• Crescimento aéreo e radicular da soja em solos compactados e inoculados com estirpes de Bradyrhizobium japonicum Física do Solo

    Borges, E. V. S.; Lombardi Neto, F.; Lombardi, M. L. C. O.; Borges, E. N.

    Abstract in Portuguese:

    Um experimento com soja, utilizando amostras de um Latossolo Vermelho-Escuro álico textura média foi realizado em casa de vegetação da Universidade Federal de Uberlândia (MG), de julho/96 a fevereiro/97, visando avaliar o comportamento de estirpes de Bradyrhizobium japonicum inoculadas e nativas do solo e efeitos de níveis de compactação subsuperficial na produção de matéria seca da parte aérea (PMSPA), de raízes no anel superior da coluna e na absorção e concentração de nitrogênio na parte aérea da soja. Os tratamentos dispostos em fatorial 2 x 3 x 4 corresponderam à brometização e não-brometização do solo, presença de três estirpes de Bradyrhizobium japonicum (nativa do solo, SEMIA 5079 e SEMIA 5080 inoculadas na semente) e de quatro níveis de compactação (densidades de: 1,15; 1,30; 1,45 e 1,60 kg dm-3), aplicados com prensa hidráulica no solo do anel central de uma coluna formada pela sobreposição de três anéis de PVC de 15 cm de diâmetro. Quarenta e sete dias após a emergência, as plantas foram cortadas, secas e pesadas, e as raízes do anel superior coletadas e quantificadas. A PMSPA foi crescente com a brometização do solo e inoculação com a estirpe SEMIA 5080, dentro das densidades de até 1,30 kg dm-3. Para valores maiores do que este, as estirpes estudadas não diferiram entre si. A compactação promoveu reduções lineares na produção de matéria seca da parte aérea no solo não-brometizado e parabólico, e maior produção na densidade de 1,35 kg dm-3 no solo brometizado. A concentração de nitrogênio na parte aérea foi significativamen-te menor com a inoculação da estirpe SEMIA 5079 no solo brometizado e não diferiu entre si no solo não brometizado. Maior produção de raízes na camada superficial ocorreu na ausência de brometização do solo e de inoculação com Bradyrhizobium japonicum. Com a brometização, a maior produção ocorreu com a inoculação da estirpe SEMIA 5079. A compactação produziu efeito linear crescente na produção de raízes no solo não brometizado e parabólico, com maior produção na densidade de 1,43 kg dm-3 no solo brometizado.

    Abstract in English:

    A soybean crop experiment using samples from a sandy Dark Red Latosol was conducted in a greenhouse at the Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, Brazil from July/1996 to February/1997, to evaluate the effects of inoculation and subsoil compaction on the shoot dry matter production (ADMP), root dry matter production in the superior ring of the column, and nitrogen absorption and concentration in soybean shoots.. The treatments were set in a 2 x 3 x 4 factorial design and corresponded to sterilized and non sterilized soil (using 250 cm³ m-3 methyl bromide), three strains of Bradyrhizobium japonicum soil native, SEMIA 5079 and SEMIA 5080 inoculated in seed soybean and four levels of compaction (bulk densities of 1.15, 1.30, 1.45 and 1.60 kg dm-3) applied with a hydraulic press on the soil placed in a central ring of a column made by three 15 cm diameter PVC rings. Forty-seven days after germination, the plants were harvested, dried and weighed. The roots of the superior ring were harvested and measured. The ADMP of soybean increased in the sterilized soil and inoculation with strain SEMIA 5080 at densities 1.15 and 1.30 kg dm-3. For higher densities, the strains studied did not have any effect. The compaction caused linear reductions-either in nitrogen concentration and in shoot dry matter production of the non sterilized soil, - and parabolic reduction, with the highest production at 1.35 kg dm-3 density in the sterilized soil. Nitrogen concentration in the shoots was lower with inoculation of the strain SEMIA 5079 in sterilized soil, with no difference among treatments in non-sterilized soil. A greater root production in the surface layer (ring) occurred in non-sterilized soil with seeds inoculated with Bradyrhizobium japonicum. In sterilized soil, the greatest production occurred due to inoculation of the strain SEMIA 5079. Compaction caused an increasing linear effect in root growth in non-sterilized soil and parabolic, with greatest growth at 1.45 kg dm-3 density in sterilized soil.
  • Interferência da fração mineral na estimativa do grau de humificação da matéria orgânica em agregados organominerais por ressonância paramagnética eletrônica Química do solo

    Bayer, C.; Martin-Neto, L.; Saab, S. C.; Mielniczuk, J.

    Abstract in Portuguese:

    A concentração de radicais livres semiquinona (CRLS), determinada por ressonância paramagnética eletrônica (EPR), é considerada um índice do grau de humificação, sendo uma importante determinação em estudos qualitativos da matéria orgânica do solo. Neste trabalho, avaliou-se a interferência da fração mineral na quantificação da CRLS em agregados organominerais 20-53, 2-20 e < 2 ∝m de Podzólico Vermelho-Amarelo, Podzólico Vermelho-Escuro e Latossolo Roxo. A CRLS foi determinada pela área do sinal, estimada pela aproximação intensidade do sinal (I, em cm), multiplicada pela sua largura de linha ao quadrado (∆H², em Gauss). Os parâmetros espectrais I e ∆H foram obtidos em espectros de EPR com e sem interferência da fração mineral. No Podzólico Vermelho-Amarelo e no Podzólico Vermelho-Escuro, foram detectados dois sinais de radicais livres, um com um valor g 2,004 e largura de linha de 5-6 G, típico de radicais livres semiquinona, outro com um valor g 2,000 e largura de linha de 2-3 G, associado à fração mineral, especificamente ao quartzo (SiO2), como confirmado posteriormente por análise de amostra purificada. Nestes solos, a interferência da fração mineral na obtenção dos parâmetros I e ∆H resultou num erro na estimativa da CRLS de -7 a +488%, comparativamente às quantificações realizadas a partir dos espectros sem interferência da fração mineral. No Latossolo Roxo, os altos teores de Fe3+ não permitiram detectar os sinais dos radicais livres semiquinona por causa da sobreposição dos sinais do metal. A eliminação da interferência da fração mineral demonstrou ser um pré-requisito fundamental no estudo da matéria orgânica por EPR em agregados organominerais, para a qual são sugeridos alguns procedimentos alternativos.

    Abstract in English:

    The semiquinone free radical concentration (SFRC), determined by electron paramagnetic resonance (EPR), is an index of degree of humification of soil organic matter. The objective of this study was to evaluate the possible interference of mineral fraction in the quantification of SFRC in organo-mineral aggregates 20-53, 2-20 and < 2 ∝m of three soils from southern Brazil: Paleudalf, Paleudult and Haplorthox. The SFRC was calculated by the semiquinone signal intensity (I, in cm) multiplied by its square line width (∆H², in Gauss). The spectral parameters I and ∆H were obtained from EPR spectra with and without interference of mineral fraction. In Paleudalf and Paleudult soils, two signals of free radicals were detected; one had a value of g 2.004 and line width of 5-6 G, typical of semiquinone free radical, and another one had a value of g 2.000 and a line width of 2-3 G, associated to the mineral fraction, especifically quartz (SiO2), as determined by the analysis of the purified sample. In these soils, interference of mineral fraction in obtaining spectral parameters I and ∆H resulted in an error of the estimative varying from -7 to +488%, comparatively with results obtained from the spectra without mineral fraction interference. In Haplorthox soil, the high concentrations of Fe3+ did not allow the detection of the semiquinone free radical signals, due to overlap of the metalic ion signals. The elimination of mineral fraction interference was a fundamental pre-requisit in the study of organic matter by EPR in organo-mineral aggregates. Some alternative procedures for this are presented.
  • Disponibilidade de fósforo em seis solos do Uruguai afetada pela variação temporal das condições de oxirredução Química do solo

    Hernández, J.; Meurer, E. J.

    Abstract in Portuguese:

    Os processos de oxirredução influem na reatividade dos óxidos de ferro no solo, o que pode afetar a disponibilidade do fósforo. Com o objetivo de avaliar como estes processos interferem na disponibilidade do fósforo, realizou-se um estudo com seis solos do Uruguai sujeitos a variações temporais nas condições de oxirredução. Amostras do horizonte A desses solos, com diferente material de origem e que ocupam posição topográfica plana e encostas baixas da paisagem, foram colocadas sob condições de alagamento por 5, 15 e 45 dias. Decorridos estes períodos de tempo, os materiais de solo foram secos durante um período de 21 dias e amostrados para análises químicas. As formas de ferro de baixa cristalinidade, extraídas pelo oxalato de amônio a pH 6 (Fe6), aumentaram com o alagamento dos solos e, após a secagem, decresceram, mas ficaram, entretanto, acima dos teores iniciais. Encontrou-se uma relação significativa entre o conteúdo de carbono orgânico dos solos e a proporção de formas de ferro de baixa cristalinidade, antes e depois dos diferentes períodos de alagamento. Os teores de fósforo disponível extraídos por Bray-1 aumentaram com o alagamento e, com exceção do solo Algorta, após a secagem dos solos, diminuíram para valores similares aos iniciais. O alagamento do solo e a posterior secagem determinaram o aumento das frações de ferro de maior reatividade, acarretando a adsorção de fósforo, evidenciado pelos menores teores de fósforo remanescentes na solução. Houve tendência muito definida de diminuição do fósforo na solução dos solos com o aumento dos teores de ferro em formas de alta reatividade química (Fe6). Estes resultados indicam que, após ciclos de alagamento-secagem do solo, a adsorção do fósforo aumenta pela reação com compostos de ferro recentemente precipitados, o que resulta em menor disponibilidade do fósforo para as plantas.

    Abstract in English:

    Redox processes affect the reactivity of iron oxides and this can affect the P availability in soils. To evaluate how this processes can affect phosphorus availability, this study was carried out with six Uruguayan soils, which differed in their parent material, and subjected to alternation of the flooded-drained conditions. Soil samples (0-15 cm) of the A horizon, were flooded during 0, 5, 15 and 45 days, drained and sampled after 21 days of air-drying. Fe extracted by ammonium oxalate at pH 6 (Fe6) increased with flooding, and after re-oxidation, decreased to levels greater than the initial levels. The organic carbon content of the soils was correlated with the poorly crystalline forms of Fe before and after flooding. Phosphorus availability (Bray-1) increased during the flooding period, and, except for Algorta soil, decreased during the drying period even lower than at the initial measurements. The alternation of the flooded-drained conditions increased the iron content in high reactivity forms resulting in increasing phosphorus adsorption, as indicated by low levels of P in the soil solution. A relationship between the iron content in high reactivity forms (extracted by ammonium oxalate at pH 6) and the adsorption of P resulting from a decreased P solution was found. These results suggest that after flooded-drained conditions, P availability to plants decreases due to the absorption of P with recently precipitated high reactivity forms of iron oxides.
  • Adsorção de fósforo em solos de várzea do estado de Minas Gerais Química do solo

    Guilherme, L. R. G.; Curi, N.; Silva, M. L. N.; Renó, N. B.; Machado, R. A. F.

    Abstract in Portuguese:

    Realizou-se o presente estudo com amostras da camada superficial (0-20 cm) de onze solos de várzea de diferentes regiões do estado de Minas Gerais, visando quantificar a adsorção de fósforo em solos de várzeas drenadas, sujeitas a ciclos alternados de umedecimento e secagem, bem como avaliar a influência de alguns atributos do solo sobre esta adsorção. Amostras da fração TFSA (2 g) foram mantidas em contato, mediante agitação por 12 horas, com soluções de CaCl2 0,01 mol L-1 (40 mL), contendo 0, 25, 50, 100 e 200 mg L-1 de P. O fósforo foi analisado posteriormente no sobrenadante para determinação da quantidade adsorvida. Após isto, descartou-se o sobrenadante para mais 12 h de agitação com solução de CaCl2 0,01 mol L-1, visando determinar a quantidade dessorvida. Os valores de adsorção encontrados foram ajustados à isoterma de Langmuir para avaliar a capacidade máxima de adsorção de fósforo (CMAF), tendo sido estimado ainda o índice tampão de P (ITP) a partir do valor do coeficiente b1 das equações de 2º grau ajustadas entre o P adsorvido e o P dessorvido nas diferentes concentrações de P adicionado. Os valores encontrados para a CMAF situaram-se entre 476 e 3.961 mg kg-1 de P no solo, tendo oito solos apresentado capacidade de adsorção de P muito alta (> 1.000 mg kg-1). Os valores de ITP situaram-se entre 4,3 e 129. A CMAF correlacionou-se positivamente com a relação Fe o/Fe d, teor de matéria orgânica e acidez potencial e negativamente com o teor de Fe d e com a saturação por bases do solo. O ITP correlacionou-se positivamente com a acidez potencial e negativamente com a saturação por bases do solo. Os resultados deste estudo revelaram que: (a) solos de várzeas drenadas podem adsorver grandes quantidades de fósforo, dos quais a maioria apresenta capacidade máxima de adsorção de fósforo enquadrada nas classes alta (500 a 1.000 mg kg-1) e muito alta (> 1.000 mg kg-1); (b) solos de várzea com maiores valores de capacidade máxima de adsorção de fósforo e índice tampão de P apresentam menor dessorção percentual desse nutriente para a solução do solo; (c) o atributo que se correlaciona mais diretamente com a capacidade máxima de adsorção e o índice tampão de fósforo dos solos de várzea estudados é a acidez potencial.

    Abstract in English:

    Surface-layer samples (0 to 20 cm) of eleven lowland soils from different regions of Minas Gerais, Brazil, were used to quantify phosphorus adsorption in soils of drained lowland areas, originally under alternate wetting and drying cycles, as well as to verify the influence of some soil attributes on this adsorption. Air-dried samples (2 g) of the soil fraction smaller than 2 mm were shaken during 12 hours, with 40 mL of 0.01 mol L-1 CaCl2 solutions containing 0, 25, 50, 100, and 200 mg L-1 of P. Phosphorus was quantified in the supernatant in order to determine phosphorus adsorption. A new period of 12-hour shaking with 0.01 mol L-1 CaCl2 was performed to determine P desorption. The adsorption values were adjusted to the Langmuir isotherm to estimate the maximum phosphorus adsorption capacity (MPAC). The phosphorus buffer index (PBI) was estimated by using the b1 coefficient of the 2nd degree equations adjusted between adsorbed and desorbed P at different concentrations of added P. The observed values for MPAC ranged from 476 to 3,961 mg kg-1 of P soil, and PBI ranged from 4.3 to 129. Eight soils presented very high (> 1.000 mg kg-1) phosphorus adsorption capacity. The values of MPAC were directly correlated with the Fe o/Fe d ratio, soil organic matter, and potential acidity and inversely correlated with Fe d and base saturation. The values of PBI correlated positively with potential acidity and negatively with base saturation. This study showed that: (a) soils of drained lowland areas might exhibit a great phosphorus adsorption capacity, with most of the soils from this experiment presenting a high (500 a 1.000 mg kg-1) and very high (> 1.000 mg kg-1) value of phosphorus maximum adsorption capacity; (b) lowland soils that present high phosphorus maximum adsorption capacity and phosphorus buffer index desorb less P (on a fractional basis) to soil solution; (c) potential soil acidity is the attribute that best correlates with phosphorus maximum adsorption capacity and phosphorus buffer index in the studied lowland soils.
  • Biomassa microbiana e produção de C-CO2 e N mineral de um podzólico vermelho-escuro submetido a diferentes sistemas de manejo: Microbial biomass and C-CO2 and mineral nitrogen production in paleudult soil cultivated under different management systems Biologia do Solo

    Vargas, L. K.; Scholles, D.

    Abstract in Portuguese:

    Os sistemas de manejo, com diferenças no revolvimento do solo e na composição dos resíduos vegetais, alteram as propriedades biológicas do solo, com reflexos na qualidade do solo e na produtividade das culturas. Com vistas em medir estas alterações nas propriedades biológicas do solo, a biomassa e a atividade microbiana foram avaliadas em um Podzólico Vermelho-Escuro, em Eldorado do Sul (RS), utilizando diferentes preparos (convencional, reduzido e plantio direto) e dois sistemas de sucessões de culturas (aveia preta + vica/milho + caupi e aveia/milho). As avaliações foram realizadas em quatro épocas, durante 12 meses, e em duas profundidades (0-5 e 5-15 cm). O carbono da biomassa microbiana foi analisado pelo método de fumigação-incubação, e a atividade microbiana, pela produção de C-CO2 e N mineral, após 60 dias de incubação. As diferenças na biomassa e na atividade microbiana, entre os sistemas de manejo, foram mais pronunciadas na camada de 0-5 cm. Nesta camada de solo, observaram-se os maiores valores de biomassa e de atividade nos preparos conservacionistas e no sistema aveia + vica/milho + caupi. Dentre as variáveis estudadas, a mineralização de N mostrou-se a mais sensível aos manejos, à profundidade e à época de amostragem.

    Abstract in English:

    Soil management systems, with different degrees of soil mobilization and different plant residue composition, alter soil biological properties, with consequences in soil quality and in plant productivity. In order to measure such alterations, soil microbial biomass and its activity were evaluated in a Paleudult soil, in the Central Depression of Rio Grande do Sul state, Brazil, conducted under different soil management systems, in a long-term experiment, for 12 years. Soil samples were collected in four different times, during 12 months, from three tillage (conventional, reduced and direct drilling) and two crop systems (oats (Avena strigosa) + vetch (Vicia sativa)/corn (Zea mays) + cowpea (Vigna sinensis) and oats/corn), in two depths (0-5 and 5-15 cm). Microbial biomass C was estimated using the chloroform fumigation-incubation method. Microbial activity was estimated through C-CO2 release and mineral N production after 60 days of incubation. Soil microbial biomass and activity were greater in the surface 0-5 cm under direct drilling and oats + vetch/corn + cowpea systems. Nitrogen mineralization was the most sensitive parameter evaluated, since it was influenced by tillage systems, crop systems and depth.
  • Degradação de ametrina em areia quartzosa com adição de solo rizosférico de cana-de-açúcar Biologia do Solo

    Costa, M. A.; Monteiro, R. T. R.; Tornisielo, V. L.

    Abstract in Portuguese:

    Utilizando amostras de Areia Quartzosa esterilizada, não esterilizada e com adição de 10% de solo da rizosfera de cana-de-açúcar cultivada em campo, na presença e na ausência do herbicida ametrina, a biodegradação de 14C-ametrina foi avaliada juntamente com a quantidade de resíduos extraíveis, não-extraíveis e número de microrganismos presentes. A taxa de desprendimento de 14CO2 aumentou em 3,5 vezes, com adição de solo rizosférico de culturas previamente tratadas com o herbicida, em 1,7 vez, com a adição de solo de rizosfera de culturas não tratadas. A presença de metabólitos detectada por cromatografia de camada delgada revela a maior degradação nas amostras que tiveram a adição de solo rizosférico. A microbiota presente na rizosfera ocasionou maior mineralização do herbicida ametrina.

    Abstract in English:

    The effect of rhizosphere soil addition on ametryn degradation rate was evaluated. The 14CO2 release rate from sterile and non-sterile samples of a sandy soil was compared with the same soil amended with 10% rhizosphere soil from a sugar-cane plantation, treated or not with ametryn. Sterilized soils showed very low 14CO2 release as compared with non-sterilized soil. When mineralization of non-amended soil was compared with rhizosphere soil amended from treated and non-treated fields, 3.5 and 1.7 fold increases of mineralization, respectively, were observed in amended soil. Extract TLC showed more degradation on amended samples than on non-amended samples. These results suggest that ametryn is degraded mainly through microbial action and that amendment with soil microbial population from ametryn pre-treated soil increases this herbicide's degradation rate.
  • Efeito da adubação nitrogenada no crescimento e na produção de alho proveniente de cultura de tecidos e de multiplicação convencional Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Resende, F. V.; Faquin, V.; Souza, R. J.

