Fontes e doses de nitrogênio na adubaçâo química do cafeeiro I: latossolo roxo transição para latossolo vermelho-amarelo, orto

Nitrogen fertilizers for coffee - I: red latosol transition to clay red yellow latosol

Resumos

Nitrocálcio, salitre-do-chile, sulfato de amônio e uréia, nas doses de 75, 150, 225 e 300 quilogramas de N por hectare, foram estudados comparativamente em um experimento de adubação química nitrogenada em café mundo novo, instalado em latossolo roxo transição para latossolo vermelho-amarelo, orto da região de Campinas, SP, em março de 1957, tendo sido efetuadas 11 colheitas de 1959 a 1969, inclusive. O nitrogênio foi aplicado parceladamente em 2, 4, 5 e 9 fracionamentos anuais durante a fase inicial do ensaio ou seja, até o ano agrícola 1963/64. A partir de então o esquema do parcelamento passou a 1, 2, 3 e 4 fracionamentos por ano. Após a colheita de 1969, os cafeeiros foram cortados a 50 cm do solo, efetuando-se em 1972 uma série de amostragens de solo e de folhas de cafeeiros, para a avaliação dos efeitos decorrentes da aplicação continuada das várias fontes de nitrogênio aplicadas. As produções de café obtidas durante todo o transcorrer do ensaio revelaram uma reação altamente significativa e positiva para as doses crescentes de nitrogênio. O Nitrocálcio e o sulfato de amônio foram as melhores fontes de nitrogênio, tendo diferido significativamente da uréia e do salitre-do-chile. O sulfato de amônio foi inicialmente superior ao Nitrocálcio sendo, entretanto, superado por este na parte final do experimento. Da colheita obtida no ano de 1961 foram separadas amostras de frutos provenientes das várias fontes de N estudadas, para determinação dos teores de macro e micronutrientes. Foram observadas diferenças no teor de N entre os tratamentos que receberam esse elemento e o controle não adubado. Foram observadas também diferenças nos teores de Fe e Mn nos frutos, entre as fontes de N utilizadas. No final do experimento foi observado um efeito acidificante sobre o solo, em decorrência do emprego do sulfato de amônio, da uréia e do Nitrocálcio. Observou-se aumento significativo nos teores de manganês e de alumínio nas folhas dos cafeeiros cultivados nas parcelas que receberam sulfato de amônio e uréia.


The following sourcesof nitrogen were studied in a field experiment with coffee plant: Ammonium nitrate with lime (AND, Ammonium sulphate, Chilean nitrate and urea, in doses corresponding to 75, 150, 225, and 300 kilograms of element per hectare. The soil was a Red Latosol transition to Clay Red - Yellow Latosol from the area of Campinas County, State of São Paulo. The experiment was installed in March, 1957 and the yield records collected from 1959 to 1969. The total annual doses were splited into 2, 4, 5, and 9 applications until 1963/64, and into 1, 2, 3, and 4 applications from that year on to the end of the experiment. Shortly after the 1969 picking, the plants were cut down to the height of about 50 centimeters, for renewing of the aereal parts. In 1972 a series of soil and leaf samples were taken for analysis and study of the residual effects of the fertilizers. The yields showed a very significant increase with increasing doses of nitrogen. ANL and ammonium sulphate were significantly superior to the urea and Chilean nitrate. The ammonium sulphate was superior to ANL during several years but in the last few years of the experiment this situation was reversed, with ANL giving higher yields. The mineral analysis of the fruits showed that the nitrogen, iron, and manganese contents varied with the source of nitrogen employed. The use of ammonium sulphate, urea and ANL lowered the pH of the soil; the manganese and aluminum content of the leaves increased when ammonium sulphate or urea was used.


Fontes e doses de nitrogênio na adubaçâo química do cafeeiro I — Latossolo roxo transição para latossolo vermelho-amarelo, orto1 1 Trabalho apresentado no 2.° Congresso Brasileiro sobre Pesquisas Cafeeiras, Poços de Caldas, MG, setembro de 1974. ,2 2 Pesquisa parcialmente subvencionada pelo Instituto Brasileiro do Café.

Nitrogen fertilizers for coffee — I— Red latosol transition to clay red yellow latosol

F. R. Pupo de Moraes3 3 Com bolsa de suplementação do C.N.Pq. ; W. Lazzarini; S. V. de Toledo; G. S. Cervellini3 3 Com bolsa de suplementação do C.N.Pq. ; Mamor Fujiwara

Seção de Café, Instituto Agronômico

SINOPSE

Nitrocálcio, salitre-do-chile, sulfato de amônio e uréia, nas doses de 75, 150, 225 e 300 quilogramas de N por hectare, foram estudados comparativamente em um experimento de adubação química nitrogenada em café mundo novo, instalado em latossolo roxo transição para latossolo vermelho-amarelo, orto da região de Campinas, SP, em março de 1957, tendo sido efetuadas 11 colheitas de 1959 a 1969, inclusive. O nitrogênio foi aplicado parceladamente em 2, 4, 5 e 9 fracionamentos anuais durante a fase inicial do ensaio ou seja, até o ano agrícola 1963/64. A partir de então o esquema do parcelamento passou a 1, 2, 3 e 4 fracionamentos por ano. Após a colheita de 1969, os cafeeiros foram cortados a 50 cm do solo, efetuando-se em 1972 uma série de amostragens de solo e de folhas de cafeeiros, para a avaliação dos efeitos decorrentes da aplicação continuada das várias fontes de nitrogênio aplicadas.

