Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, Volume: 13, Issue: 1, Published: 2008
  • Editorial

    Fernandes, Fernanda Dreux M.
  • Editorial

    Navas, Ana Luiza G. P.; Mendes, Beatriz de Castro A.
  • Threshold and latency of acoustic reflex under effect of contralateral noise Artigos Originais

    Amaral, Isabella Elias Burjato Raposo do; Carvallo, Renata Mota Mamede

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar o efeito inibitório da via eferente auditiva na variação do limiar e da latência do reflexo acústico ipsilateral com estimulação contralateral. MÉTODOS: Foram avaliados 17 pacientes entre 18 e 30 anos, com audição dentro dos padrões de normalidade submetidos à pesquisa de limiar e de latência do reflexo acústico, com e sem estimulação contralateral. RESULTADOS: Foram observadas médias de latência sem ruído contralateral para as freqüências de 500, 1000 e 2000 Hz respectivamente em 234,48, 214,96 e 236,71 milissegundos. Os valores de latência com ruído nas mesmas freqüências foram 230,74, 214,00 e 232,15 milissegundos. CONCLUSÃO: Houve diminuição da latência e aumento dos limiares do reflexo acústico quando apresentado estímulo supressor na orelha contralateral.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To investigate the inhibitory effect of the efferent auditory path in the variation of the threshold and the latency of ipsilateral acoustic reflex with contralateral stimulation. METHODS: Seventeen male and female patients, with ages between 18 and 30 years and with average normal hearing, were evaluated. After verification of inclusion criteria, the subjects were submitted to acoustic reflex threshold and latency testings, with and without contralateral masking. RESULTS: The latency average rates without contralateral noise at the frequencies 500 Hz, 1000 Hz and 2000 Hz were, respectively, 234,48, 214,96 and 236,71 milliseconds. The latency rates with noise at the same frequencies were 230,74, 214,00 and 232,15 milliseconds. CONCLUSION: The results showed latency decrease and increase on the acoustic reflex thresholds with contralateral white noise suppressor stimulus.
  • Sound localization: the relevance of interaural differences in auditory thresholds Artigos Originais

    Oliveira, Aline Cabral de; Rocha, Luciana Pinto; Lima, Vivian Passos; Morais Netto, Leônidas; Menezes, Pedro de Lemos; Colafêmina, José Fernando

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Esclarecer a relação das diferenças entre os limiares auditivos das orelhas direita e esquerda com o percentual de erros e acertos na localização de fontes sonoras em ambientes reverberantes. MÉTODOS: Foram examinados 56 voluntários, sendo 33 homens e 23 mulheres, média de idade de 26,6 anos, submetidos aos seguintes testes: otoscopia, audiometria tonal, imitanciometria e emissões otoacústicas. Todos os voluntários apresentaram audição dentro dos padrões de normalidade. Posteriormente, os indivíduos foram submetidos ao teste de localização sonora espacial, onde foram utilizadas ondas quadradas com freqüências fundamentais centradas em 500 Hz, 2000 Hz e 4000 Hz. Os estímulos foram apresentados quinze vezes em cada uma das treze posições espaciais do aparelho utilizado, em cada uma das freqüências escolhidas. Assim, foram apresentados 585 estímulos, no total, por pessoa. RESULTADOS: Na amostra estudada, encontrou-se como resultado, idade entre 18 e 50 anos, média da diferença dos limiares auditivos entre as orelhas de 6,81 dB e percentual de acertos na localização sonora dentro dos padrões normais. A correlação entre as diferenças interaurais e os acertos na localização, no entanto, não foi significativa. CONCLUSÕES: O presente estudo demonstrou que, em pessoas com audição normal, as variações dos limiares auditivos e as diferenças entre as orelhas até 10 dB não interferem na localização de fontes sonoras.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To relate the differences between left and right ears' auditory thresholds and rate of correct/incorrect responses in sound localization tasks placed in reverberant environments. METHODS: The following tests were carried out: otoscopy, pure tone audiometry, impedanciometry and otoacoustic emissions. All 56 volunteers presented normal hearing results in all tests. After that, the volunteers were submitted to a sound localization test, in which square waves of 500 Hz, 2000 Hz and 4000 Hz were used. Stimuli were presented fifteen times in each one of the thirteen space positions of the device used, for each frequency tested. Therefore, a total number of 585 stimuli were presented for each subject. RESULTS: Data analysis showed that the sample had subjects with ages between 18 and 50 years, the average difference between right and left ears' auditory thresholds was 6,81 dB, and percentage of correct answers on the sound localization test was within normal values. No significant correlations were found between interaural differences and localization abilities. CONCLUSIONS: The present study showed that, for people with normal hearing, the auditory thresholds variations and interaural differences until 10 dB do not interfere on sound localization.
  • Otological complaints and concerns and communication difficulties of aged individuals Artigos Originais