    Abstract in Portuguese:

    Estudaram-se os efeitos de doses de nitrogênio sobre o crescimento e produção de plantas de alho provenientes de cultura de tecidos e de multiplicação convencional. O experimento foi realizado no campo experimental do Setor de Olericultura da UFLA, em Lavras, MG. Utilizou-se delineamento de blocos casualizados com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 5. Os tratamentos foram compostos por plantas provenientes de duas formas de multiplicação (cultura de tecidos e convencional) e cinco doses de nitrogênio (0, 35, 70, 105 e 140 kg ha-1). A altura e a produção de matéria seca das plantas foram avaliadas aos 30, 50, 70, 90, 110, 130 e 150 dias do plantio e a produção total e comercial de bulbos no final do ciclo. Os resultados demonstraram grande diferença de resposta à adubação nitrogenada entre as formas de multiplicação. Foram verificadas respostas significativas à adubação nitrogenada aos 90, 110 e 130 dias, para ambas as formas de multiplicação, épocas em que o crescimento da planta e do bulbo é intenso. Em plantas provenientes de cultura de tecidos, a altura das plantas aumentou com as doses de nitrogênio, enquanto plantas obtidas pelo método convencional demonstraram pontos máximos de resposta em 92, 116 e 137 kg ha-1 de N, respectivamente aos 90, 110 e 130 dias do plantio. Doses de 122 e 107 kg ha-1 de N, nas plantas de cultura de tecidos, e 119 e 102 kg ha-1, nas convencionais, proporcionaram o máximo acúmulo de matéria seca aos 90 e 110 dias, respectivamente. Aos 130 dias, a produção de matéria seca aumentou linearmente nas duas formas de multiplicação em razão do intenso processo de bulbificação neste período. As plantas de cultura de tecidos apresentaram resposta linear positiva às doses de nitrogênio para produção de bulbos e nas convencionais a produção aumentou até 117 kg ha-1. As plantas provenientes de cultura de tecidos apresentaram aproximadamente o dobro da produção de matéria seca e de bulbos nas doses de N que proporcionaram a máxima resposta nas plantas convencionais.

    Abstract in English:

    The effect of nitrogen levels on the growth and yield of garlic plants grown from tissue culture and conventional propagation. The trial was conducted at an experimental field of the Plant Science Department/UFLA, Lavras, MG, Brazil. A complete randomized block design in a factorial scheme with four replications was used. Plants originated from two propagation methods-tissue culture and conventional and five levels of nitrogen fertilizer - 0, 35, 70, 105 and 140 kg ha-1 were applied during the treatments. Plant height and dry matter production were evaluated at 30, 50, 70, 90, 110, 130 and 150 days after planting. Total and commercial yields were evaluated after harvest. Results indicated significantly different responses to nitrogen fertilizer. Also, effects of nitrogen application were observed only between 90, 110 and 130 days after planting, for both multiplication forms, when the development of shoots and bulbs is intensive. In tissue culture plants, height increased with nitrogen levels, while conventional plants showed maximum height at 92, 116 and 137 kg ha-1 of N, 90, 110 and 130 days after plantation, respectively. Doses of 122 and 107 kg ha-1 of N on tissue culture plants and 119 and 102 kg ha-1 on conventional ones provided the maximum dry matter accumulation at 90 and 110 days, respectively. At 130 days, dry matter accumulation increased with nitrogen doses for two multiplication forms caused by intense bulbification process during this period. The tissue culture plants presented linear response, increasing bulb yield with nitrogen doses and the conventional ones increased yield up to 117 kg ha-1. Tissue culture plants showed nearly twice as great dry matter and bulb yields when the same N levesl were used, providing maximum responses for the conventional ones.
  • Crescimento da planta e coloração das raízes com hematoxilina como critérios de avaliação de genótipos de café quanto à tolerância à toxidez de alumínio Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Braccini, M. C. L.; Martinez, H. E. P.; Silva, E. A. M.; Braccini, A. L.; Scapim, C. A.

    Abstract in Portuguese:

    A seleção de plantas tolerantes ao Al é uma alternativa para solos que apresentam Al em níveis tóxicos. Neste contexto, vinte e cinco genótipos de café foram estudados quanto à tolerância ao Al avaliada pela inibição no crescimento da parte áerea e das raízes e pelo teste de coloração das raízes com hematoxilina. Avaliou-se, também, a alocação do Al nas pontas das raízes. Após 35 e 75 dias de cultivo em solução nutritiva, na ausência ou presença de Al, foram avaliados o comprimento da raiz principal e, aos 80 dias, a produção de biomassa seca da parte aérea e das raízes. Os resultados expressos em percentagem de inibição causada pelo Al foram analisados pela técnica multivariada, e os genótipos foram separados em classes: tolerante, intermediária e sensível. O teste de coloração com hematoxilina foi realizado após 80 dias de cultivo em solução nutritiva, e os genótipos foram avaliados de acordo com a intensidade de coloração da ponta da raiz. Apenas três genótipos foram tolerantes ao Al e seis foram sensíveis, enquanto a maioria deles pertenceu à classe de tolerância intermediária. O teste de coloração com hematoxilina não permitiu a adequada diferenciação dos genótipos quanto à tolerância ao alumínio. Em cortes transversais das pontas das raízes do genótipo mais tolerante, observou-se a localização do alumínio apenas nas células epidérmicas, enquanto, no genótipo de tolerância intermediária, o Al localizou-se nas células epidérmicas e em várias camadas de células do córtex.

    Abstract in English:

    The screening of plants for aluminum tolerance is an alternative to soils with toxic levels of this element. Twenty five coffee genotypes were evaluated for aluminum tolerance in relation to inhibition of shoot and root growth and by the hematoxylin staining test. The aluminum accumulation in root tissues was also evaluated. After 35 and 75 days of plant growth in nutrient solution with and without aluminum, the length of the main root was evaluated. After 80 days of exposure to Al, the dry biomass of shoot and roots was also evaluated. The inhibition percentage promoted by aluminum was analyzed by the multivariate technique and the genotypes were classified as tolerant, intermediate and susceptible. The hematoxylin staining test was conducted after 80 days of plant development in nutrient solution and the genotypes were evaluated by the intensity of root tip staining. The results indicated that only three genotypes were classified as Al tolerant, and six were susceptible, while most of the genotypes were in the intermediate class. The hematoxylin staining test was not suitable for assessment of Al tolerance. The Al accumulation in the most tolerant genotype was only observed in the epidermal cells, while in the genotypes classified as intermediate, there was Al accumulation in the epidermal cells and in several layers of the cortex cells.
  • Dessorção de fósforo por silício em solos cultivados com eucalipto Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Carvalho, R.; Furtini Neto, A. E.; Curi, N.; Fernandes, L. A.; Oliveira Jr., A. C.

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de avaliar a dessorção de fósforo por silício nas camadas superficiais de um Latossolo Vermelho-Escuro sob cerrado e de um Cambissolo sob campo cerrado, da zona fisiográfica Campos das Vertentes (MG), foram realizados experimentos em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras (MG), no período de agosto de 1997 a maio de 1998. Cada solo foi submetido a três incubações seqüenciais: (a) CaCO3 + MgCO3, para manter o pH em torno de 6,0; (b) fertilização básica, incluindo o fósforo em dose única, calculada para manter 0,2 mg L-1 de P em solução; (c) seis doses de silício (CaSiO3), definidas com base na dose de fósforo. Plantas de eucalyptus grandis foram cultivadas por 120 dias em vasos com capacidade para 3 dm³ de solo. A produção de matéria seca e o teor de P na matéria seca foram avaliados aos 60, 90 e 120 dias do transplantio das mudas para os vasos. Ajustaram-se superfícies de resposta dessas variáveis às doses de Si e às épocas. O P dessorvido contribuiu com 15,25% do conteúdo do nutriente na matéria seca das plantas cultivadas no Cambissolo (maior teor de caulinita).

    Abstract in English:

    With the objective to evaluate the desorption of phosphorus by silicon in surface layers of a Dark-Red Latosol (Oxisol) under cerrado vegetation and Cambisol (Inceptisol), under open cerrado vegetation at Campos das Vertentes physiographical region State Minas Gerais, experiments were carried out under greenhouse conditions at the Soil Science Department of the Federal University of Lavras, Minas Gerais state, Brazil, from August 1997 to May 1998. Each soil was submitted to three sequential incubations: (a) CaCO3 + MgCO3 to maintain the pH around 6.0; (b) basic fertilization, including phosphorus in one dose calculated to maintain 0.2 mg L-1 of P in soil solution; and (c) six silicon (CaSiO3) doses defined with basis on phosphorus dose. Seedlings of Eucalyptus grandis were cultivated during 120 days in pots with 3 dm³ of soil. Dry matter production and dry matter P content were evaluated at 60, 90 and 120 days after seedling transplanting to the pots. Response surfaces of these variables were adjusted as a function of Si doses and times. The desorbed P contributed with 15.25% of the content of this nutrient in dry matter of plants cultivated in the Cambisol (higher content of kaolinite).
  • Concentração foliar de molibdênio e exportação de nutrientes pelo feijoeiro "Ouro Negro" em resposta à adubação foliar com molibdênio Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Pessoa, A. C. S.; Ribeiro, A. C.; Chagas, J. M.; Cassini, S. T. A.

