Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Volume: 26, Issue: 6, Published: 2022
  • Salicylic acid attenuates the harmful effects of salt stress on basil Articles

    Silva, Toshik I. da; Silva, Johny de S.; Dias, Marlon G.; Martins, João V. da S.; Ribeiro, Wellington S.; Dias, Thiago J.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A salinidade da água de irrigação e do solo é um dos grandes desafios da agricultura, pois prejudica os processos fisiológicos e o crescimento das plantas. A aplicação exógena de compostos antioxidantes, como o ácido salicílico, pode reduzir os danos causados pelo estresse salino nas plantas. Assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar a ação atenuante do ácido salicílico sobre o estresse salino em Ocimum basilicum cv. Cinnamon. O experimento foi conduzido em blocos casualizados com cinco níveis de salinidade da água de irrigação (0,5; 1,3; 3,25; 5,2 e 6,0 dS m-1) e cinco concentrações de ácido salicílico (0; 0,29; 1,0; 1,71 e 2,0 mM), com cinco repetições e duas plantas por parcela. O crescimento, as trocas gasosas, os índices de clorofila e a fluorescência da clorofila foram avaliados 30 dias após a aplicação do estresse salino. O aumento da salinidade da água de irrigação diminui a altura da planta, diâmetro do caule, número de folhas, condutância estomática, eficiência instantânea do uso da água e fluorescência inicial do manjericão cv. Cinnamon. A aplicação de ácido salicílico atenua os efeitos nocivos da salinidade da água de irrigação nas trocas gasosas, clorofila total e fluorescência inicial e máxima de plantas de manjericão.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: High levels of salt stress limit the development of basil. High levels of salt stress limit the gas exchange and chlorophyll of basil. The use of salicylic acid may be a strategy to mitigate the harmful effects of salt stress on basil.
  • Carbon sequestration by plant species used in green roofs across different periods Articles

    Pessoa, Victor G.; Guiselini, Cristiane; Montenegro, Abelardo A. de A.; Pandorfi, Heliton; Barbosa Filho, José A. D.; Vicente, Thais F. da S.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A presente pesquisa objetivou avaliar a quantidade de carbono estocado no substrato sob influência de espécies de plantas presentes em um telhado verde extensivo em dois períodos. A pesquisa foi desenvolvida nos meses de março e setembro de 2020, no Edifício Garagem do Empresarial Charles Darwin, Recife, Pernambuco, Brasil. Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado em esquema de parcelas subdivididas, com as espécies de plantas (Grama Esmeralda (Zoysia japonica), Lambari roxo (Tradescantia zebrina), and Capim-do-texas (Pennisetum setaceum)) alocadas nas parcelas e os períodos de coleta dos materiais (março e setembro) nas subparcelas. Para isso, foram quantificados o teor de CO2 e concentração de carbono orgânico no substrato. Trinta amostras de substrato foram retiradas em cada período. Para o teor de CO2, não houve diferença estatística entre as espécies, apenas entre os períodos avaliados, com médias de 14.05 e 96.97 mg, para os meses de março e setembro, respectivamente. Sendo assim, setembro apresentou o maior potencial de armazenamento de CO2 no substrato. Para a concentração de carbono orgânico, houve diferença estatística entre as espécies e períodos, com valores médios de 95.05 e 129.22 g kg-1 para as espécies Capim-do-texas e Lambari roxo, respectivamente, e 131.15 e 100.81 g kg-1, para março e setembro, respectivamente.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Different periods of the year influence the content of CO2 in the substrate. Green roofs contribute to reducing atmospheric CO2. The concentration of organic carbon in the substrate differed between plant species and periods.
  • Salicylic acid improves physiological indicators of soursop irrigated with saline water Articles

