Brazilian Journal of Botany, Volume: 28, Issue: 2, Published: 2005
  • Neste fascículo

    Schoenlein-Crusius, Iracema H.
  • Community of trees of a continuum from swampy to upland forest in Coqueiral, SE Brazil

    Rocha, Cinthia Tamara V.; Carvalho, Douglas Antônio de; Fontes, Marco Aurélio L.; Oliveira Filho, Ary Teixeira de; Van Den Berg, Eduardo; Marques, João José G.S. Melo

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho objetivou-se descrever a comunidade arbórea de um continuum entre floresta paludosa e de encosta em Coqueiral, Minas Gerais, verificando correlações entre variações na estrutura da comunidade e ambiente. Distribuíram-se 25 parcelas de 20 X 20 m pelo fragmento florestal, onde se levantaram altura, circunferência (mínima de 15,5 cm) e identidade botânica de todos indivíduos e coletaram-se variáveis topográficas e edáficas. As correlações espécie-ambiente foram analisadas por análise de correspondência canônica (CCA) e teste de Spearman. Os hábitats paludoso e de encosta diferiram em estrutura e espécies. Encontrou-se perfil florístico comum às matas ciliares do Alto e Médio Rio Grande, enquanto a porção paludosa diferenciou-se do encontrado no sudeste. A distribuição das espécies correlacionou-se principalmente com a drenagem do solo e proximidade da lagoa. A grande diversidade edáfica e o forte gradiente de umidade sobre uma área pequena resultaram em diferentes hábitats e em uma comunidade arbórea diversa, combinando fitofisionomias de florestas semidecídua e paludosa, além de resquícios de cerrado.

    Abstract in English:

    The purpose of the present contribution was to describe the community of trees of a continuum extending from swampy to upland forest in Coqueiral, SE Brazil, assessing the correlations between the variations of community structure and those of the environment. Sampling was carried out in 25 plots of 20 X 20 m laid on the forest fragment to survey trees with a minimum circumference of 15.5 cm (registering their circumference, height and species) as well as topographic and soil variables. Species-environment correlations were analyzed using canonical correspondence analysis (CCA) and Spearman's test. The swampy and upland habitats differed substantially in both community structure and floristic composition. The general floristic profile was similar to that of other riparian forests of the Mid and Upper Rio Grande region, whilst the swampy portion of the forest differed from what is commonly found in SE Brazil. The species distribution was correlated mainly to soil drainage and proximity to the lake. The high soil diversity and the strong soil moisture gradient found over a small area resulted in different habitats and a diverse community of trees and shrubs that combined phyto-physiognomies of semideciduous and swampy forests, along with cerrado patches.
  • Pollination of a bromeliad community in the high montane Atlantic rain forest in Paraná state, Brazil

    Kaehler, Miriam; Varassin, Isabela G.; Goldenberg, Renato

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve por objetivo caracterizar os agentes polinizadores de uma comunidade de bromélias em Floresta Ombrófila Densa e relacionar possíveis associações entre a morfologia de bromélias e seus polinizadores. O estudo foi conduzido no Parque Estadual do Pico do Marumbi em oito espécies de bromélias que ocorrem na área. A comunidade de bromélias apresentou floração agregada entre os meses de novembro e maio. Cinco espécies de bromélias dos gêneros Nidularium Lem., Vriesea Lindl. e Wittrockia Lindm. foram polinizadas por beija-flores, duas espécies de Vriesea foram polinizadas por morcegos e uma espécie de Aechmea Ruiz & Pav., por abelhas. Foram identificadas 12 espécies de polinizadores, das quais oito beija-flores, três morcegos e uma abelha. A alta representatividade do beija-flor Phaethornis eurynome na polinização de bromélias sugere que ele atua como "espécie chave". Tornou-se evidente a influência do tamanho da corola e horário da antese, além da presença de odor e néctar, como determinadores de qual grupo animal atuará como polinizador, com formação de guildas distintas entre o conjunto de espécies de bromélias.

    Abstract in English:

    The main goals of this research were to characterize the pollinators of a bromeliad community in the Atlantic rain forest, as well as to understand the relationships between bromeliad flower morphology and its pollinators. The study was carried out at the "Pico do Marumbi" State Park on eight bromeliad species. The most of bromeliad species showed aggregate flowering between November and May. Five bromeliad species from the genera Nidularium Lem., Vriesea Lindl., and Wittrockia Lindm. were pollinated by hummingbirds, two Vriesea species were pollinated by bats and one Aechmea Ruiz & Pav. species by bees. Twelve species of pollinators were registered: eight hummingbirds, three bats and one bee. The high representativity of the hummingbird Phaethornis eurynome on bromeliad pollination suggests that it is a "key-species". It is evident that the corolla size, the time of anthesis and the presence of odor and nectar are clearly related to the animal group that act as a pollinator, determining distinct guilds among bromeliad species.
  • Anatomy of the leaves, bracts and scapes of Actinocephalus (Koern.) Sano (Eriocaulaceae)

    Oriani, Aline; Scatena, Vera Lucia; Sano, Paulo Takeo

    Abstract in Portuguese:

    Estudou-se a anatomia das folhas, brácteas e escapos de 20 espécies (41 espécimes) de Actinocephalus, que ocorrem nos campos rupestres do Brasil, visando caracterizar anatomicamente o novo gênero proposto para a família, além de elucidar alguns aspectos ecológicos do grupo. As folhas e as brácteas são anatomicamente semelhantes entre si e apresentam epiderme unisseriada, com células alongadas no sentido longitudinal; estômatos na face abaxial, com câmaras subestomáticas; parênquima clorofiliano frouxo; feixes vasculares colaterais envolvidos por bainha dupla e extensão de bainha dos feixes constituída por células parenquimáticas alongadas. Os escapos apresentam epiderme unisseriada; câmaras subestomáticas; parênquima clorofiliano frouxo; endoderme descontínua; periciclo sinuoso e feixes vasculares colaterais. A presença de células alongadas tanto na epiderme como nas extensões de bainha dos feixes vasculares nas folhas e nas brácteas, assim como endoderme descontínua nos escapos e câmara subestomática nos três órgãos estudados são caracteres consistentes para o gênero. As características anatômicas dos órgãos estudados são mesomórficas.

