Biota Neotropica, Volume: 19, Issue: 3, Published: 2019
  • The 2nd Work Program of the Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services/IPBES Editorial

    Joly, Carlos A.; Castro, Paula F. Drummond de
  • Quadrigyrus torquatus cystacants Van Cleave, 1920 (Acanthocephala: Quadrigyridae) parasitizing species of Astyanax (Characiformes: Characidae) from southern Brazil Article

    Gallas, Moisés; Utz, Laura R. P.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A espécie de acantocéfalo Quadrigyrus torquatus Van Cleave, 1920, tem sido encontrada em diferentes hospedeiros na América do Sul, contudo os estudos recentes não focam no estudo dos caracteres morfológicos. Diferentes espécies de Astyanax Baird & Girard, 1854 foram coletadas com redes do tipo picaré entre janeiro e outubro de 2017, na Ilha da Pintada, Lago Guaíba, Cidade de Porto Alegre (30º17’11’’S e 51º18’01”W), Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Os acantocéfalos encontrados encistados foram processados de acordo com as técnicas para o grupo. Os espécimes de Q. torquatus foram identificados principalmente pela morfologia dos ganchos da probóscide, espinhos do tronco e, pelas medidas realizadas através de microscopia de luz. Observações suplementares na morfologia de Q. torquatus foram realizadas pela primeira vez, considerando a morfologia e o número de ganchos e espinhos. A amplitude das infecções foi 1 (A. aff. fasciatus) e 1‒3 (A. lacustris) helmintos. Esta diferença pode estar associada com o número de hospedeiros examinados, com os hábitos alimentares dos hospedeiros, ou relacionada com aspectos no ciclo de vida do parasito. Este estudo é o primeiro registro de Q. torquatus em A. aff. fasciatus e A. lacustris do Lago Guaíba, estendendo a distribuição do parasito para o sul do Brasil, contribuindo com o conhecimento dos acantocéfalos parasitos de peixes de água doce na América do Sul.

    Abstract in English:

    Abstract: The acanthocephalan species Quadrigyrus torquatus Van Cleave, 1920 has been found in different hosts from South America, but recent papers have not focused on its morphology traits. Different species of Astyanax Baird & Girard, 1854 were collected with seine nets between January 2017 and October 2017 in Pintada Island, Lake Guaíba, Porto Alegre city (30º17’11’’S and 51º18’01”W), Rio Grande do Sul State, Brazil. Acanthocephalans found in cysts were processed according to the techniques for the group. Specimens of Q. torquatus were identified based mainly in the morphology of proboscis hooks and trunk spines, and by the measurements made using light microscopy. Supplemental observations on the morphology of Q. torquatus were made for the first time considering the morphology and amount of hooks and spines. The amplitude of intensity of infections was 1 (A. aff. fasciatus) and 1‒3 (A. lacustris) helminths. This difference could be related to the number of hosts examined, the feeding habit of the hosts or related to aspects in the parasite life cycle. This paper is the first report of Q. torquatus in A. aff. fasciatus and A. lacustris from Lake Guaíba, extending the distribution to the southernmost state of Brazil, thus contributing to the knowledge of acanthocephalans in freshwater fishes from South America.
  • Vanilla bahiana Hoehne (Orchidaceae): studies on fruit development and new perspectives into crop improvement for the Vanilla planifolia group Article

    Nascimento, Tailane Alves do; Furtado, Maura da Silva Costa; Pereira, Wanderson Cunha; Barberena, Felipe Fajardo Villela Antolin

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Vanilla é o gênero mais bem conhecido e economicamente importante de Orchidaceae no mundo. A espécie Vanilla bahiana é restrita ao Brasil e seu estado de conservação foi recentemente avaliado como “Em Perigo”. A espécie é filogeneticamente próxima de V. planifolia, cujos frutos são a principal fonte natural de vanilina. As principais características desejáveis para a produção de baunilha são o elevado número de frutos e grande resistência ao estresse abiótico. Altas temperaturas (> 32 º C) e fortes chuvas favorecem a infecção fúngica, sendo, portanto, indiretamente responsáveis pela queda de frutos de V. planifolia em cultivo. O objetivo do presente estudo foi acompanhar o processo de maturação do fruto de V. bahiana em um fragmento de restinga em uma Área de Proteção Ambiental do estado da Bahia e destacar as implicações para o melhoramento da cultura da baunilha. O trabalho de campo foi realizado de abril de 2016 a janeiro de 2017. Um total de nove autopolinizações manuais e nove polinizações cruzadas manuais foram realizadas com sucesso. O comprimento, o diâmetro e a circunferência dos frutos foram registrados a cada duas semanas. A permanência do fruto na infrutescência foi medida através de dias consecutivos a partir da polinização. Medidas estatísticas descritivas dos atributos morfométricos foram calculadas e a análise de correlação de Pearson foi realizada para verificar a associação entre os pares dos atributos por método de polinização. Também foi analisada a influência da temperatura e da precipitação pluviométrica. As medidas do fruto e a permanência do fruto na infrutescência foram maiores na polinização cruzada do que na autopolinização. O aumento dos índices pluviométricos resulta em queda de frutos. O uso de V. bahiana em esforços de melhoramento para o gênero é fortemente sugerido aqui e suportado por estudos publicados anteriormente, que nos permitiram destacar várias características desejáveis: a produção de vanilina; ampla distribuição geográfica e ocorrência em diversos domínios fitogeográficos; formação de populações substanciais; resistência às condições de seca, alta luminosidade e temperatura elevada; extenso período de floração; elevado número de flores por racemo; possível florescimento sincronizado com V. planifolia; e frutificação ao longo do ano. Essas perspectivas são promissoras e devem ser avaliadas não apenas para V. bahiana, mas também para outras espécies de Vanilla restritas ao Brasil. Estudos de ecologia de polinização podem ser usados para estabelecer diretrizes para a conservação do grupo V. planifolia e encorajar o desenvolvimento de estratégias para aumentar a produção de frutos e, consequentemente, de vanilina para usos culinários e aplicações médicas.

    Abstract in English:

    Abstract: Vanilla is the most well-known and economically important genus of Orchidaceae in the world. Vanilla bahiana is restricted to Brazil and its conservation status was recently assessed as ‘Endangered’. The species is phylogenetically closely related to V. planifolia, whose pods are the main natural source of vanillin. The primary desirable traits for vanilla production are high fruit set and great resistance to abiotic stress. High temperatures (> 32ºC) and heavy rain favor fungal infection, and thus are indirectly responsible for fruit drop by V. planifolia in cultivation. The aim of the present study was to follow the process of pod ripening of V. bahiana in a restinga fragment in an Environmental Protection Area of Bahia State, and to highlight implications for vanilla crop improvement. Fieldwork was carried out from April 2016 to January 2017. A total of nine manual self-pollinations and nine manual cross-pollinations were successfully carried out. Fruit length, diameter and girth were recorded every two weeks. Fruit permanence in the infrutescence was measured as consecutive days from pollination. Descriptive statistics were calculated and Pearson correlation analysis performed among all attributes per pollination method. The influence of temperature and rainfall was also analyzed. Pod measurements and fruit permanence in the infrutescence were higher for cross-pollination than self-pollination. Higher rainfall results in fruit drop. The use of V. bahiana in breeding efforts for the genus is here strongly suggested and supported by previously published studies that allowed us to highlight several desirable traits: vanillin production, its wide geographical distribution and occurrence in a variety of habitats; substantial populations; resistance to conditions of drought and high luminosity and temperature; extensive blooming period; high number of flowers per raceme; possible synchronised flowering with V. planifolia, and fruiting throughout the year. These prospects are promising and should be further evaluated, not only for V. bahiana but for other vanilla crop wild relatives. Studies of pollination ecology can be used to set guidelines for the conservation of the V. planifolia group and to encourage the development of strategies to increase the production of fruit and, consequently, vanillin for its culinary uses and medical applications.
  • Aspects of mating behavior and antennal sensilla in Anomala inconstans Burmeister, 1844 (Coleoptera: Scarabaeidae: Rutelinae) Article

