Yield and quality of wheat seeds as a function of desiccation stages and herbicides

Produtividade e qualidade de sementes de trigo em função de estádios de dessecação e herbicidas

Abstracts

This study aimed to evaluate the yield and seed quality of wheat, cultivar ‘Quartzo’, harvested after desiccation with two desiccants (glyphosate and paraquat) at two reproductive stages (11.2 and 11.3). The study used a randomized block experimental design in a 3 x 2 factorial arrangement (two desiccants and a control) and two growth stages of wheat, with four replications. The following were assessed: seed yield, thousand seed weight and seed quality (germination, first germination count, root and shoot weight, seedling dry and fresh weight, accelerated aging, electrical conductivity, cold germination, potassium leaching). Based on the results, it can be concluded that the use of desiccants on wheat at the two stages of development have not affected yield, but they have negatively influenced physiological seed quality. Generally, the herbicide glyphosate showed the lowest phytotoxic effect on seeds, and desiccant application at stage 11.2 resulted in higher physiological seed quality compared with application at stage 11.3.

Triticum aestivum; glyphosate; paraquat; growth stage; vigor


Objetivou-se nesse trabalho avaliar a produtividade e qualidade fisiológica de sementes de trigo, cultivar ‘Quartzo’, colhidas após a dessecação com dois dessecantes (glyphosate e paraquat) em dois estádios reprodutivos (11.2 e 11.3). O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2 (dois dessecantes e uma testemunha) e dois estádios fenológicos do trigo, com quatro repetições. Foram avaliados a produtividade de sementes, a massa de mil sementes e a qualidade das sementes (germinação, primeira contagem de germinação, comprimento de parte aérea e radicular, massa fresca e seca de plântulas, envelhecimento acelerado, condutividade elétrica, frio sem solo e lixiviação de potássio). Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que o uso de dessecantes na cultura do trigo nos dois estádios de desenvolvimento não interferiu na produtividade, mas influenciou negativamente na qualidade fisiológica de sementes. De forma geral, o glyphosate foi o que proporcionou menor efeito fitotóxico sobre as sementes, e as sementes obtidas com aplicação de dessecantes no estádio 11.2 foram de qualidade fisiológica superior às obtidas com aplicação no estádio 11.3.

