Rodriguésia, Volume: 63, Issue: 3, Published: 2012
  • Phytossociology, successional groups and dispersal syndromes of the tree community in an urban remnant of semideciduous forest in Monte Carmelo, Minas Gerais Artigos Originais

    Prado Júnior, Jamir Afonso do; Lopes, Sérgio de Faria; Schiavini, Ivan; Vale, Vagner Santiago do; Oliveira, Ana Paula de; Gusson, André Eduardo; Dias Neto, Olavo Custódio; Stein, Manuela

    Abstract in Portuguese:

    Os parques urbanos têm uma importância estratégica para a qualidade de vida dos centros urbanos, contribuindo com importantes serviços ambientais e sociais. O conhecimento da estrutura florestal tem ajudado a subsidiar a conservação destes parques. A partir da análise fitossociológica das espécies arbóreas de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual (120 ha), este estudo classificou o estado de conservação deste remanescente. Foram amostrados todos os indivíduos arbóreos com CAP > 15 cm, presentes em 25 parcelas permanentes (20 × 20 m) e as espécies foram classificadas por grupos sucessionais e síndrome de dispersão. Foram registrados 798 indivíduos distribuídos em 98 espécies, pertencentes a 37 famílias. As espécies secundárias iniciais apresentaram maiores valores na riqueza de espécies, densidade e valor de importância, seguido das espécies secundárias tardias que apresentaram maior dominância e das espécies pioneiras que tiveram pouca representatividade. Quanto à síndrome de dispersão, mais de 77% da comunidade é representada por indivíduos zoocóricos. Tais resultados aumentam a valoração do Parque da Matinha reafirmando a importância deste parque urbano na conservação da fauna e flora nativa, e reforçam a necessidade de criar políticas públicas para utilização do parque pelos visitantes.

    Abstract in English:

    Urban parks have a strategic importance fot the quality of life in urban centers, contributing to significant environmental and social services. Knowledge of forest structure has helped to subsidize the maintenance of these parks. Based on the phytosociological analysis of tree species in a semideciduous forest fragment (120 ha), this study assessed the conservation status of this remnant. We sampled all trees with CBH > 15 cm, present in 25 permanent plots (20 × 20 m), and classified the species as to successional groups and dispersal syndromes. We recorded 798 individuals in 98 species belonging to 37 families. Early secondary species had the highest values of species richness , density and importance value, followed by late secondary species with the highest dominance, and pioneer species with low representation. Regarding the dispersal syndrome, over 77% of the community is represented by species with zoochoric dispersal. These results increase the valuation of the "Parque da Matinha", reaffirming the importance of this urban park for the conservation of native fauna and flora, and supporting the need for public policies of park use by visitors.
  • Malveae (Malvaceae) diaspore recognition in soil samples from montane areas (Sierras Chicas, Córdoba, Argentina) affected by fire

    Carreras, Marta Ester; Fuentes, Elsa; Martinat, Jimena Elisa; Carbone, Lucas Manuel

    Abstract in Spanish:

    En el marco de un estudio de regeneración post-incendio de la vegetación autóctona en campos de sierra ubicados en proximidades de Falda del Carmen (Sierras Chicas, Córdoba, Argentina), se ha analizado el banco de semillas aéreo para facilitar la identificación de las especies presentes en las muestras de suelo. Entre las familias con mayor diversidad y abundancia en la zona evaluada, las Malvaceae se encuentran representadas por 14 especies pertenecientes a los géneros: Abutilon Mill., Gaya Kunth., Krapovickasia Fryxell, Malvastrum A. Gray, Pavonia Cav., Pseudabutilon R. E. Fr., Sida L. y Sphaeralcea A. St.-Hil.. Se presentan dos claves dicotómicas para diferenciar las especies utilizando caracteres morfológicos de las diásporas, mericarpos y semillas respectivamente, acompañadas por las descripciones y las ilustraciones de las estructuras consideradas. Se tienen en cuenta aspectos morfológicos de los mericarpos (forma, tamaño, superficie de las caras dorsal y laterales, dehiscencia, aristas, pubescencia, divisiones internas, número de semillas por mericarpo) y de las semillas (forma, tamaño, superficie, pubescencia, hilo).

    Abstract in English:

    As part of a study of post-fire regeneration of native vegetation in montane areas near Falda del Carmen (Sierras Chicas, Córdoba, Argentina), we analyzed the aerial seed bank to help identify the species present in soil samples. Among families with greater diversity and abundance in the study area, the Malvaceae are represented by 14 species belonging to the genera: Abutilon, Gaya, Krapovickasia, Malvastrum, Pavonia, Pseudabutilon, Sida and Sphaeralcea. Two dichotomous keys are presented to differentiate the species using the morphological characters of diaspores, mericarps and seeds, respectively, accompanied by descriptions and illustrations of the structures examined. These keys take into account mericarp morphology (shape, size, dorsal and lateral surface, dehiscence, cusps, pubescence, internal divisions, number of seeds per mericarp) and seed morphology (size, shape, surface, pubescence, hilum).
  • Phytosociology and natural subtropical grassland communities on a granitic hill in southern Brazil Original Papers

    Setubal, Robberson Bernal; Boldrini, Ilsi Iob

    Abstract in Portuguese:

    Um levantamento fitossociológico foi realizado em uma área de vegetação campestre localizada na Serra do Sudeste, sul do Brasil, onde campos e florestas estão distribuídos em mosaico, buscando compreender padrões de diversidade em quatro comunidades. O manejo destes campos realizado pela população local é caracterizado por práticas de queimadas periódicas visando eliminar espécies lenhosas, retardando assim o processo de expansão florestal favorecido pelo clima atual. O número de parcelas por comunidade foi: campo rupestre (17), campo seco (33), campo úmido (15), campo brejoso (5). Diferentes totais de parcelas foram utilizados devido às condições naturais dessas comunidades, com uma alta cobertura de áreas de campo seco, seguido pelos campos rupestres, úmidos e brejosos. A análise de dados consistiu no cálculo de índices e parâmetros fitossociológicos e análises multivariadas exploratórias. Verificou-se que aproximadamente 15% dos 177 táxons registrados apresentaram maior dominância na composição da vegetação nas quatro comunidades, enquanto a maioria das espécies apresentou baixos valores de frequência e cobertura. Maiores índices de similaridade e diversidade foram encontrados entre campos secos e rupestres do que entre campos úmidos e brejosos. Conclui-se que o grande número de espécies raras e de frequência intermediária é determinante para os elevados índices de diversidade encontrados nestes campos.

    Abstract in English:

    A phytosociological survey was carried out in a study area located at Serra do Sudeste, southern Brazil, where forests and grasslands are distributed in a mosaic, seeking to unravel diversity patterns in four different grassland communities. Grassland management traditionally adopted by the local population is characterized by burning practices that aim to eliminate woody species, delaying the forest expansion process that is favored by the extant climate. The number of plots distributed per community was as follows: rocky grasslands (17), dry grasslands (33), moist grasslands (15) and marshy grasslands (5). Different numbers of plots were used due to the natural conditions of these communities, with highest cover for dry grasslands, followed by rocky, moist and marshy grasslands. Data analyses consisted of calculating community indexes and parameters and exploratory multivariate analysis. We verified that c. 15% of species among the 177 registered taxa were highly dominant in the constitution of the vegetation matrix in all communities, whereas most of the species showed low frequency and cover values. Rocky and dry grasslands showed higher similarity and diversity indexes than moist and marshy grasslands. We concluded that the large number of rare or intermediate-frequency species is decisive for the high diversity found in these grasslands.
  • Stenopterobia and Surirella (Bacillariophyceae, Surirellaceae) of Lago dos Tigres System, Britania, Goiás Artigos Originais

    Oliveira, Bárbara Dunck; Nogueira, Ina de Souza; Souza, Maria das Graças Machado

    Abstract in Portuguese:

    O Sistema Lago dos Tigres, composto por ambientes lóticos (rios Água Limpa e Vermelho) e lênticos (Lago dos Tigres), possui grande importância para o turismo e agropecuária de Britânia, Goiás. Considerando a escassez de estudos sobre a diatomoflórula do Centro-Oeste do Brasil, este trabalho objetivou inventariar os táxons de Stenopterobia Brébisson e Surirella Turpin, pertencentes à família Surirellaceae, ocorrentes no plâncton do Sistema Lago dos Tigres, durante período de águas baixas. A amostragem foi realizada entre junho e novembro de 2004 em 11 estações, sendo as amostras fitoplanctônicas coletadas através de rede de plâncton de malha de 25 µm. Foram identificados 16 táxons infragenéricos, sendo dois do gênero Stenopterobia e 14 de Surirella. Surirella splendida (Ehrenberg) Kützing foi registrada em todas as estações. Stenopterobia delicatissima (Lewis) Brébisson e Stenopterobia pelagica Hustedt, Surirella biseriata var. constricta (Grunow) Hustedt, Surirella davidsonii Schmidt, Surirella didyma Kützing, Surirella linearis var. helvetica (Brun.) Meister, Surirella nervosa (A. Schmidt) Mayer, Surirella rorata Frenguelli e Surirella splendida (Ehrenberg) Kützing foram citações pioneiras para a região Centro-Oeste do Brasil. São fornecidos descrição, ilustrações e comentários para todos os táxons.

    Abstract in English:

    Lago dos Tigres System is composed of lotic habitats (Água Limpa and Vermelho rivers) and lentic habitats (Lago dos Tigres). It has great importance for tourism and agriculture in Britania, Goiás state. Considering the lack of studies on diatoms from central western Brazil, this work aimed to identify taxa of Stenopterobia Brébisson and Surirella Turpin, Surirellaceae family, occurring in the plankton of Lago dos Tigres System during the low water period. Sampling was done from June to November 2004 at 11 stations, using a 25-µm plankton net. Sixteen taxa were identified: two taxa were recorded for the genus Stenopterobia and 14 for the genus Surirella. Surirella splendida (Ehrenberg) Kützing was recorded at all stations. Stenopterobia delicatissima (Lewis) Brébisson and Stenopterobia pelagica Hustedt, Surirella biseriata var. constricta (Grunow) Hustedt, Surirella davidsonii Schmidt, Surirella didyma Kützing, Surirella linearis var. helvetica (Brun.) Meister, Surirella nervosa (A. Schmidt) Mayer, Surirella rorata Frenguelli and Surirella splendida (Ehrenberg) Kützing were registered for the first time in central western Brazil. A description, illustration and comments are given for each taxon.
  • Pericarp development in the macaw palm Acrocomia aculeata (Arecaceae) Original Papers

    Reis, Sarah Barbosa; Mercadante-Simões, Maria Olívia; Ribeiro, Leonardo Monteiro

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi caracterizar anatomicamente o pericarpo da macaúba (Acrocomia aculeata) durante seu desenvolvimento. Foram avaliados ovários de flores coletadas no dia da antese da bráctea e pericarpos em diferentes fases de desenvolvimento, por meio de técnicas usuais em anatomia vegetal. A parede ovariana apresenta duas regiões meristemáticas, uma adjacente à epiderme externa e outra que envolve a cavidade seminal. A região meristemática externa origina o exocarpo lenhoso. A região meristemática interna é responsável pelo espessamento do mesocarpo oleaginoso-fibroso e do endocarpo pétreo. A esclerificação do exocarpo e do endocarpo, que ocorre próximo dos 70 dias da antese, define o volume final do fruto. A lignificação das células do exocarpo é incompleta, conferindo porosidade à estrutura. No mesocarpo se desenvolvem numerosos canais, formados pela fusão de idioblastos contendo ráfides. No endocarpo, a lignificação e a orientação das esclereídes em várias direções, conferem impermeabilidade e rigidez. Nos frutos maduros, a reserva lipídica se localiza em células parenquimáticas do mesocarpo e observa-se a presença de poro germinativo no endocarpo, composto por células parenquimáticas.

    Abstract in English:

    The anatomy of the pericarp of the macaw palm (Acrocomia aculeata) was followed during development. Ovaries of flowers collected at anthesis of the bracts as well as pericarps were evaluated at different development phases using traditional plant anatomy techniques. The ovary wall has two meristematic regions, one adjacent to the external epidermis and the other surrounding the seminal cavity. The external meristematic region gives rise to the woody exocarp, and the internal meristematic region is responsible for thickening of the oily/fibrous mesocarp as well as the hard endocarp. Sclerification of the exocarp and endocarp occurs approximately 70 days after anthesis and defines the final fruit volume. Lignification of the exocarp cell layers is incomplete, lending porosity to the structure. Numerous canals develop in the mesocarp that are formed by the fusion of raphide-containing idioblasts. Lignification of the sclereids and their generally random arrangement confers impermeability and rigidity to the endocarp. In mature fruits, lipidic reserves are observed in parenchymatic cells of the mesocarp, and the germination pore in the endocarp is composed of parenchymatic cells.
  • Tillandsia paraibensis, a new species of Bromeliaceae from Northeastern Brazil Original Papers

    Pontes, Ricardo Ambrósio Soares de

    Abstract in Portuguese:

    Tillandsia paraibensis, uma espécie nova do estado da Paraíba é descrita e ilustrada. A afinidade desta espécie com outras do gênero e informações sobre sua biologia são discutidas.

    Abstract in English:

    Tillandsia paraibensis is described and illustrated as a new species known only from the state of Paraíba, Brazil. The affinities of this new species to other species and information on its biology are discussed.
  • New records of benthic marine macroalgae from Pernambuco state, Brazil Artigos Originais

    Soares, Luanda Pereira; Fujii, Mutue Toyota

    Abstract in Portuguese:

    Foram realizados estudos na região entremarés de recifes da Praia de Boa Viagem, Recife, nordeste do Brasil, em dezembro de 2009 (período seco) e abril de 2010 (período chuvoso), para analisar a estrutura da comunidade das macroalgas epífitas em outras macroalgas. O material foi coletado em dois trechos recifais, cada um com aproximadamente 30 m de extensão, em diferentes compartimentos favoráveis ao crescimento de macroalgas. Todo o material coletado permaneceu congelado até o procedimento de análise. Os exemplares estão depositados no Herbário do Instituto de Botânica, São Paulo, Brasil (SP). Foram encontradas nove novas ocorrências para a costa pernambucana: Boodlea composita (Harv.) F. Brand, Ceramium corniculatum Mont., Chaetomorpha clavata Kütz., C. nodosa Kütz., Chondracanthus cf. saundersii C.W. Schneid. & C.E. Lane, Cladophora laetevirens (Dillwyn) Kütz., Neosiphonia sphaerocarpa (Børgesen) M.-S. Kim & I.K. Lee, Ulva linza L. e U. prolifera O.F. Müll. Destas, quatro tiveram sua distribuição consideravelmente ampliada ao longo do litoral brasileiro.

    Abstract in English:

    Studies were carried out in the intertidal reefs of Boa Viagem beach, Recife, northeastern Brazil, in December 2009 (dry season) and April 2010 (rainy season), to analyze the community structure of seaweeds growing on other macroalgae. The material was collected in two areas, each around 30 m long, in different habitats which are suitable for the growth of seaweeds. The seaweeds remained frozen until the analysis. The specimens are deposited at the Herbarium of the Instituto de Botânica, São Paulo, Brazil (SP). Nine species were recorded for the Pernambuco coast for the first time: Boodlea composita (Harv.) F. Brand, Ceramium corniculatum Mont., Chaetomorpha clavata Kütz., C. nodosa Kütz., Chondracanthus cf. saundersii C.W. Schneid. & C.E. Lane, Cladophora laetevirens (Dillwyn) Kütz., Neosiphonia sphaerocarpa (Børgesen) M.-S. Kim & I.K. Lee, Ulva linza L. and U. prolifera O.F. Müll. Of these, four species had their distribution along the Brazilian coast considerably expanded.
  • Floristic composition of forest species in Pelotas Municipality, Rio Grande do Sul state Artigos Originais

    Venzke, Tiago Schuch

    Abstract in Portuguese:

    Foram realizados levantamentos florísticos para conhecer as espécies arbóreas, arborescentes e arbustivas no Município de Pelotas, Rio Grande do Sul. As coletas foram feitas por meio de caminhamentos em 21 fragmentos em diferentes estados de conservação. A vegetação estudada pertence a duas fitofisionomias: matriz de paisagem florestal distribuída sobre a Encosta do Escudo Sul-Riograndense e matriz campestre na Planície Costeira. A riqueza encontrada foi de 148 espécies distribuídas em 101 gêneros e 48 famílias. Myrtaceae, com 24 espécies, foi a família de maior riqueza, mostrando gêneros representativos em espécies: Eugenia (7), Myrcia (4), Myrcianthes e Myrceugenia (3). Outros gêneros apresentaram quatro espécies cada, que foram Schinus (Anacardiaceae), Baccharis (Asteraceae) e Myrsine (Myrsinaceae). Ocorreu baixa contribuição de árvores da família Fabaceae com apenas duas espécies, sendo gênero Inga ausente em matas ciliares. Constatou-se a ocorrência de espécies de distribuição geográfica tipicamente tropical como: Geonoma schottiana Mart (Arecaceae), Alchornea triplinervia (Spreng.) Müll.Arg (Euphorbiaceae) e Schefflera morototoni (Aubl.) Maguire, Steyerm. & Frodin (Araliaceae) e táxons de caráter temperado como Azara uruguayensis (Speg.) Sleumer (Salicaceae) e Quillaja brasiliensis Mart. (Quillajaceae). Isso demonstra uma área biogeográfica de ecótono entre a Mata Atlântica stricto sensu e o Bioma Pampa. Desde modo a biodiversidade é considerada elevada em virtude das latitudes e das baixas temperaturas no período de inverno, sendo necessários estudos para desenvolver meios adequados para sua conservação, restauração e manejo florestal.

    Abstract in English:

    The floristic composition of forest fragments was surveyed including tree, arborescent and shrub species in forest fragments in the municipality of Pelotas, Rio Grande do Sul state, southernmost Brazil. Data was collected by the 'walking' method in 21 forest fragments with different conservation status. The vegetation studied was characterized by two phytophysiognomies: a forest landscape matrix (Sul-Riograndense Slopes) and a grassland (Coastal Plain). A total of 148 species distributed in 101 genera and 48 families were found. Myrtaceae, with 24 species was the richest family, with genera representative in number of species: Eugenia (7), Myrcia (3), Myrcianthes (3), and Myrceugenia (3). Other genera had four species each: Schinus (Anacardiaceae), Baccharis (Asteraceae) and Myrsine (Myrsinaceae). Fabaceae with only two species contributed little to tree richness, with the Inga genus absent in riverine areas. There were species with typically tropical geographic distribution range such as Genoma schottiana Mart (Arecaceae), Alchornea triplinervia (Spreng.) Müll.Arg (Euphorbiaceae) and Schefflera morototoni (Aubl.) Maguire, Steyerm. & Frodin (Araliaceae), and taxa with temperate affinity such as Azara uruguayensis (Speg.) Sleumer (Salicaceae) and Quillaja brasiliensis Mart (Quillajaceae). This shows a biogeographic ecotone area between Mata Atlantica stricto sensu and Pampa Biome. But biodiversity is considered to be high because of latitude and low temperatures during winter. Further studies are necessary to develop appropriate strategies of conservation, restoration and management of trees and forest resources.
  • A new species of Lauraceae from the Atlantic Forest of Brazil Artigos Originais

    Brotto, Marcelo Leandro; Baitello, João Batista

    Abstract in Portuguese:

    Uma espécie nova de Ocotea Aubl. (Lauraceae), Ocotea marumbiensis Brotto & Baitello, é descrita e ilustrada. A espécie, com flores hermafroditas, assemelha-se a Ocotea indecora (Schott) Mez e ocorre em floresta atlântica nos estados do Paraná e Santa Catarina, Região Sul do Brasil.

    Abstract in English:

    A new species of Ocotea Aubl. (Lauraceae), Ocotea marumbiensis Brotto & Baitello, is described and illustrated. The species with hermaphrodite flowers resembles Ocotea indecora (Schott) Mez and occurs in the Atlantic Forest in the states of Parana and Santa Catarina, southern Brazil.
  • Diversity of zoosporic fungi at the "Reserva Biológica de Mogi Guaçu", São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Nascimento, Cristiane de Almeida; Pires-Zottarelli, Carmen Lidia Amorim

    Abstract in Portuguese:

    Realizou-se o levantamento da diversidade de fungos zoospóricos em duas áreas de Cerrado, com estados de preservação distintos, na Reserva Biológica de Mogi Guaçu, estado de São Paulo. Quatro coletas trimestrais de água e solo foram realizadas em seis pontos por área, durante as estações chuvosa (janeiro e outubro de 2008) e seca (abril e julho de 2008). Utilizando a técnica de iscagem múltipla com substratos celulósicos, quitinosos e queratinosos, específica para o isolamento de fungos aeróbicos sapróbios e parasitas, foram obtidos 434 espécimes representados por 38 espécies dos filos Blastocladiomycota, Chytridiomycota e Oomycota, dentre as quais, 31 são primeiras citações para a Reserva. Os resultados encontrados ampliam o conhecimento da ocorrência destes organismos em áreas de Cerrado no estado de São Paulo e no Brasil, complementando estudos realizados anteriormente na Reserva.

    Abstract in English:

    Two areas of Cerrado ("A" and "B") at different preservation stages were selected at the "Reserva Biológica de Mogi Guaçu", São Paulo state, to survey zoosporic fungi diversity. Water and soil samples were collected during the rainy (January and October 2008) and dry seasons (April and July 2008), every three months, at six sampling sites in areas "A" and "B". 434 specimens were obtained using the multiple baiting technique with cellulosic, chitinous and keratinous substrates, which are specific for the isolation of aerobic, parasitic or saprobial fungi. 38 species were identified, belonging to Blastocladiomycota, Chytridiomycota and Oomycota. Of these, 31 species are cited for the reserve for the first time. The results increased our knowledge of the occurrence of the organisms from Cerrado in São Paulo state and Brazil, complementing previous studies in the Reserve.
  • The genus Myrcia (Myrtaceae) in "campos rupestres" of Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Rosa, Priscila Oliveira; Romero, Rosana

    Abstract in Portuguese:

    Myrtaceae é reconhecidamente uma família de grande importância no bioma Cerrado. Dentre os gêneros da família, Myrcia desponta como um dos mais representativos e com centros de distribuição geográfica nos estados de Minas Gerais e Goiás. O presente estudo revela a ocorrência de 33 espécies de Myrcia nos campos rupestres e fisionomias florestais associadas de Minas Gerais. O presente tratamento para o gênero no estado apresenta chave de identificação, descrições, dados de distribuição geográfica e comentários sobre as espécies.

    Abstract in English:

    Myrtaceae is admittedly a family of great importance in the Cerrado biome. Myrcia is one of the most representative genera of the family, with the main distribution centers in the states of Minas Gerais and Goiás. The current study reveals the occurrence of 33 Myrcia species in the "campos rupestres" and associated forest formations of Minas Gerais. Treatment of the genus includes identification keys, descriptions, geographic distribution data and comments on the species.
  • Manettia (Rubiaceae) in Paraná State, Brazil Artigos Originais

    Marinero, Felipe Eduardo Cordeiro; Rodrigues, William A.; Cervi, Armando Carlos

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho é um estudo taxonômico do gênero Manettia Mutis ex L. (Rubiaceae) no estado do Paraná, Brasil. Chave de identificação, mapas de distribuição geográfica, estado de conservação conforme os critérios da IUCN e ilustrações foram apresentados. Dez espécies foram verificadas para o gênero no estado: M. chrysoderma Sprague, M. congestoides Wernham, M. cordifolia Mart., M. glaziovii Wernham, M. gracilis Cham. & Schltdl., M. paraguariensis Chodat., M. paranensis Standl., M. pubescens Cham. & Schltdl., M. tweedieana K. Schum., M. verticillata Wernham, e dentre essas, M. congestoides é citada pela primeira vez para o estado do Paraná.

    Abstract in English:

    This paper presents a taxonomic study of the genus Manettia Mutis ex L. in Paraná state (southern Brazil). Identification keys, geographic distribution maps, conservation status according to IUCN criteria, illustrations and photographs are presented. Ten species were reported for the state: M. chrysoderma Sprague, M. congestoides Wernham, M. cordifolia Mart., M. glaziovii Wernham, M. gracilis Cham. & Schltdl., M. paraguariensis Chodat., M. paranensis Standl., M. pubescens Cham. & Schltdl., M. tweedieana K. Schum., M. verticillata Wernham. Of these, M. congestoides is recorded for the first time for the southern region of Brazil.
  • Baccharis subgen. Molina (Asteraceae) in Rio de Janeiro state, Southeast Brazil Artigos Originais

    Heiden, Gustavo; Baumgratz, José Fernando Andrade; Esteves, Roberto Lourenço

    Abstract in Portuguese:

    Baccharis compreende ca. 340 espécies distribuídas nas Américas. O indumento em tufos diminutos, formado por tricomas com uma única célula basal, e as flores funcionalmente unissexuais são caracteres diagnósticos do gênero. No estado do Rio de Janeiro ocorrem 55 espécies de Baccharis. O trabalho apresenta os resultados de estudos taxonômicos de Baccharis subgen. Molina (Pers.) Heering para a flora fluminense. No estado, o subgênero está representado por 18 espécies pertencentes a quatro seções - Caulopterae (8 spp.), Molinae (4 spp.), Baccharidastrum (3 spp.) e Trinervatae (3 spp.). É apresentada uma chave para a identificação das seções e espécies e descrições morfológicas, ilustrações, dados de distribuição geográfica e ecologia. Três espécies são novos registros e cinco são excluídas da lista de espécies do Rio de Janeiro.

