Accessibility / Report Error
Revista Brasileira de Educação Especial, Volume: 19, Issue: 3, Published: 2013
  • Editorial

    Manzini, Eduardo José; Mendes, Enicéia Gonçalves; Capellini, Vera Lúcia Messias Filho
  • Special education teacher preparation: a discussion of Brazilian and Italian models Ensaio

    Greguol, Márcia; Gobbi, Erica; Carraro, Attilio

    Abstract in Portuguese:

    Com os recentes avanços legislativos no sentido da massificação da inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais nas escolas regulares, emergem discussões sobre as mudanças requeridas na formação de docentes para o atendimento desta nova demanda. O objetivo deste estudo foi discutir os modelos brasileiro e italiano de formação de professores para atuar na educação especial. Para tanto, foi realizada uma pesquisa documental, analisando textos legais de ambos os países que versassem sobre o tema. A Itália foi o primeiro país na Europa a promover o fim das escolas especiais e a inclusão de todos os alunos com deficiência nas escolas regulares. Ainda neste país, nota-se que as diretrizes governamentais são claras com relação à capacitação de professores para atuar com alunos com necessidades educacionais especiais. Por outro lado no Brasil, embora tenham ocorrido grandes avanços no que se refere à legislação que sustenta a formação docente, ainda existe uma carência de parâmetros mais específicos sobre os conteúdos mínimos necessários para que os professores tenham maiores subsídios para promover a inclusão com qualidade.

    Abstract in English:

    As public policies advance in the direction of mass producing inclusion of special educational needs students in regular schools, discussions have emerged about changes that are required in teacher preparation to meet this new demand. The aim of this study was to discuss Brazilian and Italian models of teacher preparation for those working in special education. To this end, we conducted a documentary study, analyzing legal texts related to the topic from both countries. Italy was the first country in Europe to promote the end of special schools and the inclusion of all students with disabilities in regular schools. Furthermore, in this country there are clear government guidelines regarding teacher preparation to work with students with special educational needs. On the other hand in Brazil, despite the great advances regarding public policies that support teacher preparation, specific parameters on the minimum content necessary for providing teachers with the subsidies they need to promote quality inclusion are still lacking.
  • The courses of Pedagogy at Universidade Estadual Paulista and Inclusive Education Relato De Pesquisa

    Fonseca-Janes, Cristiane Regina Xavier; Omote, Sadao

    Abstract in Portuguese:

    A educação inclusiva é tida como uma educação de qualidade que deve ser oferecida pelo sistema educacional a todas as crianças, jovens e adultos. Para a efetivação de tal proposta, dentre várias necessidades, precisamos de recursos humanos qualificados para o enfrentamento desse desafio. Este trabalho tem por objetivo analisar as matrizes curriculares dos cursos de Pedagogia da Universidade Estadual Paulista para a formação em uma perspectiva inclusiva. Para isto, foram analisados os projetos político-pedagógicos dos seis cursos de Pedagogia, as Resoluções da UNESP que os regulamentam e trechos de entrevistas realizadas com os coordenadores dos respectivos cursos. Para análise das matrizes, as disciplinas obrigatórias foram distribuídas em um quadro com as seguintes categorias: 1) disciplinas específicas relacionadas com a Educação Inclusiva, 2) carga horária das disciplinas relacionadas com a Educação Inclusiva, 3) disciplinas específicas relacionadas com a Educação Especial e 4) carga horária das disciplinas relacionadas com a Educação Especial. Dos seis cursos de Pedagogia da UNESP, cinco possuem disciplinas voltadas para a questão da Educação Inclusiva, com as mais diversificadas cargas horárias, e quatro possuem disciplinas voltadas para questões específicas da Educação Especial.

    Abstract in English:

    Inclusive education is seen as quality education that should be provided by the educational system for all children, young people and adults. In order to put such a proposal into effect, qualified personnel are needed who are equipped to face such a challenge. This paper aims to examine the curriculum matrices of Pedagogy courses of the Universidade Estadual Paulista - UNESP that intend to prepare future teachers to follow an inclusive perspective. To this end, the political-pedagogical projects of six Pedagogy courses, the University resolutions that regulate the courses and excerpts taken from interviews carried out with course coordinators were analyzed. In order to analyze the curriculum matrices, the required subjects were distributed on a table according to the following categories: 1) specific subjects related to inclusive education, 2) number of hours of each subject related to inclusive education, 3) specific subjects related to special education and 4) amount of time scheduled for each subject related to special education. Among the six Pedagogy courses, five had subjects that focused on issues related to inclusive education, with varying time allotments, and four had subjects focusing on specific issues related to special education.
  • Down syndrome versus language disorder: communicative interaction between parents and children Relato De Pesquisa

    Mayer, Maria Grazia Guillen; Almeida, Maria Amelia; Lopes-Herrera, Simone Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    É preciso interagir com outros seres humanos como meio de sobrevivência, proteção e estimulação, sendo que a comunicação nasce desta necessidade. A comunicação pode ser realizada por meio de códigos linguísticos e não-linguísticos e envolvem, no mínimo, duas pessoas (interlocutores), que trocam entre si uma mensagem qualquer. O objetivo do presente estudo foi investigar a interação de mães de crianças com síndrome de Down e seus filhos e mães de crianças com alteração de linguagem e seus filhos. Foram participantes da pesquisa cinco díades de crianças com síndrome de Down e suas mães e cinco díades de crianças com atraso de linguagem e suas mães. Foram gravadas três sessões de interação espontânea de mãe e criança em ambiente domiciliar. Os resultados mostraram que mães de crianças com atraso de linguagem apresentaram comportamentos mais adequados na interação com seus filhos, tais como equilíbrio da atividade dialógica durante a interação, estrutura gramatical e complexidade do discurso adequado, mais paciência com a criança e adequada entonação da fala. Por outro lado, mães de crianças com síndrome de Down demonstraram mais interesse durante a interação comunicativa.

    Abstract in English:

    Interacting with other human beings is necessary for survival, protection and stimulation - and communication emerges out of necessity. Communication can be accomplished through linguistic and non-linguistic codes involving, at least, two people, classified as interlocutors, who exchange messages between each other. The aim of this study was to investigate interaction between mothers with Down syndrome children and their children and mothers with children with language disorders and their children. Five dyads of Down syndrome children and their mothers, and five dyads of children with language disorders and their mothers participated in the study. Three sessions of spontaneous interaction between mother and child were recorded at home. The results showed that the behaviors of mothers of children with language disorders were more appropriate when interacting with their children. They showed greater balance of dialogic activity during interaction, better grammatical structure and greater complexity of proper speech, more patience with the child and proper speech intonation. For their part, the mothers of children with Down syndrome showed greater interest during communicative interaction.
  • Bullying manifestations and prevalence among gifted students Relato De Pesquisa

    Dalosto, Marcília de Morais; Alencar, Eunice Maria Lima Soriano de

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo teve como objetivo investigar o envolvimento de alunos com altas habilidades/superdotação com a prática de bullying, tendo como base os papéis assumidos por eles na condição de vítima, agressor e/ou testemunha. Participaram da pesquisa 118 alunos oriundos de escolas públicas (107) e escolas particulares (11) que frequentavam um programa para estudantes com altas habilidades/superdotação, oferecido pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Para a coleta de dados, foi utilizado um questionário sobre bullying. Os resultados indicaram que os alunos com altas habilidades/superdotação vivenciaram, nas escolas onde cursavam o ensino regular, situações de bullying, nas suas diferentes formas de manifestação, tendo sido constatado o envolvimento desses alunos com bullying tanto na condição de vítimas como de agressores e testemunhas. Dentre os comportamentos mais citados pelos participantes, na condição de vítima, encontram-se os de "zoar"/humilhar, fofocar/fazer intrigas, atirar objetivos e excluir das brincadeiras. Na condição de agressor, excluir das brincadeiras, apelidar, atirar objetos, "zoar"/humilhar e desprezar foram os mais apontados. A maioria desses comportamentos se manifestava de forma velada, o que dificulta a identificação dessas ações, exigindo um olhar mais atento do adulto. Espera-se que o presente estudo contribua para a compreensão mais ampla do fenômeno do bullying entre os superdotados, bem como possa servir de inspiração e orientação para que sejam adotadas medidas para o enfrentamento dessa realidade, tão danosa aos alunos envolvidos.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to investigate gifted students' involvement with the practice of bullying, based on the roles they may take on as victim, aggressor, and/or witness. Participants included 118 students (107 from public schools and 11 from private schools) who attended a program for gifted students offered by the State Department of Education of the Federal District, Brazil. The data were collected through a questionnaire on bullying. The results indicated that gifted students experienced, in the regular schools where they were enrolled, episodes of bullying in its different forms of manifestation. Among the bullying behaviors most cited by the participants as victims were "messing with" or humiliating the victim, gossip, creating intrigue, throwing objects and excluding the victim from playing. Name calling, excluding the colleague from playing, throwing objects, "messing with" or humiliating the colleague and disdain were the most frequent bullying acts pointed out in the condition of aggressor. The majority of the bullying behaviors were manifested in a disguised way, making it difficult to identify these acts, thus requiring a closer look by the adult. This study should contribute to a broader understanding of the phenomenon of bullying among the gifted, besides providing inspiration and guidance for adopting measures to confront this situation that is so damaging to the students involved.
  • How persons with congenital blindness perceive facilitators and barriers for the practice of physical activities Relato De Pesquisa

    Morgado, Fabiane Frota da Rocha; Campana, Angela Nogueira Neves Betanho; Morgado, Jairo José Monteiro; Fortes, Leonardo de Sousa; Tavares, Maria da Consolação Gomes Cunha Fernandes

    Abstract in Portuguese:

    A prática de atividade física é um importante elemento para um estilo de vida saudável. Entretanto, entre pessoas com deficiência visual, esta prática pode ser reduzida, o que torna este grupo suscetível ao desenvolvimento de patologias associadas à inatividade física. Este estudo teve por objetivo investigar facilitadores e barreiras percebidas por pessoas com cegueira congênita para a prática de atividade física. Foram realizados dois grupos focais com onze sujeitos adultos com cegueira congênita, sendo seis mulheres e cinco homens, com idade média de 34 anos (± 7 anos). A análise de conteúdo foi utilizada para interpretar os dados. Duas grandes categorias foram apresentadas nos resultados, classificadas como "principais facilitadores para a prática de atividade física" e "principais barreiras para a prática de atividade física". Os facilitadores (família, professores de Educação Física especializados, instituição especializada, materiais adaptados, e reconhecimento dos benefícios) e as barreiras (família, professores de Educação Física despreparados, limitada infraestrutura em centros de atividade física, sentimentos de exclusão em aulas de Educação Física, dificuldade na habilidade espacial e na coordenação motora) apontados pelos participantes mostraram-se complexos e multifacetados, de ordem social, ambiental e pessoal. Considerando os benefícios da atividade física, é fundamental que os profissionais da área adaptem estratégias de inclusão adequadas à participação de pessoas que não enxergam, possibilitando-lhes explorar diferentes possibilidades de movimento na sua relação com o mundo, as quais poderiam atuar positivamente em seu desenvolvimento biológico, psicológico e social.

    Abstract in English:

    The physical activity is an important element for a healthy lifestyle. However, among people with visual impairments, this practice is reduced, which makes this group as being at risk for developing diseases associated with physical inactivity. This study aims to investigate facilitators and barriers perceived by persons with congenital blindness to physical activity. Two focus groups were conducted with eleven subjects with congenital blindness, six female and five male, age mean 34 years (+7 years). The results showed two broad categories: "main facilitators to physical activity" and "main barriers to physical activity". The facilitators (family, specialist Physical Education teachers, adapted materials, and recognition of the benefits) and barriers (family, unprepared Physical Education teachers, limited infrastructure in physical activity centers, feelings of exclusion in Physical Education classes, difficulty in spatial ability and motor coordination) reported by participants were complex and multifaceted, with social, environmental and personal origins. Considering the benefits of physical activity, it is essential that professionals adapt strategies for inclusion and appropriate participation of the congenitally blind, enabling them to explore different possibilities of movement and relationship to the world, which may act positively on the biological, psychological and social development.
  • The linguistic issue in school inclusion of deaf students: regular inclusive environment versus exclusively hearing environment Relato De Pesquisa

    Aspilicueta, Patricia; Leite, Carla Delani; Rosa, Emileine Cristine Mathias; Cruz, Gilmar de Carvalho

    Abstract in Portuguese:

    Ao direcionarmos o olhar para as questões e implicações que a surdez suscita, um ponto que emerge imediatamente refere-se à linguagem. A pesquisa visa à descrição da linguagem utilizada por e com alunos surdos em contexto inclusivo, focalizando ambientes escolares distintos: um exclusivamente ouvinte, com presença de apenas uma aluna surda em toda a escola; e outro em que há concentração de alunos surdos na mesma escola. Os sujeitos focais da pesquisa são três meninas surdas que cursam o ensino fundamental em duas escolas municipais, assim como os professores e colegas que interagiram com elas ao longo da observação. Os sujeitos focais foram observados e filmados em sala de aula e durante situação de interação livre. O estudo permitiu observarmos comparativamente o que ocorreu em cada uma das escolas. Naquela em que há presença de vários surdos na escola, a proximidade com os professores do Centro de Atendimento Especializado, fluentes em LIBRAS, e os investimentos realizados na formação dos professores em língua de sinais, ainda que insuficientes, promoveram a presença da LIBRAS na escola. Embora utilizada de modo parcial, já que geralmente combinada a gestos e linguagem oral, a língua de sinais foi usada pelos surdos e ouvintes em suas interações. Em contrapartida, na escola em que não houve investimento na inclusão da LIBRAS e a escolarização segue princípios basicamente oralistas, a única aluna surda matriculada não fez uso nem de língua de sinais nem de linguagem oral de modo significativo.

    Abstract in English:

    When we look at the issues and implications of deafness one point that emerges immediately refers to language. This study aims to describe language used by and with deaf students in inclusive contexts, focusing on different school environments: an exclusively hearing one, with the presence of only one deaf student throughout the school; and another one in which there is a concentration of deaf students in the same school. The focal subjects are three deaf girls who attend elementary school in two municipal schools, as well as the teachers and colleagues who interacted with them during the study. The focal subjects were observed and filmed in the classroom and during free interaction situations. The study allowed us to compare what happened in each of the schools. In the one where there are several deaf students, interaction with the special support system teachers, who were fluent in Brazilian sign language, and the investments made in the training of teachers to use sign language, albeit insufficient, promoted the presence of sign language in that school. Sign language was used by the deaf and hearing people in their interactions, even though it was not used to full extent, because it was usually combined with gestures and oral language. In contrast, in the school in which there was no investment in the inclusion of Brazilian sign language and the educational approach follows basically oralist principles, the only deaf student enrolled used neither sign nor oral language effectively.
  • Mapping deaf students enrolled in the public school system of a medium size city in the state of São Paulo: dissonances Relato De Pesquisa

    Resende, Alice Almeida Chaves de; Lacerda, Cristina Broglia Feitosa de

    Abstract in Portuguese:

