Organizações & Sociedade, Volume: 29, Issue: 100, Published: 2022
  • O&S Voices, Visions, and Values in 100 Published Issues Editorial

    Davel, Eduardo Paes Barreto

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Leitores, revisores, autores, editores, diretores, gestores, coordenadores e conselheiros da O&S são vozes diversas que se expressam sobre a importância da revista. A partir dessa variedade de vozes, identificamos visões e valores que destacam cinco pontos de identidade da revista: (a) uma revista consolidada que ousa, inova e se renova, (b) uma revista relevante que busca excelência, rigor e compromisso social, (c) uma revista aberta que inclui o diverso, o plural e o silenciado, (d) uma revista crítica que resiste, debate e desafia e (e) uma revista acolhedora que promove envolvimento, comunidade e afeto. São pontos de identidade que, ao invés de cristalizar ou afirmar, visam sobretudo inspirar uma reflexão sobre o passado, o presente e o futuro da revista.

    Abstract in English:

    Abstract Readers, reviewers, authors, editors, directors, managers, coordinators, and board members of the O&S are diverse voices that expressed themselves about the importance of the journal. From this variety of voices, we identified visions and values that highlight five points of identity of the journal: (a) a consolidated journal that dares, innovates, and renews itself, (b) a relevant journal that seeks excellence, rigor, and social commitment, (c) an open journal that includes the diverse, the plural, and the silenced, (d) a critical journal that resists, debates, and challenges, and (e) a welcoming journal that promotes engagement, the community, and affection. These are points of identity that, rather than crystallizing or affirming, aim, above all, to inspire a reflection on the past, present, and future of the journal.
  • In Defense of a Complex Notion of Subject in Organizational Studies Articles

    Magalhães, Alex Fernandes; Saraiva, Luiz Alex Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo deste trabalho é refletir sobre a necessidade de se ampliar a complexidade da noção de sujeito nas abordagens utilizadas nos estudos organizacionais de caráter crítico e contribuir com um novo olhar acerca do humano nas questões coletivas a partir de um novo conceito: o sujeito processual concreto. É desafio às ciências humanas e sociais demarcar seu objeto de estudo (o humano em suas manifestações) sem que se excluam as dimensões biológicas, sociais, históricas e psicológicas que lhe são inerentes, evitando-se reducionismos. Acredita-se que tal perspectiva complexa seja relevante às análises dos espaços sócio-organizacionais, posto que tomamos o sujeito como uma unidade analítica fundamental para compreender a dinâmica organizacional. As organizações emergem das inter-relações entre sujeitos, ampliando-se, estruturando-se e institucionalizando-se, de modo que a articulação sujeito × organização é indissociável, evitando as dicotomias em favor da construção do conhecimento nos estudos organizacionais e nas demais áreas afins. Partindo de uma perspectiva crítica de análise e com enfoque multifacetado e plural, com contribuições da psicanálise, psicologia sócio-histórica e pós-estruturalismo, campos que se voltam à complexidade do humano, este ensaio apresenta uma noção de sujeito que é contraditória e fluida, marcas de sua processualidade na contemporaneidade e base para o entendimento da complexa dinâmica sócio-organizacional e seus fenômenos.

    Abstract in English:

    Abstract This essay reflects on the need to expand the complexity of the notion of subject in the critical approaches used in organizational studies and to contribute with a new perspective on the human attribute in collective issues based on a new concept: the concrete procedural subject. The human and social sciences are faced with the challenge of delimiting their object of study (human beings in their manifestations) without excluding the biological, social, historical, and psychological dimensions that are inherent to them, thus avoiding reductionism. It is believed that this complex perspective is relevant to analyses of socio-organizational spaces since we take the subject as a fundamental analytical unit to understand organizational dynamics. Organizations emerge from the interrelationships between subjects, expanding, structuring, and institutionalizing themselves. Therefore, the subject and organization are inseparable, and dichotomies must be avoided in favor of knowledge production in organizational studies and other correlated areas. Based on a critical analysis and adopting a multifaceted and plural approach, with contributions from psychoanalysis, sociohistorical psychology, and post-structuralism, all of which address the complexity of the human being, this essay presents a notion of subject that is contradictory and fluid, which are the marks of its procedurality in contemporary times and the foundation for understanding the complex socio-organizational dynamic and its phenomena.
  • Carmen Miranda: an Embodied Marketplace Icon Articles

