Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo), Volume: 34 Supplement 1, Published: 2007
  • Spirituality and health: past and future of a controversial and challenging relationship Editorial

    Moreira-Almeida, Alexander
  • Religion, spirituality and psychiatry: a new era in mental health care Prefácio

    Koenig, Harold G.
  • Remarks on the scientific exploration of "anomalous" psychiatric phenomena Artigos Originais

    Chibeni, Silvio Seno; Moreira-Almeida, Alexander

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A investigação de áreas controversas, como a das relações entre espiritualidade e saúde, levanta uma série de questões sobre a prática científica que, se ignoradas, podem comprometer o desenvolvimento adequado das pesquisas. OBJETIVOS: Apresentar brevemente alguns temas de filosofia da ciência que podem contribuir na investigação de aspectos pouco explorados da realidade. MÉTODOS: Com base na descrição simplificada dos conceitos de paradigma, ciência normal e revolução científica, descritos por Thomas Kuhn, são propostos alguns critérios de avaliação de hipóteses científicas e algumas diretrizes epistemológicas para a exploração científica de novas áreas. RESULTADOS: A investigação científica deve se basear em hipóteses falseáveis, abrangentes, simples, com adequação empírica, predições experimentais precisas, integração e hierarquização teórica, bem como capacidade de predição de fenômenos de tipos novos. Nessa exploração, deve-se manter uma abertura para a investigação de fenômenos anômalos, busca de um referencial teórico que oriente as pesquisas, cuidado com a rejeição dogmática ou a aceitação precipitada de hipóteses e, no julgamento de uma hipótese, não conferir valor excessivo ao contexto que a gerou ou à autoridade das pessoas que a professam ou rejeitam. CONCLUSÕES: Para que possa produzir avanços significativos, a investigação de áreas controversas e/ou pouco exploradas cientificamente requer habilidades e conhecimentos específicos sobre a natureza da atividade científica, especialmente quanto ao que Kuhn chamou de "ciência extraordinária" (em contraste com a "ciência normal").

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Scientific research on controversial subjects, such as spirituality-and-health, raises several issues about scientific activity that should be properly clarified for an adequate conduction of the investigations. OBJECTIVES: To highlight some topics of philosophy of science that can be useful in the exploration of unknown, or poorly known, aspects of reality. METHODS: By reviewing briefly the concepts of paradigm, normal science and scientific revolution, introduced by Thomas Kuhn, we discuss a set of criteria for evaluating scientific hypotheses, and present some general epistemological guidelines for the scientific exploration of new fields. RESULTS: Scientific activity should be based on theories exhibiting empirical adequacy, falseability, predictive accuracy, broadness of scope, simplicity, theoretical integration, theoretical ordering, and capacity to predict new kinds of phenomena. The proposed guidelines are: to take experimental findings seriously, even when they do not fit into the current paradigm; to search for a theory capable of guiding investigation; to avoid both the dogmatic rejection and the hasty acceptance of new hypotheses; and, in theory evaluation, to take care in not attributing undue value to the context in which the theory was first conceived, or to the authority of the persons who profess or reject it. CONCLUSION: The scientific exploration of new areas is rendered more fruitful by a thorough understanding of the nature of scientific activity, specially of what Kuhn has called "extraordinary science" (in contrast with "normal science").
  • Humanity’s first healers: psychological and psychiatric stances on shamans and shamanism Artigos Originais

    Krippner, Stanley

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: o autor descreve os xamãs como curadores que deliberadamente modificam seu padrão fenomenológico de atenção, percepção, cognição e consciência para obter informações não disponíveis ordinariamente aos membros do grupo social que lhes concedeu status privilegiado. OBJETIVOS: descrever como estas alterações fenomenológicas foram alcançadas e utilizadas. MÉTODOS: foram utilizados estudos da literatura xamânica em arquivo e pesquisas de campo em comunidades onde xamãs estão atuando ativamente. RESULTADOS: a fonte das informações obtidas pelos xamãs é atribuída a forças e entidades desencarnadas, como espíritos, ancestrais, guias animais e campos energéticos. Essas fontes foram contatadas através de toques ritualizados de tambores, danças, sonhos lúcidos, uso de plantas psicotrópicas, atenção focalizada e outros recursos. Este estudo foi importante, pois mostrou que os xamãs utilizam as informações obtidas para atender às necessidades sociais, psicológicas e médicas de suas comunidades. CONCLUSÕES: o disseminado aparecimento dos xamãs, especialmente em tribos caçadoras e coletoras, indica que suas presenças possuem funções adaptativas em um grupo social. Além disso, estes dados podem trazer importantes contribuições para a neurociência cognitiva, psicologia social, psicoterapia e psicologia ecológica.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: the author describes shamans as practitioners who deliberately shift their phenomenological pattern of attention, perception, cognition, and awareness in order to obtain information not ordinarily available to members of the social group that granted them privileged status. OBJECTIVES: to describe how these phenomenological shifts were accomplished and used. METHODS: archival studies of shamanic literature as well as field research in communities where shamans are actively functioning. RESULTS: the source of shaman-derived information is attributed to such discarnate entities and forces as spirits, ancestors, animal guides, and energetic fields. These agencies were contacted through ritualized drumming, dancing, lucid dreaming, the use of psychotropic plants, focused attention, and other technologies. This study was important because it determined that shamans utilize the obtained information to attend to their community’s social, psychological, and medical needs. CONCLUSIONS: the ubiquitous appearance of shamans, especially in hunting and gathering tribes, indicates that their presence in a social group served adaptive functions. Further, these data can make important contributions to cognitive neuroscience, social psychology, psychotherapy, and ecological psychology.
  • Brazilian studies on religion and mental health: history and current perspectives Artigos Originais

