Rodriguésia, Volume: 65, Issue: 2, Published: 2014
  • Vascular flora of the Reserva Biológica da Represa do Grama, Minas Gerais, and its floristic relationships with other forests from Southeastern Brazil Artigos Originais

    Forzza, Rafaela Campostrini; Pifano, Daniel Salgado; Oliveira-Filho, Ary Teixeira de; Meireles, Leonardo Dias; Faria, Patrícia Lobo; Salimena, Fátima Regina; Mynssen, Claudine M.; Prado, Jefferson

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta o levantamento florístico das plantas vasculares da Reserva Biológica da Represa do Grama, um remanescente de floresta estacional semidecidual do Domínio Atlântico, situado no município de Descoberto, Minas Gerais. Foram realizadas coletas quinzenais de material fértil entre agosto de 1999 e dezembro de 2004. Além do levantamento, fez-se a comparação da composição florística através de análises multivariadas de agrupamento com outras nove áreas (3 de floresta estacional e 6 de ombrófila), cujos levantamentos florísticos de angiospermas tiveram abordagem semelhante. Cada análise foi processada para o conjunto total das espécies e para oito hábitos: árvores (incluindo arvoretas), arbustos, trepadeiras (lenhosas e herbáceas), ervas terrícolas, ervas saxícolas, epífitas, hemiepífitas e parasitas. Na ReBio do Grama foram registradas 644 espécies de angiospermas, distribuídas em 370 gêneros e 100 famílias. Licófitas e samambaias estão representadas por 64 espécies, distribuídas em 37 gêneros e 16 famílias. Seis espécies de angiospermas foram descritas como novas para a ciência. Fabaceae (55 spp.) foi a família com maior riqueza específica, seguida de Rubiaceae (50 spp.), Melastomataceae (28 spp.), Bignoniaceae e Orchidaceae (27 spp. cada) e Myrtaceae (25 spp.). As análises multivariadas sugeriram que os gradientes longitudinais, latitudinais e altitudinais interferem de formas distintas sobre os padrões de riqueza dos diferentes hábitos. O número reduzido de espécies compartilhadas entre as áreas, associado com alta riqueza regionalizada de alguns hábitos demonstra a importância da conservação de fragmentos nas diferentes regiões geográficas da Floresta Atlântica como estratégia para maximizar a conservação da diversidade existente neste domínio fitogeográfico.

    Abstract in English:

    The vascular plants survey of a remnant of semideciduous seasonal forest in the Atlantic Forest Biome was carried out in the ReBio do Grama, municipality of Descoberto, Minas Gerais, through forthnightly trips to collect fertile specimens between August 1999 and December 2004. The angiosperms included 644 species distributed in 370 genera and 100 families, including 6 species new to science, while the lycophytes and ferns included 64 species in 37 genera and 16 families. Fabaceae (55 spp.) was the family with the highest number of species, followed by Rubiaceae (50 spp.), Melastomataceae (28 spp.), Bignoniaceae and Orchidaceae (27 spp. each) and Myrtaceae (25 spp.). Once the survey was concluded, a comparison between it and the floristic composition of other nine areas (3 of seasonal and 6 of dense ombrophilous forest) was performed through multivariate analysis. These 9 sites were chosen as their surveys also included all angiosperm habits rather than only woody plants. Each analysis was processed for the all habits and then for each one of the following 8 habits: trees (including treelets), shrubs, climbers (woody and herbaceous), ground-dwelling herbs, rupicolous herbs, epiphytes, hemiepiphytes, and parasites. Multivariate analysis suggested that the longitudinal, latitudinal and altitudinal gradients interfere in different ways over the species richness of diverse habits. The reduced number of species shared between areas, associated to the high regional richness of certain habits shows the importance of conserving forest fragments in different geographical areas of the Atlantic Forest in order to maximize the conservation of the biodiversity within this Domain.
  • Lycopodiaceae in Brazil. Conspectus of the family I. The genera Lycopodium, Austrolycopodium, Diphasium, and Diphasiastrum Original Papers

    Øllgaard, Benjamin; Windisch, Paulo G.

    Abstract in Portuguese:

    É apresentado um conspecto das licopodiáceas ocorrentes na flora do Brasil, seguindo classificação genérica baseada em anatomia, números cromossômicos, esporos e gametófitos, bem como as evidências de recentes estudos moleculares. Os representantes de Lycopodiaceae eram tradicionalmente tratados de maneira conservadora, agrupados em três gêneros: Lycopodium, Lycopodiella e Huperzia, tratando sua diversidade em subgêneros, secções e sub-secções. Na nova abordagem, estes três gêneros passam a ser tratados como subfamílias, a saber: Lycopodioideae (quatro gêneros no Brasil), Lycopodielloideae (três gêneros) e Huperzioideae (dois gêneros). Os padrões de ramificação, a variabilidade na morfologia das folhas vegetativas e esporofilos, bem como a morfologia dos esporângios e esporos nos diferentes grupos são discutidos em breve resenha da terminologia adotada. É apresentada uma chave de identificação para as subfamílias e seus gêneros no Brasil. As espécies de Lycopodioidea, gêneros Lycopodium (s.str.), Austrolycopodium, Diphasium e Diphasiastrum (uma espécie em cada um dos três primeiros, duas in Diphasiastrum sendo uma nova para a ciência), são tratadas em detalhe, com apresentação de chaves, descrições, ilustrações (ou referências a ilustrações), bem como comentários sobre habitats e distribuição.

    Abstract in English:

    A conspectus of the Lycopodiaceae in Brazil is presented, following a generic classification based on anatomy, chromosome numbers, spores and gametophytes, as well as recent molecular studies. The species of Lycopodiaceae occurring in Brazil, traditionally treated conservatively, were grouped in three genera: Lycopodium, Lycopodiella, and Huperzia. Within each genus, the diversity (treated under various subgenera, sections, and subsections) has been discussed. In our new approach, these three genera are treated as subfamilies Lycopodiodeae (four genera in Brazil), Lycopodielloideae (three genera in Brazil), and Huperzioideae (two genera in Brazil). Branching patterns and morphological diversity of vegetative leaves and sporophylls, as well as morphology of sporangia and spores in the different groups, are discussed in a brief review. We provide keys to identification of subfamilies and genera represented in Brazil. The species of Lycopodioideae, genera Lycopodium (s.str.), Austrolycopodium, Diphasium, and Diphasiastrum (one species in the first three genera, two in Diphasiastrum - one of them new) are treated in detail, with descriptions, illustrations (or references to illustrations), and comments on habitat and distribution.
  • Asteraceae Dumort in the rocky fields of the Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brazil: Barnadesieae and Mutisieae Artigos Originais

    Almeida, Gracineide Selma Santos de; Carvalho-Okano, Rita Maria de; Nakajima, Jimi Naoki; Garcia, Flavia Cristina Pinto

    Abstract in Portuguese:

    O estudo das tribos Barnadesieae e Mutisieae é parte do levantamento florístico das espécies de Asteraceae nos campos rupestres do Parque Estadual do Itacolomi (PEI) em Minas Gerais, realizado através de coletas mensais no período de agosto de 2005 a agosto de 2007. Para as duas tribos foram identificadas 21 espécies pertencentes a seis gêneros: Dasyphyllum Kunth com quatro espécies e uma variedade; Chaptalia Vent.(quatro spp.), Gochnatia Kunth. (três spp.), Mutisia L.f. (uma spp.), Richterago Kuntze (seis spp.) e Trixis P. Br. (três spp.). Destas espécies, a maioria é restrita aos Campos Rupestres da Cadeia do Espinhaço ou áreas próximas com vegetação de transição, sendo quatro endêmicas de Minas Gerais. São apresentadas chaves de gêneros e espécies, descrições morfológicas, comentários taxonômicos, informações sobre a distribuição geográfica das espécies e ilustrações.

    Abstract in English:

    The study of the tribes Barnadesieae and Mutisieae is part of the floristic inventory of Asteraceae species in the rocky fields (campos rupestres) of the Parque Estadual do Itacolomi (PEI) in Minas Gerais. The collections were carried out between in the period from August 2005 to August 2007. For the two tribes this study identified 21 species belonging to six generas: Dasyphyllum Kunth with four species and one variety; Chaptalia Vent. (four species), Gochnatia Kunth. (three species), Mutisia L.f. (one species), Richterago Kuntze (six species) and Trixis P. Br. (three species). Most of these species are restricted to the rocky fields of the Espinhaço Range or vegetated areas near the transition, being four endemic of the Minas Gerais states. Keys for the identification of genera and species, descriptions, taxonomic commentaries, information about the geographical distributions of species and illustrations are presented.
  • Leguminosae in savannas of the Brazilian amazon estuary Artigos Originais

    Silva, Wanderson Luis da Silva e; Rocha, Antônio Elielson da; Santos, João Ubiratan Moreira dos

    Abstract in Portuguese:

    As savanas do estuário amazônico são formações ainda pouco estudadas e se estendem do estado do Pará ao do Amapá. Estas áreas são consideradas de extrema importância biológica para a conservação, haja vista sua grande diversidade florística, tendo as Leguminosae como um dos componentes dominantes. Com o objetivo de identificar a diversidade da família nestas áreas, foram realizadas coletas entre maio e junho/2010 e junho e julho/2011, sendo a lista de espécies complementada com dados das coleções dos herbários MG e IAN. As Leguminosae foram representadas por 19 gêneros e 33 espécies. A subfamília Papilionoideae apresentou maior número de gêneros e espécies (16 e 26, respectivamente), seguida de Caesalpinioideae (um gênero e seis espécies) e Mimosoideae (uma espécie). Entre as espécies estudadas na área, houve predomínio de herbáceas, trepadeiras lenhosas (lianas) e herbáceas e arbustos ou subarbustos, ocorrendo apenas dois representantes arbóreos. Os gêneros com maior diversidade de espécies nas áreas foram: Chamaecrista (seis), Aeschynomene, Clitoria e Stylosanthes (três cada um). Tephrosia sessiliflora representa uma nova ocorrência para o estado do Amapá.

    Abstract in English:

    The savannas of the Amazon River estuary are poorly studied formations, extending through the northern Brazilian states of Pará and Amapá. These areas are considered to be of extreme importance for biological conservation because of their great floristic diversity in which the Fabaceae figures as a dominant component. In order to characterize the diversity of this family in savannas, botanical collections were carried out between May-June of 2010 and June-July of 2011, as well as herbarium research undertaken in the MPEG and IAN herbaria in Belém, Brazil. The Leguminosae were represented by 33 species in 19 genera. The subfamily Papilionoideae showed the largest number of species (26) and genera (16), followed by Caesalpinioideae (one genus with six species) and Mimosoideae (one species). Among the studied species in the area, there was a predominance of herbs, woody vines (lianas), and shrubs, with only two species of trees. The most species-rich genera in the area were: Chamaecrista (6), Aeschynomene, Clitoria, and Stylosanthes (3 spp. in each genus). Tephrosia sessiliflora was registered as a new record for the state of Amapá.
  • Flora of the Usina São Jose, Igarassu, Pernambuco: Poaceae Artigos Originais

    Maciel, Jefferson Rodrigues; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo tem como objetivo realizar o levantamento da família Poaceae em fragmentos de Floresta Atlântica em Pernambuco. Foram conduzidas coletas entre 2005 e 2009, com intensificação dos esforços entre fevereiro de 2007 e maio de 2008. A identificação das espécies seguiu os métodos usuais em taxonomia e informações sobre distribuição foram obtidas de fontes diversas. Como resultados foram identificadas 54 espécies classificadas em 31 gêneros. Neste trabalho são apresentados chaves de identificação, material testemunho e comentários sobre a distribuição de espécies e habitats onde cada uma foi encontrada.

    Abstract in English:

    The present study aims to survey the species of Poaceae in fragments of Atlantic Forest in Pernambuco state. Samplings were conducted between 2005 and 2008, with increased efforts between February 2007 and May 2008. The identification of species followed the usual methods in taxonomy and distribution data were obtained in the literature and surveys on specific databases. As a result, were identified 54 species and classified into 31 genera. This work presents identification keys, comments on the distribution of species and the habitats on which each was found.
  • Phanerogamic flora from Serra do Ouro Branco, Minas Gerais, Brazil: Cyperaceae Artigos Originais

    Longhi-Wagner, Hilda Maria; Araújo, Ana Claudia

    Abstract in Portuguese:

    Foi realizado o levantamento das espécies de Cyperaceae na Serra do Ouro Branco da Cadeia do Espinhaço, no estado de Minas Gerais, Brasil, com base em coletas realizadas no local e revisão de herbários. Foi confirmada a ocorrência dos seguintes gêneros por ordem de riqueza específica: Rhynchospora (20 espécies), Bulbostylis (11), Eleocharis e Scleria (três espécies cada), Cyperus e Lagenocarpus (duas espécies cada), Cryptangium, Fimbristylis, Lipocarpha, Machaerina e Trilepis (uma espécie cada), totalizando 46 espécies. Este trabalho apresenta chaves para a identificação dos gêneros e espécies, descrições e ilustrações das mesmas, além de dados sobre sua distribuição geográfica geral e habitats preferenciais na área estudada, bem como um glossário da terminologia morfológica usada em Cyperaceae.

