts involving howlers and human communities, focusing on mitigating these problems and on appropriate relocation of injured or at-risk individuals; and finally, (4) Public Policies aimed at reducing and/or preventing the impact of urban expansion, contributing to create protected areas and to strengthen environmental laws. These different approaches have contributed to protect howler monkey populations over the short term, indicating that working collectively and acting on diversified and interrelated fronts are essential to achieve conservation goals. The synergistic results of these approaches and their relationship to the prospects for primatology in southern Brazil are presented in this review.
  • Os Testudines continentais do Rio Grande do Sul, Brasil: taxonomia, história natural e conservação

    Bujes, Clóvis S.

    Abstract in Portuguese:

    O Rio Grande do Sul é o estado mais meridional do Brasil, apresentando fauna e flora peculiares associadas às características morfoclimáticas da região. A diversidade de Testudines do Rio Grande do Sul é representada por seis espécies continentais e cinco marinhas. Este estudo apresenta comentários sobre a diversidade de quelônios continentais do Rio Grande do Sul, através de uma compilação de dados publicados e alguns inéditos sobre sua biologia e estado de conservação.

    Abstract in English:

    Rio Grande do Sul is the southernmost state of Brazil with peculiar flora and fauna associated to the morfoclimatic characteristics of the region. The diversity of Testudines from Rio Grande do Sul is represented by six freshwater turtle species and five sea turtle species. This study reports on the freshwater turtle diversity of Rio Grande do Sul, based on a compilation of published and some new data on their biology and conservation status.
  • Dosilia (Porifera, Demospongiae) redefined

    Cândido, Jairo Luís; Volkmer-Ribeiro, Cecília; Fürstenau-Oliveira, Karina

    Abstract in Portuguese:

    Dosilia plumosa (Carter, 1849), espécie-tipo do gênero e D. brouni (Kirkpatrick, 1906), com distribuição respectivamente nas regiões Oriental e Etiópica, são revisadas após estudos ao MEV de seus conjuntos espiculares, gêmulas e estrutura do esqueleto. São ilustrados o lectótipo selecionado para D. plumosa e o holótipo por monotipia determinado para D. brouni. Dosilia palmeri (Potts, 1885) e D. radiospiculata (Mills, 1888) com distribuição nas Regiões Neártica e Neotropical e D. pydanieli Volkmer-Ribeiro, 1992, com ocorrência na Região Neotropical são revisadas após estudos ao MEV de seus conjuntos espiculares, gêmulas e estrutura do esqueleto. Holótipo por monotipia é estabelecido para D. radiospiculata. Heteromeyenia plumosa Weltner, 1895 é sinonimizada com D. radiospiculata. A revisão das cinco espécies do gênero é concluída com a sua redefinição e apresentação de chave taxonômica.

    Abstract in English:

    Dosilia plumosa (Carter, 1849), type species of the genus, and D. brouni (Kirkpatrick, 1906), with distribution respectively in the Oriental and Ethiopic regions, are revised based on a SEM analysis of spicules, gemmules and skeletal structure. The lectotype here designated for D. plumosa is illustrated as well as the holotype by monotypy determined for D. brouni. Dosilia palmeri (Potts, 1885) and D. radiospiculata (Mills, 1888) distributed in the Nearctic and Neotropical regions and D. pydanieli Volkmer-Ribeiro, 1992, found in the Neotropical region, are revised based on a SEM analysis of spicules, gemules and skeletal structure. The holotype by monotypy is determined for D. radiospiculata. Heteromeyenia plumosa Weltner,1895 is synonymyzed with D. radiospiculata. Upon the revision of its five species, the genus is redefined and a key presented.
  • Endemism analysis of Neotropical Pentatomidae (Hemiptera, Heteroptera)

    Ferrari, Augusto; Paladini, Andressa; Schwertner, Cristiano Feldens; Grazia, Jocelia

    Abstract in Portuguese:

