Accessibility / Report Error
Revista de Nutrição, Volume: 19, Issue: 2, Published: 2006
  • Hospital diet from the perspective of those involved in its production and planning Artigos Originais

    Garcia, Rosa Wanda Diez

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Conhecer as razões objetivas e subjetivas, materiais e simbólicas que fundamentam a atitude das instituições hospitalares frente à alimentação, considerando-as como uma construção social, produto de concepções e práticas de profissionais que, direta ou indiretamente, a determinam e a reproduzem. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa qualitativa para a qual foram realizadas 32 entrevistas em profundidade, semi-estruturadas, aplicadas aos sujeitos que participam do processo de produção das dietas: cozinheiros, copeiros, nutricionistas, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e diretores clínico e administrativo e observação de campo em dois hospitais, um público e um privado. RESULTADOS: A análise de conteúdo das entrevistas e dos dados de observação de campo foi organizada em duas categorias: aspectos nutricionais desagregados da comida, na qual se constatou a valorização do aspecto nutricional, principalmente em ações de suporte nutricional, em detrimento dos aspectos sensoriais e simbólicos da alimentação hospitalar; e dieta hospitalar, sobre a qual observou-se escassez de informações técnicas e a influência da própria hospitalização nas representações sociais sobre esta, no que diz respeito à condição de controle e disciplina, a pouca autonomia e poder de voz do doente. A importância dada à dieta hospitalar é limitada e a atenção nutricional hospitalar é ainda embrionária. CONCLUSÃO: São necessários esforços para mudanças na cultura alimentar hospitalar, a fim de constituir uma visão da assistência nutricional hospitalar na qual a dieta hospitalar e a atenção nutricional possam ser parte importante no tratamento do paciente hospitalizado e colaborem com a qualidade da experiência de internação.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To know the objective and subjective reasons, material and symbolic, which act as the foundation of the attitude of hospital institutions towards meals, considered as a social construction, a product of the conceptions and practices of professionals who determine and reproduce them directly or indirectly. METHOD: A qualitative survey was carried out involving 32 intensity, half-structured interviews, applied to individuals participating in the process of producing hospital diets cooks, maids, nutritionists, doctors (medical), nurses and their auxiliaries and clinical and administrative directors and field observation in two kinds of hospital, private and public. RESULTS: The analysis of the content of the interviews and of the field observation data was organized into two categories: nutritional aspects separate from those of the food in which a valorization of the nutritional aspect was noted, principally in nutritional support actions, in detriment of the sensory and symbolic aspects of the hospital food; and the hospital diet in which a lack of technical information about available hospital diets was observed; the actual hospitalization, as referring to the conditions of control and discipline and the limited autonomy and right to speak of the patients, were reflected in their social representation. The importance given to hospital diets is limited and the attention given to nutrition embryonic. CONCLUSION: Attempts must be made to change the hospital food culture in order to install the idea of hospital nutritional assistance in which the hospital diet and attention to nutrition become an important part of the patient's treatment, collaborating with the quality of the hospitalization experience.
  • Nutritional care from the nursing teacher's point of view Artigos Originais

    Campos, Silvia Henrique de; Boog, Maria Cristina Faber

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar percepções e práticas de docentes de um curso de graduação em Enfermagem em relação ao ensino de nutrição, a fim de subsidiar propostas pedagógicas. MÉTODOS: A pesquisa foi realizada em uma universidade privada do Estado de São Paulo com a participação de treze docentes, empregando-se, em uma primeira etapa, metodologia qualitativa mediante o uso de questionário. Na segunda etapa, foi utilizada a técnica de grupo focal com a participação de cinco dessas docentes. RESULTADOS: O ensino de nutrição na graduação das enfermeiras docentes não contemplou as demandas da prática profissional. Elas consideram que houve um declínio na qualidade do cuidado nutricional, durante os últimos anos, e sentem dificuldades em relação a esse cuidado tanto no hospital como na área de saúde pública. Sentem dificuldade, também, para o trabalho em equipe. CONCLUSÃO: A discussão em grupo criou um ambiente favorável à problematização da prática profissional do enfermeiro em relação ao cuidado nutricional, propiciando uma autocrítica no que diz respeito à parceria com outros profissionais da saúde. O ensino de nutrição deve contemplar temas como cuidar/cuidado e interdisciplinaridade para preparar melhor o aluno para a prática.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To identify the perceptions and practices of teachers from an undergraduate nursing course with respect to the teaching of nutrition, as a subsidy to pedagogical proposals. METHODS: The survey was carried out in a private university in the state of Sao Paulo with the participation of thirteen teachers, employing qualitative methodology by means of a questionnaire in the first stage. In the second stage, the focus group technique was employed with the participation of five teachers. RESULTS: The teaching of nutrition in the undergraduate courses of the nursing teachers did not contemplate the demands of professional practice. They consider there has been a decline in the quality of nutritional care in recent years and have difficulty with respect to such care both in the hospital and in the public health area. They also have difficulty with teamwork. CONCLUSION: The group discussion created a propitious atmosphere for discussing the problem of the professional practice of nursing as related to nutritional care, propitiating self-criticism concerning their partnership with other health professionals. The teaching of nutrition should contemplate topics such as care/caring and interdisciplinarity so as to better prepare the student for practice.
  • Short stature in school aged and under-five year old children: a comparative analysis Artigos Originais

