SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3Considerations about ethics and the Librarian professional performanceEvaluation of the quality in services offered by universities' information units author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Transinformação

Print version ISSN 0103-3786

Transinformação vol.17 no.3 Campinas Sept./Dec. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S0103-37862005000300002 

ARTIGOS ORIGINAIS/ORIGINAL ARTICLES

 

Teoria do caos e gestão da informação: uma integração na complexidade dos negócios e dos sistemas de informação

 

The chaos theory and information management: integrating the complexities of business and information systems

 

 

Luiz Henrique CardosoI; Edmeire Cristina PereiraII

IBacharel em Administração e Mestre em Educação. Docente, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Paraná. Rua Lotário Meissner, 3400, Jardim Botânico, 80210-170, Curitiba, PR, Brasil. Correspondência para/Correspondence to: L.H. CARDOSO. E-mail: <luizhc_20@hotmail.com>
IIMestre em Biblioteconomia e Ciências da Informação. Docente, Departamento de Ciência e Gestão da Informação, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, PR, Brasil. E-mail: <edmeirepereira@pop.com.br>

 

 


RESUMO

É abordado o planejamento de sistemas de informação, em seu aspecto teórico, sob a ótica da Teoria do Caos e da Complexidade. Descreve as características dos sistemas físicos, a visão da ciência como sistema fechado e a visão da ciência como sistema aberto. Discute ainda a gestão da informação, tanto frente à complexidade dos sistemas de informação, quanto em suas correlações com o mundo dos negócios, enfatizando a necessidade do profissional da informação de estar apto para planejar o seu trabalho diante do cenário complexo dos negócios.

Palavras-chave: Teoria do caos, complexidade, sistemas de informação, gestão da informação, inovação.


ABSTRACT

This paper discusses theoretical aspects of the planning of information systems, under the perspectives of the Chaos Theory and Complexity. It describes the physical systems' characteristics, and the conceptions of Science, either as a closed system or as an open system. This paper also discusses the Management of Information with regard to both, the complexity of information systems, and their correlation with the business world; furthermore, it emphasizes the need for the information professionals to be capable to aptly plan their work, in face of the complex business scenario.

Keywords: chaos theory, complexity, information systems, management of information, innovation.


 

 

Texto completo disponivel apenas em PDF.

Full text avaliable only in PDF.

 

 

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. SEMINÁRIO PEDAGÓGICO ABECIN: Gestão da Informação, 1., 2003, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG, 2003. 50p.         [ Links ]

ACUERDOS y recomendaciones.  In: ENCUENTRO DE DIRECTORES Y DE DOCENTES DE ESCUELAS DE BIBLIOTECOLOGÍA Y CIENCIA DE LA INFORMACIÓN DEL MERCOSUR, 3., Santiago de Chile, 1998. Anais... Santiago: UTEM, 1998. 182p.         [ Links ]

ARTONI, C. Lei de Murphy: quando tudo dá errado. Galileu, São Paulo, p.20-27, 2003.         [ Links ]

BERTALANFFY, L. Von. Teoria general de los sistemas: fundamentos, desarrollo, aplicaciones. Mejico: Fondo de Cultura Económica, 1973.         [ Links ]

BOHM, D. A totalidade e a ordem implicada. São Paulo: Cultrix, 1992.         [ Links ]

BUENO, M.C.; VIDOTTI, S.A.B.G. Ferramentas de busca na Internet: para quê, por quê e como utilizá-las? In: SIMPÓSIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS
UNIVERSITÁRIAS, 2000. Anais... Florianópolis, 2000. CD-ROM.