    Abstract in English:

    The anatomy of the leaves, bracts and scapes of 20 species (41 specimens) of Actinocephalus from the "campos rupestres" of Brazil were studied. Our aim was the characterization of this new genus in an anatomical basis, besides elucidating some ecological aspects of the group. The leaves and bracts are similar, presenting an uniseriate epidermis, with elongated cells in longitudinal orientation; stomata on the abaxial surface, with substomatal chambers; loosely aggregated chlorenchyma; collateral vascular bundles enclosed in a double sheath, and parenchymatous bundles sheath extensions. The scapes present an uniseriate epidermis; substomatal chambers; loosely aggregated chlorenchyma; discontinuous endodermis; sinuous pericycle and collateral vascular bundles. The presence of elongated cells in longitudinal orientation in the epidermis as well as in the vascular bundles sheath extensions in the leaves and bracts, besides discontinuous endodermis in the scapes and substomatal chambers in the three organs studied are consistent characters for the genus. The anatomical characteristics of the organs studied are mesomorphic.
  • Influence of the longitudinal gradient (river-dam) in the silimarity of the communities of the periphytic desmids

    Felisberto, Sirlene Aparecida; Rodrigues, Liliana

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição de desmídias perifíticas nas distintas regiões ao longo do eixo rio-barragem e os principais fatores bióticos e abióticos que afetaram a composição desse conjunto nos Reservatórios de Rosana (Rio Paranapanema) e de Salto do Vau (Rio Iguaçu). As amostras foram coletadas no verão e inverno de 2002. Os substratos coletados na região litorânea foram de vegetação aquática, no estádio adulto. Do total de 531 táxons ficoperifíticos, 191 são espécies de desmídias, com 171 registradas no verão e 113 no inverno. Dos 18 gêneros de desmídias, Cosmarium Corda foi o mais representativo (34,2%) em Rosana e Closterium Nitzch ex Ralfs (30,8%) em Salto do Vau. A análise de agrupamento com todas as espécies de desmídias, os locais e os períodos amostrados separou ambos os reservatórios, sendo que os períodos estacionais ficaram claramente evidenciados apenas para o Reservatório de Salto do Vau. A composição das desmídias nas três regiões de Rosana variou nos dois períodos. Já em Salto do Vau, a maior riqueza ocorreu na região de transição.

    Abstract in English:

    The aim of this work was to evaluate periphytic desmids composition in the distinct regions to long of the axis the river-dam and the main biotic and abiotic factors that had affected the composition of this set in the Rosana (Paranapanema River) and "Salto do Vau" Reservoirs (Iguaçu River). The samples were collected in the summer and winter periods, during 2002. The substrata collected was petioles of the aquatic vegetation, in the adult stadium. In the results were registered 531 species and of these 191 are species of desmids, with 171 registered in the summer and 113 in the winter period. Of the 18 genera of desmids, Cosmarium Corda was most representative (34.2%) in Rosana and Closterium Nitzch ex Ralfs (30.8%) in "Salto do Vau" Reservoirs. Cluster analysis with all the showed species of desmids, sites and periods separated to both reservoirs, being that the periods were clearly evidenced only for the "Salto do Vau" Reservoir. The composition of the desmids in the three regions of Rosana varied in the two periods. Already in "Salto do Vau" the greatest richness occurred in the transition region.
  • Buzz pollination and breeding system of two species of Sauvagesia L. (Ochnaceae)

    Nadia, Tarcila de Lima; Machado, Isabel Cristina

    Abstract in Portuguese:

    Foram estudados a fenologia, a morfologia floral, o sistema de polinização e de reprodução de Sauvagesia erecta L. e S. sprengelii A. St.-Hil., respectivamente, em um remanescente de Mata Atlântica, localizado no Parque Estadual Dois Irmãos, Recife, e em áreas abertas, em Goiana, litoral norte de Pernambuco. As espécies apresentam flores de pólen com anteras poricidas envolvidas por um cone, formado por estaminódios petalóides, deixando apenas um poro apical, através do qual o pólen é liberado. As espécies possuem um padrão de floração contínuo. Ambas são auto-compatíveis, autógamas e não formam frutos apomíticos. Foram observadas visitas de abelhas das famílias Apidae e Halictidae, as quais polinizam as flores através da vibração das anteras. Duas espécies de Paratetrapedia visitaram apenas flores de S. erecta. Bombus brevivillus Franklin, Florilegus similis Urban e Xylocopa muscaria Fabricius foram observadas somente em flores de S. sprengelii. Por sua vez, as espécies de Augochloropsis visitaram flores de ambas as espécies. Todas essas abelhas vibram o cone de estaminódios e as anteras e podem polinizar a flor, com exceção de uma espécie de Paratetrapedia. De acordo com o comportamento dos visitantes, observa-se que o cone de estaminódios tem uma função na polinização por vibração, equivalente a uma antera poricida, tratando-se, portanto, de uma transferência de função, já mencionada anteriormente para a família.

    Abstract in English:

    Reproductive phenology, floral biology, pollination, and breeding system of Sauvagesia erecta L. and S. sprengelii A. St.-Hil. were studied, respectively, in a remnant of Atlantic forest, located at the "Parque Estadual Dois Irmãos", Recife, and in open areas, Goiana, both in Pernambuco state, northeastern Brazil. The species have pollen flowers with poricidal anthers and a staminodial envelope, which surrounds the stamens and the gynoecium, creating an apical pore to pollen release. The pattern of flowering of both species is continual. The species are self-compatible, autogamic and do not set apomictic fruits. Exclusively bees, mainly of the families Apidae and Halictidae, visited the flowers of both species. Bees of the genus Paratetrapedia visited only S. erecta flowers. Bombus brevivillus Franklin, Florilegus similis Urban, Xylocopa muscaria Fabricius were observed visiting only S. sprengelii flowers. Nevertheless, Augochloropsis species visited flowers of both species. Buzz pollination mechanism takes place with all these bee species acting as effective pollinators, excepting for one species of Paratetrapedia, which is a pollen thief. According to the pollinators' behaviour, the staminodial envelope has a function on the buzz pollination process, which characterizes a mechanism of transference of function, already mentioned to the family.
  • The succession dynamics of a macroalgal community after a flood disturbance in a tropical stream from São Paulo State, southeastern Brazil

    Branco, Ciro Cesar Z.; Branco, Luis Henrique Z.; Moura, Maurício Osvaldo; Bertusso, Fernando Rodrigo

    Abstract in Portuguese:

    A dinâmica sucessional de uma comunidade de macroalgas em um riacho tropical (20º58' S e 49º25' W) foi investigada após a ocorrência de um distúrbio promovido pela seqüência de chuvas intensas. Altos níveis de precipitação pluviométrica causaram quase completa perda da comunidade de macroalgas presas ao substrato e provocaram uma forte pressão contra o seu imediato reestabelecimento. Após este distúrbio, um programa de amostragens semanais, conduzido durante o período de maio/1999 a janeiro/2000, foi estabelecido para investigar a recolonização da comunidade de macroalgas. A comunidade sofreu forte alteração durante o processo de sucessão. O número de espécies variou de um a sete por amostragem. A abundância global da comunidade de macroalgas não revelou nenhum padrão de variação temporal consistente. Nos estágios sucessionais iniciais foi verificada uma forte predominância de tufos, seguido por filamentos não ramificados. Estágios sucessionais tardios mostraram ocorrência quase que exclusiva de formas gelatinosas, incluindo filamentos e colônias. A trajetória sucessional foi mediada pela disponibilidade de fósforo e a composição da comunidade seguiu um esquema de alterações segundo as formas de crescimento das espécies. Entretanto, acredita-se que tanto processos determinísticos quanto estocásticos ocorrem em ecossistemas lóticos, porém sendo dependentes da escala de tempo considerada na análise sucessional.

    Abstract in English:

    The succession dynamics of a macroalgal community in a tropical stream (20º58' S and 49º25' W) was investigated after disturbance by a sequence of intensive rains. High precipitation levels caused almost complete loss of the macroalgal community attached to the substratum and provided a strong pressure against its immediate re-establishment. After this disturbance, a weekly sampling program from May 1999 to January 2000 was established to investigate macroalgal recolonization. The community changed greatly throughout the succession process. The number of species varied from one to seven per sampling. Global abundance of macroalgal community did not reveal a consistent temporal pattern of variation. In early succession stages, the morphological form of tufts dominated, followed by unbranched filaments. Latter succession stages showed the almost exclusive occurrence of gelatinous forms, including filaments and colonies. The succession trajectory was mediated by phosphorus availability in which community composition followed a scheme of changes in growth forms. However, we believe that deterministic and stochastic processes occur in lotic ecosystems, but they are dependent on the length of time considered in the succession analyses.
  • Evaluation of methods of Neotropical Savanna plant samples preservation for yielding high quality DNA for molecular studies

    Feres, Fabíola; Souza, Anete P. de; Amaral, Maria do Carmo E. do; Bittrich, Volker

    Abstract in Portuguese:

    Foram comparadas metodologias para preservação de amostras de folhas de plantas de savanas neotropicais, visando a posterior obtenção de DNA de alta qualidade para estudos moleculares. Foram também testadas diferentes metodologias para extração de DNA das amostras investigadas. A qualidade do DNA extraído foi avaliada através de dois métodos: por digestão, utilizando-se três enzimas de restrição e através da amplificação do gene mitocondrial cox3 (subunidade III da citocromo oxidase) por PCR. Os resultados revelaram que, para as plantas de savanas investigadas, a metodologia de preservação de amostras mais comumente empregada pelos botânicos (desidratação rápida usando sílica-gel) não é a mais eficiente. Os resultados obtidos demonstram a importância de testar diferentes métodos de preservação de amostras vegetais para estudos moleculares, para garantir a obtenção de DNA de alta qualidade. Para as plantas de savanas neotropicais, o método de preservação em sílica gel pode ser menos eficiente do que outros métodos igualmente simples de preservação de amostras.

    Abstract in English:

    Methods for the preservation of leaf sample from plants occurring in neotropical savannas were compared, with the aim to get high quality DNA for molecular studies. Different methods for DNA isolation of the same samples were also compared. The DNA quality was evaluated by two empirical methods: digestion of the DNA with three restriction enzymes and by amplification of the mitochondrial cox3 gene by PCR. The results show that, for the savanna plants investigated, the most commonly employed method for plant sample preservation (quick dehydratation using silica gel) is not the most efficient. Our results demonstrate the importance of testing different methods of plant tissue preservation for molecular studies to guarantee high quality DNA. For plants from neotropical savannas, the silica gel method might be often less efficient than other equally simple methods of sample preservation.
  • Distyly and variation in floral traits in natural populations of Psychotria ipecacuanha (Brot.) Stokes (Rubiaceae)

    Rossi, Ana Aparecida B.; Oliveira, Luiz Orlando de; Vieira, Milene F.

    Abstract in Portuguese:

    Psychotria ipecacuanha é uma espécie medicinal que se desenvolve em agregados perenes, denominados reboleiras, em áreas úmidas e sombrias no sub-bosque da Floresta Atlântica. O presente trabalho caracterizou a variação de atributos florais em 35 reboleiras de três populações naturais desta espécie. Observações de campo mostraram que as reboleiras são isomórficas, isto é, apresentam apenas uma forma floral (brevistila ou longistila). Estigmas e anteras estão posicionados reciprocamente em cada forma floral, um dimorfismo característico de distilia. As populações são isopléticas, isto é, apresentam razão equilibrada (1:1) entre as formas florais. Análises comparativas da morfometria floral revelaram que, independente da população investigada, as flores brevistilas apresentaram maiores médias de comprimento da antera, comprimento do estigma, diâmetro da corola e diâmetro do grão de pólen. Flores brevistilas apresentaram diferenças interpopulacionais significativas com relação aos atributos florais investigados. Flores da forma longistila também apresentaram diferenças interpopulacionais significativas, exceto quanto à altura dos estigmas e ao comprimento da corola. Polinizações controladas conduzidas em condições naturais mostraram que a produção de frutos foi maior após polinização legítima. Porém, observações de crescimento de tubos polínicos juntamente com a produção de frutos após autopolinização espontânea e polinização ilegítima sugerem que a espécie apresenta compatibilidade parcial intraforma.

    Abstract in English:

    Psychotria ipecacuanha is a perennial, medicinal herb that grows in clusters in the understory of humid, shady areas of the Atlantic Rain Forest of southeastern Brazil. The present study characterized the variation in floral traits among 35 clusters from three natural populations of this plant species. Field observations showed that the clusters are isomorphic, that is, a given cluster will either set long-styled or short-styled flowers. Stigmas and anthers are reciprocally placed in each morph, a dimorphism characteristic of distyly. The populations are isoplethic, that is, a given population exhibits an equilibrium 1:1 ratio of floral morphs. Morphometric analyses revealed that anther length, stigma length, corolla diameter, and pollen grain diameter were consistently greater in short-styled flowers, regardless of the population investigated. Significant differences for floral traits in the short-styled morph were found among populations. Floral traits in the long-styled morph also showed some significant differences among populations, but not for stigma height and corolla length. Controlled pollinations carried out in natural populations showed that fruit production was higher after inter-morph pollination. Nevertheless, observations of pollen tube growth in style, and also fruit production after spontaneous self-pollination and intra-morph pollination, indicated partial intramorph compatibility in this plant species.
  • Nutritional status of woody species of two semideciduous forests in Uberlândia, MG

    Haridasan, Mundayatan; Araújo, Glein M.

    Abstract in Portuguese:

    O estudo teve como objetivo determinar a influência da fertilidade sobre nutrição mineral e distribuição das espécies nativas em duas florestas semidecíduas na Fazenda Experimental de Glória (FEG) e Estação Ecológica do Panga (EEP) em Uberlândia, MG. Foram amostradas de duas a quatro árvores, com circunferência mínima de 10 cm, a altura de 1,30 m do solo, de todas as espécies encontradas em 50 parcelas contíguas de 10 m X 10 m, em cada floresta. Foram analisadas amostras de solo dos horizontes A1 e A3 de cada parcela nas duas florestas. O solo da EEP apresentou menor acidez, associada à maior disponibilidade de Ca e menor disponibilidade de Al, Fe, Zn e Cu. A disponibilidade Mn foi menor no horizonte A3 e maior no A1 na EEP. As concentrações foliares de Ca e K foram maiores nas espécies da EEP. As diferenças no teor de Ca refletiram a maior disponibilidade do nutriente no solo. Não houve diferenças nas concentrações foliares de P e Mg. O teor médio de N foi maior na floresta FEG do que na EEP, apenas em espécies exclusivas. As concentrações de Mn foram menores na EEP, refletindo a influência do pH na absorção deste nutriente. Assim, a ocorrência de espécies presentes exclusivamente na EEP pode estar associada à capacidade de absorver K e Mg de solos com altos teores de Ca.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to determine the influence of soil fertility on the mineral nutrition and distribution of native species in two semideciduous forests at the Experimental Farm at Gloria (FEG) and the Ecological Station at Panga (EEP) in Uberlândia, MG. Leaf samples were collected from two to four individuals with a minimum circumference of 10 cm at 1,30 m height of all species within 50 contiguous plots of 10 m X 10 m in each forest. Soil samples were analyzed from the A1 e A3 horizons of each plot of both areas. The soil of EEP showed lower acidity, higher availability of Ca and lower availability of Al, Fe, Zn and Cu. The availability of Mn was lower in the A3 horizon and higher in the A1 horizon at EEP. The foliar concentrations of Ca e K were higher at EEP which reflected the higher levels in soil. There were no differences in the concentrations of P, Mg, Fe, Cu and Zn. The N concentrations were higher among species occurring exclusively at FEG. The Mn concentrations were lower at EEP, reflecting the effect of pH on its absorption. Thus the occurrence of some species exclusively at EEP seemed to be associated with their ability to absorb K and Mg from soils with high Ca availability.
  • Taxonomic aspects of Schizomeris Kützing (Chaetophorales, Chlorophyta)

    Pereira, Jeferson Luizi; Branco, Luis Henrique Z.

    Abstract in Portuguese:

    Schizomeris Kützing é uma alga filamentosa sem ramificações e com sistema basal de fixação diferenciado. O gênero contém a espécie-tipo Schizomeris leibleinii Kützing e duas espécies pouco conhecidas, S. irregularis Fritsch & Rich e S. indicum (Ghose) Fritsch & Rich. As espécies são diferenciadas, principalmente, através do tipo de sistema basal de fixação. Contudo, a taxonomia específica do gênero é confusa. Estudos morfométricos e morfológicos foram realizados em populações identificadas como S. leibleinii de acordo com duas abordagens. Na primeira, foram analisadas 11 populações de diferentes localidades e na segunda, duas populações distintas através de coletas mensais durante 11 meses. O diâmetro de filamentos multisseriados, diâmetro e comprimento de células de filamentos multi e unisseriados, presença de constrição, ápice dos filamentos e tipo de sistema basal foram analisados em ambas abordagens. Além disso, estudos cariológicos foram efetuados para complementar as informações taxonômicas. Os resultados revelaram ampla variação morfológica, sendo mais acentuada entre as populações de localidades diferentes que nas mesmas populações ao longo do tempo, mas as características mostraram um gradiente contínuo. Os diferentes tipos de sistemas basais descritos para as espécies do gênero (claviforme, apressório, lobado e rizóides) foram encontrados nas populações estudadas. Esses resultados sugerem que a distinção entre as três espécies é muito frágil e não pode ser apoiada pela diferenciação do sistema basal ou por características métricas. Acredita-se que, por essas razões, o gênero Schizomeris seja composto por uma única espécie. A análise cariológica resultou em n = 12, diferindo de estudos anteriores e algumas possíveis explicações são apresentadas.

