Gestão & Produção, Volume: 12, Issue: 3, Published: 2005
  • Carta do Editor

  • Co-editorial

    Alves Filho, Alceu Gomes; Fernandes, Flávio César Faria; Caulliraux, Heitor Mansur; Corrêa, Henrique Luiz
  • Changing agendas for operations management

    Starr, Martin K.

    Abstract in Portuguese:

    Observar, ao longo do tempo, os desenvolvimentos passados e presentes no campo de conhecimento de P/OM (Administração de Produção/Operações) provê indícios sobre para onde o direcionamento futuro pode nos levar. Estando na área, seja como acadêmicos ou praticantes, ou ambos, o senso de direção pode parecer menos importante do que as formas segundo as quais se está envolvido com o assunto. Capitães de navio são conhecidos pela máxima: não se trata de para onde se está indo; a questão é como se chega lá. Nesta breve análise, metas e objetivos são equivalentes a destinos; alternativamente, métodos, planos e agendas são os meios de se chegar lá.

    Abstract in English:

    Looking at past and present developments in the production and operations management (P/OM) field over time provides insight about where future directions may have us heading. Being in the field, whether academic or practitioner, or both, the sense of direction may seem less important than the ways in which one is involved. Cruise directors have been known to say, it is not where you are going; it is how you get there. In this brief analysis, goals and objectives are equivalent to destinations; alternatively, methods, plans, and agendas are the means of getting there.
  • Operations strategy: will it ever realize its potential?

    Slack, Nigel

    Abstract in Portuguese:

    Embora nas últimas três décadas tenha sido constatado um constante crescimento na percepção de importância da área de estratégia de operações, juntamente com a sua respectiva base literária, pode-se argumentar que ela ainda não atingiu todo o seu potencial. Este artigo revisa algumas das razões pelas quais isto pode estar ocorrendo. Inicialmente, a importância da estratégia de operações dentro da área mais ampla de gestão de operações é analisada de forma sucinta e em seguida, alguns desafios são explorados em duas vertentes. A primeira trata se estratégia de operações reflete precisamente a natureza das operações dentro da economia. A segunda explora alguns dos desafios em tornar tópicos relacionados a operações em tópicos com importância estratégica. Por fim, são propostas algumas prescrições que podem apoiar o desenvolvimento da área de modo a responder a alguns dos desafios apresentados.

    Abstract in English:

    Although the last three decades have seen a steady rise in the perceived importance of operations strategy together with its corresponding literature base, one could argue that it has not yet reached its full potential. This paper reviews some of the reasons why this may be. It starts by briefly examining the importance of operations strategy within the broader operations management area and then examines some challenges to the subject under two headings. The first heading concerns whether operations strategy accurately reflects the nature of 'operations' within the economy. The second heading examines some of the challenges in making any operations-based topic into one that has strategic relevance. Finally, a number of prescriptions are put forward that may allow the development of the subject to answer some of the challenges posed.
  • Strategic Manufacturing Management Paradigms (SMMPs): key elements and conceptual model

    Godinho Filho, Moacir; Fernandes, Flavio César Faria

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo propõe um novo termo em Gestão da Produção: Paradigmas Estratégicos de Gestão da Manufatura (PEGEMs). Este novo conceito objetiva tratar de forma integrada e comparativa os paradigmas de gestão da manufatura surgidos ao longo do século XX. Para isto, além de sua conceituação, são identificados quatro elementos-chave comuns a todos os PEGEMs: direcionadores (condições do mercado que possibilitam ou requerem a implantação do PEGEM); objetivos de desempenho (os objetivos estratégicos da produção priorizados pelo PEGEM); princípios (as idéias que norteiam o PEGEM); e capacitadores (as ferramentas, tecnologias e métodos de cada PEGEM). As principais contribuições deste trabalho são: i) apresentar um modelo conceitual que relacione os PEGEMs aos objetivos estratégicos da produção; e ii) permitir comparações e análises dos paradigmas de manufatura, facilitando o estudo e aplicações práticas. O modelo proposto fornece um tratamento bastante pragmático das questões estratégicas no âmbito da Gestão da Produção.

