Revista Estudos Feministas, Volume: 9, Issue: 2, Published: 2001
  • Untitled document Editorial

    Costa, Claudia de Lima; Minella, Luzinete Simões; Grossi, Miriam Pillar
  • Por uma prática feminista transnacional contra a guerra Sobre a Guerra

    BACCHETTA, PAOLA; CAMPT, TINA; GREWAL, INDERPAL; KAPLAN, CAREN; MOALLEM, MINOO; TERRY, JENNIFER
  • A guerra para tornar-se humano: Tornar-se humano em tempo de guerra Sobre a Guerra

    TADIAR, NEFERTI
  • "La querelle des femmes" no final do século XX Artigos

    SCOTT, JOAN W.

    Abstract in Portuguese:

    O texto analisa o debate feminista sobre a representação política das mulheres a partir das lutas feministas pela paridade na década de 90 na França. Mostra como francesas/es e norte-americanas/os percebem de forma estereotipada posições teóricas e práticas feministas de ambos os países, e usam estes estereótipos como argumentos pró ou contra a luta pela paridade. Comparando o debate contemporâneo com debates históricos que remontam ao início da República na França, em torno da exclusão das mulheres da representação política, a autora centra seu olhar sobre duas grandes correntes, a do movimento pela paridade e a de seus diferentes críticos -- entre eles, um grupo significativo de teóricas/os feministas contemporâneas/os (algumas/ns identificadas/os com a esquerda e outras/os com pensamento liberal) -- mostrando como ambas utilizam-se de argumentos que remetem a oposições como "igualdade/diferença", "comunitarismo/universalidade"

    Abstract in English:

    This article examines the feminist debates on the parity movement in France in the 1990s. It shows how French and North-American feminists deploy stereotypes in articulating theoretical and political arguments for and against parity. Drawing comparisons between historical debates women's political representation in France during the foundation of republicanism with more contemporary discussions, the author focuses on the arguments offered by contemporary defenders and opponents of the parity movement, including those advanced by feminists intellectuals situated on both the left and the liberal sides of the political spectrum. The author analizes how these arguments rely on binary oppositions such as equality and difference, and communitarism and universalism, claiming that the parity movement has opened a new conversation about the future of French politics and the universalist premises upon which its republicanism has been based.
  • Pessoa e parentesco nas novas tecnologias reprodutivas Artigos

    LUNA, NAARA

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho trata do universo de representações das novas tecnologias reprodutivas, refletindo sobre as implicações desses procedimentos para as noções ocidentais de pessoa e de parentesco. Tais técnicas incidem no modo ocidental de pensar a reprodução e o domínio da natureza. A abordagem sobre pessoa se detém em textos relacionados à figura do embrião extracorporal gerado por meio da fertilização in vitro. A análise do parentesco enfoca como as novas tecnologias reprodutivas reconfiguram as representações de parentesco e, reciprocamente, de que forma as concepções ocidentais de parentesco constituem a compreensão das tecnologias, levando em conta crenças ocidentais sobre a natureza enquanto fundamento da realidade. A pesquisa utiliza como material para análise matérias sobre novas tecnologias reprodutivas publicadas na grande imprensa brasileira entre os anos de 1994 e 2000.

    Abstract in English:

    This article deals with the universe of representations of new reproductive technologies and analyzes the consequences of those procedures for Western notions of personhood and kinship. These techniques affect Western ways of thinking about reproduction and human control over nature. Reports of embryos created outside the maternal body by in vitro fertilization are examined to consider notions of personhood. The understanding of new reproductive technologies informs and is informed by representations of kinship. The analysis of the relation between technologies of procreation, kinship and personhood takes into account Western beliefs on nature as a foundation for reality. The research draws on articles published in the Brazilian press between 1994 and 2000.
  • Modelos nacionais e regionais de família no pensamento social brasileiro Artigos

    SOUZA, CANDICE VIDAL E; BOTELHO, TARCÍSIO RODRIGUES

    Abstract in Portuguese:

    As revisões sobre os estudos clássicos de família no Brasil convergem na crítica ao patriarcalismo como modelo genérico e fixo de descrição dessa instituição, propondo que a família brasileira era uma pluralidade dispersa de experiências. Sugerimos que já nas narrativas ensaísticas sobre a identidade nacional existem modelos plurais de família brasileira, diversificados em termos da compreensão dos arranjos locais de relações familiares. Com esse objetivo, relemos, sob o eixo família-nação-região, dois conjuntos de ensaístas significativos para a construção de identidades regionais particulares (primeiro, Alfredo Ellis Jr. e Cassiano Ricardo; segundo, Alceu Amoroso Lima e Sylvio de Vasconcellos), pensadores/produtores de visões de São Paulo e de Minas Gerais, respectivamente, enquanto culturas e sociedades em grande parte caracterizadas por suas experiências de organização familiar própria.