    Laurentino, Glória Elizabeth Carneiro; Arruda, Ilma Kruze Grande de; Raposo, Maria Cristina Falcão; Batista Filho, Malaquias

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar se a ocorrência de déficit estatural em crianças em idade escolar seria semelhante à encontrada em menores de cinco anos, em termos de prevalência e de alguns fatores de risco. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 894 crianças em idade escolar (entre seis e doze anos) e de 2.078 crianças menores de cinco anos. Adotou-se o teste chi2 de associação de Pearson para testar, em cada um dos grupos estudados, a associação entre o déficit estatural e os possíveis fatores de risco. Utilizou-se o teste de igualdade de proporções para verificar as diferenças das prevalências de déficit estatural em cada grupo de idade e ajustou-se um modelo multivariado explicativo do déficit estatural em menores de cinco anos. RESULTADOS: Considerando o total da amostra, a proporção de déficit estatural entre crianças em idade escolar (16,9%) foi significativamente maior, quando se comparou com o valor percentual (12,1%) obtido entre os menores de cinco anos. O modelo multivariado indicou que o déficit estatural da criança em idade escolar, a renda per capita, a escolaridade e a idade materna foram os fatores que melhor explicaram o déficit estatural das crianças menores de cinco anos. CONCLUSÃO: Nas áreas urbanas do Estado de Pernambuco, o indicador altura/idade pode ser indicativo de colinearidade entre crianças em idade escolar e menores de cinco anos. A ocorrência de déficit estatural na criança em idade escolar foi o principal fator preditivo do déficit estatural no irmão menor de cinco anos.

    Abstract in English:

    OBECTIVE: To investigate whether the occurrence of short stature in school-aged children would be the same as that found in under-five year olds in terms of prevalence and some risk factors. METHODS: The sample consisted of 894 school-aged children (from 6 to 12 year-olds) and of 2.078 under-five year olds. Pearson's chi2 test of association was employed to verify the association between short stature and possible risk factors in each of the groups investigated. The equality of proportions test was used to verify the differences in prevalence of short stature in each age group, and an explanatory multivariate model of the short stature in the under-five year olds was adjusted. RESULTS: Taking into account the entire sample, the proportion of short stature amongst school-aged children (16.9%) was significantly greater than amongst under-five year olds (12.1%). The multivariate model showed that short stature in school-aged children, the per capita income and the mother's educational level and age, were the factors that best explained short stature in the under-five year olds. CONCLUSION: In urban areas of the State of Pernambuco, the height/age indicator may be indicative of co-linearity between school-aged children and under-five year olds. The occurrence of short stature in school-aged children was the main predictive factor of short stature in under-five year old siblings.
  • Impact of a dietary supplement on the nutritional status of preschool children enrolled in day care centers Artigos Originais

    Oliveira, Susy Mary Souto de; Costa, Maria José de Carvalho; Rivera, Maria Amélia Amado; Santos, Leonor Maria Pacheco; Ribeiro, Maria de Lourdes Coelho; Soares, Geórgia de Sousa Ferreira; Asciutti, Luisa Sônia; Costa, Solange Fátima Geraldo da

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar o impacto da suplementação da dieta com multimistura sobre o estado nutricional de crianças em fase pré-escolar em risco nutricional. MÉTODOS: Trata-se de estudo tipo duplo cego com duração de dois meses e acompanhamento longitudinal de 135 crianças na faixa etária de um a seis anos. As crianças foram divididas em três grupos: intervenção 1 (GI1 n=48), intervenção 2 (GI2 n=45) e controle (GC n=42), recebendo 5g e 10g de multimistura e placebo, respectivamente. O estado nutricional das crianças em estudo foi avaliado antes e após a suplementação. RESULTADOS: Não houve diferença significativa nos indicadores peso/idade, altura/idade e peso/altura entre os grupos estudados na linha base (p=0,251 p=0,248 e p=0,399, respectivamente). Após a intervenção a diferença na prevalência de déficit antropométrico entre os grupos também não foi significante (p=0,100 p=0,435 e p=0,210, respectivamente). A comparação das médias antes e depois da intervenção, igualmente, não demonstrou diferenças (p>0,05 utilizando os métodos estatísticos de Kruskall - Wallis e Análise de Variância). CONCLUSÃO: Frente ao impacto das pequenas quantidades consumidas de suplemento, no caso a mistura de farelo de cereais, não se justifica esperar alterações significativas sobre a recuperação de crianças em risco nutricional, já que esses suplementos contêm somente pequenas quantidades de calorias e de macro e micronutrientes.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the impact of a diet supplemented with a bran-based cereal mixture on the nutritional status of preschool children presenting nutritional risk. METHODS: This was a two-month double-blinded study with a longitudinal follow up using 135 children with ages ranging from one to six years old and divided into three groups: intervention 1 (GI1=48), intervention 2 (GI2 n=45) and control (CG n=42), receiving 5g and 10g of the multi-mixture and placebo, respectively. The nutritional situation of the children in the study was evaluated before and after supplementation. RESULTS: No significant differences were observed in the weight/age, height/age and weight/height indicators at the base line (p=0.251 p=0.248 and p=0.399 respectively) between the groups studied. After intervention, the difference between the groups in the prevalence of anthropometrical deficit was also not significant (p=0.100 p=0.435 and p=0.210 respectively) and a comparison of the averages before and after intervention revealed no differences (p>0.05 using the Kruskall - Wallis and Analysis of Variance statistical methods). CONCLUSION: In the specific case of the bran-based mixture, the impact of the small amounts of supplement ingested did not warrant expecting alterations in the recovery of children presenting nutritional risk, since these supplements contain only small amounts of calories and macro and micronutrients.
  • Food consumption circadian rhythms in adult snacks and meals: application to weekly menu Artigos Originais

