Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, Volume: 18, Issue: 2, Published: 2010
  • Apresentação

    Oliveira, Cecilia Helena de Salles
  • O império dos mil anos e a arte do "tempo barroco": a águia bicéfala como emblema da Cristandade Estudos de Cultura Material

    Trindade, Jaelson Bitran

    Abstract in Portuguese:

    O artigo revela que, entre meados do século XVII e meados do XVIII, no meio eclesiástico das ordens religiosas (jesuítas, franciscanos, agostinhos, cistercienses, carmelitas etc.) e do episcopado, houve a adoção progressiva do símbolo imperial, a águia bicéfala, atributo do Império Cristão, do Sacro-Império Romano Germânico. Entretanto, em campo religioso, essa águia imperial do tempo do barroco aparece despojada de insígnias políticas (espada, cetro, globo), adornando altares, ostensórios, arcos-cruzeiros, fachadas de templos, portas, cúpulas, paredes, púlpitos, lavatórios sacros, esculturas e pinturas da Virgem e do Menino, vestes litúrgicas, etc.; relacionada, portanto, ao culto e aos dogmas da fé católica - nas obras artísticas, muitas vezes, a associação entre a dupla águia e a unidade carneespírito, humano-divino, princípio axial da fé católica, representada pela Virgem-Mãe e o Cristo é indicada de forma direta. A pesquisa tem localizado e identificado numerosos remanescentes da dupla águia em campo religioso em Portugal e Espanha e em suas antigas conquistas e domínios da América, Ásia e África, e também na Itália, sendo que jamais a historiografia relativa ao doloroso parto da Era Moderna no Ocidente se deu conta de tal fenômeno. Simbolizando o poder absoluto, universal, essas obras de teor sacro, tal como o discurso eclesiástico da época, põem à mostra a movimentação ocorrida, no plano religioso, com vistas à afirmação do poder não só espiritual como terreno do Cristo e seu corpo místico, a Igreja, embalada pela ideia de restabelecer a unidade cristã, a "República Cristã", desmantelada pelos conflitos de poder e de fé, bem como da instauração uma Monarquia Universal Apostólica, com ação política e sacerdotal estendida a toda a Humanidade: o Império dos Últimos Dias, Império de Cristo no Mundo Todo, Quinto Império.

    Abstract in English:

    The article reveals that between the mid-17th century and the mid-18th century, in the ecclesiastical world of the religious orders (Jesuits, franciscans, Carmelites, Cistercians, Augustinian, etc.) and the episcopate, there was the progressive adoption of the imperial symbol, the double-headed eagle, attribute of the Christian Empire, the germanic Holy Roman Empire emblem. However, in the religious field, this imperial eagle of the baroque time appears without the political insignia (sword, scepter and the imperial orb), adorning altars, monstrances, trumphal archs, facades of temples, doors, walls, domes, pulpits, sacred washbasins, sculptures and paintings of the Virgin and Child, liturgical robes, etc.; therefore related to the cult and the dogmas of the Catholic faith - in artistic works, the association between the double eagle and the flesh-spirit or human-divine unity, axial principle of the Catholic faith, represented by Virgin-Mother and Christ, is often indicated directly. The research has located and identified numerous remnants of the double eagle emblem in religious field in Portugal and Spain and in their conquests and dominions in America, Asia and Africa, and also in Italy, and the historiography on painful birth of the modern era in the West has never realized this phenomenon. Symbolizing absolute power, universal power, these works with sacred significance, as the ecclesiastical discourse of the time, demonstrate movement occurred in religious plane. With the aim to assert not only spiritual but also temporal power of Christ and his mystical body, the Church was impelled by the idea of restoring the "Republica Christiana" or Christendon - disrupted by conflicts of power and faith - and of introducing a Universal Apostolic Monarchy extended to all mankind: the Empire of the Last Days, the Empire of Christ in the world, the fifth Empire.
  • Teatro da Paz: histórias invisíveis em Belém do grão-Pará Estudos de Cultura Material

