Accessibility / Report Error
Cadernos Saúde Coletiva, Volume: 31, Issue: 4, Published: 2023
  • Factors associated with the nutritional status of children under 5 years of age in the Northeast region of Brazil Artigo Original

    Oliveira, Maria Mônica de; Lins, Anahi Cézar de Lima; Bernardino, Ítalo de Macedo; Pedraza, Dixis Figueroa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: A dupla carga de má nutrição apresenta na atualidade novos e complexos desafios para a saúde pública, afetando de modo crescente populações vulneráveis, com consequências sociais negativas. Objetivo: Avaliar inter-relações de fatores biológicos e sociais com indicadores antropométricos do estado nutricional de crianças menores de cinco anos de idade. Método: Estudo transversal realizado em dois municípios do Estado da Paraíba, com crianças atendidas na Estratégia Saúde da Família. Analisaram-se fatores representativos das causas imediatas, intermediárias e básicas do estado nutricional das crianças, por meio de análise de correlação canônica. Resultados: Das 413 crianças que participaram do estudo, 9,4% foram diagnosticadas com déficit de estatura e 16,5% com sobrepeso/obesidade. O crescimento linear da criança associou-se ao peso ao nascer, à idade gestacional, à estatura materna e ao nível socioeconômico da família. O sobrepeso/obesidade revelou-se relacionado à idade da criança, ao índice de massa corporal materno, ao benefício do Bolsa Família e ao suporte social. Conclusões: A associação de características da criança ao nascimento, do estado nutricional materno e do entorno social com as proporções importantes de déficit de estatura e sobrepeso/obesidade observadas fundamentam a melhoria do estado nutricional da criança com foco na prevenção desde os estágios iniciais da vida.

    Abstract in English:

    Abstract Background: The double burden of malnutrition currently presents new and complex public health challenges, increasingly affecting vulnerable populations, with negative social consequences. Objective: To evaluate the interrelationships of biological and social factors with anthropometric indicators of the nutritional status of children under 5 years of age. Method: It is a cross-sectional study carried out in two municipalities in the state of Paraíba, with children assisted by the Family Health Strategy. Factors representative of the immediate, intermediate and basic causes of children's nutritional status were analyzed, through canonical correlation analysis. Results: Of the 413 children who participated in the study, 9.4% were diagnosed stunting and 16.5% were overweight/obese. The linear growth of child was associated with birth weight, gestational age, maternal height, and socioeconomic level of the family. Overweight/obesity was related to the child's age, maternal body mass index, the benefit of the Bolsa Família and social support. Conclusions: The association of child characteristics at birth, maternal nutritional status, and social environment with the important proportions of stunting and overweight/obesity observed support the improvement of the child's nutritional status with a focus on prevention from the early stages of life.
  • Feelings, reactions and expectations of mothers of children born with microcephaly by zika virus Artigo Original

    Oliveira, Poliana Soares de; Lamy, Zeni Carvalho; Guimarães, Carolina Nívea Moreira; Ferreira, Ruth Helena de Souza Britto; Okoro, Rayssa Daiana Silveira; Batista, Rosana Fernandes Lucena; Lamy Filho, Fernando

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: Em 2015, o Brasil foi afetado pela epidemia de microcefalia. As famílias atingidas vivenciaram uma doença desconhecida. Objetivo: Analisar sentimentos, reações e expectativas de mães de crianças nascidas com microcefalia pelo vírus Zika. Método: Abordagem qualitativa. Realizadas entrevistas estruturadas e semiestruturadas com 19 mães e uma bisavó. Análise de conteúdo na modalidade temática. Resultados: Os sentimentos descritos foram tristeza, medo, ansiedade e, algumas vezes, culpa. As reações relatadas foram choque, desespero, busca por informações, negação e, além disso, cada entrevistada vivenciou diferentes formas de aceitação. O luto do filho desejado foi um processo lento e doloroso. A maioria teve gestação não planejada, o que pareceu não ter influenciado nos sentimentos e reações provocados pelo diagnóstico dos filhos. As expectativas em relação ao futuro da criança envolveram medo da morte prematura e preocupações com o desenvolvimento motor, especialmente a incapacidade de andar e comer sozinho, levando à dependência. Conclusões: Diante do nascimento de um filho com microcefalia, as mães precisaram refazer seus planos à luz de uma nova realidade, que impactou na qualidade de vida. Os profissionais precisam estar preparados para lidar com tais questões, garantindo também atenção às mães.

    Abstract in English:

    Abstract Background: In 2015, Brazil was affected by the microcephaly epidemic, when affected families experienced an unknown disease. Objective: To analyze the feelings, reactions, and expectations of mothers of children born with microcephaly due to the Zika virus. Method: Qualitative approach. Structured and semi-structured interviews were conducted with 19 mothers and a great-grandmother. Content analysis in thematic modality. Results: The feelings described were sadness, fear, anxiety and, sometimes, guilt. The reactions reported were shock, despair, search for information, denial, and each interviewee experienced different forms of acceptance. Grieving the desired child was a slow and painful process. Most had unplanned pregnancies, which did not seem to have influenced the feelings and reactions caused by the children's diagnosis. Expectations regarding the child's future involved fear of premature death, concerns about motor development, especially the inability to walk and eat alone, leading to dependence. Conclusion: Given the birth of a child with microcephaly, mothers needed to redo their plans in the light of a new reality, which impacted on their quality of life. Professionals need to be prepared to deal with such issues while also ensuring attention to mothers.
  • Association between consumption of food markers, nutritional counseling and number of meals in FHS users Artigo Original

    Zanini, Roberta de Vargas; Almeida, Lana Carneiro; Santos, Leonardo Pozza dos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: O número de refeições/dia tem sido associado a uma alimentação saudável, mas há controvérsias sobre a direção dessa associação. A orientação nutricional, estratégia essencial para construção de estilos de vida saudáveis na população atendida pela Estratégia Saúde da Família, pode ser fundamental nessa relação. Objetivo: Verificar se o consumo regular de marcadores alimentares está associado ao número de refeições diárias e ao recebimento de orientação nutricional. Método: Estudo transversal realizado com usuários da Estratégia Saúde da Família de um município gaúcho. Consumo regular de marcadores alimentares e características nutricionais (número de refeições/dia e recebimento de orientação nutricional) foram avaliados por aplicação de questionário. A associação entre características nutricionais e consumo regular de marcadores alimentares foi analisada utilizando-se regressão de Poisson. Resultados: Dos 529 indivíduos analisados, 2/3 referiram realizar de três a quatro refeições/dia e 30% afirmaram ter recebido orientação nutricional. A frequência de consumo regular de marcadores alimentares variou de 1,7% para frituras a quase 60% para feijão. Indivíduos que receberam orientação nutricional apresentaram menor prevalência de consumo regular de doces e refrigerantes (RP=0,64; IC95% 0,43–0,97). Número de refeições/dia foi positivamente associado ao consumo de lácteos; frutas e hortaliças; frituras, embutidos e salgados. Para os dois últimos grupos, observou-se associação apenas para quem não recebeu orientação nutricional. Conclusões: Os resultados sugerem que consumo regular de marcadores alimentares se associa com recebimento de orientação nutricional e número de refeições.

    Abstract in English:

    Abstract Background: The number of meals/day has been associated with a healthy diet, but there are controversies about the direction of this association. Nutritional counseling, an essential strategy for building healthy lifestyles in the population served by the Family Health Strategy (FHS), can be fundamental in this relationship. Objective: To verify whether the regular consumption of food markers is associated with the number of daily meals eaten and receiving nutritional counseling. Method: Cross-sectional study carried out with users of the Family Health Strategy in a city in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. Regular consumption of food markers and nutritional characteristics (number of meals/day and receiving nutritional counseling) were assessed by applying a questionnaire. The association between nutritional characteristics and regular consumption of food markers was analyzed using Poisson regression. Results: Of the 529 individuals analyzed, 2/3 reported having three to four meals/day and 30% stated they had received nutritional counseling. The frequency of regular consumption of food markers ranged from 1.7% for fried foods to almost 60% for beans. Individuals who received nutritional counseling had a lower prevalence of regular consumption of sweets and soft drinks (PR=0.64; 95%CI 0.43–0.97). Number of meals/day was positively associated with dairy consumption; fruits and vegetables; fried foods, sausages and pastries. For the last two groups, an association was observed only for those who did not receive nutritional counseling. Conclusions: The results suggest that regular consumption of food markers is associated with receiving nutritional counseling and number of meals.
  • Temporal trend of indicators of food consumption and nutritional status related to noncommunicable diseases in adults from the city of Rio de Janeiro and other Brazilian capitals, 2006 to 2019 Artigo Original

    Azevedo, Ana Beatriz Coelho de; Cunha, Vivian Costa Resende; Souza, Nathalia Almeida Brigido de; Rimes-Dias, Karina Abibi; Castro, Luciana Maria Cerqueira; Canella, Daniela Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: Alimentação e estado nutricional inadequados são importantes fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). No Brasil, a cidade do Rio de Janeiro (RJ) tem se destacado pela elevada prevalência de obesidade. Objetivo: Avaliar a evolução temporal de indicadores de consumo alimentar e de estado nutricional, relacionados às DCNT, em adultos da cidade do Rio de Janeiro e das demais capitais brasileiras. Método: Utilizou-se dados do Vigitel de 2006 a 2019. Modelos de regressão de Prais-Winsten foram empregados para avaliar a variação na prevalência dos indicadores de interesse. Esses foram definidos com base nas metas do Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (2016-19) e do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNT no Brasil (2011-22). Resultados: Não houve variação significativa no consumo regular e recomendado de frutas e hortaliças, assim como no consumo regular de doces. O consumo regular de refrigerantes diminuiu no RJ e nas demais capitais no período. A prevalência de excesso de peso e de obesidade aumentou significativamente no RJ e nas demais capitais do país. Conclusões: A evolução dos indicadores revela um cenário desfavorável para a saúde da população e para o alcance das metas dos planos nacionais.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Inadequate diet and nutritional status are important risk factors for noncommunicable diseases (NCDs). In Brazil, the city of Rio de Janeiro (RJ) has stood out for its high prevalence of obesity. Objective: To evaluate the temporal trend of indicators of food consumption and nutritional status related to NCDs in the adult population of the city of RJ and other Brazilian capitals. Method: Vigitel data between 2006 and 2019 were used. Prais-Winsten regression was used to evaluate the variation in the prevalence of interest indicators. These were defined based on the goals of the National Plan for Food and Nutritional Security (Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – 2016-19) and the Strategic Action Plan to Tackle NCDs in Brazil (Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNT no Brasil – 2011-22). Results: Regular and recommended consumption of fruits and vegetables and regular consumption of sweets did not present significant variation, while the regular consumption of soft drinks decreased in RJ and other capitals during the period. The prevalence of excess weight and obesity increased significantly in RJ and in other capitals. Conclusions: The trend of the indicators reveals an unfavorable scenario for the health's population and to achieve the goals proposed in the national plans.
  • Quality of life in elderly people with diabetes mellitus and systemic arterial hypertension Original Article

    Cardoso, Evangeline Maria; Santos, Thaliê Cavalcante; Herkrath, Fernando José; Barbosa, Taciana Lemos

