SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número2'Precoce de Itupeva' e 'Branca de Guapiara': novos cultivares IAC de nectarina brancaVariabilidade na produção em progênies do cafeeiro 'Mundo Novo' índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

  • Português (pdf)
  • Artigo em XML
  • Como citar este artigo
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Tradução automática

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.43 n.2 Campinas  1984

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051984000200020 

ARTIGOS

 

Sistemas de preparo do solo para as culturas de soja e trigo1

 

Tillage management practices in soybean wheat double cropping

 

 

Gastão Moraes da SilveiraI, 2; Antonio Wilson Penteado Ferreira FilhoII; José Guilherme de FreitasII, 2; José Antonio JorgeIII, 2; Violeta NagaiIV, 2

IDivisão de Engenharia Agrícola, IAC
II
Escritório Regional de Assis, Seção de Arroz e Cereais de Inverno, IAC
III
Seção de Pedologia, IAC
IVSeção de Técnica Experimental e Cálculo, Instituto Agronômico, IAC

 

 


RESUMO

No presente trabalho estudaram-se dois processos de semeadura, a direta e a convencional, para as culturas de soja (Glycine max (L.) Merrill) e trigo (Triticum aestivum L.) plantadas num mesmo ano. Ênfase especial foi dada ao problema das máquinas utilizadas nos dois sistemas de semeadura, caracterizando-se os diversos parâmetros envolvidos. Montou-se um ensaio de campo na Fazenda Canadá, município de Assis, no período 1979-82, com três safras para as duas culturas. Para o trigo, os tratamentos foram: preparo convencional (grade pesada e grade niveladora) e semeadura direta. Para a soja: convencional mais escarificação; convencional; aração e gradeação; aração e gradeação mais escarificação e semeadura direta. Os resultados mostraram que a interação entre os tratamentos aplicados numa cultura e os aplicados na cultura seguinte não foi significativa, não havendo também influência de preparo de solo para soja sobre a produção de trigo, exceto no ano agrícola 1981/82, em que as produções de soja sofreram influência do tipo de preparo de solo para a semeadura do trigo. A economia de combustível foi bastante significativa na semeadura direta das duas culturas. As máquinas para semeadura direta devem ser articuladas para que possam acompanhar as irregularidades do terreno.


SUMMARY

In a field experiment set up in Assis county, State of São Paulo, Brazil, two seeding processes namely no-till and conventional tillage systems for soybean (Glycine max (L.) Merrill) and wheat (Triticum aestivum L.) (double cropping) were studied. Special emphasis was given to the different seeding machines. Three crop yields were obtained. For wheat the treatments were: conventional seeding (heavy disking and leveling disking) and no-till. For soybean we had: conventional seeding plus chiseling; conventional seeding; plowing and disking; plowing and disking plus scarifying and no-till. The results showed that the interaction among the treatments were not significant, and that the soil management for soybean did not affect the wheat production. Fuel saving was significant for both crops in the no-till system. Machine articulation was essential to fit the roughness of soil surface in no-till.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ALMEIDA, F.S. Controle de ervas. In: FUNDAÇÃO INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ. Plantio direto no Estado do Paraná. Londrina, 1981. p.101-144. (Circular IAPAR, 23)        [ Links ]

2.  FREE, G.R. Mulch tillage in New York. Soil Science Society of America. Proceedings, 17:165-170, 1953.        [ Links ]

3.  MONDARDO, A. & BISCAIA, R.M. Controle da erosão. In: FUNDAÇÃO INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANÁ. Plantio direto no Estado do Paraná. Londrina, 1981. p.33-42. (Circular IAPAR, 23)        [ Links ]

4.  MUZILLI, O. Cultura da soja. In: FUNDAÇÃO INSTITUTO AGRONÔMICO DO PARANA. Plantio direto no Estado do Paraná. Londrina, 1981. p.199-202. (Circular IAPAR, 23)        [ Links ]

5.  PRICE, V.J. Minimum tillage: looks like a winner. Soil Conservation, 38(3): 43-45, 1972.        [ Links ]

6.  SHEAR, G.M. & MOSCHLER, W.W. Continuous corn by the no tillage and conventional tilled method. Agronomy Journal, 61:524-526, 1969.        [ Links ]

7.  SOUZA, M.A. & MELO, J.C. Manejo e preparo do solo. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 5(50):19-22, 1979.        [ Links ]

8.  WILES, J. & KIEVIT, D.T.I. Rendimento de máquinas e consumo de combustível no sistema de plantio direto comparado ao sistema convencional. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA DE SOJA, 1., Londrina, 1978. Anais. Londrina, EMBRAPA/CNPS, 1979. v. 2, p.363-371.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação a 6 de junho de 1983.

 

 

1 Os autores agradecem ao proprietário da Fazenda Canadá, Sr. Mauro Cândido de Souza Dias, e ao Engº-Agr. Dorival Finotti, a colaboração prestada durante os ensaios de campo.
2 Com bolsa de suplementação do CNPq.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons