Acta Botanica Brasilica, Volume: 24, Issue: 2, Published: 2010
  • Cytogenetic characterization in Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan (Mimosoideae) and Guazuma ulmifolia Lam. (Sterculiaceae) Artigos

    Ortolani, Flavia Aparecida; Melloni, Maria Natália Guindalini; Mariotto, Cecília Fernanda Greggio; Moro, José Roberto

    Abstract in Portuguese:

    Análises cariotípicas são importantes ferramentas de auxílio aos estudos de relações taxonômicas dentro dos grupos vegetais. Espécies arbóreas nativas encontradas no cerrado brasileiro têm sido pouco analisadas do ponto de vista citogenético e citotaxonômico. Com o objetivo de determinar o número cromossômico diplóide, a biometria e a morfologia cromossômica de Anadenanthera colubrina (angico-branco) e Guazuma ulmifolia (mutambo), sementes dessas espécies foram coletadas no município de Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, Brasil. A utilização de 8-hidroxiquinoleína 0,003M a 36ºC, durante três horas possibilitou a separação cromossômica. Coloração Giemsa 2% por três minutos permitiu o estudo cariológico. A classificação cromossômica foi baseada no índice centromérico. Anadenanthera colubrina possui 2n = 26 cromossomos com comprimento cromossômico médio de 1,349 µm ± 0,017 e formulação cariotípica 8SM + 14M + 2T + 2AC. Guazuma ulmifolia apresenta 2n = 16 cromossomos com comprimento médio de 1,225 µm ± 0,023 e formulação cariotípica 4SM + 10M + 2T. Esses resultados podem subsidiar estudos de taxonomia, de manipulação cromossômica, bem como auxiliar na produção de progênies híbridas em programas de melhoramento.

    Abstract in English:

    Karyotype analyses are important aid tools for taxonomic relationship studies. Native arboreal species found in the Brazilian "cerrado" have been poorly analyzed cytogenetically and cytotaxonomically. To determine diploid chromosome number, biometry and chromosome morphology of Anadenanthera colubrina ("angico-branco") and Guazuma ulmifolia ("mutambo"), seeds of these species were collected in Três Lagoas municipality, Mato Grosso do Sul, Brazil. The use of 8-hydroxiquinoleine 0.003M at 36ºC, for three hours caused chromosome separation. Giemsa coloration 2% for three minutes allowed the karyological study. Chromosome classification was based on the centromeric index. Anadenanthera colubrina has 2n = 26 chromosomes with chromosome medium length of 1.349 µm ± 0.017 and karyotype formulation 8SM + 14M + 2T + 2AC. Guazuma ulmifolia has 2n = 16 chromosomes with medium length of 1.225 µm ± 0.023 and karyotype formulation 4SM + 10M + 2T. These results can subsidize taxonomic and chromosomic manipulation studies, as well as the production of hybrid progenies in improvement programs.
  • Species of Parmotrema sensu strict (Parmeliaceae, Ascomycota) from the central-southern coast of São Paulo state II: Chemical groups equinocarpic and stictic Artigos

    Benatti, Michel Navarro; Marcelli, Marcelo Pinto

    Abstract in Portuguese:

    O levantamento das espécies pertencentes aos gêneros de grandes parmélias do litoral centro-sul do Estado de São Paulo revelou a ocorrência de sete espécies de Parmotrema sensu stricto (talos foliosos de lobos arredondados em geral com mais de 0,5 cm larg. com margens inferiores não rizinadas) contendo como constituintes químicos medulares os ácidos equinocárpico ou stíctico. São tipicamente reconhecidos pela forte cor amarela que resulta dos testes de coloração com hidróxido de potássio. São apresentados chave de identificação, descrições, comentários e ilustrações baseados em material brasileiro.

    Abstract in English:

    In a survey of the species pertaining to genera of large parmeliae occurring in the coastal areas of the central-southern coast of São Paulo state, Brazil, seven species of Parmotrema sensu stricto (foliose thalli with rounded lobes usually more than 0.5 mm wide with nude lower margins) containing equinocarpic or stictic acids as the main medullar substances were found. These are typically recognized by the strong yellow- staining potassium hydroxide spot test. An identification key, descriptions, comments, and illustrations based on Brazilian material are provided for these species.
  • Early development of Dimorphandra wilsonii (Fabaceae - Caesalpinioideae) in Cerrado under different soil fertility conditions Artigos

    Fonseca, Márcia Bacelar; França, Marcel Giovanni Costa; Zonta, Everaldo; Giorni, Victor

    Abstract in Portuguese:

    Dimorphandra wilsonii Rizz. é uma espécie arbórea criticamente ameaçada de extinção. Foi descrita para áreas de maior fertilidade no Domínio do cerrado; entretanto, atualmente ocorre em áreas isoladas e de baixa fertilidade natural. Com o objetivo de avaliar a adaptação desta espécie a condições de oligotrofia, plantas foram cultivadas em casa de vegetação em solo destas áreas oligotróficas, mas com diferentes níveis de fertilidade. A partir da análise de fertilidade do solo foram definidas as doses de macronutrientes (NPK) e a dose de calcário a serem utilizadas nos tratamentos que se constituíram de dois níveis de calagem e três níveis de adubação. Após 220 dias do plantio, os tratamentos que aumentaram significativamente o crescimento foram aqueles que receberam adubação com a dose indicada de NPK em solo não corrigido pela calagem e aquele que teve o solo calado e adubado com duas vezes a dose indicada de NPK. A calagem por si só não promoveu maior crescimento, mas propiciou respostas crescentes de crescimento a níveis crescentes de disponibilidade de nutrientes. Foram encontrados nódulos radiculares em todos os tratamentos, e os resultados permitiram concluir que a espécie apresenta requerimento nutricional coerente com sua área de origem no Domínio do Cerrado. Também foi possível ressaltar a fixação biológica de nitrogênio, incomum em Caesalpinioideae, como estratégia adaptativa para crescimento em áreas com baixa oferta de nutrientes.

    Abstract in English:

    Dimorphandra wilsonii Rizz. is a critically endangered tree species. It has been described for sites of higher soil fertility in the Cerrado Domain. However, it occurs nowadays in isolated areas of low natural fertility. To study species adaptation to oligotrophic conditions, plants were grown in a greenhouse in soils from oligotrophic sites but with different levels of fertility. After soil fertility analysis, the macronutrients (NPK) and lime doses to be used in each treatment were defined, resulting in a combination of two liming levels and three fertilization levels. After 220 days, the treatments that significantly increased seedling growth were the one whose substrate was limed and fertilized with twice the prescribed NPK dosage, and the one with the indicated dosage of NPK but no liming. Liming itself did not promote growth enhancement, but favored increased growth response to increasing levels of nutrient availability. Root nodules were found in all the treatments, and the results led to the conclusion that D. wilsonii nutritional requirements are consistent with its original distribution sites in the Cerrado Domain. It was also possible to highlight nitrogen biological fixation, an unusual feature in Caesalpinioideae, as an adaptive strategy for survival in areas of low nutrient availability.
  • Considerations on harvesting Sphagnum in Cananéia municipality, São Paulo state, Brazil Artigos

    Rancura, Sheila; Ribeiro, Marcelo Martins; Nordi, Nivaldo

    Abstract in Portuguese:

    O manejo de espécies florestais não madeireiras é uma importante alternativa para a manutenção das florestas. Contudo, a demanda por algumas espécies em escala comercial pode resultar em impactos negativos sobre a biodiversidade local. As briófitas, particularmente espécies do gênero Sphagnum, estão entre os recursos vegetais explorados em áreas de restinga no município de Cananéia, litoral sul do Estado de São Paulo. A coleta das briófitas pela população local visa atender ao mercado de plantas ornamentais. Para avaliação da regeneração do Sphagnum foram instaladas parcelas e realizadas duas coletas simulando a forma de extração tradicional, que consiste na coleta manual e seletiva da camada superficial de Sphagnum com altura aproximada de 15 cm. Foram medidas as variáveis altura, porcentagem de cobertura e rendimento do Sphagnum. Sob as condições encontradas no experimento de simulação da extração tradicional, os resultados indicaram que decorridos seis e sete meses após a coleta o Sphagnum apresentou altura e rendimento semelhantes à condição inicial. Tais resultados reforçam a percepção dos extrativistas de que há um intervalo ótimo para a realização de uma nova coleta de Sphagnum no mesmo local. Dessa forma, quando a coleta é realizada da forma tradicional, os impactos negativos da extração sobre o crescimento de Sphagnum tendem a ser minimizados.