    Souza, Roseane Silveira de

    Abstract in Portuguese:

    Um dos principais exemplares de arquitetura neoclássica no Brasil, o Teatro da Paz, em Belém do Pará, tem sua imagem e história bastante marcadas por uma ampla remodelação, realizada entre 1904 e 1905, quando ganhou as feições luxuosas que mantém até hoje. Essa reforma teve como efeito o ofuscamento de fatos havidos entre a construção (1869-1874), os nove primeiros anos de funcionamento (1878-1887), e sua primeira reforma (1887-1890), envolvendo maus tratos de negócios públicos, disputas de poder entre engenheiros provinciais, litígios, apropriações públicas do teatro-monumento, e a participação dos artistas Domenico de Angelis e Chrispim do Amaral nas obras de reforma. Desvelar essas histórias invisíveis, à margem da história oficial, restitui ao monumento sua dimensão humana, social.

    Abstract in English:

    Teatro da Paz ("Peace Theater"), in Belém, capital of State of Pará, is one of the most representative neo-classical opera houses in brazil. Its remarkable history and features resulted of a deep process of architectonic renewal occurred between 1904 and 1905, when it had also a sort of rich elements of decoration incorporated. As a result, the process hidden facts happened from the building (1869-1878), following by the opening and functioning (1878-1887), until the first important renovation (1887-1890), involving improper management of public sources, conflicts between engineers, litigations, the intense public uses for nine years and the participation of two recognized artists, the Italian Domenico de Angelis and the brazilian Chrispim do Amaral, in the first renovation. Uncovering these invisible histories, outsider histories, give to monument back its human, social dimension.
  • E o Iphan retirou o véu da noiva e disse sim: ecletismo e modernismo no edifício Luciano Costa Estudos de Cultura Material

    Cabral, Renata

    Abstract in Portuguese:

    São raros os momentos, na história das políticas de preservação do patrimônio no Brasil, em que se vê a dimensão de um conflito - gerado pela atribuição de valores a um bem cultural - alcançar repercussão significativa, mobilizando diversos agentes. O caso do edifício Luciano Costa, no Recife, é um exemplo dessa natureza. Neste artigo, procuramos apresentar -a partir da interpretação de uma trama complexa de discursos e ações - a polêmica preservacionista em torno desse edifício, um exemplar arquitetônico singular, por ter simultaneamente duas fachadas, uma eclética e uma modernista. Em grande parte inéditos, os documentos técnico-administrativos da 5ª Superintendência Regional e do Departamento de Documentação do Iphan, assim como aqueles da fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (fundarpe), da Diretoria de Projetos Especiais da Empresa de Urbanização do Recife (URb-Recife) e do Ministério Público de Pernambuco foram as fontes primárias privilegiadas.

    Abstract in English:

    They are rare the moments in the history of the politics for the preservation of heritage in brazil in which one can see the dimension of the conflict surrounding the attribution of value to a cultural good have significant repercussion, mobilising various agents. The case of the building Luciano Costa, in Recife, is an example of this kind. In this article we aim to present - through the interpretation of a complex web of discourses and actions - the preservationist polemic surrounding this building, a singular example of architecture, because it has two façades simultaneously, one Eclectic and one Modern. Largely unpublished, the technico-administrative documents of the 5ª Superintendência Regional (5th Regional Superintendency) and of the Departamento de Documentação (Documentation Department) of Iphan, as well as those of the fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (foundation for the Historical and Artistic Heritage of Pernambuco), of the Diretoria de Projetos Especiais da Empresa de Urbanização do Recife (Special Projects Directory of the Urbanisation Company of Recife) and of the Ministério Público de Pernambuco (Public Prosecutor of Pernambuco), were the main sources targeted.
  • Versões do "progresso": a modernização como tema e problema do fotógrafo Militão Augusto de Azevedo Estudos de Cultura Material

    Araújo, Íris Morais

    Abstract in Portuguese:

    O artigo centra-se no legado de Militão Augusto de Azevedo (1837-1905), com o objetivo de desvendar as diferentes maneiras como esse fotógrafo representou o processo de modernização ocorrido nas últimas décadas do século XIX no Brasil e, especialmente, em São Paulo. A análise dos documentos de Militão - fotografias, cartas e um Índice das fotografias de antigos paulistas - configura uma multiplicidade de significados a respeito das transformações ocorridas na cidade de São Paulo a partir da década de 1860, e na política brasileira após a Proclamação da República. As observações da personagem a respeito de seu mundo em mudança asseveram que, menos do que coladas apenas ao "progresso", as representações do fotógrafo formam um amálgama de temporalidades desencontradas, que se imbricam e tensionam-se.

    Abstract in English:

    This article centers itself in the inheritance of Militão Augusto de Azevedo (1837-1905) with the objective of investigate the different ways he represented the modernization process in the last decades of the 19th century in brazil and especially in the city of São Paulo. The Militão's documents analysis - photographs, letters and a Índice das fotografias de antigos paulistas - configures a multiplicity of meanings about the transformations occurred in the São Paulo city since 1860, and in the brazilian politics after the Republic's Proclamation. The character's comments about his changing world asseverate that, less than directly related to the "progress", the photographer's representations form an amalgam of mismatched temporalities, which imbricate and tension themselves.
  • Arte fotográfica e estética moderna: sob o olhar do fotoclube de Goiânia Estudos de Cultura Material

    Fernandes, Ana Rita Vidica

    Abstract in Portuguese:

    O artigo trata da discussão sobre arte fotográfica no movimento fotoclubista, a partir das produções textual e fotográfica, realizadas nas décadas de 1970-1980 por fotoclubes brasileiros, presentes no acervo do Clube da Objetiva (CO), fotoclube de Goiânia, Goiás, além de entrevistas com integrantes desse fotoclube. A produção fotográfica é vista, principalmente, através de fotografias selecionadas pelo referido fotoclube e veiculadas nos cinco Salões Nacionais de Arte Fotográfica que promoveu. Neste texto, as imagens selecionadas priorizam àquelas cuja apresentação visual dialoga com a estética moderna, utilizando como parâmetro a produção fotográfica dos pioneiros do Cine Fotoclube Bandeirante, de São Paulo, iniciador, no Brasil, das experimentações fotográficas modernas. Para isso, tenta-se fazer entender o fotoclube de Goiânia enquanto instituição fotoamadora, em seu contexto local e no âmbito do movimento fotoclubista, e na sua condição de seletor de fotografias artísticas.

    Abstract in English:

    This article will treat the discussion of photographic art in photo-club movement, from the textual and photographic productions, performed by Brazilians photo-clubs, present the achievements of the Clube da Objetiva (CO), Goiania's photo-club, in the decades from 1970 to 1980, plus interviews with members of the CO. The photographic production will be seen mainly through photographs selected by that photo-club and broadcast in five National Photographic Art exhibits, which promoted. The selected images, in this text, prioritize those whose visual presentation dialogues with the modern aesthetic, utilizing the production of photographic Pioneers of the Cine Fotoclube Bandeirante, São Paulo's photo-club, pioneer in modern trials. For this, it is the understanding Goiania's photo-club in their local context and within the photo-club movement as an institution and its condition selector art photographs.
  • Transubstanciação simbólica do uniforme de trabalho em signo de prestígio Estudos de Cultura Material