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: Hipertensão (HAS) e diabetes mellitus (DM) são agravos cujo controle é sensível a medidas de promoção e prevenção, no entanto interferem na qualidade de vida (QV). Objetivos: Avaliar a QV em idosos com HAS e DM e comparar o impacto na QV entre esses grupos. Método: Utilizou-se como metodologia um estudo seccional de base domiciliar, cujos dados foram coletados por meio de questionário com informações sociodemográficas, clínicas e de QV, por meio do WhoQol-Bref, e analisados por meio do software SPSS. Resultados: Foram avaliados 498 idosos, 9,64% com DM, 53,21% com HAS e 37,15% com ambos os agravos. A maioria era mulher (66,9%) entre 60 e 69 anos (49,4%), parda (61,6%), com nove a doze anos de estudo (53%), renda familiar abaixo de dois salários mínimos (48,6%), casada (52,8%) e 18,9% era polifármaca. Houve diferença entre os grupos (HAS, DM ou ambos) no domínio físico (p=0,003) e relações sociais (p=0,017). No domínio físico os testes post hoc apontaram melhor QV no grupo HAS em relação aos demais (p<0,05). Conclusões: Os pacientes com HAS apresentaram melhor QV geral. O domínio psicológico foi o menos afetado, e o domínio meio ambiente, o que mais sofreu impacto.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Systemic arterial hypertension (SAH) and diabetes mellitus (DM) are grievances that are sensitive to the measures of promotion and prevention; however, they interfere with the quality of life (QL). Objective: The aim of this study was to evaluate the QL in elderly people with SAH and DM and compare their impact on the QL of these groups. Method: It was used as a methodology a sectional, domiciliary-based study in which the data were collected using a questionnaire with sociodemographic information, clinical and QL, through the WhoQol-Bref and analyzed in the SPSS software. Results: A total of 498 elderly people were evaluated, of whom 9.64% had DM, 53.21% had SAH, and 37.15% had both diseases. The majority were women (66.9%), from 60 to 69 years old (49.4%), mixed race (61.6%), from 9 to 11 years of study (53%), family budget under two minimum wages (48.6%), married (52.8%), and using five or more medications (18.9%). There was a difference among the groups (SAH, QL, or both) in the physical domain (p=0.003) and in the social relationships (p=0.017). In the physical domain, the post hoc tests showed better QL in SAH groups compared to the others. Conclusions: The patients with SAH showed better general QL. The psychological domain was the least affected and the environment domain was the most affected.
  • Eating patterns and quality of life among university faculty Artigo Original

    Alves, Iuna Arruda; Lomiento, Rebeca Marques; Lopes, Taís de Souza; Carvalho, Daniele de Almeida; Rêgo, Ana Lúcia Viégas; Monteiro, Luana Silva; Pereira, Rosângela Alves

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: A qualidade de vida (QDV) favorável tem sido associada a dietas de melhor qualidade nutricional. Objetivo: Identificar padrões alimentares e estimar sua associação com a QDV em docentes universitários. Método: Estudo seccional com 112 docentes de uma universidade do Rio de Janeiro. Foram obtidos dados sociodemográficos, laborais, de saúde, estilo de vida, QDV e desgaste psíquico utilizando questionário autopreenchido. Consumo alimentar foi avaliado por questionário de frequência alimentar. Os padrões alimentares foram identificados por análise fatorial com extração por componentes principais, e sua associação com a QDV foi estimada por regressão linear múltipla. Resultados: 65% eram mulheres, 45% tinham ≥45 anos de idade e 43% apresentavam excesso de peso. O escore médio de QDV geral foi 70. Foram identificados os padrões alimentares: “lanche”, “fast food”, “restrito” e “básico”. O padrão “restrito”, composto por manteiga/margarina, pão, suco de fruta, laticínios e bebidas cafeinadas, apresentou associação direta com QDV geral e domínios psicológico e relações sociais; o padrão “lanche”, composto por vegetais, carnes, frutas e bebidas cafeinadas, se associou diretamente ao domínio psicológico. Conclusões: Os padrões que mais explicaram a ingestão alimentar dos docentes eram de baixa qualidade nutricional. Padrão com teor reduzido de carboidratos associou-se com melhor QVD geral.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Favorable quality of life (QOL) has been associated with diets with better nutritional quality. Objective: To identify dietary patterns and estimate their association with QOL among university faculty. Method: Cross-sectional study with faculty members (n=112) from a university in Rio de Janeiro, Brazil. Information on socioeconomic, work, health, lifestyle, QOL, and psychological distress characteristics were obtained using a self-administered questionnaire. Dietary intake was assessed by means of a food frequency questionnaire. Dietary patterns were identified by factor analysis with principal component extraction and their association with QOL scores was estimated using multiple linear regression models. Results: 65% were women, 45% were ≥45 years old, and 43% were overweight. The mean general QOL score was 70.0. Four dietary patterns were identified: “snack”, “fast food”, “controlled”, and “basic”. The “controlled” pattern, including butter/margarine, bread, fruit juice, dairy, and caffeinated beverages, was directly associated with general QOL and “social relationships” and “psychological” domains, the latter was also directly associated with the “snack” pattern, composed by vegetables, meats, fruits, caffeinated beverages, and butter/margarine. Conclusions: The eating patterns that most explained faculty food consumption presented low nutritional quality, while the pattern with limited carbohydrate content was associated with better general QOL.
  • Diagnosis of Toxoplasma gondii infection in pregnant women from the Brazilian border, Foz do Iguaçu Artigo Original

    Silva, Déborah Lima da; Peres, Michelli Mara; Barbosa, Marília Gabriela Reis; Moreira, Neide Martins

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: O Toxoplasma gondii, parasito intracelular obrigatório, é o agente etiológico da toxoplasmose, a qual acomete cerca de um terço da população mundial. Objetivo: Analisar a frequência da infecção por Toxoplasma gondii em gestantes em Foz do Iguaçu e verificar possíveis fatores de associação a infecção. Método: Foi realizado um estudo transversal retrospectivo (dados de 2017) que avaliou exames sorológicos, pesquisa de anticorpos IgG e IgM para T. gondii durante a gestação e possíveis fatores de associação a infecção, a partir das fichas de pré-natal das gestantes em unidades de saúde, Foz do Iguaçu/PR. O teste do χ2 para tendência foi utilizado para análise dos dados e, o odds ratio (OR) para estimar a chance de associação entre as variáveis. Resultados: Das 1.000 fichas de pré-natal analisadas, 78,1% apresentaram registro de sorologia para T. gondii, das quais, 34,0% eram imunes ao T. gondii, 3,9% apresentaram anticorpos IgG e IgM e 66,0% eram suscetíveis. A maioria das gestantes iniciaram o pré-natal no primeiro trimestre 467 (60,0%). Houve predominância de gestantes com mais de uma gestação 200 (44,0% — p=0,00001), brasileiras 259 (35,1% — p=0,0112), idade >41 anos 7 (63,6%), ensino médio completo 125 (37,8% — p<0,05) e de cor da pele branca 140 (38,5% — p=0,0164). Conclusões: Os fatores associados a frequência da infecção nas gestantes devem ser considerados durante o pré-natal para a prevenção da infecção.