    Silva, André A. R. da; Lima, Geovani S. de; Azevedo, Carlos A. V. de; Gheyi, Hans R.; Soares, Lauriane A. dos A.; Veloso, Luana L. de S. A.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO As plantas cultivadas sob estresse salino estão sujeitas aos estresses osmóticos e iônicos que ocasionam várias alterações fisiológicas, desta forma, a busca por estratégias que minimizem os efeitos deletérios é imprescindível para o desenvolvimento da agricultura irrigada. Neste contexto, objetivou-se, avaliar os efeitos de aplicações foliares com ácido salicílico na mitigação dos efeitos do estresse salino nos pigmentos fotossintéticos e na fluorescência da clorofila a da gravioleira cv. Morada Nova. O estudo foi conduzido em casa de vegetação, no delineamento de blocos casualizados e arranjo fatorial 5 × 4, com cinco valores de condutividade elétrica da água de irrigação - CEa (0,8 - controle; 1,6; 2,4; 3,2 e 4,0 dS m-1) e quatro concentrações de ácido salicílico - AS (0; 1,2; 2,4 e 3,6 mM), com três repetições. A aplicação foliar do ácido salicílico na concentração de 1,4 mM amenizou os efeitos do estresse salino sobre a clorofila a, clorofila b, clorofila total e carotenoides da gravioleira quando irrigadas com água de até 1,5 dS m-1. O ácido salicílico em concentrações acima de 1,4 mM aliado a irrigação com água salina intensificou os efeitos deletérios sobre os pigmentos fotossintéticos. A fluorescência da clorofila a não foi influenciada pelas pulverizações de ácido salicílico até a concentração de 3,6 mM.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Low concentrations of salicylic acid promote synthesis of photosynthetic pigments in soursop. Salicylic acid concentrations above 1.4 mM intensify the deleterious effects of salinity on chlorophyll synthesis. Irrigation with water of electrical conductivity above 1.8 dS m-1 negatively affects chlorophyll a fluorescence.
  • Morphocultural and pathogenic characterization of Colletotrichum gossypii and Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides under different temperatures Articles

    Oliveira, Mônica D. de M.; Almeida, Vanessa C. de; Araújo, Alderi E. de; Nascimento, Luciana C. do

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Considerando a importância da identificação de espécies de Colletotrichum associadas à cultura do algodoeiro, objetivou-se realizar a caracterização morfológica e patogênica de isolados de Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides e de Colletotrichum gossypii submetidos a diferentes temperaturas. Foram utilizados cinco isolados de C. gossypii var. cephalosporioides e cinco isolados de C. gossypii, os quais foram incubados a 20, 25 e 30 °C. Os dados de caracterização cultural foram submetidos à análise de variância e comparados pelo teste de Tukey. Houve diferenças entre os isolados em relação ao crescimento micelial e esporulação das duas espécies nas diferentes temperaturas. As temperaturas de 20 e 30 °C aumentaram o comprimento dos conídios, mas não influenciaram na largura, enquanto a 25 e 30 °C houve maior crescimento micelial. Coletotrichum gossypii expressou sintomas de antracnose, enquanto sintomas de ramulose foram observados apenas em plantas inoculadas com C. gossypii var. cephalosporioides.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Temperatures influenced the mycelial growth and sporulation. The highest mycelial growth was at 25 and 30 ºC. Colletotrichum gossypii and Colletotrichum gossypii var. gloeosporioides expressed symptoms in the BRS Cedro cotton cultivar.
  • Irrigation strategies in production of cherry tomatoes under water scarcity conditions Articles

    Sousa, Kleyton C. de; Costa, Raimundo N. T.; Nunes, Kenya G.; Silva, Alexsandro O. da