    Abstract in English:

    Revisions of classical studies of the family in Brazil agree in criticizing patriarchalism as a general and fixed model describing this institution, arguing that the Brazilian family was a plurality of dispersed experiences. We suggest that in the essay narratives of national identity there are already plural models of the Brazilian family, which are diversified according to local arrangements of family relations. Considering the themes family-nation-region, we review the work of two groups of important essayists on the construction of particular regional identities: Alfredo Ellis Jr. e Cassiano Ricardo; Alceu Amoroso Lima e Sylvio de Vasconcellos. We argue that these essayists articulated visions of São Paulo and Minas Gerais as cultures and societies characterized in a significant way by experiences of a proper family organization.
  • Derechos de propiedad, herencia de las esposas e igualdad de género: aspectos comparativos entre Brasil e Hispanoamérica

    DEERE, CARMEN DIANA; LEÓN, MAGDALENA

    Abstract in Spanish:

    En América Latina durante el curso del siglo XX se lograron considerables avances para fortalecer los derechos de propiedad de la mujer casada. Sin embargo, se ha prestado atención limitada a los derechos de herencia de las esposas. La revisión de las normas legales en doce países permite argumentar que las viudas están a menudo en una posición de desventaja en comparación con las hijas/os de la pareja. Las normas sobre herencia no fueron diseñadas para dar a las viudas la posibilidad de autonomía económica, por medio del control de la finca familiar o los negocios. Si se tiene en cuenta la diferencia de género a favor de la mujer en la expectativa de vida y la cobertura limitada de las mujeres en la seguridad social (especialmente las rurales) en la mayoría de los países, las mujeres son particularmente vulnerables cuando enviudan. Es urgente que el movimiento de mujeres tenga en cuenta en su agenda el tema de los derechos de herencia, en razón de que su fortalecimiento es necesario para el logro de la redistribución de la propiedad y de una al igualdad de género

    Abstract in English:

    Considerable gains were made in Latin America over the course of the twentieth century in strengthening the property rights of married women. Insufficient attention, nonetheless, has been given to the inheritance rights of wives. Reviewing the legal norms for twelve countries, it is argued that widows are often in a disadvantaged position compared to the children of a couple. Inheritance norms were not designed to give widows the possibility for economic autonomy, such as through control of the family farm or business. Moreover, given the gender gap favoring women in the lengthening of life spans and the low coverage of social security (particularly in rural areas) in most countries, they are particularly vulnerable when they are widowed. The women's movement is urged to take on the issue of inheritance rights since strengthening these are necessary to achieve a redistribution of property and real gender equality.
  • A construção do masculino: dominação das mulheres e homofobia Artigos

    WELZER-LANG, DANIEL

    Abstract in Portuguese:

    A partir de definições de homofobia e de heterossexismo, este artigo explora a profundidade heurística das relações sociais de sexo transversais ao conjunto de pessoas e grupos de gênero, no interior de um quadro teórico que rompe com definições naturalistas e/ou essencialistas dos homens. O texto analisa os esquemas, o habitus, o ideal viril, homofóbico e heterossexual que constroem e fortalecem a identidade e a dominação masculina. Para desenvolver este argumento, o autor faz uma vasta revisão bibliográfica da literatura feminista francesa contemporânea.

    Abstract in English:

    This article interrogates the theoretical frameworks, methods and instruments of analyses employed in the study of men and masculinity. In doing so, it questions essentialist definitions of men while examining the schemes, the habitus, and the homophobic, heterosexual and virile model that construct and strengthen masculine identity and domination. To accomplish the above, the author addresses a vast array of contemporary French feminist debates.
  • Idéias feministas sobre bioética Ponto de Vista

    OLIVEIRA, FÁTIMA; FERRAZ, THEREZA CAMPANILLE; FERREIRA, LÍVIA CRISTINA OLIVEIRA
  • Gênero e educação Dossie Gênero e Educação

    LOURO, GUACIRA LOPES; MEYER, DAGMAR ESTERMANN
  • Educação formal, mulher e gênero no Brasil contemporâneo Dossie Gênero e Educação

    ROSEMBERG, FÚLVIA

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do artigo é evidenciar o descompasso entre a situação de homens e mulheres no sistema educacional brasileiro e as metas nacionais e internacionais de igualdade de oportunidades de gênero na educação. Para tanto analisa e interpreta estatísticas educacionais, resoluções das conferências internacionais da década de 1990 e documentos de instâncias multilaterais, governamentais e não-governamentais sobre a questão. Conclui assinalando o caráter ideológico de várias interpretações, sugerindo a necessidade de aprofundamento teórico sobre o tema.