    Gauche, Heide; Calvo, Maria Cristina Marino; Assis, Maria Alice Altenburg de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo descreve o perfil alimentar de indivíduos saudáveis, em seu ambiente natural, a partir da análise da ingestão de energia e macronutrientes nos lanches e refeições e sua distribuição circadiana. MÉTODOS: Dezessete voluntários, professores e funcionários técnico-administrativos de uma instituição de ensino de Florianópolis com idade média de 46,71 (±2,2) anos, e índice de massa corporal médio de 24,93 (±0,9) kg/m² registraram, durante sete dias consecutivos, o tipo e a quantidade de alimentos e bebidas consumidos, especificando o modo de preparo, o tipo de evento alimentar (refeição ou lanche), a hora do dia e o dia da semana. RESULTADOS: Realizaram-se, em média, 2,7 refeições e 3,2 lanches diariamente. Os lanches e as refeições mostraram diferenças entre si, tanto em relação à proporção de macronutrientes quanto ao valor energético total. As refeições forneceram cerca de três vezes mais calorias que os lanches e foram compostas, predominantemente, por proteínas e lipídios, enquanto nos lanches predominaram os carboidratos. A hora do dia também mostrou exercer influência no consumo. CONCLUSÃO: No período das 12h às 15h59min, o consumo foi significativamente maior que nos demais momentos do dia, mas não se observou um aumento significativo do consumo energético total nos dias do fim de semana.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: This study describes the food profile of healthy individuals in their natural environment, analyzing the energy and macronutrient ingestion during meals and snacks and their circadian distribution. METHODS: Seventeen volunteers, professors and administrative technicians of an educational institution in Florianópolis, Brazil, with an average age of 46.71 (±2.2) years, and average body mass index of 24.93 (±0.9) kg/m², registered the type and quantity of food and drink consumed during seven consecutive days, specifying the type of preparation, the eating event (meal or snack), the hour of the day and the day of the week. RESULTS: On average, they consumed 2.7 meals and 3.2 snacks every day. The snacks differed from the meals in both the size and proportion of the macronutrients and in the total energy value. The meals provided about three times more calories than the snacks and were mostly composed of proteins and lipids, whilst the snacks were mostly carbohydrate. The time of day also exerted an influence on consumption. CONCLUSION: In the period from 12 hours to 15 hours 59min, the consumption was significantly greater than during the rest of the day. There was no difference in total caloric consumption between weekends and weekdays.
  • Effect of guar gum supplementation on lipidic and glycidic metabolic control and body mass index in type 2 diabetes Original Articles

    Figueiredo, Mirela dos Santos Ourique; Alfenas, Rita de Cássia Gonçalves; Franceschini, Sylvia do Carmo Castro; Peluzio, Maria do Carmo Gouveia; Azeredo, Raquel Monteiro; Rebeiro, Sônia Machado Rocha

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação de goma guar no controle metabólico e índice de massa corporal (IMC) em pacientes portadores de diabetes do tipo 2. MÉTODOS: Um total de dezessete participantes (doze mulheres e cinco homens) receberam a suplementação diária de dez gramas do suplemento de fibra durante três meses. Alterações no IMC e nos parâmetros bioquímicos (glicemia de jejum, hemoglobina glicada (HbA1c), colesterol plasmático total e triglicérides) foram avaliadas no início e ao final do estudo. RESULTADOS: Não foram verificadas alterações nos valores médios de IMC (p=0,770), glicemia de jejum (p=0,09) ou triglicérides (p=0,06). No entanto, foi observado aumento significativo (p<0,001) dos níveis de HbA1c após a ingestão dos suplementos de goma guar. Análise posterior indicou que cinco participantes que tiveram valores médios de glicemia de jejum e de HbA1c mais altos tiveram uma redução significativa (p=0,03) da glicemia de jejum ao final do estudo. Uma redução significativa (p<0,001) na concentração de colesterol total foi observada após os três meses de suplementação com a goma guar. CONCLUSÃO: A suplementação dietética de goma guar (10g/dia) a pacientes portadores de diabetes tipo 2, com sobrepeso, proporcionando uma ingestão total de fibra próxima de 20g por dia, não foi efetiva para redução espontânea do peso corporal. Os efeitos da goma guar sobre o controle metabólico da glicose foram inconclusivos, mas mostrou ser uma estratégia dietética efetiva na redução dos níveis de colesterol sangüíneo.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the effects of guar gum supplementation in the metabolic control and body mass index (BMI) of type 2 diabetic patients. METHODS: A total of 17 (12 women and 5 men) participants ingested 10 grams of fiber supplement daily for three months. Changes in BMI and the biochemical parameters (fasting glycemia, glycosilated hemoglobin (HbA1c), total plasma cholesterol and triglycerides) were evaluated at the beginning and the end of the study. RESULTS: No changes in mean BMI (p=0.770), mean fasting glycemia (p=0.09) or triglyceride levels were observed. However, significant increases in HbA1c levels were observed (p<0.001) following the ingestion of guar gum supplements. Posterior analysis indicated that the five participants that had the highest mean fasting blood glucose and HbA1c levels, showed a significant reduction in their fasting glycemic levels (p=0.03) at the end of the study. A significant (p<0.001) reduction in total cholesterol levels was observed after three months of guar gum supplementation. CONCLUSION: Guar gum supplementation (10g/day) in the diet of overweight type 2 diabetics, resulting in total fiber ingestion close to 20g per day, did not lead to a spontaneous reduction in body weight. The effect of guar gum on the glycidic metabolic control was inconclusive, but it was shown to be an effective dietetic strategy to reduce blood cholesterol levels.
  • Early protein malnutrition impairs social memory in adult rats Artigos Originais