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O déficit hídrico controlado nas fases fenológicas do tomate cereja pode ser utilizado sem comprometer abruptamente a produtividade da cultura. Objetivou-se determinar os coeficientes de sensibilidade ao déficit hídrico e compreender os efeitos desse déficit nas variáveis agronômicas e na eficiência do uso da água para diferentes estratégias de irrigação baseadas em estádios fenológicos. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os tratamentos distribuídos nas parcelas foram: controle sem indução de déficit hídrico (W1), e indução de déficit hídrico na fase vegetativa (W2), na fase de floração (W3), na fase de frutificação (W4), na fase de maturação (W5), e em todos os estádios fenológicos (W6). Os tratamentos secundários foram duas cultivares de tomate cereja: cultivares laranja e vermelha, colocadas nas subparcelas. O déficit hídrico foi estabelecido em 50% da evapotranspiração da cultura (ETc). O tomate é recomendado para produção em regiões semiáridas devido à sua adaptabilidade ao controle do déficit hídrico, tendo como base o coeficiente de sensibilidade ao déficit hídrico, que auxilia no manejo dos recursos hídricos para irrigação e na manutenção da produtividade da cultura. A fase vegetativa é recomendada para a estratégia de irrigação deficitária. No entanto, o déficit hídrico não deve ser utilizado na fase de floração, que foi considerada a mais crítica para a aplicação da estratégia em ambas as cultivares.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: The red cultivar of the cherry tomato requires more water than the orange cultivar. The coefficient of sensitivity to water deficit assists the management of water resources for irrigation purposes. Cherry tomato is well adapted to water deficit-conditions and is appropriate for production in semiarid conditions.
  • Macronutrient absorption rate of a Runner-type peanut cultivar Articles

    Bertino, Antonio M. P.; Faria, Rogerio T. de; Jesus, Eduardo da S. B.; Alves, Thayane L.; Cazuza Neto, Ancelmo; Barbosa, José de A.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O amendoinzeiro é uma das leguminosas mais produzidas no mundo, no entanto, há carência de conhecimentos da sua necessidade nutricional e das fases de maior demanda, sendo necessários estudos sobre a marcha de absorção de nutrientes pela cultura. O objetivo deste experimento foi determinar a taxa de absorção na parte vegetativa e vagens, o acúmulo de macronutrientes na parte vegetativa, vagens e total, e a exportação de nutrientes em vagens, durante o ciclo do amendoim, cv Runner IAC 503, cultivado sob irrigação total. A cultivar IAC 503, do tipo Runner, foi conduzida sob manejo de irrigação plena, na Fazenda Experimental da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias pertencente a Universidade Estadual Paulista, campus de Jaboticabal, SP, Brasil, de março a agosto de 2019. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados, com tratamentos constituídos por nove avaliações de taxa de absorção de macronutrientes e acúmulo de macronutrientes 35, 49, 63, 77, 91, 105, 119, 133 e 147 dias após a semeadura, com quatro repetições. As maiores demandas nutricionais do amendoim ocorreram de 63 a 105 dias após a semeadura. Maiores acúmulos totais de nutrientes foram alcançados aos 118 DAS, com 234,8; 173,5; 79,0; 45,8; 23,4 e 18,8 kg ha-1 para N, K, Ca, Mg, P e S, respectivamente. As exportações de macronutrientes contidos nas vagens foram de 138,8; 43,9; 14,6; 12,0; 7,3 e 5,4 kg ha-1 para N, K, P, Mg, S e Ca, respectivamente. O K exportado na colheita foi duas vezes maior que a quantidade aplicada na semeadura, seguindo a recomendação brasileira atual, o que pode causar esgotamento do nutriente no solo.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Fertilization recommendations for peanuts are insufficient to meet the nutritional demands of current cultivars. High nutrient export and inadequate fertilization of successive peanut cycles can exhaust the soil. Studies of the absorption rate under different conditions are recommended to determine the fertilizer requirements of peanuts.
  • Performance of the AquaCrop model for corn hybrids under different irrigation strategies Articles