    Abstract in English:

    The management of non-timber forest products is an important alternative for forest maintenance. Nevertheless, the demand for some species on a commercial scale may result in negative impacts for local biodiversity. Bryophytes, particularly species of the genus Sphagnum, are among the plant resources exploited in restinga areas of Cananéia, on the southern coast of São Paulo state, Brazil. The harvesting of bryophytes by the local population aims to supply the ornamental plant market. To assess Sphagnum regeneration, plots were established and two harvests were carried out simulating traditional harvesting, which consists of manual and selective harvest of the superficial Sphagnum layer of approximately 15 cm. Height as well as percent cover and Sphagnum yield were measured. Under experimental conditions, the results demonstrated that six and seven months after harvest Sphagnum presented height and yield similar to the initial values. As suggested by the harvesters, there might be an optimal period of time between harvests. In this sense, harvesting practices in their traditional form tend to minimize the negative impacts on Sphagnum growth.
  • Pinnulariaceae (Bacillariophyceae) of the Guaraguaçu River, a coastal watershed in Paraná, Brazil Artigos

    Tremarin, Priscila Izabel; Moreira-Filho, Hermes; Ludwig, Thelma Alvim Veiga

    Abstract in Portuguese:

    O estudo das Pinnulariaceae do rio Guaraguaçu baseou-se em 29 amostras planctônicas e perifíticas coletadas em seis estações de coleta ao longo do leito do rio. A análise qualitativa das amostras permitiu a identificação de 36 espécies, 14 variedades e uma forma taxonômica: Caloneis bacillum, C. hyalina, C. formosa, C. westii, Pinnularia acoricola, P. acrosphaeria, P. acrosphaeria f. minor, P. acuminata var. acuminata, P. acuminata var. novazealandica, P. borealis var. rectangularis, P. brauniana, P. butantanum, P. decrescens var. ignorata, P. divergens var. biconstricta, P. divergens var. divergens, P. divergens var. malayensis, P. divergens var. media, P. divergens var. mesoleptiformis, P. diversarea, P. dornii, P. gibba, P. graciloides var. latecapitata, P. grunowii, P. hartleyana var. curta, P. huckiae, P. hudsonii, P. hyalina, P. inconstans, P. latevittata, P. maculata, P. meriadiana var. parallela, P. michelcostei, P. microstauron, P. neomajor, P. nobilis var. regularis, P. oominensis, P. rhombarea, P. rostratissima var. parva, P. rumrichae, P. stidolphii, P. stoermeri, P. subcapitata, P. subgibba var. subgibba, P. subgibba var. undulata, P. sudetica, P. tabellaria, P. viridiformis, P. viridis, Pinnularia sp.1 e Pinnularia sp.2; sendo 32 destas novos registros para o estado do Paraná.

    Abstract in English:

    The survey of Pinnulariaceae was based on 29 planktonic and periphytic samples collected at six stations in the Guaraguaçu River. The qualitative analysis of samples allowed the identification of 36 species, 14 varieties and one taxonomic form: Caloneis bacillum, C. hyalina, C. formosa, C. westii, Pinnularia acoricola, P. acrosphaeria, P. acrosphaeria f. minor, P. acuminata var. acuminata, P. acuminata var. novazealandica, P. borealis var. rectangularis, P. brauniana, P. butantanum, P. decrescens var. ignorata, P. divergens var. biconstricta, P. divergens var. divergens, P. divergens var. malayensis, P. divergens var. media, P. divergens var. mesoleptiformis, P. diversarea, P. dornii, P. gibba, P. graciloides var. latecapitata, P. grunowii, P. hartleyana var. curta, P. huckiae, P. hudsonii, P. hyalina, P. inconstans, P. latevittata, P. maculata, P. meriadiana var. parallela, P. michelcostei, P. microstauron, P. neomajor, P. nobilis var. regularis, P. oominensis, P. rhombarea, P. rostratissima var. parva, P. rumrichae, P. stidolphii, P. stoermeri, P. subcapitata, P. subgibba var. subgibba, P. subgibba var. undulata, P. sudetica, P. tabellaria, P. viridiformis, P. viridis, Pinnularia sp.1 and Pinnularia sp.2; 32 of these are new records for Parana state.
  • The genus Inga Mill. (Leguminosae - Mimosoideae) in Paraná state, Brazil Artigos

    Possette, Rafael Fernando da Silva; Rodrigues, William Antônio

    Abstract in Portuguese:

    O tratamento taxonômico do gênero Inga no Estado do Paraná, Brasil, foi baseado em coleções de herbário, trabalhos de campo e consulta à literatura referente ao gênero Inga disponível até a presente data. Doze táxons do gênero são assinalados, incluindo 10 espécies e 2 subespécies: I. barbata Benth., I. edulis Mart., I. edwallii (Harms.) T. D.Penn., I. laurina (Sw.) Willd., I. lentiscifolia Benth., I. marginata Willd., I. sellowiana Benth., I. sessilis (Vell.) Mart., I. striata Benth., I. subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn., I. vera subsp. affinis (DC) T. D. Penn. e I. virescens Benth.. São apresentadas chave de identificação, descrições e ilustrações além de serem fornecidos dados sobre distribuição geográfica, hábitat, época de floração e frutificação e o grau de conservação dos táxons em seu ambiente natural no Estado do Paraná.

    Abstract in English:

    Taxonomic treatment of the genus Inga in Paraná state, Brazil, was based on field work, herbaria materials and consultation of the literature concerning the genus Inga available up to now. Twelve taxa of the genus are presented, including 10 species and 2 subspecies: I. barbata Benth., I. edulis Mart., I. edwallii (Harms.) T. D.Penn., I. laurina (Sw.) Willd., I. lentiscifolia Benth., I. marginata Willd., I. sellowiana Benth., I. sessilis (Vell.) Mart., I. striata Benth., I. subnuda subsp. luschnathiana (Benth.) T. D. Penn., I. vera subsp. affinis (DC) T. D. Penn. and I. virescens Benth.. An identification key, descriptions and illustrations of Inga taxa from the study area are presented. Additional information on geographic distribution, habitat, flowering and fruiting period and conservation status in their natural habitat in Paraná state are provided.
  • Influence of environmental variation on Atlantic Forest tree-shrub-layer phytogeography in southeast Brazil Articles

    Nettesheim, Felipe Cito; Menezes, Luis Fernando Tavares de; Carvalho, Daniel Costa de; Conde, Marilena Menezes Silva; Araujo, Dorothy Sue Dunn de

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho analisou dados de 32 remanescentes florestais nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, através de análises multivariadas para responder a pergunta: Existem padrões floristicos do estrato arbóreo-arbustivo da Floresta Atlântica relacionados a Serra do Mar e alargamento das planícies costeiras nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo? Foram utilizadas três análises multivariadas para investigar as relações entre a flora arbóreo-arbustiva e a variação ambiental das 32 áreas. As análises demonstraram influência de alterações geo-climáticas sobre a diferenciação florística das espécies arbóreas e arbustivas da Mata Atlântica. Este fato permitiu gerar grupos com as áreas analisadas baseados em características bióticas e abióticas, sustentando a existência de padrões florísticos nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Os grupos formados refletem a substituição das espécies arbóreo-arbustivas entre as áreas analisadas como conseqüência de variações da precipitação, altitude e temperatura média anual à medida que modifica o posicionamento da Serra do Mar e cresce a planície costeira. Para cada grupo foram designadas espécies preferenciais que devem ser consideradas em programas de restauração e conservação das regiões fitoecológicas por eles representadas.

    Abstract in English:

    This work assessed data from 32 forest sites in Rio de Janeiro and São Paulo, Brazil, using multivariate analysis to answer the question: Are there floristic patterns of the Atlantic Forest tree-shrub layer related to the Serra do Mar and the width of coastal plains in the states of Rio de Janeiro and São Paulo? Three multivariate analyses were performed to investigate the relationship between the tree-shrub flora and environmental variation in these 32 study areas. Our analyses demonstrated the influence of geo-climatic variation on floristic differentiation of tree and shrub species in Atlantic Forest regions generating groups of areas based on similar biotic and abiotic characteristics. These groups support the existence of floristic patterns within the states of São Paulo and Rio de Janeiro and reflect tree-shrub species substitution between the study areas as a consequence of annual rainfall, altitude, and mean annual temperature variation linked to a change in the position of the Serra do Mar and an increase in coastal plain width. Preferential species were cited for each group and should be considered in restoration and conservation programs for the phytoecological regions represented by the groups.
  • New rust fungi records (Uredinales) from Brasil, collected at the Itatiaia National Park Artigos

    Yepes, Mauricio Salazar; Carvalho Júnior, Aníbal Alves de

    Abstract in Portuguese:

    A partir de recentes coletas de Uredinales realizadas no Parque Nacional do Itatiaia e em áreas de proteção ambiental ao redor deste parque, foram identificadas novas ocorrências para o Brasil: Dicheirinia binata (Berkeley & Curtis) Arthur, Maravalia manettiae Jørstad, Prospodium bignoniacearum (Spegazzini) Cummins, Puccinia ancizari Mayor, Puccinia investita Schweinitz, Puccinia lasiacidis Kern, Puccinia mandevillae Jackson & Holway e Uredo chusqueae Pardo-Cardona. Estas espécies já haviam sido reportadas em alguns países adjacentes ao Brasil. Além disso, após minuciosa análise bibliográfica, é proposta a sinonimização de Puccinia interjecta Jackson para Puccinia ancizari Mayor. Estas coletas permitiram incrementar as coleções brasileiras e as coleções do Herbário do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (RB).