    Calais, Lucila Leal; Borges, Alda Christina Lopes de Carvalho; Baraldi, Giovana dos Santos; Almeida, Laís Castro de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar as queixas e as preocupações otológicas de indivíduos idosos, bem como as dificuldades de comunicação enfrentadas por esta população. MÉTODOS: Foram avaliados 50 idosos (61 a 90 anos de idade), sendo 8 homens e 42 mulheres, que apresentavam configuração audiométrica descendente simétrica. Os pacientes foram submetidos a uma entrevista e testes auditivos. Neste artigo, foram apresentados e discutidos os dados da entrevista e a correlação das queixas otológicas com os graus de perda auditiva. RESULTADOS: A queixa de perda auditiva esteve presente em 70% da amostra e revelou associação com a preocupação quanto à própria perda, com o queixa de dificuldade de comunicação e com a quantidade de situações nas quais a dificuldade é percebida, sendo a presença do ruído de fundo o aspecto mais citado. A queixa de zumbido (52%) apresentou associação com a preocupação envolvendo o próprio zumbido, enquanto que a tontura (38%), além de semelhante correlação, revelou associação com a dificuldade de comunicação. Ocorreu uma associação estatisticamente significante do grau da perda nas freqüências baixas e médias com a queixa de perda auditiva e de zumbido, enquanto que nas freqüências altas, além destas correlações, também ocorreu associação estatisticamente significante da perda auditiva com a queixa de dificuldade de comunicação. CONCLUSÕES: Dentre as queixas otológicas, a queixa de perda auditiva foi predominante entre os idosos. A idade e o gênero não influenciaram as queixas e as preocupações otológicas. O grau de perda auditiva influenciou as queixas otológicas de perda auditiva, de zumbido e a dificuldade de comunicação.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To investigate the otological complaints and concerns of aged individuals, as well as the communication difficulties they face. METHODS: Fifty elderly subjects (eight men and 42 women) with ages ranging from 61 to 90 years were evaluated. All of them carried out an anamnesis and hearing tests, and presented symmetrical descending audiometric configuration. In this study, anamnesis data and the correlations between otological complaints and the degrees of hearing loss were presented and discussed. RESULTS: Hearing loss complaint was present in 70% of the sample and was associated to the concern about one's own hearing loss, with complaints of communication difficulties and also with the number situations in which the difficulty is observed (presence of background noise was the most cited aspect). Tinnitus complaint (52%) presented an association with concern involving this same aspect, whereas dizziness (38%), besides similar correlation, revealed an association with communication difficulty. There was a significant statistical association among degree of hearing loss in both low and middle frequencies and complaints of hearing loss and dizziness. In high frequencies, these correlations also occurred, along with a significant statistical association between degree of the hearing loss and complaint of communication difficulty. CONCLUSIONS: Of the otological complaints, hearing loss complaint was predominant among the elderly subjects of this study. Age and gender had no influence on the otological complaints and concerns. Degree of hearing loss influenced otological complaints of hearing loss, dizziness and communication difficulty.
  • Auditory processing in stutterers: performance of right and left ears Artigos Originais

    Andrade, Adriana Neves de; Gil, Daniela; Schiefer, Ana Maria; Pereira, Liliane Desgualdo