    Abstract in English:

    Abstract Background: The Toxoplasma gondii, an obligatory intracellular parasite, is the etiological agent of toxoplasmosis, which affects approximately one third of the world's population. Objective: To analyze the frequency of Toxoplasma gondii infection in pregnant women in Foz do Iguaçu and possible factors associated with the infection. Method: A retrospective cross-sectional study (2017 data) was carried out, which evaluated serological tests, IgG and IgM antibodies for T. gondii during pregnancy and possible factors associated the infection, based on the prenatal records of pregnant women in health units, Foz do Iguaçu/PR. The χ2 test for trend was used for data analysis, and the odds ratio (OR) to estimate the chance of association between variables. Results: Of the 1,000 prenatal records analyzed, 781 (78.1%) had serology records for T. gondii, of which 265 (34.0%) were immune to T. gondii, 31 (3.9%) had IgG and IgM antibodies, and 516 (66.0%) were susceptible. Most pregnant women started prenatal care in the first trimester 467 (60.0%). There was a predominance of pregnant women with more than one pregnancy 200 (44.0% — p=0.00001), Brazilian 259 (35.1% — p=0.0112), aged >41 years old 7 (63.6%), complete high school 125 (37.8% — p<0.05), and of white skin color 140 (38.5% — p=0.0164). Conclusions: An average frequency of infection was identified among pregnant women. The associated factors evidenced should be considered during prenatal care, along with educational actions to prevent infection.
  • Quality of occupation records of asbestos-related diseases in the mortality information system, Brazil Artigo Original

    Cavalcante, Franciana; Santana, Vilma Sousa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: Registros de ocupações de trabalhadores em sistemas de informação significam muito mais que um dado sociodemográfico. Na Medicina do Trabalho e na Epidemiologia em Saúde do Trabalhador, são especialmente relevantes por indicarem possíveis fatores de risco ocupacionais. Objetivo: Estimar indicadores de qualidade do registro da ocupação das doenças associadas ao asbesto no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), Brasil. Método: Estudo transversal conduzido com registros de óbito de maiores de 16 anos de idade, registrados no SIM, entre 2000-2016, com diagnósticos de doenças tipicamente associadas ao asbesto (DAA): mesotelioma, asbestose e placas pleurais. O registro da “ocupação” foi analisado para a completude e consistência. Resultados: Foram identificados 3.764 registros de óbito, para os quais observou-se 60,3% (n=2.268) de incompletude/inconsistência do registro da ocupação. Dados inválidos da ocupação representaram 40,1% (n=1.508), concentrando-se em registros de aposentados e donas de casa, não reconhecidos como ocupações. A má qualidade do registro de ocupação entre os óbitos por DAA foi superior a 50,0% em todas as regiões do país. Conclusões: A qualidade do registro da ocupação no SIM foi ruim tanto para as DAA quanto outros diagnósticos, especialmente no que se refere a completude e consistência dos dados, em relação à Classificação Brasileira de Ocupações.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Records from occupations of workers in information systems mean much more than just sociodemographic data. In Occupational Medicine and Occupational Health Epidemiology, they are especially relevant as they indicate possible occupational risk factors. Objective: To estimate quality indicators of the record of occupation of asbestos-related diseases in the Mortality Information System (SIM), Brazil. Method: Cross-sectional study, conducted with death records of people over 16 years of age, registered in SIM, from 2000 to 2016, with diagnoses of asbestos-related diseases (ARD): mesothelioma, asbestosis, and pleural plaques. The “occupation” field was analyzed for completeness and consistency. Results: From a total of 3,764 death records, for which 60.3% (n=2,268) of missed/inconsistent occupation records were observed. Invalid occupation data accounted for 40.1% (n=1,508), mainly filled with “retired” or “housewives”, not recognized as formal job titles. The poor occupancy record quality among ARD records was over 50.0% in all regions of the country. Conclusions: The quality of the occupation records in SIM was poor for both ARD and other diagnoses, especially regarding the completeness and consistency of the data, in relation to the Brazilian Classification of Occupations.
  • Knowledge about Chagas disease among schoolchildren from two municipalities of Minas Gerais, Brazil Artigo Original

    Oliveira, Nathália Werneck Cézar de; Salles, Helen Caroline Rocha de; Vicq, Filipe De Mello De; Ferreira, Raquel Aparecida; Mambrini, Juliana Vaz de Melo; Diotaiuti, Liléia; Dias, João Carlos Pinto; Souza, Rita de Cássia Moreira de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: No Brasil, a vigilância entomológica da doença de Chagas (DCh) é respaldada na participação comunitária, que notifica a presença dos vetores nas habitações. Assim, a sustentabilidade desta medida de controle depende do conhecimento da população sobre os vetores. Objetivo: Avaliar o conhecimento de escolares sobre a doença de Chagas nos municípios mineiros de Itatiaiuçu (vigilância ativa) e Sabará (vigilância inativa). Método: Questionário semiestruturado foi aplicado para alunos matriculados no ensino médio em duas escolas de Sabará (rural e urbana) e uma em Itatiaiuçu (urbana). Resultados: Em geral, os alunos residentes em Sabará demonstraram conhecimento limitado acerca dos vetores, patógeno, transmissão e doença (sem diferenças relevantes quanto à localização entre área urbana e rural), quando comparados aos residentes em Itatiaiuçu, que apesar de ter uma vigilância mais atuante, também não apresentaram conhecimento totalmente satisfatório. Conclusões: Os resultados enfatizam a carência de informações sobre a DCh tanto em relação ao conhecimento acadêmico quanto às campanhas de educação firmadas pelo programa. Ações educativas para sensibilizar a comunidade e promover o conhecimento sobre esta doença mostram-se necessárias e fundamentais para a manutenção da vigilância ao longo do tempo e espaço.

