Acta Botanica Brasilica, Volume: 17, Issue: 3, Published: 2003
  • Floristic composition of the woody flora of the Ribeirão Cachoeira forest, Campinas, São Paulo State

    Santos, Karin dos; Kinoshita, Luiza Sumiko

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado inventário florístico das árvores e arbustos da mata Ribeirão Cachoeira (233,7ha, altitude 650m, coordenadas 46°55'58''W, 22°50'13''S), o segundo maior e mais bem conservado fragmento de floresta estacional semidecidual do município de Campinas, SP. O solo característico é o Podzólico Vermelho Amarelo e o clima é Cwag' de Köppen. As coletas foram feitas durante o período de agosto/1996 a setembro/1997. Foram incluídos apenas indivíduos férteis com perímetro a altura do peito igual ou superior a 9cm. Foram encontradas 175 espécies de 119 gêneros e 49 famílias. As famílias mais ricas foram Myrtaceae (14 espécies), Rutaceae e Fabaceae (13), Caesalpiniaceae (11), Solanaceae (9) e Rubiaceae (8). Algumas espécies foram encontradas pela primeira vez na região: Tachigali multijuga Benth. e Schoepfia brasiliensis A.DC. A floração foi maior entre agosto e outubro. A frutificação foi maior nos meses de agosto a novembro. A maioria das espécies encontradas é zoocórica (58%), as anemocóricas foram 23% e as autocóricas 19%. Compararam-se as relações florísticas desta mata com outros 20 levantamentos do Estado. Os resultados obtidos indicaram a formação de dois grupos distintos. O mais homogêneo deles inclui as florestas do município de Campinas, mostrando que, possivelmente, são remanescentes de uma vegetação originalmente contínua.

    Abstract in English:

    An inventory of the woody flora (trees and shrubs), was carried out in the Ribeirão Cachoeria forest (233.7ha, 650m high, 46°55'58''W, 22°50'13''S), the second largest and best conserved fragment of semideciduous tropical forest in the municipality of Campinas, São Paulo state, Southeastern Brazil. The soil is a red-yellow podsol and the climate is of Köppen's Cwag type. Collections were made from August/1996 to September/1997. Only fertile individuals with a perimeter at breast height of 9cm or greater were included in the survey. One hyndred and seventhy five species were identified, belonging to 119 genera and 49 families. The most important families were Myrtaceae (14 species), Rutaceae and Fabaceae (13), Caesalpiniaceae (11), Solanaceae (9), and Rubiaceae (8). Some species were found for the first time in the region: Tachigali multijuga Benth. and Schoepfia brasiliensis A.DC. The flowering peak for most species was from August to October. Maximum fruit production was from August to November. Most species are zoochoric (58%), but 23% were anemochoric and 19% autochoric. The floristic composition of this forest and another 20 forests from São Paulo state were compared. The results obtained indicate the existence of distinct groups of forests. The most homogeneus group contains forests from the municipality of Campinas with similarity of 40%. This suggests that these forests are possibly fragments of a original continuous forest in the Campinas region.
  • Pollination biology of fiber palm (Astrocaryum vulgare Mart.) in Belém, Pará, Brazil

    Oliveira, Maria do Socorro Padilha de; Couturier, Guy; Beserra, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    Estudaram-se alguns aspectos da biologia da polinização da palmeira tucumã em uma área experimental da Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, PA. Foram coletados dados de fenologia, morfologia floral, duração da floração, viabilidade polínica e visitantes florais em dez plantas, no período de janeiro a dezembro/1997. Trata-se de uma palmeira arbórea, multicaule, monóica, que possui inflorescência envolvida por uma bráctea lenhosa coberta por espinhos e centenas de flores unissexuais, sésseis. A flor feminina é ladeada por duas masculinas formando a tríade, localizando-se na base das ráquilas; creme e medindo de 5 a 10mm compr.; do tipo campanular, com pétalas aderidas ao estigma. As flores masculinas ocorrem em maior quantidade e medem de 2 a 4mm compr. Eventos de floração e de frutificação foram registrados em todo o período, com picos de março a julho e de dezembro a março, respectivamente. A abertura da bráctea e exposição da inflorescência ocorreu, principalmente, no início da manhã e da noite, períodos em que todas as flores femininas iniciam a antese, com o estigma apresentando secreção pegajosa, permanecendo receptivas por 24 a 36h. As flores masculinas também apresentaram antese simultânea e noturna, ficando viáveis por 24 a 36h, permanecendo aderidas às ráquilas por vários dias. A viabilidade polínica foi alta, tanto em botões em pré-antese como em flores abertas. As recompensas florais foram o pólen em abundância e a secreção estigmática. Várias partes da inflorescência, principalmente as flores, emitiram forte odor. Os visitantes florais foram insetos, com predominância de besouros e abelhas. Portanto, a palmeira tucumã é uma espécie protogínica, com pólen e forte odor como atrativos primários e polinização predominantemente cantarófila.

