Produção de muda orgânica de pimentão com diferentes substratos

Organic production of seedlings of sweet pepper with different substrates

A fase de muda na horticultura é fundamental para obter boa produtividade, e o substrato é grande responsável por isso. Objetivou-se, no presente trabalho, identificarem-se combinações de resíduos orgânicos na confecção de substratos para a produção de mudas de pimentão Casca Dura Avelar. Sementes foram semeadas em copos plásticos de 180cm³, contendo misturas de resíduos orgânicos em cada substrato, como segue T1 Plantmax® (tratamento controle); T2 composto orgânico + casca de coco triturada (1:1 v/v); T3 composto orgânico + cama-de-frango + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v); T4 composto orgânico + esterco bovino + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v); T5 composto orgânico + coprólitos de minhoca + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v); T6 composto orgânico + caroço de açaí triturado (1:1:1 v/v); T7 composto orgânico + coprólitos de minhoca + casca de coco triturada (1:1:1 v/v); T8 composto orgânico + esterco bovino + casca de coco triturada (1:1:1 v/v). Após a semeadura, os recipientes foram transferidos para casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com oito tratamentos e quatro repetições, e a unidade experimental foi constituida de três plantas: uma em cada recipiente. Decorridos 20 dias da semeadura, avaliaram-se a altura de plantas, massa seca da parte aérea, massa seca de raízes e massa seca total. O substrato Plantmax® foi o que apresentou melhor desempenho. Entre os substratos alternativos, o substrato T5 foi o de melhor resultado.

Capsicum annuum; adubação orgânica; propagação


Universidade Federal de Santa Maria Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais , 97105-900 Santa Maria RS Brazil , Tel.: +55 55 3220-8698 , Fax: +55 55 3220-8695 - Santa Maria - RS - Brazil
E-mail: cienciarural@mail.ufsm.br