    A educação de surdos se coloca como um campo de estudos em destaque, principalmente porque a construção da escola inclusiva para um grupo de pessoas que possui uma língua diferenciada e própria não parece ser uma tarefa simples. Considerando que o governo brasileiro tem se mobilizado para incluir a todos, sem distinção, entende-se que estudar a surdez no contexto educacional brasileiro significa, inescapavelmente, estudar a proposta de educação inclusiva e, nesse sentido, indagar sobre os desafios e perspectivas advindos dessa proposta. O presente estudo se desenvolveu por meio da abordagem quantitativa e tem como objetivo mapear e quantificar os alunos surdos inseridos no Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) das escolas estaduais e municipais de um município de médio porte do interior do Estado de São Paulo, segundo registros da Secretaria Municipal de Educação e da Diretoria de Ensino Estadual que abrangem o referido município, contrastando com o levantamento dos mesmos dados apresentados pelos Microdados do Censo Escolar da Educação Básica, disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), referentes a 2010. Defende-se que para uma adequada política de atendimento aos alunos surdos é relevante conhecer onde eles estão matriculados e quantos são. A atenção a esses dados - no nível municipal, estadual e federal - nem sempre tem sido considerada. Duas etapas compuseram a realização deste estudo: a pesquisa documental e a análise dos dados. Fontes diferentes que deveriam contemplar as mesmas informações apontam dados discrepantes. A inclusão de surdos no ensino regular é um desafio constante e permanente. Portanto, esta pesquisa pretende somar-se às discussões no campo da Educação Especial, especialmente aos estudos relacionados à educação de surdos, pois entende-se que a oferta de uma educação com qualidade para esses alunos também perpassada por questões como aquelas relativas às matrículas. Acredita-se que os dados levantados nesta pesquisa trarão indicativos de como tem sido encaminhada esta questão, oferecendo oportunidade para revisão e orientação relativa ao reconhecimento e registro de alunos, como os alunos surdos nas redes públicas de ensino, colaborando para um melhor planejamento das ações relativas à inclusão deste segmento.

    Abstract in English:

    The education of deaf students is a prominent field of study mainly because providing inclusive schooling for a group of people that use a language that is different and specific to their needs is not an easy task. Considering that the Brazilian government has been active in trying to include everyone, without exception, to study hearing impairment in the Brazilian educational context means, necessarily, studying the inclusive education proposal and questioning the challenges and perspectives derived from this proposal. This study developed through a quantitative approach and its objective was to map and to determine the number students with hearing impairments enrolled at municipal and state elementary schools of a medium size city in the state of São Paulo, according to data from the Secretaria Municipal de Educação and the Diretoria de Ensino Estadual. These statistics do not conform to the information provided by Microdados do Censo Escolar da Educação Básica, available for the year 2010 from the Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). We argue that in order to provide appropriate policies for educating deaf students, it is necessary to know where these students are enrolled and how many there are. Whether at the municipal, state or national level, these data have not been considered. The study was conducted following two stages: a documentary stage and data analysis. There was wide discrepancy in the data coming from different sources that should have provided the same information. The inclusion of students with deafness in regular schools is a constant and permanent challenge. Therefore, this study aims to contribute to discussions in the field of Special Education, especially to studies related to deaf education, since providing quality education for these students is related to issues such as the number of enrollments. We consider that the data presented in this study is indicative of the way the issue of deaf education has been proposed, suggesting opportunities for revision and orientation regarding acknowledgment and registration of students, such as the deaf students that are enrolled in the public education system. This should contribute to better planning of actions related to including deaf students.
  • Children's performance with and without special needs in dynamic and in psychometric testing Relato De Pesquisa