CLARKE, D. Models in Archaeology. London: Methuen, 1972.         [ Links ]

DAVENPORT, T.H.; PRUSAK, L. Ecologia da informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação.  São Paulo: Futura, 1998.         [ Links ]

DODEBEI, V.L.D. Tesauro: linguagem de represen-tação da memória documentária. Rio de Janeiro: Interciência, 2002.         [ Links ]

DUDZIAK, E. A Teoria da complexidade e o estudo da inovação nas organizações: subsídios a uma abordagem sociotécnica. In: SIMPÓSIO DE GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA, 23., Curitiba, 2004. Anais... Curitiba: TECPAR, 2004. p.4404-4416.         [ Links ]

FIEDLER-FERRARA, N.; PRADO, C.P.C. Caos: uma introdução. São Paulo: Edgar Blücher, 1994.         [ Links ]

FONTANA, A.; VERGARA, S.C. A vitória da (des)organização. VOCÊ SA, p.70-73, abr. 2001.         [ Links ]

FURLAN, J.D. Análise de negócio e diagnóstico situacional. In: FURLAN, J.D. Como elaborar e implementar o planejamento estratégico de sistemas de informação. São Paulo: Makron Books, 1991. p.16-55.         [ Links ]

GARCÍA GUTIERREZ, A. Proyectar la memória: del ordo nacional a la reapropiación crítica. Transin-formação, Campinas, v.15, n.1, p.7-30, 2003.         [ Links ]

GLEICK, J. Caos: a criação de uma nova ciência.  2.ed. Rio de Janeiro: Campus, 1990.         [ Links ]

HEISENBERG, W. Física e filosofia.  2.ed. Brasília: Editora UnB, 1987.         [ Links ]

LAUDON, K.C.; LAUDON, J.P. Sistemas de informação. 4.ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999.         [ Links ]

LEWIN, R. Complexidade: a vida no limite do caos.  Rio de Janeiro: Rocco, 1994.         [ Links ]

LEWIN, R.; REGINE, B. The soul at work. London: Orion Business, 1999.         [ Links ]

LORENZ, E.N. A essência do caos. Brasília: Editora UnB, 1996.         [ Links ]

MACHADO, A.M.N. Informação e controle bibliográfico: um olhar sobre a cibernética. São Paulo: Unesp, 2003.         [ Links ]

MONTEIRO, A.L. Pensamento sistêmico nas organizações. InoveAção, Curitiba, v.1, n.3, p.4, 2002.         [ Links ]

MORIN, E. O método II: a vida da vida. 2. ed. Lisboa: Europa-América, 1989.         [ Links ]

OSTROWER, F. Arte sobre papel: da gravura chinesa às imagens do computador. In: DOCTORS, M. (Org.). A cultura do papel. Rio de Janeiro: Casa da Palavra: Fundação Eva Klabin Rapaport, 1999. p.123-184.         [ Links ]

PONJUÁN DANTE, G. Gestión de información en las organizaciones: principios, conceptos y aplicaciones. [s.l.]: CECAPI/Universidad de Chile, 1998.         [ Links ]

PRIGOGINE, I.; STENGERS, I. A nova aliança.  Brasília: Editora Unb, 1991.         [ Links ]

REBELO, L.M.B.; ERDMANN, R.H. Proposta de inovação na gestão universitária: formação de estratégias à luz da Teoria da Complexidade. In: SIMPÓSIO DE GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓ-GICA, 23., Curitiba, 2004. Anais... Curitiba: TECPAR, 2004. p.4374-4389.         [ Links ]

REZENDE, D.A.; ABREU, A.F. Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informação empresariais: o papel estratégico da informação e dos sistemas de informação nas empresas. São Paulo: Atlas, 2000.         [ Links ]

SCHUSTER, H.G. Deterministic chaos: an introduction. Weinheim: VCH, 1995.         [ Links ]

SHANNON, C.E.; WEAWER, W. The mathemathical theory of communication. Urbana: The University of Illinois Press, 1963.         [ Links ]

SILVA, C.A.S.; VIEIRA, C.; SILVA, R.N.S. Contabi-lidade para executivos. Rio de Janeiro: FGV, 2003. p.23-24.         [ Links ]

TRUESWELL, R.L. Some behavioral patterns of library users: the 80/20 rule. Wilson Library Bulletin, v.23, n.5, p.458-461, 1969.         [ Links ]

 

 

Recebido em 7/3/2005
Aceito em 16/8/2005

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License