ZONEAMENTO AGROCLIMÁTICO PARA A CULTURA DA BANANA NA MESORREGIÃO DO VALE DO RIO DOCE – MG

GEOVÁLIA OLIVEIRA COELHO LUIZ ANTÔNIO DOS SANTOS DIAS FERNANDO LUIZ FINGER Sobre os autores

RESUMO

O objetivo desta pesquisa foi identificar, por meio de zoneamento, a aptidão edafoclimática da mesorregião Vale do Rio Doce para a produção comercial de banana. Os fatores utilizados no zoneamento agroclimático foram temperatura, altitude, precipitação, deficiência hídrica e tipo de solo. As informações sobre as condições térmicas foram obtidas do Instituto Nacional de Meteorologia e por meio de estimativas de modelo matemático. Os dados altimétricos foram obtidos por meio do modelo digital de elevação, gerado a partir de imagens ASTER da mesorregião. Os dados de precipitação foram coletados da literatura e da Agência Nacional de Águas. Para a obtenção dos dados de deficiência hídrica foi calculado o balanço hídrico normal. As informações de solo foram adquiridas do Programa GeoMinas. A pesquisa evidenciou que a bananeira pode ser cultivada, com o uso de irrigação, em 28,7% da área zoneada (1,1 milhão de hectare), com destaque para as microrregiões de Guanhães, Mantena e Aimorés. Por outro lado, 71,3% da mesorregião é inapta para o cultivo da banana, em função da altitude e do tipo de solo. A mesorregião Vale do Rio Doce não possui áreas preferenciais e/ou aptas ao cultivo de sequeiro da banana.

Termos para indexação
Musa spp.

Termos para indexação
zoneamento

Termos para indexação
Vale do Rio Doce

Sociedade Brasileira de Fruticultura Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n , 14884-900 Jaboticabal SP Brazil, Tel.: +55 16 3209-7188/3209-7609 - Jaboticabal - SP - Brazil
E-mail: rbf@fcav.unesp.br