    Abstract in English:

    It was studied some aspects of the pollination biology of fiber palm in experimental station of Embrapa, Eastern Amazon at Belém, PA. Phenology, floral morphology, time of flowering, pollen viability, and floral visitors data were collected, in ten plants, from January to December/1997. This palm is arborescent, multicaule, monoecious with inflorescence involved by a bract woody covered by thorns and hundreds unisexual sessile flowers. The female flower is flanked by two male flowers forming the triads, and located in the base of the rachillae; cream and measure 5 to 10mm of length; campanular type with petals stuck to the stigma exposed. The male flowers is in larger amount, and measure from 2 to 4mm of length. The flowering and fruiting were registered in every period, with picks of March to July and December to March, respectively. The opening of bract and exposition of the inflorescence occurred mainly in the beginning of the morning and in the night, moment in that all the female flowers began the anthesis happening with stigma producing secretion viscous, and stay receptive for 24 at 36 hours. The male flowers, also, presented simultaneous anthesis, staying viable for 24 at 36 hours, but stayed in the rachillae for many days. Pollen viability was high in flower buds in the pre-anthesis and in the open flowers. The floral rewards were the pollen abundantly and stigmatic secretion. Several parts of the inflorescence, mainly the flowers, emitted strong scent. The floral visitors were insects, with predominance of beetles and bees. Therefore the fiber palm is protoginic with high pollen production and strong scent as the primary attractive and prevalently cantharophilic pollination.
  • Pollination ecology of Ipomoea asarifolia (Ders.) Roem. & Schult. (Convolvulaceae) in the semi-arid area of Pernambuco

    Kiill, Lúcia Helena Piedade; Ranga, Neusa Taroda

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho foi desenvolvido no período de março/1995 a julho/1997, com o objetivo de estudar aspectos da fenologia, polinização e reprodução de Ipomoea asarifolia, na Fazenda Catalunha, Santa Maria da Boa Vista, PE. I. asarifolia é uma liana perene, com hábito exclusivamente rasteiro e floração registrada no período de março a outubro, caracterizada como do tipo cornucópia. As flores estão reunidas em cimeiras, são infundibuliformes, de cor rosa com as mesopétalas magenta, que funcionam como guias de néctar. A antese é diurna (5:30 e 6:00h) e a duração das flores é de aproximadamente seis horas. A quantidade de néctar secretada por flor é inferior a 1µl. Abelhas Megachilidae e Apidae foram os principais visitantes desta Convolvulaceae. Liturge huberi Ducke foi considerada polinizador efetivo e Acamptopoeum prinii Holm. e Diadasina riparia Ducke polinizadores ocasionais. Quanto ao sistema de reprodução, I. asarifolia é autoincompatível, produzindo frutos e sementes viáveis somente após polinização cruzada. Os testes de crescimento de tubo polínico mostraram que, após 10 horas, há tubos polínicos na micrópila de óvulos autopolinizados e daqueles submetidos à polinização cruzada, sugerindo que se trata de um sistema de incompatibilidade tardia. Os testes de germinação mostraram que somente as sementes obtidas em condições naturais (93,3%) e nos experimentos de polinização cruzada (100%) foram viáveis, reforçando os dados obtidos no sistema de reprodução.