    Rodrigues, Sérgio Roberto; Fuhrmann, Juares; Amaro, Ricardo Aparecido

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Em condições adequadas os adultos de Scarabaeidae geralmente realizam revoadas em busca de alimento e áreas de reprodução. As etapas relacionadas ao comportamento de cópula podem ser intermediadas por comunicação química, e os sensilos antenais são as estruturas que detectam os voláteis como os feromônios sexuais. No presente trabalho o comportamento de cópula e os sensilos antenais de Anomala inconstans Burmeister, 1844 são descritos. Os estudos foram conduzidos na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Cassilândia, de março de 2015 a dezembro de 2017. Adultos foram coletados com armadilha luminosa e conduzidos para laboratório para estudos. Observações de campo e de laboratório permitiram a descrição das etapas do comportamento de cópula. Os adultos revoaram de setembro a novembro de 2015 das 17:30h as 24:00h. As fêmeas apresentam o comportamento de chamamento das 17:25h as 20:00h, no qual atrita o terceiro par de pernas no abdome e, transcorridos alguns minutos, os machos as localizam. Em laboratório a cópula durou em média 20,4 minutos, sendo verificada a possibilidade de comunicação química entre os adultos. Nas antenas foram encontrados sensilos tricódios, chaéticos, placódios dos tipos I, II e III, e coelocônicos tipo I e II. Os sensilos placódios são os mais abundantes, e as fêmeas possuem mais sensilos do que os machos.

    Abstract in English:

    Abstract: When suitable, adults of Scarabaeidae usually form swarms to find food and breeding sites. The steps of mating behavior can be mediated by chemical communication, and antennal sensilla are released volatiles detection structures, as sexual pheromones. In present work the mating behavior and the antennal sensilla of Anomala inconstans Burmeister, 1844 are described. The study was conducted at the Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Cassilândia, Brazil from March 2015 to December 2017. Adults were collected through a light trap and taken to the laboratory for studies. Field and laboratory observations provided data for the description of the steps of mating behavior. Adults swarms were registered from September to November 2015 at 05:30 pm to 00:00 am. Females display a calling behavior from 05:25 pm to 08:00 pm, in which they rub their posterior legs against their abdomen, and after a few minutes males are able to locate them. In laboratory, the mating process lasted 20.4 minutes on average, and the possibility of chemical communication between adults was here discussed. The antennae of the species have trichoid, chaetica, placoid types I, II and III, and coeloconic types I and II sensilla. Placoid sensilla are the most abundant and females have more sensilla than males.
  • Diet and ecomorphology of predator fish species of the Amazonian floodplain lakes Article

    Cardoso, Diogo Campos; deHart, Pieter; Freitas, Carlos Edwar de Carvalho; Siqueira-Souza, Flávia Kelly

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Os lagos da várzea amazônica abrigam uma elevada riqueza de peixes predadores, com características morfológicas distintas, possibilitando explorar com sucesso várias presas disponíveis. Estas características morfológicas podem ser a associação mais próxima com suas fontes de alimentação preferidas (presa). Todavia, esta associação pode ser de forma direta ou indireta. Neste último caso, o desempenho da natação ou a posição preferencial na coluna d'água pode ser uma característica mais evidente. Para examinar o grau com que a morfologia de peixes predadores está correlacionada com seus itens alimentares, foram comparadas a existência de dissimilaridade morfológica e de alimentação entre oito espécies predadoras e a associação entre suas morfologias e suas presas. Foram coletados, medidos e amostrados o conteúdo estomacal de peixes de dois lagos de várzea associados ao rio Solimões, nos meses de maio, agosto e novembro de 2014. Dos 187 peixes coletados, em oito espécies, cinco mostraram que peixe era o item mais importante em suas dietas e três apresentaram preferência por camarão. A análise dos componentes principais dos atributos ecomorfológicos dividiu as espécies de acordo com a capacidade de encontrar sua presa, o desempenho de natação do predador e o tamanho da presa. Embora apresentasse distinção significativa entre suas características morfológicas, não foi encontrado distinção entre a dieta dessas espécies e nem correlação entre morfologia e alimentação. Esses resultados provavelmente se devem ao fato de que há grande abundância e diversidade de presas disponíveis nos lagos da planície de inundação da Amazônia, de modo que a alimentação oportunista pode ser a principal estratégia de forrageamento das espécies de peixes predadores que vivem nesses ambientes.

    Abstract in English:

    Abstract: Amazonian floodplain lakes host a high diversity of predatory fish which coexist and exploit the high diversity of available prey. Morphology could be the characteristic most closely associated with their preferred feeding sources (prey). However, it is unclear whether this association is direct or indirect. If it is indirect, swimming performance or preferential position in the water column could be the most evident characteristic. To examine the degree to which fish morphology of predator fish species is correlated to their dietary inputs, we compared the existence of morphological and feeding dissimilarity among eight predator species with the association between predator morphologies and preferred prey. We collected, measured, and sampled the stomach contents of fish from two lowland floodplain lakes associated with the Solimões River, Brazil, in May, August, and November of 2014. Of 187 collected fish across eight species, five species showed fish to be the most important item in their diets and three preferentially ate shrimp. Principal components analyses of ecomorphological attributes divided the species according to their ability to find the prey, swimming performance of the predator, and prey size. While there was significant distinction between the varying morphologies of predators, we were unable to distinguish between the specific diet of these species and did not find a correlation between morphology and feeding. These results are likely due to the fact that there is great abundance and diversity of available prey in the Amazonian floodplain lakes, so opportunistic feeding may be the primary foraging strategy of predator fish species living in these environments.
  • Diet and resource sharing by two Pimelodidae species in a Southeastern Brazilian reservoir Article

    Silva, Zoraia; Nascimento, Patrícia Elaine Cunha do; Vitule, Jean Ricardo Simões; Frehse, Fabrício de Andrade; Ferraz, Mayara Silva Oliveira; Mourgués-Schurter, Lea Rosa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Os peixes podem variar suas dietas e dinâmicas alimentares de acordo com fatores bióticos e abióticos. O conhecimento insuficiente desses fatores em reservatórios limita o manejo dessas áreas. O objetivo deste estudo foi determinar a dieta de duas espécies de peixes aparentados e mais coletados; verificar a influência de fatores bióticos e abióticos na dieta, e também verificar a existência da partilha de recursos entre essas espécies em um reservatório brasileiro de cabeceira. A abundância de peixes foi calculada e dados foram fornecidos por 176 espécimes de Iheringichthys labrosus (Lütken, 1874) e 255 espécimes de Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 coletados no reservatório de Camargos, MG, Brasil. O conteúdo estomacal foi analisado pelos métodos de frequência de ocorrência e volumétrico. A análise de PERMANOVA foi realizada para avaliar a influência de fatores bióticos (Espécies e Classe de tamanho) e abióticos (Estação e Local) nas dietas. O Índice Alimentar (IA) e o Índice de sobreposição alimentar (Pianka) também foram estimados. Uma análise de NMDS foi conduzida para visualizar as categorias alimentares responsáveis pela diferença interespecífica. Os itens ingeridos foram agrupados em 18 categorias, das quais 17 foram encontradas em ambas as espécies. Os recursos alimentares foram significativamente relacionados aos fatores bióticos (Espécies: Pseudo F = 2.583, P = 0.001; Classe de tamanho: Pseudo F = 1.646, P = 0.001) e abióticos (Estação: Pseudo F = 2.458, P = 0.006). I. labrosus mostrou uma dieta invertívora e P. maculatus uma dieta onívora e ambas as espécies não foram exclusivamente bentófagas como normalmente descritas. A sobreposição alimentar ocorreu intraespecífica e interespecífica (Pianka 0,61 a 0,97 e 0,61 a 0,66, respectivamente) e a sobreposição também ocorreu em três das quatro estações analisadas (Pianka 0,66 a 0,91). A sobreposição de dieta encontrada entre duas das espécies mais pescadas e a baixa produtividade pesqueira podem indicar a limitação de recursos nesse reservatório e devem ser consideradas para o manejo dessa área.

