Autoavaliação das escolas: o caso do grupo disciplinar de Biologia/Geologia

Self-assessment of schools: the case of the Biology/Geology disciplinary group

Autoevaluación de las escuelas: el caso del grupo disciplinario de Biología/Geología

Maria João de Carvalho Helena Correia Sobre os autores

Resumo

A investigação de que se dá conta neste artigo teve como objetivo conhecer o modo de concretização do processo de autoavaliação e o seu impacto ao nível da prestação do serviço educativo, concretamente no concernente às práticas docentes do grupo disciplinar de Biologia/Geologia. Sustentado por uma opção que recaiu sobre uma escola pública secundária, do norte do país, este estudo de caso, enquanto estratégia metodológica, subordinada ao paradigma interpretativo, teve como instrumentos de recolha de dados a observação participante, a entrevista semiestruturada e a análise documental. A análise de dados seguiu a metodologia de análise de conteúdo por se afigurar a mais adequada face à natureza qualitativa dos dados obtidos. Da investigação realizada foi possível concluir que, apesar da preocupação com a qualidade e a melhoria do serviço educativo prestado, as ações desenvolvidas surgem, predominantemente, como resposta às pressões da Avaliação Externa de Escolas.

Autoavaliação; Avaliação externa de escolas; Planos de melhoria; Prestação de serviço educativo

Fundação CESGRANRIO Revista Ensaio, Rua Santa Alexandrina 1011, Rio Comprido, 20261-903 , Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: + 55 21 2103 9600 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: ensaio@cesgranrio.org.br
Accessibility / Report Error