Educação e Pesquisa, Volume: 32, Issue: 1, Published: 2006
  • The organization of schooling in cycles in Brazil: literature review and research perspectives Artigos

    Mainardes, Jefferson

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta uma revisão da literatura sobre a organização da escolaridade em ciclos no Brasil, evidenciando os aspectos que têm sido enfatizados, as limitações e as perspectivas para a pesquisa desse tema. A revisão inclui 147 textos que foram classificados em cinco categorias: (a) discussão de aspectos teóricos referentes à escola em ciclos; (b) geração e formulação de políticas; (c) implementação de políticas; (d) análise de resultados das políticas e impacto no desempenho de alunos; e (e) revisão de literatura. Argumenta-se que a natureza da política e a análise do desenvolvimento de seu discurso são aspectos que têm sido excluídos das pesquisas sobre ciclos. Além disso, argumenta-se que os seguintes aspectos têm sido pouco explorados: (a) a análise da implementação da política na escola e na sala por meio de observações e pesquisa etnográfica; (b) a análise da trajetória das políticas desde sua formulação até a implementação em sala de aula; e (c) pesquisas que incluam a opinião de gestores e formuladores de políticas de escola em ciclos. A conclusão apresenta aspectos que necessitam ser investigados com maior profundidade para se atingir uma compreensão mais clara, ampla e crítica dos ciclos no Brasil.

    Abstract in English:

    This article offers a review of the literature about the organization of schooling in cycles in Brazil, pointing out the aspects that have been emphasized, the limitations and perspectives for the research on this topic. The review covered 147 texts, which were classified into five categories: (a) discussions of theoretical aspects related to cycles in school; (b) production and formulation of policies; (c) implementation of policies; (d) analysis of results of policies and impact on the performance of pupils; and (e) literature review. It is argued that the nature of policies and the analysis of the development of the discourse of these policies are aspects that have been neglected by the research about cycles. Apart from that, it is argued that the following aspects have been little explored: (a) the analysis of the implementation of the policy at school and in the classroom through observations and ethnographic research; (b) the analysis of the trajectory of the policies from their formulation to their implementation in the classroom; (c) studies including the opinion of managers and policymakers involved with schooling in cycles. The conclusion presents aspects that deserve to be studied in greater depth to bring about a clearer, wider, and more critical understanding of the cycles at Brazilian schools.
  • Experiences of inequality: the meanings of schooling envisaged by poor youths Artigos

    Leão, Geraldo Magela Pereira

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, pretendo discutir os sentidos atribuídos à experiência de escolarização por jovens pobres da periferia de Belo Horizonte atendidos em um programa federal de inclusão social - o Programa Serviço Civil Voluntário (1996-2002) do Ministério da Justiça e do Ministério do Trabalho e Emprego. Os dados e depoimentos relatados foram coletados por meio da observação participante e da realização de entrevistas com jovens, pais/mães e profissionais (gestores, instrutores e coordenadores). Em uma de suas fases, debrucei-me sobre as experiências escolares dos sujeitos pesquisados, procurando captar os sentidos elaborados, valores e expectativas quanto à sua escolarização. Esses jovens cresceram sob o impacto da ampliação das desigualdades sociais e econômicas das últimas décadas no Brasil. Ao mesmo tempo em que usufruíram a expansão da escolarização para as novas gerações, experimentaram o acesso à educação de forma desigual. Ao olhar para os sujeitos da pesquisa, constatei que a maioria deles viveu uma trajetória escolar atribulada. Embora tenham maior escolaridade em relação aos seus pais, eles viveram uma trajetória incerta, coberta de dificuldades, feita de idas e vindas na escola. Ao mesmo tempo, embora vivenciem situações de exclusão social e econômica, os sentidos por eles atribuídos à escolarização são múltiplos. A educação permanece como um valor para esses jovens, apesar de manifestarem uma relação tensa e ambígua com relação à instituição escolar. Demandam uma escola de qualidade, com regras e procedimentos claros, mas também que sejam respeitados e reconhecidos como sujeitos de direito.

