Modelo experimental de carcinogênese pulmonar em ratos Wistar

OBJETIVO: Elaborar um modelo experimental de carcinogênese pulmonar em ratos wistar. MÉTODOS: Rattus norvegicus albinus, linhagem Wistar foram submetidos a instilação intra-pulmonar da diluição em álcool 70% de Benzo[a]pireno (B[a]P), um hidrocarboneto aromático policíclico amplamente conhecido por seu poder de indução tumoral. Foram formados três grupos experimentais com 08 animais cada: Grupo Controle (álcool 70%); Grupo B[a]P 10 mg/kg; e Grupo B[a]P 20mg/kg, submetidos a eutanásia 08, 10, 12 e 14 semanas após o procedimento experimental. As secções pulmonares foram coradas por HE e submetidas a análise morfométrica para descrição das alterações teciduais. RESULTADOS: em todos os grupos observou-se a presença de alterações inflamatórias difusas, porém na análise do tecido pulmonar dos grupos experimentais, observou-se alterações hiperplásicas (hiperplasia de BALT), e em um dos animais do grupo experimental 20mg/kg (12 semanas) notou-se a presença de pleomorfismo celular epitelial traqueal, sugerindo a formação de adenocarcinoma in situ. CONCLUSÃO: as principais alterações secundárias à instilação intra-pulmonar de B[a]P em ratos Wistar foram: proliferação celular, alterações inflamatórias de diversos graus e hiperplasias nodulares linfóides. A associação de um agente ativador da resposta metabólica pulmonar pode ser necessária para estabelecimento da dose-resposta ideal ao desenvolvimento do câncer de pulmão.

Carcinogênese; Câncer de Pulmão; Benzo[a]pireno; Neoplasias; Modelo experimental


Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia Al. Rio Claro, 179/141, 01332-010 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3287-8814 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: sgolden@terra.com.br