Dose letal de radiação gama para ovos de Corcyra cephalonica (Stainton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae), traça do arroz

Lethal dose of gamma radiation for eggs of Corcyra cephalonica (Stainton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae), rice moth

J.A. Duarte Aguilar V. Arthur Sobre os autores

Resumos

O. experimento teve como objetivo observar os efeitos da radiação gama em ovos da traça do arroz, Corcyra cephalonica (STAINTON, 1865). As doses utilizadas no experimento foram; 0; 25; 50; 75; 100; 125; 150; 175; 200 Gy. O experimento foi conduzido em sala climatizada a 25 ± 2°C e 70 ± 10% de umidade relativa. Observou-se que as doses letais DL50 e DL100 para ovos provenientes de adultos criados em dieta artificial foram respectivamente de 16 e 75 Gy.

radiação gama; traça do arroz; Corcyra cephalonica; dose letal


The aim of this experiment was to observe the effects of gamma radiation on rice moth Corcyra cephalonica (STAINTON, 1865) eggs. The doses utilized in this experiment were 0; 25; 50; 75; 100; 125; 150; 175; 200 Gy. The experiment was carried out in a climatic room at 25 ± 2°C and 70 ± 10% R.H. It was observed that lethal dose LD50 and LD100 for eggs from adults reared by artificial diet were 16 and 75 Gy, respectively.

gamma radiation; rice moth; Corcyra cephalonica; lethal dose


NOTA

Dose letal de radiação gama para ovos de Corcyra cephalonica (Stainton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae), traça do arroz

Lethal dose of gamma radiation for eggs of Corcyra cephalonica (Stainton, 1865) (Lepidoptera: Pyralidae), rice moth

J.A. Duarte Aguilar; V. Arthur

Centro de Energia Nuclear na Agricultura/USP - C.P. 96 - CEP: 13400-970 - Piracicaba, SP; Bolsista do CNPq

RESUMO

O. experimento teve como objetivo observar os efeitos da radiação gama em ovos da traça do arroz, Corcyra cephalonica (STAINTON, 1865). As doses utilizadas no experimento foram; 0; 25; 50; 75; 100; 125; 150; 175; 200 Gy. O experimento foi conduzido em sala climatizada a 25 ± 2°C e 70 ± 10% de umidade relativa. Observou-se que as doses letais DL50 e DL100 para ovos provenientes de adultos criados em dieta artificial foram respectivamente de 16 e 75 Gy.

Descritores: radiação gama, traça do arroz, Corcyra cephalonica, dose letal

ABSTRACT

The aim of this experiment was to observe the effects of gamma radiation on rice moth Corcyra cephalonica (STAINTON, 1865) eggs. The doses utilized in this experiment were 0; 25; 50; 75; 100; 125; 150; 175; 200 Gy. The experiment was carried out in a climatic room at 25 ± 2°C and 70 ± 10% R.H. It was observed that lethal dose LD50 and LD100 for eggs from adults reared by artificial diet were 16 and 75 Gy, respectively.

Key Words: gamma radiation, rice moth, Corcyra cephalonica, lethal dose

INTRODUÇÃO

É possível o uso das radiações ionizantes na desinfestação de cereais e seus derivados como farinhas e farelos, nos quais se encontram ovos de traças, principalmente quando estes produtos são empacotados. Ovos e larvas jovens podem escapar de várias "screening" na operação de separação. Em pacotes pode ser feita a fumigação com produtos químicos que controlam principalmente adultos e larvas, ficando as vezes ovos para dar início a próxima geração do inseto praga. Além deste, outros métodos de controle de insetos depois de empacotado o produto não tem sido avaliados.

A Corcyra cephalonica (Stainton, 1865) causa sérios danos durante a armazenagem, vindo a ser uma das mais importantes traças do arroz, nas regiões de clima tropical e subtropical, além de infestar cereais, farelos e farinhas ataca também amendoim, milho, arroz, cacau, café em grãos, soja, segundo KRISHNA & AYYAR, (1934). Uma solução lógica segundo TILTON et al. (1974) para controlar ovos de traças em produtos empacotados, acondicionado em containers, é a irradiação com raios gama, pois é um método efetivo e econômico, não deixa resíduos e os insetos não adquirem resistência. Devido a isso, o objetivo do trabalho foi estudar a influência da radiação gama do Cobalto-60 em ovos de C. cephalonica.