    Queiroz, Odoisa Antunes de; Enumo, Sônia Regina Fiorim; Primi, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Provas cognitivas assistidas, que incluem auxílio do examinador, analisam o processo de resolução de problemas e o potencial de aprendizagem, complementando a avaliação psicométrica tradicional. São úteis especialmente para casos de necessidades educativas especiais (NEE). Este estudo analisou relações entre o desempenho de crianças, com e sem necessidades de educação especial (NEE), em três provas assistidas e duas psicométricas, entre o perfil de desempenho nas provas assistidas e variáveis de status (gênero, escolaridade e NEE). Foram analisados 256 resultados de provas assistidas e 228 psicométricas, obtidos em seis pesquisas, com 228 crianças (125 meninas), com 5-12 anos (M = 8 anos e 6 meses), cursando da Educação Infantil ao Ensino Fundamental (três em classe especial) e apresentando: dificuldade de aprendizagem (63), deficiência visual (6), nascidas prematuras e com baixo peso (38), prematuras e com muito baixo peso (30) e sem NEE (91); nas provas psicométricas, as classificações no Columbia-EMC (69 aplicações) concentraram-se em Média-Inferior (40,5%) e Média (33,3%) e no Raven-MPC (159 aplicações), nas faixas Intelectualmente na Média (45,2%) e Definidamente Acima da Média (23,9%). Quanto às provas assistidas (256 aplicações) - Jogos de Perguntas de Busca com Figuras Geométricas (154 aplicações) e com Figuras Diversas (34 aplicações) e Children's Analogical Thinking Modifiability Test (68 aplicações) predominou o perfil Ganhador (55,8%), seguido do perfil Ganhador Dependente da Assistência (16,8%), Não Mantenedor (14%) e Alto Escore (13,3%). Não houve associações significativas entre o desempenho nas provas assistidas e psicométricas, confirmando-se a proposição de complementaridade dessas metodologias avaliativas, especialmente para crianças com problemas no desenvolvimento.

    Abstract in English:

    Assisted cognitive tests, that include assistance from an examiner, analyze the process of problem solving and the learning potential, complementing traditional psychometric assessment. They are especially useful for cases of special educational needs (SEN). This study analyzed the relationship between the performance of children with and without special needs, in three assisted and two psychometric tests, and between the performance profile in assisted tests and status variables (gender, education and SEN). Results of 256 assisted tests and 228 psychometric tests were analyzed, those obtained in six studies, that counted with 228 children (125 girls) with 5-12 years (M = 8 years and 6 months), enrolled from kindergarten to elementary school (three in special class) and stating: learning disability (63), visual impairment (6), premature birth and low body weight (38), premature birth and very low body weight (30) and without SEN (91). In psychometric tests, the ratings at Columbia-EMC (69 applications) were mostly Medium-lower (40.5%) and Medium (33.3%) and in Raven-MPC (159 applications), Intellectually on the Average (45.2%) and Definitely Above Average (23.9%). As for assisted tests (256 applications) - Search Question's Game with Geometric Figures (154 applications) and with General Figures (34 applications) and the Children's Analogical Thinking Modifiability Test (68 applications) predominated the profile Winner (55.8%), followed by the profile Winner Dependent on Assistance (16.8%), No Maintainer (14%) and High Score (13.3%). There were no significant associations between performance on psychometric and assisted tests, confirming the proposition of complementarity of these assessment methodologies, especially for children with development problems.
  • Education during hospital care: what the research shows? Revisão De Literatura

    Saldanha, Gilda Maria Maia Martins; Simões, Regina Rovigati

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi conhecer a evolução e as principais abordagens sobre a educação escolar hospitalar, retratadas em artigos científicos postados on-line, nos últimos quinze anos (1996 a 2010). A metodologia, do tipo estado da arte, encontrou 82 artigos nas bases de dados eletrônicos (Scielo e Google Acadêmico), interpretados pela Análise de Conteúdo. Os resultados foram organizados em cinco categorias: Concepções e significados (25,61%); Relação educação e saúde (15,85%); Práticas pedagógicas e configuração didático-curricular (23,17%); Aspectos históricos, organizacionais e legais (13,42%) e Formação de professores (21,95%), mostrando a necessidade de maior número de investigações sobre a formação de professores, as vivências dos alunos em tratamento de saúde na escola regular, o processo de reinserção escolar e as práticas pedagógicas com enfoque na didática e no currículo. Apontaram ainda a urgente ampliação de políticas públicas que concorram para uma melhor legitimidade da escolarização de crianças em tratamento de saúde. Os achados contribuíram para a compreensão de como esse tipo de educação vem sendo desenvolvido nas diversas regiões do país, por meio das vozes de professores, alunos, pais e pesquisadores de hospitais e universidades.