    Oliveira, Renata Couto de Azevedo de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Com base no referencial de CCT ( Consumer Culture Theory ) de incorporação de ideologias, regimes de gosto e interesses nacionais e regionais por culturas de consumo, este artigo propõe que ideologias sociais e políticas também são incorporadas em ícones de mercado. Este trabalho visa, então, reunir os conceitos de iconicidade e liminaridade para dar conta de Carmen Miranda como um ícone de mercado que não apenas incorporou os mitos nacionais de seu tempo, mas também continua sendo empregado no mercado atual para uma variedade de propósitos. Assim, ícones como Carmen contribuem para a produção de mercados nos quais questões históricas, políticas e ideológicas são naturalizadas. A colaboração de Carmen por meio de indústrias culturais como rádio e cinema, sua onipresença em campanhas publicitárias e na mídia impressa e sua influência na moda feminina contribuíram para a cultura de consumo de seu tempo. Além disso, o caráter mítico de sua persona e seu legado cultural detêm um poder simbólico expressivo, tornando-a um notável ícone do mercado contemporâneo. A chave para sua iconicidade é sua liminaridade; hierarquias inquietantes, atravessando planos sociais e questionando a identidade. Como ícone do mercado, o legado de Carmen é assim constantemente reeditado, alicerçado na ambivalência de sua persona e sinalizando seu potencial transgressor.

    Abstract in English:

    Abstract Building upon the CCT framework of incorporation of ideologies, taste regimes, and national and regional interests by consumer cultures, this paper proposes that social and political ideologies are also embodied in marketplace icons. This paper aims, then, to bring together the concepts of iconicity and liminality to provide an account of Carmen Miranda as a marketplace icon who not only embodied the national myths of her time but also continues to be employed in the current marketplace for a variety of purposes. As such, icons like Carmen contribute to the production of marketplaces in which historical, political, and ideological issues are naturalized. Carmen’s collaboration via cultural industries such as radio and cinema, her omnipresence in advertising campaigns and in the printed media, and her influence on female fashion contributed to the consumer culture of her time. Moreover, the mythical character of her persona and her cultural legacy hold an expressive symbolic power, making her a remarkable contemporary marketplace icon. The key to her iconicity is her liminality; unsettling hierarchies, traversing social planes, and questioning identity. As a marketplace icon, Carmen’s legacy is thus constantly reissued, founded upon the ambivalence of her persona and signaling her transgressive potential.
  • “Symbolic Territories of Identity”, Geeks: Fantasy and Fiction Consumption in the Construction of Collective Identities in an Urban Tribe Articles

    Santos, Paulo Junio dos; Fagundes, André Francisco Alcântara; Oliveira, Cíntia Rodrigues de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste estudo, nosso objetivo é compreender como o consumo de produtos por geeks atua na construção da identidade de indivíduos que se reconhecem como integrantes dessa tribo urbana. Os geeks são considerados membros engajados e fascinados por um tópico relacionado a universos de fantasia e ficção científica, e, admitindo-se uma microescala, se constituem em um território de identidade. Como abordagem teórica, esta pesquisa busca promover um diálogo entre os estudos que utilizam a consumer culture theory (CCT) e os estudos de identidade organizacional, com o entendimento de que as tribos urbanas são um tipo de organização. O corpus da pesquisa é composto por entrevistas com dezesseis pessoas que se identificam como geeks, sendo essas analisadas pela categorização temática. Os resultados sugerem que o início do consumo de produtos geek ocorre ainda durante a infância, se estendendo até a fase adulta, sendo influenciado por personagens dos universos de fantasia e ficção. Os produtos consumidos contêm elementos simbólicos de fantasias e ficções de maneira que passam a representar a extensão do “eu” dos membros da tribo, sendo uma forma de construir as identidades coletivas de uma tribo urbana, neste caso, os geeks. Nós mostramos que estudos de identidade organizacional podem promover um maior diálogo com a CCT para entender as complexidades incorporadas à identidade e as múltiplas afiliações e vínculos na construção identitária das pessoas que constituem uma organização.

