(Atualizado: 27/11/2018)

SOBRE A REVISTA

 

Informações básicas

 

Título: Psicologia em Estudo; título abreviado: Psicol. Estud.

Objetivos e áreas de interesse: publicar textos originais sobre temáticas na área de Psicologia e nas suas interfaces com as Ciências Humanas e as Ciências da Saúde, problematizando a realidade atual, contribuindo para a prática em Psicologia e promovendo o desenvolvimento teórico.

Histórico: A revista iniciou seus trabalhos em 1996 sob forma impressa e direção da doutora Maria Lúcia Boarini. Em 2014 publicou seu último número impresso e passou a ser publicada exclusivamente na forma online. É administrada pelo Departamento de Psicologia e Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Estadual de Maringá.

Periodicidade: a revista iniciou suas atividades como semestral, passando à periodicidade quadrimestral e trimestral. A partir de 2018 adotou o sistema rolling pass ou fluxo contínuo.

 

 

Fontes de indexação

 

- American Psychological Association (PsycINFO)
- Universidad Nacional Autónoma de México (CLASE)
- Conselho Federal de Psicologia – PUC-CAMPINAS (INDEX-PSI)
- Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (LILACS)
- Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (LATINDEX)
- Colegio Oficial de Psicólogos de Madrid (PSICODOC)
- Directory of Open Access Journals (DOAJ)
- Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal (REDALYC)
- EBSCO-FONTE ACADÊMICA; EBSCO-FUENTE ACADEMICA PREMIER
- SOCIAL SERVICES ABSTRACTS; LINGUISTICS & LANGUAGE BEHAVIOR ABSTRACTS
- GOOGLE ACADÊMICO;
- SCOPUS
- Cambridge Scientific Abstracts (SOCIOLOGICAL ABSTRACTS)

 

 

Propriedade intelectual

 

O periódico adota a licença Creative Commons BY.

 

 

Patrocinadores

 

- Conselho Nacional de Desenvolvimento Tecnológico – CNPQ
- Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES
- Universidade Estadual de Maringá
- Programa de Pós-graduação em Psicologia

 

 


CORPO EDITORIAL

 

Editora Chefe

 
  • Dra. Marilda Gonçalves Dias Facci, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/ Brasil. marildafacci@gmail.com

 

 

Editor Adjunto

 
  • Dr. Alvaro Marcel Palomo Alves, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. ampalves@uem.br

 

 

Editoras Assistentes

 
  • Dra. Adriana Fátima Franco, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. adriffranco@hotmail.com
  • Dra. Zaira Fatima de Rezende Gonzalez Leal, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. zairagleal@gmail.com
 

 

Conselho Editorial

 
  • Dr. Paul Bartolo, University of Malta, Valeta/VA/Malta. Email: paul.a.bartolo@um.edu.mt
  • Dra. Michelle de Freitas Bissoli, Universidade Federal do Amazonas, Manaus/AM/ Brasil. Email: mibissoli@yahoo.com.br
  • Dr. Shane R. Jimerson, University of California, Santa Barbara/CA/Estados Unidos da América do Norte. Email: Jimerson@education.ucsb.edu
  • Dr. Carl Ratner, Institute for Cultural Research & Education, Trinidad/CA/Estados Unidos da América do Norte. Email: cr2@humboldt1.com
  • Dra. Marli Lucia Tonatto Zibetti, Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho/RO/Brasil. Email: marlizibetti@yahoo.com.br
  • Dr. Samuel Luis Velazquez Castellanos, Universidade Federal do Maranhão, São Luis/MA/Brasil. Email: samuel.uema@hotmail.com
  • Dr. Leslie Sechel Vela, Universidad Rafael Landívar de Guatemala, cidade da Guatemala/GT/Guatemala. Email: vonsechel@gmail.com
  • Dra. Lígia Márcia Martins, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Araraquara/SP/Brasil. Email: ligiamar@fc.unesp.br
  • Dr. Rafael Siqueira de Guimarães, Universidade Federal do Sul da Bahia, Ilhéus/ BA/Brasil. Email: rafaorlando@uol.com.br
  • Dra. Sônia da Cunha Urt, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande/MS/Brasil. Email: surt@terra.com.br
  • Dra. Silvia Maria Cintra da Silva, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG/Brasil. Email: silvia@ufu.br
  • Dra. Ana Cecília de Sousa Bastos, Universidade Federal da Bahia, Salvador/BA/Brasil. Email: acecil@ufba.br
  • Dra. Celiane Camargo-Borges, Departamento de Imagineering, da "NHTV Breda university of applied sciences", Breda/NB/Holanda. Email: celianeborges@gmail.com
  • Dr. Eduardo Augusto Tomanik, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. Email: eatomanik@gmail.com
  • Dr Francisco José Albuquerque, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa/PB/Brasil. Email: frajoba@uol.com.br
  • Dr. Guillermo Beatón Arias, Facultade de Psicología da Universidade de Havana, Havana/HA/Cuba. Email: garias@fq.oc.uh.cu
  • Dr. Gustavo Adolfo Ramos Mello Neto, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. Email: garmneto@gmail.com
  • Dr. Hugo Klappenbach, Universidad Nacional de San Luis, Buenos Aires/B.A/ Argentina. Email: hklappen@unsl.edu.ar
  • Dr. Jacques André, Universidade Paris VII, Paris/FRJ/França. Email: andre.jac@wanadoo.fr
  • Dr. José Antônio Carrobles, Universidad Autónoma de Madrid, Madri/CM/Espanha. Email: joseantonio.carrobles@uam.es
  • Dr. José Antonio Damásio Abib, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos/SP/Brasil. Email: j.abib@terra.com.br
  • Dr. José Sterza Justo, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Assis/SP/Brasil. Email: justo@assis.unesp.br
  • Dra. Maria Emília Marques, Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida, Lisboa/LB/Portugal. Email: emarques@ispa.pt
  • Dra. Maria Lucia Boarini, Universidade Estadual de Maringá, Maringá/PR/Brasil. Email: mlboarini@uol.com.br
  • Dr. Oswaldo Hajime Yamamoto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal/RN/Brasil. Email: oswaldo.yamamoto@gmail.com
  • Dr. Paulo Rogério Meira Menandro, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória/ES/Brasil. Email: paulomenamdro@uol.com.br
  • Dra. Sheila McNamee, University of New Hampshire, Durham/NH/Estados Unidos da América do Norte. Email: sheila.mcnamee@unh.edu
  • Dra. Silvia Helena Koller, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre/RS/Brasil. Email: silvia.koller@gmail.com
  • Dr. Victor Eduardo Silva Bento, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro/RJ/Brasil. Email: victorbento@oi.com.br
 

