Physiological quality of soybean seeds treated with different spray volumes

Parâmetros físicos e qualidade fisiológica de sementes de soja tratadas com diferentes volumes de calda

Abstracts

The aim of this study was to define the influence of treatments with different seed spray volumes and their effects on the physical and physiological quality. The soybean seeds from cultivars NA 5909 RG and BMX Potência RR were used and three lots of each cultivar were selected in sieves of different diameters (5.5; 6.0 and 6.5 mm). The treatments consisted of different seed volumes: 1) non-treated seeds; 2) 600 mL.100 kg of seeds-1; 3) 800 mL.100 kg of seeds-1; 4) 1000 mL.100 kg of seeds-1; 5) 1200 mL.100 kg of seeds-1; 6) 1400 mL.100 kg of seeds-1. The physical parameters evaluated were mechanical damage, water content and variations in the length and width of the seeds. The physiological seed quality was determined by germination, first count germination, length and dry weight of seedlings, field emergence and emergence speed index tests. In terms of use of the product in liquid form, it is possible to use the treatment in spray volumes up to 1400 mL.100 kg seed-1, regardless the cultivar or seed size and without damaging the soybean seeds physically and physiologically.

Glycine max L; seed treatment; seed size; germination


O objetivo do trabalho foi determinar a influência de diferentes volumes de calda, via tratamento de sementes, nos parâmetros físicos e na qualidade fisiológica de sementes de soja. Foram utilizadas as cultivares NA 5909 RG e BMX Potência RR, sendo três lotes de cada cultivar, os quais foram classificados em peneiras de diferentes diâmetros (5,5; 6,0 e 6,5 mm). Os tratamentos consistiram na utilização de diferentes volumes de calda: 1) testemunha sem tratamento; 2) 600 mL.100 kg de sementes-1; 3) 800 mL.100 kg de sementes-1; 4) 1000 mL.100 kg de sementes-1; 5) 1200 mL.100 kg de sementes-1; 6) 1400 mL.100 kg de sementes-1. Os parâmetros físicos avaliados foram dano mecânico, teor de água e variações no comprimento e largura das sementes. A qualidade fisiológica das sementes foi determinada pelos testes de germinação, primeira contagem da germinação, comprimento e fitomassa seca de plântulas, emergência a campo e índice de velocidade de emergência. Em condições de utilização dos produtos em forma líquida, independente da cultivar ou do tamanho da semente, é possível utilizar o tratamento em volumes de calda de até 1400 mL.100 kg de sementes-1, sem que ocorram danos físicos e fisiológicos às sementes de soja.