    Abstract in English:

    Schizomeris Kützing is a filamentous alga without ramifications and with differentiated basal attachment system. The genus contains the type species Schizomeris leibleinii Kützing and the two poorly known species S. irregularis Fritsch & Rich and S. indicum (Ghose) Fritsch & Rich. The species are differentiated mostly by the basal attachment system type. However, the specific taxonomy of the genus is confused. Morphometrical and morphological studies were conducted in populations identified as S. leibleinii according to two approaches. In the first one, 11 populations from different localities were analyzed and in the second, two distinct populations were monthly evaluated during 11 months. Diameter of multiseriate filaments, diameter and length of cells from multi and uniseriate filaments, presence of constriction, form of filament summit, and basal system type were evaluated in both approaches. In addition, karyological studies were conducted to complement taxonomic information. Results revealed a wide morphological variation, being more accentuated among populations from different localities than in the same populations along the time, but the characteristics showed a continuous gradient. The different types of the basal system described for the species of the genus (bluntly rounded, holdfast disc, lobed and rhizoid) were found in the populations studied. These findings suggest that distinction among the three species is very fragile and cannot be supported by differentiation of the basal system or metrical characteristics. Based on present results we consider that Schizomeris is composed by a single species. Karyological analyses resulted in n = 12, differing from previous studies and some possible explanations are discussed.
  • Progression of flowering and anthesis of Allium cepa L. (Alliaceae) in Candiota, RS, Brasil

    Witter, Sidia; Wittmann, Dieter; Blochtein, Betina

    Abstract in Portuguese:

    A necessidade de polinização por insetos depende da morfologia da flor, do grau de autofertilidade e do arranjo das flores. A progressão da floração de Allium cepa L., foi avaliada com base na freqüência de visitas por Apis mellifera L., das fases da antese e da viabilidade do pólen. A floração na cultivar Crioula (56 dias) foi mais longa que em Bola Precoce (50 dias). A duração do pico da floração foi semelhante nas duas cultivares, respectivamente 15 e 17 dias. A correlação entre a freqüência de visitas por A. mellifera e o número de umbelas com flores abertas foi alta em Crioula e média em Bola Precoce. A antese foi de 7 e 8 dias, respectivamente, nas duas cultivares. Diferentemente de outras observações, foi verificada protandria incompleta em ambas cultivares. Os estigmas estavam receptivos quando os estiletes mediam 4-5,5 mm de comprimento. O percentual médio de viabilidade do pólen foi de 90,46 (Crioula) e 80,25 (Bola precoce).

    Abstract in English:

    The necessity for pollination by insects depends on the morphology of the flower, the degree of self-fertility and the arrangement of the flowers. We studied the progression of the flowering of Allium cepa L., by measuring the frequency of visits by Apis mellifera L., the anthesis phase and pollen viability. The flowering period in the cultivar Crioula (56 days) was longer than in Bola Precoce (50 days). The duration of the peak of flowering was similar in both cultivars, 15 and 17 days respectively. The correlation between the frequency of visits by A. mellifera and the number of umbels with open flowers was high in Crioula and average in Bola Precoce. The anthesis occured at 7 and 8 days respectively in the two cultivars. Contrary to other observations, we have verified incomplete protandry in both cultivars. Stigmas were receptive when the styles had reached a length of 4-5.5 mm. The average percentage of pollen viability was 90.46 (Crioula) and 80.25 (Bola Precoce).
  • Distribution of tree and shrub species along a gradient of soils and topography in a strip of riparian forest of the São Francisco river in Três Marias, MG, Brazil

    Carvalho, Douglas Antônio; Oliveira Filho, Ary T.; Vilela, Enivanis A.; Curi, Nilton; Van Den Berg, Eduardo; Fontes, Marco Aurélio L.; Botezelli, Luciana

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado um levantamento da comunidade arbóreo-arbustiva, da topografia e dos solos de um fragmento de floresta estacional semidecidual aluvial e estacional decidual submontana, com o objetivo de verificar as possíveis correlações entre variações da estrutura fisionômica e da diversidade e composição de espécies e variações do regime de água e fertilidade química dos solos. O fragmento florestal, com área de 12 ha localiza-se à margem direita do Rio São Francisco (18º05'26" S e 45º10'54" W), no município de Três Marias, MG. Foram realizados um levantamento plani-altimétrico da área e uma classificação detalhada dos solos da floresta. Foram alocadas 50 parcelas de 15 X 15 m para amostrar os indivíduos arbóreo-arbustivos com diâmetro à altura do solo (DAS) > 5 cm. Amostras do solo superficial (0-20 cm de profundidade) foram coletadas nas parcelas para análises das propriedades químicas e texturais. Foram registrados nas parcelas 1.449 indivíduos distribuídos em 117 espécies, 83 gêneros e 33 famílias, bem como três subgrupos de solos e cinco classes de drenagem. A análise de correspondência canônica (CCA) das variáveis ambientais e da abundância das espécies indicou que estas se distribuem no fragmento sob forte influência de drenagem e fertilidade química dos solos, sugerindo que a disponibilidade de água e de nutrientes minerais são as principais variáveis ambientais que determinam a distribuição das espécies na floresta.

    Abstract in English:

    A survey of the community of trees and shrubs, topography and soils of a fragment of tropical semideciduous and tropical deciduous forests was carried aiming at assessing alleged correlations between the variations in physiognomic structure and species composition and variations in soil water regime and chemical fertility. The forest fragment, with an area of 12 ha, is situated on the right margin of the Rio São Francisco (18º05'26" S and 45º10'54" W), Três Marias municipality, Minas Gerais state, southeastern Brazil. A topographic survey and a detailed soil classification were accomplished in the forest area. Individual trees and shrubs with diameter at the base of the stem (dbs) > 5 cm were sampled in 50 plots with 15 X 15 m. Samples of surface soil (0-20 cm of depth) were collected from each plot for analyses of chemical and textural properties. The survey registered 1,449 individuals belonging to 117 species, 83 genera, and 33 families, as well as three soil subgroups and five drainage classes. Canonical correspondence analysis (CCA) of the environmental variables and species abundances indicated that they are distributed in the fragment under a strong influence of drainage regime and chemical fertility of the soils, suggesting that the availability of water and mineral nutrients are the chief environmental variables determining species distribution in the forest.
  • Tree population and community dynamics in a Brazilian tropical semideciduous forest

    Appolinário, Vivette; Oliveira Filho, Ary T.; Guilherme, Frederico A.G.