    Abstract in English:

    A floristic survey of Cyperaceae species in the Serra of Ouro Branco from Espinhaço Range, Minas Gerais State, Brazil, was carried out, based on field collections and herbaria survey. The following genera were confirmed according to their species richness: Rhynchospora (20 species), Bulbostylis (11), Eleocharis e Scleria (three species each), Cyperus and Lagenocarpus (two species each), Cryptangium, Fimbristylis, Lipocarpha, Machaerina and Trilepis (one species each), an overall of 46 species. Analytical keys for the identification of genera and species, descriptions and illustrations of the species, data on their geographical distribution and main habitats in the area are provided, as well as a glossary of morphological terminology used in the Cyperaceae.
  • Phyllanthus (Phyllanthaceae) in the State of Rio de Janeiro Artigos Originais

    Martins, Erika Ramos; Lima, Letícia Ribes de; Cordeiro, Inês

    Abstract in Portuguese:

    Phyllanthus ocorre em quase todas as regiões do planeta. No Brasil são registradas cerca de 100 espécies, que ocorrem em florestas, cerrados, campos e nas caatingas. O objetivo do presente trabalho foi estudar as espécies de Phyllanthus ocorrentes no estado do Rio de Janeiro, contribuindo para o Projeto "Flora Fanerogâmica do Estado do Rio de Janeiro". Para cada uma das espécies é indicada a obra original, coleções-tipo, distribuição geográfica, período de floração e frutificação, além de comentários sobre caracteres morfológicos diagnósticos. Além disso, foram propostos alguns novos sinônimos e apresentadas ilustrações originais de algumas espécies, bem com uma chave de identificação para as 20 espécies do gênero encontradas no estado.

    Abstract in English:

    Phyllanthus occurs in tropical and temperate regions of the world. Around 100 species are recorded to Brazil, growing in forests, cerrados, grasslands and caatingas. The aim of this study was to survey the species of Phyllanthus from the State the Rio de Janeiro and thus contribute to the project Flora Fanerogâmica do Rio de Janeiro. For each species is indicated the original publication, type collections, geographic distribution, period of flowering and fruiting, and comments on diagnostic characters. Also some new synonyms are proposed and original illustrations of some species are presented, as well as an identification key to the 20 species of the genus found in the State.
  • Convolvulaceae of National Park Catimbau, Pernambuco, Brazil Artigos Originais

    Delgado Júnior, Geadelande Carolino; Buril, Maria Teresa; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Convolvulaceae é constituída por 58 gêneros e ca. 1880 espécies com distribuição cosmopolita, sendo mais frequente nos trópicos. No Brasil é representada por 19 gêneros e aproximadamente 370 espécies. Em levantamentos florísticos na Caatinga, Convolvulaceae aparece como uma das famílias com maior riqueza de espécies. Esse estudo tem como objetivo realizar o tratamento taxonômico das Convolvulaceae do Parque Nacional do Catimbau-PE. Foram encontradas 30 espécies e cinco gêneros: Ipomoea, Jacquemontia, Evolvulus, Merremia e Turbina. São apresentados chave de identificação, descrições e comentários sobre as espécies, além de ilustrações de caracteres diagnósticos.

    Abstract in English:

    Convolvulaceae is a cosmopolitan family with 58 genera and ca. 1880 species, being more frequent in the tropics. In Brazil, there are 19 genera and approximately 370 species. Convolvulaceae is one of the richest families appearing in some floristic composition studies held in Caatinga biome. This study aimed to treat the Convolvulaceae species from Parque Nacional do Catimbau, located in Brazilian northeastern semiarid, where 30 species and five genera were found: Ipomoea, Jacquemontia, Evolvulus, Merremia and Turbina. Identification key, descriptions and comments on the species and illustrations of some diagnostic characters are presented.
  • Cactaceae in the Serra Negra, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Gonzaga, Diego Rafael; Zappi, Daniela; Furtado, Samyra Gomes; Menini Neto, Luiz

    Abstract in Portuguese:

    Apresenta-se o estudo taxonômico de Cactaceae na Serra Negra, Minas Gerais. A família está representada na área por cinco gêneros e nove espécies, listados a seguir: Arthrocereus melanurus subsp. magnus, Hatiora salicornioides, Lepismium houlletianum, Opuntia monacantha, Rhipsalis elliptica, R. floccosa subsp. pulvinigera, R. juengeri, R. lindbergiana e R. pilocarpa, sendo a primeira e a última consideradas ameaçadas de extinção na flora de Minas Gerais. Ainda deve ser destacado o fato de que Arthrocereus melanurus subsp. magnus teve o conhecimento de sua área de distribuição ampliada, pois era considerada endêmica do Parque Estadual do Ibitipoca. Os dados apresentados demonstram que a conservação de áreas como a Serra Negra, uma área atualmente não protegida, é de suma importância. Esta região vem sofrendo distúrbios devido a frequente visitação desorganizada, acompanhada de coleta ilegal de plantas, assim como transformação de remanescentes florestais e áreas de campo em áreas de pastagem aumentando o status de ameaça que já atinge algumas das espécies ali encontradas. São apresentadas chave de identificação, descrições, ilustrações, comentários taxonômicos e ecológicos para as espécies.

