Rodriguésia, Volume: 65, Issue: 1, Published: 2014
  • Floristic and structural changes in the cerrado sensu stricto over 27 years (1985-2012) at Fazenda Água Limpa, Brasília, DF Artigos Originais

    Almeida, Raphael Ferreira; Fagg, Christopher William; Oliveira, Maria Cristina de; Munhoz, Cássia Beatriz Rodrigues; Lima, Aldeni Silva de; Oliveira, Lamartine Soares Bezerra de

    Abstract in Portuguese:

    Os estudos das comunidades vegetais ao longo do tempo são fundamentais para a predição de suas trajetórias frente a distúrbios, portanto, para sua conservação. Dessa forma, este estudo objetivou avaliar a composição florística, riqueza, diversidade e estrutura da comunidade lenhosa em uma área de cerrado sensu stricto na Fazenda Água Limpa, Brasília, DF num período de 27 anos. Inventários contínuos foram conduzidos a cada três anos em 19 parcelas permanentes de 1.000 m² (20 × 50 m) e, neste período, quatro eventos de fogo ocorreram no local. Os episódios de queimada não contribuíram com mudanças significativas em níveis de riqueza e diversidade na comunidade lenhosa ao longo de todo o período de estudo. Ao contrário, têm contribuído para a estabilidade florística e estrutural da comunidade, uma vez que a abundância e a densidade da comunidade se modificaram consideravelmente após período longo de exclusão do fogo. A supressão do fogo por períodos mais longos do que os ocorridos poderá conduzir a mudanças florísticas e estruturais importantes na comunidade estudada.

    Abstract in English:

    Studies on plants communities over time are important to predict their reaction when faced with disturbance, and so, for conservation. This study aimed to evaluate the floristic composition, richness, diversity and tree community structure in an area of cerrado sensu stricto at Fazenda Água Limpa, Brasília, DF, over a period of 27 years. Continuous surveys were conducted in the area every three years on 19 permanent plots of 1,000 m² (20 × 50 m); during this time four fires occurred at the site. Periods of fire did not contribute to significant changes in richness and diversity for the woody community studied. Instead, it contributed to floristic and structural stability of the community, since community abundance and density changed considerably after long periods of fire exclusion. Fire suppression for longer periods than those observed may lead to significant structural and floristic changes in the community.
  • Floristic and structural comparisons between woody communities of two seasonal forest fragments in the Tocantins river basin and other remnants of this forest physiognomy in Brazil Original Papers

    Medeiros, Marcelo Brilhante de; Walter, Bruno Machado Teles; Oliveira, Washington Luis

    Abstract in Portuguese:

    A composição e a estrutura do componente arbóreo foram caracterizadas em dois fragmentos de floresta estacional na bacia do médio rio Tocantins e comparadas com outros remanescentes dessa fitofisionomia em outras regiões do Brasil. Os indivíduos foram amostrados em 17 parcelas de 20 × 50 m, nos municípios de Palmeirópolis (TO) e Minaçú (GO). Em cada parcela foram mensurados todos os indivíduos lenhosos que apresentaram diâmetro igual ou superior a 5 cm, medido a 1,30 m do solo (DAP > 5 cm). A maior similaridade florística desses dois remanescentes com outras florestas estacionais mais próximas não apresentou um padrão claro. A composição florística nos fragmentos estudados foi mais similar a uma floresta estacional decidual no vale do Paranã, embora muito dissimilar em relação à outra floresta decidual nesse mesmo vale. Esse resultado e a maior dissimilaridade em relação às florestas do sul de Goiás sugerem que as atuais florestas apresentaram composição e estrutura características de florestas estacionais de baixa altitude da bacia do médio/alto rio Tocantins. Os resultados também indicam que cada fragmento investigado apresenta uma flora própria, com estrutura e diversidade relativamente similares.

    Abstract in English:

    This work describes the woody layer composition and structure in two seasonal forest fragments in the Tocantins river basin and compares them to other remnants of this forest physiognomy in Brazil. The survey was carried out by using 17 plot samples (20 × 50 m) located in Palmeirópolis, state of Tocantins, and in Minaçú, state of Goiás. All woody individuals showing diameters > 5 cm, at 1.30 cm above ground level, were recorded. The higher floristic similarity of these forest remnants compared with other closer seasonal forests did not show a distinct pattern. The floristic composition was more similar to that of a deciduous seasonal forest in the Paranã valley, and more dissimilar to other forests in this same valley. This result and a higher dissimilarity related to the southern forests in Goiás suggest that the forest fragments showed a floristic composition and structure typical of lowland seasonal forests in the Tocantins river basin. The results also indicated that the forest fragments have distinct floristic compositions with a relatively similar structure and diversity.
  • Diversity patterns and floristic composition of permanent evaluative plots in the peruvian central forest

    Marcelo-Peña, José Luis; Reynel Rodriguez, Carlos

    Abstract in Spanish:

