(Atualizado: 15/02/2022)

Sobre o periódico

 

Informações básicas

 

Histórico: O Serviço Social é uma profissão regulamentada por lei e uma área de conhecimento científico que vem se desenvolvendo há mais de setenta anos no Brasil. Conta em nosso país com mais de 85 mil assistentes sociais formados e registrados nos seus Conselhos Regionais de Fiscalização Profissional. Numericamente, o Brasil tem hoje o segundo maior conjunto de assistentes sociais do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Segundo Yazbek, Martinelli e Raichelis (2008), "a produção crítica sobre a profissão está concentrada no Brasil, considerando inclusive que todos os cursos de doutorado estão em universidades brasileiras e são responsáveis também pela formação dos primeiros mestres e doutores em países da América Latina e Europa."

Nas últimas três décadas, a área apresentou grande desenvolvimento de sua produção acadêmica, que além de contribuir com o desenvolvimento de novas e aprimoradas intervenções profissionais nos mais variados campos das políticas sociais, objetivouse em centenas de livros, artigos, resenhas, e comunicações de pesquisas.

O Serviço Social brasileiro enriqueceuse, assim, ao transitar de uma disciplina quase que exclusivamente de intervenção para uma vigorosa área de produção de conhecimento sobre a realidade social, o que contribuiu decisivamente para a criação dos cursos de PósGraduação que deram novo influxo à pesquisa e à produção bibliográfica na área.

Desde sua criação, em setembro de 1979, a revista Serviço Social & Sociedade, apresenta uma política editorial pautada pela diretriz de dar voz a essa valiosa produção acadêmica e profissional dos assistentes sociais e de pesquisadores de áreas afins, repercutindo também o desenvolvimento sociopolítico do Serviço Social e o pensamento de suas entidades representativas.

O periódico nasceu na conjuntura do final do regime militar no Brasil, quando muitos movimentos sociais e populares questionavam o Estado autoritário e clamavam por liberdades democráticas. Momento também de fortes mobilizações sindicais que levaram às grandes greves do ABC paulista e à fundação do Partido dos Trabalhadores e da CUT.

Foi esse o contexto que marcou o processo de rearticulação das forças políticoprofissionais na sociedade brasileira e no Serviço Social, promovendo uma diversificação e democratização das formas de expressão e das linhas de pesquisa dos assistentes sociais. Neste sentido, a revista Serviço Social & Sociedade foi, em sua gênese, contemporânea do importante movimento de renovação do Serviço Social e continua contribuindo com o desenvolvimento acadêmico e profissional dessa área de conhecimento e intervenção na realidade, bem como de áreas afins.

É a primeira Revista de circulação nacional na área do Serviço Social, mantendose como um dos mais importantes periódicos de consulta obrigatória de professores e estudantes universitários, de pesquisadores e profissionais que buscam sintonizarse com o debate de grandes questões nacionais e internacionais que incidem no Serviço Social e nas ciências humanas e sociais.

Segundo a pesquisadora Maria Ozanira da Silva e Silva "é o único periódico na América Latina que chegou ao número 100, mantendo fluxo regular de publicação durante trinta anos". A mesma pesquisadora ressalta ainda a "recente classificação no Estrato A1 no Sistema Qualis Periódicos da Capes/MEC". (Cf. Silva e Silva, 2009:601)

Objetivos: Dar visibilidade à produção acadêmica e profissional de assistentes sociais e de pesquisadores de áreas afins, bem como contribuir com o debate e o aprofundamento crítico e analítico da teoria social, enfocando, preferencialmente, temas que dizem respeito à realidade brasileira e latinoamericana.

Áreas de interesse: Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Serviço Social, Ética, Ciência Política, Políticas Públicas, Saúde.

