Rodriguésia, Volume: 65, Issue: 3, Published: 2014
  • Comparative wood anatomy of root and stem of Citharexylum myrianthum (Verbenaceae) Original Papers

    Marcati, Carmen Regina; Longo, Leandro Roberto; Wiedenhoeft, Alex; Barros, Claudia Franca

    Abstract in Portuguese:

    A anatomia da madeira da raiz e do caule de Citharexylum myrianthum (Verbenaceae) que ocorre em uma área de floresta estacional semidecídua próximo à cidade de Botucatu (22º52’20”S e 48º26’37”W), estado de São Paulo, Brasil, foi estudada. Camadas de crescimento distintas, demarcadas por anel semi-poroso e faixas marginais de parênquima axial foram observadas em ambos os órgãos. As características qualitativas observadas tanto em raiz quanto em caule foram: espessamentos helicoidais finos e placas de perfuração simples e múltiplas em elementos de vaso; grandes quantidades de parênquima axial nos anéis de crescimento, em faixas marginais a confluente formando faixas irregulares no lenho inicial a aliforme losangular no lenho tardio; células do parênquima axial bifurcadas, com projeções e ondulações na parede; fibras septadas; fibras bifurcadas e com diversas terminações. Na análise quantitativa comparativa entre raiz e caule foi aplicado teste t-student que mostrou diferenças significativas na frequência e diâmetro de vasos; comprimento dos elementos de vaso; altura dos raios; índices de vulnerabilidade e mesomorfia. A madeira da raiz teve menor frequência de vasos, vasos com menor diâmetro e elementos mais longos, e raios mais altos. Os índices de vulnerabilidade e mesomorfia indicaram que as plantas de C. myrianthum são mesomórficas. As raízes parecem estar mais susceptíveis ao estresse hídrico do que os caules.

    Abstract in English:

    Root and stem wood anatomy of C. myrianthum (Verbenaceae) from a semideciduous seasonal forest in Botucatu municipality (22º52’20”S and 48º26’37”W), São Paulo state, Brazil, were studied. Growth increments demarcated by semi-ring porosity and marginal bands of axial parenchyma were observed in the wood of both root and stem. Many qualitative features were the same in both root and stem: fine helical thickenings, and simple and multiple perforation plates in vessel elements; large quantities of axial parenchyma in the growth rings, grading from marginal bands and confluent forming irregular bands in earlywood to lozenge aliform in latewood; axial parenchyma cells forked, and varied wall projections and undulations; septate fibres; forked and diverse fibre endings. Quantitative features differing between root and stem wood were evaluated using student’s t-test, and vessel frequency, vessel element length, vessel diameter, ray height, and vulnerability and mesomorphy indices differed significantly. Root wood had lower frequency of vessels, narrower and longer vessel elements, and taller rays than wood of the stem. The calculated vulnerability and mesomorphy indices indicated that C. myrianthum plants are mesomorphic. Roots seem to be more susceptible to water stress than the stem.
  • Seedling morphology of Martiodendron excelsum and its systematic relevance in Dialiinae (Leguminosae, "Caesalpinioideae”) Artigos Originais

    Hartmann, Leonardo da Silva; Rodrigues, Rodrigo Schütz

    Abstract in Portuguese:

    Martiodendron Gleason é um gênero sul-americano com cinco espécies arbóreas, subordinado à Dialiinae (tribo Cassieae). Dialiinae apresenta 17 gêneros, que formam um clado cujas relações genéricas permanecem em grande parte não definidas. Este trabalho descreve e ilustra o desenvolvimento e a morfologia de plântulas de Martiodendron excelsum e avalia, por meio de uma revisão, a relevância sistemática dos atributos de plântulas em nível de gênero em Dialiinae. Sementes de M. excelsum foram coletadas de populações em áreas de mata ciliar no Estado de Roraima, Brasil. Martiodendron excelsum tem plântulas fanero-epígeo-armazenadoras, eofilos estipulados e 1-foliolados nos três primeiros nós. Os dados sobre morfologia de plântulas são potencialmente úteis para diagnosticar gêneros em Dialiinae, visto que Martiodendron e todos os demais gêneros podem ser distintos entre si pela a variação no grupo morfológico de plântulas, na filotaxia e número de folíolos no primeiro e segundo eofilos, nas relações entre o comprimento e largura dos cotilédones e entre o comprimento do hipocótilo e epicótilo e no alongamento do primeiro entrenó eofilar. Por fim, em Leguminosae, a predominância de eofilos 1-foliolados na maior parte dos gêneros de Dialiinae é somente comparável à encontrada entre as plântulas de táxons de Papilionoideae.

    Abstract in English:

    Martiodendron Gleason is a South American genus with five species of trees, belonging to the tribe Cassieae, subtribe Dialiinae (Leguminosae, "Caesalpinioideae”). Dialiinae has 17 genera that form a clade whose generic relationships are not highly resolved. This paper describes and illustrates the early development and seedling morphology of Martiodendron excelsum. We review the current state of knowledge of seedling morphology in Dialiinae, in order to evaluate its systematic relevance at a generic level. Seeds of M. excelsum were collected from wild populations in Roraima State, Brazil. Martiodendron excelsum has phanerocotylar, epigeal seedlings with storage cotyledons, with stipulate and 1-foliolate eophylls at the first three nodes. Seedling morphology data are potentially useful for diagnosing genera in Dialiinae. Martiodendron and all other remaining genera can be distinguished from each other by the variation in seedling morphological groups, as well as length-width ratio of cotyledons, phyllotaxis and leaflet number of the first and second eophylls, ratio of hypocotyl length to epicotyl length, and elongation of the first eophyllar internode. In addition, within Leguminosae, the predominance of 1-foliolate eophylls in most genera of Dialiinae is only comparable among seedlings of Papilionoideae taxa.
  • Small eciliate Parmeliaceae species (Ascomycota) in Parque Estadual da Cantareira, São Paulo State, Brazil: the genera Canoparmelia and Crespoa Artigos Originais

    Benatti, Michel Navarro

    Abstract in Portuguese:

    O levantamento das espécies pertencentes aos gêneros Canoparmelia e Crespoa no Parque Estadual da Cantareira e arredores revelou a ocorrência, respectivamente, de quatro e três espécies. As espécies são reconhecidas pelos talos foliosos com lobos arredondados ou ± truncados estreitos em geral ≤ 0,5 cm larg., diferindo pela morfologia e anatomia dos córtices superiores e dos metabólitos secundários, sendo que nenhuma espécie dos dois gêneros tende a formar cílios marginais. Constituintes químicos medulares são diversos. São apresentados uma chave de identificação, descrições, comentários e ilustrações para as espécies citadas.

    Abstract in English:

    The survey of the species belonging to the genera Canoparmelia and Crespoa in the Parque Estadual da Cantareira and adjacencies revealed the respective occurrence of four and three species. The species are recognized by foliose thalli with narrow rounded or ±truncate lobes generally ≤ 0.5 cm wide, differing by the upper cortex morphology and anatomy as well as by the secondary metabolites, all species of the genus having eciliate margins. Medullary chemical constituents are diverse. A key for identification, descriptions, comments and illustrations are provided for the cited species.
  • Annonaceae from Natural Reserve Vale, Linhares, Espírito Santo Artigos Originais

    Lopes, Jenifer de Carvalho; Mello-Silva, Renato de

    Abstract in Portuguese:

    As Annonaceae da Reserva Natural Vale, localizada em Linhares, Espírito Santo, estão distribuídas em 11 gêneros e 27 espécies. São apresentadas chaves de identificação para os gêneros e para as espécies e ilustrações dos caracteres diagnósticos. O gênero com maior número de espécies é Annona, com cinco, seguido por Guatteria com quatro. Duguetia, Honschuchia, Oxandra e Xylopia têm três espécies cada e Unonopsis, duas espécies. Anaxagorea, Cymbopetalum, Ephedranthus e Pseudoxandra são representados por apenas uma espécie cada. São endêmicas da Mata Atlântica 18 espécies, das quais quatro são endêmicas da Reserva Natural Vale. A identidade das espécies de Guatteria na Reserva é controversa. Flores masculinas de Pseudoxandra spiritus-sancti são descritas pela primeira vez, constituindo também o primeiro relato de androdioicia em Pseudoxandra.

    Abstract in English:

    The Annonaceae from Natural Reserve Vale located in Linhares, Espírito Santo, include 11 genera and 27 species. Key to genera and species and illustrations to diagnostics characteristics are presented. Annona is the most diverse genus, with five species, followed by Guatteria, with four. Duguetia, Honschuchia, Oxandra, and Xylopia are represented by three species each, and Unonopsis by two. Anaxagorea, Cymbopetalum, Ephedranthus, and Pseudoxandra are represented by only one species each. There are 18 endemic species from the Atlantic Forest and four species are endemic from Natural Reserve Vale. The identity of Guatteria species is controversial. Male flowers of Pseudoxandra spiritus-sancti are described for the first time, constituting the first report of androdioecy in Pseudoxandra.
  • Erythroxylum (Erythroxylaceae) in the Atlantic Forest of Bahia, Brazil Artigos Originais

    Araújo, Thiago Felipe de; Fiasch, Pedro; Amorim, André M.

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho é apresentado o levantamento florístico de Erythroxylum na Mata Atlântica do estado da Bahia. Todas as informações sobre as espécies foram obtidas através de análise de exsicatas depositadas nos herbários ALCB, CEPEC, HRB, HUEFS, HUESC, MBM, R, RB, SP, SPF e consultas virtuais aos herbários BR, F, NY e K. Foram realizadas expedições em campo, priorizando regiões com poucas coletas, registros de espécies raras e suspeitas de novidades taxonômicas. Foram registradas 28 espécies, sendo E. ectinocalyx um novo registro para a Bahia e E. compressum, E. distortum, E. leal-costae, E. mattos-silvae, E. membranaceum e E. petrae-caballi constantes na lista de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção. São apresentadas descrições, ilustrações, chave de identificação e comentários para todas as espécies estudadas.

    Abstract in English:

    A floristic treatment of Erythroxylum species from the Atlantic Forest of Bahia State is presented. We analyzed specimens from the following Brazilian herbaria: ALCB, CEPEC, HRB, HUEFS, HUESC, MBM, R, RB, SP, SPF, as well as images of specimens from a few virtual herbaria: BR, F, K, and NY. Field work was carried out in the studied area, to visit areas with few collections, record rare species, and find possibly undescribed taxa. Twenty eight species of Erythroxylum were recorded, among which E. ectinocalyx represents a new record for the state and E. compressum, E. distortum, E. leal-costae, E. mattos-silvae, E. membranaceum and E. petrae-caballi are threatened. We present descriptions, illustrations, identification keys and comments for all studied species.
  • Erythroxylaceae of Rio Grande do Norte, Brazil Artigos Originais

    Costa-Lima, James Lucas da; Loiola, Maria Iracema Bezerra; Jardim, Jomar Gomes

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo tem como objetivo contribuir para o conhecimento das espécies de Erythroxylaceae ocorrentes no estado do Rio Grande do Norte. O trabalho tem por base a análise morfológica de materiais depositados em herbários e coletas de campo, além da compilação de dados de literatura. Foram registradas 11 espécies: Erythroxylum barbatum, E. caatingae, E. nummularia, E. passerinum, E. pungens, E. revolutum, E. rimosum, E. simonis, E. squamatum, E. subrotundum e E. vacciniifolium, das quais sete são citadas pela primeira vez no Rio Grande do Norte. Chave para identificação, descrições, ilustrações, dados sobre hábitat, fenologia e distribuição geográfica das espécies são apresentados.

    Abstract in English:

    This study focuses on the Erythroxylaceae found in the state of Rio Grande do Norte, Northeast Brazil. It is based on a morphological analysis of herbaria collections, as well as on a review of the relevant literature and on collections in the field. A total of 11 species were recorded for the state: Erythroxylum barbatum, E. caatingae, E. nummularia, E. passerinum, E. pungens, E. revolutum, E. rimosum, E. simonis, E. squamatum, E. subrotundum and E. vacciniifolium, of which seven are new records for Rio Grande do Norte. An identification key, descriptions, illustrations, habitat data, phenology, and species distribution are also provided.
  • Flora of Ceará state, Brazil: Capparaceae Artigos Originais

