História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Volume: 13 Supplement, Published: 2006
  • Why should science and art engage in dialogue? Carta Dos Editores Convidados

    Massarani, Luisa; Moreira, Ildeu de Castro; Almeida, Carla
  • Science fiction, perception, and ontology: is the world fake? Análise

    Cardoso, Ciro Flamarion

    Abstract in Portuguese:

    O artigo trata de uma temática que gerou diversos filmes desde o final da década de 1990: a noção de que o mundo onde se moviam as personagens, bem como eventualmente as personagens mesmas, revelavam ser uma simulação. Tal temática foi grandemente influenciada pelos avanços da informática no domínio da assim chamada 'realidade virtual' e cumpriu funções narrativas variadas. Em especial, abriu-se em certos casos para interrogações típicas da ontologia e/ou da metafísica, relativas à realidade ou irrealidade do mundo exterior, e serviu para explorar uma temática de grande presença na ficção científica desde o surgimento da tendência cyberpunk em 1982: a dos poderes corruptores e manipuladores que interferem com a liberdade e a iniciativa dos indivíduos.

    Abstract in English:

    The article explores a topic that inspired a number of movies in the late 1990s: characters who are eventually found to live in a fake world and even to be fake themselves. Heavily influenced by advances in the computer field of so-called virtual reality, the topic has played different narrative roles. In particular, the films in some cases allow us to raise ontological or metaphysical questions about the reality or unreality of our external world, and have delved into a subject quite common in science fiction ever since the 1982 appearance of the cyberpunk trend: corruptive, manipulative powers that interfere with individual freedom and initiative.
  • Johann Wolfgang von Goethe: art and nature, poetry and science Análise

    Kestler, Izabela Maria Furtado

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta a obra científica do poeta alemão Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832), a qual engloba os campos da anatomia humana e animal, ótica, geologia, mineralogia, química, botânica, morfologia e meteorologia. Goethe considerava que na natureza e na arte vigiam as mesmas leis, conceituadas por ele como leis da polaridade e da intensificação. Sua obra poética só pode ser avaliada e interpretada à luz de sua visão da harmonia entre homem e natureza, assim como da complementaridade entre espírito e matéria.

    Abstract in English:

    The scientific work of German poet Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) encompassed the fields of human and animal anatomy, optics, geology, mineralogy, chemistry, botany, morphology, and meteorology. Goethe believed that nature and art were governed by the same laws, concepts he designated as the laws of "polarity" and "intensification." His poetic works can only be evaluated and interpreted if approached from his understanding of harmony between man and nature, and his view of the complementary relations between spirit and matter.
  • Physics and literature: building a bridge between two cultures Análise

    Zanetic, João

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo defende a aproximação entre física e literatura como uma forma útil de interpretar o mundo. Utilizo nessa aproximação a filosofia de Gaston Bachelard, explorando sua discussão sobre perfis epistemológicos em que comparecem doutrinas filosóficas que vão do realismo ingênuo ao ultra-racionalismo, compreendendo entre elas o empirismo determinista da física clássica e a indeterminação da física contemporânea. Destaco estas últimas porque analiso, de forma metafórica, os perfis epistemológicos de alguns escritores importantes do século XIX e início do século XX que são exemplos de transição entre aquelas duas doutrinas filosóficas. A ponte aqui será mais explicitamente a transformação do papel do escrito literário na passagem da visão de mundo influenciada pela física clássica, representada pelos escritores Edgar Allan Poe, Gustave Flaubert, Emile Zola e Augusto Zaluar, para aquela que nasceria influenciada pela física contemporânea, exemplificada pelos escritos de Fiódor Dostoiévski e William Faulkner.

    Abstract in English:

    In this article, I advocate linking physics and literature as a useful way of interpreting the world. To this end, I use the philosophy of Gaston Bachelard and his discussion of "epistemological profiles," which embrace philosophical doctrines running the gamut from naïve realism to ultra-rationalism while also including the determinist empiricism of classical physics and the indetermination of contemporary physics. Special attention is drawn to the latter two as I undertake a metaphorical analysis of the epistemological profiles of some major nineteenth- and early-twentieth-century writers who exemplify the transition between the two philosophical doctrines. On one end of this transformational bridge was the literary writing style that conveyed a worldview influenced by classical physics-represented by Edgar Allan Poe, Gustave Flaubert, Emile Zola, and Augusto Zaluar-and on the other, a writing style born under the influence of contemporary physics, found in the writings of Fyodor Dostoyevsky and William Faulkner.
  • Science and art: unlikely relations? Análise