Informações adicionais: Desde a sua criação, a cada 50 números, a Revista é objeto de reformulação do seu projeto gráficoeditorial, o que ocorreu recentemente com a publicação do número 100, de setembro/dezembro de 2009, sempre no sentido de modernizar e melhorar a qualidade visual da Revista, tornandoa mais atraente e de ágil manuseio para seus leitores. Além disso, nos seus números comemorativos que marcam a passagem de décadas de sua existência, a Serviço Social & Sociedade vem promovendo mesas de debates com pesquisadores e profissionais convidados, geralmente sobre um tema de grande interesse para a área, posteriormente revisto e editado para publicação em suas páginas, iniciativa que tem recebido grande acolhida de seu público. No número 100 inovou ainda quando fez acompanhar da publicação impressa de dois DVDs que reproduziram na íntegra o debate promovido pela Revista quando da comemoração das suas três décadas de existência.

Periodicidade: Quadrimestral

O título abreviado do periódico é Serv. Soc. Soc., que deve ser usado em bibliografias, notas de rodapé, referências e legendas bibliográficas.

 

 

Propriedade intelectual

 
  • Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição CC-BY.

A revista on-line tem acesso aberto e gratuito.

 

 


 

Corpo editorial

 

Editores

 
  • Danilo Morales
    Cortez Editora Ltda
    São Paulo/SP - Brasil
  • Maria Liduína de Oliveira e Silva
    Assistente social pela Universidade Federal do Pará; Mestrado e doutorado em Portugal em Serviço Social pela PUC-SP, São Paulo, Brasil. Assessora editorial da área de Serviço Social da Cortez Editora. liduoliveira90@gmail.com.
 

 

Conselho editorial

 
  • Ana Elizabete Fiuza Simões da Mota (Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Pernambuco/PE, Brasil.)
  • Esther Luíza de Souza Lemos (Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Toledo –Paraná/PR, Brasil.)
  • Joana Valente Santana (Universidade Federal do Pará/UFPA-Belém/PA, Brasil)
  • Jussara Francisca de Assis (Universidade Federal Fluminense-UFF, Niterói/RJ, Brasil)
  • Mariangela Belfiore Wanderley (Pontifícia Universidade Católica/PUCSão Paulo/SPBrasil)
  • Maria Inês Souza Bravo (Universidade do Estado do Rio de Janeiro/UERJRio de Janeiro/RJBrasil)
  • Raquel Raichelis (Pontifícia Universidade Católica/PUCSão Paulo PUCSão Paulo/SPBrasil)
  • Raquel Santos Sant’Ana (Universidade Estadual de São Paulo – Franca/SP, Brasil)
  • Renato Francisco dos Santos Paula (Universidade Federal de Goiás-UFG, Goiás/GO, Brasil)
  • Rosangela Dias O. da Paz (Pontifícia Universidade Católica/PUCSão Paulo PUC São Paulo/SPBrasil)
  • Silvana Mara de Morais dos Santos (Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, Natal, Rio Grande do Norte/RN, Brasil)
 

 

Conselho editorial ampliado

 
  • Alcina M. de Castro Martins (Instituto Superior Miguel TorgaCoimbra/Portugal)
  • Ana Elizabete Mota (Universidade Federal de Pernambuco/UFPERecife/PEBrasil)
  • Berenice Rojas Couto (Pontifícia Universidade Católica/PUCPorto Alegre/RSBrasil)
  • Bernardo Alfredo Henríquez (Instituto Superior Miguel TorgaCoimbra/Portugal)
  • Elaine Rossetti Behring (Universidade do Estado do Rio de Janeiro/UERJRio de Janeiro/RJBrasil)
  • Eunice Teresinha Fávero (Universidade Cruzeiro do Sul/UnicsulSão Paulo/SPBrasil)
  • Ivanete Boschetti (Universidade Federal do Rio de Janeiro-ESS/UFRJ, Rio de Janeiro/RJ, Brasil)
  • Ivete Simionatto (Universidade Federal de Santa Catarina/UFSCFlorianópolis/SCBrasil)
  • José Paulo Netto (Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJRio de Janeiro/RJBrasil) Jussara M. R. Mendes (Pontifícia Universidade Católica/PUCPorto Alegre/RSBrasil)
  • Maria Aparecida Cassab (UFMGBelo Horizonte/MGBrasil)
  • Maria Helena V. Nunes (Universidade Católica Portuguesa Braga/Portugal)
  • Maria Lorena Molina (Escuela de Trabajo Social de la Universidad de Costa RicaSan José/Costa Rica)
  • Maria Ozanira da Silva e Silva (Universidade Federal do Maranhão/UFMASão Luis/MABrasil)
  • Marina Maciel Abreu (Universidade Federal do Maranhão/UFMA São Luis/MABrasil)
  • Marilda Vilella Iamamoto (Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJRio de Janeiro/RJBrasil)
  • Margarita Rozas (Universidad Nacional de La PlataBuenos Aires/Argentina)
  • Norma Montesino (Lunds Universitet SocialhogskolaLund/Suécia)
  • Potyara Amazoneida Pereira Pereira (Universidade de Brasília/UnBBrasília/DFBrasil)
  • Raquel Castronovo (Universidad Nacional de La MatanzaBuenos Aires/Argentina)
 

 

Produção editorial

 

Revisão

  • Ana Maria Barbosa
  • Ana Paula Luccisano

Composição

  • Linea Editora Ltda.

Arte Final

  • Linea Editora Ltda.

Assessoria Editorial

  • Maria Liduína de Oliveira e Silva

Editora-assistente

  • Priscila Flório Augusto
 

 


 

Instruções aos autores

 

Orientação para envio e apresentação de artigos

 

A Revista Serviço Social & Sociedade (Qualis A1) é uma publicação quadrimestral da Cortez Editora que vem sendo publicada ininterruptamente desde 1979, constituindo-se em um espaço de manifestação de questões do Serviço Social e das Ciências Humanas e Sociais, da teoria social e das políticas públicas e de temas da realidade brasileira e mundial.

Não serão publicados artigos que atentem contra a ética profissional, que contenham termos ou ideias preconceituosas ou que exprimam pontos de vista incompatíveis com a filosofia de trabalho do Conselho Editorial ou da Cortez Editora.

Os conceitos e as informações contidas nos textos e publicados na Revista Serviço Social & Sociedade são de inteira responsabilidade do(a) autor(a), não refletindo necessariamente o pensamento do Conselho Editorial da Revista ou da Cortez Editora.

A estrutura da Revista é aberta, possibilitando a apresentação de artigos resultantes de pesquisas, entrevistas e resenhas.

A Revista on-line tem acesso aberto e gratuito e, para que ela continue dessa forma com acesso ao conhecimento para todos e todas, comunicamos que a partir do número 141, os(as) autores(as), cujo artigo foi avaliado e aprovado para publicação, deverão contribuir com o valor de R$480,00 (quatrocentos e oitenta reais) ou $ 100.00 (cem dólares). Esse valor será usado para cobrir os custos dos processos editoriais: preparação de texto, revisão linguístico-textual, revisão das normas ABNT, diagramação, conversão XML e editoração em geral. Além disso, caso seu artigo seja selecionado para ser publicado em idioma estrangeiro (inglês ou espanhol), deverá ser acrescentado o valor de R$18,00 (dezoito reais) ou $ 4.00 (quatro dólares) por lauda traduzida (entende-se por 1 lauda = 1.400 caracteres).

O(A) autor(a), ao receber o comunicado do Departamento Editorial de que seu artigo foi aprovado para publicação, terá o prazo de 7 (sete) dias corridos para efetuar o pagamento na conta informada pela Cortez Editora. No caso de não pagamento do valor do custo editorial até a data estipulada, o artigo não mais fará parte da edição da Revista.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Desde janeiro de 2016, a Revista Serviço Social & Sociedade opera exclusivamente pelo Sistema SciELO de Publicação, que utiliza o Open Journal System como suporte de gerenciamento eletrônico e publicação de periódicos científicos. Dessa forma, todo o processo de captação e arbitragem dos artigos passa necessariamente por essa plataforma eletrônica. Cada autor(a) deverá se registrar no sistema Submission e submeter seus trabalhos para apreciação do Comitê Editorial, podendo, inclusive, acompanhar o processo de avaliação de seu texto a partir de seu login e senha. O acesso ao sistema de cadastro é feita a partir do linkhttp://submission.scielo.br/index.php/sssoc/login

Após o registro com login e senha, o(a) autor(a) estará apto a submeter seu artigo para avaliação dos pareceristas e do Conselho Editorial.

O texto, recebido apenas por meio da plataforma SciELO, é submetido ao sistema de avaliação duplo-cego de pareceristas ad hoc especializados. Esses pareceres são encaminhados para o Comitê Editorial previamente designado para cada número específico da Revista, que avalia cada parecer e artigo e define quais artigos comporão o referido número. Essa decisão ocorre em reunião quadrimestral do Conselho Editorial.

 

 

Condições para a submissão

 

Ao submeter um trabalho ao periódico, os(as) autores(as) devem ler, aceitar e marcar como realizada cada condição para a submissão. A lista de condições também é apresentada em Diretrizes para Autores(as), na página Sobre o Periódico. Os itens são:

1. O(s) nome(s) dos(as) autores(as) estão devidamente omitidos ao longo do texto (requisito para análise duplo-cego);

2. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outro periódico; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor";

3. O arquivo da submissão está em formato Word. O texto está em espaço 1,5, usa uma fonte de 12 pontos Arial ou Times New Roman;

4. No momento do cadastro no sistema, todos(as) os (as) autores(as) devem informar seu ORCID, sua qualificação, nome da instituição, bem como da faculdade e do departamento ao qual estão vinculados e e-mail para contato. Essas informações não devem aparecer no artigo (vide item 1);

5. Apresenta título (conciso e informativo, com no máximo de 100 caracteres com espaço). O título deve estar em caixa alta e baixa, ou seja, primeira letra em maiúscula e as demais em minúscula;

6. O título deve estar nos idiomas português ou espanhol e inglês. O título traduzido para o inglês deve vir logo abaixo do título em português ou espanhol;

7. Apresenta em português ou espanhol e em inglês resumo com no máximo 500 caracteres com espaço e de 3 a 6 palavras-chave;

8. O volume total de texto não ultrapassa 40 mil caracteres com espaço, contando desde o título até a última referência bibliográfica;

9. O artigo não apresenta mais que 3 autores(as);

10.As referências bibliográficas estão no final do artigo em ordem alfabética, contendo apenas as obras que tenham sido referidas ao longo do texto, e não as obras que serviram para simples consulta. Devem estar de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT);

11. No caso de textos resultantes de pesquisas com seres humanos, estes devem ter sido aprovados pelo Comitê de Ética ou órgão similar, mediante apresentação de comprovação;

12. Declara estar ciente de que, em caso de aprovação do texto, terá até 7 dias corridos para efetuar o pagamento da taxa de publicação;

13. Declara estar ciente de que, quando iniciar o processo de revisão do texto aprovado, o(a) autor(a) terá até 3 dias para responder às dúvidas/pendências, a contar da data do envio do e-mail por parte do Departamento Editorial solicitando a intervenção do(a) autor(a). Em caso de descumprimento do prazo, o artigo não será publicado;

14. Declara estar ciente de que a inobservância de algum dos itens acima poderá implicar a exclusão da submissão do texto.

 

 

Direitos autorais

 

1. A simples remessa de originais para avaliação, em caso de aprovação, já implica autorização para publicação, bem como a comercialização pela editora;

2. O copyright dos artigos publicados pertence aos(às) autores(as), e os direitos autorais de cada edição pertencem à Cortez Editora. Portanto, caso os(as) autores(as) queiram republicar seus artigos em coletâneas ou outros periódicos, basta mencionar a primeira publicação na Revista Serviço Social & Sociedade;

3. Caso a Editora decida pela tiragem impressa de um número específico da Revista, os(as) autores(as), cujos artigos foram publicados naquela edição, serão informados e receberão 2 exemplares a título de direitos autorais, no caso de um(a) único(a) autor(a) por artigo. Sendo dois (duas) ou três autores(as), terão direito a 1 exemplar cada um(a). Os exemplares serão enviados a um único endereço, cabendo ao(à) autor(a) que os recebeu encaminhá-los aos(às) demais autores(as).

 

 


 

Cortez Editora Ltda Rua Monte Alegre, 1074, 05014-001 - São Paulo - SP, Tel: (55 11) 3864-0111 , Fax: (55 11) 3864-4290 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: servicosocial@cortezeditora.com.br