    Soares Neto, Raimundo Luciano; Magalhães, Francisco Átila Leles; Tabosa, Francisco Romário Silva; Moro, Marcelo Freire; Costa e Silva, Maria Bernadete; Loiola, Maria Iracema Bezerra

    Abstract in Portuguese:

    Capparaceae compreende 25 gêneros e aproximadamente 500 espécies de ampla distribuição no mundo, ocorrendo especialmente nas regiões tropicais e subtropicais, estando bem representada em florestas tropicais sazonalmente secas. No Brasil, ocorrem 12 gêneros e 28 espécies, das quais 12 são endêmicas. Os representantes de Capparaceae são plantas lenhosas, com folhas simples ou 3-folioladas (Crateva), flores com ovário elevado por um ginóforo exserto e fruto carnoso. O objetivo deste trabalho foi descrever as espécies de Capparaceae ocorrentes no Ceará e mostrar sua distribuição no estado, visando contribuir para o conhecimento e entendimento da flora local. O estudo foi baseado na análise de amostras obtidas durante expedições a campo, coleções pertencentes aos herbários EAC, HUEFS, HVASF, IPA e UFRN, bibliografias e fotografias de tipos. A Flora de Capparaceae do Ceará é composta por cinco espécies: Capparidastrum frondosum, Crateva tapia, Cynophalla flexuosa, Cynophalla hastata e Neocalyptrocalyx longifolium. Esse estudo apresenta chave de identificação, descrições, comentários sobre aspectos ecológicos e fenológicos, mapas de distribuição e ilustrações dos táxons.

    Abstract in English:

    Capparaceae comprises 25 genera and approximately 500 species, having worldwide distribution, but occurring especially in tropical and subtropical regions and being well represented in seasonally dry tropical forests. In Brazil, there are 12 genera and 28 species, twelve of which are endemic. Species of Capparaceae are woody plants with simple leaves or 3-foliolate (Crateva); flowers having an exsert gynophore and succulent fruits. This study aims to describe the species of Capparaceae occurring in Ceará and map their distribution within the state, thus contributing to the understanding of the local flora. This study was based on the analysis of specimens obtained during field work, material available from the herbaria EAC, HUEFS, HVASF, IPA and UFRN, and examination of bibliography and types. Five species were recorded: Capparidastrum frondosum, Crateva tapia, Cynophalla flexuosa, Cynophalla hastata and Neocalyptrocalyx longifolium. Identification key, descriptions, comments about ecology, phenology, maps and illustrations of each species are provided.
  • Flora of Ceará, Brazil: Combretaceae Artigos Originais

    Soares Neto, Raimundo Luciano; Cordeiro, Luciana Silva; Loiola, Maria Iracema Bezerra

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo consiste no levantamento florístico de Combretaceae ocorrentes no estado do Ceará, como parte do projeto "Flora do Ceará". O estudo foi baseado na análise comparativa dos caracteres morfológicos de espécimes depositados em herbários, bibliografia, fotos de materiais-tipo, além de coletas e observações de campo. Foram registradas 17 espécies distribuídas em cinco gêneros: Buchenavia (2); Combretum (9); Conocarpus (1); Laguncularia (1) e Terminalia (4). As espécies ocorrem preferencialmente em ambientes mais secos como caatinga, carrasco e floresta estacional.

    Abstract in English:

    We present the floristic survey of Combretaceae occurring in the Ceará state, as part of "Flora do Ceará" project. This study was based on the comparative analysis of morphological characters of herbarium specimens, bibliography, photo-type material, along with collections and field observations. Seventeen species in five genera were recorded: Buchenavia (2); Combretum (9); Conocarpus (1); Laguncularia (1) e Terminalia (4). The species occurs preferentially in drier habitats like the caatinga, carrasco and deciduous forest.
  • Flora of the Usina São José, Igarassu-PE: Rutaceae, Simaroubaceae and Picramniaceae Artigos Originais

    Buril, Maria Teresa; Thomas, Wayt W.; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho é parte da série de monografias taxonômicas de famílias ocorrentes em fragmentos de Floresta Atlântica da Usina São José, Igarassu, norte do estado de Pernambuco. Aqui são apresentados os tratamentos de Picramniaceae (Picramniales) e de duas famílias da ordem Sapindales: Rutaceae e Simaroubaceae. Coletas foram realizadas em nove fragmentos entre os anos de 2007 e 2013, além de análise de coleções locais. Foram reconhecidas sete espécies de Rutaceae: Conchocarpus insignis, Conchocarpus longifolius, Conchocarpus macrophyllus, Ertela trifolia, Esenbeckia grandiflora, Hortia brasiliana, Zantoxylum rhoifolium. As famílias Simaroubaceae e Picramniaceae estão representadas por uma espécie cada, Simarouba amara e Picramnia gardneri subsp. septentrionalis. São apresentadas descrições, ilustrações e comentários de distribuição georgráfica, além de uma chave de identificação.

    Abstract in English:

    This article is part of a series of taxonomic monographs of families occurring on fragments of Atlantic Forest from Usina São José, Igarassu, Pernambuco. It presents treatments of Picramniaceae (Picramniales) and of two families of Sapindales: Rutaceae and Simaroubaceae. Field trips were conducted between the years of 2007 and 2013. Local herbarium collections were also visited and analyzed. Seven species of Rutaceae were recognized: Conchocarpus insignis, Conchocarpus longifolius, Conchocarpus macrophyllus, Ertela trifolia, Esenbeckia grandiflora, Hortia brasiliana, and Zantoxylum rhoifolium. Simaroubaceae and Picramniaceae have a single species each, Simarouba amara and Picramnia gardneri subsp. septentrionalis, respectively. Descriptions, illustrations, comments on geographical distribution and an identification key are presented.
  • A note on Matayba livescens stat. nov. (Sapindaceae, Cupanieae) from the Brazilian coast Artigos Originais

    Coelho, Rubens Luiz Gayoso; Souza, Vinicius Castro; Ferrucci, María Silvia

    Abstract in Portuguese:

    Matayba livescens stat. nov. é segregada de Matayba guianensis f. livescens, reconhecida como uma espécie distinta e inserida na sect. Matayba. Caracteres que separam as espécies são discutidos neste trabalho. São apresentados aqui uma descrição morfológica, diagnose, ilustração e comentários sobre a taxonomia e distribuição geográfica da espécie.

    Abstract in English:

    Matayba livescens stat. nov. is segregated from Matayba guianensis f. Livescens; it is raised to species level, and placed in sect. Matayba. Distinguishing characteristics of related species are discussed. Description, diagnosis, illustration and comments on geographic distribution are provided.
  • Orchidaceae from rocky outcrops of Pernambuco, Brazil Artigos Originais

    Pessoa, Edlley; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Em Pernambuco, além da Floresta Atlântica costeira, e dos Brejos de Altitude, as encostas orientais do Planalto da Borborema também são regiões ricas em espécies de Orchidaceae. Os afloramentos rochosos são comuns e têm sido indicados com uma das áreas mais representativas para a família no Nordeste do Brasil. O presente trabalho teve como objetivo inventariar a flora de orquídeas da área. Excursões foram realizadas entre 2005 e 2013, contemplando afloramentos rochosos de 13 áreas. Foram encontradas 29 spp. pertencentes a 18 gêneros, sendo Habenaria (seis spp.) e Epidendrum (quatro spp.) os mais representativos. Entre as espécies catalogadas destacam-se Acianthera prolifera e Octomeria alexandri como novos registros para Pernambuco, e Phragmipedium sargentianum que consta na lista de espécies ameaçadas de extinção no Brasil. As espécies são amplamente distribuídas a restritas na sua distribuição, dentre as quais, nove são endêmicas do Brasil. Este estudo corrobora informações anteriores sobre a elevada riqueza e abundância de Orchidaceae nas formações vegetais dos afloramentos rochosos, incluindo muitas espécies endêmicas. Apesar disto, poucas unidades de conservação no estado de Pernambuco englobam esse ecossistema tão importante.

    Abstract in English:

    Besides the Atlantic Coastal Forest and the Brejos de Altitude in the state of Pernambuco, the eastern slopes of the Borborema plateau are also rich in species of Orchidaceae. Rocky outcrops are common and have been cited as one of the most representative sites for the family in Northeast Brazil. This study did a survey of the orchid flora on rocky outcrops in this state. Fieldwork was conducted from 2005 to 2013, and rocky outcrops from 13 different areas were visited. A total of 29 species and 18 genera were found. Habenaria (6 spp.) and Epidendrum (4 spp.) are the most representative genera. Of species recorded here, Acianthera prolifera and Octomeria alexandri are highlighted as new records for Pernambuco, and also Phragmipedium sargentianum which is on Brazil's endangered species list. The species are either widely distributed or have a restricted distribution; nine of these species are endemic to Brazil. This study confirms previous data on the great diversity and abundance of Orchidaceae in rocky habitats, including several endemic species. However, very few conservation units in Northeast Brazil contain this important ecosystem.
  • Mimosoideae (Leguminosae) in the Reserva Ecológica do Panga, Minas Gerais, Brasil Artigos Originais

    Rocha, Gustavo Paiva Evangelista da; Borges, Leonardo Maurici; Romero, Rosana

    Abstract in Portuguese:

    Mimosoideae, uma das subfamílias de Leguminosae, tem várias espécies naturais do Brasil e um de seus maiores gêneros, Mimosa, com centro de diversidade no Cerrado. O levantamento das espécies de Mimosoideae na Reserva Ecológica do Panga, no estado de Minas Gerais, revelou a ocorrência de 15 espécies em 9 gêneros. Mimosa é o maior gênero em número de espécies (cinco espécies), seguido por Inga e Stryphnodendron (duas espécies cada). As demais pertencem aos gêneros Albizia, Anadenanthera, Enterolobium, Piptadenia, Plathymenia e Senegalia (uma espécie cada). Este estudo apresenta chave de identificação, descrições, ilustrações, dados de distribuição geográfica e comentários sobre as espécies de Mimosoideae na Reserva Ecológica do Panga.

    Abstract in English:

    Mimosoideae, one of Leguminosae subfamilies, has many species occurring in Brazil and one of the largest genus in the subfamily, Mimosa, has its center of diversity in the Cerrado. A floristic survey of Mimosoideae species in the Reserva Ecológica do Panga located in Minas Gerais state revealed the presence of 15 species belonging to 9 genera. Mimosa is the largest genus in number of species (five), followed by Inga and Stryphnodendron (two species each). The remaining species belong to Albizia, Anadenanthera, Enterolobium, Piptadenia, Plathymenia and Senegalia (one species each). This study provides an identification key, descriptions and illustrations, as well as data on geographic distribution and notes on the species of Mimosoideae occurring at the Reserva Ecológica do Panga.
  • Synopsis of Caesalpinioideae (Leguminosae) in the Serra do Japi, São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Escobar, Nicoll Andrea Gonzalez; Silva, Edson Dias da; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta um estudo florístico das Caesalpinioideae da Serra do Japi, localizada na região sudeste do estado de São Paulo. Foram inventariadas dezoito espécies distribuídas em nove gêneros e quatro tribos. Os gêneros mais diversos no local foram Senna (6 spp.) e Chamaecrista (4 spp.) e a tribo mais representativa foi Cassieae (11 spp.). Foram reconhecidos nove novos registros para a área. As espécies encontradas possuem ampla distribuição nos domínios fitogeográficos do país, com exceção de duas espécies exclusivas da Mata Atlântica. A flora da Serra do Japi abriga quase 20% das espécies de Caesalpinioideae registradas para o estado, reforçando a importância da conservação desta floresta como importante polo de diversidade. São apresentados chaves de identificação, ilustrações e comentários sobre as espécies.

    Abstract in English:

    This paper presents a floristic survey of Caesalpinioideae in Serra do Japi, located in the southeastern of São Paulo state. Eighteen species belonging to nine genera and four tribes were inventoried. Senna (6 spp.) and Chamaecrista (4 spp.) were the most diverse genera and Cassieae (11 spp.) the most representative tribe. Nine new records for the area have been recognized. The species found have wide distribution in the phytogeographic areas of the country, except two exclusive species of the Atlantic Forest. The flora in Serra do Japi holds around 20% of the species of Caesalpinioideae registered in the State, reinforcing the importance of the conservation of this forest as an important pole of diversity. Identification keys, illustrations and comments about the species are presented.
  • Rare and common Myrtaceae species in Santa Catarina Seasonal Deciduous forest, Brazil Artigos Originais

    Fontana, Cláudia; Gasper, André Luís de; Sevegnani, Lúcia

    Abstract in Portuguese:

    Objetivou-se avaliar as espécies arbóreas raras e comuns da família Myrtaceae amostradas pelo Inventário Florístico Florestal de Santa Catarina na Floresta Estacional Decidual. Esta floresta ocorre ao longo do rio Uruguai e afluentes, sob baixas temperaturas no inverno e chuvas bem distribuídas ao longo do ano, com árvores do dossel e emergentes predominantemente caducifólias. Coletaram-se dados em 78 unidades amostrais com 0,40 ha cada, registrando-se árvores com diâmetro na altura do peito ≥ 10 cm. Utilizou-se a metodologia Rabinowitz para segregar as espécies em raras ou comuns, considerando três variáveis: distribuição geográfica, especificidade por habitat e tamanho populacional. Das 28 espécies amostradas, 78,57% (22 spp.) apresentaram alguma forma de raridade e 21,43% (6 spp.) foram comuns. As espécies de Myrtaceae na Floresta Estacional Decidual são, em geral, amplamente distribuídas, mas seletivas quanto ao habitat e possuem poucos indivíduos. Destacam-se três espécies consideradas raras na floresta avaliada: Eugenia subterminalis, Myrcianthes gigantea e Siphoneugena reitzii com um indivíduo cada. Campomanesia xanthocarpa foi a espécie mais comum. Todas as espécies avaliadas são zoocóricas e podem ser utilizadas em restauração ambiental.

    Abstract in English:

    We surveyed the common and rare species of Myrtaceae that were sampled in the Santa Catarina Forest Floristic Inventory of the Seasonal Deciduous Forest. This forest runs along the Uruguay River and its tributaries, with cold winters and rainfall distributed throughout the year, and a mostly deciduous and emergent canopy. We collected data in 78 sample units, each with an area of 0.40 ha, and recorded trees ≥ 10 cm diameter at breast height. We used Rabinowitz methodology to separate common and rare species, based on three variables: geographic distribution, habitat and population size. Of the 28 species sampled, 78.57% (22 spp.) were rare and 21.43% (6 spp.) were common. Myrtaceae species in the Seasonal Deciduous Forest are generally widely distributed, but are selective in relation to habitat and low in abundance. It is important to note that three species were considered rare in this forest: Eugenia subterminalis DC., Myrcianthes gigantea (D.Legrand) D.Legrand and Siphoneugena reitzii D.Legrand with one individual each. Campomanesia xanthocarpa (Mart.) O.Berg was the most common species. All species are dispersed by animals and can be used in habitat restoration.
  • Seedling morphology, anatomy and venation of the cotyledons and eophylls of Mimosa (Fabaceae, Mimosoideae) Artigos Originais

    Oliveira, Jonathas Henrique Georg de; Iwazaki, Maísa Carvalho; Oliveira, Denise Maria Trombert

    Abstract in Portuguese:

    A fase pós-seminal é uma das mais críticas do ciclo de vida dos vegetais, responsável pelo estabelecimento do indivíduo. Mimosa é um gênero amplo, com espécies utilizadas para recuperação de áreas degradadas; o conhecimento de fases juvenis é indispensável para a identificação no campo. Este trabalho compara a morfologia das plântulas, a anatomia e a venação dos cotilédones e eofilos de Mimosa daleoides, M. dolens var. anisitsii e M. orthacantha, adotando métodos usuais em morfologia e microscopia de luz. A germinação ocorre entre um e três dias. São plântulas fanero-epígeo-foliáceas, com expansão dos cotilédones entre dois a cinco dias após a germinação; cotilédones semelhantes, actinódromos e anfiestomáticos. A filotaxia dos cotilédones é oposta e dos eofilos é alterna. O número de pares de folíolos no primeiro eofilo varia de dois a três em M. daleoides e M. dolens var. anisitsii e de cinco a sete em M. orthacantha. O limbo foliolar apresenta anatomia semelhante entre as espécies, é anfiestomático, dorsiventral, com uma camada de parênquima paliçádico bem desenvolvida; a epiderme de M. dolens var. anisitsii apresenta idioblastos fenólicos e apêndices lignificados no bordo foliolar. O padrão de venação é broquidódromo, com algumas variações em M. orthacantha. Os resultados obtidos permitem a identificação de espécies de Mimosa em sua fase juvenil, fornecendo dados que podem apoiar estudos taxonômicos e ecológicos com o gênero.