    Abstract in English:

    In this article I intend to discuss the meanings attributed to the experience of schooling by poor young people from the outskirts of Belo Horizonte who took part in a federal program of social inclusion - the Voluntary Civil Service Program (1996-2002) of the Ministry of Justice and Ministry for Work and Employment. The data and testimonies given were collected through participant observation and the conduction of interviews with youngsters, parents, and professionals (managers, instructors, and coordinators). In one of its phases, I looked into the school experiences of the subjects studied, trying to capture the meanings created, their values and expectations about their schooling. These youngsters had grown up under the impact of increasing social and economic inequalities during the last decades in Brazil. At the same time that they reaped the benefits of the expansion of schooling opportunities for the new generations, they experienced the access to education in an uneven manner. Looking at the subjects of this study, I could see that most of them had had a troubled school trajectory. Although they had more schooling than their parents, they had gone through an uncertain path, full of difficulties, coming in and out of school. At the same time, and despite experiencing situations of social and economic exclusion, the meanings they attributed to schooling are multiple. Education remains as a value for these youngsters, despite the tense and ambiguous relation they maintain with the school institution. They demand a quality school, with clear rules and procedures, but also a school where they are respected and recognized as subjects with rights.
  • The construction of solidarity at school: the virtues, the reason, and the affectivity Artigos

    Tognetta, Luciene Regina Paulino; Assis, Orly Zucatto Mantovani de

    Abstract in Portuguese:

    Discutindo sobre como as pessoas podem construir a solidariedade, baseando-se em pressupostos psicológicos que garantem que tal virtude é construída por cada um na interação com o meio, esta pesquisa aponta um caminho para a formação de sujeitos mais autônomos e solidários: a cooperação como estratégia de conceber a construção das virtudes. Para tal, foram investigados, em comparação, os julgamentos de crianças de ambos os sexos, na faixa etária de 6 a 7 anos, provenientes de dois tipos de ambientes: A - baseado em relações autoritárias; e B - em relações de cooperação. Utilizou-se da aplicação das provas de diagnóstico do comportamento operatório de Jean Piaget, no intuito de verificar um paralelo entre as estruturas cognitivas e morais dos sujeitos, como também da observação das relações interpessoais e da discussão de dilemas morais, divididos em dois blocos, que atenderam a dois requisitos desta investigação: constatar o julgamento da solidariedade entre pares e na presença da autoridade. Os resultados demonstram a existência de uma evolução na disposição dos sujeitos para serem solidários, ligada a uma perspectiva de vivenciarem experiências significativas de reciprocidade e respeito mútuo, características de um ambiente cooperativo. Tais resultados nos permitem conceber uma "Pedagogia das virtudes", que considere o desenvolvimento das estruturas cognitivas e dos aspectos afetivos para a construção de personalidades morais.

    Abstract in English:

    Discussing how people can build up solidarity, and drawing from psychological assumptions that guarantee that such virtue is constructed by each one in their interaction with the environment, this research points to a path for the formation of more autonomous and solidary subjects: the cooperation as a strategy to conceive the construction of virtues. To this end, a comparative investigation was made of the judgments of children of both sexes, aged 6 and 7, in two kinds of environments: A - based on authoritarian relations; and B - in relationships of cooperation. Diagnostic tests for Jean Piaget's operatory behavior were used to investigate the parallel between the cognitive and moral structures of the subjects. The study also used the observation of the interpersonal relationships and the discussion of moral dilemmas split into two groups, and which fulfilled two conditions: to inspect the judgment of solidarity between peers, and in the presence of authority. Results demonstrate the existence of an evolution in the disposition of the subjects to be solidary, linked to the prospect of significant experiences of solidarity and mutual respect, characteristic of a cooperative environment. Such results allow us to envisage a "Pedagogy of Virtues" that takes in the development of cognitive structures and affective aspects to the construction of moral personalities.
  • Narratives about the deprivation of freedom and the development of the adolescent self Artigos

    Oliveira, Maria Claudia Santos Lopes de; Vieira, Alessandra Oliveira Machado

    Abstract in Portuguese:

    Apresenta-se uma revisão do percurso teórico dos conceitos de self e identidade em psicologia, situando a perspectiva teórico-metodológica sócio-histórico-cultural, com ênfase na versão narrativista-dialógica. Essa última é tomada como contribuição à interpretação de processos de desenvolvimento do self do adolescente no contexto específico da privação de liberdade, a que são submetidos adolescentes autores de infração. A perspectiva narrativista-dialógica concebe o self como uma unidade complexa, o sistema integrado da cultura e dos afetos pessoais construído por meio da interação social ocorrida em contextos socioinstitucionais concretos, tendo como principal meio de organização a linguagem humana. As situações desorganizadoras do senso de si, como é o caso dos eventos associados à delinqüência, ativam dispositivos subjetivos de reorganização do self, promovendo desenvolvimento. São apresentadas análises qualitativas de seqüências narrativas produzidas por adolescentes em privação de liberdade, em interação com o pesquisador em situação estruturada. O objetivo é estender a compreensão da formação da identidade narrativa de adolescentes a contextos específicos como os que envolvem violência e privação de liberdade. A análise das narrativas produzidas ao longo da seqüência de interação verbal selecionada, numa perspectiva microgenética, revela a dinâmica dos processos de elaboração pelos participantes de novas significações acerca de si, do contexto e dos processos sociais associados à medida de internação, apontando linhas de desenvolvimento do self.

    Abstract in English:

    A review is presented of the theoretical trajectory of the concepts of self and identity in Psychology, situating the socio-cultural-historical theoretical-methodological perspective, with an emphasis on the narrativist-dialogical version. The latter is taken as a contribution to the interpretation of processes of development of the self in the adolescent within the specific context of the deprivation of freedom to which teenage offenders are submitted. The narrativist-dialogical perspective conceives the self as a complex unity, the integrated system of culture and personal affections constructed through the social interaction that takes place in concrete socio-institutional contexts, having the human language as its key means of organization. The situations that disorganize one's sense of self, like the events associated to delinquency, activate subjective mechanisms of reorganization of the self, which promote development. Qualitative analyses of the narrative sequences produced by teenagers deprived of their freedom are presented, obtained from interactions with the researcher in structured situations. The objective is to extend the understanding of the formation of the narrative identity of the teenagers to specific contexts such as those involving violence and deprivation of freedom. The analysis of the narratives produced along the selected sequence of verbal interaction, performed under a micro-genetic perspective, reveals the dynamics of the processes of creation of new significations by the participants about themselves, the context, and the social processes associated to the detention procedure, pointing towards new lines of development of the self.
  • Education, justice, and human rights Artigos

    Estêvão, Carlos Alberto Vilar

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, o autor reflecte sobre a questão da justiça e dos direitos humanos, tendo presente as exigências da democracia deliberativa, na linha de Habermas e, sobretudo, as propostas de uma democracia comunicativa. Assim e num primeiro momento, o autor problematiza as relações entre democracia, justiça e direitos humanos, dando um particular realce quer às tendências individualistas e mercantilizadas de ver a democracia e os direitos quer às concepções deliberativa e comunicativa da democracia e suas implicações em termos de justiça e direitos humanos. A partir daqui, a reflexão inflecte para o campo da educação, como um outro lugar da justiça, debatendo a questão da justiça escolar e a concepção da escola como organização dialógica e comunicativa, realçando, em linguagem habermasiana, as funcionalidades sistémica e comunicativa que a perpassam. O autor completa esse enquadramento destacando, dentro da ideia de que a escola é um lugar de vários mundos e de justiças, as múltiplas racionalidades mobilizadas pelos actores escolares, a quem compete fazer opções, conscientes de que, quando a racionalidade comunicativa-emancipatória domina sobre outros tipos de racionalidade, a justiça e os direitos se abrem e se universalizam. Finalmente, essa discussão é retomada no último ponto do artigo, mas agora enquadrada nos desafios da globalização entendida em vários sentidos, terminando com a referência, dentro de uma concepção de globalização contra-hegemónica, a uma "democracia cosmopolítica", favorecedora de uma cordialidade solidária e cosmocidadã, apoiada nos direitos humanos.

    Abstract in English:

    In this article the author reflects on the issue of justice and human rights, considering the demands of a deliberative democracy, along the lines of Habermas and, above all, of the proposals of a communicative democracy. Thus, at first, the author problematizes the relationships between democracy, justice, and human rights, giving special emphasis to the individualistic and merchantilized tendencies to see democracy and the rights, and to the deliberative and communicative conceptions of democracy, and their consequences in terms of justice and human rights. From this point, the reflection veers towards the field of education as another locus of justice, debating the issue of school justice and the concept of the school as a dialogical and communicative organization, highlighting, in Habermasian terms, the systemic and communicative functionalities that permeate it. The author concludes this framework by stressing, within the idea that the school is a place of many worlds and justices, the multiples rationalities mobilized by the school agents, who should make their choices aware of the fact that, when the communicative-emancipative rationality predominates over other types of rationality, justice and rights open up and universalize. Finally, this discussion is continued in the last part of the article, but now referred to the challenges of globalization understood in several senses, finishing with the reference, within a counter-hegemonic concept of globalization, to a "cosmopolitical democracy", supportive of a solidary and cosmo-citizenly cordiality based on the humans rights.
  • Apollo-Prometheus and Dionysus: two mythological profiles of Gaston Bachelard's "24-hour man" Artigos

    Freitas, Alexander de

    Abstract in Portuguese:

    Gaston Bachelard (1884-1962), um filósofo como ele se auto-denomina de "dupla natureza", pensador de campos do conhecimento tão díspares como a epistemologia da ciência e a metafísica da imaginação poética, reclama uma leitura da dualidade e da complexidade da sua vida e obra. Desse modo, o objetivo deste artigo é investigar a relação dialógica entre a epistemologia da ciência e a metafísica da imaginação poética, dois delineamentos opostos, concorrentes e complementares da filosofia de Bachelard, freqüentemente expressos pelos epítetos "diurno" e "noturno". Para estudarmos a relação entre essas duas vertentes do pensamento de Bachelard, partimos da análise da ambivalência dos seguintes pares de conceitos: obstáculo epistemológico & imaginação material e psicanálise do conhecimento & método fenomenológico, que estruturam, teoricamente no primeiro par e, metodologicamente no segundo, sua epistemologia da ciência e sua metafísica da imaginação poética. Os dados obtidos permitem concluir que a sutura entre a epistemologia científica e a metafísica poética de Bachelard está representada em seu conceito de "homem das 24 horas". Esse homem complexo, andrógino, leitor e pensador das idéias científicas e da gênese poética, parece ser uma imagem conciliadora das antinomias expressas nas faces diurna e noturna da filosofia bachelardiana. Ampliando a análise imagética do "homem das 24 horas", por meio de uma hermenêutica mitanalítica, encontramos as duas faces da filosofia de Bachelard configuradas, respectivamente, pelos mitos de Apolo-Prometeu e Dioniso.

    Abstract in English:

    Gaston Bachelard (1884-1962), a philosopher who declared himself to be of a "double nature", a thinker in fields of knowledge as diverse as the epistemology of science and the metaphysics of poetic imagination, demands a reading of the duality and complexity of his life and work. The purpose of this article is therefore to investigate the dialogical relationship between the epistemology of science and the metaphysics of poetic imagination, two opposed, competing, and complementary traits of Bachelard's philosophy, often expressed by the epithets of "diurnal" and "nocturnal". To study the relationship between these two directions in Bachelard's thought, we start from the analysis of the ambivalence of the following pairs of concepts: epistemological obstacle & material imagination, and psychoanalysis of knowledge & phenomenological method, which structure, theoretically in the case of the former pair, and methodologically in the case of the latter pair, his epistemology of science and his metaphysics of poetic imagination. The results allow us to say that the joining of Bachelard's scientific epistemology and poetical metaphysics is represented in his concept of the "24-hour man". This complex, androgynous man, reader and thinker of the scientific ideas and of the poetical genesis, seems to be an image of the reconciliation of the antinomies expressed by the diurnal and nocturnal facets of the Bachelardian philosophy. Expanding on the imagetic analysis of the "24-hour man" through a myth-analytical hermeneutics, we find the two semblances of Bachelard's philosophy configured, respectively, in the myths of Apollo-Prometheus and Dionysus.
  • Economic theories of the supply of education: historical evolution, current state, and perspectives Artigos

    Waltenberg, Fábio D.