    A definição de áreas de endemismo é central aos estudos de Biogeografia Histórica e suas inter-relações são questões fundamentais. Hipóteses consistentes sobre a evolução de Pentatomidae (Hemiptera) na Região Neotropical dependem da acuidade das unidades empregadas nas análises, que no caso de estudos de biogeografia histórica, podem ser áreas endêmicas. Neste trabalho foram estudados os padrões de distribuição de 222 espécies, pertencentes a 14 gêneros de Pentatomidae, com ocorrência predominantemente neotropical, com base em uma Análise de Endemicidade (NDM) a fim de inferir possíveis áreas endêmicas e relacioná-las a áreas previamente delimitadas. A busca por áreas endêmicas foi realizada com quadrículas de 2,5° e 5° latitude-longitude. A análise com base em agrupamentos de 2,5° latitude-longitude permitiu identificar 51 áreas de endemismo, sendo que o consenso destas áreas resultou em quatro agrupamentos de quadrículas. A segunda análise, com quadrículas de 5° latitude-longitude, resultou em 109 áreas de endemismo. O consenso flexível empregado resultou em 17 áreas de endemismo. As análises foram sensíveis à identificação de áreas de endemismo na Mata Atlântica em diferentes escalas. A região Amazônica foi identificada como uma área única no consenso, sendo que a porção sudeste compartilha elementos com as sub-regiões do Chaco e Paraná. Os dados de distribuição dos táxons estudados, com diferentes unidades de análises, não permitiram a identificação de áreas endêmicas para o Cerrado e a Caatinga. As áreas de endemismo aqui identificadas devem ser tratadas como hipóteses biogeográficas primárias.

    Abstract in English:

    The definition of areas of endemism is central to studies of historical biogeography, and their interrelationships are fundamental questions. Consistent hypotheses for the evolution of Pentatomidae in the Neotropical region depend on the accuracy of the units employed in the analyses, which in the case of studies of historical biogeography, may be areas of endemism. In this study, the distribution patterns of 222 species, belonging to 14 Pentatomidae (Hemiptera) genera, predominantly neotropical, were studied with the Analysis of Endemicity (NDM) to identify possible areas of endemism and to correlate them to previously delimited areas. The search by areas of endemism was carried out using grid-cell units of 2.5° and 5° latitude-longitude. The analysis based on groupings of grid-cells of 2.5° of latitude-longitude allowed the identification of 51 areas of endemism, the consensus of these areas resulted in four clusters of grid-cells. The second analysis, with grid-cells units of 5° latitude-longitude, resulted in 109 areas of endemism. The flexible consensus employed resulted in 17 areas of endemism. The analyses were sensitive to the identification of areas of endemism in different scales in the Atlantic Forest. The Amazonian region was identified as a single area in the area of consensus, and its southeastern portion shares elements with the Chacoan and Paraná subregions. The distribution data of the taxa studied, with different units of analysis, did not allow the identification of individual areas of endemism for the Cerrado and Caatinga. The areas of endemism identified here should be seen as primary biogeographic hypotheses.
  • Global literature of fiddler crabs, genus Uca (Decapoda, Ocypodidae): trends and future directions

    Nabout, João C.; Bini, Luis M.; Diniz-Filho, José A. F.

    Abstract in Portuguese:

    Caranguejos do gênero Uca Leach, 1814 são caracterizados por apresentarem forte dimorfismo sexual e são globalmente distribuídos. Atualmente são descritas 97 espécies desse gênero, sendo estudados em diversos aspectos como ecologia de populações, fisiologia e etologia. Entretanto, até o presente não existe um trabalho que sintetize as informações da literatura científica sobre esse grupo. O objetivo desse trabalho foi realizar uma análise cienciométrica sobre estudos de caranguejo Uca. Para isso, buscou-se artigos que continham os termos "Uca" OR "fiddler* crab*, entre 1991 e 2007, disponíveis na base de informações bibliográficas do Thomson ISI. Para cada artigo foram coletadas informações como ano de publicação, periódico onde o artigo foi publicado, nacionalidade do primeiro autor, país onde o trabalho foi desenvolvido, tipo de estudo, espécie estudada e área do trabalho. Os resultados obtidos indicaram que não houve incremento no número de artigos ao longo dos anos. A revista que apresentou o maior número de artigos sobre Uca foi o Journal of Experimental Marine Biology and Ecology, indicando a importância desse grupo como modelo para o teste de hipóteses ecológicas com o uso de abordagem experimental. Os Estados Unidos foi o país que apresentou maior número de autores que publicaram sobre Uca e também o país com o maior número de trabalhos sobre Uca. Possivelmente isso deveu-se ao maior investimento em infra-estrutura e pesquisa nesse país. Além disso, usando modelos com três variáveis preditoras (renda per capita, número de espécies de Uca e extensão costeira dos países) observou-se que de acordo com o Critério de Akaike a variável renda per capita foi a mais importante para explicar o padrão do número de artigos por país (i.e. país do autor e país de estudo). A espécie que apresentou o maior número de trabalhos desenvolvidos foi U. pugilator, essa espécies distribuí-se na costa leste do continente Norte Americano. Além disso, a maior parte dos trabalhos sobre Uca foi de cunho descritivos e em escala local. Quanto a área do trabalho, grande parte dos artigos esteve inserido na categoria populacional, seguido de comportamental e fisiológico.

    Abstract in English:

    Crabs of the genus Uca Leach, 1814 are characterized by having strong sexual dimorphism and a global distribution. Currently, 97 species have been described and analyzed under several aspects, including population ecology, physiology and ethology. However, there is no general summary of the information from the various literatures. The aim of this study is to perform a scientometric analysis of fiddler crab studies. For this we searched papers available in the Thomson ISI database that contained the words "Uca" OR "fiddler* crab*" between the years 1991 and 2007. For each paper, we researched and recorded the following characteristics: publication year; journal of publication; the first author's nationality; the country where the study was conducted; study type; species studied; and the work area. Our results indicated that there was no increase in the number of articles through the years considered. The Journal of Experimental Marine Biology and Ecology published most of the articles on Uca, indicating the importance of this group as a model for testing ecological hypotheses using experimental approaches. Our results also showed that United States had the highest number of authors and published studies on Uca, following the overall trend in dominance on scientific research. Furthermore, using models with three variables (per capita income, number of species of Uca and extent of coastal countries) we observed that, according to the Akaike Information Criterion, the per capita income was the most important correlate for the number of articles per country (both the author's country and country of study). Additionally, our results show that the species U. pugilator (distributed on the East Coast of the North American continent) was the species most singularly referenced in the papers considered. Moreover, our results indicate that most studies on Uca use a descriptive and local scale. The majority of papers in our literature search reflect studies in population biology, followed by behavioral and physiological characteristics.
  • Reproductive characteristics of characid fish species (Teleostei, Characiformes) and their relationship with body size and phylogeny

    Azevedo, Marco A.