    Abstract in English:

    The taxonomic study of Cactaceae in Serra Negra, Minas Gerais is presented. The family is represented in the area by five genera and nine species: Arthrocereus melanurus subsp. magnus, Hatiora salicornioides, Lepismium houlletianum, Opuntia monacantha, Rhipsalis elliptica, R. floccosa subsp. pulvinigera, R. juengeri, R. lindbergiana and R. pilocarpa. The first and last species are considered threatened for the State of Minas Gerais. It must be highlighted that Arthrocereus melanurus subsp. magnus was known previously only from the Parque Estadual do Ibitipoca and the present data resulted on an expansion of its known distribution area. Conservation of not yet protected areas like Serra Negra is very important, because their unique assemblage of species is constantly damaged by frequent and disorganized tourism and illegal plant collection. Local forest and natural fields are being further degraded as they are transformed into pasture land, and the threats faced by many species continue to grow. Identification keys, descriptions, illustrations, taxonomic and ecologic comments are provided for the species treated.
  • Piperaceae of the Parque Nacional do Viruá, Caracaraí, Roraima, Brazil Artigos Originais

    Melo, Aline; Guimarães, Elsie Franklin; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Piperaceae possui cinco gêneros, aproximadamente 3.600 espécies com distribuição pantropical, e no Brasil a família está representada por cerca de 450 táxons. Portanto, o objetivo desta pesquisa foi realizar o estudo taxonômico das espécies que ocorrem no Parque Nacional do Viruá, estado de Roraima. As coletas foram realizadas entre setembro de 2011 e agosto de 2012, além de levantamento nos herbários. Foram encontrados 16 táxons, sendo 12 do gênero Piper L. e quatro de Peperomia Ruiz & Pav. Onze táxons são novos registros para o estado, além de um novo registro para o Brasil. A maioria das espécies foi coletada em áreas de Floresta de Terras Baixas, além de Florestas de Várzea.

    Abstract in English:

    Piperaceae comprises five genera, approximately 3.600 species with a pantropical distribution, and in Brazil this family is represented by about 450 taxa. Therefore, the aim of this research was do the taxonomic treatment of species that occur in Parque Nacional do Viruá, state of Roraima. Field trips were conducted between September 2011 and August 2012, and vouchers from herbaria were also analyzed. We found 16 taxa, 12 of the genus Piper L. and four of Peperomia Ruiz & Pav. Eleven taxa are new records for the state, and one is a new record for Brazil. Most species were collected in the lowlands forests, but some were found in floodplain forests.
  • Rubiaceae of Serra Negra, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Oliveira, Juliana Amaral de; Salimena, Fátima Regina G.; Zappi, Daniela

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho é parte dos estudos florísticos da Serra Negra, incluída no Complexo da Mantiqueira, situada no sul da Zona da Mata de Minas Gerais, Brasil. Rubiaceae está representada nesta região por 26 gêneros e 48 espécies. Psychotria é o gênero mais representativo com 12 espécies, seguido por Borreria (5), Coccocypselum (4), Manettia (3), Margaritopsis (2) e Palicourea (2), enquanto Alseis, Amaioua, Bathysa, Chomelia, Cordiera, Coussarea, Coutarea, Diodia, Emmeorhiza, Faramea, Galianthe, Galium, Guettarda, Hillia, Hindsia, Ladenbergia, Posoqueria, Remijia, Rudgea e Schizocalyx estão representados por uma espécie cada. É apresentado um novo registro para a flora de Minas Gerais, Psychotria pallens, e uma nova localidade para Hindsia ibitipocensis, espécie ameaçada de extinção e conhecida até este trabalho apenas para o Parque Estadual do Ibitipoca. São incluídos chave de identificação, descrições, ilustrações, comentários taxonômicos, ecológicos e distribuição geográfica para as espécies.

    Abstract in English:

    As part of the floristic studies of the Serra Negra, located at the southern end of the Minas Gerais in Zona da Mata region and included in the Mantiqueira mountain range, this study of the family Rubiaceae comprises 26 genera and 48 species. The most diverse genus is Psychotria, with 12 species, followed by Borreria (5), Coccocypselum (4), Manettia (3), Margaritopsis (2) and Palicourea (2), while Alseis, Amaioua, Bathysa, Chomelia, Cordiera, Coussarea, Coutarea, Diodia, Emmeorhiza, Faramea, Galianthe, Galium, Guettarda, Hillia, Hindsia, Ladenbergia, Posoqueria, Remijia, Rudgea and Schizocalyx are representaded by a single species each. Psychotria pallens was found for the first time in Minas Gerais, and a new locality for narrow endemic and endangered Hindsia ibitipocensis, known until now only for the Parque Estadual do Ibitipoca. Identification keys, descriptions, illustrations and comments on the taxonomy, ecology and distribution of the species are provided.
  • Morphology of fruits and seeds of Fabaceae occurring in a priority area for the conservation of Caatinga in Pernambuco, Brazil Artigos Originais

    Córdula, Elisabeth; Morim, Marli Pires; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    A família Fabaceae é a mais representativa da Caatinga, compreendendo cerca de um terço da riqueza de espécies catalogadas. Estudos existentes sobre a biodiversidade deste bioma revelam diversas espécies vegetais endêmicas e ameaçadas. Neste sentido, procuramos estabelecer padrões morfológicos para os tipos de frutos, sementes e embriões, com especial enfoque na plúmula, visando possibilitar a identificação de algumas das espécies típicas ou endêmicas da Caatinga. Foram realizadas excursões no período de março de 2006 a março de 2008 para coleta de material botânico em Mirandiba, área prioritária para investigação científica, devido a informações insuficientes sobre sua flora e fauna. Foram selecionadas 16 espécies representando 25% do total de espécies coletadas na área. Catalogaram-se seis tipos de fruto, onde o tipo padrão foi o legume. As sementes sem pleurograma predominaram da mesma forma que o funículo filiforme e o embrião invaginado com eixo hipocótilo-radícula reto foram os padrões encontrados para estas estruturas. O padrão de plúmula diferenciada em eófilos foi o mais comum. A síndrome de dispersão predominante foi a autocórica seguida pela zoocórica. Os principais diásporos são as sementes, entretanto, os frutos dos tipos legume bacóide, legume nucóide, legume samaróide e sâmara ou ainda o artículo monospérmico do craspédio, podem assumir esta função. Assim como o sucesso na germinação e no estabelecimento de plântulas está associado ao tamanho e quantidade de reservas da semente é bastante provável que o grau de diferenciação da plúmula seja mais um aspecto a ser investigado em relação ao seu papel no êxito do estabelecimento de plântulas.

    Abstract in English:

    Fabaceae is the most representative of the Brazilian Caatinga, comprising about one-third of species richness cataloged. Existing research on the biodiversity of this biome reveal several endemic and endangered plant species. In this sense, we aim to establish standards morphological types of fruits, seeds and embryos, with special focus on plumule, to enable the identification of some of the typical or endemic species of the Caatinga. Tours were conducted from March 2006 to March 2008 to collect botanical material in Mirandiba, priority area for research due to insufficient information on its flora and fauna. We selected 16 species, representing 25% of total species collected in the area. Were cataloged six types of fruit, where the standard type was the legume. The seeds without pleurogram prevailed, in the same way that the funiculus filiform, invaginated embryo and hypocotyl-radicle axis with straight patterns were found for these structures. The pattern plumule on differentiated eophylls was the most common. The most common dispersion syndrome was the autochory followed by zoochory. The main propagules are seeds, however, the fruits types baccoid pod, camara, samaroid pod and samara or the monospermic article of the craspedium can assume this role. As the successful germination and seedling establishment is associated with the size and quantity of seed reserve is quite likely that the degree of differentiation of the plumule is another aspect to be investigated in relation to their role in the success of seedling establishment.
  • Adaptive characteristics of the symbiotic association and nitrogen symbiotic fixation in young plants of Lonchocarpus muehlbergianus Haasl., a leguminous tree native from 'Cerrado' Artigos Originais

    Moreira, Vitor; Justino, Gilberto Costa; Camargos, Liliane Santos; Aguiar, Leandro Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    O nitrogênio mineral afeta negativamente a simbiose e a fixação biológica do nitrogênio em plantas cultivadas. Entretanto, este efeito não é verificado em algumas espécies arbóreas, pouco estudadas até o momento. O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de Lonchocarpus muehlbergianus, espécie arbórea nativa do Cerrado, em utilizar o nitrogênio molecular, na presença do nitrogênio mineral (nitrato), característica desejável para plantas fixadoras crescendo em solos com nitrato como principal forma de nitrogênio disponível. Foram determinados o número e a massa seca dos nódulos, da parte aérea e das raízes, bem como o conteúdo de nitrato, aminoácidos e ureídeos, transportados pelo xilema e a atividade da redutase do nitrato. Foi observado que o número e a massa seca dos nódulos não foram negativamente afetados pelo nitrato. Ocorreu pequeno aumento na massa seca da parte aérea e do sistema radicular de plantas noduladas tratadas com nitrato, resultado verificado também para os teores de aminoácidos, ureídeos e atividade da redutase do nitrato. Os resultados obtidos sugerem que a espécie tem capacidade de utilizar tanto nitrogênio mineral quanto molecular, uma vez que o transporte de ureídeos, do sistema radicular para a parte aérea, não foi reduzido em plantas noduladas tratadas com nitrato.

    Abstract in English:

    It is well established that mineral nitrogen negatively affects symbioses and molecular nitrogen utilization by crops. Nevertheless, symbiosis and nitrogen fixation of tree species, less studied, has been showed certain tolerance to nitrate. The aim of this work was to evaluated the nitrogen molecular use by nodulated Lonchocarpus muehlbergianus, a Cerrado legume tree, even supplied with mineral nitrogen as nitrate, important feature for symbiotic plants growing in soil where nitrate is the prominent source of nitrogen. For this purpose, the number and dry weight of nodules, shoot and roots, as well as content of xylem sap amino acids, nitrate and ureides, product of symbiotic nitrogen fixation, and nitrate reductase activity were determined. At the end of the experiment, it was observed that the number and dry weight of nodules was not affected by nitrate. Addictionally, it was verified a short increment in shoots and roots treated with nitrate. Similar results were found for amino acids and ureides content and foliar nitrate reductase activity. Our results suggest that Lonchocarpus muehlbergianus is able to utilize at the same time both mineral and molecular nitrogen since transport of ureides from roots to shoots was not reduced when nodulated plants was fed with nitrate.
  • Conidial fungi associated with submerged plant debris in some areas of Caatinga biome Artigos Originais

    Silva, Silvana Santos da; Izabel, Tasciano dos Santos Santa; Gusmão, Luís Fernando Pascholati

    Abstract in Portuguese:

    Os fungos conidiais desempenham importante papel em ecossistemas dulcícolas, sendo responsáveis pela decomposição de matéria orgânica. No bioma Caatinga, contudo, estudos abordando estes fungos ainda são incipientes. Neste estudo realizou-se um levantamento de fungos conidiais aquáticos associados a substratos vegetais submersos em ambientes lóticos, em um período de dois anos, em cinco áreas inseridas neste bioma (Brejo Paraibano-PB, APA da Chapada do Araripe e PARNA de Ubajara-CE, PARNA da Serra das Confusões-PI, Serra da Jibóia-BA). Foram identificadas 90 espécies distribuídas em 62 gêneros. Duas foram classificadas como ingoldianas, duas como aero-aquáticas, e 86 como aquático-facultativas. A área que apresentou o maior número de espécies foi o Brejo Paraibano com 34 espécies, e com o menor número foi a APA da Chapada do Araripe com 20. Quanto aos substratos vegetais, a lâmina foliar apresentou o maior número de espécies, com 63. A similaridade entre as áreas, segundo índice de Sørensen, foi considerada baixa, com valores inferiores a 50%. Os dados contribuem para o conhecimento da biodiversidade de fungos aquáticos no bioma Caatinga.

    Abstract in English:

    The conidial fungi play an important role in freshwater ecosystems, being responsible for the decomposition of organic matter. In the Caatinga biome, however, studies addressing these fungi are still incipient. This study conducted a survey of aquatic conidial fungi associated with submerged plant debris in lotic environment, in a period of two years, in five areas included in this biome (BrejoParaibano-PB, APA da Chapada do Araripe e PARNA de Ubajara-CE, PARNA da Serra das Confusões-PI, Serra da Jibóia-BA). Ninety species were identified, distributed in 62 genera. Two species were classified as ingoldian fungi, two as aero-aquatic fungi, and 86 as aquatic-facultative fungi. The area of greatest number of species was Brejo Paraibano with 34 species, and the lowest number was of the APA da Chapada do Araripe with 20. In relation to a plant substrate, the leaf blade presented higher number of species, with 63 species. The similarity between the areas, according to Sørensen index, was considered low, with values less than 50%. The data contribute to the knowledge of the biodiversity of aquatic fungi in Caatinga Biome.
  • Ethnobotany of Leguminosae among agroecological farmers in the Atlantic Forest, Araponga, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Fernandes, José Martins; Garcia, Flávia Cristina Pinto; Amorozo, Maria Christina de Mello; Siqueira, Lívia Constancio de; Marotta, Carolina Pellucci Barreto; Cardoso, Irene Maria