    Silva, Viviane Consiglio da; Almeida, Sebastião de Sousa

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar se a desnutrição protéica imposta no início da vida produz prejuízos em um procedimento experimental de memória social em ratos (Rattus norvegicus). MÉTODOS: Os animais receberam dietas isocalóricas contendo 6% ou 16% de proteína do nascimento aos 21 dias, e dieta comercial a partir de 22 dias de idade. O teste de memória social consistiu em, após duas sessões de habituação (7 minutos/sessão), introduzir um animal adulto (100-114 dias de idade) e um outro jovem (30-44 dias de idade) em uma arena de acrílico (90cm x 90cm x 45cm) em duas sessões separadas por intervalos de 30 (experimento 1) ou 15 minutos (experimento 2). O contato social foi definido como investigação (ato de cheirar/inspecionar a região anogenital). A diferença no tempo de contato entre a primeira e a segunda exposição é considerada um índice de memória social. RESULTADOS: Nenhuma diferença devida à dieta foi observada no experimento 1. No experimento 2 houve redução no tempo de contato social dos animais-controle da primeira para a segunda exposição (p<0,05) e não houve alteração nos animais desnutridos. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem que a desnutrição protéica precoce prejudica a memória social de ratos adultos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: The objective of the present study was to investigate the effects of early protein malnutrition on the social memory of adult rats (Rattus norvegicus) using an experimental procedure. METHODS: The animals received isocaloric diets containing 6% or 16% of protein during the lactation phase (0-21 days of age) and a commercial lab chow as from 22 days of age. The social memory test consisted of, after 2 daily habituation sessions (7minutes/session), to introduce an adult rat (100-114 days of age) and a young rat (30-44 days of age) into an acrylic cage (90cm.x.90cm.x.45cm), for two sessions separated by intervals of 30 (Experiment 1) or 15 (Experiment 2) minutes. Social contact was defined as exploration/sniffing the anogenital region of the rat. The difference in the time spent in social contact between the first and second sessions was defined as the memory index. RESULTS: No differences were observed in Experiment 1 due to the diet conditions. In Experiment 2, social contact decreased from the first to the second session in the controls (p<0.05) in contrast to the malnourished animals, who showed no differences. CONCLUSION: These results suggest that early protein malnutrition impairs the social memory in adult rats.
  • Nutritional assessment of competitive rowers Artigos De Revisão

    Santinoni, Erika; Soares, Eliane de Abreu

    Abstract in Portuguese:

    O remo teve início como um meio de sobrevivência, transporte ou forma de atuar em guerras. Atualmente, é uma modalidade esportiva que utiliza membros superiores e inferiores para a propulsão do barco, sendo utilizadas vias aeróbicas e anaeróbicas. Tem-se como objetivo revisar os fatores dietéticos, antropométricos e bioquímicos que possam auxiliar na avaliação e orientação nutricional de remadores, visando melhorar o desempenho desses atletas. Por ser uma atividade de alta intensidade (aproximadamente 85% do volume máximo de oxigênio) e curta duração (cinco a oito minutos), ressalta-se a importância do consumo adequado de carboidratos, embora estudos demonstrem que remadores ingerem menos carboidratos que o recomendado, podendo comprometer estoques de glicogênio muscular bem como a imunidade. As categorias são divididas em função do sexo, faixa etária e massa corporal, o que faz da antropometria um método de seleção de remadores para competições no nível nacional e internacional. Devido ao elevado volume e à intensidade de treinamento, o atleta está susceptível a alterações plasmáticas de alguns metabólitos, como a uréia e creatinina, podendo ser diagnosticadas por meio da avaliação bioquímica. Logo, qualquer fator que contribua para a otimização da avaliação nutricional e conseqüente orientação de um remador deve ser estudado.