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar a diferença entre as orelhas nos testes comportamentais do processamento auditivo e os resultados de sujeitos com diferentes graus de gravidade de gagueira em cada teste do processamento auditivo. MÉTODOS: Cinqüenta e seis indivíduos, com idades entre quatro e 34 anos, foram encaminhados pelo Ambulatório de Avaliação Fonoaudiológica da UNIFESP para avaliação comportamental do processamento auditivo. Todos os pacientes foram submetidos à avaliação de audição, fala e linguagem. A disfluência foi classificada segundo o protocolo de Riley (1994), o qual prevê os seguintes graus de gravidade da gagueira: muito leve, leve, moderado, severo e muito severo. Os testes para avaliação do processamento auditivo foram selecionados e analisados de acordo com a idade do paciente e a proposta de Pereira & Schochat (1997). RESULTADOS: Observamos prevalência da gagueira de grau leve nas faixas etárias de quatro a sete anos e de 12 a 34 anos de idade, e de grau moderado nos indivíduos de oito a 11 anos de idade. Dos 56 indivíduos avaliados 92,85% apresentaram alteração do processamento auditivo. Houve diferença estatisticamente significante entre as orelhas direita e esquerda na etapa de atenção direcionada do teste dicótico não verbal, em todas as faixas etárias estudadas. Não foram encontradas diferenças significativas entre os graus de gravidade da gagueira em nenhum dos testes de processamento auditivo. CONCLUSÕES: A orelha direita apresentou melhor desempenho do que a esquerda nos diferentes testes comportamentais. O grau de gravidade da gagueira não interferiu no resultado de cada teste.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To compare the difference between the performances of right and left ears in behavioral tests of auditory processing and to compare the results obtained by subjects with different stuttering severity classifications in each auditory processing test. METHODS: Fifty six subjects (49 male, 7 female), with ages ranging from four to 34 years, were referred to auditory processing evaluation as a complement to speech and language evaluation. All subjects were submitted to auditory, speech and language evaluation. Disfluency severity was classified according to the Riley Stuttering Severity Index as: very mild, mild, moderate, severe and very severe. Behavioral auditory processing tests were selected and analyzed regarding the patients' age and following the proposal of Pereira & Schochat (1997). RESULTS: Mild stuttering was prevalent among subjects with ages ranging from four to seven years and from 12 to 34 years. Moderate stuttering was the most prevalent degree among subjects with eight to 11 years old. Auditory processing disorders were observed in 92,85% of the subjects tested. Significant statistical differences between left and right ears were found in directed attention conditions for the nonverbal dichotic test, in all age ranges. No differences were found among subjects with different stuttering severity classifications in any of the auditory processing tests carried out. CONCLUSIONS: Right ear showed better results than left ear in both monotic and dichotic tests. Stuttering severity didn't interfere with the results of each test.
  • Lisp characterization of patients from the Centro Clínico de Fonoaudiologia Artigos Originais

    Leite, Antonelle Ferreira; Silva, Sabrina Barros; Britto, Ana Teresa Brandão de Oliveira e; Di Ninno, Camila Queiroz de Moraes Silveira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Este estudo pretendeu verificar e caracterizar a ocorrência de ceceio, investigando a correlação entre o ceceio e a tonicidade da sílaba com [s] em diferentes contextos silábicos, observar se alguns desses contextos facilitam a produção correta de [s] e devem ser indicados como recurso terapêutico. MÉTODOS: Dos 54 pacientes em tratamento na clínica de Motricidade Oral do Centro Clínico de Fonoaudiologia foram selecionados, por meio da análise de prontuários, 16 pacientes na faixa etária entre 5 e 19 anos, de ambos os sexos e que apresentavam ceceio. Estes foram submetidos a teste de fala constituído da emissão de 79 palavras com [s] nas posições iniciais, finais e dentro da palavra, em sílabas átonas e tônicas seguidas das vogais [a], [e], [e], [i], <img src="/img/revistas/rsbf/v13n1/07simbolo.gif">, [o] e [u], registrado por meio de filmagem e gravação. Para análise estatística dos dados, foi utilizado o Teste Z para comparação de proporções e o software Minitab versão 14.0. RESULTADOS: Doze (75%) sujeitos pesquisados apresentaram ceceio anterior e 4 (25%), ceceio lateral. Não se observou diminuição do ceceio em relação à tonicidade da sílaba ou à co-articulação. Houve diminuição significativa do ceceio nas posições ataque inicial e ataque medial em relação às posições coda medial e final. CONCLUSÃO: A tonicidade silábica e a co-articulação com as diferentes vogais não alteram a incidência do ceceio. As posições iniciais de sílaba, porém, parecem ser facilitadoras da produção de [s] e devem, portanto ser consideradas na escolha do recurso e material a ser utilizado em terapia.