Glycine max; tratamento de semente; tamanho de sementes; germinação


  • AVELAR, S.A.G.; BAUDET, L.; PESKE, S.T.; LUDWIG, M.P.; RIGO, G.A.; CRIZEL, R.L.; OLIVEIRA, S. Storage of soybean seed treated with fungicide, insecticide and micronutrient and coated with liquid and powered polymer. Ciência Rural, v.41, n.10, p.1719-1725, 2011. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-84782011001000007&script=sci_arttext
  • ÁVILA, M.R.; BRACCINI, A.L.; SCAPIM, C.A.; ALBRECHT, L.P.; TONIN, T.A.; STÜLP, M. Bioregulator application, agronomic efficiency, and quality of soybean seeds. Scientia Agricola, v.65, n.6, p.604-612, 2008. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-90162008000600006
  • BALARDIN, R.S.; SILVA, F.D.L.; DEBONA, D.; CORTE, G.D.; FAVERA, D.D.; TORMEN, N. R. Tratamento de sementes com fungicidas e inseticidas como redutores dos efeitos do estresse hídrico em plantas de soja. Ciência Rural, v.41, n.7, p.1120-1126, 2011. http://www.scielo.br/pdf/cr/v41n7/a5711cr4207.pdf
  • BECKERT, O.P.; MIGUEL, M.H.; MARCOS-FILHO, J. Absorção de água e potencial fisiológico em sementes de soja de diferentes tamanhos. Scientia Agrícola, v.57, n.4, 2000. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-90162000000400012&script=sci_arttext
  • BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395p. http://www.bs.cca.ufsc.br/publicacoes/regras%20analise%20sementes.pdf
  • BRASIL. Instrução Normativa N.25, de 16 de dezembro de 2005. Padrões para produção e comercialização de sementes de soja. Diário Oficial da União, n.243 de 20 de dezembro de 2005, Brasília, DF, 20 de dezembro de 2005.  www.agricultura.pr.gov.br/arquivos/File/PDF/padroes_soja.pdf
  • CAMOZZATO, V.A.; PESKE, S.T.; POSSENTI, J.C.; MENDES, A.S. Desempenho de cultivares de soja em função do tamanho das sementes. Revista Brasileira de Sementes, v.31, n.1, p.288-292, 2009. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-31222009000100032&script=sci_arttext
  • CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J.  Sementes: ciência, tecnologia e produção. 4. ed. Jaboticabal: FUNEP, 2000. 588 p.
  • DOURADO-NETO, D.; DARIO, G.J.A.; MARTIN, T.N.; SILVA, M. R.; PAVINATO, P.S.; HABITZREITER, T.L. Adubação mineral com cobalto e molibdênio na cultura da soja. Semina: Ciências Agrárias, v.33, p.2741-2752, 2012. http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/8810
  • EGLI, D.B. Timing of fruit initiation and seed size in soybean. Journal of Crop Improvement, v.26, n.6, p.751-766, 2012. http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/15427528.2012.666784
  • FERREIRA, D. F. SISVAR: um programa para análises e ensino de estatística. Revista Symposium, v. 6, p. 36-41, 2008. http://www.fadminas.org.br/symposium/12_edicoes/artigo_5.pdf
  • FRANÇA-NETO, J.B.; KRZYZANOWSKI, F. C.; COSTA, N.P. Teste de tetrazólio em sementes de soja. Londrina: EMBRAPA CNPSo, 1998. 72p. (Documentos. Embrapa Soja, 116).
  • GADOTTI, G.I.; FARIAS, C.R.J.; MENEGHELLO, G.E. Seed treatment of minor crops. Seed Science and Technology, v.34, n.1, p.129-138, 2012. http://www.researchgate.net/publication/229090767_Seed_Treatment_of_Minor_Crops www.researchgate.net/publication/Seed/9fcfd50ae515d29669.pdf ‎
  • GOULART, A.C.P. Tratamento de sementes de soja com fungicidas: recomendações técnicas. Dourados: EMBRAPA-CPAO, 1998. 32p. (Circular Técnica, 08).
  • HENNING, A.A.; FRANÇA-NETO, J.B.; KRZYZANOWSKI, F.C.; LORINI, I. Importância do tratamento de sementes de soja com fungicidas em safra 2010/2011, ano de "La Niña". Informativo ABRATES, v.20, n.1/2, p.55-61, 2010. http://www.abrates.org.br/portal/images/stories/informativos/v20n12/artigo07.pdf
  • KRZYZANOWSKI, F.C.; FRANÇA-NETO, J.B.; COSTA, N.P. Teste do hipoclorito de sódio para sementes de soja. Londrina: Embrapa Soja, 2004. 4p. (Embrapa Soja. Circular Técnica, 37).
  • KRZYZANOWSKI, F.C.; HENNING, A.A.; FRANÇA-NETO, J.B.; LOPES, I.O.N.; ZORITA, M. D.; COSTA, N.P. Volume de calda com diferentes produtos para o tratamento de semente de soja e seu efeito sobre a qualidade fisiológica. Londrina: Embrapa Soja, 2007. p.48. (Embrapa Soja, Documentos, 290).
  • LIMA, T.C.; MEDINA, P. F.; FANAN, S. Avaliação do vigor de trigo pelo teste de envelhecimento acelerado. Revista Brasileira de Sementes, v.28, n.1, p.106-113, 2006. http://www.scielo.br/pdf/rbs/v28n1/a15v28n1.pdf
  • LUDWIG, M.P.; LUCCA FILHO, O.A.; BAUDET, L.; DUTRA, L.M.C.; AVELAR, S.A.G.; CRIZEL, R.L. Qualidade de sementes de soja armazenadas após recobrimento com aminoácido, polímero, fungicida e inseticida. Revista Brasileira de Sementes, v.33, n.3, p.395-406, 2011. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-31222011000300002&script=sci_arttext
  • NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados na avaliação das plântulas. In: VIEIRA, R.D., CARVALHO, N.M. (Ed.). Testes de vigor em sementes. Jaboticabal: FUNEP, 1994. p.49-85.
  • NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados no desempenho das plântulas. In: KRZYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R.D.; FRANÇA-NETO, J. B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. cap. 2, p. 02-24.
  • OBANDO FLOR, E.P.; CICERO, S.M.; FRANÇA-NETO, J.B.; KRZYZANOWSKI, F.C. Avaliação de danos mecânicos em sementes de soja por meio da análise de imagens. Revista Brasileira de Sementes, v.26, n.01, p.68-76, 2004. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222004000100011
  • PÁDUA, G.P.; ZITO, R.K.; ARANTES, N.E.; FRANÇA-NETO, J.B. Influência do tamanho da semente na qualidade fisiológica e na produtividade da cultura da soja. Revista Brasileira de Sementes, v.32, n.3, p. 9-16, 2010. http://www.scielo.br/pdf/rbs/v32n3/v32n3a01.pdf
  • PEREIRA, C.E.; GUIMARÃES, R.M.; VIEIRA, A.R.; EVANGELISTA, J.R.E.; OLIVEIRA, G.E. Tratamento fungicida e peliculização de sementes de soja submetidas ao armazenamento. Ciência Agrotécnica, v.35, n.1, p.158-164, 2011. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542011000100020
  • PEREIRA, C.E.; OLIVEIRA, J.A.; OLIVEIRA, G.E.; ROSA, M.C.M.; COSTA NETO, J. Tratamento fungicida via peliculização e inoculação de Bradyrhizobium em sementes de soja. Revista Ciência Agronômica, v.40, n.3, p.433-440, 2009.
  • SEDIYAMA, C. A. Z.; REIS, M.S.; SEDIYAMA, C.S.; DIAS, M.A.; SEDIYAMA, T.; DIAS, D. C.F.S. Physiological quality of soybean seed cultivars by osmoconditioning. Comunicata Scientiae, v.3, n.2, p. 90-97, 2012. http://comunicata.ufpi.br/index.php/comunicata/article/view/88

Publication Dates

  • Publication in this collection
    20 Jan 2014
  • Date of issue
    2013

History

  • Received
    05 Feb 2013
  • Accepted
    19 Aug 2013
ABRATES - Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Avenida Maringá, nº 1219 , Jardim Vitória Londrina - Paraná Brasil, Tel./ Fax. 55 43 3025-5120 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: contato@abrates.org.br