    Dalgalarrondo, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Há mais de um século, vários pesquisadores brasileiros têm estudado as relações entre religiosidade e transtornos mentais, mas estes trabalhos são pouco conhecidos atualmente. OBJETIVOS: apresentar um panorama e uma análise crítica da produção sobre saúde mental e religião no Brasil. MÉTODOS: análise das pesquisas de relevância histórica, assim como investigações contemporâneas sobre o tema saúde mental e religião no Brasil. RESULTADOS: os trabalhos históricos foram iniciados no final do século XIX e muitos deles dedicam-se ao tema do messianismo e de formas coletivas de "loucura religiosa". Os trabalhos contemporâneos tratam de temas como religião, uso de álcool e drogas, assim como de uma variedade de condições clínicas, como esquizofrenia e suicídio. Falta a esta linha de pesquisa uma melhor articulação entre investigação empírica e análise teórica dos dados, assim como um diálogo mais próximo com ciências sociais, como a antropologia e a sociologia da religião. CONCLUSÕES: há uma rica multiplicidade metodológica e de temas abordados nestes estudos sobre religiosidade e saúde mental. A busca de teorias para nortear as pesquisas empíricas e uma maior articulação com as ciências sociais poderão contribuir para uma maior avanço nesta área.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Several Brazilian scientists have been studying the relationship between religiousness and mental disorders for more than one century. However, currently, those works are poorly known. OBJECTIVES: to present an overview of past and current Brazilian studies on mental health and religion. METHODS: Analysis of historically important research, as well as current investigation on mental health and religion in Brazil. RESULTS: These studies started in Brazil by the end of XIX Century usually focusing on messianism and collective forms of "religious insanity". Current studies deal with topics like religion and alcohol or drug use, as well as several clinical issues like schizophrenia and suicide. This research line lacks a better integration between empirical work and theoretical analysis data. There is also a need of a closer dialogue with social sciences such as anthropology and sociology of religion. CONCLUSIONS: These Brazilian studies on religiousness and mental health encompass a wide variety of subjects and methods. The search for theories to guide empirical studies and a more effective integration with social sciences would contribute to the development of this field.
  • Brazilian psychiatrists’ approaches on trance and possession phenomena Artigos Originais

    Almeida, Angélica A. Silva de; Oda, Ana Maria G. R.; Dalgalarrondo, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Os fenômenos de transe e possessão despertaram o interesse da comunidade psiquiátrica brasileira, gerando posturas diversificadas. OBJETIVOS: Descrever e analisar como os fenômenos de transe e possessão foram tratados pelos psiquiatras brasileiros: seu impacto na teoria, na pesquisa e na prática clínica entre 1900 e 1950. MÉTODO: Análise de artigos científicos e leigos, teses e livros sobre transes e possessões produzidos pelos psiquiatras brasileiros entre 1900 e 1950. RESULTADOS: Identificam-se duas correntes de pensamento entre os psiquiatras. A primeira, vinculada às Faculdades de Medicina do Rio de Janeiro e São Paulo, sob forte influência de autores franceses, deteve-se mais na periculosidade do espiritismo para a saúde mental. Defendia a adoção de medidas repressivas com o poder público. O segundo grupo de psiquiatras, ligado às Faculdades de Medicina da Bahia e Pernambuco, embora não desconsiderasse o caráter patológico ou "primitivo" dos fenômenos de transe e possessão, apresentou uma visão mais antropológica e culturalista. Considerando tais fenômenos como manifestações étnicas ou culturais, alguns defenderam o controle médico e a educação do povo para o abandono dessas práticas "primitivas". Outros não consideravam os fenômenos mediúnicos como desencadeadores da loucura, mas manifestações não-patológicas de um universo cultural, além de não vinculá-los ao atraso cultural da população. CONCLUSÕES: As religiões mediúnicas foram objeto de estudo por longo período, resultando hipóteses e práticas diferenciadas por parte da comunidade psiquiátrica brasileira, constituindo-se oportunidade privilegiada para o estudo do impacto dos fatores socioculturais na atividade psiquiátrica.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Trance and possession experiences have raised interest among Brazilian psychiatrists resulting in a variety of approaches. OBJECTIVES: To describe and analyze how Brazilian psychiatrists approached trance and possession experiences: these experiences’ impact on theory, research and clinical practice between 1900 and 1950. METHOD: Analysis of papers, thesis, and books on trances and possessions written by Brazilian psychiatrists between 1900 and 1950. RESULTS: We detected two main approaches, the first one, related to schools of medicine in Rio de Janeiro and São Paulo, under strong influence of French researchers, focused on the dangers of spiritism to mental health. They advocated a repressive action to be enforced by governmental authorities. Psychiatrists from schools of medicine in Bahia and Pernambuco formed the second group. Although having not denied the "primitive" or pathological nature of trance and possession phenomena, they held a more anthropological and cultural approach. Some psychiatrists considered these experiences as racial or cultural manifestations, and claimed that the education and medical control of people would make them give up these primitive practices. Others have not considered that mediumistic phenoma are related to mental disorders or inferior cultural level. DISCUSSION: Mediumistic religions were the subject of a long-term investigation conducted by Brazilian psychiatrists resulting in diversified theories and practices which represent a valuable opportunity for the study of sociocultural factors’ impact on the psychiatric activity.
  • Historical perspectives of the influence of mediumship on the construction of psychological and psychiatric ideas Artigos Originais

    Alvarado, Carlos S.; Machado, Fátima Regina; Zangari, Wellington; Zingrone, Nancy L.