    Abstract in English:

    Rowing started out as a means of survival, transport or way of performing in wars. Nowadays it is a sport modality that uses the upper and lower limbs to propel the boat, using both aerobic and anaerobic pathways. This review aims to describe the dietetic, anthropometric and biochemical factors that could help in the nutritional assessment and orientation of rowers, with the objective of improving their performance. Since it is a high intensity (approximately 85% of the maximal oxygen uptake) and short duration (5 to 8 minutes) exercise, it is very important to have an adequate daily intake of carbohydrates, although several studies have shown that rowers eat less carbohydrate than the recommended amount, possibly compromising their glycogen stores, performance and immunity. The categories are divided according to gender, age and body weight. Thus, the anthopometric variables are a criterion for the selection of rowers to participate in competitions at the national and international levels. Due to the high volume and intensity of the training, the athlete is susceptible to the plasmatic alteration of some metabolites, such as urea and creatinine, which can be diagnosed by biochemical assessment. Thus, any factor that could contribute to the optimization of the nutritional assessment and orientation of rowers should be studied.
  • Fortification of industrialized foods with vitamins Review Articles

    Liberato, Selma Coelho; Pinheiro-Sant'Ana, Helena Maria

    Abstract in Portuguese:

    Vitaminas são nutrientes essenciais à vida. Hábitos alimentares inadequados, alto consumo energético e falhas no metabolismo levam a deficiências de micronutrientes, que afetam mais de dois bilhões de pessoas mundialmente. O consumo, cada vez maior, de alimentos industrializados, somado à baixa estabilidade das vitaminas, têm induzido à prática de adição de nutrientes aos alimentos processados. Esta revisão discute terminologia, disponibilidade, ingestão e risco de hipervitaminose devida ao consumo desses produtos, e a importância nutricional dos de alimentos fortificados com vitaminas. A adição de nutrientes deve ocorrer em alimentos que, efetivamente, participem da dieta da população alvo e deve obedecer às necessidades reais de segmentos significativos da população. No Brasil, se encontra, disponível em supermercados, um total de 166 produtos enriquecidos com vitaminas. Um estudo de coorte de 10 anos, desenvolvido na Alemanha, com crianças e adolescentes, comprovou que 90% dos pesquisados utilizaram, pelo menos, um alimento fortificado. Ao longo do período estudado, observou-se o consumo de 472 diferentes produtos fortificados. O enriquecimento de alimentos, entretanto, deveria basear-se nas necessidade de cada país, e, se possível, nas necessidades regionais, que variam de região a região. Na Dinamarca, por exemplo, durante o inverno, e principalmente nos idosos, a vitamina D necessita ser adicionada aos alimentos, para que aumente o seu consumo. No Brasil, diferentemente, não há evidências de necessidade de fortificação de alimentos com essa vitamina. Apesar disso, uma investigação mostrou que, de 76 produtos lácteos enriquecidos, 37 continham vitamina D. A fortificação de alimentos é uma estratégia importante para resolver problemas de deficiência nutricional, porém também pode ocasionar muitos danos à saúde.

    Abstract in English:

    Vitamins are essential to life. Inadequate eating habits, high caloric intake and metabolic defects lead to micronutrient deficiencies, affecting more than two billion people worldwide. The increasing intake of industrialized foods, combined with low vitamin stability has led to the common practice of adding these nutrients to processed foods. This review discusses the terminology, availability, intake and risk of hypervitaminosis, due to the intake and nutritional importance of foods fortified with vitamins. The addition of nutrients should occur in foods that are effectively consumed by the target population and must meet the real needs of a significant segment of the population. In Brazil, a total of 166 products available in supermarkets are vitamin-enriched. A 10-year study involving children and adolescents in Germany showed that 90% of those surveyed used at least one fortified food. During this 10-year period, 472 fortified products were consumed. The enrichment of foods should be based on the needs of each country and, if possible, regional needs. For instance, in order to increase its intake, Vitamin D is added to foods in Denmark during the winter, mainly for the elderly. However, in Brazil, there is no evidence of the need to fortify food with this vitamin. A survey showed that of the 76 enriched dairy products, 37 contained vitamin D. Food-fortification is a very important strategy to solve nutritional deficiency problems, but it can also cause many health problems.
  • Carotenoids as an alternative against hypovitaminosis A Artigos De Revisão

    Ambrósio, Carmem Lygia Burgos; Campos, Florisbela de Arruda Camara e Siqueira; Faro, Zelyta Pinheiro de

    Abstract in Portuguese:

    A hipovitaminose A acarreta xeroftalmia, cegueira e morte em milhares de crianças no mundo e constitui um dos principais problemas nutricionais de populações de países em desenvolvimento, incluído o Brasil. Embora haja grande disponibilidade de frutas e verduras, fontes de carotenóides no Brasil, a hipovitaminose A constitui um grave problema de saúde pública. A falta de informação da população, no que diz respeito às fontes alimentares e aos fatores que interferem na biodisponibilidade dos carotenóides, citados na literatura, com a "mnemônica" SLAMENGHI são possíveis causas associadas a esta contradição. Os atuais fatores de conversão de carotenóides em retinol são superiores aos antigos fatores, o que pressupõe uma efetividade ainda menor na conversão dos carotenóides na forma ativa da vitamina A e coloca em questão a utilização destes no combate à hipovitaminose A. Esta revisão tem como objetivo relatar o que vem sendo abordado acerca do tema biodisponibilidade e fontes de carotenóides, para possibilitar um melhor posicionamento na utilização dos carotenóides no combate à hipovitaminose A.

