Hipotireoidismo e sintomas neuropsiquiátricos graves: rápida resposta à levotiroxina

CARTA AOS EDITORES

Hipotireoidismo e sintomas neuropsiquiátricos graves: rápida resposta à levotiroxina

Eduardo Trachtenberg; Ives Cavalcante Passos; Werner Weiss Kleina; Da Rocha de Neusa Sica; Marcelo Pio de Almeida Fleck

Serviço de psiquiatria, Pesquisa e Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil

O hipotireoidismo é frequentemente associado às alterações da função cognitiva e depressão, embora os pacientes possam apresentar também desorientação, comprometimento da memória, distorções auditivas, retardo psicomotor e psicose. Embora a maioria dos pacientes alcance melhora dos sintomas com terapia de reposição de levotiroxina, uma minoria permanece com sintomas persistentes.

Este relato apresenta um exemplo de rápida melhora dos sintomas neuropsiquiátricos com reposição de levotiroxina. Para preparar esse relato de caso, revisamos as pesquisas publicadas no PubMed até fevereiro de 2012. Os seguintes descritores foram utilizados como palavras-chaves em nossa busca: hypothyroidism, dementia e cognition disorders.

Um senhor de 81 anos foi levado ao hospital com transtornos comportamentais, déficit de memória, agnosia, apraxia e delírios paranoides - mas sem demonstrar nenhum transtorno sensorial. Os sintomas haviam começado há 4 anos, mas pioraram em relação ao ano anterior. Sua filha relatou que ele tinha hipertensão, convulsões e hérnia inguinal, todas não tratadas, e afirmou que ele não estava tomando nenhuma medicação. Não tinha histórico de transtornos psicóticos ou de humor; no entanto, um irmão havia cometido suicídio e duas de suas filhas apresentavam retardo mental. O idoso apresentava pele seca, estava sem reflexos, com marcha também anormal e sofrendo de fadiga e intolerância ao frio. Sua pontuação no Mini-Mental foi de 15 (com escolaridade de um ano). Seu TSH era 222,28, tiroxina livre < 0,10 e anti-TPO > 1.000. Um eletroencefalograma revelou lentidão difusa e uma IRM mostrou possíveis sequelas isquêmicas e encefalomalacia parietal, provavelmente devido a um traumatismo antigo.

Utilizou-se até 100 µg de levotiroxina, haloperidol e valproato. Depois de dez dias, deixou de sentir fadiga e ter delírios, melhorou sua memória e orientação, e sua pontuação no Mini-Mental aumentou para 19. Após 40 dias, a pontuação no Mini-Mental tinha aumentado para 21, a tiroxina livre era 0,7 e o TSH, 23. Recebeu alta com acompanhamento ambulatorial planejado.

O diagnóstico principal foi de demência reversível por hipotireoidismo, mas as hipóteses de retardo mental, demência vascular e a doença de Alzheimer não puderam ser excluídas. A encefalopatia de Hashimoto (EH) também foi considerada, devido aos níveis elevados de anti-TPO.

Sobre o hipotireoidismo clínico, identificamos um estudo que documentou um caso de déficit em relação à memória verbal que melhorou com terapia com levotiroxina, sugerindo que este déficit é reversível.1 Outro estudo apontou diminuição na recuperação da memória em indivíduos com hipotireoidismo. O hipotireoidismo tratado a longo prazo não foi associado ao déficit na função cognitiva ou ao humor depressivo na terceira idade.2

A respeito do hipotireoidismo subclínico, diversas pesquisas não conseguiram apontar piora em nenhum dos domínios cognitivos.3 Entretanto, essas pesquisas possuíam algumas limitações, como a utilização de testes cognitivos pouco sensíveis, amostragem pequena e participantes heterogêneos. Alguns estudos relataram ainda um aumento na ansiedade e na depressão.4-5 Pesquisas com achados positivos tendem a mostrar déficits em funções executivas ou de memória que melhoraram no tratamento com levotiroxina (Tabela 1).

Também se considerou a encefalopatia de Hashimoto, que está relacionada com a tireoidite de Hashimoto e que, na maioria das vezes, é caracterizada por um início subagudo de confusão, alterações no nível de consciência e convulsões. No entanto, a falta de distúrbios sensoriais e a evolução insidiosa no paciente não apontaram encefalopatia de Hashimoto. Além disso, pacientes com EH geralmente apresentam a função tireoidiana normal, e melhoram com corticoides. Como este paciente reagiu positivamente à levotiroxina, decidimos contra a administração de corticoides.

Não se pode descartar a epilepsia, doença que poderia estar relacionada à encefalomalacia e poderia ter explicado as convulsões e alguns dos sintomas psiquiátricos.

Concluindo, gostaríamos de enfatizar a importância de se diagnosticar a síndrome de demência reversível.

Referências

1. Miller KJ, Parsons TD, Whybrow PC, van Herle K, Rasgon N, van Herle A, Martinez D, Silverman DH, Bauer M, et al. Memory improvement with treatment of hypothyroidism. Int J Neurosci 2006;116:895-906.

2. Kramer C, Von Mühlen D, Kritz-Silverstein D, Barret-Connor E. Treated hypothyroidism, cognitive function, and depressed mood in old age: the Rancho Bernardo Study. Eur Jour End. 2009;161:917-21.

3. Gussekloo J, van Exel E, de Craen AJ, Meinders AE, Frölich M, Westendorp RG. Thyroid status, disability and cognitive function, and survival in old age. JAMA. 2004;292(21):2591-9.

4. Samuels MH. Cognitive function in untreated hypothyroidism and hyperthyroidism. Curr Opin Endocrinol Diabetes Obes. 2008;15(5):429-33.

5. Almeida C, Brasil MA, Costa AJL, Reis FAA, Reuters V, Teixeira P, Ferreira M, Marques AM, Melo BA, Teixeira LBBM, Buescu A, Vaisman M. Subclinical hypothyroidism: psychiatric disorders and symptoms. Rev Bras Psiquiatr. 2007;29(2):157-9.

6. Jorde R, Waterloo K, Storhaug H, Nyrnes A, Sundsfjord J, Jenssen TG. Neuropsychological function and symptoms in subjects with subclinical hypothyroidism and the effect of thyroxine treatment. J Clin Endocrinol Metab. 2006;91(1):145-53.

7. Zhu DF, Wang ZX, Zhang DR, Pan ZL, He S, Hu XP, Chen XC, Zhou JN. fMRI revealed neural substrate for reversible working memory dysfunction in subclinical hypothyroidism. Brain. 2006;129(Pt 11):2923-30.

8. Yamamoto N, Ishizawa K, Ishikawa M, Yamanaka G, Yamanaka T, Murakami S, Hiraiwa T, Okumiya K, Ishine M, Matsubayashi K, Otsuka K. Cognitive function with subclinical hypothyroidism in elderly people without dementia: one year follow up. Geriatr Gerontol Int. 2012;12(1):164-5.

  • 1. Miller KJ, Parsons TD, Whybrow PC, van Herle K, Rasgon N, van Herle A, Martinez D, Silverman DH, Bauer M, et al. Memory improvement with treatment of hypothyroidism. Int J Neurosci 2006;116:895-906.
  • 2. Kramer C, Von Mühlen D, Kritz-Silverstein D, Barret-Connor E. Treated hypothyroidism, cognitive function, and depressed mood in old age: the Rancho Bernardo Study. Eur Jour End. 2009;161:917-21.
  • 3. Gussekloo J, van Exel E, de Craen AJ, Meinders AE, Frölich M, Westendorp RG. Thyroid status, disability and cognitive function, and survival in old age. JAMA. 2004;292(21):2591-9.
  • 4. Samuels MH. Cognitive function in untreated hypothyroidism and hyperthyroidism. Curr Opin Endocrinol Diabetes Obes. 2008;15(5):429-33.
  • 5. Almeida C, Brasil MA, Costa AJL, Reis FAA, Reuters V, Teixeira P, Ferreira M, Marques AM, Melo BA, Teixeira LBBM, Buescu A, Vaisman M. Subclinical hypothyroidism: psychiatric disorders and symptoms. Rev Bras Psiquiatr. 2007;29(2):157-9.
  • 6. Jorde R, Waterloo K, Storhaug H, Nyrnes A, Sundsfjord J, Jenssen TG. Neuropsychological function and symptoms in subjects with subclinical hypothyroidism and the effect of thyroxine treatment. J Clin Endocrinol Metab. 2006;91(1):145-53.
  • 8. Yamamoto N, Ishizawa K, Ishikawa M, Yamanaka G, Yamanaka T, Murakami S, Hiraiwa T, Okumiya K, Ishine M, Matsubayashi K, Otsuka K. Cognitive function with subclinical hypothyroidism in elderly people without dementia: one year follow up. Geriatr Gerontol Int. 2012;12(1):164-5.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    16 Jan 2013
  • Data do Fascículo
    Dez 2012
Associação Brasileira de Psiquiatria Rua Pedro de Toledo, 967 - casa 1, 04039-032 São Paulo SP Brazil, Tel.: +55 11 5081-6799, Fax: +55 11 3384-6799, Fax: +55 11 5579-6210 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: editorial@abp.org.br