    Abstract in English:

    This paper proposes a new concept in Production Management: Strategic Manufacturing Management Paradigms (SMMPs). This new concept involves an integrated and comparative approach to the manufacturing management paradigms that emerged along the 20th century. To this end, four key elements that are common to all SMMPs are identified: guiders (market conditions that allow for or require SMMP implementation); performance goals (the strategic manufacturing goals prioritized by the SMMPs); principles (the basic ideas that guide the SMMPs); and enablers (the SMMPs' tools, technologies and methods). The main contributions of this paper are: i) the presentation of a conceptual model that associates the SMMPs to strategic manufacturing goals; and ii) to allow for comparisons and analyses of manufacturing paradigms, facilitating their study and practical application. The proposed model takes a highly pragmatic approach to strategic Production/Operations Management issues.
  • Effects of technology adoption on mass customization ability of broad and narrow market firms

    Silveira, Giovani José Caetano da; Fogliatto, Flávio Sanson

    Abstract in Portuguese:

    Apesar do número crescente de estudos sobre a Customização em Massa (CM) enfocando tanto aspectos teóricos quanto práticos desta estratégia, duas lacunas persistem nas pesquisas sobre o assunto. A primeira diz respeito à ausência de estudos empíricos que testem a relação, prevista na teoria, entre aspectos estratégicos, técnicos e de desempenho da CM (Tu et al., 2001). A segunda lacuna está relacionada à compreensão limitada acerca do papel da tecnologia, em particular da tecnologia de informação, nos sistemas de CM (Åhlström and Westbrook, 1999). Este artigo investiga os efeitos da adoção da tecnologia sobre a capacidade para CM de 315 produtores de bens de metal, máquinas e equipamentos que atuam em mercados amplos ou focalizados. Os resultam indicam que diferentes tecnologias possuem efeitos distintos sobre as dimensões de variedade e produtividade da CM, e que tais efeitos são determinados pelo escopo de mercado das empresas.

    Abstract in English:

    Despite the increasing number of mass customization (MC) studies in the literature and practice, two research gaps still remain. First, there is a lack of empirical studies to test predicted theoretical relationships between MC strategic, technical, and performance aspects (Tu et al., 2001). Second, there is limited understanding about the role of technology, including information technology in MC systems (Åhlström and Westbrook, 1999). This paper investigates the effects of technology adoption on the MC ability of 315 manufacturers of metal products, machinery, and equipment with either narrow or broad strategic market scope. The results suggest that different technologies have different effects on the MC dimensions of product capability and productivity, and that this effect is determined by the market scope of the firm
  • Trends and strategies in the automotive industry: a comparative study of Brazilian and European markets

    Scavarda, Luiz Felipe; Barbosa, Tiago Peixoto Wermelinger; Hamacher, Sílvio

    Abstract in Portuguese:

    A indústria automotiva está passando por transformações que vêm provocando a diversificação e segmentação do mercado, a redução do ciclo de vida de modelos de veículos e a oferta de variedades de atributos desses modelos para os clientes. Este artigo tem por objetivos analisar essas tendências e avaliar as principais estratégias desenvolvidas e implementadas pelas montadoras de veículos nos mercados brasileiro e europeu, para fazer face a estas tendências. Os resultados obtidos no Brasil pelos autores deste artigo foram analisados tendo como base a metodologia científica adotada em uma pesquisa similar desenvolvida na Europa. Os resultados mostram como as estratégias de plataformas, de configuração tardia e de pacotes de opcionais estão sendo implementadas pelas montadoras, permitindo uma comparação entre os dois mercados examinados.

    Abstract in English:

    The automotive industry is undergoing transformations that have led to the segmentation and diversification of its market, reductions in the life cycle of vehicle models, and the offer of a variety of features of these models to consumers. Within this context, this paper analyzes these trends and evaluates the key strategies developed and implemented by Brazilian and European automakers in face of these trends. Our findings, which are analyzed using the same methodology adopted in a similar survey conducted in Europe, indicate how platform, late configuration and option bundling strategies have been implemented by automakers, allowing for a comparison of the two markets in question.
  • Interrelationship between Operations Strategy and Supply Chain Management: case studies in the automotive engine sector

    Maia, Jonas Lucio; Cerra, Aline Lamon; Alves Filho, Alceu Gomes

    Abstract in Portuguese:

    A Indústria Automobilística no Brasil e no mundo tem passado por um processo de importantes transformações. Especificamente no Brasil, a instalação de novas montadoras, a consolidação e desnacionalização das autopeças e fenômenos como a introdução de motores de baixa cilindrada têm trazido implicações estratégicas importantes para as empresas, assim como para suas cadeias de suprimentos. Considerando estas implicações, este trabalho tem por objetivo compreender os inter-relacionamentos entre a Estratégia de Operações (EO) e a Gestão da Cadeia de Suprimentos (GCS), analisando estudos de caso em duas montadoras de motores instaladas no Brasil e dois de seus fornecedores. Os resultados indicam forte inter-relacionamento entre as prioridades competitivas e decisões nas áreas estruturais e infra-estruturais das empresas, bem como entre os aspectos estruturais e relacionais das cadeias nas quais estas estão inseridas. As montadoras estudadas apresentam EOs semelhantes, mas suas prioridades e ações ocorrem no contexto de diferentes estruturas de cadeias de suprimentos e, conseqüentemente, por meio de diferentes formas de relacionamento. Dada a influência mútua entre os fatores de EO e GCS, bem como a dependência de escolhas anteriores, são conferidas complexidade e relevância estratégica ainda maiores às decisões realizadas em ambas as áreas.

    Abstract in English:

    The worldwide automotive industry has undergone major changes in recent years. In Brazil, the establishment of new automakers, the consolidation and denationalization of autoparts, and the introduction of low displacement engines and bi-fuelled engines have important strategic implications for these companies and for their supply chains. Based on these implications, this paper attempts to shed light on the interrelationship between Operations Strategy (OSs) and Supply Chain Management (SCM), analyzing case studies conducted at two engine manufacturers in Brazil and at two of their suppliers. The findings of these case studies indicate strong interrelationships between competitive priorities and decisions involving structural and infrastructural issues, and between the structural and relational aspects of the productive chains to which these companies belong. The automakers studied here have similar OSs, but their priorities and actions take place within the contexts of different supply chain structures and, hence, are governed by distinct forms of relationships. Given the mutual influence of OS and SCM factors and the dependence on previous strategic choices, the decisions made in these two areas are even more complex and strategically relevant.
  • Strategy of relations among the members of the productive chain in Brazil: reflections on the theme

    Vasconcelos, Maria Celeste Reis Lobo; Milagres, Rosileia; Nascimento, Edna do

    Abstract in Portuguese:

    O crescente número de alianças entre as organizações tem propiciado a formação de verdadeiras redes, configurando o que se chama hoje de Sociedade em Rede. Observa-se que a maior parte do valor dos produtos das empresas é produzida nestas redes e não mais isoladamente por uma única empresa. O presente artigo tem por objetivo discutir a estratégia de relacionamento entre os membros da cadeia produtiva no Brasil, com foco na aprendizagem e no compartilhamento do conhecimento, em contextos marcados pela inovação e pela formação de redes. São apresentados os resultados parciais de uma pesquisa em cadeias produtivas no Brasil, envolvendo 46 empresas. São analisados os relacionamentos das empresas com fornecedores, distribuidores, clientes e consumidores finais. Os resultados da pesquisa são comparados com um caso de sucesso de cadeia produtiva do setor automobilístico, descrito na literatura. Os resultados mostram que existe ainda um longo percurso a ser perseguido pela maioria das empresas para se inserirem na chamada Sociedade em Rede.

    Abstract in English:

    The growing number of alliances among organizations has led to the formation of real networks, forming the so-called Network Society. It is evident, today, that most of the value of these companies' products is produced within these networks rather than by a single company. This article discusses knowledge sharing in contexts marked by innovation and by the creation of networks, and presents a survey on productive chains in Brazil involving 46 companies. In this context, we analyze these companies' relations with suppliers, distributors, customers and consumers. Our findings are compared with the successful case of a productive chain of the automotive sector, indicating that most companies still have a long way to go in terms of improvements in order to enter into the framework of the Network Society.
  • Survival strategies for SMEs in global environments: a case study in the electric and electronic sector

    Jansen, Leila Keiko Canegusuco; Rotondaro, Jansen Roberto Gilioli; Jansen, José Ulisses

    Abstract in Portuguese:

    Com a globalização, crescem os níveis de rivalidade e pressão competitiva entre os concorrentes atuando nos mesmos mercados e áreas geográficas. Mesmo assim, as pequenas e médias empresas vêm se tornando participantes críticos nas economias nacionais e nos negócios mundiais. Mas pouco se sabe sobre quais estratégias de operações estas pequenas e médias empresas utilizam diante da globalização. No Brasil, com o aumento dos processos de fusões, aquisições que se articulam entre as organizações globais e empresas que atuam nacionalmente, aumentaram a turbulência e a incerteza nos mercados. As empresas que conseguem obter um bom conhecimento do ambiente em que se inserem podem tomar ações pró-ativas e influenciar na evolução do sistema. Este artigo trata da relação entre ambiente de competição, incertezas, ameaças e oportunidades percebidas, com foco em pequenas e médias empresas. É apresentado um estudo de caso de uma empresa de médio porte, denominada de X, que possuía uma situação estável no mercado por aproximadamente onze anos, ocupando a segunda posição, até que se deu a aquisição da empresa líder nacional pela líder global. O artigo apresenta as sugestões seguidas e que auxiliaram esta empresa a manter-se competitiva, embora carente de recursos financeiros e humanos.

    Abstract in English:

    Globalization has led to increasing levels of rivalry and competitive pressure among competitors acting in the same markets and geographical regions. Nonetheless, small and medium enterprises are becoming critical players in national economies and worldwide businesses. However, little is known about the operations strategies these SMEs employ to face the pressures of globalization. In Brazil, the growing market upheaval and uncertainty has been aggravated by the increasing number of mergers with and acquisitions by global organizations and companies operating in the country. In this context, companies that are knowledgeable about the environment in which they operate can take proactive action and influence the system's evolution. This article discusses the relations between competitive business environments, perceived uncertainties, threats and opportunities from the standpoint of SMEs. A case study of a medium size company, dubbed X, is described here. This company enjoyed a stable situation in the market for about eleven years, ranking second in its area in the domestic market, until the domestic leader company was acquired by a leading global corporation. This article lists and discusses suggestions that helped the company remain competitive despite its paucity of financial and human resources.
  • Production strategy of companies with differentiated products lines: case study of a road and railway equipment company

    Klippel, Marcelo; Antunes Júnior, José Antonio Valle; Paiva, Ely Laureano

    Abstract in Portuguese:

    O mercado brasileiro apresenta características de intensa competição em certos -segmentos industriais e escalas de produção globais reduzidas em comparação com os Estados Unidos, Europa e Japão. Certas empresas líderes em seus respectivos mercados, incluindo a situação da indústria rodoferroviária, necessitam desenvolver estratégias de negócio e de produção que tenham capacidade de atender a um ambiente competitivo caracterizado por: i) fabricar uma ampla faixa de produtos, procurando garantir um volume total de produção expressivo; ii) competir em mercados distintos, do ponto de vista das linhas de produtos fabricados; e iii) em muitos casos, enfrentar concorrentes menores focados na produção de linhas específicas. Assim, o presente artigo busca estudar e analisar as questões associadas à estratégia de produção de empresas com linhas de produtos diferenciadas. O referencial teórico apresenta conceitos acerca da estratégia de produção, partindo-se do método proposto por Hayes et al. (2005) para analisar a Estratégia Corporativa de Produção. Visando enriquecer os conceitos propostos por Hayes et al. (2005), propõe-se considerar a noção de Rede de Valor de Operações (RVO), em substituição às categorias de decisão clássicas, e o conceito de competências centrais. Após a construção do referencial teórico, é apresentado e discutido criticamente o caso de três linhas de produtos diferenciados da Randon Implementos. O trabalho desperta para a necessidade de se aprofundar a análise acerca das questões associadas à(s) estratégia(s) de produção nas empresas que fabricam linhas de produtos diversificadas. Em se tratando de decisões estratégicas para as organizações, é necessário considerar a empresa como um todo e as linhas de produtos diferenciadas em particular. Isto se dá no sentido em que, partindo-se da constatação de que as linhas diferenciadas competem com características e aspectos mercadológicos diferenciados, parece não poder haver uma única estratégia de produção passível de ser adotada homogeneamente em todas as linhas de produtos. Neste sentido, é necessária uma análise conjunta, sistêmica, complementar e inter-relacionada entre os aspectos genéricos da RVO e das competências centrais da empresa e os aspectos específicos ligados a RVO e as competências das linhas específicas de produtos.

    Abstract in English:

    The Brazilian market is intensely competitive in certain industrial segments but its scale of global production is small compared with that of the USA, Europe and Japan. Though leaders in their respective markets, several companies, including the manufacturers of road and railway equipment for freight transportation, must develop business and production strategies that can compete effectively in an environment characterized by: 1) the manufacture of a wide range of products aimed at ensuring large total production volumes; 2) competition in distinct markets from the standpoint of manufactured product lines; and 3) in many cases, competition from smaller competitors focusing on specific product lines. This paper reports on a study and analysis of issues relating to the production strategy of companies with diversified product lines. The theoretical reference presents concepts of production strategy, based on the method proposed by Hayes et al. (2005), to analyze the corporate production strategy. To enrich the concepts of Hayes et al. (2005), we consider not only the notion of Operation Value Networks (OVNs) instead of the classical decision categories but also the concept of core competencies. The notion of OVNs provides a systemic view of value flow that makes it easy to understand the company and the business unit and contributes to the formulation of the company production strategy. The concept of core competencies, in turn, favors the identification of the company's core points that provide greater added value for customers. Pursuant to the construction of the theoretical reference, a critical discussion is presented of the Randon case, followed by a critical analysis of our case study, discussing the core competencies of Randon Implementos and establishing the main leverages and points of improvement for selected product lines based on the analysis of the respective OVNs. This dissertation also highlights the need for in-depth analyses of issues relating to the production strategies of manufacturers of diversified product lines. With regard to strategic decisions, the company must be considered as a whole, while diversified product lines should be considered separately. Based on evidence that diversified lines compete with differentiated market aspects and characteristics, it is reasonable to assume that a single production strategy cannot be adopted homogeneously for all product lines. Therefore, an overall analysis is required that is systemic, complementary and unified, interrelating generic aspects of OVNs with the company's core competencies as a whole, and with specific aspects of the OVN and the competencies of specific product lines.
  • Strategy and structure: the quest for organizational alignment in a social sports club

    Cruz Junior, Augusto de Toledo; Carvalho, Marly Monteiro de; Laurindo, Fernando José Barbin

    Abstract in Portuguese:

    A literatura descreve tipologias de formas organizações, que podem ser divididas em organização baseada em trabalho e organização baseada em conhecimento. A forma de representação mais utilizada é o organograma. Contudo, esta forma de representação não consegue ilustrar adequadamente a dinâmica de funcionamento da organização, sobretudo em organizações em que o conhecimento e a experiência são os ativos-chave. Com o objetivo de investigar o processo de alinhamento entre estratégia e estrutura, a abordagem metodológica adotada foi a pesquisa-ação. A pesquisa foi realizada ao longo de 6 meses, no período dos anos 2003 e 2004, em um clube situado na cidade de São Paulo. Participaram da pesquisa um grupo de 12 gerentes, 10 supervisores, 9 coordenadores e 5 dos principais diretores. Este artigo mostra como um clube de atividades sociais, culturais e esportivas projetou sua estrutura organizacional alinhada à formação de competências e às suas dinâmicas de funcionamento, para operar com características de uma organização baseada em conhecimento. A nova forma de representação da estrutura organizacional, denominada organigraph, ajudou o clube a explicitar a estratégia emergente, para operar em um mercado competitivo turbulento e implementá-la como regra simples a ser seguida por todos. Além disto, é apresentado um modelo de avaliação do desempenho derivado de um organigraph.

    Abstract in English:

    The academic and practical literature describes organizational typologies that can be classified according to two main categories: job-based and knowledge-based organizations. The organizational structure is most commonly represented or described by the organizational chart. However, this form of representation fails to adequately depict the organization's work dynamics, above all in companies whose key assets are knowledge and experience. To investigate the alignment between strategy and structure, the methodological approach adopted here was that of action research, which was carried out during 2003 and 2004 in a club located in the city of São Paulo. A group of 12 managers, 10 supervisors, 9 coordinators and 5 directors participated in a survey for this research. This article describes how a social, cultural and sports club designed its organizational structure in line with the formation of competencies and their working dynamics in order to operate as a knowledge-based organization. Based on the organigraph concept, the new portrayal of the organization helped the club clarify its emergent strategy for operating in an uncertain and highly competitive market and to implement the organigraph as simple rule to be followed by everyone. A performance measurement model derived from an organigraph is also presented here.
  • Performance measurement and precontrol of a strategic manufacturing action plan

    Sellitto, Miguel Afonso; Walter, Cláudio

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho é apresentar um método para a medição e o pré-controle de um plano de ações estratégicas em manufatura. Uma premissa de pesquisa é que o método possa modificar as medições com a mesma rapidez com que o ambiente competitivo se modifica, permitindo que a execução do plano estratégico se mantenha alinhada com os objetivos estratégicos de manufatura. Para testar e refinar o método, foi desenvolvido um estudo de caso em uma manufatura de ferramentas mecânicas. Foi recuperada a estratégia incremental de manufatura, composta por seis objetivos e um plano formado por quinze cursos de ação, e aplicado um método multicriterial para a definição de indicadores e de sua importância relativa. Partindo do desempenho atual medido pelos indicadores, o método mensura o potencial de cada ação em contribuir para o atingimento dos objetivos. Segue-se uma avaliação das lacunas entre o objetivo de desempenho, o desempenho atual e o desempenho esperado das ações. Avalia-se finalmente, em função dos potenciais de melhoria de desempenho de cada ação e das restrições de investimento, a priorização das ações. Resultam possibilidades de alterações na estratégia, que aumentam o valor pré-alimentado de desempenho, caracterizando a ação de pré-controle da estratégia. Uma parte dos resultados foi discutida, chegando-se a alternativas de continuidade.

    Abstract in English:

    This paper discusses a methodology to measure and precontrol the performance of a strategic manufacturing action plan. A research premise is that the methodology can change measurements as rapidly as modifications in the competitive environment occur, thus keeping the strategy aligned with strategic manufacturing goals. A case study was conducted at a mechanical tools manufacturer to test and refine the method. The company's incremental manufacturing strategy, consisting of six goals and fifteen courses of action, was revamped and a multicriterial approach applied to define indicators and their weights. Based on the current performance measured by the indicators, the method assesses each action's potential to contribute toward achieving the objectives. It then goes on to evaluate the gaps between the performance objectives, current performance and the performance expected to result from those actions, subject to investment constraints. This approach allows for modifications of the strategy, enhancing feedforward performance and characterizing the strategic precontrol action. Some of the results of this case study are discussed, prompting alternatives for continuity.
  • Value creation and operational strategy: a study of Brazil's chemical and petrochemical sector

    Gartner, Ivan Ricardo; Garcia, Fabio Gallo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo trata da integração da estratégia de operações às finanças, ao evidenciar a necessidade do gestor de operações de planejar uma estratégia voltada à criação de valor na companhia. O trabalho apresenta uma metodologia para o cálculo do valor econômico adicionado das empresas químicas e petroquímicas brasileiras para os anos de 2001 e 2002, período de profundas transformações no perfil competitivo do setor. Os resultados de 2002 validaram a hipótese central do trabalho e forneceram um instrumento de simulação para identificar o limiar da responsabilidade do gestor de operações com a criação de valor em uma organização.

    Abstract in English:

    This paper discusses the integration of operational strategies and corporate finance, focusing on the need for the operations manager to plan a strategy focusing on the creation of corporate value. A methodology is proposed for calculating the added economic value of Brazil's chemical and petrochemical industry in 2001 and 2002, a period marked by major changes in the sector's competitive profile. The results of 2002 validate the core hypothesis of this study, providing a simulation tool to identify the limits of the operations manager's responsibility in the creation of corporate value.
Universidade Federal de São Carlos Departamento de Engenharia de Produção , Caixa Postal 676 , 13.565-905 São Carlos SP Brazil, Tel.: +55 16 3351 8471 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: gp@dep.ufscar.br