    Abstract in Portuguese:

    Objetivando avaliar os efeitos da aplicação foliar de molibdênio (Mo) na concentração de Mo, N total, N orgânico e nitrato nas folhas e nos grãos e a exportação dos nutrientes pelos grãos do feijoeiro cv. Ouro Negro, realizou-se o experimento, em condições de lavoura, na Universidade Federal de Viçosa. Os tratamentos constituíram-se de doses crescentes de Mo (0, 40, 80 e 120 g ha-1 de Mo) na forma de molibdato de amônio, aplicado em adubação foliar 25 dias após a emergência. Usou-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Pelos teores de Mo, de N total e de N orgânico nas folhas e nos grãos, observou-se uma resposta quadrática à aplicação de doses crescentes de Mo. A aplicação foliar de Mo aumentou a concentração de Mo nas folhas, de 0,49 mg kg-1 (testemunha) para 0,95 mg kg-1 (para a máxima eficiência técnica - MET), o que proporcionou incremento na utilização do N, com maiores teores de N total e de N orgânico nas folhas e nos grãos e plantas com crescimento satisfatório e com folhas de coloração verde-escura. As plantas que não receberam Mo apresentaram teor médio de 26,6 g kg-1 de N e sintomas de deficiência de N. A aplicação de Mo não exerceu efeito na concentração de NO3-, tanto nas folhas (0,39 g kg-1 NO3-) como nos grãos (0,03 g kg-1 NO3-). Considerando a dose de 80,3 g ha-1 de Mo, que correspondeu à MET para a produtividade estimada de 1.893 kg ha-1 de grãos, as quantidades dos nutrientes exportados nos grãos do feijoeiro por hectare foram de 72 kg de N; 15,7 kg de Ca; 15,3 kg de K; 9,4 kg de P; 4 kg de Mg; 102 g de Fe; 63 g de Zn; 25 g de Cu; 23 g de Mn e 3,2 g de Mo.

    Abstract in English:

    The objective of this work was to evaluate the effects of molybdenum (Mo) leaf application in beans on leaf and grain concentration of Mo, total N, organic N and nitrate as well as the grain nutrient accumulation. Beans cv. "Ouro Negro" was cultivated at the Universidade Federal de Viçosa. Treatments consisted of increasing levels of Mo (0, 40, 80 and 120 g ha-1), using ammonium molybdate applied to the leaves 25 days after emergence. The experimental design was a randomized complete block with four replications. There was a quadratic response due to increasing doses of Mo applied, on the leaf and grain concentrations of Mo, total N and organic N. Leaf Mo increased from 0.49 mg kg-1 (control) up to 0.95 mg kg-1, what improved N utilization resulting in higher leaf and grain concentrations of total N and organic N, better plant growth and darker green leaves. Plants without Mo showed lower N concentration 26.6 g kg-1 of N, on the average, and severe N deficiency symptoms. There were no effects of Mo application on leaf or grain NO3- concentration 0.39 g kg-1 NO3- and 0.03 g kg-1 NO3-, respectively. Considering an application of 80,3 g ha-1 of Mo for an estimate productivity of 1,893 kg ha-1 of grains, the amount of nutrients removed by the bean crop per ha would be: 72 kg of N; 15.7 kg of Ca; 15.3 kg of K; 9.4 kg of P; 4 kg of Mg; 102 g of Fe, 63 g of Zn; 25 g of Cu; 23 g of Mn and 3.2 g of Mo.
  • Variabilidade horizontal de atributos de fertilidade e amostragem do solo no sistema plantio direto Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Schlindwein, J. A.; Anghinoni, I.

    Abstract in Portuguese:

    As adubações, a lanço, quando desuniformes, ou as em linhas, no sistema plantio direto, aumentam a variabilidade dos atributos químicos do solo. Nestas condições, há necessidade de se saber qual a melhor forma e o número de subamostras por coletar para uma boa representatividade da fertilidade da área a ser cultivada. O objetivo deste estudo foi quantificar a variabilidade horizontal de atributos de fertilidade do solo no sistema plantio direto com diferentes modos de adubação e tempos de cultivo, com vistas em definir o número de subamostras necessárias para formar uma amostra representativa da fertilidade do solo de uma área. Foram coletadas, em novembro de 1997, 36 amostras simples, com pá de corte, na camada de 0-10 cm, de forma diferenciada nas adubações a lanço (5 e 10 cm, espessura da fatia e largura) e em linhas (5 cm de espessura da fatia pela largura das entrelinhas de semeadura da última cultura), em oito lavouras comerciais na região noroeste do Rio Grande do Sul. O número mínimo de subamostras para estimar com boa representatividade (α = 0,05 e erro em relação à média de 10%) o pH, o índice SMP e o teor de matéria orgânica foi baixo (menor do que 8) e alto (maior do que 40) para fósforo e potássio (Mehlich-1). O número de subamostras indicado para o sistema convencional (20) pode ser usado no sistema plantio direto, desde que seja admitido um erro de 20% em relação à média.

    Abstract in English:

    Non-uniformly broadcast as well as row applied fertilizers under a no-tillage system increase the variability of soil chemical attributes. Therefore, to acomplish an appropriate fertility description of an area under no-tillage it is necessary to establish better sampling procedures, including number of subsamples. So, the main objective of this work was to measure the horizontal variability of soil fertility attributes, allowing, as a consequence, a definition of the number of subsamples needed to compose a whole and representative fertility sample. In November 1997, in eight chosen areas of commercial agriculture production in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, 36 single samples were collected in 0-10 cm layer depths with a cutting shovel, with the slices being 5 cm-thick, and 10 cm-wide in broadcast areas and 5 cm-thick/interrow-wide in row fertilized areas. The minimum number of subsamples to acceptably estimate (α=0,05 and 10% mean error) pH, SMP value and organic matter was low (less than 8) and high (more than 40) for phosphorus and potassium (Mehlich-1). The number of subsamples defined for conventional tillage (20) may also be used for the no-tillage system, provided a 20% mean error is allowed.
  • Avaliação da disponibilidade do nitrogênio do solo estimada por métodos químicos Fertilidade do Solo e Nutrição das Plantas

    Gianello, C.; Camargo, F. A. O.; Reichmann, E.; Tedesco, M. J.

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de avaliar a disponibilidade de nitrogênio do solo para a aveia e o milho, realizou-se um experimento em microparcelas com vinte solos do Rio Grande do Sul. As microparcelas foram constituídas por recipientes com 20 L de solo, com drenagem livre, mantidas em céu aberto e com irrigação quando necessária. Foi determinado o N absorvido por plantas de aveia preta (Avena strigosa ) e por três cultivos sucessivos de milho (Zea mays ). Foram determinados, inicialmente, os teores de N-total e de matéria orgânica dos solos. Antes de cada cultivo, foram também determinados os teores extraíveis de N por KMnO4 0,05 mol L-1, tampão fosfato-borato e por KCl 2 mol L-1 às temperaturas de 100 e 95°C, durante 4 e 16 horas, respectivamente. O N do solo extraído por KCl 2 mol L-1 a 95°C por 16 h apresentou os maiores coeficientes de correlação com o somatório do N acumulado pelas plantas nos quatro cultivos. Os coeficientes de correlação entre o N extraído por todos os métodos químicos e o N acumulado pelas plantas aumentaram com a correção da acidez do solo a pH 6,0.

    Abstract in English:

    In order to evaluate organic N availability to oats and corn, a microplot experiment was carried out using 20 types of soil from Rio Grande do Sul State, Brazil. Microplots consisted of 20 L soil plastic pots with free drainage, maintained in an open area, with supplemental irrigation when necessary. N taken up by oats (Avena strigosa) and three corn (Zea mays) crops grown in successions was evaluated. Soil total-N and organic matter contents were initially determined as well as N extracted by acid 0.05 mol L-1 KMnO4, phosphate-borate buffer and by 2 mol L-1 KCl at 100°C and 95°C temperature for 4 and 16 hours, respectively, on samples taken before each crop. N extracted by 2 mol L-1 KCl at 95°C for 16 hours showed the highest correlation coefficient with total-N taken up by plants from all crops. Liming soil to pH 6.0 increased the correlation coefficients for all the tested methods.
  • Caracterização micropedológica de alguns solos da Zona da Mata Mineira Gênese, Morfologia e Classificação do Solo

    Nunes, W. A. G. A.; Schaefer, C. E. R.; Ker, J. C.; Fernandes Filho, E. I.

    Abstract in Portuguese:

    Realizou-se o estudo micromorfológico de oito solos da Zona da Mata Mineira, incluindo um Latossolo Una, dois Podzólicos Vermelho-Escuros, dois Brunizéns Avermelhados, uma Terra Roxa Estruturada, um Vertissolo e um Podzólico Vermelho-Amarelo câmbico. Após coleta, impregnação, polimerização e preparo de seções finas, estas foram analisadas por microscopia óptica para estudo micropedológico, caracterizando a microestrutura, porosidade, esqueleto, organização do plasma e estruturas associadas, com destaque para a argila iluviada. Em adição, análises em microscópio eletrônico de varredura da superfície de agregados foram realizadas em agregados individualizados. O horizonte B do Latossolo estudado apresenta forte microestrutura com influência de atividade biológica, que tende a coalescer intensamente em profundidade e torna-se apédico no saprolito, separado por cascalheiro de quartzo. Nódulos de hematita em processo de degradação foram observados, indicando o processo atual de goethização dos solos, notadamente no Vertissolo e no Latossolo Una. O estudo micromorfológico evidenciou solos com Bt que apresentaram cerosidade forte em observação macroscópica e não a evidenciaram claramente em microscópio, sendo esse fato mais marcante nos solos mais vermelhos. Solos com Bt mais amarelados mostraram cerosidade fraca no campo, com correspondente detecção de cutãs iluviais em microscopia óptica. O Podzólico Vermelho-Amarelo câmbico, com cerosidade fraca e comum no campo, não teve sua presença confirmada em nível microscópico, evidenciando seu caráter câmbico. Esse solo evidencia nódulos de hematita circundados por gibbsita, o que poderia contribuir para explicar a manutenção dos altos teores de óxidos de ferro desses solos. A não-confirmação, ao microscópio, da cerosidade descrita em campo nos solos com Bt indica a necessidade da intensificação de estudos (descrição x micropedologia) na tentativa de melhor aferição e consistência de resultados.