    Abstract in English:

    Hypovitaminosis A causes xerophthalmia, blindness and death in thousands of children throughout the world and constitutes one of the main nutritional problems in the populations of developing countries, including Brazil. Although fruits and vegetables, sources of carotenoids, are widely available in Brazil, hypovitaminosis A constitutes a serious public health problem. The lack of information available to the population about the dietary sources of carotenoids and factors affecting their bioavailability, known in the literature as SLAMENGHI, are possible causes associated with this contradiction. Current carotenoid conversion factors to retinol are higher than earlier ones. This suggests a reduced effectiveness in the conversion of carotenoids into the active form of vitamin A, questioning the role of carotenoids in combating hypovitaminosis A. The aim of this review is to discuss the bioavailability of carotenoids and their food sources in order to better assess the possibility of using these pigments to combat hypovitaminosis A.
  • Feeding in pregnancy and postpartum Ensaio

    Baião, Mirian Ribeiro; Deslandes, Suely Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Os preceitos científicos para uma alimentação saudável são bastante difundidos e reconhecidos como essenciais às demandas nutricionais da gestação e dos eventos a ela relacionados, como o puerpério e a lactação, e visam principalmente, à saúde do binômio mãe-filho. Por outro lado, as práticas alimentares de mulheres durante o ciclo gravídico-puerperal podem ser influenciadas por outras lógicas. Este artigo é um ensaio teórico que pretende refletir sobre a dinâmica da dimensão sociocultural e das relações sociais nas práticas alimentares de gestantes e puérperas. Procura avançar no entendimento da alimentação para além de uma leitura estritamente nutricional, biológica, majoritariamente interpretada sob a perspectiva bioestatística. Destaca a importância de abordar as questões que permeiam a alimentação por uma ótica interdisciplinar, que permita conjugar saberes fundamentados nas Ciências Sociais e na Biomedicina, a fim de repensar políticas públicas e requalificar a prática assistencial prestada a esse grupo.

    Abstract in English:

    The scientific precepts for healthy eating have been widely divulged and are recognized as essential to the nutritional demands of pregnancy and its related events, such as postpartum and breastfeeding, aiming mainly at the health of the mother-child binomial. On the other hand, the eating habits of women during the pregnancy-postpartum cycle may be influenced by other logic. This article is a theoretical essay that aims to reflect on the dynamics of the socio-cultural dimension and on social relationships with respect to the eating habits of pregnant and postpartum women. It also aims to enhance the understanding of feeding beyond a strict nutritional and biological observation, in greater part interpreted from the bio-statistical perspective. It highlights the importance of approaching questions related to feeding from an interdisciplinary point of view, which allows for the conjugation of knowledge based on the Social Sciences and Biomedicine, in order to review public policies and improve the practice of assistance offered specifically to this group.
  • Food guides for children: historical aspects and evolution Comunicações

    Barbosa, Roseane Moreira Sampaio; Salles-Costa, Rosana; Soares, Eliane de Abreu

    Abstract in Portuguese:

    Os guias alimentares possuem duas propostas: a primeira, ser um guia de saúde pública, e a segunda, uma ferramenta de educação nutricional. Este trabalho objetiva apresentar um histórico dos guias alimentares e suas características, bem como abordar os guias dietéticos desenvolvidos especificamente para crianças. Foi realizado um levantamento bibliográfico dos últimos dez anos, em base de dados Medline utilizando as palavras-chave guia alimentar, guia dietético infantil e pirâmide alimentar infantil. Desde 1916, os guias alimentares vêm sendo desenvolvidos a fim de traduzir as recomendações de uma dieta saudável para população, porém somente a partir de 1999 foi desenvolvido pelo United States Departament of Agriculture um guia alimentar para crianças. Observou-se que os guias alimentares infantis, de modo geral, foram elaborados recentemente. Poucos países os desenvolveram de acordo com o hábito alimentar das crianças, utilizando alimentos típicos da idade e tamanho das porções específicas para essa faixa etária, considerando a limitada capacidade gástrica das crianças. Conclui-se que é muito importante desenvolver, implementar e validar os guias alimentares infantis, pois são uma ferramenta de educação nutricional para a formação de hábitos saudáveis e para a prevenção de doenças crônicas.

    Abstract in English:

    Food guide have two proposals: the first, as a public health guide and the second, as a nutritional educational tool. This study aimed at presenting a history of food guides and their characteristics, as well as approaching the dietary guides specifically developed for children. A bibliographical research of the last ten years was carried out in the Medline database, using the key words: food guide, dietary guidelines for children and food guide pyramid for young children. Food guides have been developed since 1916, translating the recommendations for a healthy diet to the population, but only in 1999 did the United States Department of Agriculture develop a food guide for children. It was observed that, in general, the food guides for young children were elaborated recently. Few countries have developed them according to the food habits of children, using foods typical of their age range and appropriate portion sizes, considering the limited gastric capacity of children. It was concluded that it was very important to develop, implement and validate food guides for young children, since they are a nutritional educational tool for the formation of healthy habits and the prevention of chronic diseases.
  • Bioavailability of lycopene Comunicações