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho, as informações sobre reprodução de espécies de peixes da família Characidae, de Characiformes, são avaliadas considerando suas relações de tamanho corporal e interpretadas em um contexto filogenético, contribuindo para a compreensão da evolução das estratégias reprodutivas presentes nas espécies da família. A maioria das espécies de caracídeos de maior porte apresenta, assim como outros Characiformes, um padrão geral de reprodução caracterizado pelo período reprodutivo sazonal e curto, durando de um a três meses, situado entre setembro e abril; desova normalmente total; fecundidade extremamente elevada e muitas espécies apresentam migração reprodutiva. Muitas espécies que têm a fecundidade menor apresentam cuidado parental. A diminuição do tamanho corporal parece ser uma sinapomorfia dos grupos de Characidae que não apresentam o osso supraorbital. A redução no tamanho pode representar uma vantagem adaptativa em diversos aspectos, mas pode exigir respostas evolutivas a novos problemas biológicos decorrentes. Em termos de reprodução, observa-se uma tendência a que espécies de menor porte reduzam também o número de ovócitos produzidos. Muitos caracídeos de pequeno porte mantêm o padrão geral de reprodução dos Characiformes, mas muitos deles exibem diferentes modificações, possivelmente como resposta à diminuição de tamanho e consequente diminuição da fecundidade. A diminuição do tamanho dos ovócitos maduros; a produção de diversos lotes de ovócitos; o prolongamento do período reprodutivo; a presença de mais de uma coorte reprodutiva ou a reprodução contínua, permitindo que os indivíduos reproduzam mais de uma vez no ano; as altas taxas de crescimento e rápido recrutamento de jovens, aumentando a população sexualmente ativa e a inseminação dos ovários são exemplos de modificações no padrão geral de reprodução, possivelmente em resposta às pressões relacionadas à redução de tamanho corporal. Estas características reprodutivas podem refletir as relações de parentesco das espécies.

    Abstract in English:

    In this study, I investigated the reproductive biology of fish species from the family Characidae of the order Characiformes. I also investigated the relationship between reproductive biology and body weight and interpreted this relationship in a phylogenetic context. The results of the present study contribute to the understanding of the evolution of the reproductive strategies present in the species of this family. Most larger characid species and other characiforms exhibit a reproductive pattern that is generally characterized by a short seasonal reproductive period that lasts one to three months, between September and April. This is accompanied by total spawning, an extremely high fecundity, and, in many species, a reproductive migration. Many species with lower fecundity exhibit some form of parental care. Although reduction in body size may represent an adaptive advantage, it may also require evolutionary responses to new biological problems that arise. In terms of reproduction, smaller species have a tendency to reduce the number of oocytes that they produce. Many small characids have a reproductive pattern similar to that of larger characiforms. On the other hand they may also exhibit a range of modifications that possibly relate to the decrease in body size and the consequent reduction in fecundity. Examples of changes in the general reproductive pattern include the following: reduction in the size of mature oocytes; increase in fecundity; production of several batches of oocytes; an extended reproductive period or even continuous reproduction that allows individuals to reproduce more than once a year; high growth rates; rapid recruitment of juveniles; presence of more than one reproductive cohort that increases the sexually active population; and multiple independent development of insemination as a reproductive strategy. These changes are possibly associated with adaptive pressures that are related to the reduction in body size. In addition, such reproductive characteristics or novelties may reflect the phylogenetic history of a given species.
  • Lista das espécies de aranhas (Arachnida, Araneae) do estado do Rio Grande do Sul, Brasil

    Buckup, Erica Helena; Marques, Maria Aparecida L.; Rodrigues, Everton Nei Lopes; Ott, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    É apresentada uma lista de 808 espécies de aranhas, incluídas em 51 famílias ocorrentes no Rio Grande do Sul, Brasil. São indicados localidade-tipo, municípios de ocorrência e a bibliografia taxonômica de cada espécie.

    Abstract in English:

    A spiders species list including 808 species of 51 families occurring in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, is presented. Type locality, municipalities of occurrence and taxonomic bibliography concerning these species are indicated.
  • Revisão e atualização da lista das aves do Rio Grande do Sul, Brasil

    Bencke, Glayson A.; Dias, Rafael A.; Bugoni, Leandro; Agne, Carlos Eduardo; Fontana, Carla S.; Maurício, Giovanni N.; Machado, Diogenes B.