    En una muestra de bosque de una hectárea ubicada en la región Junín, provincia de Satipo, a una altura 990 y 1050 m. Se registraron 775 árboles > 10 cm de DAP, representados en 102 especies, 67 géneros y 37 familias. Desde el punto de vista de la diversidad la zona de estudio posee una riqueza de especies moderada, en contraste a otras muestras estudiadas en selva central de Perú. El presente trabajo también incluye un análisis de siete parcelas de una hectárea ubicadas a lo largo de la gradiente altitudinal en selva central, establecidas en investigaciones previas. De las parcelas instaladas entre 900 y 1500 m en el piso premontano, el ensamblaje de especies muestra afinidades florísticas entre ellas y con los bosques de Amazonía baja. No obstante, por encima de los 2000 m, la mayor presencia de familias y géneros altoandinos revela marcadas diferencias con el bosque premontano. Las familias Lauraceae, Moraceae, Rubiaceae, Melastomataceae, Urticaceae y Leguminosae, así como, los géneros Ocotea, Ficus, Nectandra, Inga y Miconia son los más ricos en especies en los bosques de selva central del Perú.

    Abstract in English:

    A forest survey in Satipo Province, Region of Junin, from 990 to 1050 m.a.s.l. revealed the presence of 775 trees > 10 cm dbh belonging to 102 species, 67 genera and 37 families. The study showed the most diverse families as being Moraceae, Lauraceae and Leguminosae, and the most diverse genera as Ficus, Ocotea, Miconia and Inga. A comparative analysis of 1 hectare plots located in premontane forests from 900 to 1150 m.a.s.l. was carried out. In the premontane altitude zone, the species ensemble shows floristic affinities between them and with lowland Amazon forests. However, over 2000 m.a.s.l., there are marked differences on account of greater numbers of high Andean families and genera. Lauraceae, Moraceae, Rubiaceae, Melastomataceae, Urticaceae and Leguminosae, as well as the genera Ocotea, Ficus, Nectandra, Inga and Miconia show high species richness in the montane and premontane forests of Central Peru.
  • Floristics of climbing plants in semideciduous forest fragments at Uberlândia, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Vargas, Betânia da Cunha; Araújo, Glein Monteiro

    Abstract in Portuguese:

    Trepadeira é um importante componente da composição e riqueza de espécies vegetais em florestas tropicais. Contudo, pesquisas exclusivas com esse grupo ainda são poucas no Brasil. O presente estudo teve como objetivo caracterizar a composição florística e aspectos ecológicos de trepadeiras em três fragmentos de florestas semideciduais em Uberlândia, MG. Para o levantamento florístico foram realizadas coletas mensais de março de 2010 a março de 2011. As espécies foram classificadas quanto ao hábito trepador, modo de ascensão e dispersão. Para calcular a similaridade florística entre as áreas utilizou-se o índice de Jaccard. Nos três fragmentos de floresta semidecidual estudado foram identificadas 99 espécies incluídas em 25 famílias e 62 gêneros. No fragmento da Fazenda São José (FSJ), Fazenda Experimental do Glória (FEG) e Fazenda Irara (FAI) encontrou-se 71, 53 e 52 espécies. As famílias mais ricas em espécies foram Bignoniaceae (16 espécies), Malpighiaceae (12), Sapindaceae (11) e Fabaceae (10). Houve o predomínio de espécies lenhosas e anemocóricas. As espécies dotadas de gavinhas foram as mais numerosas no fragmento da FSJ, enquanto na FEG e na FAI predominaram espécies volúveis. A similaridade florística entre os fragmentos foi menor que 50% indicando baixa similaridade entre as nossas áreas de estudo.

    Abstract in English:

    Climbing plants are an important component of the composition and richness of plant species in tropical forests. However, research focused on this group is still rare in Brazil. This paper aimed to characterize the floristic composition and ecological aspects of climbing plants in three fragments of semideciduous forest in Uberlândia, MG. For the floristic surveys plants were collected monthly from March 2010 to March 2011. The species were classified according to climbing habit, climbing strategy and dispersion. To calculate floristic similarity between the fragments we used the Jaccard index. We identified 99 species in 62 genera and 25 families. A total of 71, 53, and 52 species were recorded, respectively, at Fazenda São José (FSJ), Fazenda Experimental do Glória (FEG) and Fazenda Irara (FAI) fragments. The most species-rich families were Bignoniaceae (16 species), Malpighiaceae (12), Sapindaceae (11) and Fabaceae (10). Overall, there was a predominance of woody and anemochoric species. Species with tendrils were most numerous in FSJ, while in FEG and FAI there was a predominance of twining species. Floristic similarity between fragments was less than 50% indicating low similarity between the study areas.
  • Composition and structure of an open scrub restinga of northern Espírito Santo and floristic relationships with similar formations in southeastern Brazil Artigos Originais

    Monteiro, Mariana Maciel; Giaretta, Augusto; Pereira, Oberdan José; Menezes, Luis Fernando Tavares de

    Abstract in Portuguese:

    Foram analisadas a estrutura e a composição florística de uma formação de restinga arbustiva aberta no Parque Estadual de Itaúnas, ES, e verificada a similaridade entre a flora das formações de restinga arbustiva da Região Sudeste do Brasil. Para o levantamento, foi utilizado o método de intercepto de linha, contemplando indivíduos com altura igual ou superior a 50 cm. Os parâmetros fitossociológicos de frequência e valor de importância (VI) foram calculados. A similaridade da flora das restingas arbustivas da Região Sudeste foi verificada utilizando o índice de Sørensen. Foram encontradas 42 espécies em 28 famílias, sendo Fabaceae e Bromeliaceae as mais ricas (quatro espécies cada). As 10 espécies mais importantes representaram 65,6% do VI total, evidenciando forte estrutura oligárquica, principalmente no estrato herbáceo. Assim, puderam ser apontadas espécies que caracterizam esta formação, a qual é associada com fatores ambientais que condicionam a composição e abundância florística. A análise de similaridade evidenciou que as restingas do sudeste formam dois blocos florísticos distintos, um ao norte (litoral do Espírito Santo) e outro mais ao sul (litoral do Rio de Janeiro). Foram comuns a todas as restingas analisadas Manilkara subsericea,Pilosocereus arrabidae e Byrsonima sericea, podendo ser consideradas de ampla distribuição na costa sudeste.

    Abstract in English:

    This study analyzed the structure and floristic composition of an open scrub restinga at Parque Estadual de Itaúnas, Espírito Santo and verified the similarity between floras of the restinga formations in southeastern Brazil. The line intercept method was applied to sample individuals equal or greater than 50 cm tall. The frequency and an importance value were estimated. The similarity of the flora of the restinga formations in southeastern Brazil was performed using the Sørensen index. We surveyed 42 species in 28 families, being Fabaceae and Bromeliaceae the richest families (four species each). The 10 most important species represented 65.6% of the total importance value, showing a strong oligarchic structure, especially in the herbaceous layer. Thus, we identified some species that characterize this formation, which is associated with environmental factors that constrain floristic composition and abundance. The similarity analysis evidenced two distinct floristic blocks of southeastern restingas, one in the north (the coast of Espírito Santo) and another further to the south (coast of Rio de Janeiro). Some species were common to all analyzed resting formations - Manilkara subsericea, Pilosocereus arrabidae and Byrsonima sericea and may be considered of wide distribution on the southeast coast.
  • Variations in richness and tree species diversity within 14 years in a valley forest, Mato Grosso, Brazil Artigos Originais

    Abreu, Thiago Ayres Lazzarotti; Pinto, José Roberto Rodrigues; Mews, Henrique Augusto

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho teve como objetivo descrever variações na riqueza, na diversidade e na contribuição dos grupos ecológicos para a composição florística da vegetação arbustiva e arbórea (DAP > 5 cm) na Floresta de Vale no Véu de Noiva (FVVN), localizada no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil, num período de 14 anos, com base em cinco inventários (1996, 1999, 2003, 2006 e 2010). Todas as espécies arbustivas e arbóreas (DAP > 5 cm) foram amostradas sistematicamente em 18 parcelas de 600 m² distribuídas em três transecções no vale. As mudanças na riqueza de espécies resultaram em aumento, porém não significativos, nos intervalos menores (1996-1999, 1999-2003, 2003-2006 e 2006-2010) enquanto no intervalo maior (1996 a 2010) o aumento foi significativo (comparações entre contagens de Poisson, p < 0,05) e caracterizado por acréscimo líquido de 20 espécies. Apesar disso, a manutenção da equabilidade determinou ausência de alterações significativas na diversidade de espécies ao longo do período estudado (teste t de Hutcheson, p > 0,05). A contribuição dos grupos ecológicos para a composição florística também não apresentou mudanças significativamente durante os 14 anos de monitoramento. Estes resultados sugerem uma comunidade com dinâmica acelerada na composição florística, porém com manutenção temporal da diversidade e da distribuição das espécies entre os grupos ecológicos.

    Abstract in English:

    The goal of this study was evaluate changes in richness, diversity and the contribution of successional groups to tree species composition of a Valley Forest in the Chapada dos Guimarães National Park, Mato Grosso State, Brazil, over 14 years (1996 - 2010) from five surveys intervals (1996-1999, 1999-2003, 2003-2006, 2006-2010, 1996-2010). All tree species (dbh > 5 cm) were sampled systematically in a total of 18 plots (600 m²) established into three transects in valley. Whereas the changes in species richness were positive, but barely noticeable when analyzed in shorter intervals, the range considering the whole interval (1996-2010) was significant (comparisons of Poisson counts) with a net increase of 20 species. Despite the observed species turnover, maintaining evenness seems to have given the absence of significant changes in diversity over the period studied (Hutcheson t test). The contribution of successional groups to the tree species composition of tree community also did not show significant changes during 14 years of monitoring. These results suggest that tree community dynamics of a Valley forest is accelerated in tree species composition, although maintaining temporal diversity and distribution of species among successional groups.
  • Morphological study of fruits, seeds and embryo in the tropical tribe Dipterygeae (Leguminosae-Papilionoideae) Original Papers