    Abstract in Portuguese:

    A dinâmica da comunidade arbórea e de 30 populações das espécies constituintes foi investigada em uma área de floresta tropical semidecídua situada na margem do Rio Grande, em Bom Sucesso (MG), com base em inventários conduzidos em 1990 e 1997 em três parcelas de 0,18 ha. O objetivo principal foi verificar se variações na dinâmica estariam relacionadas à topografia e aos efeitos de uma inundação catastrófica ocorrida em 1992. Foram obtidas taxas de mortalidade e recrutamento de árvores e taxas de ganho e perda de área basal em dois sítios topográficos: baixo (inundado) e alto (não-inundado). Trajetórias de crescimento médio e acelerado foram obtidas para cada espécie. Registrou-se, para ambos os sítios topográficos, que as taxas de mortalidade superaram as de recrutamento, as taxas de ganho superaram as de perda de aérea basal e as distribuições de tamanho mudaram no período devido ao declínio na proporção de árvores menores. Tais mudanças se relacionaram, possivelmente, ao incremento do suprimento de água subterrânea registrado depois da inundação de 1992, bem como a um processo de sucessão primária que vinha ocorrendo há cerca de 250 anos em uma área de mineração de ouro abandonada. Possíveis efeitos da inundação apareceram na maior proporção de árvores mortas nos sítios inundados e nas taxas de crescimento mais aceleradas nos sítios não-inundados. Espécies de diferentes guildas de regeneração mostraram tendências particulares com respeito às suas mudanças demográficas e padrões de crescimento em diâmetro.

    Abstract in English:

    The dynamics of the tree community and 30 tree populations were examined in an area of tropical semideciduous forest located on the margin of the Rio Grande, SE Brazil, based on surveys done in 1990 and 1997 in three 0.18 ha plots. The main purpose was to assess whether variations in dynamics were related to topography and the effects of a catastrophic flood in 1992. Rates of mortality and recruitment of trees and gain and loss of basal area in two topographic sites, lower (flooded) and upper (non-flooded), were obtained. Projected trajectories of mean and accelerated growth in diameter were obtained for each species. In both topographic sites, mortality rates surpassed recruitment rates, gain rates of basal area surpassed loss rates, and size distributions changed, with declining proportions of smaller trees. These overall changes were possibly related to increased underground water supply after the 1992 flood as well as to a c. 250-year-old process of primary succession on abandoned gold mines. Possible effects of the 1992 flood showed up in the higher proportions of dead trees in the flooded sites and faster growth rates in the flood-free sites. Species of different regeneration guilds showed particular trends with respect to their demographic changes and diameter growth patterns. Nevertheless, patterns of population dynamics differed between topographic sites for only two species.
  • Reproductive biology of two species of Jatropha L. (Euphorbiaceae) in "caatinga", northeastern Brazil

    Santos, Mary Janice; Machado, Isabel Cristina; Lopes, Ariadna Valentina

    Abstract in Portuguese:

    A polinização, o sistema reprodutivo e a fenologia de floração e de frutificação de Jatropha mutabilis (Pohl) Baill. e J. mollissima (Pohl) Baill. foram estudados no Estado de Pernambuco, nos Municípios de Buíque (8º67' S e 37º01' W) e Arcoverde (8º25' S e 37º02' W), ambos em Caatinga. Foram marcados 20 indivíduos de cada espécie para registro dos dados fenológicos, aspectos da biologia floral, sistema reprodutivo, bem como freqüência e comportamento dos visitantes florais. As duas espécies são monóicas, apresentam flores do tipo disco, com antese floral diurna, havendo variação em relação à longevidade das flores nos dois sexos, sendo as flores masculinas mais efêmeras (12 h), e as femininas mais duradouras (36 h). Ambos os tipos florais são nectaríferos e a concentração de açúcares no néctar variou entre 26% e 32% em J. mutabilis e 20% a 28% em J. mollissima. A viabilidade do pólen foi alta (> 97%) em ambas as espécies. As espécies são autocompatíveis, formando frutos tanto nos tratamentos de geitonogamia como nos de xenogamia. O percentual de formação de frutos em condições naturais foi ca. 75% em J. mutabilis e de 85% em J. mollissima, indicando alto sucesso reprodutivo. As flores de ambas as espécies são polinizadas por abelhas e vespas, além de beija-flores em J. mutabilis e borboletas em J. mollissima. As duas espécies permanecem floridas ao longo do ano, sendo importante fonte de recurso para a manutenção das comunidades locais de animais que visitam suas flores. Em contrapartida, a presença e eficácia destes grupos de polinizadores são fundamentais para que se estabeleça o fluxo de pólen entre as flores masculinas e femininas, uma vez que as espécies são monóicas.

    Abstract in English:

    The phenology, pollination and breeding system of Jatropha mutabilis (Pohl) Baill. and J. mollissima (Pohl) Baill. were studied in the municipalities of Buíque (8º67' S and 37º01' W) and Arcoverde (8º25' S and 37º02' W), both in the Caatinga, Pernambuco state. Twenty individuals of each species were tagged for phenological observations, and the study of floral biology, reproductive system, as well as the frequency and behaviour of floral visitors. The species are monoecious, with diurnal dish flowers, the male ones more ephemeral (12 h) than the female (36 h). The sugar concentration in the nectar of J. mutabilis and J. mollissima varied between 26%-32% and 20%-28%, respectively. Volume was usually greater (16 µL) in female flowers of both species. Pollen viability was high (> 97%). Both species are self-compatible. The percentage of fruit set under natural conditions was c. 75% in J. mutabilis and of 85% in J. mollissima, indicating high reproductive success. The flowers are pollinated by bees and wasps, and also by hummingbirds in J. mutabilis and butterflies in J. mollissima. The species have flowers along the whole year, thus they are important resources for the maintenance of the local communities of animals that visit them. Also, the presence and effectiveness of these groups of pollinators are fundamental for both plant species, since they are responsible for the pollen flow among male and female flowers in these monoecious shrubs.
  • Morphology, anatomy and ontogeny of Pterocarpus violaceus vogel (Fabaceae: Faboideae) samara

