São Paulo em Perspectiva, Volume: 14, Issue: 4, Published: 2000
  • Untitled document Nota Do Editor

  • Atributos da metrópole moderna

    Meyer, Regina Maria Prosperi

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo busca situar a atual transição metropolitana -- da metrópole moderna à metrópole contemporânea -- no quadro geral da reestruturação tecnológica do modo de produção. A organização material da metrópole é entendida como uma expressão do modo de produção e não como seu reflexo. Procura mostrar como essa premissa de trabalho garante à metrópole contemporânea um protagonismo no desenvolvimento da sociedade informacional e que para exercê-lo são desenvolvidos atributos espaciais e territoriais específicos. A descrição desses atributos e da sua organização territorial e espacial conduz à postulação de que as grandes infra-estruturas urbanas representam hoje a possibilidade de enfrentar duas características do processo de transição: a fragmentação territorial e a dispersão funcional.
  • Globalização e urbanização subdesenvolvida

    Ferreira, João Sette Whitaker

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo discute as relações entre o novo paradigma econômico da globalização e a urbanização acelerada das grandes metrópoles subdesenvolvidas. Baseando-se em dados estatísticos, ressalta-se o extremo grau de pobreza comum a todas essas cidades da periferia da economia-mundo capitalista. Analisa-se, por fim, o caráter das novas matrizes de planejamento urbano relacionadas à globalização, questionando sua eficácia no combate aos determinantes estruturais da pobreza urbana.
  • Urbanismo na periferia do mundo globalizado: metrópoles brasileiras

    Maricato, Ermínia

    Abstract in Portuguese:

    O texto enfoca o processo de urbanização no Brasil a partir de alguns indicadores demográficos (mortalidade infantil, expectativa de vida média, fertilidade feminina), socioeconômicos (crescimento, renda, desemprego e violência) e urbanísticos (crescimento urbano e crescimento de favelas), de modo a evidenciar um quadro controverso marcado por positividades e negatividades. Diversos autores são consultados para buscar a explicação desse quadro. A urbanização da sociedade brasileira se deu no século XX, mas carrega todo o peso da "formação" da sociedade caracterizada como "defasagem e continuidade".
  • Breve caracterización histórica de la región metropolitana de Buenos Aires

    Calello, Tomás

    Abstract in French:

    En este artículo se delinea suscintamente la conformación y el desarrollo histórico de la Región Metropolitana de Buenos Aires. Con ese fin se analizan sus modificaciones territoriales en relación a las principales dimensiones económicas, sociales y políticas presentes en cada período considerado. Las mismas dan cuenta de la pérdida de competitividad de la región en su conjunto en relación a su contexto nacional e internacional.
  • Santiago de Chile, Globalización y Expansión Metropolitana: lo que existía sigue existiendo

    Mattos, Carlos A. de

    Abstract in Spanish:

    La profunda reestructuración iniciada en Chile con la aplicación de una radical estrategia de liberalización económica a mediados de los 70's, culminó una década más tarde en una etapa de sostenido crecimiento económico, reindustrialización y terciarización. En ese proceso, tanto el comando del nuevo poder económico, como las principales actividades industriales y terciarias mostraron una clara preferencia por localizarse en el Area Metropolitana de Santiago (AMS), intensificando nuevamente tendencia a la concentración territorial. Se ha consolidado así una ciudad-región, suburbanizada y policéntrica, de límites imprecisos, configurada como archipiélago.
  • El agua y el suelo en la zona metropolitana del valle de Mexico

    Cenecorta, Alfonso Iracheta

    Abstract in Spanish:

    La ciudad de México representa uno de los ejemplos más dramáticos de la lucha del hombre por dominar a la naturaleza al grado de transformarla de manera profunda, sin tener claridad sobre los efectos de estas transformaciones. Al inicio del siglo 21 ha concentrado una población del orden de 19 millones de habitantes y se han urbanizado casi 2 mil kilómetros cuadrados. Los patrones de asentamiento dentro del Valle de México han generado impactos negativos que en la actualidad ponen en riesgo el futuro de la metrópoli.
  • Cidade Global: anotações críticas sobre um conceito

    Carvalho, Mônica de

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste artigo é discutir criticamente o conceito de cidade global e suas implicações para a compreensão da metrópole de São Paulo. Serão analisadas, primeiramente, suas três formas de apropriação: a forma diagnóstico, a típico-ideal e a paradigma. Com a intenção de avaliar o caráter ideológico do conceito, ele é confrontado com o que foi denominado seu padrão normativo, o planejamento estratégico, para demonstrar que, sob esta forma, o conceito de cidade global reproduz a lógica de apropriação do espaço urbano pelo capital, o que se revela por meio da análise do processo de segregação urbana na metrópole .
  • Governar as Metrópoles: dilemas da recentralização