    Conceição, Chaiane G. da; Robaina, Adroaldo D.; Peiter, Marcia X.; Ben, Luis H. B.; Ferreira, Laura D.; Parizi, Ana R. C.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho do modelo AquaCrop na estimativa da produtividade de grãos e de água da cultura para nove híbridos de milho com diferentes estratégias de irrigação nos municípios de Santiago, Chile, e Alegrete, na região oeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Foram usados dados de clima, solo, manejo e cultura de quatro estações de cultivo (2015 a 2019), sendo as duas primeiras em Santiago, e as duas últimas em Alegrete. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, composto por cinco tratamentos de irrigação (0, 50, 75, 100 e 125% da evapotranspiração da cultura), e quatro, seis e um híbrido, respectivamente, para a primeira, segunda e terceira estação de cultivo. Na estação de cultivo 2018/19, os tratamentos apresentaram níveis de supressão no fornecimento de água à cultura no seu período reprodutivo, correspondendo a ETc durante a fase vegetativa (ETcVeg.) e reprodutiva (ETcRep.), como segue: 0, 50Veg./25Rep., 75Veg./37,5Rep., 100Veg./50Rep. and 100% of ETc. O desempenho do modelo, avaliado por meio de indicadores estatísticos, foi “excelente” e “bom” para simulação da produção de grãos e produtividade de água da cultura, respectivamente. Houve tendência de o modelo superestimar os resultados em regime de déficit hídrico, sendo mais expressivo em déficits severos do que em déficits leves, ou no período reprodutivo da cultura, e, tendendo a subestimar os resultados em condições de irrigação sem déficit, com 100 ou 125% de ETc.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: The AquaCrop model is efficient in estimating corn crop yield. Crop data used in the model calibration fits different corn hybrids, demonstrating the robustness of the model. Decisions based on irrigation strategies can be made by using the AquaCrop model.
  • Morphophysiology and production of guava as a function of water salinity and salicylic acid Articles

    Lacerda, Cassiano N. de; Lima, Geovani S. de; Soares, Lauriane A. dos A.; Fátima, Reynaldo T. de; Gheyi, Hans R.; Azevedo, Carlos A. V. de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A disponibilidade de água com baixa condutividade elétrica para irrigação no semiárido nordestino é um dos fatores limitantes para a expansão da agricultura irrigada. Assim, é necessário o uso de águas com elevadas condutividades elétricas, requerendo a busca por estratégias para reduzir os impactos negativos dos sais nas plantas. Neste contexto, objetivou-se com esse trabalho avaliar a morfofisiologia e a produção de goiaba cv. Paluma submetida à irrigação com águas salinas e aplicação foliar de ácido salicílico após enxertia. O experimento foi conduzido sob condições de casa de vegetação em Campina Grande - PB, no delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 2 × 4, sendo dois valores de condutividade elétrica da água de irrigação - CEa (0,6 e 3,2 dS m-1) e quatro concentrações de ácido salicílico (0; 1,2; 2,4 e 3,6 mM), com três repetições. A irrigação com água de 3,2 dS m-1 reduziu as trocas gasosas, o diâmetro do porta-enxerto e do enxerto, o diâmetro e volume de copa, o índice de vigor vegetativo, o diâmetro polar e equatorial dos frutos, número de frutos, peso médio de frutos, e o peso fresco de frutos de goiaba cv. Paluma. As concentrações de ácido salicílico até 3,6 mM não mitigaram os efeitos do estresse salino em goiaba cv. Paluma, aos 390 dias após o transplantio.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Salt stress reduces the CO2 assimilation rate by the action of stomatal and non-stomatal factors. The electrical conductivity of 3.2 dS m-1 is harmful for the cultivation of grafted guava. Salicylic acid up to 3.6 mM does not alleviate salt stress in grafted guava at 390 days after transplanting.
  • Production and fruit quality of watermelon hybrids under different plant spacing Articles