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A psicologia e a psiquiatria têm sido, ao longo do tempo, influenciadas pelos fenômenos estudados pelos pesquisadores dessas áreas. Diversas idéias sobre a mente e suas patologias foram desenvolvidas no contexto dos estudos de histeria, de dupla e de múltipla personalidades e dos fenômenos hipnóticos. OBJETIVOS: Neste estudo, propomos que a mediunidade tenha influenciado tanto a psicologia quanto a psiquiatria de diferentes modos. Os fenômenos mediúnicos, tais como os transes e as mensagens verbais ou escritas atribuídos a espíritos de mortos, contribuíram para o desenvolvimento de vários importantes conceitos durante o século XIX e daí por diante. MÉTODOS: Revisamos a literatura histórica da psiquiatria e da psicologia relacionada à mediunidade para identificar discussões sobre a mediunidade. RESULTADOS: A mediunidade foi usada para defender ampla variedade de idéias sobre a mente subconsciente por pesquisadores como William B. Carpenter, Frederic W. H. Myers e Joseph Grasset. Tanto Pierre Janet quanto Théodore Flournoy se serviram da mediunidade para ilustrar formas de dissociação. Da mesma forma, a psicopatologia foi relacionada de diferentes modos à prática mediúnica, como foi discutido por Jean-Martin Charcot, Pierre Janet e Gilbert Ballet. CONCLUSÕES: Apesar de a mediunidade ser apenas um dos fatores que afetou a construção de conceitos como o de subconsciente, dissociação e psicopatologia, é necessário que sua influência seja mais reconhecida do que o é atualmente na historiografia da psicologia e da psiquiatria.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Psychology and psychiatry have long been influenced by the phenomena their practitioners study. A variety of ideas about the mind and its pathology were developed in the context of studies of hysteria, double and multiple personality and hypnotic phenomena. OBJECTIVES: In this study we argue that mediumship influenced both psychology and psychiatry in different ways. The study of mediumistic phenomena such as trances and written or verbal messages claimed to come from deceased spirits contributed to the development of several important concepts during the nineteenth century and later on. METHODS: We have reviewed the historical psychiatric and psychological literature relating to mediumship to identify discussions about mediumship. RESULTS: Mediumship was used to defend a variety of ideas about the subconscious mind by figures such as William B. Carpenter, Frederic W.H. Myers, and Joseph Grasset. Both Pierre Janet and Théodore Flournoy used mediumship to illustrate forms of dissociation. Similarly, psychopathology was related in different ways to the practice of mediumship, as discussed by Jean-Martin Charcot, Pierre Janet and Gilbert Ballet. CONCLUSIONS: While mediumship was just only one factor affecting concepts of the subconscious, dissociation and psychopathology, its influence needs to be more recognized than it is currently done in the historiography of psychology and psychiatry.
  • Spiritual practices in an institution for mental disabilities Artigos Originais

    Leão, Frederico Camelo; Lotufo Neto, Francisco

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar o impacto de práticas espirituais na evolução clínica e comportamental de pacientes portadores de deficiência mental internados em instituição de saúde. MÉTODO: Ensaio controlado comparando grupo experimental submetido à prática espiritual com grupo controle. O instrumento utilizado para obtenção dos dados foi a Escala de Observação Interativa de Pacientes Psiquiátricos Internados (EOIPPI). RESULTADOS: A comparação do grupo controle (n = 20) com o grupo experimental (n = 20) verificou a diferença de variação entre os grupos (p = 0,045), demonstrando possíveis benefícios de tal intervenção. CONCLUSÕES: A análise dos resultados obtidos no experimento confirmou a hipótese de que o uso das práticas espirituais apresenta resultados positivos na evolução clínica e comportamental de pacientes portadores de deficiência mental.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the impact of spiritual practices in the clinical and behavioural evolution of inpatients with mental disabilities in a health institution. METHOD: Two groups of patients were compared: the experimental group submitted to spiritual practices and the control group. The Interactive Observation Scale for Psychiatric Inpatients (IOSPI) was employed to obtain data. RESULTS: The comparison of control group (n = 20) with the experimental group (n = 20) verified the difference of variation between the groups (p = 0.045), what demonstrates possible benefits of such intervention. CONCLUSIONS: The research confirmed the hypothesis that practical spirituals uses presents positive results on clinical and behavioural evolution of internal patients with mental disabilities.
  • Training program about the therapeutical intervention "relaxation, mental images and spirituality" (RIME) to resignify the spiritual pain of terminal patients Artigos Originais

    Elias, Ana Catarina Araújo; Giglio, Joel Sales; Pimenta, Cibele Andrucioli de Mattos; El-Dash, Linda Gentry