    Abstract in English:

    Abstract: Fish can vary their diet and feeding dynamics according to biotic and abiotic factors. There is insufficient knowledge regarding these factors in reservoirs, which limits the management of these areas. The aim of this study was to determine the diet of two related and most collected fish species, verify the influence of biotic and abiotic factors on their diet, and also verify the existence of resource sharing by them in an upstream Brazilian reservoir. Fish abundance in the reservoir was calculated and data were provided by 176 specimens of Iheringichthys labrosus (Lütken, 1874) and 255 specimens of Pimelodus maculatus Lacépède, 1803 collected in Camargos reservoir, MG, Brazil. Stomach contents were analysed through the frequency of occurrence and volumetric methods. PERMANOVA analysis was done to evaluate the influence of biotic (Species and Size class) and abiotic factors (Season and Site) on the diets. The Alimentary Index (AI) and feeding overlap Index (Pianka) were also estimated. A NMDS analysis was conducted to visualize the food categories responsible for interspecific difference. The ingested items were grouped into 18 categories, of which 17 were found in both species. Feeding resources were significantly related to the biotic (Species: Pseudo F = 2.583, P = 0.001; Size Class: Pseudo F = 1.646, P = 0.001) and abiotic (Season: Pseudo F = 2.458, P = 0.006) factors. I. labrosus showed an invertivorous diet while P. maculatus an omnivorous diet and both species were not exclusively benthophagus as typically reported. Food overlap occurred intraspecifically and interspecifically (Pianka 0.61 to 0.97 and 0.61 to 0.66, respectively) and overlap also occurred in three of the four analysed seasons (Pianka 0.66 to 0.91). The diet overlap found between two of the most fished species and the low fish productivity may indicate the limitation of resources in this reservoir and should be considered for management of this area.
  • Myriapods (Arthropoda, Myriapoda) in the Pantanal of Poconé, Mato Grosso, Brazil Article

    Santos-Silva, Lorhaine; Golovatch, Sergei Ilyich; Pinheiro, Tamaris Gimenez; Chagas-Jr, Amazonas; Marques, Marinêz Isaac; Battirola, Leandro Dênis

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O Pantanal de Mato Grosso é uma das maiores e mais importantes planícies de inundação do mundo, em relação à sua biodiversidade e aos seus indispensáveis serviços ecológicos em escalas locais, regionais e globais. Apesar dessa importância, existem, ainda, muitas lacunas sobre o conhecimento de sua biodiversidade, bem como de seus mecanismos geradores e mantenedores. Desse modo, a fim de contribuir com o conhecimento de sua diversidade biológica compilamos, com base na literatura e em espécimes disponíveis nas coleções e acervos zoológicos da Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT, uma lista de espécies de miriápodes (Arthropoda, Myriapoda) ocorrentes no Pantanal de Poconé, Mato Grosso, Brasil. Um total de 33 espécies de Myriapoda foi registrado como ocorrentes nessa região. As espécies de Diplopoda (20 spp.; 60,6%), estão distribuídas em quatro ordens. Polydesmida está representada por cinco famílias, com destaque para Chelodesmidae com três espécies, Paradoxosomatidae e Pyrgodesmidae, com duas espécies cada, além de Cyrtodesmidae e Fuhrmannodesmidae, com uma espécie cada, recentemente registradas para essa região; Spirostrepida representada por Spirostreptidae, com oito espécies; Spirobolida, com duas espécies (uma Rhinocricidae e uma não identificada); e Polyxenida. Os Chilopoda (10 spp.; 30,3%) estão distribuídos em três ordens: Scolopendromorpha, com quatro espécies da família Scolopendridae, duas espécies de Scolopocryptopidae e uma espécie de Cryptopidae; Geophilomorpha, com as famílias Aphilodontidae e Schendylidae, com uma espécie cada; e Lithobiomorpha, com uma única espécie de Henicopidae. Symphyla foi representada por apenas duas espécies (6,1%) da família Scutigerellidae e Pauropoda (3,0%) por uma única espécie de Pauropodidae. A riqueza de espécies de Myriapoda, bem como a alta proporção de novos registros em estudos recentes, reforçam a importância da região norte do Pantanal como um centro de diversidade com potencial prioridade às medidas de conservação de seus variados habitats.

    Abstract in English:

    Abstract: The Brazilian Pantanal biome is one of the largest and most important floodplains in the world by virtue of its biodiversity and indispensable ecological services on local, regional, and global scales. Despite this importance, many gaps remain concerning its biodiversity as well as its generation and maintenance mechanisms. In view of expanding the information about its biological diversity, we compiled a list of Myriapoda (Arthropoda) species occurring in the Pantanal of Poconé, Mato Grosso, Brazil, based on the records from literature and on the specimens available in the zoological collections of Federal University of Mato Grosso -UFMT. A total of 33 Myriapoda species were recorded in the region. The Diplopoda species (20 spp.; 60.6%) are distributed 'between four orders: Polydesmida, represented by five families (Chelodesmidae, notably, with three species; Paradoxosomatidae and Pyrgodesmidae, with two species each; and Cyrtodesmidae and Fuhrmannodesmidae, with one species each, recently recorded in the region); Spirostreptida, represented by Spirostreptidae, with eight species; Spirobolida, with two species (one Rhinocricidae and one not identified); and Polyxenida. The Chilopoda (10 spp.; 30.3%) belong to three orders: Scolopendromorpha, with four species of the family Scolopendridae, two Scolopocryptopidae species, and one Cryptopidae species; Geophilomorpha, with the families Aphilodontidae and Schendylidae, with one species each; and Lithobiomorpha, with one Henicopidae species. Symphyla was represented by only two species (6.1%) of the family Scutigerellidae; and Pauropoda (3.0%) by a single species of Pauropodidae. The Myriapoda species richness, as well as the high number of new records in recent studies reinforce the importance of the northern region of the Pantanal biome as a diversity center with potential priority for measures aimed at the conservation of its many habitats.
  • Diversity of springtails (Collembola) in agricultural and forest systems in Southern Santa Catarina Article

    Ortiz, Danielle Cristina; Santos, Marcielli Aparecida Borges dos; Oliveira, Luís Carlos Iuñes de; Pompeo, Pâmela Niederauer; Niemeyer, Júlia Carina; Klauberg, Osmar; Baretta, Carolina Riviera Duarte Maluche; Sampietro, Jean Alberto; Baretta, Dilmar

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do uso do solo na diversidade morfológica de colêmbolos e verificar a relação destes organismos com os atributos físicos, químicos e microbiológicos do solo. Foram coletadas amostras na região Sul de Santa Catarina, envolvendo três municípios: Orleans, Lauro Müller e Siderópolis, nos sistemas de uso do solo (SUS) de floresta nativa (FN), reflorestamento de eucalipto (RE), pastagem perene (PA), integração lavoura-pecuária (ILP) e plantio direto (PD). As coletas de solo para determinação dos atributos edáficos e a instalação de armadilhas de queda, foram realizadas no inverno e verão, nos mesmos pontos. Os colêmbolos coletados foram contados e morfotipados e os dados foram analisados por meio da abundância, diversidade de Shannon-Wiener (H') e Margalef, índice de dominância de Simpson (D), uniformidade de Pielou (J), riqueza de morfotipos e Análise de Componentes Principais (ACP). Os morfotipos de Collembola foram influenciados pelas condições de manejo de cada sistema, sobretudo o impacto dos SUS nesses organismos depende da intensidade das práticas florestais/agrícolas utilizadas, incluindo rotações culturais e preparo do solo.

    Abstract in English:

    Abstract: The aim of this study was to evaluate the influence of soil use on the morphological diversity of springtails and to verify the relationship of these organisms with soil physical, chemical, and microbiological properties. Samples were collected in the Southern region of Santa Catarina, involving three municipalities: Orleans, Lauro Müller, and Siderópolis, in the land use systems (LUS) of native forest (NF), Eucalyptus plantation (EP), pasture (PA), integrated crop-livestock (ICL), and no-tillage (NT). Soil samples to determine edaphic properties and pitfall traps were collected in winter and summer, in the same areas. The collected springtails were counted and morphotyped and the data were analyzed through abundance, Shannon-Wiener diversity (H') and Margalef index, Simpson dominance index (D), Pielou evenness index (J), morphotype richness, and Principal Components Analysis (PCA). Springtails morphotypes were influenced by the management conditions of each system, especially the impact of LUS on these organisms depends on the intensity of the forest/agricultural practices used, including crop rotation and soil preparation.
  • The genera Bernardia Houst. ex Mill. and Tragia L. (Euphorbiaceae, Acalyphoideae) in Northeastern Brazil Inventory

    Santos, Mirane de Oliveira; Cordeiro, Wesley Patrício Freire de Sá; Sales, Margareth Ferreira de; Silva, Juliana Santos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Bernardia e Tragia são gêneros da subfamília Acalyphoideae com espécies ocorrendo nas regiões tropicais e subtropicais. Estudos referenciando especificamente esses gêneros são escassos no Brasil, incluindo o Nordeste brasileiro. Portanto, o presente trabalho teve como objetivo realizar o estudo taxonômico das espécies ocorrentes na região Nordeste, fornecendo ilustrações, chave de identificação, descrições e breves comentários sobre afinidades taxonômicas, além de dados de distribuição geográfica e ambiente preferencial das espécies. Um total de 13 espécies foi registrado, sendo oito de Bernardia e cinco de Tragia. Destas, B. hamadryadica e T. cearensis são endêmicas do Nordeste e B. celastrinea, B. pulchella e T. chlorocaulon são novos registros para a região. Ambos os gêneros predominam em vegetações de Mata Atlântica em bordas de mata e áreas antropizadas. Novas ocorrências foram verificadas em todos os estados, totalizando 21 novos registros. Os caracteres diagnósticos para distinguir as espécies foram a sexualidade da planta (monoicia ou diocia), presença de glândulas foliares, tipo de inflorescência e tricoma, e número de estames. Dentre as 13 espécies encontradas, seis delas foram ilustradas pela primeira vez.

    Abstract in English:

    Abstract: Bernardia and Tragia are genera of the subfamily Acalyphoideae, with species occurring in tropical and subtropical regions. Studies concerning those genera are scarce in Brazil, including Northeastern Brazil. The present study was designed to study the taxonomy of species occurring there, and provides illustrations, keys, descriptions, and comments concerning taxonomic affinities, as well as information concerning their geographic distributions and environmental preferences. A total of 13 species were encountered, eight of Bernardia and five of Tragia. Of those, B. hamadryadica and T. cearensis are endemic to Northeastern Brazil and B. celastrinea, B. pulchella, and T. chlorocaulon are new records for the region. The two genera occur in moist Atlantic forests, in forest borders, and anthropically impacted areas. New occurrences were recorded in all of the states, totaling 21 new records. The principal diagnostic characters for distinguish were: the sexuality of the plant (monoecious or dioecious), the presence of foliar glands, the types of inflorescence and trichomes, and the numbers of stamens. Among the 13 species encountered, six are illustrated here for the first time.
  • Specimens inventory of Tabanidae (Diptera) of Entomological Collection of National Museum of Natural History - Universidade Federal do Rio de Janeiro Inventory

    Guimarães, Ronald Rodrigues; Aguiar, Valéria Magalhães

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Uma lista dos tabânidas da Coleção Entomológica do Museu Nacional de História Natural - Universidade Federal do Rio de Janeiro é fornecida. Um total de 5.325 espécimes foi examinado, dos quais 2.916 se encontraram identificados, pertencentes a 341 espécies, 42 gêneros e quatro variedades, coletados em todos os continentes desde 1902. Os nomes atuais dos taxa foram fornecidos quando possível, assim como locais de coletas.

    Abstract in English:

    Abstract: A checklist of tabanids of the Entomological Collection of National Museum of Natural History - Universidade Federal do Rio de Janeiro is provide. A total of 5,325 specimens was examined of which 2,916 were found identified, belonging to 341 species, 42 genera e four varieties, collected from all continents since 1902. The currently taxa names were provided when possible, also currently localities of collections.
  • Freshwater fishes of the Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses and adjacent areas Inventory

    Brito, Pâmella Silva de; Guimarães, Erick Cristofore; Ferreira, Beldo Rywllon Abreu; Ottoni, Felipe Polivanov; Piorski, Nivaldo Magalhães

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Nós apresentamos aqui um inventário de peixes de água doce do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e áreas adjacentes, relatando 49 espécies de peixes, 33 dos quais foram identificados com precisão à nível de espécie, representando dez ordens e 25 famílias de peixes que variam de água doce à organismos estuarinos. Esse número de espécies é muito maior do que dois estudos anteriores para o parque, cada um registrando apenas 12 e 33 espécies de peixes ocorrendo em ambientes de água doce. Entre as 49 espécies de água doce registradas neste estudo, 14 são novos registros para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, e apenas um corresponde a uma espécie introduzida. Alguns dos 14 novos registros no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, citados acima, bem como algumas das 16 espécies que não foram possíveis de serem identificadas com precisão no nível de espécie, podem incluir espécies não descritas. Entretanto, são necessários mais estudos antes de se ter certeza de quais espécies são verdadeiramente não descritas, e quais já são descritas. As ordens relatadas por esta pesquisa que compõem a maior porcentagem de riqueza de espécies, excluindo espécies introduzidas, foram: Characiformes, Cichliformes e Siluriformes na mesma posição do ranking, e Gymnotiformes, como esperado para levantamentos de água doce Neotropical. As famílias com maior número de espécies, excluindo espécies não nativas, foram: Characidae, seguida por Cichlidae e Loricariidae. Das 33 espécies aqui identificadas com precisão no nível de espécie, cinco delas são espécies tipicamente encontradas em ambientes de água salobra, e quando ocorrem em ambientes de água doce, são restritas principalmente a estuários, ou ocasionalmente, as porções mais baixas dos rios. Assim, não os abordaremos em nossos comentários biogeográficos. Das 28 espécies restantes, oito não ocorrem na bacia do rio Amazonas, sendo seis endêmicas da ecorregião Maranhão-Piauí. As espécies restantes aqui relatadas também têm sua distribuição registrada para a bacia do rio Amazonas, o que mostra sua grande influência. Nas últimas duas décadas foram feitos esforços para inventariar a fauna de peixes de água doce e resolver taxonomicamente alguns grupos que ocorrem no estado do Maranhão. No entanto, o conhecimento sobre a composição dos peixes de água doce do Maranhão ainda é insuficiente e subestimado, com vários grupos ainda sem resolução taxonômica e sistemática adequada, e com muitas lacunas de conhecimento, algo que não é apropriado para nosso quadro atual da "crise da biodiversidade". Assim como as demais áreas de proteção brasileiras, o PNLM falha em preservar seus ambientes de água doce de forma apropriada, já que ele inclui apenas fragmentos dos maiores sistemas fluviais da área, não incluindo e conservando as drenagens inteiramente, principalmente excluindo suas cabeceiras. Sendo assim, seus corpos de águas estão expostos a típicos impactos humanos.

    Abstract in English:

    Abstract: We present here an embracing freshwater fish inventory of the Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses and adjacent areas, reporting 49 fish species, 33 of which were identified accurately at the species level, representing ten orders and 25 fish families that range from obligate freshwater to estuarine organisms. This number of species is much larger than two previous studies for the park, each reporting just 12 and 33 fishes occurring on freshwater environments. Among the 49 freshwater species recorded in this study, 14 are new records for the Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, and just one corresponds to an introduced species. Some of the 14 new records in the Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, cited above, as well as some of the 16 species which we are not able to identify accurately at the species level, could include undescribed species, but more study is necessary before sorting out which species are truly undescribed, and which are already described ones. The orders reported by this survey which comprise the highest percentage of species richness, excluding introduced species, were: Characiformes, Cichliformes and Siluriformes, in the same ranking position, and Gymnotiformes, as expected for Neotropical freshwater surveys. The families with the highest number of species, excluding non-native species, were: Characidae, followed by Cichlidae, and Loricariidae. Out of the 33 species herein identified accurately at the species level, five of them are species typically found in brackish water environments, and when occurring on freshwater environments, are restricted mainly to estuaries, or, occasionally, the lower portions of the rivers. Thus, we will not address them in our biogeographical comments. From the remaining 28 species, eight did not occur in the Amazon River basin, six of them being endemic to the Maranhão-Piauí ecoregion. The remaining species herein reported also have their distribution recorded for the Amazon River basin, which shows the great influence of the Amazon basin. In the last two decades efforts to inventory the freshwater fish fauna and to taxonomically solve some groups occurring on the Maranhão state have been made. However the knowledge regarding the composition of the Maranhão freshwater fishes is still insufficient and underestimated, with several groups still lacking adequate taxonomic and systematic resolution, and with many gaps of knowledge, something that is not appropriate for our current picture of "biodiversity crisis". As well as, the other Brazilian protected areas, the PNLM fails to preserve its freshwater environment properly, since it includes only fragments of the major river systems of the area, not including and conserving the hole river drainages, mainly excluding their headwaters. Thus, its water bodies are exposed to typical human impacts.
  • Marine ichthyofauna of Santa Catarina Island, Southern Brazil: checklist with comments on the species Inventory

    Ribeiro, Gisela Costa; Cattani, André Pereira; Hostim-Silva, Mauricio; Clezar, Leandro; Passos, Ana Carolina dos; Soeth, Marcelo; Cardoso, Olímpio Rafael; Spach, Henry Louis

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este estudo teve como objetivo apresentar uma lista de peixes marinhos de ambientes costeiros da Ilha de Santa Catarina, incluindo comentários sobre as afinidades zoogeográficas, estado de conservação de cada espécie e grupos funcionais. Um total de 169 espécies de peixes, pertencentes a 30 ordens e 58 famílias, foram registradas. As famílias mais especiosas foram Sciaenidae, Carangidae e Engraulidae, representando 26,62% das espécies registradas. Anchoa foi o gênero mais rico, seguido por Sphoeroides e Cynoscion. A maioria das espécies tem sua distribuição limitada ao Atlântico ocidental, e dois grupos de peixes foram distinguidos de acordo com as distribuições de espécies: 1) espécies ocorrentes no Caribe e na Província Brasileira; e 2) espécies Transatlânticas. Treze espécies estão criticamente ameaçadas, 10 são superexploradas na costa brasileira e 2 estão ameaçadas de extinção. A maioria das espécies é composta por visitantes marinhos ou migrantes marinhos, sendo a maioria deles zoobentívoros, piscívoros ou ambos.

    Abstract in English:

    Abstract: This study aimed to present a checklist of marine fishes from coastal environments of the Island of Santa Catarina, including comments on the zoogeographic affinities, conservation status of each species, and functional groups. A total of 169 fish species belonging to 30 orders and 58 families were recorded. The most speciose families were Sciaenidae, Carangidae and, Engraulidae, representing 26,62% of the recorded species. Anchoa was the richest genus, followed by Sphoeroides and Cynoscion. Most of the species have their distribution limited to the western Atlantic, and two groups of fish were distinguished according to the species distributions: 1) species occurring in the Caribbean and in the Brazilian Province; and 2) Transatlantic species. Thirteen species are critically threatened, 10 are overexploited on the Brazilian coast, and 2 are threatened by extinction. Most of the species are either marine stragglers or marine migrants, and most of them are zoobenthivores, piscivores, or both.
  • Butterflies (Lepidoptera: Papilionoidea) from the campos rupestres of Serra de São José, Minas Gerais, Brazil Inventory

    Henriques, Nathália Ribeiro; Beirão, Marina do Vale; Brasil, Ello; Cornelissen, Tatiana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Fornecemos o primeiro levantamento de espécies de borboletas (Lepidoptera: Papilionoidea) da Serra de São José, Minas Gerais, Brazil. A Serra de São José possui elevações variando de 800 a 1.400 m de altitude, onde as borboletas foram amostradas utilizando armadilhas e redes entomológicas em sete áreas ao longo do gradiente altitudinal. Nós registramos 647 borboletas pertencentes a 112 espécies e seis famílias. Também registramos uma espécie ameaçada e três espécies endêmicas do Cerrado, o que sugere que a Serra de São José seja um importante refúgio para a conservação de borboletas.

    Abstract in English:

    Abstract We provide the first inventory of butterfly species (Lepidoptera: Papilionoidea) in Serra de São José, Minas Gerais, Brazil. Serra de São José has elevations ranging from 800 m to 1,400 m above sea level; the butterflies were sampled using traps and entomological nets in seven plots along the altitudinal gradient. We recorded 647 butterflies belonging to 112 species and six families. We also recorded one threatened species and three endemic species for the Cerrado domain, which suggests that Serra de São José is an important refuge for butterfly conservation.
  • Winged ants (Hymenoptera: Formicidae) presence in twigs on the leaf litter of Atlantic Forest Inventory

    Fernandes, Tae Tanaami; Silva, Rogério R.; Souza-Campana, Débora Rodrigues de; Silva, Otávio Guilherme Morais da; Morini, Maria Santina de Castro

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Na serapilheira as formigas têm disponíveis diversos recursos de nidificação, como troncos e galhos vivos ou mortos, folhas, frutos e sementes. Nos galhos são encontrados indivíduos adultos e imaturos, mas também rainha e alados. A produção de alados exige tempo e energia por parte da colônia. O objetivo deste estudo foi investigar a presença de alados em colônias de formigas em galhos na serapilheira. Nossa hipótese é que a riqueza e abundância de alados em galhos são maiores nos meses chuvosos. Nós coletamos todos os galhos com formigas em 552 parcelas de 16 m2, totalizando 8.832 m2 de serapilheira em áreas localizadas no Domínio Atlântico brasileiro. Comparamos a riqueza de espécies e o número de galhos com e sem alados, bem como o número de alados ao longo de um ano. No total coletamos 1.521 galhos com colônias, pertencentes a 92 espécies de formigas; a taxa de galhos com alados foi baixa, cerca de 12%. Nas colônias com alados, o número total de galhos, espécies e quantidade de alados não diferem entre os meses secos ou chuvosos. A maioria das espécies com alados é habitante da serapilheira, como Linepithema neotropicum, registrada com a maior quantidade de alados, independente do período. Espécies arborícolas colonizaram 15% dos galhos e, em 1/3 dessas espécies, alados foram registrados fazendo parte da composição da colônia. Apesar de os alados representarem uma pequena porcentagem da colônia em galhos, nossos resultados indicam que este recurso é importante para o ciclo de vida de 50% das espécies que os ocupam, considerando que alados são fundamentais para a dispersão da colônia.

    Abstract in English:

    Abstract: In the leaf litter, ants have various nesting resources available, such as live or dead trunks, twigs, leaves, fruits and seeds. On the twigs, there are adults and immature individuals, but also the queen and winged. The production of wings requires time and energy from the colony. The objective of this study was to investigate the presence of winged in ant colonies in twigs on the leaf litter. Our prediction is that the richness and abundance of winged in twigs are the greatest in rainy months. We collected all twigs with ants in 552 plots with 16 m2, totaling 8,832 m2 of leaf litter, in areas located in the Brazilian Atlantic Domain. We compared the species richness and the number of colonies with and without winged, as well as the number of winged over a year. In total, we collected 1,521 twigs with colonies belonging to 92 species of ants. The rate of twigs with winged was low, about 12%. In colonies with winged, the total number of twigs, species and amount of winged does not differ between the months considered dry and rainy. The majority of winged species are leaf litter dwellers, such as Linepithema neotropicum, recorded with the highest amount of winged irrespective of the period. Arboreal species colonized 15% of the twigs and, in 1/3 of these species, winged were recorded as part of the composition of the colony. Although winged represent a small percentage of the colony in twigs, our results indicate that this feature is important for the life cycle of 44% of the species that occupy twigs, considering that winged are fundamental for the dispersion of the colony.
  • Bombacoideae, Byttnerioideae, Grewioideae and Helicterioideae (Malvaceae s.l.) in the Raso da Catarina Ecoregion, Bahia, Brazil Inventory

    Lima, Jéssica Batista; Bovini, Massimo Giuseppe; Conceição, Adilva de Souza

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Este trabalho apresenta o levantamento florístico das subfamílias Bombacoideae, Byttnerioideae, Grewioideae e Helicterioideae (Malvaceae s.l.) na Ecorregião Raso da Catarina, Bahia, Brasil. Os espécimes analisados foram coletados no período de setembro/2013 a maio/2015. As análises foram complementadas com coleções herborizadas depositadas nos herbários: ALCB, HRB, HUEFS, HUNEB, HST, IPA, PEUFR, R e RB. As identificações foram realizadas com base, principalmente, em bibliografias especializadas, protólogos, imagens de coleções-tipo e consultas às coleções dos herbários visitados. Foram registrados 10 gêneros e 22 espécies para as subfamílias, sendo nove endêmicas do Brasil. Waltheria L. foi o gênero mais representativo com cinco espécies, seguido por Ceiba Mill. e Melochia L. com três espécies cada, Helicteres L., Luehea Willd., Pachira Aubl. e Pseudobombax Dugand apresentaram duas espécies cada e os demais gêneros foram representados cada um por uma única espécie. Entre as espécies catalogadas, Luehea candicans Mart. é um novo registro para o bioma Caatinga As espécies mais frequentes na área de estudo foram Helicteres velutina K.Schum., Melochia tomentosa L., Waltheria brachypetala Turcz., W. indica L. e W. rotundifolia Schrank. O tratamento taxonômico inclui uma chave para a identificação, descrições, ilustrações, fotografias, dados de distribuição geográfica, fenologia reprodutiva e comentários sobre todas as espécies estudadas.

    Abstract in English:

    Abstract: This work presents a floristic survey of the subfamilies Bombacoideae, Byttnerioideae, Grewioideae and Helicterioideae (Malvaceae s.l.) in the Raso da Catarina Ecoregion (RCE), Bahia, Brazil. The samples analyzed were collected from September 2013 to May 2015. The analyses were supplemented with dried collections kept in the herbaria: ALCB, HRB, HUEFS, HUNEB, HST, IPA, PEUFR, R and RB. The identifications were based mainly on specialized bibliographies, protologues, types and herbaria collections. Ten genera and 22 species of the subfamilies were recorded, nine endemic to Brazil. Waltheria L. was the most representative genus with five species, followed by Ceiba Mill. and Melochia L. with three species each, Helicteres L., Luehea Willd., Pachira Aubl. and Pseudobombax Dugand presented two species each and other genera were represented by one species each. Among the species recorded, Luehea candicans Mart. represents a new record for the Caatinga biome. The species most commonly found in the study area were Helicteres velutina K.Schum., Melochia tomentosa L., Waltheria brachypetala Turcz., W. indica L. and W. rotundifolia Schrank. The taxonomic treatment includes identification key, descriptions, illustrations, photos, geographical distribution, reproductive phenology and comments about all studied species. Keywords: biodiversity, Caatinga, morphology, semiarid, taxonomy.
  • Fish fauna of the Pelotas River, Upper Uruguay River, southern Brazil Inventory

    Delariva, Rosilene Luciana; Neves, Mayara Pereira; Baumgartner, Gilmar; Baumgartner, Dirceu

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A fauna de peixes do rio Pelotas, bacia do Alto Uruguai foi inventariada. As amostragens foram realizadas trimestralmente entre agosto de 2013 e maio de 2014, em 14 pontos da bacia do rio Pelotas, utilizando-se redes de emalhar de diferentes tamanhos, redes de arrasto, tarrafas e pesca elétrica. No total, foram registrados 7.745 exemplares, compreendendo 46 espécies pertencentes a 13 famílias e cinco ordens. Aproximadamente 80% das espécies foram pertencentes as ordens Characiformes e Siluriformes, assim como as famílias Characidae e Loricariidae, que tiveram maior número de espécies. Do total de espécies amostradas, 24% são endêmicas do Alto rio Uruguai, quatro foram identificadas apenas em nível de gênero e nenhuma foi considerada não nativa. Aproximadamente metade das 98 espécies anteriormente registradas na bacia do Alto rio Uruguai foi registrada nesse estudo. Os tributários do rio Pelotas exibiram distinta fauna com cinco espécies exclusivas. Trinta espécies foram comuns aos afluentes e canal principal. Verificou-se maior riqueza, bem como a presença de espécies de maior porte no canal principal. Muitas das espécies não restritas ao alto rio Uruguai já foram relatadas como parte da fauna da bacia do rio Taquari-Antas. No entanto, a biodiversidade local da região de estudo está sob diversas ameaças, como o uso do solo e a instalação de pequenas centrais hidrelétricas. Esses resultados destacam a importância da preservação dos rios de planalto, especialmente na ecorregião do Alto rio Uruguai, que apresenta uma fauna de peixes peculiar e endemismos.

    Abstract in English:

    Abstract: The fish fauna of the Pelotas River, in the Upper Uruguay ecoregion of southern Brazil was inventoried. Samplings were performed quarterly between August 2013 and May 2014 at 14 sites in the Pelotas River and its tributaries, using gill nets of different mesh sizes, sein nets, cast nets and electrofishing. In total, 7,745 specimens were recorded, comprising 46 species, belonging to 13 families and five orders. Approximately 80% of the species belonged to the orders Characiformes and Siluriformes, as well as the families Characidae and Loricariidae, which included a greater number of species. Of the total species, 24% were endemic to the Upper Uruguay River, four were identified only at the genus level and none was considered non-native. Approximately, half of the 98 species previously recorded for the Upper Uruguay basin were also detected in this study. The tributaries of the Pelotas River exhibited different faunas with five exclusive species. Thirty species were present in both the tributaries and the main channel. In addition, higher species richness, as well as the presence of larger-sized species were observed in the main channel. Many of the species not restricted to the Upper Uruguay River have already been reported as part of the Taquari-Antas River fauna. However, the local biodiversity of this region is under several threats, such as land use and installation of small hydroelectric plants. These results highlight the importance of the conservation of plateau/upland rivers, especially in the Upper Uruguay ecoregion, which shows a peculiar fish fauna and endemism.
  • Medium and large mammals in a Cerrado fragment in Southeast Goiás, Brazil: inventory and immediate effects of habitat reduction on species richness and composition Inventory

    Rocha, Ednaldo Cândido; Silva, Jhefferson; Silva, Pablo Timóteo da; Araújo, Márcio da Silva; Castro, André Luis da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A fragmentação e a redução de hábitat de vegetação remanescente tem sido as principais ameaças à biodiversidade do Cerrado. Este trabalho teve como objetivo inventariar as espécies de mamíferos de médio e grande porte em um fragmento de Cerrado e avaliar a influência do desmatamento de parte desse fragmento na riqueza e composição de espécies de mamíferos. O estudo foi conduzido em um fragmento de Cerrado, no sudeste do Estado de Goiás, município de Ipameri. Os dados foram coletados em três períodos (P1 - janeiro-junho/2014, P2 - dezembro/2016-junho/2017 e P3 - julho-dezembro/2017) utilizando métodos diretos (visual, vocal e registros fotográficos) e indiretos (pegadas, tocas e outros sinais) para o registro das espécies de mamíferos. Foi estimada a riqueza de espécies para os três períodos amostrados e para todo período utilizando o estimador Jackknife 1 e a semelhança de espécies entre os períodos, pelo Índice de Similaridade de Jaccard (Cj). A comparação da riqueza de espécies estimada entre os períodos foi realizada pela inferência por sobreposição dos intervalos de confiança (IC). Em todo o período estudado foram registradas 29 espécies, sendo 5 destas listadas como ameaçadas de extinção no Brasil. Entre os períodos amostrados não foi observada mudança significativa na riqueza de espécies, sendo que no período 1 (P1) foi observada a riqueza de 25 espécies e estimada de 32 (IC = 4,58), no período 2 (P2) registrou-se 23 espécies e estimou-se 30 (IC = 4,39) e no período 3 (P3) a riqueza observada foi de 23 espécies e estimada 28 (IC = 4,70). A similaridade na composição de espécies entre os períodos foi de Cj = 0,71 (71%) entre P1 e P2, Cj = 0,66 (66%) entre P1 e P3 e Cj = 0,77 entre P2 e P3. Não foi observada influência do desmatamento do fragmento (no período de 2 a 3 anos) na riqueza e composição de espécies de mamíferos de médio e grande porte, comparando os três períodos amostrados. Contudo, a ausência de alterações na comunidade pode ser decorrente de um time-lag, não podendo descartar possíveis efeitos a médio e longo prazo.

    Abstract in English:

    Abstract: The reduction and fragmentation of remnant vegetation habitats has been one of the main threats to Cerrado biodiversity. The aim of the present study is to make an inventory of medium and large mammal species in a Cerrado remnant and to assess deforestation influence on part of this fragment on the richness and composition of mammal species. The study was conducted in a Cerrado fragment in southeast Goias State, Ipameri County. Data were collected during three different periods (P1, January-June, 2014; P2, December, 2016 - June, 2017; P3, July-December, 2017) through direct (visual, vocal and camera-trap records) and indirect methods (foot prints, animal burrows and other traces) in order to register the mammal species. Jackknife 1 estimator was used to estimate species richness during each of the three sampled periods and for the complete collection period; species similarity between periods was assessed through the Jaccard's Index of Similarity (Cj). Species richness between periods was performed through inference by overlapping confidence intervals (CI). Twenty-nine species were recorded during the assessed period, five of them were listed as endangered in Brazil. There was no significant change in species richness between the assessed periods: species richness of 25 species was observed in Period 1 (P1), the richness of 32 species was estimated (CI = 4.58); 23 species were recorded in Period 2 (P2), and the richness of 30 species was estimated (CI = 4.39), the richness of 23 species was observed in Period 3 (P3) and the richness of 28 species was estimated (CI = 4.70). Similarity in species composition between the assessed periods recorded Cj = 0.71 (71%) between P1 and P2, Cj = 0.66 (66%) between P1 and P3, and Cj = 0.77 between P2 and P3. Fragment deforestation did not influence the richness and composition of medium and large mammal species (within a period of 2~3 years) when the three periods were compared; however, the absence of changes in the community can be the result of time-lag, therefore, we cannot put aside the likelihood of mid and long-term effects.
  • Checklist of the flora in ironstone outcrops at the Urucum Plateau, Corumbá, Mato Grosso do Sul Inventory

    Lima, Michele Soares de; Takahasi, Adriana; Damasceno-Junior, Geraldo Alves; Araujo, Andréa Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: As cangas são afloramentos ferruginosos que ocorrem ao sopé do Maciço do Urucum, na Borda Oeste do Pantanal, Corumbá-MS. No Brasil, o conhecimento sobre a florística e ecologia das comunidades vegetais associadas a essas formações ainda é incipiente. Esses habitats estão entre os mais ameaçados e menos estudados do Brasil, devido à sua associação a depósitos de minério de ferro de alta qualidade. Nós apresentamos um cheklist da flora desses ambientes, resultante de diversos esforços de coleta de diferentes autores em 10 áreas do Maciço. Foram registradas 302 espécies distribuídas em 53 famílias botânicas e 175 gêneros. Poaceae (43 espécies), Fabaceae (41), Euphorbiaceae (22), Cyperaceae (19), Malvaceae (19), Convolvulaceae (15), Malpighiaceae (13) e Apocynaceae (11) representaram 60,6% da riqueza específica. Nossos dados adicionam 59 novas ocorrências de espécies de angiospermas para a flora de cangas do Maciço do Urucum. Das espécies apresentadas, 27 ainda não possuíam registro de ocorrência para o Mato Grosso do Sul e três espécies não haviam sido ainda registradas para o Brasil. A alta diversidade e a presença de espécies endêmicas, raras, ameaçadas e/ou ainda não catalogadas para a região do Maciço do Urucum reforça a necessidade de unidades de conservação locais que possam garantir a preservação dessas espécies, uma vez que as áreas de proteção ambiental existentes na região são insuficientes para garantir a manutenção de populações típicas desse habitat.

    Abstract in English:

    Abstract: "Cangas" are ironstone outcrops occurring at the foot of the Urucum Plateau, on the western edge of Pantanal, Corumbá-MS. In Brazil, the knowledge about flora and ecology of the plant communities associated with these formations is still incipient. These habitats are among the most threatened and less studied in Brazil because of their association with high quality iron ore deposits. We present a cheklist of the flora from these formations, resulting from different authors' collecting efforts in 10 areas of the Plateau. A total of 302 species have been recorded; they were distributed in 53 botanical families and 175 genera. Poaceae (43 species), Fabaceae (41), Euphorbiaceae (22), Cyperaceae (19), Malvaceae (19), Convolvulaceae (15), Malpighiaceae (13) and Apocynaceae (11) accounted for 60.6% of the species richness. Our data add 59 new occurrences of species of angiosperms to the ironstone outcrops flora in the Urucum Plateau. Among these, 27 species had no occurrence record for Mato Grosso do Sul and three species had not yet been recorded for Brazil. The high diversity and presence of endemic, rare, endangered and/or not yet cataloged species for the Urucum Plateau region, reinforces the need for local conservation units that can guarantee the preservation of these species, since the existing environmental protection areas are insufficient to guarantee the maintenance of typical species from this habitat in the region.
  • Occurrence of tayras (Eira barbara Linnaeus, 1758) with anomalous coloration in Cerrado remnants in the state of São Paulo, Brazil Short Communication

    Scrich, Vitória M.; Pônzio, Marcella C.; Pasqualotto, Nielson; Rodrigues, Thiago F.; Paolino, Roberta M.; Chiarello, Adriano G.

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Colorações anômalas são desordens geralmente de origem genética, em que a pigmentação do corpo é reduzida (hipopigmentação) ou excessiva (melanismo), em partes ou totalmente. Casos de hipopigmentação já foram documentados em muitos mamíferos neotropicais, incluindo a irara (Eira barbara Linnaeus, 1758). Nós expandimos os relatos de ocorrência de colorações anômalas apresentando novos registros de iraras hipopigmentadas no Brasil. Dados foram coletados durante um levantamento de mamíferos em três paisagens agrícolas no domínio do Cerrado no nordeste do estado de São Paulo. Obtivemos dois tipos de registros de iraras hipopigmentadas, sendo um por avistamento e outro por armadilhas fotográficas. Nós discutimos possíveis implicações ecológicas dessa coloração em iraras e sugerimos novas possibilidades de estudos.

    Abstract in English:

    Abstract: Coloration anomalies are mainly genetically-based disorders in which body pigmentation is either reduced (hypopigmentation) or produced in excess (melanism), in parts or the totality of the body. Cases of hypopigmentation have been documented in many neotropical mammals, including the tayra (Eira barbara Linnaeus, 1758). We expand the account of anomalous coloration occurrence presenting new registers of hypopigmented tayras in Brazil. Data was collected during a mammal survey carried out in three agricultural landscapes within the Cerrado domain in the northeast of the state of São Paulo. We obtained two kinds of records of hypopigmented tayras, one from direct sighting and the other from a camera-trap. We discuss the likely implications of this conspicuous coloration to tayras and highlight some possibilities of study.
  • Frequency of leucism in a colony of Anoura geoffroyi (Chiroptera: Phyllostomidae) roosting in a ferruginous cave in Brazil Short Communication

    Reis, Aline da Silva; Zampaulo, Robson de Almeida; Talamoni, Sônia Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Relatamos aqui o primeiro registro de frequência de leucismo em uma espécie de morcego Neotropical. Leucismo é uma anomalia na pigmentação da pele dos animais que consiste na perda total ou parcial da cor natural da espécie, podendo acometer partes ou todo o corpo do animal. Em um estudo de captura e marcação de indivíduos de uma população de A. geoffroyi abrigada em uma caverna localizada no estado de Minas Gerais, foram registrados sete indivíduos com algum grau de despigmentação dentre 616 indivíduos marcados, representando 1.1% da população. Leucismo é um tipo de anomalia de coloração de expressão gênica recessiva, portanto, esse resultado pode indicar isolamento da população e nível elevado de endogamia. Fatores que podem levar à esta condição nessa população são desconhecidos.

    Abstract in English:

    Abstract: We provide the first report of the frequency of leucism for a species of Neotropical bat. Leucism is an anomaly of the skin pigmentation of an animal that manifests itself as the total or partial loss of the natural color of the species, and can affect part of or the entire body. During a study involving capture and marking individuals of a population of A. geoffroyi residing in a cave in the Brazilian state of Minas Gerais, seven individuals with some degree of depigmentation were recorded out of 616 individuals marked, for a frequency of 1.1%. Since leucism is due to recessive gene expression, these findings may indicate that the population is isolated and possesses a high level of endogamy. Factors that may be responsible for this condition in the studied population remain unknown.
  • The surprising "B-side": description of a new foraging tactic for the pearl cichlid, Geophagus brasiliensis, in a coastal stream of the Atlantic Forest Short Communication

    Souza, Gabriel Raposo Silva de; Sabino, José; Garrone-Neto, Domingos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: Uma nova tática de forrageamento do acará, Geophagus brasiliensis, é descrita a partir de observações subaquáticas realizadas em um riacho costeiro da Mata Atlântica, Sudeste do Brasil. Chamada de "virar para pegar", a tática de forrageamento envolve o movimento de folhas, galhos e cascas de árvores presentes no substrato, com os peixes usando a boca para virar objetos e expor macroinvertebrados aderidos à parte de baixo dos objetos explorados ("lado B"). O comportamento de mover objetos é raramente relatado e o presente trabalho parece ser o primeiro registro para uma espécie de água doce da América do Sul.

    Abstract in English:

    Abstract: A new foraging tactic for the pearl cichlid, Geophagus brasiliensis, is described from underwater observations performed in a coastal stream of the Atlantic Forest, Southeastern Brazil. Named "shift picking", the foraging tactic involved the manoeuvering of leaves, wood twigs and tree bark present in the substrate, with fish using its mouth to turn objects and uncover macroinvertebrates adhered to the underside of the object being picked ("B-side"). The object-shifting behaviour is rarely reported for fish and the present description seems to be the first record for a freshwater species of South America.
  • Morphometric characterization of Dinophysis acuminata/D. sacculus complex in Guanabara Bay, Brazil Short Communication

    Barrera-Alba, José Juan; Piedras, Fernanda Reinhardt; Duarte, Carla Lucatelli; Lopes, Raquel Neves Tavares; Moser, Gleyci Aparecida Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo: A maioria dos estudos sobre Dinophysis acuminata no Brasil ocorreram na região sul, onde as florações são recorrentes. Em 2016, a presença de D. acuminata causou o primeiro embargo comercial da produção e consumo de espécies de moluscos do estado de São Paulo, sudeste do Brasil. Várias espécies de microalgas potencialmente nocivas foram relatadas na Baía de Guanabara (BG), incluindo espécies tóxicas de Dinophysis, mas estas foram reportadas apenas como ocasionais e em baixas densidades. A presente nota é o primeiro relato de um evento de alta densidade (~ 105 células L-1) do complexo D. acuminata/D. saculus na BG. As espécies foram identificadas através de microscopia eletrônica de varredura e de campo claro. A maioria das células estudadas possuía uma placa hipossômica dorsalmente convexa, e tinha dimensões típicas de D. acuminata. No entanto, a associação observada com águas estuarinas mais quentes e menos salinas indicaria que a espécie seria D. saculus. Qualquer que seja o caso, com base nas altas densidades observadas aqui, recomendamos o monitoramento contínuo da presença de Dinophysis na BG.

    Abstract in English:

    Abstract: Most studies of Dinophysis acuminata in Brazil are for the southern region, where blooms are recurrent. In 2016, the presence of D. acuminata caused the first-ever production and consumption of species of mollusks commercial embargo from the state of Sao Paulo, Southeast Brazil. Potentially toxic species of Dinophysis have been reported in Guanabara Bay (GB) but only occasionally and in low densities. The present note is the first report of a high-density event (~105 cells L-1) of D. acuminata/D. sacculus complex in GB. D. acuminata/D. sacculus complex species were identified using scanning-electron and inverted-light microscopy. Most of the studied cells possessed a dorsally convex hyposomal plate and had dimensions typical of D. acuminata. However, the observed association with warmer and less saline estuarine waters would indicate that the species could be D. sacculus. Whatever the case, based on the high cell densities observed here, we recommend a continued monitoring for Dinophysis presence in GB.
  • Erratum: Ichthyofauna marine of the Island of Santa Catarina, Southern Brazil: checklist with comments on the species Erratum

Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Departamento de Biologia Vegetal - Instituto de Biologia, UNICAMP CP 6109, 13083-970 - Campinas/SP, Tel.: (+55 19) 3521-6166, Fax: (+55 19) 3521-6168 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: contato@biotaneotropica.org.br
Accessibility / Report Error