    Abstract in English:

    This article investigates the disparity in the situation of women and men in the Brazilian educational system and the international and national goals for equal gender opportunity in education. To this end, it analyzes and interprets educational statistics, the resolutions of international conferences from the 1990s and documents from multilateral, governmental and non-governmental organizations on the subject. It concludes by pointing out the ideological nature of the various interpretations of the data, suggesting the need to expand the theoretical work on this issue.
  • Teoria queer: uma política pós-identitária para a educação Dossie Gênero e Educação

    LOURO, GUACIRA LOPES

    Abstract in Portuguese:

    As chamadas "minorias" sexuais são, hoje, muito mais visíveis do que antes, e, conseqüentemente, torna-se mais acirrada a luta entre elas e os grupos conservadores. Esse embate, que merece uma especial atenção de estudiosos/as culturais e educadores/as, torna-se ainda mais complexo se pensarmos que o grande desafio não consiste, apenas, em assumir que as posições de gênero e sexuais se multiplicaram e escaparam dos esquemas binários; mas também em admitir que as fronteiras vêm sendo constantemente atravessadas e que o lugar social no qual alguns sujeitos vivem é exatamente a fronteira. Uma nova dinâmica dos movimentos (e das teorias) sexuais e de gênero está em ação. É dentro desse quadro que a teoria queer precisa ser compreendida. Admitindo que uma política de identidade pode se tornar cúmplice do sistema contra o qual ela pretende se insurgir, teóricos/as queer sugerem uma teoria e uma política pós-identitárias. Inspirados no pós-estruturalismo francês, dirigem sua crítica à oposição heterossexual/homossexual, compreendida como a categoria central que organiza as práticas sociais, o conhecimento e as relações entre os sujeitos. O que, afinal, esta teoria tem a dizer para o campo da Educação?

    Abstract in English:

    The so-called sexual "minorities" are today much more visible than before. Accordingly, there is also more conflict between them and conservative groups. This confrontation, which should be observed closely by educators and students of culture, becomes even more complex if we consider that the great challenge is not to affirm that gender and sexual positions have multiplied and overcome all types of binarisms, but to admit that all borders are being constantly crossed over and that some social subjects live precisely on the border. There is, then, a new social dynamics in action in the gender and sexual movements (and theories). It is within this framework that we should understand queer theory. Acknowledging that an identity politics can become part of that very system which it wants to question, queer theorists propose a post-identity theory and politics. Taking their inspiration from the French post-structuralism, they critique the heterosexual/homosexual opposition, which they think is the central category organizing social practices, knowledge and relationships among subjects. What, after all, this theory has to say to the field of education?
  • Mau aluno, boa aluna?: como as professoras avaliam meninos e meninas Dossie Gênero e Educação

    CARVALHO, MARÍLIA PINTO DE

    Abstract in Portuguese:

    Baseado em pesquisa qualitativa numa escola pública de ensino fundamental de São Paulo, o artigo discute os critérios de avaliação escolar das professoras, apontando em que medida suas opiniões sobre masculinidade e feminilidade interferiam em seus julgamentos e o que era mais valorizado no comportamento de meninas e meninos. Conclui pela urgência de promover essa reflexão no campo educacional, pois, se já eram marcantes em sistemas de avaliação mais formalizados, com testes, atribuição de notas e organização da escola em séries, as hierarquias de gênero parecem tornar-se mais poderosas nas chamadas avaliações de processo, em curso na maioria das escolas brasileiras, a partir do sistema de ciclos.

    Abstract in English:

    This article is based on a qualitative research in an elementary school at São Paulo, Brazil, and discusses the academic evaluation of pupils, searching if teacher's opinions about masculinity and femininity affect her/his judgments. The text concludes that it is time to reflect upon these topics in the educational field, because gender inequalities and hierarchies are powerful interferences on the evaluation processes used in most Brazilian elementary schools.
  • Orientação sexual nos parâmetros curriculares nacionais Dossie Gênero e Educação

    ALTMANN, HELENA

    Abstract in Portuguese:

    A sexualidade é atualmente vista como um problema de saúde pública, sendo a escola local privilegiado de implementação de políticas públicas que promovam a saúde de crianças e adolescentes. Assim, ela foi constituída, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), em tema transversal, a fim de disseminar-se por todo campo pedagógico e irradiar seus efeitos em domínios os mais heterogêneos, dentre outros, na Educação Física. Esta pesquisa analisou o dispositivo da sexualidade nos PCNs, buscando identificar a concepção de sexualidade ali presente, a singularidade histórica desta proposta e seus possíveis efeitos na escola e, mais especificamente, na Educação Física.