    Abstract in English:

    The present work was carried out during March/1995 to July/1997, to study aspects of the phenology, pollination and reproduction of Ipomoea asarifolia growing at Fazenda Catalunha, Santa Maria da Boa Vista, PE. I. asarifolia is a perennial creeping liana with floration registered in the period of March to October, characterized as a cornucopian pattern of flowering. The flowers are gathered in cymes, with a pink funnel-like corolla with magenta mesopetals working as nectar guides. The anthesis is diurnal (05:30 - 06:00 h) and the flowers lasting for approximately six hours. The amount of nectar secreted by flower is less then 1µl. Bees Megachilidae and Apidae were the main visitors of this Convolvulaceae. Liturge huberi Ducke was considered as effective pollinatior, and Acamptopoeum prinii Holm. and Diadasina riparia Ducke as occasional. Ipomoea asarifolia is self-incompatible, producing fruits and viable seeds only after crossed pollination. However the tests of pollen tube growth showed that 10 hours after pollination, pollen tubes reached the micropile of both self- and cross-pollinated ovules, suggesting a late acting self-incompatibility system. The germination tests showed that only the seeds obtained in natural conditions (93,3%) and from cross-pollination experiment (100%) were viable, reinforcing the data obtained in the reproduction system.
  • Techniques to obtain cytological preparations with high frequency of mitotic metaphases in plants: Passiflora (Passifloraceae) and Crotalaria (Leguminosae)

    Cuco, Silvia Marina; Mondin, Mateus; Vieira, Maria Lúcia Carneiro; Aguiar-Perecin, Margarida L. R.

    Abstract in Portuguese:

    Foram conduzidos experimentos visando à otimização de procedimentos para preparações citológicas de pontas de raiz com alta freqüência de metáfases mitóticas, apresentando cromossomos com morfologia nítida, em espécies pertencentes a dois gêneros de plantas, Passiflora (Passifloraceae) e Crotalaria (Leguminosae). Para o acúmulo de metáfases, bem como de prófases e prometáfases com cromossomos bem condensados, foram avaliados pré-tratamentos de raízes, em que foram utilizadas diferentes combinações de 8-hidroxiquinolina, inibidor do fuso mitótico, com cicloheximida, inibidor da síntese protéica. As preparações foram coradas pelo método de Feulgen. Os melhores resultados foram obtidos com o tratamento com 8-hidroxiquinolina a 300ppm combinado com cicloheximida a 3,125ppm, por 1 hora e 30 minutos para as espécies de Passiflora, e a combinação de 8-hidroxiquinolina a 300ppm + cicloheximida a 6,25ppm também durante 1 hora e 30 minutos para as espécies de Crotalaria. Esta investigação ilustra a situação de dois gêneros de plantas em que a adequação de pré-tratamentos diferiu entre os grupos, e é fundamental para estudos envolvendo comparação do cariótipo das espécies, sobretudo para a detecção de marcadores cromossômicos evidenciados por meio de métodos diversos de citogenética (bandamento-C, bandamento com fluorocromos e hibridação in situ fluorescente).

    Abstract in English:

    Experiments were carried out aiming to optimize procedures for cytological preparations of root tips with high frequency of metaphase cells showing clear features of chromosome morphology, in species belonging to two genera of plants, Passiflora (Passifloraceae) and Crotalaria (Leguminosae). For the accumulation of metaphases, as well as prophases and prometaphases with well condensed chromosomes, pretreatments of root tips with different combinations of 8-hydroxiquinoline, a mitotic fuse inhibitor and with cycloheximide, a protein synthesis inhibitor, were evaluated in Feulgen stained preparations. The treatments with 8-hydroxiquinoline at 300ppm + cycloheximide at 3.125ppm, and with 8hydroxiquinoline at 300ppm + cycloheximide at 6.25ppm, both for 1 hour and 30 minutes, were more effective respectively for Passiflora and Crotalaria species. This investigation illustrates a case of differences of pretreatment procedures between two genera of plants, as well as represents a basic work for studies involving the comparison of the karyotype of species belonging to these genera, and especially, for the detection of chromosome markers via several cytogenetic methods (C-banding, fluorescent-chromosome banding and in situ hybridization).
  • Structure and floristic composition of tree communities in two altitudinal zones in an Atlantic forest in the Imbé Region, RJ, Brazil

    Moreno, Marcel R.; Nascimento, Marcelo T.; Kurtz, Bruno C.

