Accessibility / Report Error
Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, Volume: 4, Issue: 4, Published: 2004
  • Publicações científicas eletrônicas no Brasil Editorial

  • Adverse drug reactions in pediatrics: a systematic review of prospective studies Revisão

    Santos, Djanilson Barbosa dos; Coelho, Helena Lutéscia Luna

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo desta revisão foi explorar e comparar as informações derivadas de estudos prospectivos sobre a incidência de reações adversas a medicamentos (RAM) em pediatria, publicados de janeiro de 1966 a novembro de 2003 em revistas indexadas nas bases MEDLINE, IPA e LILACS. Foram buscados trabalhos que abordassem a ocorrência de RAM em crianças atendidas em ambulatório, durante a hospitalização ou como causa de internação hospitalar não focalizados em tratamentos ou condições clínicas específicas. A análise incluiu vinte estudos de coorte prospectivos, entre os quais a incidência de RAM variou de 0,75% a 11,1% em ambulatório, de 0,6 a 4,3% como causa de internação hospitalar e de 4,4 a 18,1% entre crianças hospitalizadas. O trabalho ressalta o potencial de contribuição dos estudos prospectivos para o uso seguro de medicamentos em pediatria e sugere que a padronização de definições e de critérios metodológicos poderia torná-los mais úteis para esse objetivo.

    Abstract in English:

    The aim of this literature review is to explore and to compare information derived from prospective studies of adverse drug reactions (ADR) incidence in pediatrics. A systematic literature research was performed looking for studies involving outpatient and inpatient children as well hospitalizations due to ADR. The studies were identified in MEDLINE, IPA and LILACS databases from January 1966 to November 2003. Investigation focused on specific treatments or morbidities was not included in the review. Twenty prospective cohort studies were included in the analysis. In outpatient investigations ADR incidence varied from 0.75% to 11.1% between the studies; 0.6% to 4.3% of hospital admissions were related to ADR with ADR frequency during hospitalization varying from 4.4% to 18.1% of the children. The lack of definition standards and of methodological criteria hindered results comparison and could partly explain the different observations.
  • Hypothyroidism in pregnancy Revisão

    Costa, Sheila Mamede da; Netto, Lino Sieiro; Buescu, Alexandre; Vaisman, Mario

    Abstract in Portuguese:

    A gestação induz mudanças fisiológicas na função tireoidiana materna. Além disso a presença de auto-imunidade tireoidiana ou de deficiência de iodo exacerbam essas alterações, podendo resultar em hipotireoidismo materno e/ou fetal e desta forma ocasionar complicações para as mães e o desenvolvimento dos fetos. Vários estudos têm demonstrado que filhos de mães com hipotireoidismo não tratado durante a gestação, podem apresentar comprometimento do desenvolvimento intelectual. O objetivo desta revisão bibliográfica é mostrar a importância de identificar e tratar precocemente as gestantes com essa enfermidade, e dessa forma eliminar os riscos de complicações. Recomenda-se também que as mulheres com diagnóstico prévio de hipotireoidismo devem ser aconselhadas a estabilizar a sua doença antes da gestação e assim previnirem em complicações.

    Abstract in English:

    Pregnancy induces many physiological changes in maternal thyroid function. Furthermore, the presence of thyroid autoimmunity or iodine deficiency can exacerbate these alterations, resulting in maternal and/or fetal hypothyroidism and further occasional complications for the mother and the development of the fetus. Several studies have reported that untreated hypothyroidism during pregnancy may cause a significant decrease in intellectual development of the offspring. The aim of this review of the literature is to show the importance of identification and early therapy in pregnant women thus eliminating the risk of complications. We also point that women with previously diagnosed hipothyroidism should be advised to stabilize their disease before becoming pregnant to avoid these complications.
  • Phototherapy in the newborn infant: evaluation of clinical practice Artigos Originais

    Vieira, Alan Araújo; Lima, Carmem Lúcia Mendonça Accetta; Carvalho, Manoel de; Moreira, Maria Elisabeth Lopes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: descrever o uso da fototerapia na prática clínica diária pelos profissionais de saúde das maternidades públicas da cidade do Rio de Janeiro. MÉTODOS: chefes de serviço, médicos e profissionais da área de enfermagem de 17 maternidades públicas foram entrevistados sobre questões operacionais relacionadas ao manuseio das fototerapias em seus serviços. RESULTADOS: oitenta e nove profissionais de saúde foram entrevistados. Setenta e quatro por cento dos médicos afirmaram a existência de uma rotina escrita para o tratamento da icterícia neonatal em seu serviço, havendo, porém, grande variabilidade nas respostas quanto às condutas adotadas, inclusive entre profissionais de uma mesma unidade; 74% dos médicos prescrevem fototerapia profilática e 64% afirmaram aumentar a taxa hídrica durante o tratamento. A distância utilizada entre o recém-nascido e a fonte luminosa variou de 20 a 70 cm. Metade dos entrevistados afirmou que não havia uma rotina para a verificação da irradiância durante a fototerapia. Observou-se enorme variação nos níveis séricos de bilirrubina utilizados para a indicação de fototerapia e exanguineotransfusão. CONCLUSÕES: os resultados sugerem que não existe um consenso entre os profissionais de saúde quanto ao uso da fototerapia, sendo que algumas práticas adotadas rotineiramente podem diminuir a eficácia do tratamento.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to describe the use of phototherapy in the day to day clinical practice by healthcare professionals of public maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro. METHODS: heads of healthcare departments, doctors and nurses of 17 public maternity hospitals were interviewed on issues related to phototherapy management in their services. RESULTS: eighty nine healthcare professionals were interviewed. Seventy four per cent of the doctors noted there was a written guideline for neonatal jaundice management in their departments but with a great variation of responses related to the medical conduct adopted, including among professionals working in the same unit, 74% of doctors prescribed prophylactic phototherapy and 64% said they increased fluid intake during treatment. Distance placed between the newborn and the irradiance source varied from 20 to 70 cms. Half of the respondents noted the lack of guidelines to verify irradiation during phototherapy. A marked variation of bilirubin serum levels were used for phototherapy and exchange blood transfusion indications. CONCLUSIONS: our findings suggest the lack of consensus among healthcare professionals related to the use of phototherapy and that some of the routinely adopted practices could impair treatment efficacy.
  • Atmospheric pollution effects on childhood health: an environmental study in the Paraíba Valley Original Articles

    Nascimento, Luiz Fernando C.; Módolo, Maria Carolina C.; Carvalho Jr., João A.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: estimar as correlações entre os níveis de poluentes atmosféricos e o número de internações por doença respiratória em crianças, em hospital universitário. MÉTODOS: trata-se de um estudo ecológico de série temporal. Os dados sobre poluentes atmosféricos foram obtidos junto à CETESB e os dados sobre internação hospitalar, junto ao SAME do Hospital Universitário de Taubaté, Brasil. O estudo se refere a dados e internação do ano de 2001. Para estudar as correlações dos valores dos poluentes entre si e entre as internações, utilizou-se da técnica de correlação de Pearson. Foram estimados os riscos relativos para internação por doença respiratória comparando os quartis dos agentes poluentes com os valores do primeiro quartil. A significância estatística adotada foi alfa = 5%. RESULTADOS: foram internadas 158 crianças com doença respiratória no ano de 2001 (30% do total de internações no ano). Os poluentes estiveram correlacionados entre si e houve correlação positiva, entre o número de internação e dióxido de enxofre e material particulado; houve aumento de 25% no risco de internação comparando o quarto quartil e o primeiro quartil. CONCLUSÕES: houve correlação positiva entre número de internações por doenças respiratórias e poluentes atmosféricos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to estimate correlation between atmospheric pollutants and the number of children admissions by respiratory disease in the year 2001. METHODS: this is an ecological study of time series. The data on the atmospheric pollutants were obtained at CETESB and the data on hospital admissions were obtained at the Medical Archive Service of the Taubaté University Hospital, in Taubaté. In order to study the correlation of pollutants concentration values between themselves and with the admissions, the Pearson correlation technique was utilised. The relative risks for admission by respiratory disease were estimated comparing the quartiles of the pollutant agents with values of the first quartile. The adopted statistical significance was alpha = 5%. RESULTS: one hundred and fifty eight children were admitted with respiratory disease in the year 2001 (30% of annual admissions). The pollutants were correlated between themselves. There was a positive correlation between the number of admissions and the concentrations of sulphur dioxide and particulate material. There was an increase of 25 % in the admission risk when comparing the fourth and the first quartiles. CONCLUSIONS: there was positive correlation between admission by respiratory disease and the concentration of atmospheric pollutants.
  • Health care evaluation of pregnant women: the case of the municipality of São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Moraes, Maria Sílvia de; Kujumjian, Fátima Grisi; Chiaravalloti Neto, Francisco; Lopes, José Carlos Cacau