    Abstract in English:

    PURPOSE: This study had the aim to verify and characterize the lisp occurrence, investigating its correlation with the tonicity of the syllable in which the phoneme [s] occurred, either in initial or final position. The study also had the aim to observe whether some of these contexts would facilitate the correct production of the phoneme [s] and would be indicated as a valid therapeutic resource. METHODS: From the 54 patients in speech therapy, 16 were selected through records analysis. These subjects (both male and female) had ages ranging from five to 19 years and presented lisp. Data were gathered through a speech test that had the aim to verify the production of the phoneme [s] in 79 words, in initial, middle and final syllable positions, in both stressed and unstressed syllables followed by the vowels [a], [e], [e], [i], <img src="/img/revistas/rsbf/v13n1/07simbolo.gif">, [o] and [u]. The productions were recorded on audio and video. Statistical analysis used the Minitab software, version 14.0, and the Z Test for comparison of ratio. RESULTS: Twelve patients (75%) presented frontal lisp and four (25%), lateral lisp. Reduction of the lisp was not observed in relation to syllable stress or coarticulation with different vowels. The initial and middle syllable positions reduced significantly the lisp, when compared to middle and final coda positions. CONCLUSION: Syllable stress and coarticulation with different vowels do not modify the incidence of lisp. Initial syllable positions, however, seem to facilitate the production of [s] and must be considered in the choice of the resource and material to be used in therapy.
  • Devoicing of plosive phonemes in dysphonic children's speech Artigos Originais

    Arnaut, Mirian Aratangy; Ávila, Clara Regina Brandão de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Caracterizar a fala de crianças disfônicas, quanto à ocorrência de ensurdecimentos de fonemas plosivos. MÉTODOS: Foram gravadas as repetições de frases de 50 crianças (idades entre quatro e oito anos), sendo 40 crianças disfônicas e dez, sem alterações vocais. Eram seis frases com os fonemas plosivos sonoros em sílaba tônica inicial, medial e final de palavras. Com as produções gravadas realizaram-se análise espectrográfica, pela identificação da barra de sonoridade e perceptivo-auditiva, por meio de uma banca de três fonoaudiólogas. RESULTADOS: O ensurdecimento ocorreu de forma assistemática na produção dos fonemas sonoros, foi mais identificado à análise espectrográfica e variou conforme o fonema e a posição deste na palavra. CONCLUSÕES: Houve ensurdecimentos assistemáticos na fala das crianças disfônicas e sem alterações vocais, com menor freqüência na posição tônica da sílaba medial.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To characterize the occurrence of plosive sounds' devoicing in the speech of dysphonic children. METHODS: Fifty children with ages between four and eight years old (40 dysphonic and ten without any vocal disorders) were recorded repeating six sentences containing plosive phonemes in initial, medial and final tonic positions. Both spectrographic and auditory-perceptual analyses were carried out. RESULTS: Devoicing of plosive phonemes occurred unsystematically. It was more identified in the spectrographic analysis, and varied according to the phoneme and its position in the word. CONCLUSION: The speech of both dysphonic children and children without vocal disorders presented unsystematic substitution of voiced by voiceless plosive phonemes. The substitutions were less frequent when the phoneme occurred in medial tonic position.
  • Speech production outcomes in children with Multichannel Cochlear Implants Artigos Originais

    Melo, Tatiana Mendes de; Moret, Adriane Lima Mortari; Bevilacqua, Maria Cecília

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar a produção de fala de crianças com deficiência auditiva neurossensorial à de crianças com neuropatia auditiva/ dessincronia auditiva, ambas submetidas à cirurgia de implante coclear. MÉTODOS: Participaram do estudo cinco crianças com deficiência auditiva neurossensorial e cinco crianças com neuropatia auditiva/dessincronia auditiva; os dois grupos foram pareados segundo idade e tempo de uso do implante coclear, sendo utilizada uma amostra da fala durante as tarefas de nomeação de figuras e discurso espontâneo. RESULTADOS: A média de acertos no grupo de crianças com neuropatia auditiva/dessincronia auditiva foi de 59,32%, contra 51,32% no grupo com deficiência auditiva neurossensorial, não apresentando diferença estatisticamente significante. CONCLUSÃO: O implante coclear demonstrou ser benéfico na reabilitação da neuropatia auditiva/dessincronia auditiva e, assim como na deficiência auditiva neurossensorial, o tempo de privação sensorial influenciou a produção de fala dessas crianças.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To compare the speech production of children with profound hearing loss and children with auditory neuropathy/auditory dys-synchrony, both groups with cochlear implants. METHODS: Five children with profound hearing loss and five children with auditory neuropathy/auditory dys-synchrony participated on the study; the groups were matched according to age and time of use of the cochlear implant, and were assessed through a speech sample obtained during picture naming and spontaneous production tasks. RESULTS: Children with auditory neuropathy/auditory dys-synchrony had an average of 59,32% of correct responses on the tasks, against 51,32% for the group of children with profound hearing loss. This difference was not statistically significant. CONCLUSION: The cochlear implant was beneficial to the rehabilitation of auditory neuropathy/auditory dys-synchrony, as well as in the rehabilitation of profound hearing loss. Period of sensory deprivation influenced the speech production of both groups.
  • Gaze and eye contact: typical development and comparison in Down syndrome Artigos Originais

    Belini, Aline Elise Gerbelli; Fernandes, Fernanda Dreux Miranda

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar o desenvolvimento do olhar e do contato ocular em bebê portadora de síndrome de Down, comparando a freqüência de seu olhar para diferentes alvos ao comportamento visual de bebês em desenvolvimento típico. MÉTODOS: Um bebê, do gênero feminino, portador de Síndrome de Down, sem distúrbios visuais diagnosticados até a conclusão da coleta, e 17 bebês em desenvolvimento típico, foram filmados mensal e domiciliarmente, em interação livre com suas mães, do primeiro ao quinto mês de vida. Foi contabilizada a freqüência do olhar dirigido a 11 alvos, entre eles "olhar para os olhos da mãe". RESULTADOS: Os bebês em desenvolvimento típico apresentaram evolução estatisticamente significante, ao longo do período, nas freqüências de "olhos fechados" e de seu olhar para "objetos", "a pesquisadora", "o ambiente", "o próprio corpo", "o rosto da mãe" e "os olhos da mãe". Houve estabilidade estatística da amostra em "olhar para outra pessoa", "olhar para o corpo da mãe" e "abrir e fechar os olhos". O desenvolvimento do olhar e do contato ocular ocorreu de forma estatisticamente muito semelhante no bebê com síndrome de Down, em comparação com as médias dos demais bebês (teste qui-quadrado) e com sua variabilidade individual (análise por aglomerados significativos). CONCLUSÕES: A interação precoce entre o bebê e sua mãe parece interferir mais na comunicação não-verbal da dupla do que limitações geneticamente influenciadas. Isto pode ter refletido nas semelhanças encontradas entre o desenvolvimento do comportamento e do contato visuais no bebê com síndrome de Down e nas crianças sem alterações de desenvolvimento.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To assess gaze and eye contact development of a baby girl with Down syndrome and to compare the frequency of gaze directed to different targets to that of babies with normal development. METHODS: A female baby with Down syndrome, without any detected eye conditions and 17 babies with normal development were video recorded once a month, between the first and the fifth months of life, at home, interacting with their mothers. The frequency of gaze directed toward 11 different targets, including "mother's eye" was registered. RESULTS: Babies with normal development presented statistically significant evolution, throughout the observed period, in the amount of "eye closed" and of gaze direction to "objects", "researcher", "surroundings", "own body", "mother's face" and "mother's eye". The sample presented statistical stability in the areas of "looking to other person", "looking to mother's body" and "opening and closing eyes". The development of gaze and eye contact of the baby with Down syndrome was statistically very similar to that of typically developing babies, compared by means (Chi-square test) and individual varisability (analysis of significant clusters). CONCLUSIONS: Early interaction between mother and baby seams to interfere more with non-verbal communication than some genetically determined limitations. It may have resulted in the likeliness observed on the visual behavior of the baby with Down syndrome and the other, normally developing babies.
  • Protocol for Expressive Language and Cognition Development Observation (PELCDO) Artigos Originais