 


INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

 

Publicar textos originais sobre temáticas na área de Psicologia e nas suas interfaces com as Ciências Humanas e as Ciências da Saúde, problematizando a realidade atual, contribuindo para a prática em Psicologia e promovendo o desenvolvimento teórico. Do ponto de vista metodológico, a revista Psicologia em Estudo publica artigos que se pautem exclusivamente na perspectiva qualitativa.


Os artigos submetidos à revista serão apreciados pela equipe editorial e caso aprovados serão encaminhados para avaliadores(as) ad hoc, que devem apontar ausência de conflito de interesse na avaliação cega (blind review). Maiores detalhes na seção "Políticas Editoriais". Os pareceres emitidos pelos consultores contêm justificativas que podem sugerir a aprovação para publicação sem alterações, a aprovação para publicação com recomendações de alterações ou a não recomendação de publicação. Aos membros do Equipe Editorial, após a apreciação reformulada, cabem as decisões finais sobre os manuscritos, inclusive quanto à necessidade de novas reformulações. O Conselho Editorial reserva-se o direito de fazer pequenas modificações no texto dos autores para agilizar o processo editorial.

As informações presentes nos artigos, bem como a veracidade dos conteúdos das pesquisas, são de responsabilidade dos(as) autores(as). Solicitamos que durante a submissão do manuscrito seja apresentado o número orcid, obtido através do endereço https://orcid.org/


Psicologia em Estudo publica seus artigos nos idiomas português e inglês (bilíngue). Os textos de autores nacionais serão aceitos em português. Os textos de autores estrangeiros serão aceitos em português, inglês, francês e espanhol, devidamente revisados.

 

 

Forma e preparação dos manuscritos

 

Serão aceitos textos originais que se enquadrem nas seguintes categorias:

Em casos especiais, serão aceitos textos que já tenham sido publicados em periódicos estrangeiros, sujeitos à mesma avaliação de originais inéditos. Entretanto, nesses casos, o autor deverá apresentar autorização, com assinatura do editor da revista em que o texto tenha sido originalmente publicado, anexada de modo on line, pelo sistema de editoração da Revista.

Depois de adequados às normas, os textos originais deverão ser submetidos eletronicamente pelo site www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/PsicolEstud , em editor de texto Word for Windows 6.0 ou posterior, em espaço duplo (em todas as partes do manuscrito), em fonte tipo Times New Roman, tamanho 12, não excedendo o número de páginas apropriado à categoria em que o trabalho se insere. A configuração da página deverá ser A4, com formatação de 2,54cm para as margens superior e inferior, esquerda e direita. Não utilizar o recurso “revisor automático – controlar alterações” do Word.