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: detectar mudanças em indicadores de qualidade da assistência às mulheres que tiveram filhos no município de São José do Rio Preto, entre 1997 e 2001, a partir da fixação de percentual máximo de cesarianas. MÉTODOS: a população alvo foi de mulheres residentes e que tiveram filhos nos hospitais do município em 1997 e 2001 e em especial aquelas atendidas por hospitais cuja maioria de leitos era financiada pelo Sistema Único de Saúde. Trata-se de estudo descritivo com desenho de corte transversal que utilizou dados primários e secundários. Os primários foram coletados através de inquérito domiciliar realizado por amostragem e os secundários obtidos das Declarações de Nascidos Vivos do Sistema de Nascidos Vivos. RESULTADOS: entre 1997 e 2001 constatou-se redução da gravidez na adolescência e aumento da escolaridade das mulheres. Observou-se que as proporções de cesárea diminuíram nos hospitais selecionados e que houve aumento no número de consultas no pré-natal. Não houve alterações no peso ao nascer, Apgar, idade gestacional e nas proporções das mulheres que achavam o parto normal o mais indicado. Os indicadores relacionados com a amamentação apresentaram melhoria. CONCLUSÕES: verificou-se a melhoria em alguns dos indicadores avaliados, embora o acolhimento nos serviços mereça ser problematizado em São José do Rio Preto.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to identify changes of health care indicators of women who gave birth in the municipality of São José do Rio Preto, between 1997 and 2001, according to the established maximum percentage of c-sections. METHODS: women who reside and gave birth in hospitals within the municipal in 1997 and 2001 were included in the study and specifically those who were treated in hospitals that primarily serve the National Health Care System. This was a descriptive cross-sectional survey using primary and secondary data sources. The primary data were collected using a questionnaire by sampling and secondary data came from birth certificates from the "Life Birth Registration System". RESULTS: between 1997 and 2001, a reduction in teenage pregnancies and an improvement in the education of women were seen. The number of c-sections was reduced in the evaluated hospitals and there was an increased number of prenatal consultations. However, other indicators such as birth weight, Apgar score, gestational age and the number of women who thought normal childbirth was the most recommended showed no changes. The indicators related to breastfeeding improved. CONCLUSIONS: an improvement in some of the assessed indicators was seen, although the quality of the services in São José do Rio Preto needs to be further discussed.
  • Perinatal complications in infected pregnancy women by the human immunodeficiency virus Artigos Originais

    Abeyá, Renata; Sá, Renato Augusto Moreira de; Silva, Evelise P. da; Netto, Hermógenes Chaves; Bornia, Rita Guerios; Amim Jr., Joffre