    Abstract in English:

    Abstract Background: In Brazil, entomological surveillance of Chagas disease (ChD) is based on community participation, which notifies the presence of vectors inside their homes. Thus, the sustainability of this control measure depends on the knowledge of the population about the vectors. Objective: To evaluate the knowledge of schoolchildren about ChD in the municipalities of Itatiaiuçu (active surveillance) and Sabará (inactive surveillance). Method: A semi-structured questionnaire was given to students enrolled in two high schools in Sabará (rural and urban) and one in Itatiaiuçu (urban). Results: In general, students living in Sabará demonstrated only limited knowledge about vectors, pathogens, transmission, and disease (with no significant differences between the schools in urban and rural areas). Similarly, the schoolchildren in Itatiaiuçu, despite living in an area of active surveillance, also did not have a fully satisfactory knowledge of ChD. Conclusions: The results emphasize the lack of information about ChD, both in relation to academic knowledge and the education campaigns established by the program. Improvements in educational interventions to raise community awareness and promote knowledge about ChD are necessary and vital for maintaining vigilance against ChD over space and time.
  • Provision of health resources in the intermediate regions of Brazil, 2018 Artigo Original

    Bigoni, Alessandro; Cunha, Amanda Ramos da; Antunes, José Leopoldo Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: A pandemia de COVID-19 exigiu a ampliação da capacidade dos serviços de saúde nos estados e municípios do Brasil. Este estudo analisou a distribuição geográfica da provisão de recursos de saúde no país no período que antecede essa crise sanitária. Objetivo: Descrever a provisão de recursos de saúde segundo o índice de desenvolvimento humano (IDH) das 133 regiões geográficas intermediárias do Brasil, em 2018. Método: Dados sobre cobertura populacional da Estratégia Saúde da Família, número de consultas ambulatoriais e hospitalizações, investimento público em saúde, leitos hospitalares, leitos mantidos pelo SUS, leitos de UTI e leitos de UTI mantidos pelo SUS foram obtidos junto ao Ministério da Saúde e IBGE. A associação das variáveis com o IDH das regiões intermediárias foi avaliada pela correlação de Pearson. Resultados: A provisão de recursos de saúde foi mais elevada nas regiões intermediárias do Sul e Sudeste, enquanto as regiões do Centro-Oeste tiveram valores intermediários. O IDH correlacionou positivamente com os recursos em saúde. O inverso ocorreu para a cobertura da Estratégia Saúde da Família, que foi maior nas regiões Norte e Nordeste. Conclusões: Monitorar geograficamente a provisão de recursos de saúde pode instruir estratégias para reduzir desigualdades no país. Em 2018, as regiões intermediárias estavam desigualmente preparadas para atender às necessidades em saúde de suas populações e refletiam a lei do cuidado inverso. Foi este o cenário de partida para a resposta à pandemia por COVID-19 em 2020.

    Abstract in English:

    Abstract Introduction: The COVID-19 pandemic required expanding the health services capacity in Brazilian states and municipalities. This study analyzed the geographic distribution of the health resources provision in the country in the period before the pandemic. Objective: This study aimed to describe the availability of health resources in the 133 intermediate geographic regions of Brazil in 2018 according to the human development index (HDI). Method: Data on population coverage of the family health strategy, number of outpatient consults and hospitalizations, public investment in health, total number of hospital beds, beds maintained by SUS, intensive care unit (ICU) beds, and ICU beds maintained by SUS were obtained from the Ministry of Health and IBGE. the association of variables with the HDI of the intermediate regions was assessed using Pearson's correlation. Results: The indices of health resources had higher average values for the South and Southeast regions, whereas the Central West ranked intermediate values. The HDI correlated positively with health resources. The coverage by family health strategy had an inverse distribution and was higher in the North and Northeast regions. Conclusions: Monitoring the health system at the intermediate region level can be a useful strategy to promote access and reduce health inequalities in Brazil. In 2018, the intermediate regions were unevenly prepared to meet their populations’ health needs and reflected the inverse care law. This scenario was the starting point for the response to the COVID-19 pandemic in 2020.
  • Cognitive impairment and associated factors in a population of aged people Artigo Original

    Barros, Eurides Maria Maia Atallah Haun de; Martelli Júnior, Hercílio; Andrade, Rodrigo Soares de; Dias, Verônica Oliveira; Caldeira, Antônio Prates; Maia, Luciana Colares; Costa, Simone de Melo; Martelli, Daniella Reis Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: O envelhecimento populacional está entre as transformações globais mais importantes. Na população idosa, há prevalência aumentada de condições crônicas que comprometem a autonomia relacionadas ao comprometimento cognitivo. Objetivo: Este estudo buscou estimar a prevalência de comprometimento cognitivo e os fatores associados em uma população de idosos. Método: Trata-se de pesquisa transversal analítica envolvendo idosos com 60 anos ou mais, cadastrados na Estratégia Saúde da Família de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Para caracterização dos fatores sociodemográficos, hábitos de vida e condições de saúde, utilizou-se o instrumento Brazilian Older Americans Researches and Service Multidimensional Function Assessment Questionnaire; para avaliação cognitiva, o Mini Exame do Estado Mental, e os resultados, ajustados por escolaridade na análise de regressão logística binária, com apresentação de odds ratio (OR) e intervalos de confiança (IC) de 95%. Resultados: Dos 1.746 idosos avaliados, 11,5% apresentaram comprometimento cognitivo. Os fatores de risco associados foram idosos acima de 80 anos (OR=4,463; IC95% 3,160–6,304); analfabetos (OR=3,996; IC95% 2,716–5,791); sem companheiro (OR=1,989; IC95% 1,388–2,850); sedentários (OR=1,777; IC95% 1,208–2,613) e com histórico de Acidente Vascular Cerebral (OR=3,635; IC95% 2,213–5,971). Conclusões: Comprometimento cognitivo foi associado a variáveis passíveis de ações preventivas, como o acesso à escolarização e hábitos de vida saudáveis.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Population aging is among the most important global transformations. In the elderly population, there is an increased prevalence of chronic conditions that compromise autonomy, related to cognitive impairment. Objective: This study sought to estimate the prevalence of cognitive impairment and associated factors in an elderly population. Method: This is a cross-sectional and analytical survey involving elderly people aged 60 years old or older, registered with the Family Health Strategy of Montes Claros, Minas Gerais, Brazil. To characterize sociodemographic factors, life habits and health conditions, the Brazilian Older Americans Researches and Service Multidimensional Function Assessment Questionnaire was used; for cognitive evaluation, the Mini Mental State Examination, and the results adjusted for education in the binary logistic regression analysis, with the presentation of odds ratios (OR) and 95% confidence intervals (CI). Results: Of the 1,746 aged individuals evaluated, 11.5% presented cognitive impairment. The associated risk factors were elderly over 80 years old (OR=4.463; 95%CI 3.160–6.304); illiterate (OR=3.996; 95%CI 2.716–5.791); without companion (OR=1.989; 95%CI 1.388–2.850); sedentary (OR=1.777; 95%CI 1.208–2.613), and with a history of stroke (OR=3.635; 95%CI 2.213–5.971). Conclusions: Cognitive commitment was associated with variables susceptible to preventive actions, such as access to schooling and healthy living habits.
  • Female incarceration and legal basis of health care for women deprived of liberty in Brazil Artigo Original