Triticum aestivum; glyphosate; paraquat; estádio fenológico; vigor


  • AGROFIT. Sistema de agrotóxicos fitossanitários. http://extranet.agricultura.gov.br/agrofit_cons/principal_agrofit_cons Accessed on: Mar. 19th2013.
  • BERVALD, C.M.P.; MENDES, C.R.; TIMM, F.C.; MORAIS, D.M.; BARROS, A.C.S.A.; PESKE, S.T. Desempenho fisiológico de sementes de soja de cultivares convencional e transgênica submetidas ao glifosato. Revista Brasileira de Sementes, v. 32, p. 9-18, 2010. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0101-31222010000200001&script=sci_arttext
  • BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS, 2009. 395 p. http://www.bs.cca.ufsc.br/publicacoes/regras%20analise%20sementes.pdf
  • BRASIL. Instrução Normativa n° 45, de 17 de setembro de 2013.  Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 20 set. 2013. Seção I, p.6. http://www.lex.com.br/legis_24861657_INSTRUCAO_NORMATIVA_N_45_DE_17_DE_SETEMBRO_DE_2013.aspx
  • CAIERÃO, E.; ACOSTA, A.S. Uso industrial de grãos de cevada de lavouras dessecadas em pré-colheita. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.42, n.9, p.1277-1282, 2007. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-204X2007000900009&script=sci_arttext
  • DALTRO, E.M.F.; ALBUQUERQUE, M.C.F.; FRANÇA-NETO, J.B.; GUIMARÃES, S.C.; GAZZIERO, D.L.P.; HENNING, A.A. Aplicação de dessecantes em pré-colheita: efeito na qualidade fisiológica de sementes de soja. Revista Brasileira de Sementes, v. 32, n. 1, p. 111-122, 2010. http://www.scielo.br/pdf/rbs/v32n1/v32n1a13.pdf
  • DUKE, S.O.; RIMANDO, A.M.; PACE, P.F.; REDDY, N.K.; SMEDA, R.J. Isoflavone, glyphosate and aminomethylphosphonic acid levels in seeds of glyphosate-treated, glyphosate-resistant soybean. Journal of Agriculture and Food Chemistry, v.51, n.1, p.340-344, 2003. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12502430
  • GUIMARÃES, V.F.; HOLLMANN, M.J.; FIOREZE, S.L.; ECHER, M.M.; RODRIGUES-COSTA, A.C.P.; ANDREOTTI, M. Produtividade e qualidade de sementes de soja em função de estádios de dessecação e herbicidas. Planta Daninha, v.30, n.3, p.567-573, 2012. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-83582012000300012&script=sci_arttext
  • INOUE, M.H.; MARCHIORI-JÚNIOR, O.; BRACCINI, A.L.; OLIVEIRA-JÚNIOR, R.S.; ÁVILA, M.R; CONSTANTIN, J. Rendimento de grãos e qualidade de sementes de soja após aplicação de herbicidas dessecantes. Ciência Rural, v.33, n.4, p.769-770, 2002. http://www.scielo.br/pdf/cr/v33n4/16704.pdf
  • KRZYZANOWSKI, F.C.; VIEIRA, R.D.; FRANÇA-NETO, J.B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. 218p.
  • LACERDA, A.L.S.; LAZARINI, E.; SÁ, M.E; VALÉRIO-FILHO, W.V.  Efeitos da dessecação de plantas de soja no potencial fisiológico e sanitário das sementes. Bragantia, v.64, n.3, 2005. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0006-87052005000300015&script=sci_arttext
  • LACERDA, A.L.S.; LAZARINI, E.; SÁ, M.E.; VALÉRIO-FILHO, W.V. Armazenamento de sementes de soja dessecadas e avaliação da qualidade fisiológica, bioquímica e sanitária. Revista Brasileira de Sementes, v.25, n.2, p.97-105, 2003. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222003000400014
  • LARGE, E.C. Growth stages in cereals. Illustration of the Feekes scale. Plant Pathology, v.3, n.4, p.128-129, 1954. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-3059.1954.tb00716.x/abstract
  • MARCANDALLI, L.H.; LAZARINI, E.; MALASPINA, I.C. Épocas de aplicação de dessecantes na cultura da soja: qualidade fisiológica de sementes. Revista Brasileira de Sementes, v.33, n.2, p.241-250, 2011. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-31222011000200006
  • MARCHIORI   JR., O.; INOUE, M.H.; BRACCINI, A.L.; OLIVEIRA   JR., R.S.; AVILA, M.R.; LAWDER, M.; CONSTANTIN, J. Qualidade e produtividade de sementes de canola (Brassica napus) após aplicação de dessecantes em pré-colheita. Planta Daninha, v.20, n.2, p.253-261, 2002. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-83582002000200012&script=sci_arttext
  • MARCOS-FILHO, J. Testes de vigor: importância e utilização. In: KRZYZANOWSKI, F.C.; VIEIRA, R.D., FRANÇA-NETO, J.B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. cap.1, p.1-21.
  • MARCOS-FILHO, J. Desenvolvimento (maturação) de sementes In: MARCOS-FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas Piracicaba: FEALQ, 2005. 496 p.
  • MIGUEL, M.V.C.; MARCOS-FILHO, J. Potassium leakage and maize seed physiological potential.  Scientia Agricola, v.59, n.2, p.315-319, 2002. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-90162002000200017&script=sci_arttext
  • PENCKOWSKI, L.H.; PODOLAN, M.J.; LÓPEZ-OVEJERO, R.F. Efeito de herbicidas aplicados na pré-colheita na qualidade fisiológica das sementes de feijão. Revista Brasileira de Herbicidas, v.4, n.2, p.102-113, 2005. http://www.rbherbicidas.com.br/index.php/rbh/article/view/30/23
  • SÁ, M.E.; LAZARINI, E. Relação entre os valores de condutividade elétrica e níveis de emergência em sementes de diferentes genótipos de soja. Informativo ABRATES, v.5, p.143, 1995.
  • SANTOS, J.B.; FERREIRA, E.A.; SANTOS, E.A.; SILVA, A.A.; SILVA, F.M.; FERREIRA, L.R. Qualidade de sementes de feijão (Phaseolus vulgaris) após aplicação do carfentrazone-ethyl em pré-colheita. Planta Daninha, v. 22, n. 4, p. 633-639, 2004. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0100-83582004000400019&script=sci_arttext
  • SANTOS, P.R.R.; VICENTE, D. Momento fisiológico das plantas de trigo para a dessecação e seus efeitos no rendimento de grãos. Cultivando o Saber, v.2, n.2, p.52-62, 2009. http://www.fag.edu.br/graduacao/agronomia/csvolume22/06.pdf
  • SILVA, J.A.G.; MOTTA, M.B.; WINCH, J.A.; CRESTANI, M.; FERNANDES, S.B.V; BERTO, J.L.; GAVIRAGHI, F.; MARTINS, J.A.K.; WAGNER, J.F.; VALENTINI, A.P.F; ZAMBONATO, F. Dessecação em pré-colheita como estratégia de manejo na redução de perdas por fatores de ambiente em canola. Revista Brasileira de Agrociência, v.17, n.1-4, p.15-24, 2011. http://www.ufpel.tche.br/faem/agrociencia/v17n1/artigo03.htm
  • TILLMANN, M.A.A.; WEST, S.H. Identification of genetically modified soybean (Glycine max L. Merr.) seeds resistant to glyphosate. Scientia Agricola, v.61, n.3, p.336-341, 2004. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-90162004000300017&script=sci_arttext
  • TONI, L.R.M.; SANTANA, H.; ZAIA, D.A.M. Adsorption of glyphosate on soils and minerals. Química Nova, v.29, n.4, p.829-833, 2006. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-40422006000400034&script=sci_arttext
  • VARGAS, L.; ROMAN, E.S. Resistência de plantas daninhas a herbicidas: conceitos, origem e evolução. Passo Fundo: Embrapa Trigo, 2006. 22 p.

Publication Dates

  • Publication in this collection
    01 Apr 2014
  • Date of issue
    2014

History

  • Accepted
    18 Feb 2014
  • Received
    09 May 2013
ABRATES - Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Avenida Maringá, nº 1219 , Jardim Vitória Londrina - Paraná Brasil, Tel./ Fax. 55 43 3025-5120 - Londrina - PR - Brazil
E-mail: contato@abrates.org.br