    Abstract in English:

    From recent collections of Uredinales undertaken at Itatiaia National Park and in environmental protection areas around this park, new records for Brazil were identified: Dicheirinia binata (Berkeley & Curtis) Arthur, Maravalia manettiae Jørstad, Prospodium bignoniacearum ( Spegazzini) Cummins, Puccinia ancizari Mayor, Puccinia investita Schweinitz, Puccinia lasiacidis Kern, Puccinia mandevillae Jackson & Holway and Uredo chusqueae Pardo-Cardona. These species had been reported in several countries adjacent to Brazil. Moreover, after careful literature analysis, synonymization of Puccinia interjecta Jackson to Puccinia ancizari Mayor is proposed. These collections are increasing the Brazilian specimens and those of the of the Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Herbarium (RB).
  • Local knowledge of medicinal plants in three artisanal fishing communities (Itapoá, Southern Brazil), according to gender, age, and urbanization Articles

    Merétika, Adriana Heindrickson Cunha; Peroni, Nivaldo; Hanazaki, Natalia

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa alguns dos fatores que afetam a distribuição do conhecimento sobre plantas medicinais em três comunidades de pescadores artesanais do Município de Itapoá, Santa Catarina, Brasil. Noventa entrevistas semi-estruturadas foram realizadas, o que resultou em 109 espécies de plantas citadas. A amostra foi composta por homens (n = 46) e mulheres (n = 44), em diferentes categorias de idade: 18-40 anos (n = 18), 41-50 (n = 21), 51-60 (n = 28), e 61 anos ou mais (n = 23), e em três diferentes comunidades: Barra do Saí (n = 17), Itapema do Norte (n = 31) e Pontal do Norte (n = 42). Folhas são as partes da plantas mais utilizadas (62%), sendo obtidas principalmente por cultivo. Cordia curassavica (Jacq.) Roem. & Schult. (Boraginaceae) é a espécie mais citada nas entrevistas, localmente chamada de "erva-baleeira" ou "erva-de-baleia". Os idosos têm um maior conhecimento sobre as espécies, mas não houve diferenças em relação ao sexo dos entrevistados. Um menor conhecimento sobre as plantas foi observado na área mais urbanizada, quando comparada com as áreas menos urbanizadas. As plantas mais utilizadas não estão relacionadas com as doenças mais freqüentes. As plantas medicinais são um recurso importante para a saúde dessas comunidades de pescadores, mas este conhecimento pode estar se deteriorando devido principalmente à falta de interesse dos membros mais jovens e à melhoria do acesso aos serviços públicos de saúde.

    Abstract in English:

    This article analyzes some of the factors affecting the distribution of knowledge about medicinal plants of three artisanal fishing communities in Itapoá Municipality, in the state of Santa Catarina, Brazil. Ninety semi-structured interviews were performed, which resulted in 109 cited plant species. The sample included both men (n=46) and women (n=44), in different age categories: 18-40 years old (n=18), 41-50 (n=21), 51-60 (n=28), and 61+ years old (n=23), and in three different communities: Barra do Saí (n=17), Itapema do Norte (n=31) and Pontal do Norte (n=42). Leaves are the plant parts most used by the communities (62%), and are obtained primarily through cultivation. Cordia curassavica (Jacq.) Roem. & Schult. (Boraginaceae) is the species most cited in the interviews, locally known as 'erva-baleeira' or 'erva-de-baleia'. The elderly have greater knowledge of species, but no gender differences were noticed. Less knowledge of plants was noticed in the more urbanized area when compared to the less urbanized areas. The most used plants are not related to the most frequent ailments. Medicinal plant use is an important resource for the health of these fishing communities, but it is declining mostly due to the lack of interest on the part of the younger members, and to improved access to public health services.
  • Use and traditional knowledge of medicinal plants at Sertão do Ribeirão, Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil Artigos

    Giraldi, Mariana; Hanazaki, Natalia

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo desta pesquisa foi realizar um estudo etnobotânico sobre o uso e o conhecimento tradicional de plantas medicinais no Sertão do Ribeirão, uma comunidade de origem açoriana, inserida no domínio da Mata Atlântica e localizada dentro dos limites do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Foram realizadas 13 entrevistas com moradores do Sertão do Ribeirão, sendo identificadas 114 espécies de plantas medicinais, distribuídas em 48 famílias botânicas. A diversidade de plantas medicinais conhecida no Sertão do Ribeirão é bastante elevada e a obtenção das plantas na própria comunidade sugere uma forte correlação entre uso e conhecimento tradicional de plantas medicinais e a possibilidade de obtê-las no local. O conhecimento etnobotânico sobre plantas medicinais não difere entre homens e mulheres e o uso de medicamentos industrializados e de plantas medicinais indica uma complementaridade entre a medicina moderna e a medicina popular. A transmissão do conhecimento feita na própria comunidade, com pais/avós e vizinhos, demonstra uma rica herança cultural local sobre plantas medicinais.

    Abstract in English:

    The aim of this research was to do an ethnobotanical study on the use and traditional knowledge of medicinal plants at Sertão do Ribeirão, an Azorean community, inserted in the Atlantic Forest domain and located within the boundaries of Lagoa do Peri Municipal Park. A total of 13 interviews were made with residents of Sertão do Ribeirão, identifying 114 species of medicinal plants, distributed in 48 botanical families. The diversity of medicinal plants known at Sertão do Ribeirão is quite high and the collection of plants by the community suggests a strong correlation between use and traditional knowledge of medicinal plants and the possibility of local gathering. Ethnobotanical knowledge of medicinal plants does not differ between women and men and the use of industrialized medicine and medicinal plants indicates a complementarity between modern and folk medicine. Knowledge transmission within the community, with parents/grandparents and neighbours, shows a rich local cultural heritage of medicinal plants.
  • Abundance distribution of common and rare plant species of Brazilian savannas along a seasonality gradient Articles

    Silva, Igor Aurélio; Cianciaruso, Marcus Vinicius; Batalha, Marco Antônio

    Abstract in Portuguese:

    Examinamos as distribuições de abundâncias de espécies (DAEs) de comunidades de plantas em: (1) um campo úmido, alagado durante a maior parte do ano; (2) uma savana estacional, com uma estação seca anual; e (3) uma savana hiper-estacional, com uma estação seca e um alagamento alternantes durante o ano. Procuramos por diferenças na distribuição de abundância de todas as espécies, bem como das espécies comuns e raras. Testamos se as DAEs se ajustaram aos modelos normal-logarítmico, da série-logarítmica, da fração de potência e do agrupamento aleatório. Encontramos que as restrições ambientais podem reduzir a equabilidade das comunidades de plantas e podem mudar as DAEs em savanas. Observamos um modelo normal-logarítmico no campo úmido e um modelo do agrupamento aleatório na savana hiperestacional. A DAE da savana estacional não seguiu nenhum modelo. As espécies comuns das três comunidades se ajustaram melhor ao modelo normal-logarítmico. As espécies raras do campo úmido e da savana hiperestacional se ajustaram ao modelo do agrupamento aleatório. A DAE das espécies raras da savana estacional não seguiu nenhum modelo. A estacionalidade parece modificar o modelo normal-logarítmico da comunidade de plantas em geral, gerando distribuições de abundâncias aleatórias. Contudo, a organização diferencial da comunidade entre espécies comuns e raras pode não ser afetada pela estacionalidade. As diferentes assinaturas das distribuições de abundância das plantas comuns e raras indicaram que os modelos compostos são melhores preditores das DAEs em savanas.

    Abstract in English:

    We examined the species abundance distribution (SAD) of plant communities in: (1) a wet grassland, waterlogged throughout most of the year; (2) a seasonal savanna, with an annual dry season; and (3) a hyperseasonal savanna, with alternating drought and waterlogging over the year. We searched for differences in the abundance distributions of all species, as well as of the common and rare species. We tested whether the SADs fitted the lognormal, log-series, power fraction, and random assortment models. We found that environmental constraints may reduce the evenness of plant communities and change the SADs in savannas. We observed a lognormal abundance distribution in the wet grassland and a random abundance distribution in the hyperseasonal cerrado. The SAD of the seasonal savanna did not follow any model. The common species in the three communities were better fitted by the lognormal model. The rare species in the wet grassland and the hyperseasonal cerrado were better fitted by the random assortment model. The SAD of the rare species of the seasonal savanna did not follow any model. Seasonality seems to modify the lognormal distribution of the overall plant community, generating abundance distributions indistinguishable from random. However, differential community structuring between common and rare species may not be affected by seasonality. The different signatures of the abundance distributions of common and rare plants indicate that composite models are better predictors for SADs in savannas.
  • The family Aristolochiaceae Juss. in Paraná state, Brazil Artigos

    Nascimento, Dilma Silva do; Cervi, Armando Carlos; Guimarães, Olavo Araújo

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho trata do estudo taxonômico das espécies de Aristolochiaceae ocorrentes no Estado do Paraná. Por meio de estudos de levantamento em herbários, coletas e observações, foram constatados dez táxons pertencentes ao gênero Aristolochia L.: A. chamissonis (Klotzsch) Duch., A. elegans Mast., A. fimbriata Cham. & Schltdl., A. gigantea Mart. & Zucc., A. melastoma Silva Manso ex Duch., A. odoratissima L., A. paulistana Hoehne, A. triangularis Cham., A. trilobata L. e A. wendeliana Hoehne. A. fimbriata é citada pela primeira vez para o Estado do Paraná. Chaves de identificação, descrições e ilustrações são também incluídas neste trabalho.

    Abstract in English:

    A taxonomic treatment of the species of Aristolochiaceae from Paraná state is presented. The floristic survey revealed ten taxa of the genus Aristolochia L.: A. chamissonis (Klotzsch) Duch., A. elegans Mast., A. fimbriata Cham. & Schltdl., A. gigantea Mart. & Zucc., A. melastoma Silva Manso ex Duch., A. odoratissima L., A. paulistana Hoehne, A. triangularis Cham., A. trilobata L. and A. wendeliana Hoehne. The first report of A. fimbriata is presented for Paraná state. An identification key, descriptions and illustrations of the Aristolochia species are also given.
  • The family Ochnaceae DC. in Paraná state, Brazil Artigos

    Salvador, Gisele Silvestre; Cervi, Armando Carlos; Brotto, Marcelo Leandro; Santos, Élide Pereira dos

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho consiste no levantamento das espécies de Ochnaceae DC. que ocorrem no estado do Paraná. Foram registrados dois gêneros: Ouratea Aubl. com seis espécies, O. claudei G.S. Salvador, E.P. Santos & Cervi, O. parviflora (DC.) Baill., O. salicifolia (A.St.-Hil. & Tul.) Engl. , O. sellowii (Planch.) Engl., O. spectabilis Engl., O. vaccinioides (A.St.-Hil. & Tul.) Engl. e Sauvagesia L. com quatro espécies, S. erecta L., S. racemosa A.St.-Hil., S. capillaris (A.St.-Hil.) Sastre e S. vellozii (A.St.-Hil.) Sastre. São apresentadas chave de identificação, descrições, ilustrações, comentários e distribuição geográfica para cada espécie estudada.

    Abstract in English:

    This work is a survey of the species of Ochnaceae occurring in Paraná state. Two genera were recorded: Ouratea Aubl. with six species, O. claudei G.S. Salvador, E.P. Santos & Cervi, O. parviflora (DC.) Baill., O. salicifolia (A.St.-Hil. & Tul.) Engl., O. sellowii (Planch.) Engl., O. spectabilis Engl., O. vaccinioides (A.St.-Hil. & Tul.) Engl. and Sauvagesia L. with four species, S. erecta L., S. racemosa A.St.-Hil., S. capillaris (A.St.-Hil.) Sastre and S. vellozii (A.St.-Hil.) Sastre. Identification key, descriptions, illustrations, comments and geographic distribution are provided for each species.
  • Wissadula Medik. (Malvaceae) in Brazil: new species and combination Artigos

    Bovini, Massimo G.

    Abstract in Portuguese:

    Duas novas espécies e uma nova combinação são apresentadas para o gênero Wissadula (Malvaceae): Wissadula delicata Bovini, W. krapovickasiana Bovini e Wissadula caribea (DC.) Bovini, respectivamente, além de novos sinônimos. Para as espécies apresentadas, são fornecidas descrições, ilustrações e chaves de reconhecimento para distingui-las das espécies relacionadas.

    Abstract in English:

    Two new species and a new combination are presented for genus Wissadula (Malvaceae): Wissadula krapovickasiana Bovini, W. delicata Bovini and Wissadula caribea (DC.) Bovini, respectively, plus new synonyms. Descriptions, illustrations and keys to distinguish these species from similar species are supplied.
  • Synopsis of the species of Croton L. (Euphorbiaceae) in Pernambuco state, Brazil Artigos

    Silva, Juliana Santos; Sales, Margareth Ferreira de; Gomes, Ana Paula de Souza; Carneiro-Torres, Daniela Santos

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo foi baseado na análise de materiais de herbário, referências bibliográficas e coletas, revelando a ocorrência de 35 espécies do gênero Croton para o estado de Pernambuco. A maior parte destas espécies tem distribuição exclusiva na zona fitogeográfica das Caatingas; Croton fuscescens Spreng., C. grewioides Baill. e C. blanchetianus Baill. estendem-se da zona da Mata até a zona das Caatingas; C. polyandrus Spreng. e C. sellowii Baill. ocorrem principalmente na faixa litorânea, em vegetação de restinga; C. argenteus L., C. jacobinensis Baill. e C. triqueter Lam. foram observados apenas na zona da Mata, e C. glandulosus L., C. heliotropiifolius Kunth, C. hirtus L' Her. e C. lundianus (Didr.) Müll. Arg. apresentam ampla distribuição no Estado. São apresentadas chave de identificação, comentários sobre distribuição geográfica e habitats, juntamente com ilustrações de características diagnósticas das espécies.

    Abstract in English:

    This study was based on the analysis of herbarium material, specialized bibliography and field collections, recording the occurrence of 35 species of the genus Croton for the state of Pernambuco. Most of these species are distributed exclusively in the Caatinga phytogeographic region; Croton fuscescens Spreng., C. grewioides Baill. and C. blanchetianus Baill. are found from the forest zone to the caatinga zone; C. polyandrus Spreng. and C. sellowii Baill. occur mainly along the coast, in restinga vegetation; C. argenteus L., C. jacobinensis Baill. and C. triqueter Lam. were observed only in the forest zone, and C. glandulosus L., C. heliotropiifolius Kunth, C. hirtus L' Her. and C. lundianus (Didr.) Müll. Arg. are widely distributed. Identification keys, comments on geographic distribution and habitats and illustrations of diagnostic characteristics of the species are provided.
  • Allelopathic effects of aqueous extracts of Artistolochia esperanzae O.Kuntze on development of Sesamum indicum L. seedlings Articles

    Gatti, Ana Beatriz; Ferreira, Alfredo Gui; Arduin, Marcos; Perez, Sonia Cristina Gualtieri de Andrade

    Abstract in Portuguese:

    Aristolochia esperanzae é uma trepadeira que ocorre no cerrado do sudeste do Brasil. Os objetivos deste trabalho foram de identificar os efeitos dos extratos aquosos de A. esperanzae sobre a germinação, crescimento da raiz e de células do xilema de plântulas de gergelim. Extratos de folhas, caule e raiz foram preparados nas concentrações de 1,5 e 3,0%. Os extratos causaram alterações na germinação e no crescimento das plântulas com inibição maior causada pelos extratos de raízes. Observou-se mudanças morfológicas e decréscimo no crescimento e desenvolvimento das plântulas de gergelim. Os extratos de A. esperanzae causaram uma inibição de até 50% no tamanho das células do xilema das raízes e mudanças na raiz primária e no número de raízes secundárias.