    Farias, Rita de Cássia Pereira

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa os usos sociais e significados simbólicos presentes no uniforme de trabalho usado pelos funcionários da Usiminas - siderúrgica sediada em Ipatinga (Mg). Esse uniforme é um dos maiores símbolos de prestígio na região, vestido por todos os funcionários, independentemente do nível hierárquico ou gênero (sob justificativa de nivelar todos, até mesmo o presidente da companhia o usa). A realidade em estudo revela um paradoxo entre a necessidade de igualar, pela roupa, os trabalhadores e a hierarquia na empresa, que aponta para diferenças. Para desvelar o universo simbólico ao qual o uniforme se liga, a análise articula antropologia simbólica, cultura material e história social, recuperando o percurso histórico quanto à adoção dos uniformes nas fábricas brasileiras, bem como o contexto em que a Usiminas foi implantada. No processo de disputas simbólicas no espaço urbano, o uniforme foi útil para moldar comportamentos e "civilizar" os operários. Apesar do controle exercido pelo uniforme, os privilégios conseguidos por meio dele transformam-no em símbolo de status. Os dados evidenciam que, mais que um material inerte, destinado a proteger os trabalhadores, o uniforme materializa relações de gênero e de classe, e adquire uma vida social essencialmente dinâmica, "impregnada" de memórias, sonhos e conquistas, além de ser marcado por perseguições, demissões, medo e dor.

    Abstract in English:

    The article examines the social uses and symbolic meanings which are present in the working uniform adopted by Usiminas, a large steel company located in Ipatinga (Mg). This uniform is one of the greatest symbols of prestige in the region, since all the employees wear it, regardless of hierarchy level or gender (under a discourse of equality, it is worn even by the president of the company). The reality under investigation reveals a paradox between the need to equalize the workers by the garment and the company hierarchy, which may imply differences. To unveil the symbolic universe to which the uniform is connected, the analysis articulated symbolic anthropology, material culture and social history, retrieving the historical background regarding the adoption of uniforms in brazilian factories as well as the context in which Usiminas was implanted. In the process of symbolic disputes in urban spaces, the uniform was useful to shape behaviors and "civilize" the workers. However, in spite of the control which is possible through the uniform, the access to many privileges have contributed to transform it into a status symbol. The data show that, rather than an inert material to protect workers, the uniform materializes gender and class relations, has an essentially dynamic social life, "impregnated" by memories, dreams and accomplishments, besides being marked by persecution, layoffs, fear and pain.
  • Notas sobre a Carta de Veneza Consevação e Restauração

    Kühl, Beatriz Mugayar

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo propõe uma leitura crítica da Carta de Veneza, documento-base do Icomos, fruto de congresso realizado em 1964. No Brasil, a Carta é citada com muita frequência, mas não entendida na mesma medida. As chamadas cartas patrimoniais são documentos - em especial aquelas derivadas de organismos internacionais - cujo caráter é indicativo ou, no máximo, prescritivo. Constituem base deontológica para as várias profissões envolvidas na preservação, mas não são receituário de simples aplicação. Para elaborar uma leitura fundamentada do documento, suas formulações devem ser entendidas em relação aos postulados teóricos da época em que foi produzida e aos desdobramentos do campo. Aqui, abordam-se esses temas, associando-os a comentários e esclarecimentos a respeito dos artigos da Carta, mencionando a origem de determinadas ideias, a forma como a Carta se aproxima ou difere de documentos anteriores, e as bases teóricas de determinadas proposições ali contidas. Esse processo de análise crítica fundamentada do documento é necessário para que as indicações ali contidas possam ser interpretadas de modo mais pleno, de modo a poder utilizá-las, na prática, nos dias de hoje.

    Abstract in English:

    This paper presents a critical reading of the Venice Charter, an Icomos key document, fruit of a conference held in 1964. The Charter is often quoted in Brazil but is not always properly understood. The conservation and restoration charters - especially those produced by international institutions - are documents that have an indicatory or, at the most, prescriptive character. They constitute the deontological foundation of many professionals involved in preservation, but they are not recipes for immediate use. In order to elaborate a well-founded reading of the document, its ideas must be understood in connection to the theoretical postulates of the time they were engendered and to the developments of the field. Thus this paper will examine these subjects, commenting and enlightening the Charter's articles and pointing out the origins of specific ideas. It also discusses how the Charter relates to previous documents and their theoretical foundations. This approach, based in a critical analysis, is necessary in order to reach a fuller interpretation of the Charter's indications so that they can be used in the present.
  • Charles Garnier (1825-1898) um arquiteto para um império Bibliografia

    Angotti-Salgueiro, Heliana
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br