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: analisar as complicações perinatais em gestantes infectadas pelo HIV. MÉTODOS: estudo do tipo coorte, realizado em centro perinatal terciário, no período de 1 de janeiro de 1996 a 31 de março de 2003. Foram selecionadas para o estudo 7698 gestações, cujos critérios de inclusão foram: gestação única e idade gestacional superior a 22 semanas. A infecção pelo HIV foi confirmada pelos testes ELISA e Western Blot. Estudou-se a associação entre a presença da infecção pelo HIV e as seguintes variáveis: ruptura prematura de membranas, parto prematuro, muito baixo peso ao nascimento, infecção puerperal, Apgar baixo no primeiro e quinto minutos, crescimento intra-uterino restrito (CIUR) e pequeno para a idade gestacional (PIG). RESULTADOS: do total de gestantes estudadas, 228 (2,96%) estavam infectadas pelo HIV. Os resultados dos testes estatísticos indicam que a infecção pelo HIV não é fator de risco para a ruptura prematura de membranas (RR = 0,48, p <0,01), parto prematuro (RR = 0,92, p = 0,01), muito baixo peso ao nascimento (RR = 0,69, p = 0,54), infecção puerperal (RR = 0,00, p = 0,31), Apgar menor do que sete no primeiro minuto (RR = 0,81, p = 0,40) e no quinto minuto (RR = 0,36, p = 0.19). Entre as variáveis estudadas, a hipótese de homogeneidade das proporções foi rejeitada para crescimento intra-uterino restrito (RR = 5,27, p <0,01) e pequeno para a idade gestacional (RR = 1,73, p < 0,01). CONCLUSÕES: a ocorrência de complicações maternas e fetais em gestantes infectadas pelo HIV não é diferente da observada em mulheres não infectadas, com exceção CIUR e PIG.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to evaluate perinatal complications in pregnant women infected by HIV. METHODS: this was a hospital-based cohort study of consecutive births at a tertiary perinatal center from January 1, 1996 to March 31, 2003. A total of 7698 pregnancies met the inclusion criteria which were singleton pregnancies with minimal gestational age 22 weeks. HIV infection was confirmed by the tests ELISA and Western Blot. We studied premature rupture of membrane (PROM), premature birth, very-low birth weight, puerperal infection and the newborn condition at birth (Apgar score in the first and fifth minute), intra-uterine grow restriction (IUGR) and low for gestational age (LGA). RESULTS: 228 (2.96%) of the pregnant women were infected by HIV. HIV infection was nor a risk factor for PROM (RR = 0.48, p <0.01) or for premature birth (RR = 0.92, p <0.01). There was no statistical association between HIV infection and: very-low birth weight (birth weight below 1500 g) (RR = 0.00, p = 0.31), low Agar score (below seven) at the first minute (RR = 0.81, p = 0.40) and fifth minute (RR = 0.36, p = 0.19). We observed that HIV infection was a risk factor for IUGR (RR = 5.27, p <0.01) and LGA (RR = 1.73, p <0.01). CONCLUSIONS: we did not observe adverse perinatal outcome in HIV infected pregnant women except IUGR and LGA.
  • Prevalence of overweight and obesity in school children in public school of Florianópolis, Santa Catarina Artigos Originais

    Soar, Claudia; Vasconcelos, Francisco de Assis Guedes de; Assis, Maria Alice Altenburg de; Grosseman, Suely; Luna, Maria Elizabeth Peixoto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: determinar a prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares de sete a nove anos de uma escola pública de Florianópolis. MÉTODOS: foram investigadas 419 crianças entre sete e nove anos de idade, sendo 215 (51,3%) do sexo masculino e 204 (48,7%) do feminino. Como critério diagnóstico de sobrepeso e obesidade foram utilizados os pontos de corte de Índice de Massa Corporal (IMC). Para a verificação das diferenças entre prevalências utilizou-se o teste qui-quadrado. RESULTADOS: encontrou-se prevalência de 17,9% de sobrepeso, sendo maior no sexo masculino (19,1%) do que no feminino (16,7%) e 6,7% de obesidade, com maiores valores no sexo masculino (7,9%) do que no feminino (5,4%), embora a diferença não tenha sido estatisticamente significante. Observou-se maior prevalência de sobrepeso entre as crianças de oito anos (20,4%) e a maior prevalência de obesidade entre aquelas de nove anos (6,8%). Considerando-se faixa etária e sexo a maior prevalência de sobrepeso foi no sexo feminino aos oito anos e de obesidade no sexo masculino aos sete anos de idade. CONCLUSÕES: verificou-se uma elevada prevalência de sobrepeso e obesidade, quando comparada a outros estudos nacionais e internacionais. Esses achados apontam para a adoção de medidas de intervenção nutricional visando à melhoria dos hábitos alimentares e do estado nutricional dos escolares investigados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to determine overweight and obesity in school aged children between seven and nine years old in a public school in Florianopolis. METHODS: four hundred and nineteen children between seven and nine years old were surveyed, 215 (51.3%) males and 204 (48.79%) females. Overweight and obesity diagnostic criteria were determined by the cut-off points of body mass index (BMI). To determine prevalence difference the chi-square test was used. RESULTS: a 17.9% overweight prevalence was determined with higher prevalence in males (19.1) than in females (16.7%) and 6.7% of obesity with higher values for males (7.9%) than females (5.4%) although this difference is not statistically significant. There's a higher overweight prevalence in eight year olds (20.4%) and higher obesity prevalence in nine year olds (6.8%). Considering age group and gender the higher overweight prevalence was determined for eight year old females and obesity for seven year olds males. CONCLUSIONS: a high overweight and obesity prevalence was determined when compared to other national and international studies. These findings point towards the need of nutritional intervention measures aiming at the improvement of nutrition habits and nutritional status in the schools surveyed.
  • Incentive to breast feeding: an evaluation of family health teams in the municipality of Olinda, Pernambuco Artigos Originais

    Dubeux, Luciana Santos; Frias, Paulo Germano de; Vidal, Suely Arruda; Santos, Daniela Maria dos

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: avaliar o grau de implantação da ação de Incentivo ao Aleitamento Materno (IAM) em Olinda, 2003. MÉTODOS: estudo avaliativo-normativo, transversal realizado nas 40 Equipes de Saúde da Família (ESF) implantadas nos dois Distritos Sanitários (DS) de Olinda, entre julho e setembro de 2003. O instrumento utilizado contemplou questões relativas à ação de IAM e a julgou como implantada (90% a 100% de respostas positivas), parcialmente implantada aceitável (70% a menos de 90% de respostas positivas), parcialmente implantada não aceitável (50% a menos de 70% de respostas positivas) e não implantada (concordância inferior a 50%). RESULTADOS: a ação de IAM foi implantada em 22,5% das ESF e em 57,5% parcialmente implantada aceitável, havendo melhor desempenho do DS II. Dentre as atividades para a promoção da ação, destacam-se: o "incentivo precoce ao aleitamento materno exclusivo", a "orientação no pré-natal", a "orientação alimentar para o desmame" e o "envolvimento multiprofissional", como as mais desenvolvidas pelas equipes de ambos os DS. CONCLUSÕES: houve insuficiente adesão das ESF às atividades preconizadas pelo Ministério da Saúde, repercutindo no grau de implantação da ação de IAM, e possivelmente desfavorecendo um aumento da prevalência do aleitamento materno exclusivo e suas modalidades em Olinda.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to assess performance of the Breast Feeding Incentive Program implementation in the municipality of Olinda, in 2003. METHODS: a normative, cross sectional assessment study in the 40 Family Healthcare Teams implemented in two Sanitary Districts of the Olinda municipality from July to September, 2003. This study focused on the Breast Feeding Incentive Program and determined as implemented (90% to 100% of affirmative answers), partially acceptable implementation (70% to less than 90% of affirmative answers) and not implemented (less than 50% of affirmative answers). RESULTS: the Breast Feeding Program implementation program by the Family Healthcare Teams was rated in 22.5%, considering partially acceptable implementation with the best performance determined for Sanitary District II. Among activities to promote the program, (highlights) the following was listed "early incentive to exclusive breast feeding", "prenatal orientation", "and nutritional orientation for weaning" and "multidisciplinary professional involvement", as being especially focused by the teams of both Sanitary Districts. CONCLUSIONS: insufficient adhesion of family healthcare teams to the activities established by the Ministry of Health, impacting the degree of implementation of the Breast Feeding Incentive Program and possibly not favoring prevalence increase of exclusive breast feeding and modalities in the municipality of Olinda.
  • Determinants of neonatal mortality in a cohort of born alive infants, Montes Claros, Minas Gerais, 1997-1999 Artigos Originais

    Martins, Eunice Francisca; Velásquez-Meléndez, Gustavo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: identificar os fatores de risco para a mortalidade neonatal a partir das informações contidas no Sistema de Informação de Nascidos Vivos e Sistema de Informações de Mortalidade na cidade de Montes Claros, no período de 1997 a 1999. MÉTODOS: foi utilizada a técnica de linkage para concatenar as declarações de óbitos com as respectivas declarações de nascidos vivos. A identificação dos fatores associados à mortalidade neonatal foi realizada através das análises univariada e multivariada; obteve-se o cálculo dos riscos e seus intervalos de confiança de 95%. RESULTADOS: os nascidos vivos foram 20.506 e os óbitos 275, resultando um coeficiente de mortalidade neonatal anual médio de 13,4 por mil nascidos vivos. Através da análise multivariada constituíram-se fatores de risco independentes para a ocorrência dos óbitos neonatais a prematuridade, o baixo peso ao nascer e o escore de Apgar inferior a 7 no 1º e 5º minutos de vida. CONCLUSÕES: esforços devem ser dirigidos no sentido de garantir uma assistência obstétrica e neonatal na cidade de Montes Claros que propicie condições para uma gestação e nascimento seguros, favorecendo, assim, a sobrevivência no início da vida.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to identify the factors of risk for the neonatal mortality with information from born alive information system and mortality information system in city of Montes Claros, in the period of 1997 through 1999. METHODS: the linkage technique has been used to link the declarations of death with the respective declarations of the infants who were born alive. The identification of factors associated to neonatal mortality has been done through bivaried and multi-variable analysis, obtaining the calculus of risk and its 95% confidence interval. RESULTS: the infants who were born alive were 20.506 and the deaths 275 which resulted in a coefficient of neonatal mortality of 13.4 to one thousand who were born alive. Through the multi-varied analysis, independent factors of risk were obtained for the occurrence of neonatal deaths to prematurely born infants, the low weight when they are born and the score of Apgar lower than seven in the first and fifth minute of life. CONCLUSIONS: efforts have been made to improve the obstetrics and neonatal assistance in the city of Montes Claros, providing conditions for safe pregnancy and birth, thus increasing the chances of survival in the beginning of life.
  • Underlying cause of infant mortality in Distrito Federal, Brazil: 1990 to 2000 Artigos Originais