    Bühler, Karina Elena Bernardis; Flabiano, Fabíola Custódio; Limongi, Suelly Cecilia Olivan; Befi-Lopes, Debora Maria

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi a proposição de protocolo para observação do desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva, referente ao período sensório-motor e início do pré-operatório, que pudesse ser utilizado como instrumento de análise objetiva das realizações observadas em crianças, possibilitando assim, a localização e acompanhamento das mesmas nesse processo de construção. MÉTODOS: O Protocolo para Observação do Desenvolvimento Cognitivo e de Linguagem Expressiva (PODCLE) foi elaborado com base na literatura a respeito dos indicadores que caracterizam os estágios iniciais do desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva, considerando-se o modelo proposto pela Epistemologia Genética. O Protocolo foi aplicado em crianças com desenvolvimento típico para verificação de sua viabilidade e levantamento de possíveis dúvidas ou dificuldades durante sua aplicação ou análise dos dados. Juízes foram utilizados para a seleção dos componentes deste Protocolo. RESULTADOS: O Protocolo é constituído por quatro quadros contendo os indicadores do desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva em seus estágios iniciais, bem como a pontuação correspondente às realizações apresentadas pela criança. CONCLUSÃO: O Protocolo para Observação do Desenvolvimento Cognitivo e de Linguagem Expressiva apresentado neste estudo é uma proposta de sistematização da observação de dados longitudinais referentes ao desenvolvimento cognitivo e de linguagem expressiva, durante o período sensório-motor e início do pré-operatório. Tal Protocolo permite, não apenas a localização, como também o acompanhamento da criança em seu processo de construção do conhecimento e da linguagem expressiva nos estágios iniciais do desenvolvimento.

    Abstract in English:

    PURPOSE: The aim of the present study was to propose a protocol for the observation of expressive language and cognition development during sensorimotor and the beginning of pre-operatory periods that could be used as a tool for the objective analysis of children's productions, allowing the localization and follow-up of these children during this construction process. METHODS: The Protocol for Expressive Language and Cognition Development Observation (PELCDO) was based on literature concerning the indicators of early expressive language and cognition development. The PELCDO was applied in typically developing children, with the aim to verify its viability and to identify possible doubts or difficulties during its management or data analysis. Judges were used for the selection of the indicators of cognitive and expressive language development. RESULTS: The Protocol has four tables that comprise the indicators of early expressive language and cognition development, as well as its related score, according to the child's performance. CONCLUSION: The Protocol presented in this study is an attempt to systematize the observation of longitudinal data regarding language and cognition development, during the sensorimotor and beginning of pre-operatory periods. Such Protocol not only allows the child's localization, but also makes possible to follow the individual along the knowledge and language construction process on these early developmental stages.
  • Influence of working memory in reading comprehension in 4th grade students Artigos Originais

    Giangiacomo, Micheli Cristina Paludeto Belaz; Navas, Ana Luiza Gomes Pinto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Investigar o papel da memória verbal e não-verbal, e do vocabulário expressivo na compreensão de leitura; avaliar as habilidades de memória e vocabulário em um grupo de crianças da 4ª série em relação ao desempenho de compreensão de leitura. MÉTODOS: Participaram do estudo 15 crianças com idades entre 9;11 anos e 11;4 anos. As crianças não possuíam queixas de perda auditiva, visual e/ou alterações neurológicas. Todos os sujeitos foram submetidos individualmente às avaliações de desempenho escolar, leitura, (decodificação, compreensão) vocabulário e memória operacional verbal e não-verbal. RESULTADOS: Houve correlação estatisticamente significante entre o conhecimento de vocabulário expressivo (r= 0,546, p= 0,035) e memória operacional verbal (r= -0,689, p=0,004) e o desempenho em compreensão neste grupo de crianças de 4ª. série de ensino fundamental, sem queixas de dificuldades escolares. Nem a memória não-verbal, nem a habilidade de decodificação de palavras influenciaram no desempenho em compreensão de leitura. CONCLUSÕES: O desempenho em vocabulário e a boa capacidade da memória operacional verbal foram fatores relevantes para garantir a compreensão de leitura nessa população.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To investigate the role of verbal and non-verbal working memory and vocabulary levels in reading comprehension. The specific goals were to evaluate working memory abilities, vocabulary and reading skills in a group of fourth grade children and to estimate the relations between memory comprehension performances. METHODS: Participants were 15 children between 9:11 and 11:4 years old with no auditory, visual and/or neurological deficits. All subjects were tested individually for academic performance, reading (decoding and comprehension), vocabulary, and verbal and non-verbal memory. RESULTS: Vocabulary knowledge (r= 0,546, p= 0,035) and verbal working memory (r= -0,689, p=0,004) showed statistically significant correlations with performance in comprehension in this group of fourth grade children, with no school difficulties. Neither non-verbal working memory nor decoding skills influenced reading comprehension. CONCLUSION: The performance on vocabulary and the good ability of verbal working memory were relevant variables for reading comprehension in this population.
  • Case report: deprivation of sensory stimuli and autistic behaviors Relatos De Caso