As figuras, tabelas e os gráficos deverão, além das instruções específicas a seguir, considerar que: serão aceitos o total de no máximo 5 (cinco), considerando-se a somatória dessas categorias.
Figuras, incluindo legenda, uma por página em papel, colocadas ao término do texto, no mesmo arquivo, em seqüência às referências bibliográficas. Para assegurar qualidade de reprodução as figuras contendo desenhos deverão ser encaminhadas em qualidade para fotografia (resolução mínima de 300 dpi); Como a versão publicada não poderá exceder a largura de 11,5 cm para figuras, o autor deverá cuidar para que as legendas mantenham qualidade de leitura, caso redução seja necessária.

Tabelas, incluindo título e notas, devem ser apresentadas uma por página, colocadas ao término do texto, no mesmo arquivo, em seqüência às referências bibliográficas. Na publicação impressa a tabela não poderá exceder 11,5 cm de largura x 17,5 cm de comprimento. O comprimento da tabela não deve exceder 55 linhas, incluindo título e rodapé(s). Para mais detalhamentos, especialmente em casos não contemplados nestas Normas o manual da APA deve ser consultado.

Todo e qualquer texto encaminhado de modo on line à Revista deve ser acompanhado de carta assinada por todos os autores (ver modelo abaixo), onde esteja explicitada a intenção de submissão ou nova submissão do trabalho a publicação. Esta carta deve conter, ainda, autorização para reformulação de linguagem, se necessária para atender aos padrões da Revista. Em caso de texto de autoria múltipla, serão aceitos no máximo seis autores. Em caso de mais de quatro autores, recomendação a inclusão de uma nota ao final do manuscrito indicando a contribuição de cada um. É importante destacar que o total dos arquivos encaminhados eletronicamente não podem ultrapassar 3MB e no arquivo no qual estará contido o texto não pode haver nenhum tipo de identificação, nem mesmo nas propriedades do Word, para garantir a avaliação blind review.

Quanto às referências, utilize espaço simples nessa seção, com espaço duplo para separá-las. As referências devem ser citadas em ordem alfabética pelo sobrenome dos autores. Em casos de referência a múltiplos estudos do mesmo autor, utilize ordem cronológica, ou seja, do estudo mais antigo aos mais recentes desse autor. Nomes de autores não devem ser substituídos por travessões ou traços. Para maiores informações consultar manual da APA (6ªedição) em https://www.apastyle.org/.


Apresentação dos manuscritos
A apresentação dos textos deve atender a seguinte ordem:

1.   Folha de rosto contendo:
Título pleno em português, entre 10 e 12 palavras.
Sugestão de título abreviado em português, para cabeçalho, não devendo exceder 4 palavras.
Título pleno em inglês, compatível com o título em português.
Título pleno em espanhol, compatível com o título em português.
Sugestão de título abreviado em português, inglês e espanhol.

2. Folha(s) contendo:
-    Resumo, em português.
Todos os textos inclusos nas categorias de 1 a 3 devem conter resumos com 150 a 250 palavras. As demais categorias dispensam resumos. Ao resumo devem seguir 3 palavras-chave (A primeira iniciando com letra maiúscula e as demais em letras minúsculas e separadas por ponto e vírgula).
- Abstract e keywords, tradução do resumo e das palavras-chave em inglês.
- Resumene palabras clave, tradução do resumo e das palavras-chave em espanhol.

3.  Anexos e/ou Apêndices, apenas quando contiverem informação original importante, ou destaque indispensável para a compreensão de alguma seção do texto. Recomenda-se evitar anexos e apêndices.

4.  Folha contendo títulos de todas as figuras, numeradas conforme indicado no texto.

5. As figuras, tabelas e os gráficos deverão, além das instruções específicas a seguir, considerar que: serão aceitos o total de no máximo 5 (cinco), considerando-se a somatória dessas categorias.

6.  Figuras, incluindo legenda, uma por página em papel, colocadas ao término do texto, no mesmo arquivo, em sequência às referências bibliográficas. Para assegurar qualidade de reprodução as figuras contendo desenhos deverão ser encaminhadas em qualidade para fotografia (resolução mínima de 300 dpi); Como a versão publicada não poderá exceder a largura de 11,5 cm para figuras, o autor deverá cuidar para que as legendas mantenham qualidade de leitura, caso redução seja necessária.

7. Tabelas, incluindo título e notas, devem ser apresentadas uma por página, colocadas ao término do texto, no mesmo arquivo, em sequência às referências bibliográficas. Na publicação impressa a tabela não poderá exceder 11,5 cm de largura x 17,5 cm de comprimento. O comprimento da tabela não deve exceder 55 linhas, incluindo título e rodapé(s). Para mais detalhamentos, especialmente em casos não contemplados nestas Normas o manual da APA deve ser consultado.

8. Texto deverá apresentar: introdução, método, resultados e discussão e, considerações finais/conclusão – não sendo obrigatório utilizar estes termos como ítens. As notas de rodapé (no máximo 5 em todo o trabalho), se imprescindíveis, deverão ser colocadas ao pé das páginas, ordenadas por algarismos arábicos que deverão aparecer imediatamente após o segmento de texto ao qual se refere a nota. Os locais sugeridos para inserção de figuras e tabelas deverão ser indicados no texto. Não utilizar os termos apud, op. cit., id., ibidem e outros (eles não fazem parte das normas da APA).

9.  Referências não devem ultrapassar o limite de 30 (trinta), incluindo neste total até 10% de citações referentes aos próprios autores. No mínimo, 40% do total devem referir-se aos últimos 5 anos. Salvo justificativa, estes limites serão revistos pelo Conselho Editorial, por exemplo, nos casos de artigos de revisão histórica. Alertamos os autores que a atualização do texto será avaliada pelos consultores

  • Relato de pesquisa:síntese de pesquisa original (mínimo 20 e máximo de 25 laudas);
  • Revisão de Literatura/Estudo teórico:artigos resultantes de elaboração teórica, revisão crítica de bibliografia e/ou temática específica (mínimo 20 e máximo 25 laudas);
  • Relato de experiência profissional: artigo que apresente descrição de experiência individual ou coletiva de proposta de intervenção pontual, que faça o contraponto teoria/prática e indique com precisão as condições de realização da experiência relatada (mínimo 10 e máximo 15 laudas);
  • Debate: matéria de caráter ensaístico, opinativo, sobre temas de polêmica atual ou que se queira propor para polemizar. Cabem aqui réplicas a matérias anteriormente publicadas. A avaliação é realizada pelo Conselho Editorial e Equipe Executiva (mínimo 10 e máximo 12 laudas);
  • Entrevista: Relato de entrevista realizada com pesquisadores Nacionais e Internacionais de grande relevância científica para a área da Psicologia. A avaliação é realizada pelo Conselho Editorial e Equipe Executiva (mínimo 10 e máximo 15 laudas);
  • Seção Especial: nesta modalidade, de caráter eventual, serão selecionados textos que não se enquadrem nas modalidades previstas no periódico, que tragam contribuição relevante tanto aos leitores quanto à comunidade científica como: relatório de gestão, conferências de autores de renome nacional ou internacional apresentadas em eventos científicos, tradução de artigos ou textos de autores internacionais, que sejam inéditas em língua portuguesa, entre outros definidos pela Equipe Editorial da revista. Os textos desta modalidade são avaliados somente pelo Conselho Editorial e equipe executiva da revista quanto ao seu mérito científico (mínimo 15 e máximo 25 laudas).

OBS. Apenas a folha de rosto não é contabilizada no total de laudas do artigo.

Modelo de carta de encaminhamento
Encaminhamos à Revista Psicologia em Estudo para apreciação e possível publicação, o texto intitulado (título do texto) que se trata de (Relato de pesquisa, Estudo teórico, Relato de experiência, Resenha, Debate).
Declaramos que o presente trabalho é inédito e original, seguiu rigorosamente todos os procedimentos éticos e não está submetido a outra revista para publicação.
Autorizamos a reformulação de linguagem, caso necessária para atender aos padrões da Revista Psicologia em Estudo.

Atenciosamente,
Nomes
assinaturas de todos os autores

Conflito de interesses
Os artigos submetidos à revista serão apreciados pela equipe editorial e caso aprovados serão encaminhados para avaliadores(as) ad hoc, que devem apontar ausência de conflito de interesse na avaliação cega (blind review). São considerados potenciais conflitos de interesse, quando autores, revisores ou editores possuem interesses que, aparentes ou não, podem influenciar a elaboração ou avaliação de manuscritos. O conflito de interesses pode ser de natureza pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira.

Direitos autorais

Ao submeterem o manuscrito ao Conselho Editorial de Psicologia em Estudo, o(s) autor(es) assume(m) a responsabilidade de não ter previamente publicado ou submetido o mesmo manuscrito por outro periódico. Em caso de autoria múltipla, o manuscrito deve vir acompanhado de autorização assinada por todos os autores. Artigos aceitos para publicação passam a ser propriedade da revista, não podendo ser reproduzidos sem consentimento por escrito.
 

 

Envio de manuscritos

 

Os manuscritos devem ser enviados pelo endereço eletrônico da revista http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/PsicolEstud/about/submissions#onlineSubmissions

 

 


Universidade Estadual de Maringá Avenida Colombo, 5790, CEP: 87020-900, Maringá, PR - Brasil., Tel.: 55 (44) 3011-4502; 55 (44) 3224-9202 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: revpsi@uem.br