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi avaliar a composição florística e estrutural do estrato arbóreo de um remanescente de mata atlântica submontana na Região do Imbé, RJ, testando a hipótese de que diferenças em altitude (zona 1 localizada a 50m.s.m. e zona 2 localizada a 250m.s.m.) acarretam alterações na comunidade. O total de dez parcelas de 30×40m foram alocadas em duas zonas altitudinais, cinco no sítio 1 e outras cinco no sítio 2. Todas as árvores com DAP > 10cm foram marcadas e medidas. Dentre os 940 indivíduos amostrados, um total de 210 espécies foram identificadas, distribuídas em 158 gêneros e 43 famílias. As duas zonas estudadas apresentaram valores semelhantes de densidade total, área basal total e diversidade de espécies. Os valores de diversidade de espécies estão entre os mais altos encontrados em Mata Atlântica. A família Euphorbiaceae apresentou os maiores valores de VC em ambas as zonas altitudinais. A família mais rica em número de espécies foi Leguminosae (26 espécies). Das 210 espécies amostradas, apenas 57 foram comuns às duas zonas amostradas. Na zona 1, as espécies com os maiores VC foram Hyeronima alchorneoides Allemão (14,3), Actimostemon verticilatus (Kl.) Baill. (11,4) e Rustia formosa (Cham. & Schltal.) Klotzch (10,7), enquanto que para a zona 2, foram Actimostemon verticilatus (13,8), Euterpe edulis Mart. (12,4) e Mabea fistulifera Mart. (8,1). Os resultados indicaram que a composição florística mudou em função da altitude, mas não a estrutura da floresta e a diversidade de espécies.

    Abstract in English:

    The Imbé is one of the main Atlantic forest remnants in the Rio de Janeiro State. The aim of this study was to test whether differences in forest structure and floristic composition exist between two tree communities at different altitudes (site 1 at 50m high and site 2 at 250m high). Five plots of 30m×40m (1200m²) were setup in each site. All trees with DBH > 10cm were tagged and measured. A total of 210 species was sampled, distributed in 158 genus and 43 families. Both sites is showed similar values for basal area, number of individuals and canopy height. The species diversity (H'= 4,21 and 4,30, respectively to site 1 and site 2) can be considered to be within the highest values found for Atlantic forests. Among the families, the Euphorbiaceae had the highest values of CV in both altitudinal sites. The family with the highest richness of species was the Leguminosae (26 species). Only 57 species were common to both forest sites. At site 1, the species with the highest CV were Hyeronima alchorneoides Allemão (14,3), Actimostemon verticilatus (11,4) and Rustia formosa (Cham. & Schltal.) Klotzch (10,7), while for the forest at site 2 they were Actimostemon verticilatus (Kl.) Baill. (13,8), Euterpe edulis Mart. (12,4) and Mabea fistulifera Mart. (8,1). The results showed that the floristic composition changed with altitude, but not the forest structure and species diversity.
  • Comparative leaf anatomy of Peperomia (Piperaceae): I. Ontogenesis of the aquiferous tissue and the stomata

    Takemori, Nathieli Keila; Bona, Cleusa; Alquini, Yedo

    Abstract in Portuguese:

    A maioria das espécies de Peperomia apresenta tecido que reserva água na face adaxial de suas folhas. Esse tecido pode variar em espessura, determinando maior ou menor suculência à folha. A fim de se determinar a origem de estruturas anatômicas relevantes ao grupo, o presente trabalho descreveu o desenvolvimento do tecido especializado na reserva de água, bem como a ontogênese dos estômatos de P. catharinae Miquel, P. emarginella (Sw.) C.DC., P. quadrifolia (L.) Kunth e P. rotundifolia (L.) Kunth. Para tanto, foram observadas folhas jovens do ápice caulinar e do primeiro nó subseqüente, em secções transversais e paradérmicas. As técnicas utilizadas foram as usuais para microscopia fotônica. Todas as espécies apresentaram tecido especializado na reserva de água, originado de divisões periclinais das células protodérmicas. A ontogênese estomática é mesoperígena, dando origem a estômatos anisocíticos, tetracíticos e estaurocíticos.

    Abstract in English:

    Most species of Peperomia presents a water reservoir tissue on the adaxial surface of the leaf. This tissue can vary in thickness determining more or less succulence to the leaf. On purpose of determining the origin of important anatomic structures for this group, the present work describes the development of the water reservoir specialized tissue, as well as the stomata ontogenesis for P. catharinae Miquel, P. emarginella (Sw.) C.DC., P. quadrifolia (L.) Kunth and P. rotundifolia (L.) Kunth. Young leaves from the stem apex and the first node were observed in cross and paradermic sections. The techniques were the usual for light microscopy. All the species presented the water reservoir specialized tissue originated from periclinal divisions of protodermal cells. The stomata ontogenesis is mesoperigenous and it gives rise to anisocytic, tetracytic and staurocytic stomata.
  • Variation in plant defenses of Didymopanax vinosum (Cham. & Schltdl.) Seem. (Apiaceae) across a vegetation gradient in a Brazilian cerrado