    Coelho, Ana Cristina de Castro; Iemma, Elisa Pinhata; Lopes-Herrera, Simone Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi relatar o caso de uma criança que apresenta características autísticas e sofreu privação de estímulos por negligência materna. O acompanhamento da criança foi feito pela equipe da Clínica de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP). A criança era do gênero masculino e tinha dois anos e 10 meses, na época da avaliação fonoaudiológica. O diagnóstico foi distúrbio de linguagem como parte de um transtorno global do desenvolvimento e foi indicada terapia fonoaudiológica. Devido a características de comprometimento do desenvolvimento global e nutricional, a criança também foi encaminhada a uma instituição especializada em autismo e a atendimento médico. Com o início da terapia fonoaudiológica, a criança apresentou aumento de contato ocular, aceitação de contato corporal, maior interesse pelos objetos, iniciação de vocalizações e diminuição dos movimentos repetitivos; porém, o resultado terapêutico foi comprometido devido à problemática envolvida. Todo o trabalho foi realizado em conjunto com as creches que a criança freqüentou e com os órgãos assistenciais relevantes, já que foi feita uma denúncia formal da negligência materna. O intuito deste relato de caso é demonstrar que, em casos graves como este, é necessária uma intervenção global, com a atuação de diversos profissionais da saúde, a fim de proporcionar o desenvolvimento em todos os aspectos comprometidos. O apoio da família é fator determinante no desenvolvimento da criança e, por isso, não se sabe até que ponto a manutenção das características autísticas e os comportamentos apresentados pela criança estão sendo determinados pela privação sensorial que esta sofre ou pela severidade do quadro autístico em si, devendo o trabalho de investigação e de intervenção ter continuidade.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to report the case of a child with autistic characteristics, who was deprived from stimulus due to maternal negligence. A male two-year-old child was assessed and followed by the team of a University's Speech and Language Pathology (SLP) Clinic. He was diagnosed with language disorder as part of a global development disorder, and referred to language therapy. Due to the fact that the child had nutritional and global development deficits, he was also referred to medical care and to an institution specialized in autistic patients. Throughout the SLP intervention process, the child showed increase of eye contact, acceptance of body contact, more interest in objects, beginning of vocalizations and decrease of the repetitive movements. However, the therapeutic results were limited by the problematic setting. Intervention was carried out with collaboration from the daycare facilities that the child attended and also from other assistance organs, since there was a formal denunciation regarding the mother's negligence. This case report aims to show that, in severe cases, a global intervention, with involvement of several health professionals, is necessary to provide the development of all the impaired aspects. Family support is fundamental to the child's development, thus, it is not possible to state whether the subject's behaviors were determined by the deprivation of sensory stimulus or by the severity of the autism. Therefore, investigation and intervention work must be continued.
  • Contributions of Conversation Analysis to the study of traumatic brain injury: a single case report Relatos De Caso

    Steiner, Véronique Agnes Guernet; Mansur, Letícia Lessa

    Abstract in Portuguese:

    A persistência de dificuldades no processo de comunicação em sujeitos acometidos por um traumatismo craneo-encefálico requer a utilização de instrumentos de avaliação, sensíveis às alterações lingüístico-cognitivas apresentadas, que possam facilitar a reintegração desses indivíduos na sociedade. O presente estudo de caso investiga as contribuições da Análise Conversacional, na avaliação das habilidades funcionais de um jovem de 27 anos, acometido por um traumatismo craneo-encefálico grave. Analisa uma interação conversacional espontânea por meio do estudo do mecanismo colaborativo da tomada de turno, do gerenciamento do tópico e das reformulações, comparando os resultados com testes formais de linguagem. Discute as contribuições dessa abordagem ao processo de reabilitação fonoaudiológica. Enquanto os testes formais não indicaram alterações de linguagem, a Análise Conversacional permitiu, ao analisar a seqüência de turnos e as reações mútuas dos interlocutores, identificar problemas comunicativos e verificar como os interlocutores lidavam com os mesmos. A Análise Conversacional mostrou-se sensível às alterações lingüístico-cognitivas apresentadas pelo traumatismo craneo-encefálico, fornecendo elementos concretos para, no processo de reabilitação, abordar, de forma organizada, o discurso mais utilizado no cotidiano.

    Abstract in English:

    The persistence of communication impairments in individuals who sustained a traumatic brain injury requires the use of sensitive tools to evaluate the linguistic-cognitive problems they present, aiming at their reintegration in society. This single case study investigates the contributions of Conversation Analysis to the evaluation of the pragmatic abilities of a 27 year-old man who sustained a severe traumatic brain injury. It analyses a spontaneous conversational interaction through the study of the collaborative mechanism of turn-taking, topic management and repairs, comparing the results of this analysis with formal language tests. It discusses the contributions of this approach to develop intervention. While formal tests did not indicate the presence of language difficulties, the Conversation Analysis allowed, through the analysis of the sequence of turns and of the mutual reactions of both the interlocutors, the identification of communicative problems and the observation of how the speakers dealt with them. The results of this study revealed that Conversation Analysis is a sensitive approach to capture the linguistic-cognitive deficits caused by traumatic brain injury, providing concrete elements to be used in therapy in order to emphasize, in an organized way, the kind of discourse most used in daily life.
  • Challenges, perspectives and ethics considerations over the language assessment of the person with dementia

    Valles González, Beatriz

    Abstract in Spanish:

    El presente ensayo plantea una reflexión en torno a los retos, perspectivas y dilemas éticos que se presentan al evaluar el lenguaje de las personas con demencia. Esta se hizo desde dos perspectivas, una de tipo epistemológica-ontológica, dirigida a estudiar el concepto de trastorno del lenguaje y su relación con el envejecimiento. La otra, metodológica, relacionada con el análisis de las técnicas de evaluación lingüística utilizadas en el diagnóstico de las alteraciones lingüísticas de esta población. A partir de ella se proponen diferentes alternativas como: revisar el concepto de trastorno, redefinir el objetivo de la evaluación del lenguaje y profundizar en el conocimiento del funcionamiento lingüístico del adulto mayor sano como paso previo para el uso del análisis del discurso como herramienta válida para valorar la eficiencia lingüística de las personas que padecen demencia. Todas estas acciones pueden garantizar una atención ética y ajustada a las necesidades lingüísticas reales de este colectivo y de su familia.

    Abstract in English:

    The purpose of the present study is to reflect on the challenges, perspectives and ethical dilemmas that are present when we assess language of people with dementia. This thought followed two perspectives: an epistemological and ontological one, addressed to study the concept of language disorder and its relation with aging. The other perspective, methodological, related to the analysis of the linguistic assessment techniques used in the diagnosis of the linguistic deficits of this population. Based on these perspectives, we propose useful alternatives, such as to review the concept of disorder, to redefine the objective of language evaluation and to deepen the knowledge of the linguistic functioning of healthy elderly people as a previous step for the use of the discourse analysis as a valid tool to evaluate the linguistic efficiency and to plan the intervention for people with dementia. These actions might guarantee an attention both ethic and adjusted to the actual linguistic needs of this population and their families.
  • A prematuridade e o desenvolvimento de linguagem Refletindo Sobre O Novo

    Guedes, Zelita Caldeira Ferreira
  • Schizophrenic autism: clinical phenomenology and pathogenetic implications Resenha

    Guz, Tatiana
  • Estudos fonoaudiológicos sobre cérebro e linguagem Resumo

    Mansur, Letícia Lessa
Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Al. Jaú, 684 - 7º andar, 01420-001 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3873-4211 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@sbfa.org.br