Novas experiências para apresentação, acesso e leitura de artigos científicos digitais na web

New experiences for presenting, accessing, and reading digital scientific articles on the web

Resumos

O periódico científico eletrônico se firmou como publicação acadêmica em ambiente digital, porém continua calcado no modelo impresso. O formato textual dos artigos em linguagem natural impede o processamento semântico desse conteúdo por programas de computador. O acesso aos conteúdos nos modernos sistemas de busca bibliográfica das bibliotecas digitais, repositórios e bases de dados ainda são realizados com estratégias de busca pouco semânticas e pouco expressivas. OBJETIVOS: identificar e analisar experiências que utilizam tecnologias da Web Semântica e Web 2.0, com vistas a fornecer acesso direto ao conteúdo semântico dos artigos científicos digitais e ampliar a interação dos autores com os leitores na Web. METODOLOGIA: a abordagem foi qualitativa; quanto ao tipo, a pesquisa foi descritiva e exploratória, e as técnicas empregadas foram pesquisa bibliográfica e pesquisa documental. RESULTADOS: tecnologias da Web Semântica representam um avanço rumo ao processamento e recuperação semântica em ambiente digital; agentes de software que executam “inferências” e tarefas mais sofisticadas vão além da publicação digital convencional, ultrapassando o tradicional formato textual e linear de leitura e os mecanismos de busca e navegação até então utilizados; o uso efetivo de tecnologias da Web 2.0 facilita o relacionamento e as atividades desenvolvidas pelo pesquisador no ambiente digital; métricas baseadas nestas atividades podem informar medidas mais rápidas de impacto e complementar as métricas tradicionais de citação, esboçando um novo cenário para a Cientometria. CONCLUSÃO: 10 experiências são aplicadas à área Biomédica; 11 utilizam tecnologias da Web Semântica; 6 utilizam ferramentas Web 2.0; 13 já estão em operação; 4 são consideradas propostas teóricas e 5 ainda são consideradas protótipos.

Periódico científico eletrônico; Web 2.0; Web semântica; Publicações semânticas


Although scientific electronic journals are recognized as a medium for scholarly publication in the digital environment, they are still based on the printed pattern. The textual format of articles in natural language prevents the semantic processing of that content by computer programs. The semantics and expressive power of search strategies for retrieving content in modern online bibliographic systems of digital libraries, repositories, and databases are still limited. OBJECTIVES: to identify and analyze experiences that involve Semantic Web technologies and Web 2.0 to provide direct access to the semantic content of digital scientific articles and expand the interaction between authors and readers on the Web. METHODOLOGY: approach (qualitative), type of research (descriptive, exploratory), techniques used (bibliographic and documentary research). RESULTS: Semantic Web technologies represent an advance towards the semantic retrieval and processing in the digital environment; software agents that run “inferences” and more sophisticated tasks go beyond conventional digital publication, surpassing the previously used traditional textual and linear reading format, search engines, and browsing. The effective use of Web 2.0 technologies facilitates the relationship and the activities developed by the researcher in the digital environment. Metrics based on these activities can inform measures of faster impact and complement traditional citation metrics, outlining a new scenario for Scientometrics. CONCLUSION: (10) experiments are applied to the Biomedical area, (11) use Semantic Web technologies, (6) use Web 2.0 tools; (13) are already in operation, (4) are considered theoretical proposals, and (5) are still defined as prototypes.