    Aquino, Lidiane Castro Duarte de; Cruz, Danielle Teles da

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: O encarceramento feminino cresceu de forma significativa nos últimos anos. As condições impostas pelo cárcere podem culminar em agravos à saúde, o que poderia ser minimizado com a efetiva implementação de políticas de saúde no sistema prisional. Objetivo: O artigo tem como objetivo tecer reflexões acerca das bases legais da atenção à saúde das mulheres em privação de liberdade no Brasil, tendo como plano de fundo o conceito ampliado de saúde. Método: Através de revisão da literatura, foram traçados os principais marcos no que tange à garantia do direito à saúde das mulheres privadas de liberdade. Também foram apontados aspectos relevantes do encarceramento feminino no Brasil bem como reflexões acerca das particularidades encontradas no sistema prisional que culminam na negação do direito à saúde das mulheres acauteladas, contexto este que se configura como um grande desafio para a Saúde Pública contemporânea. Resultados e conclusões: Com base nesta análise, podemos verificar que mesmo diante dos dispositivos legais, a saúde da mulher privada de liberdade vem sendo duramente negligenciada, o que aponta para a necessidade de mudanças de caráter emergencial nos modelos assistenciais das unidades prisionais, em consonância com princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS).

    Abstract in English:

    Abstract Background: Female incarceration has grown significantly in recent years. The conditions imposed by prison can culminate in health problems, which could be minimized with the effective implementation of health policies in the prison system. Objective: The article aimed to reflect on the legal basis of health care for women in deprivation of liberty in Brazil, having as a background the expanded concept of health. Methods: Through the literature review, the main milestones regarding the rights to health care of incarcerated women were traced. Relevant aspects of female incarceration in Brazil were also outlined, as well as reflections on the particularities found in the prison system that culminate in the denial of health care rights to imprisoned women, a context regarded as a great challenge to the current Public Health Care. Results and conclusions: Based on this analysis, one can notice that even in the face of legal provisions, the health of women in deprivation of liberty has been severely neglected, which leads to the need for emergency changes in the care models of prison facilities, in line with the principles and guidelines of the Unified Health System (Sistema Único de Saúde – SUS).
  • Exploratory study on the prevalence of high risk for coronary events in the Brazilian population: evidence from National Health Survey 2013 Artigo Original

    Silva, Pedro Gilson da; Simões, Taynãna César; Santos, Juliano dos; Conceição, Luciana Lima da; Oliveira, Jonas Sâmi de Albuquerque de; Ferreira, Aline Alves; Pierin, Angela Maria Geraldo; Meira, Karina Cardoso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: As doenças do aparelho circulatório representam a principal causa de adoecimento e mortes na população mundial. Objetivo: Estimar a prevalência de alto risco para evento coronário (ARC) e os fatores associados na população adulta brasileira. Método: Estudo transversal, com base nos dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2013. Para os indivíduos classificados em ARC, segundo a primeira fase de estratificação da I Diretriz Brasileira de Prevenção Cardiovascular, avaliou-se a associação dessa condição com variáveis sociodemográficas, condição de saúde e hábitos e estilo de vida. A análise estatística foi realizada em três etapas: descritiva, bivariada e múltipla. Consideraram-se os pesos amostrais e o efeito de desenho do plano de amostragem complexo, utilizando-se da biblioteca survey do programa estatístico R, versão 3.2.2. Resultados: A prevalência de ARC na população brasileira foi de 11,06% (IC95% 10,83–11,29). Observou-se maior proporção de ARC com o avançar da idade, em indivíduos residentes no centro-sul, que autoavaliaram a saúde como ruim/muito ruim, ex-fumantes e hipertensos. Conclusões: A população brasileira apresentou alta prevalência de ARC e, assim, possui mais de 20% de risco de um evento coronário agudo nos próximos dez anos, caso medidas de prevenção e controle não sejam tomadas.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Diseases of the circulatory system are the leading cause of illness and death in the world population. Objective: Estimate the prevalence of high risk for coronary events (HRC) and associated factors in the Brazilian adult population. Method: This is a cross-sectional study, based on data from the National Health Survey 2013. The association of this condition with sociodemographic, health condition, and habits and lifestyle was evaluated for individuals as in HRC, according to the first stratification phase of the I Brazilian Directive of Cardiovascular Prevention. Statistical analysis was performed in three stages: descriptive; bivariate; and multiple analysis. Sampling weights and design effect of the complex sampling plan were considered, using the survey library of the statistical program R, version 3.2.2. Results: The prevalence of HRC in the Brazilian population was 11.06% (95%CI 10.83–11.29). A higher prevalence of HRC was observed with advancing age, in individuals living in the Central-South, who self-rated their health as poor/very poor, former smokers, and individuals with systemic arterial hypertension. Conclusions: The Brazilian population presented a high prevalence of HRC and, thus, has a more than 20% risk of an acute coronary event in the next ten years, if prevention and control measures are not taken.
  • Cartography of a life that attempted suicide Artigo Original