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Neste artigo, apresentamos um programa de treinamento sobre a intervenção terapêutica relaxamento, imagens mentais e espiritualidade (RIME) para profissionais de saúde, que objetiva re-significar a dor espiritual de pacientes terminais. OBJETIVO: Analisar um programa de treinamento por meio da compreensão da experiência de profissionais na utilização da Intervenção RIME e da compreensão da experiência dos doentes na re-significação da dor espiritual, manifestada durante a aplicação do RIME por profissionais treinados. MÉTODOS: Os sujeitos foram uma enfermeira, uma médica, três psicólogos e uma terapeuta alternativa voluntária, todos experientes ou estudiosos em cuidados paliativos, selecionados por convite e que atenderam 11 pacientes terminais internados em hospitais públicos das cidades de Campinas, Piracicaba e São Paulo (SP). A metodologia utilizada teve como base a pesquisa-ação e a fenomenologia. Os resultados qualitativos foram analisados pelo método análise do conteúdo por meio da técnica análise temática e os quantitativos foram analisados pelo método descritivo, utilizando-se o teste de Wilcoxon. RESULTADOS: Na análise da vivência dos profissionais, encontramos cinco categorias e 15 subcategorias. Na análise da natureza da dor espiritual, encontramos como categorias mais prevalentes os medos da morte expresso pela negação e pela percepção do quadro clínico. Na aplicação do RIME, observamos diferença estatisticamente significativa (p < 0,0001), isto é, no final das sessões os doentes relataram maior nível de bem-estar que no início das sessões. CONCLUSÃO: O programa de treinamento proposto mostrou-se eficaz para preparar profissionais de saúde para o uso da intervenção RIME, capacitando-os para o processo de cuidar e prestar assistência espiritual segundo uma perspectiva acadêmica. Os resultados sugeriram que o RIME favoreceu a re-significação da dor espiritual de pacientes terminais.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: This article presents a training program for a therapeutic intervention involving relaxation, mental images and spirituality (RIME), which can be administered to help terminal patients to resignify their spiritual pain. OBJECTIVE: Analysis of a training program based on the understanding of the experience of professionals in the use of RIME intervention and of patients in their resignification of spiritual pain, as revealed during the administration of RIME by trained professionals. METHOD: The participants were a nurse, a female doctor, three psychologists and a volunteer alternative therapist, all experienced in or studying palliative care; they were invited to participate in the training program and were later in charge of caring for eleven terminal inpatients in public hospitals of Campinas, Piracicaba and São Paulo. The theoretical and methodological basis of the study involves action-research and phenomenology. Qualitative results were analyzed by the content analysis utilizing the thematic analysis technique. Quantitative results were analyzed descriptively using the Wilcoxon Test. RESULTS: In the analysis of the professionals, experiences, five categories and fifteen sub-categories were found. In the analysis of the constitution of spiritual pain, we found the idea of fear of death to be the most prevalent, either expressed by negation of the gravity of the clinical prognosis or by the perception of this gravity. After the administration of RIME, statistically significant differences in perceived level of well being (p < 0.0001) were expressed after sessions of RIME. CONCLUSION: The proposed training program proved to be effective in preparing health area professionals for the use of RIME intervention, qualifying them to provide spiritual assistance within an academic perspective. The results suggested that RIME promoted the resignification of spiritual pain in terminal patients.
  • Religiosity, spirituality and psychotropic drug use Revisões da Literatura

    Sanchez, Zila van der Meer; Nappo, Solange Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A religiosidade e a espiritualidade vêm sendo claramente identificadas como fatores protetores ao consumo de drogas em diversos níveis. OBJETIVO: A presente revisão da literatura pretendeu descrever os principais estudos científicos que tratam do papel da religiosidade no tratamento e na prevenção do consumo de drogas. MÉTODO: As fontes citadas neste artigo de revisão são indexadas nas bases de dados PubMed e Scielo, entre 1976 e 2006, tratando de questões relativas à religiosidade, à espiritualidade e ao consumo de drogas. RESULTADOS: Estudos têm apontado para evidência de que as pessoas que freqüentam regularmente um culto religioso, ou que dão relevante importância à sua crença religiosa, ou ainda que praticam, no cotidiano, as propostas da religião professada, apresentam menores índices de consumo de drogas lícitas e ilícitas. Além disso, os dependentes de drogas apresentam melhores índices de recuperação quando seu tratamento é permeado por uma abordagem espiritual, de qualquer origem, quando comparados a dependentes que são tratados exclusivamente por meio médico. CONCLUSÕES: Devido ao forte papel de assistência social das religiões no Brasil, a exploração deste tema no contexto brasileiro seria de grande relevância para a saúde pública.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Religiosity and spirituality have been clearly identified as strong protective factors against drug use in many levels. OBJECTIVE: The present revision of literature intended to describe the main scientific studies that deal with the role of religiosity in the treatment and prevention of drug use. METHOD: The sources cited in this revision article are indexed in the databases PubMed and Scielo, between 1976 and 2006, treating questions relative to religiosity, spirituality and drug use. RESULTS: Studies have to the evidence that people who regularly attend a religious worship, of any kind, or that give relevant importance to their religious belief, or, still, that they practice daily the proposal of the professed religion, show minor licit and illicit durg use rate. In addition, drug addicts present better recovery rates when their treatment is permeated by a spiritual approach of any origin, when compared to drug addicts who are treated exclusively by conventional medicine. CONCLUSIONS: Due to the strong social assistance role of religions in Brazil, the exploration of this subject in the Brazilian context would be of great relevance for the public health.
  • Incorporating spirituality and religiosity in pain management and palliative care Revisões da Literatura