    Pinto, Rafael Barbosa; Francisco, Vanessa Maria da Costa Rodrigues; Mansano, Vidal de Freitas

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho analisa e descreve a morfologia de frutos, sementes e embriões de 12 espécies de Dipterygeae. O fruto é consideravelmente distinto entre os gêneros, sendo um legume em Taralea, um legume drupoide em Dipteryx e uma criptossâmara em Pterodon. Foi observado que os três gêneros apresentam características morfológicas distintas no epicarpo, mesocarpo e endocarpo. Essas estruturas são fortemente associadas com as síndromes de dispersão apresentadas pelos três diferentes gêneros. Descrições completas dos embriões são apresentadas pela primeira vez neste manuscrito para os três gêneros e as principais características diagnósticas encontradas são: (1) um gradual desenvolvimento do eixo hipocótilo-radícula de Taralea (não desenvolvido) a Dipteryx (bem desenvolvido); (2) as plúmulas são inteiras em Taralea e pinadas em Dipteryx e Pterodon; (3) uma fenda abaixo do eixo hipocótilo-radícula em Taralea, ausente nos outros dois gêneros, devido à base fortemente cordada das folhas cotiledonares; (4) diferenças no grau de desenvolvimento do eixo hipocótilo-radícula entre D. alata, D. rosea e D. micrantha. Dipterygeae apresenta uma notável diversidade de frutos, sementes e embriões, sendo os mais distintos encontrados em Taralea. Os resultados destas análises morfológicas sugerem um caminho evolutivo para os diásporos dentro do clado, com base nos estudos filogenéticos que apontam Taralea como irmã do clado constituído por Dipteryx e Pterodon.

    Abstract in English:

    This work analyses and describes fruit, seed and embryo morphology of 12 Dipterygeae species. The fruit is quite distinct among genera, being a legume in Taralea, a drupoid legume in Dipteryx and a cryptosamara in Pterodon. It was observed that the three genera present distinct morphological characteristics in the epicarp, mesocarp and endocarp. These structures are strongly associated with the dispersal syndromes presented by the genera. Embryonic descriptions are provided for the first time in this manuscript for the three genera presented here and the main diagnostic characteristics are: (1) a gradual extent of development of the hypocotyl-radicle axis from Taralea (undeveloped) to Dipteryx (the most developed); (2) the plumules are entire in Taralea and pinnate in Dipteryx and Pterodon; (3) a cleft below the hypocotyl-radicle axis in Taralea, absent in the other genera, because of the strongly cordate base of the cotyledonar leaves; (4) differences in the degree of development of the hypocotyl-radicle axis between D.alata, D.rosea and D.micrantha. Dipterygeae presents a noticeable diversity of fruit, seed and embryo, Taralea being the most distinct of all. The results of this morphological analysis suggest an evolutive path for the diaspores in the clade, based on phylogenetic studies which show Taralea as sister to the clade constituted by Dipteryx and Pterodon.
  • Leguminosae-Caesalpinioideae of the "Parque Estadual Paulo César Vinha", Espirito Santo, Brazil Artigos Originais

    Chagas, Aline Pitol; Peterle, Pollyana Lima; Thomaz, Luciana Dias; Dutra, Valquíria Ferreira; Valadares, Rodrigo Theófilo

    Abstract in Portuguese:

    Leguminosae é uma das famílias de maior riqueza específica nas restingas do Espírito Santo e Caesalpinioideae a segunda maior subfamília. O Parque Estadual Paulo César Vinha (PEPCV) representa um dos remanescentes de restinga mais preservados do estado e uma das áreas protegidas mais bem estudadas, porém estudos taxonômicos ainda são escassos. Este estudo consiste no levantamento florístico-taxonômico de Caesalpinioideae do PEPCV. Foram realizadas coletas quinzenais entre agosto/2008 a junho/2009 para obtenção de materiais férteis. Caesalpinioideae está representada por 13 táxons, reunidos em três gêneros: Chamaecrista, Hymenaea e Senna. O gênero mais representativo em número de espécies foi Chamaecrista. Três táxons são novas citações para o estado do Espírito Santo. Foram elaboradas chave de identificação dos táxons, descrições, ilustrações, comentários sobre a morfologia e a fenologia, bem como a distribuição geográfica das mesmas.

    Abstract in English:

    Leguminosae is one of the richest families in the restingas (sandy coastal plains) of Espirito Santo and Caesalpinioideae is the second largest subfamily. The "Parque Estadual Paulo César Vinha" (PEPCV) is one of the best preserved remnants of restinga in the state and one of the best studied protected areas, but taxonomic studies are still scarce. This study is a taxonomic-floristic survey of the Caesalpinioideae of PEPCV. Collections of fertile material were carried out every two weeks, between August 2008 and June 2009. Caesalpinioideae is represented by 13 taxa grouped into three genera: Chamaecrista, Hymenaea and Senna. Chamaecrista was the most representative genus, with the largest number of species. Three taxa were recorded for the first time in the state of Espirito Santo. This study presents a key to identification of taxa, descriptions, illustrations, comments on morphology and phenology, as well as their geographic distribution.
  • Palms (Arecaceae) from Rio Grande do Sul, Brazil Artigos Originais

    Soares, Kelen Pureza; Longhi, Solon Jonas; Witeck Neto, Leopoldo; Assis, Lucas Coelho de

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho consiste no levantamento das espécies da família Arecaceae no Rio Grande do Sul. Foram reconhecidas 15 espécies nativas no estado (Bactris setosa, Butia catarinensis, B. eriospatha, B. exilata, B. lallemantii, B. odorata, B. paraguayensis, B. witeckii, B. yatay, Euterpe edulis, Geonoma gamiova, G. schottiana, Syagrus romanzoffiana, Trithrinax acanthocoma e T. brasiliensis), três espécies foram excluídas da flora gaúcha (Acrocomia aculeata, A. totai e Butia microspadix); três binômios foram considerados sinônimos (Butia missionera, B. pulposa e B. quaraimana); Butia stolonifera foi considerada espécie dúbia; além disso, são apresentados dois híbridos naturais, sendo um deles descrito no presente trabalho (× Butyagrus alegretensis e × Butyagrus nabonnandii).

    Abstract in English:

    This paper is a survey of Arecaceae family in Rio Grande do Sul state. We recognize 15 native species in this state (Bactris setosa, Butia catarinensis, B. eriospatha, B. exilata, B. lallemantii, B. odorata, B. paraguayensis, B. witeckii, B. yatay, Euterpe edulis, Geonoma gamiova, G. schottiana, Syagrus romanzoffiana, Trithrinax acanthocoma and T. brasiliensis). Three species were excluded from Rio Grande do Sul flora (Acrocomia aculeata, A. totai and Butia microspadix), three names were considered synonyms (Butia missionera, B. pulposa and B. quaraimana); Butia stolonifera was considered a doubtful specie. Two natural hybrids are recognized, one of them being described in this work (x Butyagrus alegretensis and × Butyagrus nabonnandii).
  • The genus Chaptalia (Asteraceae, Mutisieae) in the state of Rio Grande do Sul, Brazil Artigos Originais

    Pasini, Eduardo; Katinas, Liliana; Ritter, Mara Rejane

    Abstract in Portuguese:

    O gênero Chaptalia compreende cerca de 70 espécies, distribuídas desde o norte dos Estados Unidos até o centro da Argentina, sendo que no Brasil ocorrem 17 espécies. Dentre os caracteres diagnósticos do gênero podem ser citados as flores trimórficas, o hábito herbáceo e a ausência de estaminódios nas flores. O trabalho teve como objetivo o levantamento das espécies de Chaptalia no estado do Rio Grande do Sul. Foi possível confirmar a ocorrência de 10 espécies: C. arechavaletae, C. cordifolia, C. exscapa, C. graminifolia, C. ignota, C. integerrima, C. mandonii, C. nutans, C. piloselloides e C. runcinata. Chaptalia sinuata é colocada em sinonímia de C. integerrima. O trabalho apresenta descrições das espécies, chaves de identificação, ilustrações, dados sobre conservação e informações gerais.

    Abstract in English:

    The genus Chaptalia is represented by ca. 70 species, from northern United States to the center of Argentina; in Brazil there are 17 species. Among the recognizable features of the genus are trimorphic florets, herbaceous habit and florets without staminodes. The present work aimed to survey the native species of Chaptalia in the state of Rio Grande do Sul. The occurrence of 10 species in the State is confirmed: C. arechavaletae, C. cordifolia, C. exscapa, C. graminifolia, C. ignota, C. integerrima, C. mandonii, C. nutans, C. piloselloides e C. runcinata. Chaptalia sinuata is placed by first time as a synonym of C. integerrima. The study presents species descriptions, an identification key, illustrations, conservation data and general information.
  • Richterago (Asteraceae, Gochnatieae) in the central portion of the Espinhaço Range in Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Franco, Izabela Moreira; Costa, Fabiane Nepomuceno; Nakajima, Jimi Naoki

    Abstract in Portuguese:

    As espécies do gênero Richterago Kuntze são endêmicas dos campos rupestres do Brasil, ocorrendo em solos areno-pedregosos. O presente estudo teve por objetivo realizar o tratamento taxonômico das espécies de Richterago que ocorrem na porção central da Cadeia do Espinhaço em Minas Gerais, situada entre os municípios de Congonhas do Norte (sul) e Olhos d'Água e Bocaiúva (norte), incluindo a Serra do Cabral (oeste) e o Planalto de Diamantina (leste). Os espécimes estudados foram coletados entre novembro de 2009 e junho de 2012. Todo o material foi incorporado ao herbário DIAM. Duplicatas foram enviadas aos herbários ALCB, HUFU e SPF. Além disso, foram examinados espécimes dos herbários HUFU e SPF. Os estudos morfológicos e as identificações foram feitas com base na literatura disponível e consulta a especialista. No total foram registradas as ocorrências de oito espécies: Richterago amplexifolia (Gardner) Kuntze, R. angustifolia (Gardner) Roque, R. arenaria (Baker) Roque, R. conduplicata Roque, R. discoidea (Less.) Kuntze, R. elegans Roque, R. polyphylla (Baker) Ferreyra e R. radiata (Vell.) Roque. São apresentadas chaves de identificação, descrição e ilustração das espécies, assim como comentários sobre distribuição geográfica e status de conservação.

    Abstract in English:

    The species of Richterago are endemic to the "campos rupestres" of Brazil, and occur mainly on rocky soils. This study presents a taxonomic treatment of Richterago Kuntze (Asteraceae) found in the central portion of the Espinhaço Range in Minas Gerais state, located in the municipalities of Congonhas do Norte (south), Olhos d'Água and Bocaiúva (north), including Serra do Cabral (west) and Diamantina Plateau (east). Specimens were collected from November 2009 to June 2012, and were deposited at the herbarium DIAM. Duplicates were sent to the herbaria ALCB, HUFU and SPF. Specimens from the herbaria HUFU and SPF were also studied. Morphological analysis and identifications were made based on available literature and consultation with taxonomic specialists. The genus is represented by eight species: Richterago amplexifolia (Gardner) Kuntze, R. angustifolia (Gardner) Roque, R. arenaria (Baker) Roque, R. conduplicata Roque, R. discoidea (Less.) Kuntze, R. elegans Roque, R. polyphylla (Baker) Ferreyra and R. radiata (Vell.) Roque. An identification key, descriptions, illustrations, and additional information on geographic distribution and conservation status of the species are presented.
  • Taxonomical novelties in Aldama (Asteraceae-Heliantheae) Artigos Originais

    Magenta, Mara Angelina Galvão; Pirani, José Rubens

    Abstract in Portuguese:

    Estudos recentes de dados moleculares evidenciaram que as espécies sul-americanas tradicionalmente tratadas em Viguiera Kunth deveriam ser transferidas para Aldama La Llave. Seguindo essa nova circunscrição, o estudo taxonômico das 35 espécies de Aldama do Brasil demonstra que são ainda necessárias três novas combinações de nomes de espécies e duas de nomes de variedades, além do reconhecimento de uma nova variedade, 20 sinonimizações e 25 lectotipificações.

    Abstract in English:

    Recent studies using molecular data showed that the species traditionally treated as Viguiera Kunth in South America should be transferred to Aldama La Llave. After carrying out a taxonomic study of the 35 Brazilian species of Aldama, we propose three new combinations for binomials and two for varieties, plus a new variety, 20 new synonyms and 25 lectotypifications.
  • Notes on the distribution and new records for four species of Begonia from Brazilian Atlantic Forest Artigos Originais

    Kollmann, Ludovic Jean Charles; Peixoto, Ariane Luna

    Abstract in Portuguese:

    Durante trabalhos de campo nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia, quatro espécies de Begonia foram coletadas e consistam em novos registros. Foram encontrados novos registros de Begoniadietrichiana, B. glabra e B. platanifolia para o estado do Espírito Santo e Begoniaadmirabilis para os estados da Bahia e Minas Gerais. São apresentados descrições, ilustrações, distribuição geográfica, mapas, habitat, fenologia, seções e diferenças vegetativas.

    Abstract in English:

    During field works in Espírito Santo, Minas Gerais and Bahia states, it was notified four news registers of Begonia species. Begoniadietrichiana, B. glabra and B. platanifolia to Espírito Santo state and Begoniaadmirabilis to Bahia and Minas Gerais states. Descriptions, illustrations, geographic distribution data, maps, information on the habit, phenology, sections and vegetative differences are provided.
  • Cactaceae in the state of Paraná, Brasil Artigos Originais

    Soller, André; Soffiatti, Patrícia; Calvente, Alice; Goldenberg, Renato

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho apresenta o estudo taxonômico de Cactaceae no estado do Paraná. A metodologia inclui a análise de coleções de herbário e realização de coletas em todos os biomas do estado. Doze gêneros e 26 espécies nativas foram inventariados para o estado. Os gêneros mais ricos são Rhipsalis, representado por 11 espécies, Lepismium (4) e Schlumbergera (2). Os outros nove gêneros estão representados por apenas uma espécie cada: Brasiliopuntia brasiliensis, Cereus hildmannianus, Epiphyllum phyllanthus, Hatiora salicornioides, Hylocereus setaceus, Opuntia monacantha, Parodia carambeiensis, Pereskia aculeata e Praecereus euchlorus. O Paraná representa o limite norte de ocorrência no Brasil de S. rosea e S. gaertneri e limite sul de ocorrência de B. brasiliensis, H. salicornioides e R. pilocarpa . Parodia carambeiensis é a única Cactaceae endêmica do estado. São apresentadas descrições, chaves para identificação de gêneros e espécies, ilustrações e comentários taxonômicos.