    Rolnik, Raquel; Somekh, Nadia

    Abstract in Portuguese:

    O processo de redemocratização e descentralização da gestão urbana, que substituiu práticas autoritárias e tecnocráticas de administração das cidades brasileiras, não produziu até o momento um novo marco político-institucional para o governo das metrópoles. Este texto apresenta um balanço deste processo, apontando possíveis elementos para a construção de uma gestão democrática metropolitana.
  • A organização metropolitana pós-constituição de 1988

    Hotz, Eduardo Fontes

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta uma suscinta visão da organização regional após a promulgação da Constituição Federal de 1988 e seus reflexos no Estado de São Paulo: na Constituição Estadual, na sua legislação complementar e na criação, implantação e regularização de suas regiões metropolitanas.
  • Espaços Estruturados e Informes: São Paulo diante da globalização

    Brissac, Nelson

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo trata da reestruturação da espacialidade urbana diante do processo de globalização. Os diferentes aspectos e problemas vinculados às transformações nos padrões de estruturação do espaço urbano são analisados sob a ótica mais geral e conceitual, utilizando-se como referência empírica a cidade de São Paulo.
  • Reflexões sobre o papel da cultura na cidade de São Paulo

    Miranda, Danilo Santos de

    Abstract in Portuguese:

    Em poucas décadas, as grandes cidades de países em desenvolvimento tiveram uma seqüência de transformações tão brutais que é possível afirmar que várias vezes foram construídas, demolidas e reconstruídas; bairros se deterioraram e refloresceram; cidades nasceram dentro de cidades ou se colaram nos limites da periferia; grandes avenidas foram rasgadas no tecido urbano já solidificado. Junto com esse terremoto urbano, uma cultura metropolitana se desenvolveu, apressada pela globalização, com contornos incivilizados, baseada em auto-soluções para a sobrevivência, o que gerou criatividade e solidariedade, mas também o narcotráfico, a violência, a criminalidade e relações sociais apartadas. Neste contexto, ganha força a necessidade de uma política cultural para São Paulo fundada no multiculturalismo e em novas formas de sociabilidade.
  • Os Novos monumentos das metrópoles

    Ohtake, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Análise das relações entre a construção de grandes equipamentos culturais, especialmente museus, e o sentido do desenvolvimento das metrópoles. O artigo apresenta uma tipologia dessas relações, detendo-se em casos de Washington, Paris, Tóquio, São Paulo e Rio de Janeiro, entre outros.
  • Teogonias Urbanas: os pentecostais na passagem do rural ao urbano

    Passos, João Décio

    Abstract in Portuguese:

    Os grupos pentecostais que nascem e crescem na metrópole estruturam um conjunto de representações e práticas religiosas dialeticamente vinculadas à passagem do rural ao urbano. São simultaneamente herdeiros de uma história religiosa lentamente consolidada e que vai configurar o "catolicismo popular" e reprodutores de uma cultura metropolitana sempre mais hegemônica. Nessa dialética entre passado e presente constituem-se como religião popular da metrópole.
  • O modelo da natureza e a natureza do modelo

    Godoy, Ana

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda as diferentes articulações entre os processos que permitem e validam a criação de áreas protegidas, segundo um modelo que tem como fundamento a existência de uma única natureza. Tal abordagem permite explicitar os percursos inventados pela ecologia na constituição de um território científico e os critérios que esta área de conhecimento cria e estabelece no esforço de definir a Natureza e aquilo que nela deve ser considerado como "destinado a preservação".
  • Metrópole sustentável?: não é uma questão urbana

    Ferreira, Yoshiya Nakagawara

    Abstract in Portuguese:

    As raízes culturais e o processo capitalista no mundo contemporâneo desenharam a atual configuração socioespacial. A degradação da qualidade ambiental exige novas posturas éticas, fundadas em uma ética do futuro. O atual quadro da problemática ambiental deve ser pensado, assim, na relação com a condição cultural e o desenvolvimento sustentável.
Fundação SEADE Av. Casper Líbero, 464, 01033-000 São Paulo SP - Brazil, Tel: +55 11 3313-5777, Fax: +55 11 2171-7297 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: perspectiva@seade.gov.br