    Peres, Mario F. P.; Arantes, Ana Claudia de Lima Quintana; Lessa, Patrícia Silva; Caous, Cristofer André

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Dor é um dos sintomas físicos mais freqüentemente relatados por pacientes, causando importante redução na qualidade de vida do indivíduo. Pacientes com dor crônica são difíceis de tratar. OBJETIVO: Descrever estratégias atuais de abordagem de pacientes com dores crônicas, baseadas na literatura científica, enfatizando medidas relacionadas à espiritualidade e à religiosidade. MÉTODO: A presente revisão utilizou-se das atuais estratégias de manejo para pacientes com dor crônica combinadas a medidas medicamentosas e não-medicamentosas, estas geralmente incorporando medidas voltadas ao bem-estar físico, mental, social e espiritual com base em publicações indexadas pelo Medline. RESULTADOS: Muitos estudos demonstram associação positiva entre espiritualidade e religiosidade e melhora em variáveis e marcadores de doenças crônicas. CONCLUSÃO: Pelo fato de a religiosidade e a espiritualidade serem marcadamente relacionadas com a melhora clínica dos pacientes, é importante que o reconhecimento desses aspectos e a integração no manejo dos pacientes com dor crônica sejam conduzidos por profissionais da área de saúde.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Pain is one of the most common physical complaints which negatively affects the patient’s quality of life. Patients with chronic pain are difficult and often frustrating to treat. OBJECTIVE: To describe the current strategies for approaching patients with chronic pain based on scientific literature, emphasizing measures related to spirituality and religiosity. METHOD: For the present work, authors reviewed data supporting the application of clinical procedures regarding to chronic pain and palliative care with the importance of spirituality background incorporation based on indexed Medline data. RESULTS: Many studies have demonstrated a positive association between spirituality and religiosity and improvement of chronic diseases’ variables and markers. CONCLUSION: As religiosity and spirituality are notoriously related to the patient’s clinical improvement, it is highly important that the recognition of these aspects and their incorporation in the management of patients with chronic pain be conducted by health professionals.
  • Impact of spirituality on physical health Revisões da Literatura

    Guimarães, Hélio Penna; Avezum, Álvaro

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: As implicações da espiritualidade na saúde vêm sendo cientificamente avaliadas e documentadas em centenas de artigos, demonstrando sua relação com vários aspectos das saúdes física e mental, provavelmente positivos e possivelmente causais. OBJETIVO: Apresentar de forma concisa as evidências recentes do papel da espiritualidade e da religiosidade em diversos campos da prática clínica diária. MÉTODOS: Para uma revisão descritiva foram selecionados artigos no banco de dados Medline, por meio dos unitermos: "religiosity", "religion", "spiritual" e "spirituality". Os artigos foram avaliados por análise de método e determinação de limitações de desenho. RESULTADOS: Foram apresentados de forma descritiva e concisa relevantes achados referentes às associações entre a espiritualidade/religiosidade e atividade imunológica, saúde mental, neoplasias, doenças cardiovasculares e mortalidade, além de aspectos de intervenção com uso de prece intercessória. CONCLUSÕES: Há crescente acúmulo de evidências sobre a relação entre religiosidade/espiritualidade e saúde física, mas por essas evidências ainda não serem adequadamente robustas, este se constitui em promissor campo de investigação.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: The implications of spirituality in one’s health have been studied and registered in hundreds of articles, demonstrating its relationship with several aspects of physical and mental health,probably positive and possibly causal. OBJECTIVE: To present the recent evidences of the role of spirituality and religiosity in daily clinical practice. METHODS: The articles were selected based on Medline database, through the keywords: "religiosity", "religion", "spiritual" and "spirituality". The articles were evaluated by analysis of method and determination of limitations of studies’design. RESULTS: The major findings originated from the association of spirituality, religiosity and immunological activity, mental health, neoplasias, cardiovascular diseases and mortality, besides aspects regarding the intervention of the intercessory prayer, were presented in a descriptive and concise way. CONCLUSIONS: The relationship between the religiosity/spirituality and the physical health has been confirmed but the evidences are not sufficiently conclusive. So, this has become a very promising field of study.
  • Religion, spirituality and psychotic disorders Revisões da Literatura

    Koenig, Harold G.