    Abstract in English:

    A micropedological characterization of eight selected soils from Zona da Mata, MG, Brazil was carried out encompassing an iron-rich Red-Yellow Latosol ("Una" Latosol), two Dark-Red Podzolic, two Reddish Brunizens, one "Terra Roxa", one Vertisol and one Cambic Red-Yellow Podzolic. Thin sections were analyzed by Optical Microscopy (OM) to identify micropedological features such as: microstructure, porosity, skeleton-grain composition and illuviation cutans. In addition, surface features of undisturbed aggregates were studied at submicroscopic level, using a JEOL 840 Scanning Electron Microscope, in gold-coated specimens, with two replicates. The Bw horizon of the "Una" Latosol showed a strongly developed microgranular structure with marked influence of biological activity; the microaggregates tend to coalesce with depth, becoming totally apedic in the saprolite, underneath a stone line. Hematite nodules undergoing a degradation process were observed, pointing out to a present intense goethization process underway. Similar features were observed in the Vertisol and in the "Una" Latosol, the latter being a typical polycyclic profile. The micropedological study also showed that some soils, with strong cutan development at macroscopic scale, did not show the same feature at microscopic scale, and this was particularly so in redder soils. Soils with yellowish colors presented weak argillans with easily detected illuvial cutans at optical microscopy. The Cambic Red-Yellow Podzolic, with weak and common argillans at macroscopic observation, did not show recognizable argillans at OM level, which points to its Cambic character. This soil showed hematite nodules surrounded by gibbsite, a feature which may contribute to the maintenance of high Fe2O3 contents in these soils. The apparent non-correlation between the field description level of argillans and its confirmation at OM level highlights the need for a more intense effort to understand this process of clay illuviation, aiming to a better consistency and matching of field/OM levels.
  • Atributos micromorfológicos de solos do Projeto Jaíba, norte de Minas Gerais Gênese, Morfologia e Classificação do Solo

    Oliveira, C. V.; Ker, J. C.; Duarte, M. N.; Curi, N.; Fontes, L. E. F.

    Abstract in Portuguese:

    Amostras indeformadas de horizontes representativos de solos do Projeto Jaíba, norte de Minas Gerais, e camadas compactadas e não compactadas de solos sob uso intensivo foram coletadas e analisadas micromorfologicamente, com vistas em obter maiores informações relativas ao seu grau de evolução e avaliar as alterações causadas nos solos pelo uso agrícola. Foram estudados quatro solos derivados de calcário (P1, P2, P3 e P4) e um originado a partir de sedimentos detríticos (P5), além das camadas com e sem indícios de compactação. A micromorfologia revelou que os solos apresentam características bastante distintas e variáveis, dependendo da classe e do material de origem. O Cambissolo originado de calcário tem como característica marcante o fluxo vertical de sílica e argila, sem, no entanto, caracterizar horizonte B textural, além de maior desenvolvimento de estrutura em blocos. O Cambissolo originado de sedimentos detríticos apresenta fluxo lateral de argila, presença marcante de cutãs de difusão de ferro e estrutura menos desenvolvida tendendo a granular. O Podzólico Vermelho-Escuro apresentou estrutura em blocos e presença de cutãs de deposição, muitos destes incorporados pela matriz, o que pode indicar transição para Latossolo. Os Latossolos apresentam-se com estrutura granular, mas esta é muito menos desenvolvida que a observada para os Latossolos gibbsíticos já analisados no País, o que pode indicar um menor grau de evolução destes solos. A atividade da fauna parece ser o principal agente responsável pelo desenvolvimento da microestrutura do Podzólico e dos Latossolos. Quanto à compactação, a micromorfologia relevou diferenças na organização do plasma e na forma dos poros, quando se compararam camadas compactadas com não compactadas. De maneira geral, o plasma das camadas compactadas é mais denso e os poros se apresentam alterados em razão do esforço físico impingido aos solos.

    Abstract in English:

    Undisturbed samples of representative horizons of soils from Jaíba Project, northern Minas Gerais, Brazil, and compacted and non-compacted layers of soils under intensive use were collected and micromorphologically analyzed to obtain more information on their evolution degree and also to evaluate the soil alterations caused by agricultural use. Four soils derived from limestone (P1 to P4) and one originated from detritic sediments (P5) were studied, as well as layers with and without indication of compaction. The micromorphological study revelead that the soils have very distinct and variable characteristics as a function of their classes and parent materials. The Cambisol (Inceptisol) originated from limestone has as a remarkable characteristic the vertical flux of silica and clay, without, however, characterizing textural (similar to argillic) horizon and a higher development of blocky structure. The Cambisol derived from detritic sediments presents a lateral flow of clay, a remarkable presence of iron diffusion skins and a less developed tending to granular structure. The Dark-Red Podzolic soil (Alfisol) showed blocky structure and the presence of deposition skins, many of these features being incorporated by the s-matrix, possibly an indication of transition to Latosol (Oxisol). The Latosols present granular structure, but this is much less developed than the corresponding one observed for the gibbsitic Latosols already analyzed in the country, what may indicate a smaller degree of evolution of these soils. The faunal activity seems to be the main responsible agent for the development of the Podzolic and Latosols microstructures. As for compaction, the micromorphological studies revealed differences in the plasm organization and in the form of pores when compacted and non-compacted layers were compared. In general, the plasm of the compacted layers is denser and the pores are altered as a function of the physical effort imposed to the soils.
  • Estimativa do teor de argila e do potássio trocável em solos esparsamente amostrados no sul do estado de Mato Grosso Gênese, Morfologia e Classificação do Solo

    Couto, E. G.; Klamt, E.; Stein, A.

    Abstract in Portuguese:

    A determinação da distribuição espacial de propriedades do solo é importante para entender as limitações para a nutrição de plantas e estabelecer o manejo apropriado do recurso solo em áreas recentemente incorporadas ao uso agrícola, principalmente onde os levantamentos de solos disponíveis são do tipo exploratório. Como modelo de estudo, este trabalho enfoca a variabilidade espacial do teor de argila (At) e do teor de potássio trocável (Kt) por meio de semivariogramas em amostras de solos coletadas em julho de 1994, no sul do estado de Mato Grosso. Métodos geoestatísticos foram usados para descrever a variabilidade espacial e para estimar estas propriedades ao longo de dois transectos cortando diferentes unidades de mapeamento de solos. A técnica de interpolação por Krigagem ordinária estimou apropriadamente os valores em áreas não amostradas, além de identificar os locais onde as amostragens de solos devem-se concentrar nos futuros trabalhos de levantamentos de solos. Os atributos estudados foram influenciados principalmente pelas diferentes classes de solo e apresentaram moderada dependência espacial e anisotropia no horizonte estudado. Levantamentos para avaliar a fertilidade dos solos e informações provenientes de mapas de solos podem ser analisados, por métodos geoestatísticos, pelas instituições de planejamento e assistência técnica, para complementar informações para o planejamento do uso da terra, como também para estimar indicadores da qualidade do solo com base nos princípios da sustentabilidade das terras. Parâmetros dos semivariogramas de At e Kt associados às classes de solos podem ser usados para reduzir o esforço de amostragem destes atributos na área estudada. O uso das informações dos levantamentos de solos permitiu reduzir o esforço de amostragem para a At, em até cerca de sete vezes.

    Abstract in English:

    The determination of the spatial distribution of soil properties is important to understand soil constraints to plant nutrition and appropriate management of soil resources in recently cultivated areas, particularly where only data from exploratory soil surveys are available . This study addresses spatial variability of clay content (At) and exchangeable potassium (Kt) in soil samples collected in July of 1994, located in Southern Mato Grosso, Brazil. Geostatistical methods were used to describe the spatial variability and predict these soil properties along two transects, crossing different soil mapping units and land use types. By ordinary kriging, values in unsampled areas were appropriately estimated and places where more intensive sampling is required were identified. Both soil properties studied were influenced mainly by different soil class and exhibited a moderate spatial dependence and anisotropy in the horizon studied. Surveys of soil fertility, plus data gathered from soil survey, can be analyzed by geostatistical methods by decision-makers, to support management planning and to predict indicators related to soil quality as a measure of sustainability. Parameters from semivariograms associated to soil classes can be used to reduce sampling efforts to estimate At and Kt distribution and patterns in the area studied. Soil survey information allowed to reduce the sampling effort for the At about seven times.
  • Relação entre a erodibilidade em entressulcos e estabilidade dos agregados Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Albuquerque, J. A.; Cassol, E. A.; Reinert, D. J.

    Abstract in Portuguese:

    A erodibilidade do solo é uma característica utilizada nos planejamentos conservacionistas, especialmente, quando áreas agrícolas são utilizadas intensivamente. As práticas de conservação devem ser mais intensas em solos com erodibilidade alta do que em áreas com erodibilidade baixa. Como a determinação da erodibilidade do solo é difícil de ser realizada no campo, avaliou-se a relação entre os índices de expressão de estabilidade dos agregados e a erodibilidade do solo em entressulcos, utilizando amostras de solos do Rio Grande do Sul com propriedades químicas, físicas e mineralógicas diferentes. Foram medidas em laboratório a estabilidade dos agregados e a erodibilidade do solo em entressulcos, servindo-se de chuva simulada. Os coeficientes de determinação (R²) entre diferentes índices de estabilidade dos agregados e a erodibilidade do solo em entressulcos foram significativos (p < 0,01), indicando que esses índices foram adequados para predizer a erodibilidade do solo em entressulcos. Alguns índices que usam o diâmetro médio ponderado para expressar a estabilidade dos agregados também foram significativos (p < 0,05). A estabilidade dos agregados mostrou-se adequada para estimar a suscetibilidade dos solos à erosão hídrica em entressulcos.