    Pais, Mara Patrícia; Varanda, Elenice Mouro

    Abstract in Portuguese:

    A vegetação de cerrado é composta por um mosaico de fisionomias, abrangendo desde o campo sujo, dominado por herbáceas, passando pelo campo cerrado e cerrado sensu stricto, com predomínio de vegetação arbustiva, até o cerradão, basicamente uma formação florestal. Este mosaico fisionômico está relacionado com diferenças na disponibilidade de água no solo. Considera-se que as plantas de cerrado são física e quimicamente bem protegidas contra herbívoros, embora não existam estudos mostrando como as plantas investem em defesas nas diferentes fisionomias. Nosso objetivo foi comparar o investimento em algumas defesas e caracteres nutritivos em Didymopanax vinosum (Cham. & Schltdl.) Seem. (Apiaceae), uma espécie vegetal típica de cerrado, ao longo de um gradiente fisionômico. Foram mensurados a dureza e os conteúdos de água, nitrogênio, celulose, lignina e taninos de folhas jovens e adultas de D. vinosum coletadas no campo cerrado, cerrado sensu stricto (s.s.) e cerradão. As plantas de cerrado s.s. e do cerradão apresentaram melhores características nutritivas, mas também maiores valores de taninos que as plantas do campo cerrado. Discute-se a possibilidade de que algum mecanismo de compensação tenha sido selecionado de modo a proporcionar um investimento ótimo em defesas, respeitando as limitações impostas pelo déficit de água no ambiente.

    Abstract in English:

    Cerrado vegetation is composed of a mosaic of vegetation types, from campo sujo, dominated by herbs; campo cerrado and cerrado sensu stricto, with shrubby vegetation; to cerradão, with trees forming a denser forest. This physiognomic mosaic is related to differences in the water availability in the soil. Cerrado plants are considered physically and chemically well defended against herbivores, but there are no studies showing how plants allocate investment to various types of defensive mechanisms in different habitat physiognomies. The defensive mechanisms and the nutritional traits of a cerrado plant, Didymopanax vinosum (Cham. & Schltdl.) Seem. (Apiaceae), were compared along a vegetation gradient. Toughness, as well as water, nitrogen, cellulose, lignin, and tannin contents were measured in young and mature leaves of D. vinosum collected in campo cerrado, cerrado sensu stricto (s.s.) and cerradão. Plants from cerrado s.s. and cerradão were of better nutritional quality but also had higher tannin contents than campo cerrado plants. Some type of compensation mechanism could have been selected to provide an optimum investment in defense, according to limitations imposed by water deficits in the habitat.
  • Diversity and structure of a tree species community in flooded area in the municipality of Londrina, Southern Brazil

    Bianchini, Edmilson; Popolo, Raquel Silveira; Dias, Marilda Carvalho; Pimenta, José Antonio

    Abstract in Portuguese:

    Um levantamento fitossociológico em área alagável do Parque Estadual Mata dos Godoy, Londrina, PR, sul do Brasil (23°27'S e 51º15'W) determinou a diversidade e a estrutura das espécies arbóreas. O levantamento foi realizado em 0,5ha utilizando-se 50 parcelas de 10m×10m, tendo-se como critério de inclusão o perímetro mínimo a altura do peito de 15cm. Para cada espécie foram calculadas a densidade, a freqüência e a dominância. Foram amostrados 912 indivíduos vivos e 58 mortos em pé. Os indivíduos vivos se distribuíram em 26 famílias, 49 gêneros e 64 espécies, e o índice de diversidade de Shannon (3,44) foi menor que de outras áreas do Parque. Leguminosae e Myrtaceae apresentaram o maior número de espécies, enquanto que Nectandra megapotamica (Spreng.) Mez, Chrysophyllum gonocarpum (Mart. & Eichler), Actinostemon concolor (Spreng.) Müll. Arg., Ruprechtia laxiflora Meisn. e Trichilia catigua A. Juss. apresentaram os maiores valores de importância neste ambiente. O alagamento está relacionado com a menor diversidade e com a estrutura da área, onde as espécies com estratégias mais eficientes tornam-se dominantes e caracterizam esta comunidade.