    Reis, José Claudio; Guerra, Andreia; Braga, Marco

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo discute as relações entre ciência e arte, principalmente entre física e pintura, com o objetivo de apresentar uma abordagem cultural para a ciência. Dessa forma, entendemos que a compreensão dos conteúdos da ciência torna-se mais significativa. Abordamos diferentes momentos da história desde a revolução científica até o século XX. As relações aqui salientadas não buscam uma relação causal entre ciência e arte, mas sim uma visão mais significativa do que é o processo de construção do conhecimento. Assim, a ciência se desnuda para nós como parte da cultura e pode nos ajudar a compreender melhor o processo histórico que nos trouxe até aqui.

    Abstract in English:

    With the goal of presenting a cultural approach to science, the article discusses relations between science and art, especially between physics and painting. From this standpoint, we can see how understanding the substance of science becomes more important. Different moments in history are examined, from the scientific revolution down through the twentieth century. The relations highlighted herein are not chosen in an effort to undercover a causal relation between science and art but to arrive at a more meaningful understanding of how knowledge is constructed. Science is thus revealed to be part of culture, which can help us better understand the historical process through which we have come to this point.
  • The transparent body: medical imaging and popular culture in the twentieth century Análise

    Ortega, Francisco

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa o sucesso das novas tecnologias de visualização médica, as quais têm dado relevância ao interior do corpo humano que não encontra precedentes nas nossas sociedades. Essas tecnologias extrapolam o campo estritamente biomédico e se introduzem no campo cultural e jurídico. O artigo traça uma genealogia das diferentes tecnologias médicas de visualização do corpo humano e do cérebro no século XX, desde os raios X até as imagens mais sofisticadas de CT, IRM e PET. Pretende-se explorar as modificações na corporeidade resultantes da crescente visualização, assim como a recepção dessas tecnologias em tribunais e na cultura popular, especialmente na literatura, no cinema e nas revistas de divulgação.

    Abstract in English:

    In today's societies, successful new medical imaging technologies have focused unprecedented attention on the inside of the human body. These techniques have jumped the walls of the biomedical field per se, penetrating the fields of culture and law. The article traces a genealogy of twentieth-century medical techniques used to visualize the human body and brain, from X-rays to the more sophisticated CTs, MRIs, and PET scans. It explores the changes that these ever more numerous visualization techniques have occasioned in our corporality and examines how these technologies have been received in the courtroom and in popular culture, especially in literature, movies, and magazines.
  • Personal reflections on Jackson Pollock's fractal paintings Analysis

    Taylor, Richard

    Abstract in Portuguese:

    O mundo da arte mudou para sempre quando Jackson Pollock apanhou uma lata e despejou tinta em uma enorme tela esticada sobre o chão de seu celeiro castigado pelo vento. Cinqüenta anos depois, os teóricos da arte reconhecem que seu estilo constitui uma abordagem estética revolucionária. Um passo importante na compreensão da estética de Pollock se deu em 1999, quando, de acordo com a minha análise científica, suas pinturas eram fractais. Fractais são padrões que recorrem em sucessivos desdobramentos, construindo formas de imensa complexidade. Sugestivamente, muitos padrões naturais (como raios, nuvens, montanhas e árvores) também são fractais. No presente trabalho, apresento algumas reflexões pessoais sobre essa relação entre os padrões fractais de Pollock e os da natureza, assim como sobre as interações entre arte e ciência.

    Abstract in English:

    The art world changed forever when Jackson Pollock picked up a can and poured paint onto a vast canvas rolled across the floor of his windswept barn. Fifty years on, art theorists recognize his patterns as being a revolutionary approach to aesthetics. A significant step forward in understanding Pollock's aesthetics occurred in 1999 when my scientific analysis showed that his paintings are fractal. Fractals consist of patterns that recur at finer and finer magnifications, building up shapes of immense complexity. Significantly, many natural patterns (for example, lightning, clouds, mountains, and trees) are also fractal. In this essay, I will present some personal reflections on this relationship between the fractal patterns of Pollock and those of nature, and also on the interactions between art and science as the project evolved.
  • Salvador Dalí's obsession with science

    López Ferrado, Mònica
  • Cinema and the scientific imaginary Análise

    Oliveira, Bernardo Jefferson de

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo explora alguns dos vínculos entre a ciência e o cinema: o uso de filmes como instrumento de observação, material didático de educação científica e, principalmente, meio de expressão e veículo formador do imaginário social acerca da ciência. Para tanto, retoma discussão conceitual sobre as noções de imaginário e representação social, busca delinear diferenciação de tipos de filmes e sintetizar algumas análises sobre imagens da prática científica e de estereótipos de cientistas. São apresentadas dificuldades na avaliação da influência do cinema no imaginário científico, mas defendida a importância de seu estudo para a história da ciência.