    Abstract in English:

    The post-seminal phase is the most critical on life cycle of plants, responsible for establishing a new individual. Mimosa is a large genus comprising species used for recovery of degraded areas; the knowledge of their juvenile stages is essential for their identification. This article describes and compares the seedling morphology, anatomy and venation of the cotyledons and eophylls of Mimosa daleoides, M. dolens var. anisitsii and M. orthacantha, adopting usual methods in morphology and light microscopy. The germination occurs between one and three days. Seedlings are phanero-epigeal-foliaceous, with expansion of cotyledons between two to five days after germination; cotyledons are similar, actinodromous and amphistomatic. The phyllotaxy of the cotyledons is opposite and of the eophylls is alternate. The number of leaflet pairs in the first eophyll ranges from two to three in M. dolens and M. daleoides var. anisitsii and from five to seven in M. orthacantha. The leaflet blade is anatomically similar between the species: amphistomatic, dorsiventral, with a well-developed layer of palisade parenchyma. Phenolic idioblasts are present throughout the epidermis of M. dolens var. anisitsii, which also displays lignified appendices in the leaflet edge. The venation pattern is brochidodromous, with some variations in M. orthacantha. The results allow the identification of Mimosa species in their juvenile stage, providing data that can support taxonomic and ecological studies of the genus.
  • Improving the management of Brazilian botanical gardens: the case of the Adolpho Ducke Botanical Garden of Manaus Artigos Originais

    Barroso, Antonia Lucia Fernandes; Mesquita, Rita de Cássia Guimarães

    Abstract in Portuguese:

    Independente de sua forma de administração, para atingir seus objetivos, os jardins botânicos precisam estar amparados em instrumentos de gestão que orientem as ações a serem implementadas, e traduzam as expectativas e necessidades de seus visitantes em programas e projetos. O estudo se propôs a apresentar subsídios para nortear a gestão do Jardim Botânico Adolpho Ducke de Manaus, baseado na percepção, nas demandas e expectativas através de um levantamento de informações junto aos diferentes atores que se relacionam com o jardim, buscando assegurar o alcance efetivo dos seus objetivos, bem como seu fortalecimento institucional, ponderando suas características peculiares e importância no contexto amazônico. A pergunta central deste estudo é como deverá ser administrado para atender às expectativas e demandas de seus usuários. Para isso foram estabelecidos três objetivos principais, que deverão auxiliar no estabelecimento de uma gestão mais adequada ao jardim. Atualmente, o documento que norteia sua gestão é o seu regimento interno, no qual está estabelecido a sua missão, seus objetivos e estrutura de gestão, sendo este um primeiro norte, contudo ainda falta um instrumento que contemple um planejamento de futuro.

    Abstract in English:

    Regardless of its form of management, to achieve its goals the botanical gardens must be supported by management tools that guide the actions to be implemented, and reflect the expectations and needs of its visitors in programs and projects. The study aimed to provide subsidies to guide the management of the Adolpho Ducke Botanical Garden of Manaus, based on the perception, the demands and expectations through a survey of information from the different stakeholders that interact with the Garden, seeking to ensure the effective achievement of its goals, as well as its institutional strengthening, considering its peculiar characteristics and importance in the Amazonian context. The central question of this study is how the Botanical Garden should be administrated in order to meet the expectations and demands of its users. For that, three main goals were established, which can assist in establishing a better management of the Garden. Currently, the document that guides its management is its bylaws, which establishes its mission, objectives and management structure, being a north, yet there is still a lack of an instrument that includes planning for the future.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br