Scientific electronic journal; Web 2.0; Semantic Web; Semantic publications


  • ATTWOOD, T.K. et al Calling international rescue: knowledge lost in literature and data landslide! Biochemical Journal, v.424, n.3, p.317-333, 2009.
  • BERNERS-LEE, T.; HENDLER, J.; LASSILA, O. The semantic web: a new form of web content that meaningful. Scientific American, v.284, n.5, p.34-43, 2001. Available from: <http://wwwscientificamerican.com/ 2001/0501issue/ 0501 berners -lee.htm>. Cited: Nov. 24, 2010.
  • BLATTMANN, U.; SILVA, F.C.C. Colaboração e interação na web 2.0 e biblioteca 2.0. Revista ACB, v.12, n.2, p.191-215, 2007.
  • BREITMAN, K.K. Web semântica: a internet do futuro. Rio de Janeiro: LTC, 2005.
  • CAMPOS, M.L.A. O documento e as ferramentas de tratamento e recuperação de informações na web semântica: um novo espaço de identidade. In: FREITAS, L.S.; MARCONDES, C.H.; RODRIGUES, A.C. (Org.). Documento gênese e contextos de uso: estudos da informação. Niterói: Eduff, 2010. p.223-234.
  • COSTA, L.C. Uma proposta de processo de submissão de artigos científicos às publicações eletrônicas semânticas em ciências biomédicas. 2010. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2010.
  • DE WAARD, A. From proteins to fairytales: directions in semantic publishing. IEEE Intelligent Systems, v.25, n.2, p.83-88, 2010.
  • DINAKARPADIAN, D. et al MachineProse: an ontological framework for scientific assertions. Journal of the American Medical Informatics Association, v.13, n.2, p.220-232, 2006.
  • DZIEKANIAK, G.V.; KIRINUS, J.B. Web semântica. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, n.18, p.20-39, 2004. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb>
  • GAO, Y. et al. SWAM: a distributed  knowledge  infrastructure for Alzeimer disease research. Journal of Web Semantic, v.4, n.3, 2006. Available from: <http://www.websemantics journal.org/ps/pub/2006-17>. Cited: Dec.12,  2010.
  • JARDIM, A.D. Ferramentas e aplicações para a web semântica Pelotas: Universidade Católica de Pelotas, 2007. Disponível em: <ia.ucpel.tche.br/~lpalazzo/Aulas/IWS/m09/IntroFAWS.pdf>. Acesso em: 29 dez. 2011.
  • MARCONDES, C.H. Um modelo semântico de publicações eletrônicas. Liinc em Revista, v.7, n.1, p.82-103, 2011. Disponível em: <http://www.ibict.br/liinc>. Acesso em: 5 maio 2011.
  • MULLER, H.M.; KENNY, E.; STERNBERG, P.W. Textpresso: an ontology-based information retrieval and extraction system for biological literature. Plos Biology, v.2, n.11, 2004. Available from: <http://www.plosbiology.org/article/info:doi/10.1371/journal.pbio.0020309>. Cited: Mar. 9, 2012.
  • MURRAY-RUST, P. et al CML: chemical markup language. Chicago: [s.n.], 1995. Available from: <http://www.ch.ic.ac.uk/rzepa/cml/>. Cited: Mar. 9, 2012.
  • MURRAY-RUST, P.; RZEPA, H.S. STMML: a markup language for scientific, technical and medical publishing. Data Science Journal, v.1, n.2, p.128-193, 2002. Available from: <http://journals.eecs.qub.ac.uk/codata/journal/contents/1_2/1_ 2pdfs/ds121.pdf>. Cited: May 11, 2011.
  • PALAZZI, D.C. QDAontology: abordagem para o desenvolvimento de ontologias. Dissertação (Mestrado em Computação) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2010. Disponível em: <http://www.ufjf.br/mmc/files/ 2010/06/dissertacao_daniele_palazzi.pdf>. Acesso em: 12 fev. 2010.
  • PRIEM, J.; PIWOWAR, H.A.; HEMMINGER, B.M. Altmetrics in the wild: using social media to explore scholarly impact. 2012. Available from: <http://arxiv.org/abs/1203.4745>. Cited: Mar. 30, 2012.
  • PRIMO, A. O aspecto relacional das interações na web 2.0. In: ANTOUN, H. Web 2.0: participação e vigilância na era da comunicação distribuída. Rio de Janeiro: Mauad, 2008. p.101-122.
  • RACUNAS, S.A. et al HyBrow: a prototype system for computer-aided hypothesis evaluation. Bioinformatics, v.20, n.1, p.257-264, 2004.
  • RAMALHO, R.A.S. Desenvolvimento e utilização de ontologias em bibliotecas digitais: uma proposta de aplicação. 2010. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filo-sofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.
  • RENEAR, A.H.; PALMER, C.L. Strategic reading, ontologies, and the future of scientific publishing. Science, v.325, n.14, p.828-832, 2009.
  • SCIENTIFIC PUBLISHING TASK FORCE. HCLS/ScientificPublishing TaskForce 2006. Available from: <http://www.w3.org/wiki/HCLS/ScientificPublishingTaskForce>. Cited: Mar. 30, 2012.
  • SHOTTON, D. et al. Adventures in semantic publishing: exemplar semantic enhan- cements of a research article. Plos Computational Biology, v.5, n.4, 2009. Available from: <http://www.ploscompbiol.org/article/info:doi/10.1371/journal.pcbi.1000361>. Cited: Dec. 8, 2010.
  • SOLDATOVA, L.D.; KING, R.D. An ontology of scientific experiments. Journal of the Royal Society Interface, v.3, n.11, p.795-803, 2006. Available from:  <http://journals.royalsociety.org/content/u552845783800t73/fulltext.pdf>. Cited: Dec. 5, 2010.
  • TEXPRESSO. Textpresso sites [2012].  Available from: <http://www.textpresso.org>. Cited: Mar. 30, 2012.
  • TOUTAIN, L.M.B.B. Biblioteca digital: definição de termos. In: MARCONDES, C.H. et al (Org.). Bibliotecas digitais: saberes e práticas. Salvador: UFBA, 2006. p.15-24.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    12 Dez 2013
  • Data do Fascículo
    Dez 2013

Histórico

  • Recebido
    25 Out 2012
  • Aceito
    27 Fev 2013
  • Revisado
    21 Jan 2013
Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II - Av. John Boyd Dunlop, s/n. - Prédio de Odontologia, Jd. Ipaussurama - 13059-900 - Campinas - SP, Tel.: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: transinfo@puc-campinas.edu.br