    Abstract in English:

    Abstract The aim of the present study is to investigate how the consumption of geek products acts in the identity of individuals who see themselves as members of this urban tribe. Geeks are taken as committed members fascinated by topics related to fantasy and science fiction universes; if we take into account a micro-scale, they form an identity territory. Based on its theoretical approach, the goal of the current research lies on promoting a dialogue between studies that have adopted the consumer culture theory (CCT) and organizational identity research, by taking into consideration that urban tribes are a kind of organization. The research corpus comprised interviews with seventeen people who identify themselves as geeks; these interviews were analyzed based on thematic categorization. Based on then results, geek-products’ consumption starts at childhood and goes all the way to adulthood; this process is influenced by characters in the fantasy and fiction universes. The consumed products hold symbolic elements of fantasy and fiction, so that they end up representing the extension of this tribe’s members ‘self’; moreover, they are a way of building collective identities within an urban tribe, in this case, geeks. We have shown that organizational identity studies can lead to greater dialogue with CCT in order to better understand complexities added to identity and multiple affiliations, and links in the identity construction of people forming an organization.
  • Gender, Feminism and Diplomacy: Analysing the Institution through the Lenses of Feminist International Relations Articles

    Lenine, Enzo; Sanca, Naentrem

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A agenda feminista nas relações internacionais tem-se debruçado recentemente sobre questões de gênero na diplomacia, focando principalmente, ainda que não exclusivamente, em analisar as trajetórias das diplomatas na instituição. Nesse processo, os escassos estudos sobre o tema alicerçam-se primariamente em estudos de caso nacionais, recorrendo à chave de gênero para examinar as estruturas de poder fundadas em ideais de masculinidade e feminilidade que estabelecem padrões de desigualdade e discriminação dentro da instituição. Neste artigo, sistematizamos uma revisão desses estudos – nacionais e internacionais –, objetivando compreender as articulações teóricas e metodológicas que fundamentam uma análise de gênero da diplomacia, entendendo-a como uma instituição generificada em que operam hierarquias de poder fundadas no gênero. Em termos metodológicos, sistematizamos os principais conceitos e marcos teóricos dessa agenda de pesquisa, relacionando-a com a agenda mais ampla de feminismo nas relações internacionais. Mapeamos os métodos mais recorrentes e apontamos as lacunas tanto teóricas quanto metodológicas a serem preenchidas em pesquisas futuras. De modo a dialogar com a realidade nacional, revisamos brevemente os principais estudos sobre gênero e diplomacia conduzidos tanto pelo Itamaraty, como pela academia. Concluímos que a agenda de pesquisa de gênero e diplomacia dispõe de um rico arsenal conceitual e teórico que estabelece múltiplos diálogos com as teorias feministas institucionais e com os feminismos nas relações internacionais. Entretanto, lacunas persistem tanto na incorporação de interseccionalidades quanto na abordagem comparativa dos casos, ambas fundamentais para o aprofundamento da análise de gênero da diplomacia como instituição.

    Abstract in English:

    Abstract The feminist agenda in International Relations has recently drawn attention to gender issues in diplomacy, focusing mainly, though not exclusively, on analysing the trajectories of female diplomats in the institution. Though scarce, these studies approach the topic primarily via national case studies, resorting to the concept of gender to examine the power structures based on ideals of masculinity and femininity, which establish patterns of inequality and discrimination within the institution. In this article, we review national and international studies on gender and diplomacy, aiming to map the theoretical and methodological articulations underlying the gender analysis of diplomacy, which sees it as a gendered institution where gender-based hierarchies of power operate. In terms of methodology, we discuss the main concepts and theoretical frameworks of this research agenda, unraveling their connections to the broader feminist agenda in IR. We map the most recurrent methods and point out both theoretical and methodological gaps that need to be addressed in future research. Furthermore, we briefly review the main studies on gender and diplomacy conducted by the Brazilian Ministry of Foreign Affairs and academia, attempting to bridge national and international studies on gender and diplomacy. We conclude that the research agenda on gender and diplomacy has a rich conceptual and theoretical arsenal that establishes multiple dialogues with institutional feminist theories and with feminisms in IR. However, important gaps persist both in terms of the incorporation of intersectionality and cross-national comparative approaches, which are paramount to advancing gender analyses of diplomacy as an institution.
  • Rethinking Organizations and Society from an Ethical Perspective Articles

    Chanlat, Jean-François

    Abstract in Portuguese:

    Resumo No mundo das organizações e das sociedades contemporâneas, assistimos, há várias décadas, a um retorno das questões morais. Dentre os inúmeros fatores que têm contribuído para isso, a questão ecológica ocupa, cada vez mais, um papel central. A era do antropoceno, na qual entramos, exige, um agir urgente a partir de uma ética de ação apropriada. No presente artigo, após retomarmos as origens do conceito de ética, mostraremos ela é sinônimo de numerosas capacidades e como podemos colocá-las em prática no seio de nossas organizações e das nossas sociedades a serviço de um desenvolvimento sustentável, indispensável, doravante, à sobrevivência coletiva. Portanto, convidamos, simultaneamente, os indivíduos, as organizações e as sociedades do mundo para uma mudança radical.