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo preocupa-se com uma faceta particular (o lado da oferta) de uma das duas grandes linhas de pesquisa em economia da educação (aspectos econômicos dos sistemas educacionais). Apresentam-se a evolução histórica, o estado atual do debate e as perspectivas de desenvolvimento das teorias econômicas de oferta de educação, abarcando-se o período compreendido entre o início da década de 1960 e as contribuições mais recentes. Argumenta-se que as teorias tradicionais de economia da educação (capital humano e sinalização) não deram tratamento adequado ao lado da oferta da educação. Mais tarde, os conceitos e o instrumental da microeconomia da firma foram mobilizados a fim de se tentar mapear a "tecnologia de produção de educação". A abordagem das funções de produção de educação, baseadas inicialmente apenas em insumos monetários, não foi suficiente para que se apreendesse toda a complexidade envolvida no processo de provisão de educação. Uma análise de artigos mais recentes revela três caminhos promissores para o desenvolvimento das teorias de oferta de educação: (i) incluir insumos não monetários às funções de produção; (ii) levar em consideração aspectos institucionais e organizacionais do sistema educativo; e (iii) aprimorar as técnicas econométricas de estimação das funções de produção. Por fim, o artigo discute mais detidamente o primeiro desses três caminhos.

    Abstract in English:

    The present article deals with a particular aspect (the side of the supply) of one of the two main lines of research in the economics of education (economical aspects of educational systems). It shows the historical evolution, the current state, and the perspectives of development of the economic theories of education supply, covering the period from the early 1960s to the more recent contributions. It argues that the traditional theories of the economics of education (human capital and screening) have not dealt adequately with the supply aspect of education. Later, the concepts and the instruments of microeconomics of the enterprise were mobilized to try and map out the "technology of production of education". The approach to the functions of production of education initially based just on monetary fluxes was not enough to apprehend all the complexity involved in the process of the supply of education. An analysis of more recent texts reveals three promising paths to the development of the theories of the supply of education: (i) inclusion of non-monetary fluxes into the production functions; (ii) taking into account institutional and organizational aspects of the education system, and (iii) improvement of the econometric techniques for the estimation of the production functions. Lastly, the article discusses at more length the first of these paths.
  • The inexistent subject: reflections on the nature of phonological awareness based on the "Final report of the workgroup Child Literacy - the new paths" Artigos

    Calil, Eduardo; Lopes, Adna de Almeida; Felipeto, Cristina

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo busca debater alguns trabalhos para os quais o sucesso na aprendizagem da leitura e escrita deve ter como base principal a consciência fonológica. Assim, do "Relatório final do grupo de trabalho alfabetização infantil: os novos caminhos", publicado pela Câmara dos Deputados em 2003, questionaremos pontos específicos, tais como a metodologia utilizada e o conseqüente tratamento de higienização dos dados, a relação fonema/grafema e a noção "chave" de consciência fonológica como fonte do (in)sucesso da leitura e escrita. Debateremos ainda trabalhos nos quais está subjacente a busca de um "estágio ideal" de ligação entre consciência, memória e aquisição da escrita. Os autores também evocam a importância da consciência fonológica para a aquisição de regras ortográficas e apontam a existência de um sujeito consciente que evolui em estágios de desenvolvimento. A partir de nosso campo de pesquisa, qual seja, o da aquisição de linguagem, e questionando e nos contrapondo à metodologia de seleção de dados estatisticamente relevantes por meio do método experimental, buscaremos mostrar, mediante a análise de erros singulares, que a relação entre sujeito e língua não pode ser pautada por uma análise metalingüística, sob pena de perder-se a singularidade do sujeito. Desse modo, argumentamos que, ao largo das competências e habilidades que o aluno, segundo aqueles estudos, deve desenvolver/adquirir por meio do defendido método fônico, há desde sempre uma língua que, em seu funcionamento simbólico, enreda o sujeito em suas tramas.