    Abstract in English:

    Baccharis comprises c. 340 species occurring in the Americas. The tufted indumentum, with trichomes having a single adjoining basal cell, and florets functionally unisexual are diagnostic characters of the genus. The Rio de Janeiro state flora contains 55 species of this genus. This work presents the results of taxonomic studies of Baccharis subgen. Molina (Pers.) Heering in Rio de Janeiro state. The subgenus is represented by 18 species belonging to four sections - Caulopterae (8 spp.), Molinae (4 spp.), Baccharidastrum (3 spp.), and Trinervatae (3 spp.). A key for the identification of sections and species, plus morphological descriptions, illustrations, and comments on geographic distribution and ecology are provided. Three species are new records and five are excluded from the state checklist of species.
  • Flora of Usina São José, Igarassu, Pernambuco: Lauraceae Artigos Originais

    Santos, Suellen Oliveira; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Lauraceae é constituída por 52 gêneros e ca. 2500-3500 espécies distribuídas amplamente nas regiões tropicais e subtropicais do planeta. No Brasil é representada por 23 gêneros e aproximadamente 420 espécies. A Floresta Atlântica é considerada como um dos centros de diversidade para a família e esse estudo tem como objetivo o tratamento taxonômico das lauráceas realizado em fragmentos de Floresta Atlântica no estado de Pernambuco. Neste estudo são apresentadas 10 espécies em quatro gêneros: Cassytha filiformis, Cinnamomum triplinerve, Nectandra cuspidata, Ocotea canaliculata, O. indecora, O. glauca, O. glomerata, O. longifolia, O. notata e O. puberula, esta última como primeira referência para o Estado de Pernambuco. São apresentados chave de identificação, descrições e comentários sobre as espécies, além de ilustrações dos caracteres diagnósticos.

    Abstract in English:

    Lauraceae has 52 genera and about 2500-3500 species and is widely distributed in tropical and subtropical regions of the planet. In Brazil, it is represented by 23 genera and approximately 420 species. The Atlantic Forest is considered to be one of the centers of diversity for this family. This study aims to treat the Lauraceae taxonomically from fragments of Atlantic forest in Pernambuco state. This study presents 10 species in four genera: Cassytha filiformis, Cinnamomum triplinerve, Nectandra cuspidata, Ocotea canaliculata, O. indecora, O. glauca, O. glomerata, O. longifolia, O. notata, and O. puberula, the latter being a new record for Pernambuco. An identification key, descriptions and comments on the species, and illustrations of diagnostic characters are presented.
  • Gesneriaceae of Serra Negra, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Blaser, Juliana Gonçalves; Salimena, Fátima Regina G.; Chautems, Alain

    Abstract in Portuguese:

    A Serra Negra está inserida no complexo da Serra da Mantiqueira, na região sul da Zona da Mata de Minas Gerais. A vegetação da região é formada por um mosaico de campos rupestres e remanescentes de Floresta Ombrófila Alto-montana, Floresta Ombrófila Baixo-montana e Floresta Ombrófila Aluvial, entre altitudes de 900 a 1698m. A família Gesneriaceae está representada na área por 4 gêneros e 9 espécies: Anetanthus gracilis, Nematanthus crassifolius, N. lanceolatus, N. strigillosus, Sinningia cooperi, S. sceptrum, S. tuberosa, Vanhouttea brueggeri e V. hilariana. São apresentadas chave de identificação, descrições, ilustrações, distribuição geográfica e comentários taxonômicos das espécies.

    Abstract in English:

    Serra Negra is part of the Serra da Mantiqueira mountain range, in the southern part of the "Zona da Mata" in Minas Gerais. Vegetation is composed of a mosaic of "campos rupestres" and remnants of Tropical Upland Rainforest, Tropical Lowland Rainforest and Alluvial Rainforest at altitudes varying from 900 to 1680 m. The family Gesneriaceae is represented in the area by 4 genera and 9 species: Anetanthus gracilis, Nematanthus crassifolius, N. lanceolatus, N.strigillosus, Sinningia cooperi, S. sceptrum, S. tuberosa, Vanhouttea brueggeri and V. hilariana. An identification key for species, descriptions, illustrations, geographic distribution and taxonomic comments are provided.
  • Carolus: a new system for handling electronic botanical collections Artigos Originais

    Siqueira, Alisson Amorim; Santos Filho, José Valentim dos; Siqueira Filho, José Alves de

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo descreve um novo sistema para manipulação e gerenciamento eletrônico de coleções botânicas. O software descrito foi desenvolvido com objetivo de auxiliar herbários brasileiros no resgate e manutenção segura de registros de espécies de plantas provenientes de diversos ecossistemas nacionais, fornecendo uma ferramenta confiável, com interface amigável, fácil de utilizar e dotado de funcionalidades para cadastro, consultas, atualizações, estatísticas, relatórios, geração de etiquetas, geoprocessamento e banco de imagens.