    Abstract in English:

    Abstract Contemporary organizations and societies have witnessed a return of ethical issues for several decades – with the ecological issue occupying center stage among its many contributing factors. In fact, the current Anthropocene era requires urgent ethics-based appropriate action. In this article, after recalling the meaning of ethics, we discuss how ethics is associated with many capacities, and how an ethics of finitude can aid organizations and societies put into practice a true sustainable development, which is now indispensable for our collective survival. From this ethical perspective, we invite individuals, citizens, organizations, societies, and the world to enact social radical change 1
  • Executive Women and their Bodies: Marks of Aging Articles

    Vieira, Renata Assis; Cepellos, Vanessa Martines

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente artigo se relaciona às mulheres executivas e seus corpos envelhecidos. O fenômeno do envelhecimento populacional e a feminização da velhice são fatos mundiais. A literatura sobre o corpo sócio-hierarquizado aponta que corpos masculinos, brancos e magros são privilegiados nas organizações. Este estudo tem por objetivo compreender como as mulheres executivas vivenciam seus corpos envelhecidos no contexto organizacional. A discussão se mostra relevante, uma vez que existem poucos estudos relacionados à mulher em processo de envelhecimento e os relacionados ao corpo são ainda mais escassos, evidenciando-se uma lacuna teórica. Foram realizadas vinte entrevistas semiestruturadas com mulheres com idade de quarenta anos ou mais que atuam ou atuaram em diversos segmentos de mercado no país. A pesquisa permitiu concluir que, somando-se aos desafios, escolhas e dúvidas enfrentadas no cotidiano durante toda a jornada profissional, as mulheres têm que conviver com um corpo que está em processo de decadência, pesado, cansado, lento, rígido, limitador e menos atrativo aos olhos. Este estudo revela que além do gênero, a idade também importa dentro das organizações no contexto atual. Corpos de mulheres mais velhas se apresentam menos valorosos e parecem ter que ocupar lugares desprestigiados na hierarquia social. Para mitigar os prejuízos, as mulheres buscam procedimentos estéticos, adotam mudanças alimentares e prática de exercícios com o objetivo de disfarçar o envelhecimento.

    Abstract in English:

    Abstract The present article regards executive women and their aged bodies. The population aging phenomenon and old age feminization are global factors. Based on the literature about the socio-hierarchized body, white, thin, male bodies are privileged in organizations. The aim of the present study is to investigate how executive women experience their aged bodies within the organizational context. The discussion emerges as relevant, since there are few studies related to aging women; studies on body-related factors are even scarcer, a fact that shines light on a theoretical gap. In total, twenty semi-structured interviews were carried out with women in the age group 40 years, or older, who act or had acted in several market segments in the country. The research allowed concluding that, in addition to challenges, choices and doubts faced on a daily basis throughout their professional journey, women have to live with a body-under-decay process, a heavy, tired, slow, stiff, limiting and less-attractive-to-the-eye body. The present study has revealed that besides gender, age also matters in organizations, nowadays. The bodies of older women are less valued and seem to have to occupy underprivileged positions in social hierarchy. In order to mitigate losses, women seek aesthetic procedures, change their eating habits and exercise to disguise the aging process.
  • Transformation of Public Spaces into Emancipated Spaces by Consumers: a Longitudinal Study on the Belo Horizonte Street Carnival Articles

    Fernandes, Lilian Mara Ferreira; Quintão, Ronan Torres

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O objetivo desta pesquisa é compreender como espaços públicos são transformados em espaços emancipados pelos consumidores. Para alcançá-lo, foi utilizado o contexto de carnaval de rua de Belo Horizonte, um movimento coletivo que ocupa os espaços públicos da cidade a fim de questionar os usos comumente associados a eles. Foi realizada uma investigação longitudinal por meio de artigos de jornais, internet, documentos públicos, entrevistas e observação participante. Como resultado, a pesquisa apresenta uma teorização sobre o processo de transformação de espaços públicos em espaços emancipados. Em cada fase do processo, as contestações sobre as formas de uso e consumo do espaço público entre os movimentos sociais de consumidores, atores de mercado e poder público dão ensejo a disputas e tensões que configuram o novo espaço emancipado.