    Nakamura, Adriana Tiemi; Oliveira, Denise Maria Trombert

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho, os frutos e sementes de P. violaceus foram descritos morfoanatômica e ontogeneticamente, visando a verificar a origem da ala pericárpica e checar a ocorrência de poliembrionia, previamente descrita para outros gêneros da tribo Dalbergieae. Observouse que o fruto é uma sâmara circular, de aspecto glabro e que a semente possui alguns caracteres típicos de Faboideae, especialmente os relacionados ao hilo. Foram caracterizados atomicamente seis estádios de desenvolvimento. A ala pericárpica origina-se da parede ovariana, por extensões dorso-ventral, apical e basal, produzindo uma estrutura achatada. Não foi possível encontrar poliembrionia, mesmo analisando-se grande número de sementes. Pôde-se também concluir que, no que se refere à estrutura do fruto, P. violaceus é filogeneticamente derivada com relação às outras espécies de Dalbergieae já registradas na literatura, devido à presença de fusão dos feixes ventrais do carpelo.

    Abstract in English:

    Morphological, anatomical and developmental descriptions of P. violaceus fruits and seeds were made in order to verify the origin of the pericarpic wing and the occurrence of polyembryonic seeds, previously described for other Dalbergieae genera. The fruit is a circular, glabrous samara. Seeds show some typical characters of the Faboideae specially in the hilar region. We describe six different fruit developmental stages. The pericarpic wing originates from the expansion of the ovary wall; the pericarp grows dorsiventrally, apically and basally, producing a flattened structure. In all material analysed, we do not find polyembryonic seeds. We also conclude that the pericarp of P. violaceus is unusual because of the fusion of its ventral vascular bundles, a feature that is considered phylogenetically derived for the group.
  • Fluoride bioindicator grasses for tropical regions

    Oliva, Marco Antonio; Figueiredo, José Guilherme de

    Abstract in Portuguese:

    Dez espécies de gramíneas tropicais Andropogon gayanus Kunth cv. Planaltina, Panicum maximum Jacq. cv. Colonião, Panicum maximum Jacq. cv. Tobiatã, Chloris gayana Kunth, Eragrostis curvula (Schrad.) Nees, Paspalum notatum Flug. cv. Pensacola, Hiparrhenia rufa (Nees.) Stapf., Melinis minutiflora Pal. de Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Brachiaria humidicola (Rendle) Schw. e Lolium multiflorum ssp. italicum var. lema foram tratadas com chuva simulada, contendo 5, 10 e 15 g.m-3 de flúor, visando avaliar a sensibilidade relativa e o potencial bioindicador de cada espécie para regiões tropicais. As plantas foram cultivadas sob técnicas padronizadas para a bioindicação ativa. Os efeitos do flúor foram avaliados pelos danos visuais, acúmulo e distribuição do flúor nas plantas e produção de matéria seca. Todas as espécies mostraram padrões de acúmulo diferenciados, teores acima do nível considerado tóxico para plantas sensíveis (30 µg.g-1) e boa relação entre o teor de flúor na planta e os índices de fitotoxicidade, com exceção de Brachiaria humidicola. As espécies que melhor se adaptaram às técnicas de cultivo padronizado, por suas taxas de crescimento, homogeneidade das rebrotas e velocidade de resposta (necrose e clorose) foram Chloris gayana e Panicum maximum cv. Colonião. Nestas duas espécies com maior potencial de bioindicação, foram avaliados também os efeitos do flúor sobre a condutância estomática, a assimilação de CO2 e a produção de matéria seca. Os resultados obtidos caracterizam o Panicum maximum cv. Colonião como bioindicador de resposta e Chloris gayana como espécie tolerante, semelhante a L. multiflorum.

    Abstract in English:

    Ten species of tropical grasses, Andropogon gayanus Kunth cv. Planaltina, Panicum maximum Jacq. cv. Colonião, Panicum maximum Jacq. cv. Tobiatã, Chloris gayana Kunth, Eragrostis curvula (Schrad.) Nees, Paspalum notatum Flug. cv. Pensacola, Hiparrhenia rufa (Nees) Stapf., Melinis minutiflora Pal. de Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Brachiaria humidicola (Rendle) Schw. and Lolium multiflorum ssp. italicum var. lema were treated with simulated rain containing 5, 10, and 15 g.m-3 of fluoride, in order to evaluate their relative sensitivity and potential as bioindicator for fluoride under tropical conditions. The plants were cultivated according to standardized techniques for active bioindication. The development of visible damages, the accumulation and distribution of fluoride and the dry weight yield were used to assess the effects of the element on the plants. All studied species showed distinct pattern of fluoride accumulation, fluorine contents above the accepted toxic levels for sensitive species (30 µg.g-1) and a good correlation between fluoride content and the phytotoxicity index, except for Brachiaria humidicola. Chloris gayana and Panicum maximum cv. Colonião were the species that better adapted to the standardized cultivation techniques, based on their growth rates, sprout homogeneity and fast appearance of visible symptoms (chlorosis and necrosis). Fluoride effects on stomatal conductance, CO2 assimilation and dry weight yield were also evaluated in these two species, with potential for bioindication use. The results indicate Panicum maximum cv Colonião as a responsive bioindicator while Chloris gayana as a tolerant species, similarly to L. multiflorum.
  • Germination of newly collected diaspores of Myracrodruon urundeuva Allemão (Anacardiaceae) occurring in the cerrado of Central Brazil

    Dorneles, Marieta C.; Ranal, Marli A.; Santana, Denise G.