    Abstract in English:

    A taxonomic survey of the Cactaceae from Paraná state, Brazil, is presented here. Methodology includes an analysis of herbarium specimens and fieldwork in all biomes in the state. Twelve genera and 26 native species were catalogued for Paraná. The richest genera are Rhipsalis, with 11 species, Lepismium (4), and Schlumbergera (2). The other genera are monospecific: Brasiliopuntia brasiliensis, Cereus hildmannianus, Epiphyllum phyllanthus, Hatiora salicornioides, Hylocereus setaceus, Opuntia monacantha, Parodia carambeiensis, Pereskia aculeata and Praecereus euchlorus. Paraná state is the northern limit of S. rosea and S. gaertneri, and the southern limit of B. brasiliensis, H. salicornioides and R. pilocarpa. Parodia carambeiensis is the only endemic species of Cactaceae in the state. We present descriptions, identification keys, illustrations, and comments on the taxonomy of these species.
  • Croton L. (Euphorbiaceae) in Serra Dourada State Park, Goiás, Brazil Artigos Originais

    Sodré, Rodolfo Carneiro; Silva, Marcos José da; Sales, Margareth Ferreira de

    Abstract in Portuguese:

    O Parque Estadual da Serra Dourada é uma das áreas serranas mais preservadas do estado de Goiás, porém sua flora é pouco conhecida. Visando contribuir com o conhecimento da diversidade de Euphorbiaceae no bioma cerrado, efetuou-se o estudo taxonômico do gênero Croton neste Parque. Foram registradas 10 espécies: Croton antisyphiliticus, C. campestris, C. chaetocalyx, C. didrichsenii, C. glandulosus, C. gracilescens, C. heliotropiifolius, C. sclerocalyx, C. urucurana e Croton sp. Destas, a última é uma provável espécie nova, enquanto C. gracilescens e C. sclerocalyx estão sendo primeiramente ilustradas. É apresentada uma chave para identificação das espécies, bem como descrições, ilustrações e dados relativos à fenologia e distribuição geográfica.

    Abstract in English:

    Serra Dourada State Park is one of the most preserved montane areas in the state of Goiás, but the flora is poorly known. As part of a survey of Euphorbiaceae diversity in Cerrado, a taxonomic study of the genus Croton was carried out in this park. We recognized 10 species: Croton antisyphiliticus, C. campestris, C. chaetocalyx, C. didrichsenii, C. glandulosus, C. gracilescens, C. heliotropiifolius, C. sclerocalyx, C. urucurana and Croton sp. The last species is probably a new taxon, while C. gracilescens and C. sclerocalyx are illustrated for the first time. A species key, descriptions, illustrations, as well as phenological and geographic distribution data are provided.
  • The genus Stylosanthes (Leguminosae) in Roraima, Brazil Artigos Originais

    Medeiros, Elayne Cristina da Silva de; Flores, Andréia Silva

    Abstract in Portuguese:

    Stylosanthes faz parte do clado Pterocarpus, tribo Dalbergiae. Possui 50 espécies distribuídas mundialmente e é principalmente diverso em áreas savânicas do Brasil. Este trabalho apresenta o estudo taxonômico do gênero Stylosanthes para o Estado de Roraima. Foram analisados materiais provenientes de trabalho de campo e de materiais depositados em herbário. Sete espécies foram encontradas em todas as fitofisionomias de savanas do estado: S.capitata, S.angustifolia, S. gracilis, S. viscosa, S. humilis, S. guianensis e S. scabra. São apresentadas chave de identificação, descrições e ilustrações, bem como informações sobre distribuição geográfica, ambientes preferenciais e usos econômicos das espécies.

    Abstract in English:

    Stylosanthes is a member of the Pterocarpus clade, tribe Dalbergiae. It has 50 species with pantropical distribution and is greatly diversified in Brazilian savannas. Here we present a taxonomic study of Stylosanthes in Roraima state. Field work and herbarium surveys were extensive. Seven species were widely distributed over all savanna physiognomies: S. capitata, S. angustifolia, S. gracilis, S. viscosa, S. humilis, S. guianensis and S. scabra. An identification key, descriptions, illustrations, information on geographic distribution, habitat and uses for the species are also provided.
  • Contribution to the taxonomy of Marlierea (Myrciinae; Myrtaceae) in Brazil Artigos Originais

    Rosário, Alessandro S. do; Baumgratz, José Fernando A.; Secco, Ricardo de S.

    Abstract in Portuguese:

    Apresenta-se uma circunscrição taxonômica de Marlierea e três novos registros de ocorrência para o gênero na Amazônia brasileira, sendo dois para o Brasil, três para o estado do Pará e um para o estado do Amazonas. Comentários sobre características diagnósticas e afinidades taxonômicas de cada espécie, bem como os respectivos dados de distribuição geográfica e ambientes típicos de ocorrência são também fornecidos. Recomendações para atualização da lista de espécies de Myrtaceae da flora do Brasil também são apresentadas.

    Abstract in English:

    This paper presents a taxonomic circumscription of Marlierea and three new records of occurrence for the genus in the Brazilian Amazon, two in Brazil, three for the State of Pará and one for the State of Amazonas. Comments on the morphology and affinity of taxa are provided to facilitate recognition of each species, as well as their geographical distribution data and typical environments occurrence of these species in the Amazon region. Recommendations for updating the list of Brazilian Myrtaceae species are presented.
  • The genus Phymatidium (Orchidaceae : Oncidiinae) in the state of Paraná Artigos Originais

    Royer, Carla Adriane; Brito, Antonio Luiz Vieira Toscano de; Smidt, Eric de Camargo

    Abstract in Portuguese:

    A partir de consultas a herbários nacionais e estrangeiros, cinco espécies e duas variedades de Phymatidium Lindl. foram encontradas no Paraná: Phymatidium aquinoi, P. delicatulum, P. delicatulum var. curvisepalum, P. falcifolium, P. hysteranthum, P. microphyllum e P. microphyllum var. herteri. O gênero é registrado em 35 dos 399 municípios paranaenses, principalmente na Floresta Ombrófila Densa e Floresta Ombrófila Mista, localizadas na Serra do Mar, Primeiro e Segundo Planaltos. Segundo os critérios da IUCN, a maioria dos táxons encontra-se classificada na categoria vulnerável para o estado. Phymatidium delicatulum é a espécie mais comum, com ampla distribuição, e P. hysteranthum a espécie mais restrita, registrada pela primeira vez no estado. Chave de identificação dos táxons, descrições, ilustrações, dados sobre distribuição geográfica e conservação, além de uma lista de materiais representativos, são apresentados.

    Abstract in English:

    Based on the study of material in Brazilian and foreign herbaria, five species and two varieties of Phymatidium are recognized for Paraná state: Phymatidium aquinoi, P. delicatulum, P. delicatulum var. curvisepalum, P. falcifolium, P. hysteranthum, P. microphyllum and P. microphyllum var. herteri. The genus is recorded in 35 of the 399 municipalities of the state, mostly inhabiting Floresta Ombrófila Densa and Floresta Ombrófila Mista vegetation, situated in the Serra do Mar, Primeiro and Segundo Planaltos. Following IUCN criteria, most taxa are classified here as vulnerable in the state. Phymatidium delicatulum is the commonest species, with the widest distribution, and P. hysteranthum, with the narrowest distribution, is recorded for the first time in Paraná. An identification key for species and varieties, descriptions, illustrations, data on distribution and conservation, and a list of representative material are provided herewith.
  • Assessment of extinction risk of Urticineae from sandy coastal plains of the state of Rio de Janeiro Artigos Originais

    Pederneiras, Leandro Cardoso; Costa, Andrea Ferreira da; Carauta, Jorge Pedro Pereira; Romaniuc Neto, Sergio

    Abstract in Portuguese:

    Foram realizados o georreferenciamento e as análises de avaliação de risco de extinção seguindo os critérios e categorias da IUCN para 32 espécies de Urticineae (Cannabaceae, Ulmaceae, Urticaceae e Moraceae) ocorrentes nas restingas do estado do Rio de Janeiro. Materiais correspondentes a essas espécies foram examinados nos principais herbários brasileiros, sendo selecionados 2524 registros para a avaliação. Dentre as 32 espécies, Ampelocera glabra, Celtis spinosa, Ficus cyclophylla, F.nevesiae, Maclura brasiliensis e Phyllostylon brasiliense encontraram-se ameaçadas de extinção, já Brosimum guianense, Dorstenia arifolia, Ficus castellviana, F.pulchella, Sorocea guilleminiana e S. hilarii deixaram de ser consideradas ameaçadas de extinção pelo recente estudo. Os resultados apontaram, como localidades de importância conservacionista, os municípios de Armação de Búzios, Cabo Frio, Rio de Janeiro e Saquarema.

    Abstract in English:

    This paper conducted georeferencing and analyzes of extinction risk assessments following the criteria and categories from IUCN for 32 species of Urticineae (Cannabaceae, Ulmaceae, Moraceae and Urticaceae) occurring in the sandy coastal plains of the state of Rio de Janeiro. Materials corresponding to these species were examined in major Brazilian herbaria and 2524 records were selected for evaluation. Among the 32 species, Ampelocera glabra, Celtis spinosa, Ficus cyclophylla, F.nevesiae, Maclura brasiliensis and Phyllostylon brasiliense fall into endangered category, and Brosimum guianense, Dorstenia arifolia, Ficus castellviana, F.pulchella, Sorocea guilleminiana and S. hilarii were not considered threatened. The locations of conservation importance belong to the municipalities of Armação de Búzios, Cabo Frio, Rio de Janeiro and Saquarema.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br