    Abstract in English:

    Abstract The aim of this research is to understand how public spaces are transformed into emancipated spaces by consumers. To do so, we used the context of the Belo Horizonte street carnival, a collective moment that occupies the city’s public spaces, in order to question the uses commonly associated with them. A longitudinal investigation was conducted using newspaper articles, the internet, public documents, interviews, and participant observation. As a result, the research presents a theorization on the process of transformation of public spaces into emancipated spaces. In each phase of the process, the contestations regarding the forms of use and consumption of the public space among the social movements of consumers, market players, and the public authority give rise to disputes and tensions that configure the new emancipated space.
  • Rethinking Organizations and Society from Paradoxes Articles

    Cunha, Miguel Pina e

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A teoria dos paradoxos organizacionais proporciona uma lente de observação das organizações e da sociedade, baseada no papel das tensões e das contradições. Tomando a existência de forças opostas como inerente aos coletivos pluralistas, como as organizações complexas, a teoria dos paradoxos oferece um ângulo conceitual com vantagens únicas. Neste artigo são discutidos modos de repensar as organizações e a sociedade, baseados nas possibilidades generativas dos paradoxos. O texto aborda o modo como os paradoxos operam a diferentes níveis e como são sentidos por indivíduos, equipes, organizações, sistemas interorganizacionais e pela sociedade como um todo. Discute também a forma como a abordagem paradoxal poderá informar o debate em quatro áreas importantes para repensar as organizações e a sociedade: a relação entre negócios e sociedade, os objetivos de desenvolvimento sustentável, o novo espaço e a democracia.

    Abstract in English:

    Abstract The theory of organizational paradoxes provides a lens for observing organizations and society, based on the role of tensions and contradictions. Taking the existence of opposing forces as inherent in pluralistic collectives such as complex organizations, paradox theory offers a conceptual angle with unique advantages. In this article, ways of rethinking organizations and society are discussed, based on the generative possibilities of paradoxes. The text addresses the way paradoxes operate at different levels and how they are felt by individuals, teams, organizations, inter-organizational systems and society as a whole. It also discusses how the paradoxical approach can inform the debate in four important areas for rethinking organizations and society: the relationship between business and society, sustainable development goals, the new space and democracy.
  • The Variation of Bureaucratic Capacities in the Brazilian Federal Public Administration: an Analysis with Survey Data Articles

    Gomide, Alexandre de Ávila; Machado, Raphael Amorim; Lins, Rafael da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este trabalho tem como objetivos demonstrar a variação de capacidades burocráticas no interior da administração pública federal brasileira, no que diz respeito às organizações pertencentes a diversos setores de políticas públicas, assim como verificar proposições teóricas da literatura acerca da relação entre as características da burocracia pública e a ação estatal. Para tais fins, dados provenientes de questionário aplicado junto aos servidores públicos federais brasileiros foram analisados por meio de um conjunto de técnicas de análise multivariada. Os achados indicam que as organizações com maior percepção de “weberianidade” burocrática estão correlacionadas a organizações inovadoras e com culturas organizacionais restritivas à corrupção. Da mesma forma, organizações com maior autonomia burocrática estão associadas a organizações mais eficazes. Contudo, a variação observada entre capacidades e desempenho percebidos não caracterizou um padrão claramente identificável de tipo de organização com setores de políticas públicas. Nesse sentido, o artigo contribui com a literatura ao acrescentar nuances à abordagem das “ilhas de excelência” ao verificar que a assimetria de capacidades no interior do Poder Executivo brasileiro é mais complexa do que o indicado por pesquisas anteriores.

    Abstract in English:

    Abstract This paper aims to demonstrate the variation in bureaucratic capacities within the Brazilian Federal Public Administration concerning organizations belonging to different policy sectors and verify theoretical propositions in the literature about the relationship between the characteristics of public bureaucracy and state action. For such purposes, data from a questionnaire applied to Brazilian federal civil servants were analyzed using a set of multivariate analysis techniques. The findings indicate that organizations with a greater perception of bureaucratic "weberianess" are correlated with innovative organizations and organizational cultures that restrict corruption. Likewise, organizations with greater bureaucratic autonomy are associated with more effective organizations. However, the observed variation between perceived capabilities and performance did not characterize a clearly identifiable pattern of organization type with public policy sectors. In this sense, the article contributes to the literature by adding nuances to the "islands of excellence" approach by verifying that the asymmetry of capabilities within the Brazilian executive branch is more complex than indicated by previous research.
Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Av. Reitor Miguel Calmon, s/n 3o. sala 29, 41110-903 Salvador-BA Brasil, Tel.: (55 71) 3283-7344, Fax.:(55 71) 3283-7667 - Salvador - BA - Brazil
E-mail: revistaoes@ufba.br