    Monteiro, Renata Alves; Schmitz, Bethsáida de Abreu Soares

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: caracterizar a tendência da mortalidade infantil no Distrito Federal por causa básica de morte e segundo causas evitáveis entre 1990 e 2000. MÉTODOS: estudo ecológico a partir do total de óbitos infantis e nascimentos ocorridos, utilizando-se os sistemas de informação produzidos pelo Ministério da Saúde. Para avaliação, segundo causa básica de morte, usou-se a Classificação Internacional de Doenças. Para a análise, segundo causas evitáveis, foi utilizado o critério estabelecido pela Fundação SEADE. RESULTADOS: predominaram os óbitos devido a afecções perinatais, seguidos das mortes em decorrência de anomalias congênitas, porém a maior redução ocorreu no coeficiente de mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias. Quando se avalia cada coeficiente em separado, destacam-se, nos óbitos neonatais, aqueles redutíveis por meio de ações de diagnóstico e tratamento precoces e os não evitáveis. Entre as mortes pós-neonatais, destacam-se aquelas também redutíveis por ações precoces de diagnóstico e tratamento e por meio de parcerias com outros setores, como aqueles óbitos por diarréia e infecções respiratórias agudas. CONCLUSÕES: verifica-se a necessidade de intervenção efetiva nas causas de morte e componentes da mortalidade infantil, principalmente naquelas relacionadas ao cuidado durante a gravidez, parto e puerpério, além daquelas que implicam na ação conjunta de vários setores.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: to characterize the tendency of infant mortality in Distrito Federal (DF) considering underlying causes of death and the avoidable causes criteria between 1990 and 2000. METHODS: an ecological study using total infant deaths and births. Information systems of the Ministry of Health were used to obtain data. Assessment of underlying death causes was based on the International Classification of Disease. For avoidable causes analysis related to the criteria established by the SEADE foundation was used. RESULTS: deaths from perinatal problems were predominant, followed by deaths related to congenital anomalies. However, greater reduction occurred in the mortality rate resulting from parasitic and infection diseases. When each coefficient was analyzed separately, neonatal deaths, avoidable deaths through early diagnosis and treatment and non-avoidable deaths are outstanding CONCLUSIONS: the need for effective interventions in the causes of death and child mortality, specially related with the care during pregnancy, delivery and after-birth in addition to intervention by civil society sectors was determined.
  • Mother's feelings and perceptions of the obstetric-neonatal care in an a terciary level teaching hospital Artigos Originais

    Rugolo, Ligia Maria Suppo de Souza; Bottino, Juliana; Scudeler, Silvia Regina Marchioni; Bentlin, Maria Regina; Trindade, Cleide Enoir Petean; Perosa, Gimol Bezaquen; Rugolo Junior, Antonio