    Lemos, Diego A.; Charlo, Hamilton C. de O.; Barreto, Antonio C.; Vieira, Dinamar M. da S.; Lemes, Ernane M.; Torres, José L. R.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O manejo do espaçamento entre plantas na melancia altera a competição das plantas por água, luz e nutrientes, pois a população de plantas influencia a produtividade da cultura, a morfologia do fruto e a qualidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar o manejo do espaçamento entre plantas de dois híbridos de melancia quanto à morfologia, produtividade e qualidade dos frutos. Híbridos de melancia (NUN 21613 e NUN 21901) e os espaçamentos entre plantas (0,60, 0,80 e 1,0 m) e 2,5 m entre linhas de plantio foram estudados, no delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial 2 × 3, com cinco repetições. Firmeza do fruto, teor de sólidos solúveis totais, notas visuais e sensoriais aos 0, 7 e 14 dias após a colheita, comprimento do ramo principal da planta, massa fresca do fruto, número de frutos por planta e hectare e rendimento foram avaliados de agosto a dezembro de 2018. O maior espaçamento de plantio proporcionou melhor desenvolvimento vegetativo, maior produtividade e maior resistência do fruto da melancia à deterioração após a colheita. As características físico-químicas e sensoriais dos frutos não foram afetadas pelos espaçamentos e híbridos da melancia neste estudo.

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: The fruit quality of the hybrids degenerates from the seventh day after harvest. The visual and sensory aspects of watermelon are not affected by plant spacing. Larger watermelon plant spacing improves crop stabilization, physicochemical quality, and fruit yield.
  • Predicting soybean grain yield using aerial drone images Articles

    Andrade Júnior, Aderson S. de; Silva, Silvestre P. da; Setúbal, Ingrid S.; Souza, Henrique A. de; Vieira, Paulo F. de M. J.; Casari, Raphael A. das C. N.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O estudo objetivou avaliar a capacidade de índices de vegetação (IV) obtidos de imagens aéreas por veículo aéreo não tripulado em estimar a produtividade de grãos de soja, nas condições de solo e clima da microrregião de Teresina, Piauí, Brasil. Avaliou-se a cultivar de soja BRS-8980, em estádio R5, submetida a dois regimes hídricos (RH) (100 e 50% da evapotranspiração da cultura - ETc) e dois níveis de N (com e sem suplementação de N). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, sendo as parcelas os regimes hídricos e as subparcelas os níveis de nitrogênio, com cinco repetições. Cada parcela continha 20 linhas de 4,5 m de comprimento, espaçadas de 0,5 m entre linhas, com área de 45 m² e uma área útil para avaliação da produtividade de grãos de 6 m². Avaliaram-se 20 IV obtidos de imagens aéreas de câmera multiespectral, os quais foram correlacionados com medidas de produtividade de grãos em campo. Adotaram-se análises de correlação de Pearson, de regressão linear e de autocorrelação espacial (índice I de Moran global e local) para geração e análise de desempenho dos IV na predição da produtividade de grãos. Para validação dos modelos de regressão linear, usou-se os índices R2, RMSE e nRMSE. O modelo de predição baseado no EVI-2 apresenta elevada aleatoriedade espacial, para todos os tratamentos avaliados, e menores erros de predição iguais a 149,68 kg ha-1 (sem suplementação de N) e 173,96 kg ha-1 (com suplementação de N).

    Abstract in English:

    HIGHLIGHTS: Prediction models based on VIs using the red, NIR and red edge bands better explained the variability in soybean grain yield. The variability of soybean grain yield was due more to water regimes than nitrogen supplementation. The soybean grain yield prediction model generated with the EVI-2 VI showed greater accuracy and spatial randomness.
Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Unidade Acadêmica de Engenharia Agrícola, UFCG, Av. Aprígio Veloso 882, Bodocongó, Bloco CM, 1º andar, CEP 58429-140, Campina Grande, PB, Brasil, Tel. +55 83 2101 1056 - Campina Grande - PB - Brazil
E-mail: revistagriambi@gmail.com