    Lôbo, Ana Paula Antero; Medeiros, Diego da Silva

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: O suicídio é um grave problema de saúde pública, ainda permeado de estigmas, fato que dificulta o registro desses eventos e o cuidado às pessoas envolvidas. Por se tratar de um acontecimento multicausal, a construção do cuidado perpassa por ações intersetoriais. Objetivo: Cartografar os elementos envolvidos no contexto de vida de uma mulher que tentou suicídio (usuária-guia), destacando os caminhos percorridos no processo de subjetivação e na produção de cuidado no seu território existencial. Método: Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com a própria usuária-guia, amigos, familiares e profissionais de saúde. Esta pesquisa foi realizada no município de Icapuí-CE de agosto/2018 a março/2019. A análise baseou-se em conceitos da Filosofia da Diferença, da teoria de Michel Foucault e da Saúde Coletiva. Resultados: Os caminhos trilhados pela usuária-guia formaram seu território existencial, nesse processo de territorialização, desterritorialização e reterritorialização. Percebeu-se que a rede social foi sua maior proteção, mas também sua maior vulnerabilidade, perpassando por estigmas e identificações. Conclusões: Considerando o despreparo dos profissionais de saúde e da comunidade em lidar com o suicídio, aposta-se em programas permanentes e intersetoriais de prevenção, capacitação e amparo às pessoas envolvidas nesse contexto, além de práticas interprofissionais, principalmente na Atenção Primária à Saúde.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Suicide is a serious public health problem, still permeated by stigma, a fact that makes it difficult to record these events and care for the people involved. As it is a multicausal event, the construction of care goes through intersectoral actions. Objective: To map the elements involved in the life context of a woman who attempted suicide (guide user), highlighting the paths taken in the subjectivation process and in the production of care in her existential territory. Method: Semi-structured interviews were conducted with the guide user, her friends, family, and health professionals. This research was carried out in the city of Icapuí,Ceará, from August/2018 to March/2019. The analysis was based on concepts of Philosophy of Difference, Michel Foucault's theory, and Collective Health. Results: The paths taken by the guide user formed her existential territory in this process of territorialization, deterritorialization, and reterritorialization. It was noticed that the social network was her greatest protection, but also her greatest vulnerability, crossing stigmas and identifications. Conclusions: Considering the unpreparedness of health professionals and the community in dealing with suicide, we focus on permanent and intersectoral prevention, training and protection programs for people involved in this context, as well as interprofessional practices, especially in Primary Health Care.
  • Skipping breakfast among Brazilian adolescents: results from PeNSE 2012 and 2015 Comunicação Breve

    Santos, Poliana Azevedo; Rodrigues, Paulo Rogério Melo; Moreira, Naiara Ferraz; Muraro, Ana Paula

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: São restritos os estudos que apresentam estimativas com representatividade nacional sobre omissão do café da manhã entre adolescentes brasileiros. Objetivo: Estimar a prevalência da omissão do café da manhã entre estudantes adolescentes brasileiros, segundo características sociodemográficas, nos anos de 2012 e 2015. Método: Análise realizada com os dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, com escolares do 9º, ano nos anos de 2012 e 2015. Foi estimada a prevalência de omissão do café da manhã (consumo por menos de cinco dias por semana), segundo sexo, faixa etária, dependência administrativa da escola e região do país, considerando o desenho complexo da amostra. Resultados: A prevalência de omissão do café da manhã verificada foi de 38,1% em 2012 e 35,6% em 2015, sendo mais elevada entre meninas e estudantes de escolas privadas. A omissão dessa refeição foi mais elevada entre os escolares das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. As capitais brasileiras pertencentes às regiões Sul e Centro-Oeste apresentaram as maiores prevalências de omissão do café da manhã. Conclusões: Não houve alteração significativa da prevalência de omissão de café da manhã entre os dois inquéritos realizados, sendo maior a sua omissão entre as meninas, estudantes de escolas públicas e de regiões mais desenvolvidas.

    Abstract in English:

    Abstract Background: There is limited research presenting nationally representative estimates regarding breakfast omission among Brazilian adolescents. Objective: The objective of this study was to estimate the prevalence of breakfast omission among Brazilian adolescent students, considering sociodemographic characteristics, in the years 2012 and 2015. Method: An analysis was conducted using data from the National School Health Survey, including 9th grade students in the years 2012 and 2015. The prevalence of breakfast omission (defined as consumption on fewer than 5 days per week) was estimated based on gender, age group, school administrative dependence, and region of the country, considering the complex sample design. Results: The prevalence of breakfast omission observed was 38.1% in 2012 and 35.6% in 2015, with higher rates among girls and students from private schools. Omission of this meal was more common among students in the South, Southeast, and Central West regions. Brazilian capitals located in the South and Central West regions exhibited the highest prevalence of breakfast omission. Conclusions: There was no significant change in the prevalence of breakfast omission between the two surveys, and its omission was higher among girls, students from public schools, and in more developed regions.
  • Continuity of care for outpatients of COVID-19: new and old challenges to face the pandemic in Brazil Comunicação Breve

    Silva, Thais Botelho da; Shimocomaqui, Guilherme Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Trata-se de um debate acerca dos desafios da continuidade do cuidado relativo às ações de reabilitação aos egressos hospitalares da COVID-19. O elevado número de internações hospitalares e as limitações funcionais decorrentes dessa doença geram necessidades de cuidado em serviços de reabilitação no nível secundário e na Atenção Básica. No Sistema Único de Saúde (SUS), essa modalidade de cuidado historicamente foi vinculada à política da pessoa com deficiência, e apesar de haverem alguns avanços para a construção da Rede de Cuidados, ainda existem barreiras de acesso aos serviços. Isso, somado aos retrocessos que o SUS vem sofrendo, à ausência de planejamento adequado, e às dificuldades para a utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação são os principais desafios para a continuidade do cuidado aos egressos da COVID-19. Neste cenário, é fundamental a indução de políticas públicas e programas de saúde a fim de aprimorar as ações em reabilitação, qualificar as práticas de cuidado e estabelecer uma rede de cuidados articulada que consiga dar conta das novas demandas. Para tanto, o fortalecimento do SUS e da Atenção Básica devem ser a aposta principal para a mitigação da pandemia e seus impactos sociais.