    Abstract in English:

    The article examines some of the ties between science and cinema, for example, how movies can serve as a tool of observation, as teaching material in the field of science, and especially as a means of expressing and shaping the social imaginary of science. To this end, it takes up a conceptual discussion of the notions of 'imaginary' and 'social representation'. It also endeavors to sketch a differentiation between types of movies and to summarize some analyses of images of scientific practice and stereotypes of scientists. Although there are challenges in evaluating how movies have influenced the scientific imaginary, the study of this topic is important to the history of science.
  • Brunelleschi's mirror, Alberti's window, and Galileo's 'perspective tube' Analysis

    Edgerton, Samuel Y.

    Abstract in Portuguese:

    O presente ensaio defende que não foi somente um acontecimento artístico o advento da perspectiva linear (c. 1425), quando Filippo Brunelleschi ao pintar um pequeno painel no Batistério Florentino lançou mão das regras geométricas da reflexão em espelho ótico. Esse acontecimento veio a exercer uma profunda e inesperada influência no surgimento da ciência moderna. Com certeza, por volta de 1609, Galileu não teria compreendido o que via quando observava a lua através de seu recém-criado telescópio ótico, então chamado 'tubo de perspectiva', se não fosse sua familiaridade com o desenho em perspectiva. No entanto, a original dependência do espelho que Brunelleschi desenvolveu dois séculos antes não almejava revelar uma realidade 'científica' objetiva, mas sim reforçar a realidade espiritual cristã. Em 1435-36, Leon Battista Alberti, ao codificar a perspectiva de Brunelleschi em seu famoso "Tratado de pintura", substituiu o espelho de Brunelleschi por uma janela gradeada, assim redirecionando o propósito da arte da perspectiva, cujo intuito era não mais a revelação da ordem divina refletida na terra, mas sim de uma realidade física, mais secular, vista diretamente em sua relação com a ordem moral humana.

    Abstract in English:

    This essay argues that the advent of linear perspective, ca. 1425, when Filippo Brunelleschi painted a small panel of the Florentine Baptistery by applying the geometric rules of optical mirror reflection, was more than just an artistic event. Indeed, it subsequently had the most profound - and quite unanticipated - influence on the rise of modern science. Surely, by 1609, Galileo would not have understood what he saw when observing the moon through his newly invented optical telescope, then called the 'perspective tube,' had it not been for his training in perspective drawing. Yet, Brunelleschi's original dependence on the mirror two centuries earlier was intended not to reveal objective 'scientific' reality, but rather to reinforce Christian spiritual 'reality.' In 1435-6, Leon Battista Alberti, when codifying Brunelleschi's perspective in his famous "Treatise on Painting," substituted a gridded window for Brunelleschi's mirror, thus redirecting the purpose of perspective art away from revealing God's divine order as reflected on earth, to a more secular physical reality viewed directly in relation to human moral order.
  • Cloning goes to the movies Analysis

    Cormick, Craig

    Abstract in Portuguese:

    Pesquisa de opinião pública conduzida pela Biotechnology Australia mostra que o cinema é uma das maiores fontes de informação sobre clonagem humana. Tradicionalmente, o conhecimento de tecnologias emergentes se dá através dos meios de comunicação, mas a clonagem humana, sendo tão amplamente difundida pela popular cultura cinematográfica, é definida por Hollywood de forma faz eficaz do que pelos noticiários ou publicações científicas. Mas como é que as questões sociais e científicas da clonagem são retratadas em sucessos de bilheteria como A Ilha, Multiplicidade, Guerra nas Estrelas: Ataque dos Clones e Parque dos Dinossauros? Esses filmes tiveram grande alcance e influência inquestionável e, portanto, merecem uma análise mais detalhada. O presente estudo examina 33 filmes sobre clonagem humana feitos entre 1971 e 2005 e classifica os filmes por gênero e potencial de influência. No entanto, em vez de simplesmente avaliar a qualidade da ciência retratada, o estudo compara as mensagens-chave desses filmes com a opinião pública frente a clonagem, a fim de examinar correlações.

    Abstract in English:

    Public attitude research conducted by Biotechnology Australia shows that one of the major sources of information on human reproductive cloning is movies. Traditionally, understanding of new and emerging technologies has come through the mass media but human cloning, being so widely addressed through the popular culture of movies, is more effectively defined by Hollywood than the news media or science media. But how well are the science and social issues of cloning portrayed in box office hits such as The Island, Multiplicity, Star Wars: Attack of the Clones and Jurassic Park? These movies have enormous reach and undoubted influence, and are therefore worth analyzing in some detail. This study looks at 33 movies made between 1971 and 2005 that address human reproductive cloning, and it categorizes the films based on their genre and potential influence. Yet rather than simply rating the quality of the science portrayed, the study compares the key messages in these movies with public attitudes towards cloning, to examine the correlations.
  • O lado poético da ciência Entrevistas

    Sant'Anna, Affonso Romano de
  • Einstein and Picasso: mere coincidence? Entrevistas

    Miller, Arthur I.
  • Arte e ciência no palco Entrevistas

    Palma, Carlos
  • Transgenic art Entrevistas

    Kac, Eduardo
  • Poetry and science: almost a short-short story Ensaio

    Lucchesi, Marco
  • Fayga Ostrower, a life open to sensibility and to the intellect Imagens

    Almeida, Carla

    Abstract in Portuguese:

    Este texto discute a contribuição da artista plástica, educadora e humanista Fayga Ostrower (1920-2001) ao tema ciência e arte. Fayga dedicou sua vida às artes plásticas e à educação artística. Entre 1948 e 2001, expôs suas obras em diversos museus brasileiros e estrangeiros. Lecionou durante 16 anos no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ministrou cursos nas principais instituições artísticas do país e proferiu palestras - para estudantes, artistas, operários e empresários - por todo o mundo, com carisma, didatismo e clareza. Além de uma breve biografia da artista, pretende-se apresentar aqui suas principais idéias sobre as relações entre a arte e a ciência, um tema que a fascinava. Muitas dessas reflexões foram registradas por ela em seu penúltimo livro, A sensibilidade do intelecto: visões paralelas de espaço e tempo na arte e na ciência, pelo qual recebeu o Prêmio Literário Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, em 1999.

    Abstract in English:

    The article discusses Fayga Ostrower's contribution to both science and art. Artist, educator, and humanist, Ostrower (1920-2001) devoted her life to art and art education. Between 1948 and 2001, her works were exhibited at numerous museums in Brazil and internationally. She taught at Rio de Janeiro's Museu de Arte Moderna for sixteen years, gave classes at Brazil's top art institutes, and lectured with charisma, enlightenment, and clarity to students, artists, workers, and businessmen around the world. The article offers a brief biography of the artist's life, and describes her main ideas on the relation between art and science, a topic that fascinated her. Many of these thoughts were recorded in her penultimate book, A sensibilidade do intelecto: visões paralelas de espaço e tempo na arte e na ciência (The sensibility of the intellect: parallel views of space and time in art and science), for which she received Brazil's top literary prize, the Jabuti, in 1999.
  • Scientific enchantment: science topics in the lyrics of popular Brazilian music Fontes

    Moreira, Ildeu de Castro; Massarani, Luisa

    Abstract in Portuguese:

    As relações entre ciência e música são muito profundas e têm suas raízes no próprio surgimento da ciência moderna. A música tem uma base física importante: são os sons afinados pela cultura que a constituem. Por outro lado, ela foi utilizada muitas vezes como metáfora e como inspiração para interpretar o mundo físico, em particular nos modelos cosmológicos. Este artigo explora, de forma preliminar, como surgem e se expressam temas e visões sobre a ciência, a tecnologia e seus impactos na vida moderna nas letras de canções da música popular brasileira. O objetivo primordial do trabalho - que constitui uma análise qualitativa não-exaustiva - é proceder a um mapeamento inicial de como temas de ciência, atividade social imersa em determinado contexto cultural, podem surgir na manifestação das artes populares, neste caso a música brasileira.

    Abstract in English:

    The links between science and music are deep and their roots are directly associated to the emergence of modern science. Music has an important background in physics: it is made up of sounds tuned by culture. Concomitantly, it has often served as a metaphor and as an inspiration in how we interpret our physical world, especially in cosmological models. This paper offers an initial exploration of how topics and outlooks on science and technology have emerged and had an impact on the lyrics of popular Brazilian music in modern life. This non-comprehensive qualitative analysis aims at to be a starting point for a preliminary sketch of how topics involving science-which is a social activity immersed in a specific cultural context-can make their way into popular art forms, in this case, Brazilian music.
Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br