    Abstract in English:

    This article seeks to discuss some works to which the success in learning to read and write must have as its main foundation the phonological awareness. Thus, we shall question specific points of the "Final Report of the workgroup on Child Literacy: the new paths" published by the Brazilian Federal House of Representatives in 2003, such as the methodology employed and the corresponding treatment of cleansing of the data, the phoneme/grapheme relation and the "key" notion of phonological awareness as the source of (un)successful reading and writing. We shall also debate works, to which is subjacent the search for an "ideal stage" of connection between consciousness, memory and acquisition of writing skills. The authors also evoke the importance of the phonological awareness to the acquisition of orthographic rules, and point out the existence of a conscious subject who evolves in stages of development. Starting from our field of study, namely the acquisition of language, and questioning and opposing the methodology of selection of statistically relevant data through the experimental method, we try to show, using the analysis of singular mistakes, that the relation between subject and language cannot be based on a metalinguistic analysis, or we risk losing sight of the subject's singularity. In this way, we argue that beyond the competencies and abilities that the pupil, according to those studies, must develop/acquire through the proposed phonic method, there is always a language which, in its symbolic workings, entwines the subject in its weaving.
  • Inside a Physics classroom Artigos

    Moreira, Adelson Fernandes; Borges, Oto

    Abstract in Portuguese:

    Apresentamos os resultados de uma investigação etnometodológica sobre uma sala de aula de física, desenvolvendo uma abordagem descritiva desse ambiente de aprendizagem. Atividades com simulações, exercícios com lápis e papel e experimentação foram combinadas para proporcionar aos alunos ambientes de aprendizagem diferenciados. As interações de alguns grupos de alunos foram gravadas, em áudio e vídeo, e analisadas. Ao compará-las, destacamos e analisamos situações nas quais as interações vivenciadas nos diferentes ambientes contribuíam para a descrição de aspectos característicos da prática de alunos e professor. A produção de narrativas é o principal instrumento de descrição. Identificamos o etnométodo de direcionar as interações para a obtenção da resposta correta. Mostramos como esse procedimento, compartilhado por alunos e professor, interfere nas perguntas dirigidas ao professor e na forma de este exercitar sua escuta no diálogo com os alunos. A sala de aula é caracterizada como um local de ações simultâneas, que ocorrem para além do controle docente. Discutimos a concepção expressiva de objetivo e de atividade como referência para lidar com essa impossibilidade de controle. Chamamos atenção para a diversidade de estilos de conduta dos alunos e analisamos suas implicações. Discutimos, finalmente, as conseqüências de tratarmos a sala de aula como um lugar onde se desenvolve uma prática social específica, especialmente em relação aos obstáculos à transposição, para o seu interior, de resultados de pesquisa que implicam em modificações nessa prática.

    Abstract in English:

    We present the results of an ethnomethodological study about a Physics classroom, developing a descriptive approach to this learning environment. Activities involving simulations, pen-and-paper exercises, and experiments were arranged to expose students to various learning environments. The interactions among some groups of students were video- and audio-recorded, and analyzed. When comparing them, we highlight and analyze situations in which the interactions experienced in the different environments contribute to the description of the characteristic features of the practice of teacher and of students. The production of narratives is the main instrument of description. We identify the 'ethnomethod' of directing the interactions to obtain the correct answer. We show how this procedure, shared by teacher and students, interferes with the questions made to the teacher, and in the way the latter exercises the listening in the dialogue with the students. The classroom is characterized as a place of simultaneous actions that occur beyond the teacher's control. We discuss the expressed concepts of objective and activity as a way of dealing with this impossibility of control. We call attention to the diversity of styles of students' conducts, and we analyze its implications. Finally, we discuss the consequences of seeing the classroom as a place where a specific social practice occurs, particularly with respect to the obstacles to the transfer to its interior of the results of researches that imply in modifications to this practice.
  • Processo de formação e aprendizagens ao longo da vida Tradução

    Alheit, Peter; Dausien, Bettina
Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Av. da Universidade, 308 - Biblioteca, 1º andar 05508-040 - São Paulo SP Brasil, Tel./Fax.: (55 11) 30913520 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revedu@usp.br