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho apresenta a riqueza de Leguminosae utilizada por 21 agricultores tradicionais em sistemas agroflorestais (SAFs) cafeeiros e fragmentos florestais na Floresta Atlântica, município de Araponga, Minas Gerais, Brasil, e as categorias de uso, importância relativa e similaridade das espécies entre os SAFs. Os dados foram obtidos através de entrevistas semiestruturadas e observação participante, entre agosto de 2005 e novembro de 2006, durante caminhadas direcionadas em sete SAFs e fragmentos florestais no entorno do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro. Os agricultores citaram 59 espécies de Leguminosae; 86% são nativas da Floresta Atlântica, utilizadas em práticas culturais antigas, como para fazer carro de boi. Foram estabelecidas 12 categorias de uso, das quais as mais importantes foram adubo e lenha (21 spp cada). Nos SAFs, as espécies que adubam o solo (18 spp) são as mais utilizadas, e na floresta, para lenha e tecnologia (17 spp). O índice de importância relativa mostrou que na floresta, Piptadenia gonoacantha apresentou 83% de concordância quanto ao uso da madeira para cercar pastagem, enquanto nos SAFs, Inga edulis obteve 100% como alimento. Os SAFs estudados apresentam pouca similaridade em espécies (0,42 da escala Sorensen), devido à capacidade de seleção dos agricultores, proporcionando então, espaços para a conservação de espécies úteis de Leguminosae.

    Abstract in English:

    This study describes the richness of Leguminosae used by 21 traditional farmers in coffee agroforestry systems (AFS) and forest fragments of the Atlantic Forest, in the municipality of Araponga, Minas Gerais, Brazil. It also presents the use categories, relative importance and the species similarity between the AFSs. Data were collected through semi-structured interviews and participant observation, between August 2005 and November 2006, directed during random walks in seven AFSs and forest fragments surrounding the State Park of Serra do Brigadeiro. The farmers cited 59 species of Leguminosae, of which 86% are native to the Atlantic Forest and used in ancient cultural practices, such as to make bullock carts. Twelve categories of use were established, among them the most important were fertilizer and firewood (21 spp each); in the AFSs, species used for soil fertilization (18 spp) are the most utilized, and in the forest, the species for firewood and technology (17 spp.) The relative importance index showed that in the forest, Piptadenia gonoacantha showed 83% of agreement for the use as wood for fencing pastures, while in the AFSs, Inga edulis scored 100% as food. The AFSs studied show little similarity of species (0.42 of the Sorensen scale), due to the selection promoted by the farmers, thus, providing room for the conservation of useful species of Leguminosae.
  • Taxonomic note on Aechmea Ruiz & Pav. (Bromeliaceae, Bromelioideae) and the first record of Aechmea triangularis L.B.Sm. in the Paraná State, Brazil Nota Científica

    Miyamoto, Shyguek Nagazak Alves; Tardivo, Rosângela Capuano

    Abstract in Portuguese:

    Durante o estudo taxonômico do gênero Aechmea Ruiz & Pav. no estado do Paraná, Brasil, Aechmea guaratubensis E. Pereira não foi encontrada em campo ou herbários, com exceção do holotypus. Este nome é proposto aqui como nova sinonímia de Aechmea recurvata (Klotzsch) L.B.Sm. Por outro lado, Aechmea triangularis L.B.Sm., conhecida até então como endêmica do estado do Espírito Santo, é registrada pela primeira vez no estado do Paraná.

    Abstract in English:

    During a taxonomic study of the genus Aechmea Ruiz & Pav. in the Paraná State, Brazil, Aechmea guaratubensis E. Pereira was not found in fieldworks or in herbarium collections, unless by the holotypus. This name is proposed here as a new synonym of Aechmea recurvata (Klotzsch) L.B.Sm. Moreover, Aechmea triangularis L.B.Sm., known as endemic from Espírito Santo State, is recorded for the first time in the Paraná State.
  • Expansion of the geographical distribution of three species of Utricularia (Lentibulariaceae) to the Mata Atlantica biome Nota Científica

    Carregosa, Tamires; Costa, Suzana Maria

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo ressalta a ocorrência de Utricularia costata P.Taylor, U. lloydii Merl. ex F. Lloyd e U. resupinata B.D.Greene ex Bigelow na Região Nordeste do Brasil, ampliando a sua distribuição para o bioma da Mata Atlântica.

    Abstract in English:

    The present study emphazises the occurrence of Utricularia costata P.Taylor, U. lloydii Merl. ex F.Lloyd and U. resupinata B.D.Greene ex Bigelow in Northeast region of Brazil, expanding their distribution to the Mata Atlântica biome.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br