    Abstract in English:

    The goal of the study was to analyze the evolution and the main approaches regarding education offered to children during hospitalization reported in scientific articles posted online in the last fifteen years (1996 to 2010). The methodology used was state of the art, and 82 articles were found on the internet (Scielo and Google Scholar) and interpreted through content analysis. The results were organized according to 5 categories: Conceptions and Meaning (25,61%); Education and Health Interaction (15,85%); Pedagogical Practices and Didactic Curricular Configurations (23,17%); Historical, organizational and legal aspects (13,42%) and Teacher Preparation (21,95%), showing the need for increasing the focus on teacher preparation, student experience undergoing medical treatment, the reintegration process in school and pedagogical practices with emphasis on didactics and curriculum. The results further indicated the urgent increase of public policies needed to consolidate schooling for children undergoing medical treatment. The results helped to understand how this type of education has been carried out in different regions of the country, by presenting students', teachers', parents' and university and hospital researchers' points of view.
  • A systematic review of pre-linguistic and early linguistic behaviors in children with congenital blindness Revisão De Literatura

    Sella, Ana Carolina; Chiodelli, Taís; Mendes, Camila de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    A ausência do desenvolvimento da linguagem pode resultar em diversos problemas. Uma população a qual pode ser bastante afetada por déficits de linguagem é a população nascida cega. O objetivo desta revisão sistemática da literatura foi compilar estudos empíricos que tiveram por alvo descrever e/ou avaliar o desenvolvimento de comportamentos pré-linguísticos e linguísticos iniciais em crianças cegas congênitas. Foram encontrados 19 estudos que possuíam todos os critérios definidos para esta revisão bibliográfica. Os 19 estudos foram analisados em relação: a) a quais bases de dados e periódicos publicaram e arquivam tais artigos; b) ao número de estudos envolvendo: primeiras palavras, alcançar e buscar objetos, atenção conjunta, e outros comportamentos linguísticos; à presença ou ausência de definições operacionais dos comportamentos-alvo; d) aos objetivos dos estudos. Os estudos foram publicados em 11 periódicos diferentes. A maior parte dos estudos tinha como foco as primeiras palavras dos participantes. Em relação às definições operacionais, 15 estudos possuíam alguma informação acerca de tal definição. O presente artigo sintetiza diversos estudos que abordam o desenvolvimento da linguagem em crianças cegas congênitas e pode ser utilizado como um guia para pesquisas futuras na área.

    Abstract in English:

    The absence of language development may result in several problems. People with congenital blindness are among those who could be highly affected by language deficits. The purpose of this systematic literature review was to compile empirical studies that aimed at describing and/or assessing the development of pre-linguistic and early linguistic behaviors in children with congenital blindness. Among the studies that were found, 19 met the criteria defined for this literature review. All 19 studies were analyzed in regards to: (a) which data bases and journals published or archived these studies; (b) the number of studies that targeted either: early words, reach and search for objects, joint attention, or other linguistic behaviors; (c) the presence or absence of operational definitions for the target behaviors; (d) the studies' purposes. The studies were published by 11 different journals. The majority of the studies focused on early words as target behaviors. In regards to operational definitions, 15 studies provided some information concerning these definitions. This paper synthesizes several studies that address language development of congenitally blind children and could be used as a guide for future research in congenital blindness.
Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Av. Eng. Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01 Vargem Limpa, CEP: 17033-360 - Bauru, SP, Tel.: 14 - 3402-1366 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista.rbee@gmail.com