    Abstract in English:

    Erodibility is a soil attribute used for conservation planning especially in intensively cultivated land. Soils with high erodibility need more intensive conservation practices than soils with low erodibility. As direct soil erodibility measurement is difficult on the field, the objective of this research was to determine the relationship between soil interrill erodibility and aggregate stability in soils with different physical, chemical and mineralogical properties in Rio Grande do Sul state, Brazil. Aggregate stability and soil interrill erodibility were measured in the laboratory. The coefficients of determination (R²) between different soil aggregation indexes and soil erodibility were statistically significant (p < 0.01), suggesting it is feasible to use these relationships to predict soil interrill erodibility. Some indexes, using the mean weight diameter to express aggregate stability were also statistically significant (p < 0.05). Aggregate stability can be an adequate approach to predict interrill soil erodibility and soil erosion susceptibility.
  • Sucessões de culturas com plantas de cobertura e milho em plantio direto e sua influência sobre o nitrogênio no solo Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Gonçalves, C. N.; Ceretta, C. A.; Basso, C. J.

    Abstract in Portuguese:

    Em condições naturais, o solo encontra-se em equilíbrio, mas o manejo inadequado causa degradação, principalmente da fração orgânica, comprometendo a sustentabilidade de sistemas agrícolas. Este trabalho, realizado num experimento de seis anos em Argissolo Vermelho-Amarelo (Hapludalf), localizado na área experimental do Departamento de Solos da Universidade Federal de Santa Maria (RS), teve como objetivo avaliar a influência de cinco sucessões de culturas no nitrogênio do solo, sob plantio direto. Foram implantadas as sucessões de culturas ervilhaca comum (Vicia sativa )/milho (Zea mays), tremoço azul (Lupinus angustifolius)/milho, ervilha forrageira (Pisum arvense)/milho, aveia-preta (Avena strigosa)/milho e pousio/milho, associadas a duas doses de N aplicadas no milho (0 e 80 kg ha-1). O solo foi manejado em plantio direto e foram feitas avaliações dos teores de N das plantas de cobertura e dos resíduos vegetais superficiais, bem como do nitrogênio do solo (total, mineral e orgânico), em três profundidades (0-2,5; 2,5-7,5 e 7,5-17,5 cm). As avaliações das plantas de cobertura de solo no inverno foram realizadas nas subparcelas sem aplicação de N mineral. Os resultados mostraram que a introdução de plantas de cobertura de solo, sob plantio direto, durante seis anos, promoveu acúmulos significativos de nitrogênio mineral, orgânico e total no solo e apresentaram diferenças entre as sucessões de culturas, apenas na camada de 0-2,5 cm. A sucessão tremoço azul/milho destacou-se pela capacidade de promover acréscimos de nitrogênio no solo.

    Abstract in English:

    Soil is in a steady state under natural conditions, but an inadequate management can cause degradation, mainly of the organic matter, impairing the sustainability of agricultural systems. The present study was undertaken in a six-year-old field experiment on a typic Hapludalf (Red Yellow Podzolic Soil), at the Department of Soil Science, UFSM, Santa Maria, Rio Grande do Sul state, Brazil, to evaluate the effects of plant successions on soil nitrogen dynamics, under no tillage system. The plant successions used were common vetch (Vicia sativa)/corn (Zea mays), blue lupine (Lupinus angustifolius)/corn, field peas (Pisum arvense)/corn, black oat (Avena strigosa)/corn and winter fallow/corn, associated to two nitrogen doses (0 and 80 kg ha-1) applied on corn. The soil was managed by the no-tillage system, and evaluations were made on the levels of N on the cover crops and on the surface plant residues, and of the soil nitrogen under total, mineral and organic forms, at three soil depths (0-2.5; 2.5-7.5 and 7.5-17.5 cm). The winter cover crop soil evaluations were made in areas without mineral N fertilizer. The use of soil cover crops, during six years under no tillage, induced significant increase of soil mineral, organic and total nitrogen. The crop succession caused differences only in 0-2.5 cm layer. The succession lupine/corn caused higher soil N improvement.
  • Calagem na superfície em sistema plantio direto Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Caires, E. F.; Banzatto, D. A.; Fonseca, A. F.

    Abstract in Portuguese:

    Existem informações conflitantes a respeito da eficiência da aplicação superficial de calcário em sistema plantio direto, particularmente na correção da acidez do subsolo, e de critérios de recomendação de calagem para tal sistema de cultivo. Com o objetivo de avaliar a correção da acidez do solo e a produção de grãos de culturas em rotação no sistema plantio direto, considerando a aplicação de calcário na superfície, foi realizado um experimento em um Latossolo Vermelho-Escuro distrófico textura média, em Ponta Grossa (PR), no período de 1993 a 1998. Os tratamentos, dispostos em blocos completos ao acaso com três repetições, constaram de quatro doses de calcário dolomítico: 0, 2, 4 e 6 t ha-1, calculadas para elevar a saturação por bases do solo a 50, 70 e 90%. O calcário foi aplicado em julho de 1993, a lanço, na superfície do solo. Foram cultivados, na seqüência, soja (1993/94), milho (1994/95), soja (1995/96), trigo (1996), soja (1996/97), triticale (1997) e soja (1997/98). A aplicação de calcário na superfície aumentou significativamente o pH, os teores de Ca + Mg trocáveis e a saturação por bases e reduziu significativamente os teores de H + Al do solo, até a profundidade de 60 cm. Estimou-se que a máxima eficiência técnica (MET) e a econômica (MEE) ocorreriam, respectivamente, com as doses de 3,8 e 3,3 t ha-1 de calcário. A dose de calcário para MEE foi a indicada pelo método da elevação da saturação por bases do solo a 65%, para amostra coletada na profundidade de 0-20 cm, mostrando ser este critério adequado para recomendação de calagem na superfície em sistema plantio direto. Todavia, a calagem na superfície deve ser recomendada somente para solo com pH (CaCl2) inferior a 5,6 ou saturação por bases inferior a 65%, na camada de 0-5 cm.

    Abstract in English:

    The efficiency of surface application of lime under a no-tillage system is doubtful, particularly with regard to subsoil acidity and to methods of lime requirement determination. A field experiment was carried out on a dystrophic Dark Red Latosol (Haplortox) from Ponta Grossa, Paraná, Brazil, from 1993 to 1998, to evaluate the extent of downward movement of lime applied on the surface under a no-tillage system, and the effect on crop rotation grain yields. A randomized complete block design was used, with three replications. The treatments consisted of dolomitic limestone, at the rates of 0, 2, 4 and 6 t ha-1, calculated to raise the soil base saturation in the 0-20 cm layer, to 50, 70 and 90%. The lime was applied in July 1993. Soybean (1993/94), corn (1994/95), soybean (1995/96), wheat (1996), soybean (1996/97), triticale (1997) and soybean (1997/98) were cultivated, in this sequence. Liming decreased H + Al concentration and increased pH, exchangeable Ca + Mg and soil base saturation up to 60 cm depth. The maximum yield (MTY) and the maximum economic yield (MEY) were obtained, at the 3.8 and 3.3 t ha-1 of limestone. The lime rate to attain MEY was that estimated by the soil base saturation method at 65%, in the 0-20 cm layer, showing this to be an appropriate method for liming recommendation on the surface under a no-tillage system. However, surface application of lime should only be recommended for soil with pH (CaCl2) lower than 5.6 or base saturation inferior to 65%, in the 0-5 cm layer.
  • Crescimento e acúmulo de nutrientes por plantas espontâneas e por leguminosas utilizadas para adubação verde Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Favero, C.; Jucksch, I.; Costa, L. M.; Alvarenga, R. C.; Neves, J. C. L.

    Abstract in Portuguese:

    As espécies vegetais espontâneas, nas áreas de cultivo agrícola, têm sido tratadas como "plantas daninhas", "ervas invasoras", "inços" e outras denominações, do ponto de vista dos prejuízos que podem acarretar às espécies cultivadas. No entanto, as espontâneas podem promover os mesmos efeitos de proteção do solo e ciclagem de nutrientes que espécies cultivadas ou introduzidas para adubação verde. O crescimento e o acúmulo de nutrientes pela parte aérea de espontâneas e de leguminosas utilizadas como adubos verdes foram medidos em um experimento de campo em Sete Lagoas (MG), na Embrapa Milho e Sorgo. O experimento consistiu de cinco espécies de leguminosas (feijão-de-porco, feijão-bravo do Ceará, mucuna-preta, lab-lab e guandu), submetidas a duas condições de manejo (com e sem capina), e uma testemunha (somente espontâneas). No florescimento das leguminosas, foram obtidos a massa da matéria seca e o teor de nutrientes da parte aérea de cada espécie de leguminosa e das espontâneas presentes nas parcelas. O sistema com apenas as espontâneas produziu menos biomassa e acumulou menos nutrientes que os sistemas com leguminosas. Foram poucas as espontâneas que apresentaram teores de carbono, cálcio e nitrogênio próximos ou superiores aos das leguminosas. No entanto, para potássio, magnésio e fósforo, ocorreu o inverso. A maioria das espontâneas apresentou teores de potássio, magnésio e de fósforo superiores aos das leguminosas, destacando-se: Portulaca oleracea, Euphorbia heterophylla, Bidens pilosa, Commelina benghalensis e Melanpodium perfoliatum.