    Abstract in English:

    Abstract This is a debate about the challenges of continuity of care regarding rehabilitation for outpatients of COVID-19. The high number of hospital admissions and the functional limitations resulting from this disease generate needs for care in rehabilitation services at the secondary level and in Primary Health Care (PHC). In the Brazilian Unified Health System (Sistema Único de Saúde — SUS), this type of care has historically been linked to the policy of people with disabilities, and although there have been some advances in the construction of the Care Network, barriers to access to services still exist. This, in addition to the setbacks that SUS has been suffering, the lack of adequate planning, and the difficulties in the use of Information and Communication Technologies are the main challenges for the continuity of care for outpatients of COVID-19. In this scenario, it is essential to induce public policies and health programs in order to improve the actions in rehabilitation, qualify care practices, and establish an articulated care network that can cope with the new demands. Therefore, the strengthening of SUS and PHC must be the main bet for the mitigation of the pandemic and its social impacts.
  • The quixotesque ideal of equity in Costa Rica: trans(it) in a pseudo-homogeneous society Artigo De Revisão

    Caravaca-Morera, Jaime Alonso

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: A legitimidade da aspiração à equidade social como compreendida na atualidade é um fenômeno relativamente recente na história da humanidade. Adquire centralidade teórica e política no século XIX e expande-se através dos avatares do século XX, sendo objeto de leituras e interpretações distintas e, por vezes, contrapostas. Objetivo: Analisar os rostos das inequidades sofridas pela população trans da Costa Rica em situação de rua diante uma revisão narrativa. Método: Ensaio analítico reflexivo e argumentativo. Resultados: A construção transfronteiriça de uma sociedade (pseudo)homogênea tem conduzido a uma concatenação de violências sobre a população trans em situação de rua. De certa maneira, o ponto de partida deste olhar segregacionista repousa em uma sociedade que possui uma visão deteriorada sobre o significado real da equidade e inclusão social. Conclusões: Torna-se importante compreender a inequidade desenhada no espaço rua, entendendo esse como um hábitat que fortalece as distâncias/abismos sociais e sistematiza a exclusão de uma população já abandonada.

    Abstract in English:

    Abstract Background: The legitimacy of social equity as understood today is a relatively recent phenomenon in human history. It acquires theoretical and political centrality in the 19th century and expands through the avatars of the 20th century. Objective: To analyze the faces of the inequities suffered by the trans homeless population in Costa Rica through a narrative review. Method: A reflective and argumentative analytical essay. Results: The cross-border construction of a (pseudo)homogeneous society has led to a concatenation of violence against the homeless trans population. In a way, the starting point of this segregationist look rests on a society that has a deteriorated vision on the real meaning of equity and social inclusion. Conclusions: It seems important to understand the inequality drawn in the street space, understanding it as a habitat that strengthens social distances/gaps and that systematizes the exclusion of an already abandoned population.
  • Rehabilitation of work disability in the perception of working men and women: a qualitative meta-synthesis Artigo De Revisão

    Barbalho, Bianca Araújo; Silva, Merlayne Pâmela de Oliveira e; Moura, Ana Lúcia Gadelha de; Cárdia, Maria Cláudia Gatto; Ribeiro, Kátia Suely Queiroz Silva; Neves, Robson da Fonseca

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Introdução: A incapacidade para o trabalho e o processo de reabilitação são eventos importantes na vida de homens e mulheres trabalhadores que sofrem algum tipo de interrupção da vida laborativa por causa de agravos relacionados ao trabalho. Assim, conhecer como ambos enfrentam essas situações pode trazer luz para as abordagens de reabilitação. Objetivo: Sistematizar e sintetizar o que a literatura científica aponta a respeito da reabilitação da incapacidade para o trabalho na percepção de homens e mulheres. Método: Buscou-se estudos qualitativos publicados nas bases de dados CINAHL, SCOPUS, PsycINFO e Web of Science, utilizando-se os descritores: qualitative method, work disability, rehabilitation e gender. A análise foi feita com base nos pressupostos de Noblit e Hare para metassíntese. Resultados: Os homens valorizam a atuação dos serviços de saúde ocupacional e a incorporação das exigências do trabalho na reabilitação. As mulheres apontaram as atitudes dos profissionais, família e colegas e valorizaram a mudança de local ou tarefa de trabalho e o acreditar na potencialidade delas no processo de reabilitação. Conclusões: A presente metassíntese apontou para o valor que homens e mulheres atribuem respectivamente, mas não exclusivamente, à centralidade do trabalho e às redes de apoio social no processo de reabilitação.

    Abstract in English:

    Abstract Background: Disability to work and the rehabilitation process are important events in the lives of working men and women who suffer some form of interruption in their working life due to work-related illnesses. Thus, knowing how they both cope with these situations can shed light on rehabilitation approaches. Objective: Systematize and synthesize what the scientific literature points out about the rehabilitation of incapacity for work in the perception of men and women. Method: Qualitative studies published in the CINAHL, SCOPUS, PsycINFO, and Web of Science databases were searched, using the descriptors: qualitative method, work disability, rehabilitation, and gender. The analysis was based on the assumptions of Noblit and Hare for meta-synthesis. Results: Men value the performance of occupational health services and the incorporation of work demands in rehabilitation. Women pointed out the attitudes of professionals, family and colleagues and valued the change of place or work task and the belief in their potential in the rehabilitation process. Conclusions: The present meta-synthesis pointed to the value that men and women attribute respectively, but not exclusively, to the centrality of work and social support networks in the rehabilitation process.
Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro Avenida Horácio Macedo, S/N, CEP: 21941-598, Tel.: (55 21) 3938 9494 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cadernos@iesc.ufrj.br