    Abstract in English:

    A phytosociological study was developed in flooded area of the Mata dos Godoy State Park, municipality of Londrina, southern Brazil (23º27'S and 51°15'W) in order to determine the diversity and the structure of tree species. Fifty 10m×10m plots (0,5ha) were used to sample trees with GBH (girth at breast height) > 15,0cm. Density, frequency and dominance parameters were calculated for each species. In this area 912 living and 58 dead individuals were sampled. The living individuals were distributed in 26 families, 49 genera and 64 species. The value of the Shannon's diversity index was 3,44. The families with the highest species number were Leguminosae and Myrtaceae, while Nectandra megapotamica (Spreng.) Mez, Chrysophyllum gonocarpum (Mart. & Eichler), Actinostemon concolor (Spreng.) Müll. Arg., Ruprechtia laxiflora Meisn. and Trichilia catigua A. Juss. were the most important species in this area. The less diversity and structure of this area is related to flooding and the species adapted to this environment are recruited in higher abundance.
  • Wood structural quantitative variation of the Terminalia ivorensis A. Chev., Combretaceae

    Urbinati, Cláudia V.; Azevedo, Aristéa A.; Silva, Eldo A. Monteiro da; Lisboa, Pedro L. B.

    Abstract in Portuguese:

    Com o objetivo de analisar a variação anatômica ao longo do caule de Terminalia ivorensis, estudaram-se amostras de madeira de três indivíduos, nos planos radial e axial. Para tal, corpos de prova foram obtidos a partir de discos de madeira, de 2 em 2cm, no sentido medula-câmbio. A metodologia usada para desenvolver o trabalho foi aquela tradicionalmente recomendada para estudos em anatomia vegetal. A descrição anatômica realizada seguiu as recomendações do IAWA Committee. No sentido radial do caule, alguns elementos anatômicos apresentaram tendências de variação definidas e significativas estatisticamente quando aplicado o teste Tukey para comparação de médias. São eles: freqüência, diâmetro e comprimento dos elementos de vaso, freqüência de raios/mm linear, comprimento dos raios em número de células, e comprimento e espessura da parede das fibras. Já no sentido axial, todas as variáveis analisadas não se mostraram estatisticamente significativas. Os resultados observados devemse, principalmente, à caracterização bem definida dos lenhos juvenil e adulto na madeira de Terminalia ivorensis.

    Abstract in English:

    In order to verify anatomical stem variation of the Terminalia ivorensis wood, were studied wood samples at three different heights in the radial and axial planes. Proof bodies were gotten at a 2cm interval from the pith towards the vascular cambium. The utilized methodology to develop the job followed the traditionally recommended methodology for vegetable anatomy studies. The anatomical description followed the recommendations of the IAWA Committee. In the radial stem direction, some anatomic elements showed a well defined trend, which are statistically significant when using the Tukey test for measures comparison. They were: frequency, diameter and length of the vessel elements, ray frequency/linear mm, length of rays in number of the cells and fiber length and thickness. On the other side, in the axial stem direction, was not found anything statistically significant. This results were observed principally due the clear presence of the juvenile and adult wood in the lumber of Terminalia ivorensis.
  • Novas espécies de Coussarea Aubl. e Faramea Aubl. (Rubiaceae, tribo Coussareae)

    Gomes, Mario

    Abstract in Portuguese:

    Quatro novas espécies da família Rubiaceae, relacionadas à tribo Coussareae são descritas e ilustradas. São elas: Coussarea bocainae; Faramea hymenocalyx; F. paratiensis e F. picinguabae. Os táxons aqui apresentados tiveram como base material coletado na Serra do Parati, situada na divisa entre os Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, nas proximidades do litoral. Essa serra integra o Parque Nacional da Serra da Bocaina e possui cobertura vegetal predominante da Floresta Pluvial Atlântica, sendo essa a área de distribuição e o hábitat dos novos táxons.