    Abstract in English:

    Spontaneous plant species in agricultural areas have been regarded as weeds, invasive or unwanted plants, when considering the damages that they can bring to cultivated species. However, spontaneous species can bring about the same effects of soil protection and nutrient cycling that cultivated or introduced species used for green manure do. Biomass productivity and nutrient accumulation for the aerial part of spontaneous and leguminous plants used as green fertilizers were measured at the experimental station Embrapa Corn and Sorghum, in Sete Lagoas, Minas Gerais (Brazil). The experiment comprised five leguminous species (Canavalia ensiformes, Canavalia brasiliensis, Mucuna aterrima, dolichos lablab and Cajanus cajan) tested in two growing conditions (with and without weeding), and a control (only spontaneous species). At flowering of the leguminous species, dry matter and nutrient level of the aerial part, for each leguminous and spontaneous species present in the parcels, were obtained. The system which had only spontaneous species produced less biomass and accumulated less nutrient than the systems with leguminous species. Few spontaneous species presented carbon, calcium and nitrogen levels which were close to or larger than the leguminous one. However, the inverse occurred for potassium, magnesium and phosphorus. Most spontaneous species presented potassium and magnesium levels, and several of them, phosphorus levels , larger than the leguminous ones. With regard to levels of phosphorus, potassium and magnesium, the following spontaneous species stood out: Portulaca oleracea, Euphorbia heterophylla, Bidens pilosa, Commelina benghalensis and Melanpodium perfoliatum.
  • Leguminosas e adubação mineral como fontes de nitrogênio para o milho em sistemas de preparo do solo Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Amado, T. J. C.; Mielniczuk, J.; Fernandes, S. B. V.

    Abstract in Portuguese:

    O nitrogênio é um nutriente requerido em grande quantidade pelo milho. O solo tem limitada capacidade de atender a esta demanda, sendo por isto utilizadas outras fontes de N como leguminosas e adubação mineral. A combinação destas duas fontes de N pode contribuir para a sustentabilidade do agroecossistema. Com o objetivo de avaliar a disponibilidade de N em sistemas de preparo do solo e cultura, foi realizada esta pesquisa, utilizando um experimento de longa duração na UFRGS (RS) em um Argissolo Vermelho-Escuro distrófico. Os tratamentos utilizados foram três sistemas de preparo: convencional, reduzido e direto; três sistemas de cultura: aveia/milho, aveia + ervilhaca/milho + caupi e ervilhaca/milho, e três doses de N: 0, 90 e 180 kg ha-1 aplicadas em cobertura no milho. A associação do sistema plantio direto com o uso de leguminosas foi eficiente em promover o aumento do estoque de N total no solo. Embora tenha sido constatada maior velocidade de decomposição de resíduos no preparo convencional do que no plantio direto, ambos os sistemas apresentaram potencial de sincronismo da liberação de N dos resíduos com a demanda do milho. Esta cultura no sistema plantio direto apresentou menor produção de matéria seca e absorção de N do que no preparo convencional, porém não houve diferença no rendimento entre estes sistemas de preparo. A equivalência em fertilizante nitrogenado foi estimada em 55 e 38 kg ha-1, respectivamente, para a ervilhaca e aveia + ervilhaca.

    Abstract in English:

    Corn requires a high uptake of nitrogen. Because soil has a limited capacity to supply this N demand, other N sources as legumes and mineral fertilizers are used. Potentially, the association of these sources of N can contribute to agricultural sustainability. This work was carried out to evaluate the impact of tillage and cropping systems on N availability. A long-term experiment established on a Paleudult at UFRGS (RS), Brazil was used. This experiment had three tillage systems: conventional, minimum and no-tillage; three corn production systems: black oat/corn, black oat + common vetch/corn + cowpea and common vetch/corn; and three N fertilizer rates: 0, 90 and 180 kg ha-1 applied in corn. The association of no-tillage with legume based crop systems was efficient in restoring the soil N stock. Although the conventional tillage induced faster N residue release than no-tillage, both tillage systems had good synchronism with corn demand. Corn N uptake and dry mass yield were greater in conventional tillage than in no-tillage. However, corn yield was similar in these tillage systems. The N fertilizer equivalence was estimated in 55 kg ha-1 to vetch and 38 kg ha-1 to mixture of oat + vetch.
  • Densidade do solo, atributos químicos e sistema radicular do milho afetados pelo pastejo e manejo do solo Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Silva, V. R.; Reinert, D. J.; Reichert, J. M.

    Abstract in Portuguese:

    A integração lavoura-pecuária é uma alternativa de renda dos produtores no sul do Brasil. Entretanto, o pisoteio animal e, ou, o preparo de solo podem compactá-lo, prejudicando o crescimento radicular e a produtividade das plantas. Estudaram-se os efeitos do pisoteio animal em regime de pastejo contínuo durante o inverno/primavera e do impacto do plantio direto e do preparo convencional de solo no estado de compactação, atributos químicos e distribuição radicular. Em Podzólico Vermelho-Amarelo de textura superficial franca, foi implantada uma pastagem de estação fria composta por aveia (Avena strigosa Schreb) e azevém (Lolium multiflorum L.). A carga animal variou conforme o crescimento da pastagem. Em dezembro de 1996, foi implantada a cultura do milho (Zea mays L.) para a produção de silagem, usando os seguintes tratamentos: plantio direto na área não pastejada, plantio direto após o pastejo, preparo convencional de solo na área não pastejada e preparo convencional de solo após pastejo. As avaliações apresentadas neste estudo são referentes ao terceiro ano de cultivo, no qual houve um período de pastejo de 107 dias. Aos 45 dias da emergência do milho, foram abertas trincheiras (100 x 40 cm) para visualizar a distribuição do sistema radicular e coletar amostras de solo, a cada 5 cm, para caracterização química e determinação da densidade do solo e de raízes. Ao longo do perfil (0-40 cm), o desenho da distribuição de raízes indicou maior quantidade de raízes no preparo convencional de solo, concordando com os resultados de densidade de raízes. O pisoteio animal não teve efeito sobre as características físicas, possivelmente pelo fato de o resíduo da pastagem permanecer próximo a 1,0 Mg ha-1 de matéria seca. A densidade do solo no plantio direto, na camada de 5-10 cm, foi de 1,41 Mg m-3, tanto na área pastejada como na não pastejada. No preparo convencional de solo, esses valores foram de 1,15 Mg m-3, na área pastejada e de 1,12 Mg m-3, na área não pastejada. A produtividade de grãos de milho (4,55 Mg ha-1) e de silagem (34,66 Mg ha-1) não foi afetada pelo pastejo ou pelo preparo do solo. O sistema de manejo do solo teve maior influência na densidade do solo do que o pisoteio animal, considerando o controle da carga animal ajustado ao crescimento da pastagem.

    Abstract in English:

    Farming and cattle-raising integrated system is an alternative to increase farmers' yield in southern Brazil (29º 45´south and 53º 42´ west Greenwich). However, grazing and, or, soil tillage may cause soil compaction at levels that can affect root growth and crop yield. The effect of animal trampling in continuous grazing during winter/spring (cold season) and soil management system effects on soil compaction, chemical attributes and root distribution were studied. The soil used was a Red-Yellow Podzolic (Hapludalf), with a loam surface texture. A cold season pasture composed of oats (Avena strigosa Schreb) and italian ryegrass (Lolium multiflorum L) was seeded, and an animal load adjusted to pasture growth was maintained. In December 1996, corn (Zea mays L) was planted for silage production, using the following treatments: no tillage after grazing, no tillage without previous grazing, conventional system after grazing, and conventional system without previous grazing. The evaluations shown in this study were related to the third-year data of the experiment, with a grazing period of 107 days. Forty-five days after corn emergence, trenches were dug (100 x 40 cm) for drawing the root distribution and collecting soil samples, in 5 cm increments, for soil chemical analyses, bulk density and root density determinations. Root distribution drawings showed more root bulk in the conventional system compared to no tillage, similarly to the results with Newman's counting method (root density). Animal trampling had no effect on soil physical properties, because pasture biomass was kept around 1.0 Mg ha-1 of dry matter. Soil bulk density, for the 5-10 cm depth, was 1.41 Mg m-3, for no tillage with and without previous grazing. For the conventional system, soil bulk density was of 1.15 Mg m-3, for previous grazing, and of 1.12 Mg m-3, for non-grazed area. Grain (4.55 Mg ha-1) and silage (34.66 Mg ha-1) yields were not affected by grazing or soil tillage. Soil tillage system had a greater influence on soil compaction than animal trampling, under controlled animal load adjusted to pasture growth.
  • Propriedades químicas e biológicas de solo de tabuleiro cultivado com cana-de-açúcar com e sem queima da palhada Manejo e Conservação do Solo e da Água

    Mendonza, H. N. S.; Lima, E.; Anjos, L. H. C.; Silva, L. A.; Ceddia, M. B.; Antunes, M. V. M.

    Abstract in Portuguese:

    Foram comparados dois sistemas de colheita dos canaviais: com queima prévia (Cana Queimada) e com espalhamento da palha na superfície (Cana Crua), em área cedida pela Linhares Agropecuária S.A., Linhares (ES). O solo foi classificado como Podzólico Amarelo de textura arenosa/média, originado de materiais da Formação Barreiras. Após seis anos de cultivo da cana-de-açúcar (1989-1994), foram avaliados a distribuição dos nutrientes, as frações humificadas e o carbono da biomassa microbiana. O sistema Cana Crua promoveu incrementos nos teores de carbono, na profundidade de 0-20 cm, e de magnésio em relação ao sistema Cana Queimada, o qual, por sua vez, apresentou maiores teores de potássio e fósforo. Com a adição da palha, percebeu-se o predomínio não só da fração humina e da fração ácidos fúlvicos, mas também de carbono imobilizado na biomassa microbiana, principalmente nos primeiros 5 cm, com maiores valores na estação chuvosa (novembro).