REVISÃO DE LITERATURA

Segundo KAMEL & HASSENEIN (1967), KAMEL et ai. (1977), o período de pré-oviposição das fêmeas de C. cephalonica é de 24 horas, mostrando um período de oviposição de 2 a 7 dias e o número de ovos por fêmea é de 268 no inverno e 399 ovos no verão, dependendo da dieta em que são criadas. O período de incubação dos ovos é de 4 dias à 28,5°C. HODGES (1979) cita que os ovos de Corcyra cephahnica, tem formato oval, com pequenas protuberâncias que medem aproximadamente 0,5 x 0,3mm.

BROWER (1974) irradiou ovos de Plodia interpuctella (Hueb., 1813) com idade de 1-72 horas e mostrou que a idade dos ovos irradiados tem profunda influência na eclosão das lagartas. As doses de radiação gama usadas foram de 0,5 krad a 50 krad, e o experimento mostrou que ovos de 18; 24; e 30 horas são igualmente sensíveis, e os de 24 horas foram selecionados como os mais radiosensíveis para induzir a esterilidade em adultos.

BECNZER & FARKAS (1974) determinaram que os ovos são mais radiosensíveis, e que a dose de 35 krad é suficiente para a desinfestação de produtos que contenham ovos e larvas de P. interpuctella.

BROWER (1975) irradiou ovos de P. interpuctella com diferentes idades, procurando determinar a indução de danos genéticos e a possibilidade de controle desta praga. Para ovos irradiados com dose de 2,0 krad a eclosão de lagarta foi de 22,6%.

CHAND & SEHGAL (1978) irradiaram ovos de C. cephalonica de idades diferentes, 0-24, 24-48, 48-72 e 72-96 horas: para evitar a eclosão das lagartas de 72-96 e 24 horas a dose necessária foi de 5,0 e 3,5 krad, respectivamente.

RODRIGUES et al. (1981) determinaram as doses letais e esterilizante para ovos de Sitotroga cerealella (Oliv., 1819) e observaram ser de 10 krad a dose letal para ovos.

ALLOTEY (1985) irradiou ovos de C. cephahnica de 1, 2 e 3 dias e determinou que 25 krad foi a dose ideal para a desinfestação dos produtos.

ARTHUR (1985) observou que as doses letais para ovos de S. cerealella criadas em arroz e milho foram de 100 e 115 Gy, respectivamente.

Já TAMBORLIN (1988) observou que a dose letal para eliminar a totalidade dos ovos de P. interpuctella, foi de 125 Gy.

MATERIAL E MÉTODOS

O presente trabalho foi desenvolvido no Laboratório da Seção de Radioentomologia do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, CENA/ SP - Piracicaba, São Paulo, em agosto de 1990, com ovos de C. cephahnica (Lepidoptera: Pyralidae), em sala climatizada com temperatura de 25 -2°C e umidade relativa de 70 - 10%, conforme registros diários em termohigrográfo.

O irradiador foi uma fonte de Cobalto-60, tipo Gammabeam 650, com uma atividade de 2,91 x 10 Bq e sob uma taxa de dose de 2,79 kGy/ hora para todos os tratamentos.

Para a coleta dos ovos, os adultos foram colocados em um vidro transparente, com capacidade de 3 litros, tampado com filó virado com a boca para baixo, para facilitar a coleta dos ovos e sua limpeza. Cada tratamento teve cinco repetições de 20 ovos cada, somando 100 ovos por tratamento com idade entre zero a 24 horas. Os ovos foram levados para serem irradiados, numa placa de Petri com tampa, medindo 2,5 cm de altura e 11,0 cm de diâmetro, em cujo interior foi colocado papel filtro quadriculado para facilitar a contagem da eclosão das lagartas.

As doses de radiação gama empregadas foram: O (testemunha), 25; 50; 75, 100; 125; 150; 175; 200 Gy. Para determinar a dose letal de radiação foi feita contagem sob lupa binocular, observando-se a viabilidade dos ovos.

Esta contagem foi feita no 4.; 5.; 6 dias após a irradiação.

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Na TABELA 1 constam os valores numéricos, percentagem e média de ovos férteis e inférteis irradiados com doses crescentes de radiação gama, proveniente de adultos de Corcyra cephahnica, criadas em dieta articial.

Com esses dados construiu-se a Figura 1, onde observamos as médias e variações numéricas de ovos férteis e inférteis irradiados com doses crescentes de radiação gama.


Considerando-se os efeitos da radiação gama observou-se que a dose suficiente para induzir a mortalidade total (DL 100) dos ovos foi de 75 Gy (TABELA 1), enquanto que a dose para reduzir a eclosão das lagartas em 50% ou seja (DL50) foi de 16 Gy, determinada gráficamente na Figura 1.