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A religião é freqüentemente incluída nas crenças e experiências de pacientes psicóticos, tornando-se, assim, alvo de intervenções psiquiátricas. OBJETIVOS: Este artigo, primeiramente, examina a prevalência de crenças e atividades religiosas entre pessoas não-psicóticas nos Estados Unidos, Brasil e em outras áreas do mundo. Segundo, discute os fatores históricos que têm contribuído para a barreira que separa religião de psiquiatria na atualidade. Terceiro, revisa os estudos sobre a prevalência de delírios religiosos em pacientes com esquizofrenia, transtorno bipolar e outros transtornos mentais graves, discutindo como os clínicos podem distinguir o envolvimento religioso patológico do não-patológico. Quarto, explora a possibilidade de que pessoas com doença mental grave usem práticas e crenças religiosas não-patológicas para lidar com seus transtornos mentais. Quinto, examina os efeitos do envolvimento religioso no curso da doença, das exacerbações psicóticas e das hospitalizações. Finalmente, este artigo descreve intervenções religiosas ou espirituais que possam auxiliar no tratamento. MÉTODOS: Revisão da literatura. RESULTADOS: Enquanto cerca de um terço das psicoses têm conteúdo religioso, nem todas as experiências religiosas são psicóticas. Na realidade, elas podem ter efeitos positivos no curso de doenças mentais graves, levando os clínicos a terem de decidir se devem tratar as crenças religiosas e desencorajar as experiências religiosas ou se devem apoiá-las. CONCLUSÃO: Clínicos devem compreender os papéis positivos e negativos que a religião desempenha nos pacientes com transtornos psicóticos.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Religion is often included in the beliefs and experiences of psychotic patients, and therefore becomes the target of psychiatric interventions. OBJECTIVES: This article examines religious beliefs and activities among non-psychotic persons in the United States, Brazil and other areas of the world; discusses historical factors contributing to the wall of separation between religion and psychiatry today; reviews studies on the prevalence of religious delusions in patients with schizophrenia, bipolar disorder, and other severe mental disorders; discusses how clinicians can distinguish pathological from non-pathological religious involvement; explores how persons with severe mental illness use non-pathological religious beliefs to cope with their disorder; examines the effects of religious involvement on disease course, psychotic exacerbations, and hospitalization; and describes religious or spiritual interventions that may assist in treatment. METHODS: Literature review. FINDINGS: While about one-third of psychoses have religious delusions, not all religious experiences are psychotic. In fact, they may even have positive effects on the course of severe mental illness, forcing clinicians to make a decision on whether to treat religious beliefs and discourage religious experiences, or to support them. CONCLUSIONS: Clinicians should understand the negative and positive roles that religion plays in those with psychotic disorders.
  • Quality of life and spirituality Revisões da Literatura

    Panzini, Raquel Gehrke; Rocha, Neusa Sicca da; Bandeira, Denise Ruschel; Fleck, Marcelo Pio de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: A espiritualidade tem sido apontada como uma importante dimensão da qualidade de vida. OBJETIVO: Apresentar revisão de literatura sobre qualidade de vida e espiritualidade, sua associação e instrumentos de avaliação. MÉTODO: Busca do tema-título nas bases de dados PsycINFO e PubMed/Medline entre 1979 e 2005. RESULTADOS: A qualidade de vida é um conceito recente, que engloba e transcende o conceito de saúde, sendo composto de vários domínios ou dimensões: física, psicológica, ambiental, entre outras. Considerada a medida que faltava na área da saúde, tem sido definida como a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. Há indícios consistentes de associação entre qualidade de vida e espiritualidade/religiosidade, por meio de estudos com razoável rigor metodológico, utilizando diversas variáveis para avaliar espiritualidade (por exemplo: afiliação religiosa, oração e coping religioso/espiritual). Também existem vários instrumentos de qualidade de vida válidos e fidedignos que avaliam a dimensão espiritual/religiosa. CONCLUSÕES: Novos estudos são necessários, entretanto, especialmente no Brasil. Tais estudos proverão dados empíricos a serem utilizados no planejamento de intervenções em saúde espiritualmente embasados, visando a uma melhor qualidade de vida.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Spirituality has been considered as an important quality of life dimension. OBJECTIVES: To present a literature review about quality of life and spirituality, their association and measurement. METHODS: Search for title words in PsycINFO and PubMed/Medline database between 1979-2005. RESULTS: Quality of life is a new concept, that embraces and transcends the concept of health. It is composed by several domains or dimensions: physical, psychological, environmental, among others. Called "the missing measure in health", it has been defined as the individual’s perception of his/her position in life, considering cultural and value systems in which he/she lives, and in relation to his/her goals, expectations, standards and worries. There are consistent evidences of the association between quality of life and spirituality/religiosity, obtained from studies with reasonable methodological rigor, using many variables to assess spirituality (for example: religious affiliation, prayer, and spiritual/religious coping). There are also several valid and reliable quality of life instruments that assess the spiritual/religious dimension. CONCLUSIONS: New studies are needed especially in Brazil. These studies will provide empirical data to be used to plan spiritually based health care interventions, aimingat a a better quality of life.
  • Near-death experience: clinical implications Revisões da Literatura