    Abstract in English:

    Two systems of sugar cane harvesting were compared: 1-previous burning (burned cane) and 2-straw spreading over the soil surface (green cane), over an area of Linhares Agropecuária S.A. plantation, in Linhares, Espírito Santo, Brazil. The soil was classified as Yellow Podzolic sandy over medium texture, developed from Barreiras Formation sediments. After six years of sugar cane cultivation (1989-1994), nutrient distribution, humified fractions, and soil microbial biomass dynamics were determined. The green cane system showed an increasing of soil carbon content in the 0-20 cm soil depth, as well as higher levels of exchangeable magnesium when compared to the burned cane system. However, the burned cane system had the highest levels of potassium and phosphorus in the surface layer. The straw addition resulted in the predominance of humin and fulvic acid fractions and of a greater portion of carbon immobilized in the soil microbial biomass, mainly in the 0-5 cm soil depth, with the highest values observed in the rainy season (November).
  • Efeito residual do calcário na produção de milho e soja em solo Glei Pouco Húmico Fertilizantes e corretivos

    Miranda, L. N.; Miranda, J. C. C.

    Abstract in Portuguese:

    O cultivo de milho e soja em solos ácidos requer a aplicação de calcário, para elevar o pH, reduzir a toxidez de alumínio e fornecer os nutrientes cálcio e magnésio. O calcário pode ter efeito residual prolongado, sendo necessário quantificar a durabilidade e a eficiência da calagem no solo por um período longo de cultivos sucessivos. Neste trabalho, deu-se continuidade a um experimento instalado na EMBRAPA Cerrados, em 1986, em solo Glei Pouco Húmico argiloso, com doses iniciais de 0, 2, 4, 6 e 8 t ha-1 de calcário dolomítico a lanço. A partir de 1990, foi cultivado o milho em rotação com a soja, em um total de sete cultivos sucessivos. Os dados de produtividade mostraram que o calcário aplicado em 1986 tem apresentado efeito residual. A resposta das duas culturas até o quarto cultivo e da soja, no sexto cultivo, foi significativamente maior a partir da primeira dose de 2 t ha-1 de calcário. No quinto e no sétimo ano de cultivo, a produtividade do milho foi significativamente maior, respectivamente, a partir das doses de 4 e 6 t ha-1 de calcário. A produtividade relativa máxima, para a média de quatro cultivos de milho e três cultivos de soja em sucessão, foi obtida com a saturação por bases do solo de 42% para o milho e 38% para a soja. A partir do quarto ano de aplicação do calcário, a perda anual média de cálcio + magnésio trocáveis do solo nos tratamentos com calcário foi de 2 mmol c dm-3.

    Abstract in English:

    Growing corn and soybean in acid soils requires lime application to raise the soil pH to reduce the aluminum toxicity and to add the nutrients calcium and magnesium. The residual effect of liming may last for several years of successive cropping. To evaluate this effect, an experiment was carried out in a Low Humic Gley soil in the EMBRAPA Cerrados Research Center, with the broadcasting application of lime levels of 0, 2, 4, 6 and 8 t ha-1, beginning in September, 1986. From September 1990, corn and soybean were sequentially cropped for seven years. Grain yield showed a significant response of corn and soybean to lime up to the third crop and of soybean in the fifth crop, from the 2 t ha-1 lime level upwards. Corn response to liming in the fourth and in the sixth crop was significant, respectively, from the 4 and 6 t ha-1 lime levels upwards. Maximum relative grain yield as an average for the four corn crops and three soybean crops was obtained, respectively, at a soil base saturation of 42% and 38%. From the fourth year to the tenth year after liming, the average annual decrease of exchangeable calcium + magnesium in the liming treatments was about 2 mmol c dm-3.
  • Degradação e adsorção de diuron em solos tratados com vinhaça Poluição do Solo e Qualidade Ambiental

    Prata, F.; Lavorenti, A.; Regitano, J. B.; Tornisielo, V. L.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da adição de vinhaça, nas doses de 100 e 200 m³ ha-1, nos processos de degradação e adsorção do herbicida diuron em solos Terra Roxa Estruturada (TR) e Latossolo Vermelho-Amarelo (LV). Para o estudo da degradação, foi instalado um experimento em delineamento inteiramente casualizado, arranjado em fatorial 2 (solos) x 3 (vinhaça: 0, 100 e 200 m³ ha-1), que foi conduzido por 120 dias. A mineralização foi avaliada por radiorrespirometria. Após os 120 dias, a molécula original e seus metabólitos foram extraídos do solo e detectados em "radio-scanner". Paralelamente, foi realizado um ensaio para avaliação do efeito das doses de vinhaça juntamente com o herbicida na atividade microbiana, pH e C orgânico do solo. O experimento de adsorção foi realizado com os mesmos tratamentos empregados no estudo de degradação, utilizando cinco concentrações do herbicida. A degradação do diuron no solo TR foi maior na presença de vinhaça, o que não foi observado para o LV. A adição do resíduo contribuiu para o aumento da atividade microbiana e do pH. A adsorção do diuron foi baixa nos dois solos, não apresentando influência da adição da vinhaça.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to evaluate the effects of vinasse (100 and 200 m³ ha-1) on the degradation and sorption of diuron in Rhodudalf and Haplorthox soiIs. For the degradation study an experiment was carried out in a completely randomized design with a factorial experiment of 2 (soils) x 3 (vinasse: 0, 100 and 200 m³ ha-1), for 120 days. The mineralization was evaluated by radiorespirometry. At the end of the incubation, the original compounds and their metabolites were extracted from the soils and detected in the radio-scanner. Another experiment was simultaneously carried out to evaluate the effect of the vinasse doses and herbicide on the microbial activity, pH and organic carbon content of the soil. The sorption experiment was carried out under the same conditions as the degradation study, with 5 herbicide concentrations. The diuron degradation in the Rhodudalf soil was higher in the vinasse presence, but no difference was found on the Haplorthox soil. The vinasse addition increased the microbial activity and the pH. The sorption of diuron was low and not affected by vinasse.
  • Crescimento e acúmulo de crômio em alface cultivada em dois latossolos tratados com CrCl3 e resíduos de curtume Poluição do Solo e Qualidade Ambiental

    Aquino Neto, V.; Camargo, O. A.

    Abstract in Portuguese:

    Resíduos sólidos de curtume e CrCl3 foram aplicados em dois solos, Latossolo Roxo eutrófico (LRe) unidade Ribeirão Preto e Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA) unidade Laranja Azeda, que se diferenciaram, dentre outros atributos, pelo teor de manganês facilmente redutível. Os resíduos utilizados foram lodo do efluente de caleiro com concentração 0,06 g kg-1 de crômio (LCL) e um lodo do decantador primário (LCR), contendo 17,4 g kg-1 de crômio, ambos na matéria seca, aplicados em doses correspondentes a 10, 20 e 30 Mg ha-1 e 19, 38 e 57 Mg ha-1 (base seca), respectivamente, de acordo com o teor de nitrogênio total de cada um. O CrCl3 foi aplicado nas doses de 330, 660 e 990 kg ha-1 de Cr, equivalentes às doses do metal aplicadas na forma de lodo (LCR). Realizou-se o experimento em vasos alocados em casa de vegetação (blocos ao acaso), que foram monitorados quanto à formação de Cr6+, aos 1, 6, 14, 28, 54 e 86 dias da instalação. Após o 56° dia de incubação, foi transplantada uma muda de alface (Lactuca sativa L.) para cada vaso, cultivada por um período de trinta dias. A oxidação do Cr3+ a Cr6+ foi verificada apenas para o LRe nos tratamentos que receberam doses crescentes de CrCl3. A formação de Cr6+ teve máximo entre 0,72 e 1,16% do Cr3+ aplicado, após um dia de incubação, decrescendo com o tempo, não sendo detectada a sua presença, para nenhuma das doses, após o 54° dia. A aplicação dos resíduos elevou a condutividade elétrica do extrato de saturação (2:1) de 1,40 a 5,07 Ds m-1 e a RAS de 3,05 a 14,12, afetando o desenvolvimento da alface e causando a morte das plantas nas doses mais altas, sendo tais efeitos mais pronunciados no LVA. A concentração de crômio na parte aérea das plantas aumentou, nem sempre de forma proporcional, com o aumento das doses aplicadas na forma de lodo ou sal, com efeito mais acentuado para o LVA do que para o LRe. A aplicação de resíduos de curtume no experimento, para ambos os solos, mostrou-se mais limitante pelo seu conteúdo de sais do que pela presença de crômio.

    Abstract in English:

    Tannery solid wastes and CrCl3 were applied to two Oxisols in a greenhouse pot experiment. Soils used were a Typic Eutrorthox (Dusky-Red Latosol - LRe) and Typic Haplorthox (Red-Yellow Latosol - LVA) of which the main difference was the manganese reducible content. The tannery wastes were sludge from the liming process with a total dry matter chromium content of 0.06 g kg-1 (LCL) and the primary sludge (LCR) with a total dry matter chromium content of 17 g kg-1. The sludges were applied at three different rates taking into account their total nitrogen content (10, 20 and 30 Mg ha-1 for the LCL and 19, 38 and 57 Mg ha-1 for the LCR, both at a dry weight basis). CrCl3 was applied at rates of 330, 660 and 990 kg ha-1 of chromium, equivalent to the rates of applied LCR sludge. Cr6+ was measured after 1, 6, 14, 28, 54 and 86 days of incubation. After the 56th day, a one month old lettuce seedling (Lactuca sativa L.) was planted and grown for 30 days. The Cr3+ oxidation was detected only at the CrCl3 treatment of the LRe soil, being the highest amount found after the first day of incubation (0.72 to 1.16% of the total applied Cr), decreasing afterwards to non detection limits in the 54th day. The application of both sludges increased the electrical conductivity (1.40 to 5.07 dS m-1) and the sodium adsorption rate (3.05 to 14.12). It affected lettuce development causing death of the plants at the highest rates. LCR and CrCl3 treatments increased the levels of chromium in the plant tops but not always proportionally with the increasing applied rates. Both ocurrences were more pronounced for the LVA soil. Under the conditions of the experiment, lettuce growth was limited primarily by salt than by chromium content.
Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Secretaria Executiva , Caixa Postal 231, 36570-000 Viçosa MG Brasil, Tel.: (55 31) 3899 2471 - Viçosa - MG - Brazil
E-mail: sbcs@ufv.br