    Abstract in Portuguese:

    Myracrodruon urundeuva distribui-se no nordeste, sudeste e centro-oeste brasileiro, sendo considerada uma espécie vulnerável à extinção. Diásporos coletados no vale do Rio Araguari, MG, foram utilizados em três experimentos, em delineamento inteiramente casualizado, cada um deles com cinco repetições de 50 diásporos. No primeiro e segundo experimentos, utilizou-se gerbox com vermiculita umedecida com água destilada, GA3 e citocinina a 1, 10, e 100 µg.mL¹ e KNO3 a 0,2%, o primeiro mantido sob luz branca fluorescente contínua e o segundo no escuro. No terceiro experimento, os diásporos foram umedecidos com água e estratificados por um a seis dias a 4-5 ºC, no escuro; no controle os diásporos não foram estratificados. A cada 24 horas observou-se a protrusão do embrião nos experimentos mantidos sob luz e, aos sete dias, na ausência de luz. Sob luz contínua, diásporos tratados com GA3 1 µg.mL-1 foram mais homogêneos (CVt = 17,13%) e sincronizados (Z = 0,64) em relação aos mantidos nos demais tratamentos. A germinabilidade nos diferentes tratamentos variou entre 52,8% e 60% e a germinação ocorreu entre dois e três dias. Na ausência de luz, a germinabilidade variou entre 50,4% e 58,8% e sob estratificação, entre 49,6% e 61,2%. Dentre os diferentes tempos de estratificação, o menor tempo médio, as maiores velocidades e uniformidade de germinação foram registrados para diásporos estratificados por seis dias. Apesar da germinação da aroeira ser rápida, sua porcentagem foi baixa, o que indica a necessidade de estudos para garantir sua exploração sustentável.

    Abstract in English:

    Myracrodruon urundeuva occurs in Northeast, Southeast, and West Center Brazilian regions, being considered as a vulnerable species to extinction. Diaspores collected in the Araguari River valley, MG, were used in three experiments, in a completely randomized design, with five replications of 50 diaspores each one. In the first and second experiments, germination boxes with vermiculite moistened with distilled water, GA3 and cytokinin at 1, 10, 100 µg mL-1, and 0.2% KNO3 were used as treatments. The first experiment was conducted under continuous fluorescent white lamps and the second in darkness. In the third experiment the diaspores were moistened with distilled water and stratified during one to six days at 45 ºC in darkness. Control treatment was constituted by diaspores moistened with water, without stratification. For the experiments conducted under light conditions, data were collected observing the embryo protrusion every 24 hours; in darkness conditions counting was processed after seven days from the beginning of the experiment. Under continuous light, diaspores treated with 1 µg.mL¹ GA3 were more homogeneous (CVt = 17.13%) and synchronized (Z = 0.64) in relation to the other treatments. The germinability ranged from 52.8% to 60% and occurred between two and three days. In darkness condition, germinability ranged from 50.4% to 58.8% and under stratification, from 49.6% to 61.2%. For the experiment testing stratification, the lowest mean time, the highest rate and germination uniformity were registered for diaspores stratified during six days. Although the germination process had been fast, low germinability indicates that new investigations are necessary to the sustainable exploration of this species.
  • Mating system in Caesalpinia echinata Lam. implanted in experimental arboretum

    Giudice Neto, João Del; Sebbenn, Alexandre Magno; Kageyama, Paulo Y.

    Abstract in Portuguese:

    O sistema de reprodução de Caesalpinia echinata Lam.foi estudado por isoenzimas em arboreto, usando os modelos de cruzamentos mistos e cruzamentos correlacionados. Desvios do modelo misto de reprodução foram evidenciados pela heterogeneidade nas freqüências alélicas do pólen que fecundou as diferentes árvores. A taxa de cruzamento multiloco foi alta (t m= 0,969), indicando que a espécie é predominantemente alógama. A alta variação na taxa de cruzamento individual (tvariando de 0,77 a 1,00) indica que a espécie não é auto-incompatível. Diferença positiva e significativamente diferente de zero foi detectada entre as taxas de cruzamento multiloco e uniloco, sugerindo que ocorreram cruzamentos endogâmicos na população (t m - t s = 0,078). A correlação de paternidade foi alta (r p = 0,822), demonstrando que as progênies são constituídas principalmente por irmãos-completos. O coeficiente de coancestria nas progênies foi alto (tetaxy = 0,269) e superior ao esperado em progênies de meios-irmãos (0,125). Os resultados são discutidos em termos de amostragens para a conservação genética e coleta de sementes para a recuperação ambiental.

    Abstract in English:

    The mating system of Caesalpinia echinata Lam. implanted in arboretum was studied by allozymes analysis of progeny arrays using the mixed-mating model and correlated-mating model. Deviations from mixed-mating model were observed from heterogeneity of pollen pools allele frequencies that fertilized different trees. The multilocus outcrossing rate was high (t m = 0.969), indicating that the species is predominantly allogamous. The high variation observed in the individual outcrossing rate (tranged from 0.77 to 1.00) shows that the species is not auto-incompatible. It was detected significant positive difference between multilocus and single locus outcrossing rate suggesting that biparental inbreeding has occurred (t m - t s = 0.078). High value of paternity correlation was detected (r p = 0.822), demonstrating that families are composed by full sibs, mainly. The coefficient of coancestry within families (thetaxy = 0.269) was higher than expected in half-sibs families (0.125). The results are discussed in the viewpoint of the sampling to genetic conservation and environmental recovering.
  • Leandra lapae D'El Rei Souza & Baumgratz (section Leandraria; Miconieae: Melastomataceae), a new species from Brazil

    Souza, Maria Leonor D'El Rei; Baumgratz, José Fernando A.

    Abstract in Portuguese:

    É descrita uma nova espécie de Leandra para a flora do estado de São Paulo - L. lapae D'El Rei Souza & Baumgratz. São apresentados descrição, ilustração e comentários acerca de diferenças morfológicas com espécies afins.

    Abstract in English:

    A new species of Leandra from São Paulo is described and illustrated - L. lapae D'El Rei Souza & Baumgratz. Comments with related species are also presented.
Sociedade Botânica de São Paulo Caixa Postal 57088, 04089-972 São Paulo SP - Brasil, Tel.: (55 11) 5584-6300 - ext. 225, Fax: (55 11) 577.3678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: brazbot@gmail.com