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: avaliar percepções e sentimentos de puérperas adultas e adolescentes, relacionados ao filho e a assistência materno-infantil, em hospital universitário de nível terciário. MÉTODOS: estudo transversal, envolvendo 180 puérperas, no Alojamento Conjunto (AC) e no Berçário Interno (BI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu , entrevistadas no segundo e terceiro dia pós-parto e distribuídas em três grupos: adultas primíparas, adultas multíparas e adolescentes. Para comparação entre grupos e locais de internação utilizou-se o chi2 ou teste de Fisher. RESULTADOS: ultrasom obstétrico e cardiotocografia tiveram impacto positivo na emoção materna. Houve pouca diferença entre os grupos quanto aos sentimentos antes e após o parto, sendo felicidade, amor, responsabilidade, ansiedade e medo os mais freqüentes. A culpa predominou nas adolescentes do BI. As percepções relacionadas ao filho, a avaliação da assistência e equipe, não diferiram entre adultas e adolescentes. Nas duas enfermarias o relacionamento entre mães e cuidadores foi bom, as mães mostraram-se satisfeitas com a equipe e a assistência, mas o aleitamento materno foi pouco valorizado e poucas mães conheciam o médico. CONCLUSÕES: está ocorrendo um processo de humanização na assistência materno-infantil deste hospital universitário, mas alguns aspectos precisam ser melhorados, especialmente a valorização do aleitamento materno e a individualização no contato médico-paciente.

    Abstract in English:

    OBJETIVOS: to evaluate mother's (adults and adolescents) feelings and perceptions about their infants and the obstetric-neonatal care in a terciary level teaching hospital. METHODS: cross-sectional survey. 180 mothers were interviewed two and three days postpartum, in the maternity wards and nurseries of the Hospital das Clínicas- Faculdade de Medicina de Botucatu and distributed in three groups: adult multiparous, adult primiparous and adolescents. chi2 test or Fisher test were used to compare groups and wards, alpha = 5%. RESULTS: obstetric ultrasound and cardiotocography had positive impacts on maternal emotion. Small differences were determined between the three groups related to their feelings before and following delivery. Prevalent feelings were: love, happiness, responsibility, anxiety and fear. Guilt was frequent among adolescents in the maternity wards. Mothers' perception of babies, their evaluation of postnatal care and caregivers were the same for adult and adolescent mothers. In both maternity wards mothers and caregivers related well, mothers were happy with the neonatal care they were receiving and with their caregivers; however breast feeding was not valued enough and few mothers knew who their doctors were. CONCLUSIONS: a more humane approach for mothers and newborns is taking place at the university hospital but some aspects could be improved on specially pertaining to focus on breastfeeding and a more personal contact between doctors and patients.
  • Setting up epidemiology centres in high-complexity public hospitals in Recife, Pernambuco State, Brazil: an evaluation Artigos Originais

    Mendes, Marina F. de Medeiros; Freese, Eduardo; Guimarães, Maria José Bezerra

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem por objetivo avaliar a implantação dos núcleos epidemiologia de sete hospitais de alta complexidade da rede publica de saúde de Pernambuco, identificando os principais problemas e dificuldades para sua implantação e operacionalização. Para avaliar o grau de implantação foi construído um sistema de escores, baseado na situação dos recursos físicos, materiais e humanos, práticas operacionais, atividades de ensino e pesquisa e gestão dos núcleos. A constituição dos núcleos e sua regulamentação foi um grande avanço institucional, porém a operacionalização vem encontrando muitas dificuldades. O atual estágio de implantação da maioria dos núcleos não é satisfatório, existindo diferenças marcantes em relação ao grau de implantação entre os hospitais. O contexto político representado pela decisão dos gestores influenciou efetivamente no grau de implantação e dependendo da atuação dos atores de apoio ou não, representou uma força antagônica ou sinérgica ao investimento.

    Abstract in English:

    This article has the objective of assessing the implementation of epidemiological nuclei in seven high complexity hospitals of the public hospital network in Pernambuco, determining the principal problems and difficulties for implementation and start-up. To assess the degree of implementation a score system was designed based on facilities, material and human resources, operating practices, teaching and research activities and nuclei management. The organization of the nuclei and their regulation has been a great institutional landmark, but start-up has been facing many constraints. The current implementation status in the majority of the nuclei is not satisfactory, with marked differences related to the implementation state among the hospitals. Political context expressed by decision makers has in fact impacted the degree of implementation and depending on how supportive the actors, has represented investment related antagonist or synergic forces.
  • Fortalecimento das ações de monitoramento e avaliação da atenção básica Informes Técnico-Institucionais

  • Untitled document Resenhas

  • Untitled document Teses

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Rua dos Coelhos, 300. Boa Vista, 50070-550 Recife PE Brasil, Tel./Fax: +55 81 2122-4141 - Recife - PR - Brazil
E-mail: revista@imip.org.br