    Abstract in English:

    This study describes a new system for handling and eletronic managing of botanical collections. The software described here was developed in order to give support to herbaria in the task of protecting records of plants species from various national ecosystems, by providing a safe tool, with a friendly interface, easy to use and equipped with features for registration, consultation, updates, statistics, reports, label management, geoprocessing and image database.
  • Current challenges of species distribution predictive modelling Artigo De Revisão

    Giannini, Tereza C.; Siqueira, Marinez F.; Acosta, André L.; Barreto, Francisco C.C.; Saraiva, Antonio M.; Alves-dos-Santos, Isabel

    Abstract in Portuguese:

    A modelagem preditiva tem sido aplicada para analisar a distribuição geográfica de espécies, a partir de extrapolações das características ambientais dos locais conhecidos de ocorrência. O interesse por esse tipo de modelagem deve-se à necessidade de respostas rápidas e fundamentadas para as ameaças que as espécies têm enfrentado, devido à perda de habitat, invasão de espécies exóticas, mudanças climáticas, entre outros. Este artigo oferece uma visão geral dos avanços recentes no campo da modelagem e visa incentivar a discussão e aplicação desse método, que pode auxiliar tanto na aquisição de conhecimento básico sobre a biologia das espécies, quanto na análise e formulação de políticas para sua conservação.

    Abstract in English:

    Predictive modelling has been used to analyze species geographic distribution through extrapolation of environmental characteristics of known occurrence areas. Interest in this kind of modelling is derived from the need for rapid and well-grounded answers to the threats faced by species due to habitat loss, exotic species invasion, climate changes, and others. This article provides an overall view of recent advances in modelling and aims to encourage the discussion and application of this method that can help with basic biological knowledge acquisition as well as with public policies aimed at their conservation.
  • First record of Cololejeunea panamensis G. Dauphin & Pócs (Lejeuneaceae) in South America Nota Científica

    Brito, Eliete da Silva; Ilkiu-Borges, Anna Luiza

    Abstract in Portuguese:

    Cololejeunea panamensis G. Dauphin & Pócs, descrita em 2006 foi referida como endêmica para a ilha de Barro Colorado no Panamá, América Central. Durante um estudo sobre a brioflora da ilha do Marajó, uma espécie de Cololejeunea mostrou-se diferente das espécies já registradas no Brasil, provando ser uma nova ocorrência para a América do Sul. O objetivo desse trabalho é divulgar a ocorrência dessa espécie em território brasileiro e ampliar o conhecimento sobre sua distribuição geográfica, morfologia e ecologia. O material estudado foi coletado na ilha do Marajó, município de Soure, estado do Pará, Brasil, no período de 10 a 16 de Janeiro de 2007. As amostras coletadas estão depositadas no Herbário do Museu Paraense Emílio Goeldi (MG). Foram coletadas um total de nove amostras contendo Cololejeunea panamensis, sendo esse o segundo registro já feito da espécie além do material tipo e o primeiro registro para a América do Sul. A espécie é descrita taxonomicamente, ilustrada e são feitos comentários sobre a distribuição geográfica, variação morfológica e habitat.

    Abstract in English:

    Cololejeunea panamensis G. Dauphin & Pócs was described in 2006 and cited as endemic to Barro Colorado Island in Panama, Central America. During a study on the bryophytes of Marajó Island, one of the Cololejeunea collected showed differences from the species recorded in Brazil, proving to be a new record for South America. The aim of this study is to report the occurrence of this species in Brazil and discuss its geographic distribution, morphology and ecology. The material studied was collected on Marajó Island, municipality of Soure, Para state, Brazil, from 10 to 16 January 2007. The collections are deposited in the herbarium of Museu Paraense Emílio Goeldi (MG). We sampled nine collections containing Cololejeunea panamensis. This is the second record for C. panamensis after the type collection and the first record in South America. The species is described taxonomically, illustrated and comments on geographic distribution, morphology and habitat are presented.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br