    Abstract in English:

    Four new species of the Rubiaceae, tribe Coussareae are described and illustrated: Coussarea bocainae; Faramea hymenocalyx; F. paratiensis and F. picinguabae. They are based on the material collected in the Parati Mountains, located on the border between Rio de Janeiro and São Paulo States, near the coast. This mountainous area is part of the Serra da Bocaina National Park, which is covered mainly by Atlantic Rain Forest. These new taxa are found in this forest within the Park.
  • Reavaliação taxonômica de algumas espécies dos gêneros Coussarea Aubl. e Faramea Aubl. (Rubiaceae, tribo Coussareae)

    Gomes, Mario

    Abstract in Portuguese:

    Os caracteres morfológicos de alguns táxons dos gêneros Coussarea Aubl. e Faramea Aubl., vinculados à tribo Coussareae, são reavaliados. A falta de melhor caracterização das espécies aqui incluídas tem gerado dúvidas sobre a sua verdadeira denominação, o que objetivou a elaboração deste trabalho. A análise dos caracteres resultou em melhor delimitação para os seguintes táxons: Coussarea hoehnei (K. Krause) Standl. e C. virens Müll. Arg., colocadas como sinônimos de C. contracta var. panicularis Müll. Arg.; C. cornifolia (Benth.) Müll. Arg. é relacionada a C. hydrangeifolia (Benth.) Müll. Arg. e C. porophylla (Vell.) Müll. Arg. é incluída como variedade de C. meridionalis (Vell.) Müll. Arg. Uma nova variedade de C. nodosa (Benth.) Müll. Arg. é apresentada. Para as espécies de Faramea foram feitas sinonimizações, que são: F. cyanea Müll. Arg. para F. hyacinthina Mart.; F. warmingiana Müll. Arg. e F. marginata Cham. para F. latifolia (Cham. & Schltdl.) DC. e F. paulensis Zahlbr. para F. tetragona Müll. Arg. Inclui-se aqui também F. montevidensis (Cham. & Schltdl.) DC., por ser comumente identificada como F. marginata Cham. Os táxons tratados neste trabalho contam com descrições mais detalhadas que as originais e chaves para as variedades, com suas principais características diagnósticas. Épocas de floração e de frutificação, distribuição geográfica, habitats, comentários gerais, material examinado como referência e a localização dos tipos completam as informações sobre os táxons.

    Abstract in English:

    The morphological characteristics of several taxa of the genera Coussarea Aubl. and Faramea Aubl., linked to the tribe Coussareae, are reviewed in this paper. The species included here have been poorly described, leading to doubts concerning their proper denomination. Character analysis resulted in new limits for these species: Coussarea hoehnei (K. Krause) Standl. and C. virens Müll. Arg. are placed in synonymy with C. contracta var. panicularis Müll. Arg.; C. cornifolia (Benth.) Müll. Arg. is linked to C. hydrangeifolia (Benth.) Müll. Arg.; C. porophylla (Vell.) Müll. Arg. is included as a variety of C. meridionalis (Vell.) Müll. Arg. A new variety of C. nodosa (Benth.) Müll. Arg. is presented. The following species of Faramea are placed in synonymy: F. cyanea Müll. Arg. in F. hyacinthina Mart.; F. warmingiana Müll. Arg. and F. marginata Cham. in F. latifolia (Cham. & Schltdl.) DC. and F. paulensis Zahlbr. in F. tetragona Müll. Arg. F. montevidensis (Cham. & Schltdl.) DC. is also included here because it is commonly identified as F. marginata Cham. Descriptions of the taxa that are more detailed than the original ones are given, as well as keys to varieties with major distinguishing characteristics. Data on flowering and fruiting periods, geographic distribution, habitats, general comments, representative specimen list and type localizations are also given for these taxa.
  • Gramineae (Poaceae) of the Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) "Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo", Distrito Federal, Brazil

    Rodrigues-da-Silva, Robson; Filgueiras, Tarciso S.

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho relata-se o levantamento florístico das espécies de Poaceae da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) "Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo", Distrito Federal, Brasil. Foram encontradas 107 espécies, distribuídas em 41 gêneros, sendo 82 nativas e 25 exóticas. São apresentadas chaves analíticas para gêneros e espécies, além de ilustrações para os táxons identificados. Coelorachis aurita (Steud.) A. Camus é citada pela primeira vez para a flora do Distrito Federal.

    Abstract in English:

    A floristic survey of the Poaceae in the Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) "Santuário de Vida Silvestre do Riacho Fundo", Distrito Federal, Brazil was undertaken. Forty one genera and 107 species were found, including 82 native and 25 introduced species. Keys to genera and species and illustrations are presented. Coelorachis aurita (Steud.) A. Camus is recorded for the first time in the Distrito Federal, Brazil.
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br