Uma visão comparada do ensino em ciência, tecnologia e sociedade na escola e em um museu de ciência

Guaracira Gouvêa Maria Cristina Leal Sobre os autores

Resumos

Este trabalho apresenta a análise das narrativas de crianças e professores que se desenvolvem na sala de aula e em um museu de ciências, em situações de ensino-aprendizagem formal e não-formal. A pesquisa tratou das relações entre ensino formal (escola) e não-formal (museu), focalizando indícios e práticas que envolvem, de um lado, o movimento CTS e, de outro, processos de alfabetização científica e tecnológica no ensino de ciências. Nas considerações finais, destacamos as contribuições da investigação para a melhoria do ensino de ciências.

ensino em CTS; educação não-formal; pensamento narrativo e paradigmático


This research presents an analysis of children and teachers' narratives which take place in a classroom and in a museum, formal and non-formal teaching-learning situations. The research dealt with the relations between formal teaching (school) and non-formal teaching (museum), bringing into focus clues and practices which involve, by one side, the STS movement and, by the other side, scientific and technological alphabetization processes in science teaching. In the final considerations, it outstands the reseach contributions to the improvement of the science teaching.

STS teaching; non-formal educatio; narrative and paradigmatic thinking


ARTIGOS

Uma visão comparada do ensino em ciência, tecnologia e sociedade na escola e em um museu de ciência

Guaracira GouvêaI; Maria Cristina LealII

IProfessora Adjunta da Faculdade de Educação, Universidade Católica de Petrópolis. Pesquisadora do Museu de Astronomia e Ciências Afins – Mast (Ministério da Ciência e Tecnologia). Rio de Janeiro, RJ. (e-mail: gouveasousa@uol.com.br)

IIProfessora Adjunta da Faculdade de Educação, Universidade Católica de Petrópolis. Petrópolis, RJ. (e-mail: leal4512@rionet.com.br)

RESUMO

Este trabalho apresenta a análise das narrativas de crianças e professores que se desenvolvem na sala de aula e em um museu de ciências, em situações de ensino-aprendizagem formal e não-formal. A pesquisa tratou das relações entre ensino formal (escola) e não-formal (museu), focalizando indícios e práticas que envolvem, de um lado, o movimento CTS e, de outro, processos de alfabetização científica e tecnológica no ensino de ciências. Nas considerações finais, destacamos as contribuições da investigação para a melhoria do ensino de ciências.

Unitermos: ensino em CTS; educação não-formal; pensamento narrativo e paradigmático

ABSTRACT

This research presents an analysis of children and teachers' narratives which take place in a classroom and in a museum, formal and non-formal teaching-learning situations. The research dealt with the relations between formal teaching (school) and non-formal teaching (museum), bringing into focus clues and practices which involve, by one side, the STS movement and, by the other side, scientific and technological alphabetization processes in science teaching. In the final considerations, it outstands the reseach contributions to the improvement of the science teaching.

Keywords: STS teaching; non-formal educatio, narrative and paradigmatic thinking

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

  • ANGOTTI, J. A. P. Fragmentos e Totalidades do Conhecimento Científico e do Ensino d e Ciências Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 1991.
  • AULER, D. STUEDER, D. M. CUNHA, MARCIO, B. O enfoque ciência-tecnologiasociedade como parâmetro e motivador de alterações curriculares. In: MOREIRA, M. A. (Org.), Atas do I Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências p.187-92, Instituto de Física - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1997.
  • BARTHES, R. Mitologias Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1993.
  • BENJAMIN,W. Obras escolhidas: Magia e técnica. Arte e Política. São Paulo: Brasiliense, 1987.
  • BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. The social construction of reality: a treatise in the sociology of knowledge. Garden City: Doubleday, 1967.
  • BRUNER, J. Toward a theory of Instruction Cambridge: Harvard University Press, 1996.
  • FINNEGAN, Ruth. Literacy and orality: studies in the technology of communication. Oxford: Brasil Blackwell, 1988.
  • GRAS, H. M. Technologies du Quotidien Paris: E. Autremente, 1992.
  • GRUPO DE REELABORAÇÃO DO ENSINO DE FÍSICA - GREF. Física, v.1, 2 e 3. São Paulo: EDUSP. 1991
  • HALLINGEN, H. Science & technology studies Wollongong: University of Wollongong, 1998.
  • HEWSON, P. M. A conceptual change approach to learning science. European Journal o f Science Education, vol.3, p.383-96, 1981.
  • MARX, K. The misery of philosophy, 1947.
  • MENEZES, L. Crise, Cosmos, Vida Humana: Física para uma educação humanista. Tese (Livre Docência), Instituto de Física, Universidade de São Paulo, 1988.
  • MORAES, A. M. A inovação ciência, tecnologia e sociedade no ensino de ciências: uma análise sociológica. Revista de Educação Lisboa: Fundação C. Gulbenkian, p.87-99, 1994.
  • MOREIRA, M. A. Modelos Mentais Porto Alegre, UFRS, 1997.
  • OSBORNE, R. J. FREIBERG, P. Learning in sciences: the implications of children's science. London: Heinemann, 1985.
  • PIERSON, A. H. C.; HOSOUME, Y. O cotidiano, o ensino de física e a formação da cidadania. In: I Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências. 1, Atas... Porto Alegre: Instituto de Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  • RODRIGUES, A. M. Fundamentos em filosofia da tecnologia. Revista Tecnologia e Cultura CEFET, Rio de Janeiro, ano 1, n.1, jul.-dez. 1977.
  • ROBENS, K. e WEBSTER, F. The technical fix: education, computer and industry. London: Macmillan, 1989.
  • RYE, J. A. Teaching beliefs and practices of research scientist faculty member engaged in Science Technology-Society (STS) Horgantown: West University, 1998.
  • SCHARMANN, L. C. Preservice secundary science teacher's orientations toward Science Technology-Society (STS) education Manhattan: Kansas State University, 1998.
  • SOLOMON, J. Teaching science, Technology and Society Buckingham, Philadelphia: Open University Press, Coleção Developing Science and Technology Education, 1993.
  • ZANETIC, J. Física Também é Cultura Tese (Doutorado em Educação), Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 1989.
  • ZIMAN, J. Enseñanza y Aprendizage sobre la Ciencia y la Sociedad México: Fondo de Cultura Econômica, 1985.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Fev 2012
  • Data do Fascículo
    2001
Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Av. Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01, Campus Universitário - Vargem Limpa CEP 17033-360 Bauru - SP/ Brasil , Tel./Fax: (55 14) 3103 6177 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista@fc.unesp.br