As produções de café obtidas durante todo o transcorrer do ensaio revelaram uma reação altamente significativa e positiva para as doses crescentes de nitrogênio. O Nitrocálcio e o sulfato de amônio foram as melhores fontes de nitrogênio, tendo diferido significativamente da uréia e do salitre-do-chile. O sulfato de amônio foi inicialmente superior ao Nitrocálcio sendo, entretanto, superado por este na parte final do experimento.

Da colheita obtida no ano de 1961 foram separadas amostras de frutos provenientes das várias fontes de N estudadas, para determinação dos teores de macro e micronutrientes. Foram observadas diferenças no teor de N entre os tratamentos que receberam esse elemento e o controle não adubado. Foram observadas também diferenças nos teores de Fe e Mn nos frutos, entre as fontes de N utilizadas.

No final do experimento foi observado um efeito acidificante sobre o solo, em decorrência do emprego do sulfato de amônio, da uréia e do Nitrocálcio.

Observou-se aumento significativo nos teores de manganês e de alumínio nas folhas dos cafeeiros cultivados nas parcelas que receberam sulfato de amônio e uréia.

SUMMARY

The following sourcesof nitrogen were studied in a field experiment with coffee plant: Ammonium nitrate with lime (AND, Ammonium sulphate, Chilean nitrate and urea, in doses corresponding to 75, 150, 225, and 300 kilograms of element per hectare.

The soil was a Red Latosol transition to Clay Red — Yellow Latosol from the area of Campinas County, State of São Paulo.

The experiment was installed in March, 1957 and the yield records collected from 1959 to 1969.

The total annual doses were splited into 2, 4, 5, and 9 applications until 1963/64, and into 1, 2, 3, and 4 applications from that year on to the end of the experiment.

Shortly after the 1969 picking, the plants were cut down to the height of about 50 centimeters, for renewing of the aereal parts.

In 1972 a series of soil and leaf samples were taken for analysis and study of the residual effects of the fertilizers.

The yields showed a very significant increase with increasing doses of nitrogen.

ANL and ammonium sulphate were significantly superior to the urea and Chilean nitrate.

The ammonium sulphate was superior to ANL during several years but in the last few years of the experiment this situation was reversed, with ANL giving higher yields.

The mineral analysis of the fruits showed that the nitrogen, iron, and manganese contents varied with the source of nitrogen employed.

The use of ammonium sulphate, urea and ANL lowered the pH of the soil; the manganese and aluminum content of the leaves increased when ammonium sulphate or urea was used.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

LITERATURA CITADA

Recebido para publicação em 9 de julho de 1975.

  • 1. ABRUÑA, F. & VICENTE-CHANDLER, J. Effects of six sources of nitrogen on yields, soil acidity, and leaf composition of coffee. J. Agric. Univ. Puerto Rico 47:41-46, 1963.
  • 2. GALLO, J. R.; HIROCE, R.; BATAGLIA, O. C. & MORAES, F. R. P. Teores de nitrogênio em folhas de cafeeiro em relação à adubação química. Bragantia 30:169-178, 1971.
  • 3. LAZZARINI, W. & MORAES, F. R. P. Ensaio qualitativo, quantitativo e de fracionamento do nitrogênio. In "Experimentação Cafeeira 1929-1963". Campinas, Instituto Agronômico, 1967. p.178-194.
  • 4. ROBINSON, J. B. D. Nitrogen studies in a coffee soil. HI. The comparative efficiency of ammonium sulphate and urea fertilizers in the presence and absence of an organic mulch measured in terms of crop yield. J. Agric. Sci., Cambridge 56:61-64, 1961.
  • 5. VERLIERE, G. Effets de trois sources d'azote sur revolution et le rendiment du caféier. 1.Ş Reunião da FAO sobre Produção e Proteção do Café. Rio de Janeiro-GB, Doc. Ce/65/32, 1965. (Mimeografado)

  • 1
    Trabalho apresentado no 2.° Congresso Brasileiro sobre Pesquisas Cafeeiras, Poços de Caldas, MG, setembro de 1974.
  • 2
    Pesquisa parcialmente subvencionada pelo Instituto Brasileiro do Café.
  • 3
    Com bolsa de suplementação do C.N.Pq.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    11 Mar 2009
  • Data do Fascículo
    1976

Histórico

  • Recebido
    09 Jul 1975
Instituto Agronômico de Campinas Avenida Barão de Itapura, 1481, 13020-902 Campinas SP - Brazil, Tel.: +55 19 2137-0653, Fax: +55 19 2137-0666 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: bragantia@iac.sp.gov.br