Os resultados obtidos neste experimento apresentam diferença dos determinados por CHAND & SEHGAL (1978); provavelmente devido as condições nas quais o experimento foi realizado, podendo assim confirmar os resultados de BROWER (1974), concluindo que a idade dos ovos irradiados tem profunda influência na eclosão das lagartas. As doses utilizadas neste experimento são suficientes, também para causar a letalidade das lagartas e a esterilização de adultos provenientes de lagartas irradiadas, conforme os resultados obtidos por DUARTE-AGUILAR & ARTHUR (1991).

CONCLUSÕES

As doses letais DL50 e DL 100 de radiação gama para ovos de C.cephalonica, foram de 16 e 75 Gy, respectivamente.

Enviado para publicação em 04.08.93

Aceito para publicação em 03/09/93

  • ALLOTEY, J. Study of radiosensitívity of the immature stages of Corcyra cephalonica. Insect Science and its Application, Elmsford, 6(5):621-625, 1985. Apud Review of Applied Entomology. Serie A: Agricultural, Slough, 74(3): 129,1986. (Resumo).
  • ARTHUR, V. Efeitos esterilizantes e letais das radiações gama nas diferentes fases do ciclo evolutivo de Sitotroga cerealetta (Olivier, 1819) (Lepidoptera -Gelechiidae) em arroz e milho. Piracicaba, 1985. 77p. Tese (Doutorado) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidade de São Paulo.
  • BECNZER, J.; FARKAS, J. Investigation into the radioresistance of Plodia interpuctella (HUB). Acta Phitopatology Academia Scientiarun, Budapest, 9(1/2): 153-60, 1974.
  • BROWER, J.H. Age as a factor in determining radiosensivity of eggs Plodia interouctella. Environmental Entomology, College Park, v.3, n.6, p.945-946, 1974.
  • BROWER, J.H. Sterility of adult indians meal moth and their progeny reared from gamma irradiated eggs. Environmental Entomology, College Park, v.4, n.5, p.701-704,1975.
  • CHAND, A.; SEHGAL, S.S. Influence of egg-age on hatchability response of Corcyra cephalonica (Stainton) to various dosages of gamma irradiation. Journal of Experimental Biology, New Delhi, v.16, n.7, p.815-816, 1978.
  • DUARTE AGUILAR, J.A.; ARTHUR, V. Controle de lagarta de Corcyra cephalonica (Stain. 1865) (Lep., pyralidae) traca arroz, através da radiação gama do Cobalto-60. Lavoura Arrozeira, Porto Alegre, 1991. (No prelo)
  • HODGES, RJ. A review of the biology and control of the rice moth, Corcyra cephalonica (Staint.) (Lep. galleridae). London: Tropical Products Institute, 1979, 20p. (Report of the Tropical Products Institute, 125).
  • KAMEL, A.H.E.; ALI, M.A.; EL-BISHLAWAY, H.M. Effect of flour constituents on certain biological aspects of rice moth, Corcyra cephalonica (Stainton) (Lep. Galleridae). Bulletin de la Societe Entomologique d'Egipte, Cairo, v.61, p. 137-142,1977.
  • KAMEL, A.H.E.; HASSENEIN, M.H. Biological studies on Corcyra cephalonica (Stainton) (Lep. galleridae). Bulletin de la Societe Entomologique d'Egipte. Cairo, v.51, p.175-196,1967.
  • KRISHNA, P.N.; AYYAR, B.A. A very destructive pest of stored product in South India, Corcyra cephalonica Stainton (Lepidoptera). Bulletin of Entomological Research, London, v.25, p. 155-169,1934.
  • RODRIGUES, Z.A.; REGO, A.M.; OLIVEIRA, M.L.; FERREIRA, D. Effects of gamma radiation Cobalt 60 on eggs and adults of Sitotroga cerealella (Oliv., 1819) (Lep. Gelechiidae) in laboratory. Radiation Techniques and their Applications to Insect Pests, Vienna, v.29, p.5, 1981.
  • TAMBORLIN, M.J. Efeitos das radiações gama nas fases do ciclo evolutivo de Plodia interpuctella (Hueb, 1813) (Lep. pyralidae) em dieta artificial. Piracicaba, 1988. 91p. Dissertação (Mestrado) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidadede São Paulo.
  • TILTON, E.W.; JOHN, H.; BROWER, J.H.; COGBURN, R.R. Gamma irradiation for control of insects in wheat flour. Journal of Economic Entomology, College Park, v.67, n.1, p.430-432, 1974.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    27 Jul 2005
  • Data do Fascículo
    Abr 1994

Histórico

  • Aceito
    03 Set 1993
  • Recebido
    04 Ago 1993
Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br