    Moritz, Bettina; Tramonte, Vera Lúcia Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Esta revisão procura reunir diversos estudos que avaliam os fatores que influenciam a biodisponibilidade do licopeno, bem como os alimentos fontes e a recomendação de ingestão desse carotenóide. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico, mediante consulta às bases de dados Medline (National Library of Medicine, USA) e Lilacs (Bireme, Brasil) nas quais foram selecionadas publicações científicas em português e inglês, nos últimos quinze anos, que utilizaram os temas: licopeno, carotenóides e/ou biosponibilidade. O licopeno é um carotenóide sem atividade de pró-vitamina A, mas um potente antioxidante, sendo essa função possivelmente associada à redução do risco da ocorrência do câncer e certas doenças crônicas. Esse nutriente é encontrado em um número limitado de alimentos, e, além disso, o organismo não é capaz de sintetizá-lo; dessa forma, o licopeno é obtido exclusivamente por meio da dieta alimentar. A quantidade sugerida de ingestão de licopeno varia de 4 a 35mg/dia. Estudos mostram que existem vários fatores que podem interferir na biodisponibilidade do licopeno, tais como absorção intestinal, quantidade de licopeno no alimento fonte, formas de apresentação (isômeros e sintéticos), presença da matriz alimentar, presença de outros nutrientes na refeição (como gordura, fibra, outros carotenóides, entre outros), ingestão de drogas, processamento do alimento, além da individualidade biológica e do estado nutricional do indivíduo. Estudos da biodisponibilidade do licopeno têm sido desenvolvidos a partir do tomate e seus produtos, por esse ser a fonte mais comumente consumida. O desenvolvimento do estudo enfatizou a importância da melhor forma de absorção desse nutriente, relevante que é para a prevenção de inúmeras doenças.

    Abstract in English:

    This review collets several papers that evaluated the factors that influence the bioavailability of licopene, as well as the food sources of this nutrient and the recommendation for ingestion of this carothenoid. To achieve de objectives of the study, a bibliographic research of the last fifteen years was made by access to the Medline (National Library of Medicine, USA) and Lilacs (Bireme, Brazil) databases, in english and portuguese,using as themes licopene, carothenoids and bioavailability. Lycopene is a carothenoid with no provitamin A activity, but is a strong antioxidant agent, being such function possibly responsible for contribution for the reduction the risks of developing cancer and other chronicle disease. This nutrient is found in a limited number of foods, and yet, the organism is unable to sinthetize it, it is obtained exclusively from the diet. Licopene ingestion suggest amount varies from 4 to 35mg/day. Studies demonstrate that there are many factors that can interfere in lycopene bioavailability, such as intestinal absorption; amount of lycopene in the source food; its presentation (isomers and synthetics); the presence of food matrix; presence of other nutrients in the meal (fat, fiber, other carothenoids, among others); use of drugs; food processing; besides the biological individuality and nutricional state os the individual. Studies about lycopene bioavailability have been developed over tomato and its products, most times, because that is the most frequently consumed. Study development emphasized the importance of the better way of absorption of this nutrient, being this relevant to the prevention of various diseases.
  • Camellia sinensis consumption by an Asian-Brazilian population and incidence of chronic diseases Comunicações

    Faria, Fernanda; Santos, Rosane de Souza; Vianna, Lucia Marques

    Abstract in Portuguese:

    Investigar os prováveis benefícios dos hábitos culturais orientais, incluindo o consumo de Camellia sinensis (chá verde) na prevenção de doenças crônicas. Trinta e quatro indivíduos entre 25 e 84 anos, de ambos os sexos, pertencentes à comunidade nipônica do Rio de Janeiro, RJ, foram submetidos a anamnese alimentar e questionário socio-econômico-cultural. Dos indivíduos, 76% consumiam chá verde, sendo que 35% o ingeriam diariamente e 27% esporadicamente. Verificou-se que o consumo regular de álcool era predominante nos não usuários de chá verde, quando comparados com os apreciadores da bebida (50% e 35%, respectivamente, faziam uso de álcool). Não foi observado sedentarismo na amostra. Dos apreciadores do chá, 81% não apresentavam doenças crônicas. Já entre os consumidores, observamos um menor percentual de doenças crônicas, especialmente, de hipertensão, porém sem significância estatística.

    Abstract in English:

    To investigate the probable benefits of Asian dietary habits, including the intake of Camellia sinensis (green tea), in preventing chronic-degenerative diseases. Thirty-four individuals aging from 25 to 84 years from a Japanese community in Rio de Janeiro answered a socioeconomic-cultural questionnaire. Seventy-six percent of the individuals consumed green tea, where 35% consumed it daily and 27% consumed it sporadically. The regular intake of alcohol predominated among the non-consumers of green tea, when compared with green tea consumers (50% and 35%, respectively consumed alcoholic beverages). None of the individuals in the sample had a sedentary lifestyle. Among the individuals who consumed green tea, 81% did not have any chronic illnesses. The consumers of tea presented a lower incidence of chronic diseases, especially hypertension, but it was not statistically significant.
  • Plasma lipoproteins, triglycerides and glucose profile of cancer patients during bone marrow transplantation Nota Científica

