Accessibility / Report Error

Memória actancial: Uma abordagem pragmática de lembranças do contato com a morte violenta

Actancial memory: A pragmatic approach regarding souvenirs of the close encounter with death

Resumo

A partir de uma pesquisa qualitativa, envolvendo observação e entrevistas com três diferentes grupos de pessoas que tiveram algum contato com a “morte violenta”, direta ou indiretamente, proponho uma forma de compreensão sociológica da memória, levando a sério o conjunto de elementos que a compõem e causam efeitos em situações correntes, para além de sua atuação como memória-hábito: nomeio-a de memória actancial. Com essa noção, argumento que lembranças-imagem, ligadas a situações de ferimento, tensão e morte, operam como dispositivos da memória em questão, dando e/ou alterando a tangibilidade de compreensão/sentido de momentos correntes vividos. Tomando apoio principalmente na filosofia pragmatista e na sociologia pragmática, mostro que a multitemporalidade da memória e as consequências imediatas das lembranças emergentes ou recuperadas causam efeitos na continuidade de vida dos atores estudados, que buscam ressignificá-las.

Palavras-chave:
Memória; Sociologia Pragmática; Violência; Morte; Dispositivo


Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 116, 05508-900 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 3091-4664, Fax: +55 11 3091-5043 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anpocs@anpocs.org.br