(Atualizado: 31/01/2022)

Sobre o periódico

 

Informações básicas

 

A Revista de Economia Contemporânea (REC) foi criada em 1997 pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e publica artigos acadêmicos que abordem temas de  abrangência nacional e façam alguma contribuição original do ponto de vista teórico ou metodológico.

Dada a tradição de debate e crítica da casa, a publicação se propõe plural e aberta ao diálogo entre as distintas correntes teóricas hoje ativas na expansão da fronteira do conhecimento em economia.

A REC tem periodicidade quadrimestral e é distribuída em meio eletrônico através do Scielo e do Portal de Revistas da UFRJ. Todos os volumes/números encontram-se disponíveis no nosso acervo no endereço <<https://revistas.ufrj.br/index.php/rec/issue/archive>>

A REC é um periódico de acesso livre e gratuito e não cobra taxas de submissão e avaliação de artigos.

A abreviatura de seu título é Rev. econ. contemp., que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

 

 

Fontes de indexação

   

 

Copyright

 

O conteúdo da REC, exceto quando especificado, adota a licença de atribuição do Creative Commons tipo CC-BY.

A Revista de Economia Contemporânea adotou até Abril/2015 a licença Creative Commons do tipo BY-NC. A partir de Maio/2015 a licença em uso é do tipo BY.

O Instituto de Economia da UFRJ é o detentor dos direitos autorais de todas as matérias publicadas na REC, mas não remunera o(s) autor(es) pelos direitos autorais das obras. Observada a legislação pertinente e o tipo de licença adotada (CC-BY), permite-se baixar, copiar, distribuir e reproduzir todas as matérias publicadas sob a condição de que se faça o devido crédito (citação) à REC e ao(s) autor(es) do conteúdo utilizado. Caso não seja cumprida esta orientação, o editor, em nome da diretoria do Instituto de Economia, fará uma advertência por escrito àquele que a descumpriu

 

 

Patrocinadores

 

A REC atualmente não conta com patrocinadores. Entre em contato com rec@ie.ufrj.br para se tornar um apoiador da REC.

 

 


 

Corpo Editorial

 

Editor Chefe

   

 

Editores Associados

   

 

Secretaria Executiva e Gestão Editorial

   

 

Produção Editorial

 
  • Editora Tikinet
 

 

Conselho Editorial

 
  • Adilson de Oliveira (UFRJ, RJ/BRA)
  • Ana Maria Bianchi (USP, SP/BRA)
  • Carlos Lessa (UFRJ, RJ/BRA)
  • Clélio Campolina Diniz (UFMG, MG/BRA)
  • Edmar Lisboa Bacha (NUPE, RJ/ BRA)
  • Eduardo Augusto Guimarães (UFRJ, RJ/BRA)
  • Eli Diniz (UFRJ, RJ/ BRA)
  • Eulália Lobo (UFF, RJ/ BRA)
  • Fernando de Holanda Barbosa (FGV-RJ, RJ/BRA)
  • Fernando Ferrari Filho (UFRGS, RS/ BRA)
  • Flávio Versiani (UnB, DF/BRA)
  • Gervásio Resende (UFF, RJ/BRA)
  • Giovanni Dosi (Univ. Pisa, ITA)
  • Harley Shaiken (Univ. California, Berkeley, USA)
  • João Luiz Maurity Saboia (UFRJ, RJ/BRA)
  • José Antonio Ortega (UFRJ, RJ/BRA)
  • José Luís Fiori (UFRJ, RJ/BRA)
  • Luciano Coutinho (UNICAMP, SP/BRA)
  • Luiz Carlos Delorme Prado (UFRJ, RJ/BRA)
  • Luiz Jorge Werneck Vianna (IUPERJ, RJ/BRA)
  • Maria da Conceição Tavares (UFRJ, RJ/BRA)
  • Mario Possas (UFRJ, RJ/BRA)
  • Paul Davidson (Univ. Tennessee, Knoxville, USA)
  • Pierre Salama (Univ. Paris XIII, FRA)
  • Reinaldo Gonçalves (UFRJ, RJ/BRA)
  • Stan Metcalfe (Univ. Manchester, UK)
  • Victor Prochnik (UFRJ, RJ/BRA)
 

 

 


 

Instruções aos autores

 

Escopo e política

 

A Revista de Economia Contemporânea (REC) publica artigos acadêmicos que abordem temas de abrangência nacional e façam alguma contribuição original do ponto de vista teórico ou metodológico, preferencialmente nas áreas a seguir:

  • Pensamento Econômico, História Econômica, Metodologia e Economia Política
  • Teoria Macroeconômica, Sistema Financeiro e Modelos de Crescimento e suas Aplicações
  • Teoria Microeconômica, Indústria, Inovação, Comércio Internacional e suas Aplicações
  • Teorias do Desenvolvimento, Mercado de Trabalho e Políticas de Emprego e Renda, Políticas Públicas e Bem Estar

Entende-se por artigo acadêmico o manuscrito que reporta os resultados de uma pesquisa teórica ou empírica e se estrutura contendo, no mínimo, uma seção introdutória, que identifica tema, problema, objeto e objetivos; uma seção de revisão da literatura; uma seção metodológica, descrevendo técnicas de coleta e análise, fontes de dados e procedimentos de pesquisa; uma seção de apresentação e discussão de resultados ou achados; e uma conclusão.

Entende-se como inédito o artigo que não tenha sido publicado anteriormente em outra revista, livro ou coletânea, quer no Brasil ou no exterior. Considera-se inédito o manuscrito baseado em trabalho apresentado em evento científico, dissertação de mestrado ou tese de doutorado, ou previamente disseminado como Texto para Discussão, Working Paper ou similar.

Estudos abordando casos particulares - quer um país, uma região, um estado ou um município, quer uma indústria, uma empresa ou um tipo de produto, por exemplo - atualmente interessam à revista apenas se apresentarem uma contribuição original à literatura e resultados replicáveis a outros casos.

A critério exclusivo do corpo editorial, além de artigos acadêmicos, a REC poderá aceitar, artigos de revisão bibliográfica, resenhas de livros e comentários às matérias previamente publicadas (resguardado o direito de resposta ao autor comentado).

A simples submissão de um manuscrito à REC não implica a publicação do mesmo. Todas as contribuições submetidas serão encaminhadas para a pré-avaliação do corpo de editores, visando verificar o enquadramento na linha editorial da REC e a aderência aos critérios básicos de forma, qualidade e originalidade da revista. O aceite ou a recusa do manuscrito pelos editores será comunicado(a) exclusivamente por correio eletrônico ao(s) autor(es).

Ressalte-se que os manuscritos submetidos à REC são verificados quanto à originalidade e à existência de plágio antes de passar pela avaliação pelos pares.

Obtendo-se o aceite dos editores, as contribuições serão encaminhadas para o corpo de pareceristas para avaliação do tipo blind review, que pode resultar na recusa ou no aceite do manuscrito, com ou sem a necessidade de revisão do mesmo pelo(s) autor(es). Os resultados das avaliações serão comunicados exclusivamente por correio eletrônico ao(s) autor(es).

A remessa de originais à REC implica autorização para sua publicação pelo(s) autor(es). Os manuscritos submetidos serão considerados definitivos e, caso aprovados para publicação, as provas serão submetidas à revisão do(s) autor(es).

Os manuscritos aprovados para publicação passarão por processo de revisão ortográfica e gramatical, normalização de citações e referências conforme regras da ABNT, bem como adequação de figuras, títulos e subtítulos ao projeto gráfico e editorial da revista

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Todas as submissões devem ser acompanhadas de folha de rosto contendo nome completo, cargo e filiação institucional de todos os autores, além dos contatos do autor principal para correspondência.

Os elementos pré-textuais obrigatórios incluem título conciso (port-ingl); resumo de até 200 palavras (port-ingl); até cinco palavras-chave (port-ingl); e códigos do tema segundo conforme a classificação do Journal of Economic Literature (JEL).

Com relação à forma e estrutura, os artigos acadêmicos devem conter, no mínimo, uma introdução, identificando o tema, o problema de pesquisa, o objeto de estudo e objetivos da pesquisa; uma seção de revisão da literatura; uma seção metodológica, descrevendo técnicas, fontes e procedimentos; uma seção de apresentação e discussão de resultados ou achados; e uma conclusão. Recomenda-se também apresentar as motivações e justificativas para o trabalho, assim como identificar a contribuição do artigo e posicioná-la no conjunto da literatura da área.

Com relação ao idioma e tamanho, os artigos submetidos à REC devem ser escritos em português ou inglês e conter até 9 mil palavras, incluindo referências bibliográficas, apêndices e anexos.

Com relação à autoria, no caso de autoria múltipla com quatro ou mais autores, a contribuição de cada autor individual para o artigo deve ser especificada na folha de rosto.

Com relação a citações e referências, deve-se usar o padrão da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Notas de rodapé devem ser usadas parcimoniosamente e apenas para fornecer informações complementares. Não devem ser usadas para fazer citações e referências.

Sobre o ineditismo, caso a contribuição se baseie em trabalho apresentado em evento científico, dissertação de mestrado ou tese de doutorado, se tiver sido previamente disseminado como Texto para Discussão ou Working Paper, os autores devem incluir uma nota de rodapé ou comentário ao editor apresentando as informações sobre o evento, tese ou dissertação, TD ou WP.

Com relação ao formato do arquivo, a REC somente aceita arquivos em formato DOC ou DOCX. Arquivos em PDF não serão processados para avaliação e a submissão será automaticamente arquivada.

 

 

Envio de manuscritos

 

Artigos e demais matérias deverão ser submetidos através do sistema Scielo Submission, acessível no seguinte endereço:

http://submission.scielo.br/index.php/rec/login

A REC é um periódico de acesso livre e gratuito e não cobra taxas de submissão e processamento de artigos.

 

 


Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Pasteur, 250 sala 114, Palácio Universitário, Instituto de Economia, 22290-240 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel.: 55 21 3938-5242 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rec@ie.ufrj.br