    Garófolo, Adriana; Modesto, Patrícia Cláudia; Gordan, Letícia Navarro; Petrilli, Antonio Sérgio; Seber, Adriana

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi avaliar a evolução do perfil metabólico-nutricional de crianças e adolescentes com câncer que realizaram transplante de medula óssea. Dezoito pacientes submetidos a transplante de medula óssea foram avaliados prospectivamente de outubro de 2003 a agosto de 2004. A avaliação foi realizada por meio da análise bioquímica de sangue para albumina, lipídeos e glicose em três momentos: antes da infusão da medula óssea, após sete dias e após catorze dias do transplante de medula óssea. O teste de Friedman foi aplicado para comparar as distribuições nos períodos e o teste de Mann'Whitney para comparar as diferenças na evolução entre os grupos de transplante de medula óssea autólogo versus alogênico. Quinze dos dezoito pacientes foram elegíveis: sete portadores de leucemia, quatro de linfomas e quatro de tumores de células germinativas. Os quinze pacientes apresentaram em média 10,7±7,1 anos. Nove realizaram transplante de medula óssea autólogo e seis alogênico aparentado; dois utilizaram ciclosporina A como imunossupressor e três receberam irradiação corporal total como parte da terapia de condicionamento. Treze de quinze usaram nutrição parenteral. A média de internação foi 33±14 dias. As prevalências nos déficits de albumina e HDL-C aumentaram progressivamente durante o acompanhamento: 15%, 31% e 46% e 54%, 69% e 85%, respectivamente. O mesmo ocorreu com os níveis de glicose e triglicérides, com aumento progressivo nas prevalências de anormalidades no decorrer do transplante de medula óssea, que foram de 7%, 43% e 50% e de 31%, 69% e 77%, respectivamente. Níveis de colesterol total e de LDL-C acima do normal foram observados somente em um paciente no primeiro momento (antes da infusão da medula óssea). A análise da evolução das variáveis no decorrer dos três períodos demonstrou que os níveis de HDL-C, glicemia e triglicérides se modificaram significantemente. Quando se compararam pacientes que realizaram transplante de medula óssea alogênico versus autólogo, não foi possível detectar diferença estatisticamente significante. Porém os níveis de HDL-C e de triglicérides apresentaram alterações mais acentuadas nos pacientes que realizaram transplante de medula óssea alogênico. Os resultados sugerem que alterações metabólicas e bioquímicas ocorrem durante o período do transplante. Tais alterações, possivelmente, são multifatoriais, podendo estar associadas com o déficit nutricional, catabolismo protéico e distúrbios no metabolismo energético. Provavelmente, a desnutrição, o uso de nutrição parenteral, bem como a resposta inflamatória e as toxicidades dos medicamentos estejam implicadas como fatores causais desses distúrbios.

    Abstract in English:

    The objective was to evaluate the nutritional metabolic profiles in children and adolescents with cancer undergoing bone marrow transplants. Eighteen bone marrow transplantation patients were prospectively evaluated from October 2003 to August 2004. The assessment was based on the biochemical blood analyses of albumin, lipids and glucose at 3 different moments: before the bone marrow transplant, 7 days after the bone marrow transplant and 14 days after the bone marrow transplant. The Friedman test was performed to compare the distributions between the periods and the Mann' Whitney test to compare differences in the evolution between the bone marrow transplant groups: autologous versus allogeneic. Fifteen of the 18 patients were eligible: seven had leukemia, four lymphoma and four germ cell tumors. The mean age of the 15 patients was 10.7±7.1 years. Nine received autologous and six allogeneic-related bone marrow transplants; two used cyclosporin A as an immunosuppressor and three total body irradiation as part of the conditioning regimen. Thirteen of the 15 received parenteral nutrition. The length of stay was 33±14 days. The prevalence of albumin and HDL-C deficits increased progressively during follow up: 15%, 31% and 46% and 54%, 69% and 85%, respectively. The same result was observed with the glucose and triglyceride levels, showing a progressive increase in the prevalence of abnormalities during bone marrow transplantation, with values of 7%, 43% and 50% and 31%, 69% and 77%, respectively. Total cholesterol and LDL-C levels above the normal were only observed in one patient at the first moment (before the bone marrow transplant). The analysis of the evolution of the variables during the three periods demonstrated that the HDL-C, glucose and triglyceride levels changed significantly. No statistically significant differences were observed when comparing patients submitted to allogeneic and autologous bone marrow transplants. However, changes in the HDL-C and triglyceride levels were more accentuated in patients submitted to allogeneic bone marrow transplants. The results suggested that metabolic and biochemical changes occur during the period of bone marrow transplantation. These changes are probably multi-factorial, being associated with nutritional deficits, protein catabolism and disturbances in the energy metabolism. It is probable that malnutrition, the use of parenteral nutrition, as well as the inflammatory response to and toxicity of the drugs applied are implicated as causal factors of these abnormalities.
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II , Av. John Boyd Dunlop, s/n. - Prédio de Odontologia, 13059-900 Campinas - SP Brasil, Tel./Fax: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: sbi.submissionrn@puc-campinas.edu.br