    Abstract in English:

    Today, sexuality is considered a matter of public health, and the school is a privileged place for the implementation of public policies that promote children's and adolescents' health. Thus, it has been established, in agreement with the National Curriculum Parameters (PCNs), as a transversal theme in order to disseminate itself throughout the whole pedagogical field and to broaden its effects in a wide range of different areas, including Physical Education. This research analyzes the requirements of sexuality in the PCNs with the aim of identifying the use of the sexuality concept, the historical uniqueness of this proposal and its possible effects at schools, more specifically through Physical Education.
  • Mídia e educação da mulher: uma discussão teórica sobre modos de enunciar o feminino na TV Dossie Gênero e Educação

    FISCHER, ROSA MARIA BUENO

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho discutem-se os conceitos de poder, subjetivação e (a)normalidade, de Michel Foucault, bem como os conceitos de cultura e diferença propostos por Homi Bhabha, em relação à temática da enunciação do feminino, conforme a psicanalista Maria Rita Kehl. Tal discussão é feita no sentido de expor a fundamentação de uma pesquisa em andamento sobre a subjetividade feminina na mídia televisiva, a qual dá continuidade a investigações anteriores, cujos resultados são também brevemente comentados. O que está em jogo é uma descrição de como se constrói um discurso sobre as mulheres em diferentes produtos televisivos, atentando para os vazios do simbólico em relação ao feminino. Este, conforme Kehl, tanto para os homens como para as mulheres, "constitui a dimensão maldita na nossa cultura", já que as mulheres estariam historicamente numa posição em que o sujeito é sempre o outro: ou o pai, ou a mãe fálica ou o parceiro.

    Abstract in English:

    This paper discusses Foucault's concepts of power, subjectification and (a)normality, as well as Homi Bhabha's concepts of culture and difference, in relation to the question of the feminine enunciation as articulated by the psychoanalyst Maria Rita Kehl. The article assesses how discourses on women are constructed in different televised products, emphasizing the symbolic emptiness/silences of the feminine. According to Kehl, for both men and women this fact is a consequence of "the cursed dimension in our culture," since women have been historically in a position in which the subject is always the other: be it the father, the phallic mother or the partner.
  • 8 de março: conquistas e controvérsias Ensaio

    BLAY, EVA ALTERMAN

    Abstract in Portuguese:

    O Dia Internacional da Mulher foi proposto por Clara Zetkin em 1910 no II Congresso Internacional de Mulheres Socialistas. Nos anos posteriores a 1970 este Dia passou a ser associado a um incêndio que ocorreu em Nova Iorque em 1911. Neste artigo procuro recuperar a história do Dia 8 de Março e as distorções que têm sido feitas sobre ele e sobre a luta feminista.

    Abstract in English:

    Clara Zetkin suggested the creation of the International Women's Day during the 2nd Socialist Women's International Conference in 1910. After 1970 this date became increasingly associated with a fire that took place in New York City in 1911. In this paper I review the history of the 8th of March, pointing out some of the distortions of its meanings and the repercussions these distortions have had for an understanding of feminist struggles.
  • Sexualidades, nacionalidades e escolarização Resenhas

    MEYER, DAGMAR ESTERMANN
  • Um olhar feminino sobre o anarquismo? Resenhas

    PEDRO, JOANA MARIA
  • Discutindo Identidades: multiplicidades políticas, culturais e de gênero Resenhas

    CARVALHO, LILIANE EDIRA FERREIRA
  • Feminismo e psicanálise, ainda... Resenhas

    LAGO, MARA COELHO DE SOUZA
  • Mulheres em Santa Catarina: com quantos modos de faz uma História? Resenhas

    MOREIRA, MARIA DE FÁTIMA SALUM
  • Traduzindo identidades Resenhas

    CUNHA, MARIA TERESA SANTOS
  • Paternidades e masculinidades em contextos diversos Resenhas

    UNBEHAUN, SANDRA
  • Um roteiro da construção social da "violência de gênero": conflitos interpessoais e judiciarização Resenhas

    RIFIOTIS, THEOPHILOS
Centro de Filosofia e Ciências Humanas e Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina Campus Universitário - Trindade, 88040-970 Florianópolis SC - Brasil, Tel. (55 48) 3331-8211, Fax: (55 48) 3331-9751 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: ref@cfh.ufsc.br