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, a lista das aves do estado do Rio Grande do Sul (281.749 km²) é revisada e atualizada. A inclusão de espécies na lista seguiu dois critérios principais: (i) ocorrência no estado documentada por evidência tangível - pele ou espécime completo, foto, vídeo ou gravação de áudio - publicada na literatura ou disponível para verificação independente em coleções ou arquivos científicos de acesso público, ou (ii) pelo menos um registro no estado acompanhado de evidência não-material que permita a identificação segura do táxon, tal como um relato circunstanciado, publicado ou fornecido aos autores, contendo descrição detalhada ou referência às características diagnósticas observadas. Espécies com registros específicos para o estado que não estão em conformidade com esses critérios não foram incluídas na lista principal e foram consideradas "prováveis" ou "hipotéticas", de acordo com as evidências disponíveis e a coerência distribucional dos registros existentes. A lista resultante contém 661 espécies, das quais 649 estão documentadas por evidências físicas. Outras 10 e 16 espécies são consideradas de ocorrência provável e hipotética, respectivamente. Em comparação com a lista anterior, 44 espécies foram adicionadas e sete táxons foram excluídos ou substituídos, resultando em um incremento de 37 espécies. Fregetta grallaria (Vieillot, 1818), Polytmus guainumbi (Pallas, 1764), Nonnula rubecula (Spix, 1824), Stymphalornis acutirostris Bornschein, Reinert & Teixeira, 1995, Fluvicola albiventer (Spix, 1825) e Xenopsaris albinucha (Burmeister, 1869) são aqui mencionadas para o estado pela primeira vez. O número de espécies adicionadas desde a última revisão da lista corresponde a um aumento médio de pouco mais de quatro espécies por ano. A análise retrospectiva das adições recentes indica que o número de espécies de aves com ocorrência assumida no Rio Grande do Sul deverá continuar crescendo a uma taxa similar ao longo da próxima década. Em vista disso, são propostas ações práticas para aperfeiçoar o processo de revisão da lista estadual no futuro. Também é recomendada a aplicação de critérios adequados para distinguir entre extensões e expansões de distribuição, e entre casos de vagância e pseudo-vagância, para que as novas ocorrências de aves registradas no estado ao longo do tempo possam ser mais bem interpretadas.

    Abstract in English:

    The list of birds of the state of Rio Grande do Sul (281,749 sq. km), southern Brazil, is revised and updated. Species were included in the list according to two main criteria: (i) occurrence in the state documented with tangible evidence - study skin or complete specimen, photograph, video or vocal recording - published in the literature or available for independent verification in scientific collections or archives of public access, or (ii) at least one state record supported by non-material evidence allowing an unequivocal diagnosis of the taxon, such as a circumstantiated report, published or provided to the authors, containing a detailed description of or reference to the diagnostic features observed. Species mentioned for the state that do not conform to these criteria were not included in the main list and were regarded as probable or hypothetical, according to the evidence available and the distributional coherence of the existing records. The final list comprises 661 species, of which 649 are documented by physical evidence. Another 10 and 16 species are listed as probable and hypothetical, respectively. Compared with the previous list, 44 species were added and seven were excluded or substituted, resulting in a net increase of 37 species. Fregetta grallaria (Vieillot, 1818), Polytmus guainumbi (Pallas, 1764), Nonnula rubecula (Spix, 1824), Stymphalornis acutirostris Bornschein, Reinert & Teixeira, 1995, Fluvicola albiventer (Spix, 1825), and Xenopsaris albinucha (Burmeister, 1869) are mentioned for the state for the first time. The number of species added since the last review corresponds to an average increase of slightly more than four species per year. By examining the recent additions in retrospect, it is clear that the number of bird species known to occur in Rio Grande do Sul should continue to grow at a similar rate over the next decade or so. In view of this, some guidelines for improving future revisions of the state checklist are proposed. In order to better understand new occurrences of birds over time, the use of adequate criteria to distinguish range extensions from range expansions, and instances of vagrancy from pseudo-vagrancy, is recommended.
Museu de Ciências Naturais Museu de Ciências Naturais, Secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Rua Dr. Salvador França, 1427, Jardim Botânico, 90690-000 - Porto Alegre - RS - Brasil, Tel.: + 55 51- 3320-2039 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: iheringia-zoo@fzb.rs.gov.br