    Greyson, Bruce

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: Quando algumas pessoas vivenciam um estado próximo da morte, elas referem uma experiência profunda de transcender o mundo físico, o que freqüentemente as conduz a uma transformação espiritual. Estas "experiências de quase-morte" (EQMs) são relevantes para os clínicos pois produzem mudanças nas crenças, nas atitudes e nos valores; podem ser confundidas com os estados psicopatológicos, embora tenham conseqüências diferentes necessitando terapêuticas diferentes; e, por fim, porque podem ampliar a nossa compreensão em relação ao fenômeno da consciência. OBJETIVOS: Esta revisão de literatura examina as evidências relacionadas às explicações que têm sido propostas para o fenômeno das EQMs, incluindo expectativa, memórias do nascimento, alterações nos gases sangüíneos, alucinações tóxicas ou metabólicas e modelos neuroquímicos e neuroanatômicos. MÉTODOS: A literatura sobre EQM dos últimos 30 anos foi revisada de modo abrangente, incluindo bases de dados médicas, de enfermagem, psicológicas e sociológicas. RESULTADOS: As EQMs tipicamente produzem mudanças positivas em atitudes, crenças e valores, mas também podem levar a problemas interpessoais e intrapsíquicos. Esses problemas, embora tenham sido comparados a vários transtornos mentais, diferem desses quadros psicopatológicos. Várias estratégias terapêuticas têm sido propostas para ajudar indivíduos que apresentam conseqüências problemáticas de uma EQM, mas tais intervenções ainda não foram testadas. CONCLUSÕES: A consciência mística e o funcionamento mental intensificado durante uma EQM, quando o funcionamento cerebral está gravemente prejudicado, são um desafio para os modelos atuais sobre a interação cérebro/mente e podem, eventualmente, levar a modelos mais completos para o entendimento da consciência.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: When some people come close to death, they report a profound experience of transcending the physical world that often leads to spiritual transformation. These "near-death experiences" (NDEs) are relevant to clinicians because they lead to changes in beliefs, attitudes, and values; they may be mistaken for psychopathological states, although producing different sequelae requiring different therapeutic approaches; and because they may enhance our understanding of consciousness. OBJECTIVES: This literature review examined the evidences regarding explanations proposed to explain NDEs, including expectation, birth memories, altered blood gases, toxic or metabolic hallucinations, and neurochemical and neuroanatomical models. METHODS: The literature on NDEs of the past 30 years was examined comprehensively, including medical, nursing, psychological, and sociological databases. RESULTS: NDEs typically produce positive changes in attitudes, beliefs, and values, but may also lead to interpersonal and intrapsychic problems. These problems have been compared to various mental disorders, but are distinguishable from them. Various therapeutic strategies have been proposed to help experiencers with problematic aftereffects, but have not been tested yet. CONCLUSIONS: The mystical consciousness and higher mental activity during NDEs, when the brain is severely impaired, challenge current models of brain/mind interaction and may occasionally lead to more complete models for the understanding of consciousness.
  • Spiritual/religious coping Revisões da Literatura

    Panzini, Raquel Gehrke; Bandeira, Denise Ruschel

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: O coping religioso/espiritual (CRE), pouco estudado no Brasil, está associado à saúde e à qualidade de vida (QV). OBJETIVO: Apresentar revisão de literatura sobre CRE, enfocando sua base teórica, avaliação e aplicação na prática clínica. MÉTODO: Pesquisa nas bases de dados Medline, PsycINFO, Scielo e Bireme/BVS entre 1979 e 2006. RESULTADOS: O CRE é o uso da religião, espiritualidade ou fé para lidar com o estresse. Estratégias de CRE, conforme conseqüências que trazem para quem as utiliza, podem ser classificadas como positivas ou negativas, estando geralmente associadas, respectivamente, a melhores ou piores resultados de saúde física/mental e QV. Evidências apontam que as pessoas utilizam CRE especialmente em situações de crise e, também, mais CRE positivo que negativo. Existem cinco estilos de CRE: autodireção, colaboração, delegação, súplica e renúncia. CONCLUSÕES: Instrumentos como RCOPE e Escala CRE podem ajudar na avaliação espiritual do paciente, na pesquisa e no planejamento de intervenções psicoespirituais enfocando o processo de CRE. Estas podem ser efetivas, ajudando os pacientes a mais bem utilizar um importante recurso disponível, com significativo impacto na saúde e na QV populacional, e reduzindos custos de intervenção em termos de saúde pública. Assim, o estudo do CRE mereceria ser incluído na formação dos profissionais da saúde.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Spiritual/religious coping (SRC), little studied in Brazil, is associated to health and quality of life (QoL). OBJECTIVES: To present a literature review about spiritual/religious coping, focusing its theoretical background, assessment and clinical applications. METHODS: Research on Medline, PsycINFO, Scielo and Bireme/BVS databases between 1979-2006. RESULTS: The SRC is the use of religion, spirituality or faith to cope with stress. SRC methods, depending on the consequences that bring to those who use them, can be classified into positive or negative, generally associated to better or worse physical/mental health and QoL outcomes, respectively. Evidences show that people use SRC especially in crisis situations, and also, they use more positive than negative SRC. There are five SRC styles: self-directing, collaborative, deferring, pleading and surrender. CONCLUSIONS: Instruments as RCOPE and SRCOPE Scale can be helpful to patient’s spiritual evaluation, to researches and for planning psychospiritual interventions focused on the SRC process. Those can be effective in helping patients to better use an important available resource, with high impact on population’s health and QoL, and potential to reduce public health costs. So, SRC studies would deserve to be included in health professionals graduate courses.
  • Spirituality, religiousness and psychotherapy Revisões da Literatura

    Peres, Julio Fernando Prieto; Simão, Manoel José Pereira; Nasello, Antonia Gladys

    Abstract in Portuguese:

    Crenças e práticas religiosas/espirituais constituem uma parte importante da cultura e dos princípios utilizados para dar forma a julgamentos e ao processamento de informações. O conhecimento e a valorização de tais sistemas de crenças colaboram com a aderência do indivíduo à psicoterapia e promovem melhores resultados. Contudo, nem todas as abordagens encontraram um ajuste desse tema em suas intervenções e os diversos conceitos sobre religiosidade/espiritualidade dificultam essa importante interface. Neste artigo, trazemos os conceitos mais coerentes e acessíveis para facilitar o diálogo profissional no âmbito terapêutico. Discutimos o impacto da subjetividade, dos estados de consciência e das percepções influenciadas pela religiosidade/espiritualidade na saúde mental e a importância de a psicoterapia voltar-se a clientes e respectivos sistemas de crenças, desenvolvendo modelos que mobilizem esperança e potencializem suas capacidades de superação. A despeito da atual distância entre estudos controlados e práticas clínicas, discutimos a integração das dimensões espirituais/religiosas na psicoterapia com profissionalismo ético, conhecimento e habilidades para alinhar as informações coletadas ao benefício do cliente. Considerando que apenas 7,3% da população brasileira não têm religião e a escassez de abordagens e psicoterapeutas que contemplem a religiosidade/espiritualidade, apontamos a relevância de investigações sobre o tema e que as propostas psicoterápicas sejam testadas em ensaios clínicos.

    Abstract in English:

    Religious/spiritual beliefs and practices constitute an important part of culture and principles clients use to shape judgments and process information. Psychotherapists may use knowledge of these belief systems and appreciation of their potential to leverage client adherence and achieve better outcomes. However, many approaches have yet to do so and the variety of concepts of religiosity/spirituality may place obstacles to this important interface. This article raises certain concepts that we see as consistent, accessible, and capable of facilitating professional dialogue in the therapeutic sphere. We discuss the impact of subjectivity, states of consciousness and perceptions influenced by religiosity/spirituality, on mental health as well as the importance of psychotherapists actually focusing clients and their belief systems, developing models to mobilize hope, and boosting coping abilities. Despite the current distance between controlled studies and clinical practice, we discuss the integration of spiritual/religious dimensions in psychotherapy with ethical professionalism, knowledge, and the ability to align the collected information so as to benefit clients. Since only 7.3% of Brazilians have no religion, and very few psychotherapeutic approaches or practitioners do actually engage religiosity/spirituality, we point to the relevance of research on this issue and the importance of testing related psychotherapeutic proposals in clinical trials.
  • Explaining the meaning of the WHOQOL-SRPB Ponto de Vista

    Fleck, Marcelo P.; Skevington, Suzanne

    Abstract in Portuguese:

    CONTEXTO: O WHOQOL-SRPB é um instrumento que foi desenvolvido para avaliar que forma espiritualidade, religião e crenças pessoais (SRPB, sigla em inglês) estão relacionadas à qualidade de vida (QV) na saúde e na assistência à saúde. Recentemente, Moreira-Almeida e Koenig (2006) questionaram vários aspectos relativos ao WHOQOL-SRPB entre eles a definição do construto utilizado no instrumento, bem como o fato de suas facetas serem muito amplas para serem consideradas espiritualidade e religiosidade. OBJETIVOS: Clarificar os conceitos subjacentes ao desenvolvimento do WHOQOL-SRPB. MÉTODO: As questões levantadas por Moreira-Almeida e Koenig (2006) foram discutidas baseados nos objetivos e marco conceitual do WHOQOL-SRPB, bem como, a literatura pertinente. RESULTADOS: 1) o WHOQOL-SRPB não é um instrumento desenvolvido com o objetivo de avaliar o construto SRPB, mas sim qualidade de vida; 2) crenças pessoais podem funcionar como uma estratégia para se conseguir lidar com os problemas, pois dão significado ao comportamento humano e, hipoteticamente, influenciam a QV; 3) SRPB é um construto coerente e pode ser considerado um construto independente de bem-estar psicológico, 4) os conceitos incluídos no projeto WHOQOL foram considerados genuinamente transculturais por consenso e isso é um de seus pontos fortes mais relevantes. CONCLUSÕES: O WHOQOL-SRPB deve ser visto como uma importante contribuição ao estudo da relação entre qualidade de vida e espiritualidade, religiosidade e crenças pessoais.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: WHOQOL-SRPB is an instrument developed to evaluate how spirituality, religiosity and personal beliefs (SRPB) are related to quality of life in health and health care. Recently, Moreira-Almeida and Koenig (2006) questioned several aspects concerning WHOQOL-SRPB including de definition of the construct used in the instrument and the fact that its facets are too broad to be considered spirituality and religiosity. The present study is an answer to these questions, based on the clarification of some concepts behind the development of the WHOQOLO-SRPB. OBJECTIVES: To clarify the concepts behind the development of the WHOQOL-SRPB. METHODS: The questions raised by Moreira-Almeida and Koenig (2006) were discussed based on the objectives and conceptual framework of the WHOQOL-SRPB and also on the pertinent literature. RESULTS: 1) WHOQOL-SRPB is not an instrument developed to evaluate SRPB but Quality of Life construct; 2) personal beliefs may function as a strategy to cope with life problems, since they give meaning to human behavior and hypothetically influence quality of life; 3) SRPB is a coherent construct and may be considered an independent construct specially concerning psychological well-being; 4) the concepts included in the WHOQOL project were considered genuine cross-cultural concepts through international consensus and this is one of its major strengths. CONCLUSIONS: WHOQOL-SRPB should be seen as an important contribution to the study of the relationship between quality of life and spirituality, religiosity and personal beliefs.
  • Half a career with the paranormal Ponto de Vista

    Stevenson, Ian
Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Rua Ovídio Pires de Campos, 785 , 05403-010 São Paulo SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 2661-8011 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: archives@usp.br