    Abstract in English:

    Aristolochia esperanzae is a climbing plant that occurs in the savanna regions of Brazil. The aim of this work was to identify the effects of aqueous extracts of A. esperanzae on germination, root growth and xylem cell development of sesame seedlings. Leaf and shoot extracts were prepared at concentrations of 1.5 and 3%. Extracts caused marked changes in germination and seedling growth with greatest inhibition produced by root extracts. Morphological changes and decreased growth and development of seedlings were also observed. The extracts of A. esperanzae caused a reduction of 50% in the size of root xylem cells and marked changes in the primary root and in the number of secondary roots.
  • Variation of floral architecture and reproductive success of two Helicteres (Malvaceae) species in southwestern Mato Grosso Artigos

    Silva, Celice Alexandre; Ferreira, Danilo Souto; Koch, Ana Kelly; Araújo-Silva, Lucas Eduardo

    Abstract in Portuguese:

    Objetivou-se analisar a influência da arquitetura floral, o comportamento dos visitantes florais diurnos e a influência dos locais de deposição de pólen no corpo dos polinizadores para o sucesso reprodutivo de Helicteres sacarolha e H. lhotzkyana. A floração de H. sacarolha ocorreu durante a estação chuvosa (Janeiro a Abril) e de H. lhotzkyana se estendeu de Julho a Outubro (estação seca e inicio da estação chuvosa). Flores de ambas as espécies são vistosas, zigomorfas e apresentam características de ornitofilia. Beija-flores foram os principais visitantes florais diurnos destas espécies, não tendo havido polinizadores em comum entre elas. Os beija-flores que visitaram as flores de H. sacarolha apresentaram comportamento territorialista e o local de deposição de pólen era na cabeça ou na testa, enquanto que os que visitaram flores de H. lhotzkyana apresentaram comportamento "traplining" e o pólen era depositado na cauda ou nos pés. O sucesso reprodutivo foi significativamente diferente entre as espécies, a produção média de sementes por fruto foi de 24,56 em H. sacarolha e de 5,28 em H. lhotzkyana. As características florais e os comportamentos dos polinizadores, explicam parte das variações no sucesso reprodutivo das espécies estudadas.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to analyze the influence of floral architecture, the behavior of day visitors to the flowers and the influence of the location of pollen deposition on the bodies of the pollinators for the reproductive success of Helicteres sacarolha and H. lhotzkyana. Flowering of H. sacarolha occurred during the rainy season (January to April) and H. lhotzkyana between July and October (dry season and beginning of the rainy season). Flowers of both species are colorful and zygomorphic with characteristics of ornithophily. Hummingbirds were the main day visitors to the flowers. The species had no pollinators in common. The behavior of the hummingbirds that visited H. sacarolha flowers was territorial and the pollen was deposited on the head or forehead; the behavior of those that visited H. lhotzkyana flowers was traplining and the pollen was deposited on the tail or feet. Reproductive success was significantly different between the species; mean fruit set was 24.56 for H. sacarolha and 5.28 for H. lhotzkyana. Floral characteristics and pollinator behavior explain part of the differences in the reproductive success of the species studied.
  • Floristic composition and structure of the vascular epiphyte community in a transition area at Campo Mourão, Paraná, Brazil Artigos

    Geraldino, Henrique Cesar Lopes; Caxambú, Marcelo Galeazzi; Souza, Débora Cristina de

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo foi realizado em uma área de ecótono de aproximadamente 30 hectares entre Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila Mista, localizada na Capela do Calvário, município de Campo Mourão, PR. Para a análise fitossociológica foram selecionados 80 forófitos. No levantamento total foram encontradas 61 espécies, 39 gêneros e 13 famílias de epífitas (10 de Pteridófitas e 51 de Magnoliófitas). As famílias mais ricas foram: Orchidaceae (38%), Bromeliaceae e Polypodiaceae (13%), Cactaceae (11%) e Piperaceae (8%), que juntas compõem 83% das espécies amostradas. Os gêneros Tillandsia (Bromeliaceae) e Peperomia (Piperaceae) foram os mais ricos, com cinco espécies. A anemocoria foi constatada em 67% das espécies e 86% foram classificadas como holoepífitas verdadeiras. Das 61 espécies inventariadas, 43 ocorreram nas áreas de amostragem, sendo cinco em maior freqüência: Microgramma squamulosa, Pleopeltis angusta, Tillandsia loliacea, Tillandsia recurvata e Pecluma sicca. O índice de Shannon (H’) registrado para a área foi de 3,175 e a equabilidade (J) 0,863. Foram encontradas nove espécies epifíticas restritas a apenas um forófito. Microgramma squamulosa foi a espécie mais importante em toda área amostral. O trecho de vegetação em área de interflúvio, por apresentar estágio avançado de desenvolvimento, teve riqueza superior à área de vegetação ribeirinha.

    Abstract in English:

    This study was conducted in a transition area of approximately 30 hectares between Semideciduous Forest and Araucaria Forest located in the Capela do Calvário, at Campo Mourão, Paraná. For the phytosociological analysis 80 phorophytes were selected. The survey found 61 species, 39 genera and 13 families of epiphytes (10 pteridophytes and 51 magnoliophytes). The richest families were: Orchidaceae (38%), Bromeliaceae and Polypodiaceae (13%), Cactaceae (11%) and Piperaceae (8%), which together make up 83% of the sampled species. Tillandsia (Bromeliaceae) and Peperomia (Piperaceae) were the richest genera, each with five species. Anemochory was found in 67% of the species and 86% were classified as true holoepiphytes. Of the 61 species listed, 43 occurred in the sample area; the following five had the highest frequency: Microgramma squamulosa, Pleopeltis angusta, Tillandsia loliacea, Tillandsia recurvata and Pecluma sicca. The Shannon Index (H’) recorded for the area was 3.175 and evenness (J) 0.863. Nine epiphytic species were restricted to just one phorophyte. Microgramma squamulosa was the most important species over the entire sample area. The vegetation of the interfluvial area, in an advanced stage of development, was richer than the riverside vegetation.
  • Floristics, phytosociology and diversity of tree vegetation in gallery forests of Sete Cidades National Park (PNSC), Piauí, Brazil Artigos

    Matos, Mariana de Queiroz; Felfili, Jeanine Maria

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo foi realizado nas matas de galeria do Parque Nacional de Sete Cidades (PNSC), área prioritária para conservação do Cerrado. Teve como objetivos estudar a composição florística, fitossociologia e diversidade das matas de galeria que se distribuem ao longo dos cursos d’água localizados no PNSC e avaliar a similaridade florística destas com outras matas em diversas localidades do Cerrado. A vegetação arbórea (DAP > 5 cm) foi amostrada em quatro trechos de mata ao longo do Parque, cada um subdividido em transectos (equidistantes em 50 m e perpendiculares ao leito do córrego principal), onde sistematicamente foram alocadas 56 parcelas de 10 x 10 m (0,01 ha). Foram encontradas 75 espécies arbóreas pertencentes a 64 gêneros e 30 famílias. A família de maior riqueza na amostragem foi Fabaceae (14 espécies). Virola surinamensis foi a espécie de maior valor de importância (VI) na amostragem.Estimou-se uma densidade absoluta de 1.146,43 ind ha-1 e área basal de 26,55 m² ha-1. A diversidade alfa, obtida por meio do Índice de Shannon (H’), foi de 3,53 e a equabilidade de Pielou (J’) de 0,82. A diversidade beta entre o Parque e outras localidades do bioma Cerrado foi elevada. As matas de galeria do PNSC apresentam alta riqueza e diversidade florística, compartilham espécies com matas em localidades diversas e contêm espécies típicas a outros biomas, evidenciando a localização geográfica do Parque em "área de tensão ecológica".

    Abstract in English:

    This study was undertaken in the gallery forests of Sete Cidades National Park (PNSC), a priority area for conservation of the Cerrado. The objective was to study the floristic composition, phytosociology and diversity of the gallery forests distributed along the river courses located in PNSC and also evaluate floristic similarity between these forests and others in the Cerrado biome. The tree vegetation (DAP > 5 cm) was sampled in four sections of forest in the Park, each subdivided into transects (50 m apart and perpendicular to the main stream), where 56 plots (10 x 10 m) were systematically sampled totaling 0.01 ha. 75 tree species were found belonging to 64 genera and 30 families. The Fabaceae (with 14 species) was the richest family in the sample. Virola surinamensis was the main species, according to the importance value index (IVI). Absolute density was 1,146.43 ind haֿ¹ and basal area was 26.55 m² haֿ¹. Alfa diversity obtained by the Shannon index (H’) was 3.53 and Pielou equability (J’) was 0.82. Beta diversity between the Park and other locations in the Cerrado was high. The PNSC gallery forests had high levels of richness and floristic diversity, sharing species with forests in different locations and with typical species of other biomes, proving that the Park is geographically located in an ecotone.
  • The family Agaricaceae Chevall. in the Tinguá Biological Reserve rain forest, Nova Iguaçú, Rio de Janeiro, Brazil: Genera Agaricus, Cystolepiota and Lepiota Artigos

    Albuquerque, Margéli Pereira de; Pereira, Antônio Batista; Carvalho Júnior, Aníbal Alves de

    Abstract in Portuguese:

    Agaricaceae é a família tipo da ordem Agaricales e apresenta espécies de reconhecida importância nutricional e econômica. O principal objetivo deste trabalho foi o levantamento das espécies de Agaricaceae em trechos de Mata Atlântica da Reserva Biológica do Tinguá, nas delimitações do Município de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Serão apresentadas as espécies dos gêneros Agaricus, Cystolepiota e Lepiota coletados nas diferentes formações vegetais na Reserva Biológica do Tinguá. Foram registrados os seguintes táxons: Agaricus subrufescens Peck., A. dulcidulus Schulzer., Lepiota lilacea Bresadola., L. tepeitensis Murril., L. forquignoni Quélet., L. echinela var rhodorhiza (Romagn. & Locq. ex. Orton) Hardtke & Rödel., L. subincarnata Lange e Cystolepiota seminuda (Lasch) Bon. São apresentadas chaves dicotômicas para identificação de espécies; descrições, fotos de hábito, imagens de microscopia, ilustrações, distribuição, habitat, dados relativos às épocas de surgimento dos basidiomas e importância das espécies quando conhecida.

    Abstract in English:

    Agaricaceae is the type family of Agaricales and its species are of nutritional and economic importance. The main aim of this survey was to describe the Agaricaceae species of rain forest patches in the Tinguá Biological Reserve, located in the vicinity of Nova Iguaçu, Rio de Janeiro state, Brazil. Species of the genera Agaricus, Cystolepiota and Lepiota, collected in different plant formations, are presented. The following taxa were recorded: Agaricus subrufescens Peck., A. dulcidulus Schulzer., Cystolepiota seminuda (Lasch) Bon, Lepiota. lilacea Bresadola., L. tepeitensis Murril., L. forquignoni Quélet., L. echinela var rhodorhiza (Romagn. & Locq. ex. Orton) Hardtke & Rödel and L. subincarnata Lange.A species key, descriptions, habit photo, microscopic features, distribution and species importance (when known) are given.
  • Myxobiota of Serra de Itabaiana National Park, Sergipe, Brazil: Trichiales Artigos

    Bezerra, Maria de Fátima de Andrade; Farias, Gabriel Robson; Cavalcanti, Laise de Holanda

    Abstract in Portuguese:

    Como parte do levantamento da mixobiota de Sergipe foram avaliadas a abundância e constância das Trichiales encontradas em diferentes microhabitats e níveis altitudinais no Parque Nacional Serra de Itabaiana (10º40'52"S e 37º25'15"W; 7.966 ha). Dois tipos fisionômicos predominam: florestas úmidas encontradas na margem de riachos e áreas abertas com solos arenosos, cobertos por gramíneas, ciperáceas, cactáceas, bromeliáceas e arbustos. Esporocarpos foram coletados durante dois anos (19 excursões); madeira em decomposição, folhedo, casca de árvores vivas e fezes de Sylvilagus brasiliensis L. foram coletados e montadas 590 câmaras-úmidas. Dez espécies foram identificadas: Arcyria cinerea (Bull.) Pers., A. denudata (L.) Wettst., A. obvellata (Oeder) Onsberg, Hemitrichia calyculata (Speg.) M. L. Farr, H. minor G. Lister, H. serpula (Scop.) Rostaf. ex Lister, Metatrichia vesparia (Batsch) Nann.-Bremek. ex G. W. Martin & Alexop., Perichaena chrysosperma (Curr.) Lister, P. depressa Lib. e Trichia affinis de Bary. Trichiales foram encontradas em todos os microhabitats, predominando as lignícolas e foliícolas. Três espécies fimícolas foram registradas: A. cinerea, H. minor e M. vesparia. As espécies mais constantes e abundantes foram A. cinerea, A. denudata e H. calyculata, as quais foram encontradas em diferentes altitudes (180-670 m). É fornecida a descrição de cada espécie e sua distribuição geográfica no Brasil. A. denudata, A. obvellata, H. calyculata, P. chrysosperma e T. affinis são novas referências para Sergipe, elevando para 58 o número de espécies de Myxomycetes registradas para esse estado.

    Abstract in English:

    As part of the survey of the myxobiota of Sergipe, the abundance and constancy of the Trichiales found in different microhabitats and altitudes in the Serra de Itabaiana National Park (10º40'52"S and 37º25'15"W; 7,966 ha) were evaluated. Two physiognomic types predominate: humid forests found at the edge of creeks, and open areas with sandy soils, grasses, sedges, cacti, bromeliads and shrubs. Sporocarps were collected over a two-year period (19 field trips); dead wood, litter, bark and dung of Sylvilagus brasiliensis L. were collected for moist-chamber cultures (590). Ten species were identified: Arcyria cinerea (Bull.) Pers., A. denudata (L.) Wettst., A. obvellata (Oeder) Onsberg, Hemitrichia calyculata (Speg.) M. L. Farr, H. minor G. Lister, H. serpula (Scop.) Rostaf. ex Lister, Metatrichia vesparia (Batsch) Nann.-Bremek. ex G. W. Martin & Alexop., Perichaena chrysosperma (Curr.) Lister, P. depressa Lib., and Trichia affinis de Bary. Trichiales were present in six microhabitats, and lignicolous and foliicolous species were predominant. Three fimicolous species were recorded: A. cinerea, H. minor and M. vesparia. The most constant and abundant species were A. cinerea, A. denudata, and H. calyculata, which were found at different altitudes (180-670 m). Descriptions are given for each species as well as their geographic distribution in Brazil. A. denudata, A. obvellata, H. calyculata, P. chrysosperma, and T. affinis are new records for Sergipe, raising to 58 the number of Myxomycetes species recorded for this state.
  • Ethnoecology and ethnobotany of the juçara palm (Euterpe edulis Martius) in "quilombola" communities of the Ribeira River Valley, São Paulo Artigos

    Barroso, Renata Moreira; Reis, Ademir; Hanazaki, Natalia

    Abstract in Portuguese:

    As comunidades quilombolas são consideradas comunidades negras rurais formadas por descendentes de africanos escravizados. No Vale do Ribeira, uma das regiões mais pobres do estado de São Paulo, estas comunidades vivem da agricultura de subsistência e principalmente da coleta do palmito juçara para complemento da renda familiar. A palmeira juçara possui importante papel ecológico e econômico para a Floresta Atlântica e para as comunidades rurais locais. O objetivo geral deste trabalho foi investigar aspectos etnoecológicos e etnobotânicos da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius) em comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, SP. A investigação se deu em sete comunidades quilombolas através da aplicação de 25 entrevistas semi-estruturadas e da realização de uma oficina de identificação dos animais consumidores de frutos da palmeira. Também foram realizadas coletas e identificação de visitantes florais. Os quilombolas entrevistados demonstraram um detalhado conhecimento ecológico local sobre a palmeira juçara, principalmente a relação da biodiversidade animal associada à espécie. Neste trabalho a etnoecologia e a etnobotânica mostram-se ferramentas importantes no levantamento participativo do conhecimento ecológico local do E. edulis que pode ser considerado no manejo e na conservação da espécie na Floresta Atlântica.

    Abstract in English:

    "Quilombola" communities are distributed all over Brazil. They are composed of the descendents of African slaves. In the Ribeira River Valley, one of the poorest regions in São Paulo state, they practice subsistence agriculture and extract plant resources from the environment, especially the juçara palm (Euterpe edulis Martius), a species that contributes to "quilombola" income. The juçara palm has special ecological and economic importance for "quilombolas". The main aim of this study was to investigate ethnobotanical and ethnoecological aspects of the juçara palm in "quilombola" communities of the Ribeira River Valley, São Paulo. The investigation conducted 25 semi-structured interviews with key-informants for seven "quilombola" communities and a workshop to identify palm-fruit animal consumers. Flower visitors were also collected and identified. The "quilombolas" interviewed showed detailed local ecological knowledge of the juçara palm, mainly animal biodiversity in relation to the species. Ethnoecology and ethnobotany were efficient tools for the participative survey of juçara palm local knowledge. Local ecological knowledge of E. edulis can be considered for Atlantic forest management and conservation.
  • The genus Glandularia J.F. Gmel. (Verbenaceae) in Rio Grande do Sul, Brazil Artigos

    Thode, Verônica Aydos; Mentz, Lilian Auler

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho consiste no levantamento florístico do gênero Glandularia J.F. Gmel. (Verbenaceae) no estado do Rio Grande do Sul, Brasil. O gênero possui cerca de 80 espécies distribuídas nas regiões subtropicais e temperadas da América do Sul e América do Norte. Para realizar este estudo foram feitas viagens de coleta, revisão bibliográfica e de herbários. Glandularia está representado no Estado por 27 espécies, sendo que seis delas são primeira citação de ocorrência. São apresentadas chave de identificação, descrições, ilustrações e observações.

    Abstract in English:

    This paper consists of a floristic study of Glandularia J.F. Gmel. (Verbenaceae) at Rio Grande do Sul state, Brazil. The genus has about 80 species which occur in subtropical and temperate regions of South America and North America. Field collections, bibliographic, and herbaria revision were made to accomplish this study. Glandularia is represented in the State by 27 species, and six of them are recorded for the first time. A species key, descriptions, illustrations, and comments are presented.
  • Occurrence of Podocarpus sp. (Podocarpaceae) pollen on Frieseomelitta varia Lepeletier 1836 (Apidae: Meliponinae) in Manaus, Amazonas, Brazil Artigos

    Marques-Souza, Antonio Carlos

    Abstract in Portuguese:

    Durante o período de doze meses, o pólen transportado por Frieseomelitta varia Lepeletier 1836 foi coletado das corbículas das operárias, logo após o fechamento da entrada das colméias. Feita a identificação polínica dos grãos de pólen e sua frequência mensal nas amostras, constatou-se que as espécies das famílias mais visitadas pela ordem de coleta, foram: Cecropiaceae, Sapotaceae, Myrtaceae e Moraceae. As operárias coletaram o pólen de 79 espécies de plantas distribuídas em 60 gêneros e 37 famílias, sendo as mais frequentes: Cecropia sp. visitada o ano todo com atratividade em janeiro de 82,03%, Morus sp. com atratividade de 37,46% em dezembro; Myrcia amazonica DC. com atratividade em abril de 32,34% e Pouteria macrophylla (A.DC.) Eyma em junho com atratividade de 36,54%. Quanto a Podocarpus sp. esse é o primeiro relato da presença do pólen dessa espécie em coletas de meliponíneos, o que não deixa de ser um fato curioso, uma vez que se trata de uma gimnosperma encontrada em áreas específicas da região amazônica e que apresentou atratividade para Frieseomelitta varia Lepeletier 1836 de 4,94% no mês de março.

    Abstract in English:

    Over a 12 month period, pollen was sampled from the corbiculae of workers of the stingless bee Frieseomelitta varia Lepeletier 1836. Collections were obtained immediately after sealing the hives, located in a forest fragment in the city of Manaus. Pollen was identified and monthly frequency of each type was tallied. The most-visited plant families in decreasing order of frequency were Cecropiaceae, Sapotaceae, Myrtaceae and Moraceae. Identified pollen was harvested from 79 plant species in 60 genera and 37 families. The most frequent species were: Cecropia sp., visited year-round but with highest attractiveness (82%) in January; Morus sp., with peak attractiveness (37%) in December; Myrcia amazonica DC. with 32% peak attractiveness in April; and Pouteria macrophylla (A.DC.) Eyma, with 37% peak attractiveness in June. Curiously, we found pollen of the gymnosperm Podocarpus, which is quite rare in Amazonia, known from only a few sites. As far as we know, this is the first report of Podocarpus pollen on Meliponinae bees. For these urban hives of Frieseomelitta varia Lepeletier, Podocarpus had a peak attractiveness of 4.94% in the month of March.
  • Comparison of seedling growth among three co-occurring varieties of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze under greenhouse conditions Articles

    Coutinho, André Luiz; Dillenburg, Lúcia Rebello

    Abstract in Portuguese:

    Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze é uma espécie de porte alto e vida longa, que cresce como árvore emergente em florestas de araucária no sul do Brasil. Quatro variedades foram descritas para esta espécie, e três delas foram selecionadas para este estudo: "angustifolia" (variedade típica), "caiova" e "indehiscens". Estas variedades co-ocorrentes diferem umas das outras na coloração externa de suas sementes e em relação ao tempo de maturação das mesmas. O objetivo deste estudo foi comparar o crescimento inicial de plantas oriundas de sementes destas três variedades, a fim de testar a hipótese de que estas variedades também diferem no crescimento inicial das plântulas. As sementes foram coletadas em um mesmo local da floresta, e 60 plantas de cada variedade foram cultivadas em vasos por um período de 244 dias. A variedade "angustifolia" acumulou significativamente mais massa (tanto na parte aérea quanto na raiz) do que as outras duas, mas as três variedades não diferiram na partição de massa entre parte aérea e raiz e entre raízes laterais e a raiz principal. O maior crescimento da variedade típica pode ajudar a explicar a sua maior abundância natural, uma vez que um maior tamanho inicial teria efeitos positivos sobre o recrutamento e sobrevivência da mesma.

    Abstract in English:

    Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze is a tall, long-lived tree species, which grows as an emergent tree in the araucaria forests of southern Brazil. Four varieties have been described for this species, and three of them were selected for this study: "angustifolia" (the type variety), "caiova" and "indehiscens". These are co-occurring varieties that differ in external seed color and timing of seed maturation. The purpose of this study was to compare the initial growth of plants originated from seeds of these three varieties, in order to test the hypothesis that these varieties also differ in the initial growth of their seedlings. Seeds were collected from a single forest location, and 60 plants per variety were grown in pots for a period of 244 days. The "angustifolia" variety accumulated significantly more mass (both in shoot and root) than the other two, but the three varieties did not differ in mass allocation between shoot and root and between lateral roots and the main root. The greater growth of the type variety may help explain its greater natural abundance, since attaining a larger size will have positive effects on seedling recruitment and survival.
  • Plantas medicinais utilizadas na comunidade urbana de Muribeca, Nordeste do Brasil Artigos

    Oliveira, Gisele Lopes de; Oliveira, Antonio Fernando Morais de; Andrade, Laise de Holanda Cavalcanti

    Abstract in Portuguese:

    As modernas condições de vida das comunidades urbanas comprometem o uso e transmissão do conhecimento tradicional sobre plantas medicinais. Neste trabalho foi verificada a alteração provocada por treinamento sobre plantas medicinais de um grupo de seis moradoras da comunidade de Muribeca (Jaboatão do Guararapes, PE), comparando-as com vinte moradores com conhecimento adquirido tradicionalmente. A partir de 26 entrevistas semi-estruturadas foram calculados o Fator de Consenso dos Informantes (FCI) e a Importância Relativa (IR) das plantas citadas pelos dois grupos. As moradoras com treinamento no uso e manipulação citaram 70 espécies, das quais Petiveria alliacea L. e Ocimum selloi Benth. apresentaram os maiores valores de IR (2,0 e 1,6); os sistemas corporais mais indicados e respectivos FCI foram: doenças infecciosas (1,0), doenças das glândulas endócrinas, da nutrição e metabolismo (0,9) e do sistema osteomuscular e tecido conjuntivo (0,89). Os moradores sem treinamento citaram 55 espécies, com maiores valores de IR para Cymbopogon citratus (DC) Stapf (2,0), Lippia alba (Mill.) N.E. Br. (2,0) e Mentha x villosa Huds. (1,8); os sistemas corporais mais indicados e respectivos FCI foram: doenças parasitárias (1,0), transtornos dos sistemas nervoso (0,79) e gastrintestinal (0,72). As espécies citadas são semelhantes, mas o treinamento influenciou a importância relativa e indicações de usos das plantas.

    Abstract in English:

    Modern ways of life in urban communities have altered the use and popular transmission of knowledge about medicinal plants. This study evaluated the changes induced by training in medicinal plants in a group of female residents of the urban community of Muribeca (Jaboatão do Guararapes, Pernambuco), comparing them with other community members who have traditionally acquired knowledge. Semi-structured interviews were employed. Informant Consensus Factor (FIC) and Relative Importance (RI) of each species cited by the two groups were calculated. Informants trained in use and manipulation cited 70 species, of which Petiveria alliacea L. (2.0) and Ocimum selloi Benth. (1.6) showed higher RI; therapeutic indications with the greatest consensus among informants were: infectious diseases (1.0), diseases of the endocrine glands, nutrition and metabolism (0.9), and of skeletal, muscle, and connective tissue (0.89). Untrained informants cited 55 species, with higher values of RI for Cymbopogon citratus (DC) Stapf (2.0), Lippia alba (Mill.) N.E. Br. (2.0), and Mentha x villosa Huds. (1.8); parasitic diseases (1.0), disorders of the nervous system (0.79), and gastrointestinal system (0.72) were therapeutic indications with the greatest FIC. Plants cited are similar, but training influenced species relative importance and therapeutic use indications.
  • Rice genotype evaluation under butyric acid effect Artigos

    Kopp, Mauricio Marini; Luz, Viviane Kopp da; Maia, Luciano Carlos da; Coimbra, Jefferson Luiz Meirelles; Sousa, Rogério Oliveira de; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Oliveira, Antonio Costa de

    Abstract in Portuguese:

    Solos do tipo hidromórfico apresentam uma reduzida capacidade de drenagem, sendo utilizados principalmente para cultivo de arroz irrigado. Esta condição favorece o desenvolvimento de microrganismos anaeróbios que produzem substâncias fitotóxicas. O objetivo do trabalho foi avaliar a resposta de 25 genótipos de arroz ao ácido butírico, um composto produzido em solos de deficiente drenagem e alto teor de matéria orgânica. O trabalho foi executado em sistema de hidroponia com 4 doses do ácido e o delineamento utilizado foi blocos casualizados com 3 repetições em um esquema fatorial. As variáveis mensuradas foram comprimento de raízes (CR) e de parte aérea (CPA), número de raízes (NR) e matéria seca de raízes (MSR) e parte aérea (MSPA). Foram procedidas análise de variância, desempenho relativo e ajuste de regressões. Os efeitos para genótipos e doses de ácido butírico foram todos significativos. Apenas os efeitos de interação entre doses x genótipos para as variáveis CR e MSR revelaram significância. A variável CR foi a mais afetada pelo ácido e as regressões estabelecidas para essa variável revelaram 9 genótipos tolerantes e 16 sensíveis ao efeito fitototoxico do ácido butírico. Genótipos desenvolvidos para sistema de irrigação por inundação se mostraram mais tolerantes ao ácido.

    Abstract in English:

    Hydromorphic soils have low drainage capacity and are used mainly for growing irrigated rice.. This condition favors the development of anaerobic microorganisms that produce phytotoxic substances. The objective of this work was to evaluate the response of 25 rice genotypes to butyric acid, a phytotoxic compound produced in low-drainage soils with high organic matter content. This work was performed by hydroponics with four acid doses as treatments using a random block design with three replications. The variables measured were root (CR) and shoot (CPA) length, number of roots (NR) and root (MSR) and shoot (MSPA) dry matter. Analysis of variance, relative performance and regression fitting were performed. Significance for genotype and dose was found for all variables. Significance for the interaction (genotype vs. dose) was found only for CR and MSR. The variable CR was the most influenced by the acid and the regression established for these variables revealed nine tolerant and 16 sensitive genotypes. Genotypes developed for irrigated systems were more tolerant.
  • Spatial-temporal variation in coiled and straight morphotypes of Cylindrospermopsis raciborskii (Wolsz) Seenayya et Subba Raju (Cyanobacteria) Articles

    Dantas, Ênio Wocyli; Bittencourt-Oliveira, Maria do Carmo; Moura, Ariadne do Nascimento

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo reporta o comportamento espacial e temporal dos morfotipos reto e espiralado de C. raciborskii em um reservatório da região semi-árida do Brasil bem como os principais fatores responsáveis pela variabilidade. Dois conjuntos de amostras foram coletadas na subsuperfície e próximo ao sedimento, na região central do reservatório, em dois períodos sazonais (seco - janeiro 2005; chuvoso - junho 2005), sendo realizadas amostragens de 20 horas durante horários claros (08hs, 12hs e 16hs) e escuros (20hs, 00hs e 04hs). Medidas de parâmetros abióticos foram realizadas concomitantes as amostragens das variáveis bióticas. Dois morfotipos de C. raciborskii foram encontrados no reservatório: reto e espiralado. Não houve diferenças na densidade dos morfotipos reto e espiralado de C. raciborskii entre os diferentes horários amostrais em cada período sazonal. Diferenças verticais foram encontradas na distribuição de ambos morfotipos em ambos períodos sazonais, com maiores densidades registradas na subsuperfície. As densidades dos dois morfotipos de C. raciborskii foram maiores no período seco, com densidade do morfotipo espiralado na subsuperfície duas vezes maior que o morfotipo reto e o encontrado no período chuvoso. O sucesso ecológico do morfotipo espiralado foi devido à estratificação térmica, enquanto as condições de mistura foram determinantes no sucesso do morfotipo reto.

    Abstract in English:

    This study reports the spatial and temporal behavior of straight and coiled morphotypes of C. raciborskii in a reservoir in Brazil's semi-arid region as well as the main factors responsible for the variability. Two set of samples were collected from the subsurface and bottom in the central region of a reservoir in two seasonal periods (dry - January 2005; rainy - June 2005) over 20-hour sampling periods during daylight (8 am, 12 pm and 4 pm) and dark (8 pm, 12 am and 4 am) hours. Measurements of abiotic parameters were determined concurrently to the sampling of biotic variables. Two C. raciborskii morphotypes were found in the reservoir: straight and coiled. There was no difference in density of the straight and coiled C. raciborskii morphotypes between the different sampling times for either season. Vertical differences were found in the distribution of both morphotypes in both seasons, with greater densities recorded at the subsurface. Densities of the two C. raciborskii morphotypes were greater in the dry season, with the density of the coiled morphotype at the surface two-fold greater than that of the straight morphotype and that found in the rainy season. The ecological success of the coiled morphotype was due to thermal stratification, whereas a mixed condition was determinant in the success of the straight morphotype.
  • First report of predation on floral visitors by crab spiders on Croton selowii Baill. (Euphorbiaceae) Scientific Note

    Novo, Reinaldo Rodrigo; Souza, Jefferson Thiago; Castro, Cibele Cardoso de

    Abstract in Portuguese:

    Na literatura tem sido amplamente registrado que aranhas Thomisidae predam visitantes florais de várias espécies de planta. Neste estudo nós apresentamos observações de Croton selowii Baill. (Euphorbiaceae), uma espécie monóica, abrigando aranhas Thomisidae em uma área de restinga de Pernambuco, Brasil. A espécie é visitada por invertebrados de várias ordens e vários deles são predados pelas aranhas, principalmente espécies de Diptera. As aranhas apresentaram um comportamento de esfregar as pernas dianteiras dentro das flores, o que pode ser interpretado como uma estratégia de camuflagem das pernas. Croton selowii parece representar um bom sítio de forrageamento para essas aranhas, pois possui um sistema de polinização generalista, sendo visitado por ampla gama de invertebrados e floresce em um período de baixa disponibilidade de flores na área.

    Abstract in English:

    In the literature it has been extensively mentioned that crab spiders (Araneae: Thomisidae) prey on floral visitors of several plant species. Here we present observations of Croton selowii Baill. (Euphorbiaceae), a monoecious species harboring individuals of crab spiders in an area of coastal vegetation of Pernambuco state, Brazil. The species is visited by several invertebrate orders, and some of them were preyed upon by the spiders, mainly Diptera species. The spiders rubbed the forelimbs within the flowers, which may constitute a strategy to camouflage these structures. Croton selowii seems to represent a suitable foraging site for the spiders, because it has a generalist pollination system (thus being visited by a wide range of invertebrate species) and blooms in a period of low flower resource availability in the area.
  • Leaf anatomy of genetically modified and wild-type Carica papaya L. (Caricaceae) Nota Científica

    Leal-Costa, Marcos Vinicius; Munhoz, Márcia; Meissner Filho, Paulo Ernesto; Reinert, Fernanda; Tavares, Eliana Schwartz

    Abstract in Portuguese:

    O mamoeiro, Carica papaya L. (Caricaceae) é uma espécie americana, cujos frutos são largamente consumidos em todo mundo. Devido às perdas de produção provocadas por viroses e a dificuldade em controlá-las por métodos convencionais, a espécie tem sido alvo de pesquisas de melhoramento genético envolvendo transgenia para resistência a vírus. O presente trabalho descreve a anatomia foliar de plantas de mamoeiro convencional e transgênico resistente ao vírus da mancha anelar-Papaya ringspot virus (PRSV) com inserção da capa protéica viral. As duas cultivares apresentam pecíolo com endoderme e fibras pericíclicas. As folhas são hipoestomáticas e dorsiventrais, com laticíferos acompanhando os feixes vasculares e grande concentração de idioblastos com drusas de oxalato de cálcio. A epiderme é glabra, possuindo estômatos anomocíticos e anisocíticos, com células de paredes anticlinais retas na face adaxial e levemente sinuosas na face abaxial. O presente trabalho concluiu que o processo de transformação genética não alterou as características anatômicas das folhas de C. papaya, servindo de subsídio para avaliação da conformidade anatômica da cultivar transgênica.

    Abstract in English:

    Papaya, Carica papaya L. (Caricaceae), is an American species, consumed worldwide. A major limitation to papaya production is attack by viruses, like the papaya ringspot virus (PRSV). Papaya has been genetically modified to increase its resistance to PRSV. The aim of this research was to compare the leaf anatomy of wild-type and genetically modified (GM) C. papaya plants to evaluate the influence of genetic modification on leaf anatomy. Wild-type and GM plants showed petiole with endodermis and pericycle fibers. The leaves are hypostomatic and dorsiventral, with laticifers along vascular system and abundant druses of calcium oxalate. The epidermis was glabrous and presented anomocytic and anisocytic stomata, straight anticlinal walls on the adaxial face and sinuous on the abaxial face. Anatomical differences between wild-type and GM C. papaya leaves were not observed. These data contribute to risk assessments regarding the anatomical conformity of GM plants.
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br