SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número3Políticas de governo e planejamento estratégico como problemas de escolha pública - IRisco de taxas de juros: inovações na gestão de ativos e passivos de instituições financeiras índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Administração de Empresas

versão impressa ISSN 0034-7590

Resumo

WARD, Peter M.. Contemporary issues in the government and administration of Latin American megacities. Rev. adm. empres. [online]. 1996, vol.36, n.3, pp.42-53. ISSN 0034-7590.  https://doi.org/10.1590/S0034-75901996000300006.

Este artigo é o primeiro a analisar e comparar, de modo sistemático, as estruturas dos governos e administrações municipais das sete maiores cidades da América Latina: quatro megalópolis (população superior a 10 milhões de habitantes) e três capitais nacionais. A análise da estrutura dessas administrações tem como contraponto as encontradas nos Estados Unidos e Reino Unido. As estruturas governamentais na América Latina apresentam características e tendências importantes: 1. carência de autoridade regional (cruzamento de jurisdições); 2. existência de prefeitos fortes e vereadores fracos; 3. partidarismo; 4. sobreposição de burocracia ao invés da interligação delas; 5. pressões a favor da privatização dos serviços municipais, além da contínua tensão entre a iniciativa privada e o poder público; 6. maior autonomia fiscal; 7. contínua marginalização da participação pública no governo das megalópolis. Apesar dessas características, muitas cidades (a despeito de seu tamanho e localização) estão se esforçando para desenvolver estruturas de governo mais eficazes, responsáveis e democráticas.

Palavras-chave : estruturas de governo; administração municipal; megalópolis; América Latina.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons