SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue59Generational Gaps: Women, Rural Traditions and Community Networks* author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos Pagu

Print version ISSN 0104-8333On-line version ISSN 1809-4449

Abstract

OLIVEIRA, Débora Prado de; ARAUJO, Daniela Camila de  and  KANASHIRO, Marta Mourão. Tecnologias, infraestruturas e redes feministas: potências no processo de ruptura com o legado colonial e androcêntrico*. Cad. Pagu [online]. 2020, n.59, e205903.  Epub Jan 15, 2021. ISSN 1809-4449.  https://doi.org/10.1590/18094449202000590003.

Autonomia, linguagem e segurança são as três categorias fundamentais que neste artigo desvelam a noção de tecnologia feminista que vem sendo construída em movimentos feministas da América Latina. Os diferentes sentidos mobilizados nessas categorias são observados a partir da atuação de coletivas latino-americanas de mulheres, pessoas trans e não binárias voltadas para produção e uso das tecnologias de informação e comunicação, redes autônomas e infraestruturas. Nesse cenário, tecnologia feminista é uma perspectiva construída por esses movimentos engajados em um debate tecnopolítico na interface com conhecimentos sobre internet, autonomia, infraestruturas digitais e segurança da informação para ativistas. A partir de pesquisas recentes desenvolvidas pelas autoras, este artigo apresenta e analisa a constituição dessa perspectiva e sua contribuição para a construção de alianças com as tecnologias e redes sociotécnicas que sejam divergentes do legado colonial e androcêntrico.

Keywords : Tecnologia Feminista; Infraestrutura Feminista; Redes Autônomas e Comunitárias; Segurança Digital; Internet.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )