Neotropical Ichthyology, Volume: 6, Issue: 4, Published: 2008
  • Simple relationships to predict attributes of fish assemblages in patches of submerged macrophytes

    Pelicice, Fernando Mayer; Thomaz, Sidinei Magela; Agostinho, Angelo Antonio

    Abstract in Portuguese:

    As macrófitas aquáticas submersas desempenham um importante papel na estruturação de hábitats e, por isso, determinam padrões gerais de biodiversidade. Como essas plantas colonizam muitos reservatórios neotropicais, o presente trabalho investigou simples relações capazes de predizer atributos de assembléias de peixes (densidade e riqueza) a partir de variáveis relacionadas à estruturação do habitat, medidas em manchas de macrófitas submersas (Egeria densa e E. najas). Baseando-se em características das manchas em pequenas escalas espaciais (bancos de macrófitas em braços do reservatório), nós consideramos a biomassa de plantas, volume e volume proporcional (percentual de volume de macrófitas na coluna d'água) como preditores em potencial. Peixes e macrófitas foram amostrados com uma armadilha de arremesso (1-m²) em hábitats litorâneos do reservatório de Rosana, rio Paranapanema, e correlação simples foram utilizadas para analisar as relações. Todas as variáveis apresentaram correlação positiva com a riqueza e densidade de peixes (R = 0.53 to 0.90), uma relação consistentemente observada nos três locais amostrados. Com relação à performance individual de cada variável, o volume e o volume proporcional não aumentaram a magnitude das correlações quando comparados à biomassa de macrófitas. Correlações mais fortes foram observadas quando as manchas de E. densa e E. najas foram analisadas separadamente (mono-especificidade), provavelmente porque efeitos particulares de cada espécie na estruturação dos hábitats foram removidos (e.g. pequenas diferenças morfológicas ou efeitos na qualidade da água). Os altos valores de correlação (R) observados em todas as relações são incomuns em estudos ecológicos, e enfatizam o potencial preditivo de variáveis relacionadas à estrutura espacial dos hábitats. Esses resultados sugerem que, em pequenas escalas espaciais, a biomassa de macrófitas pode representar um interessante preditor da densidade e riqueza de peixes em reservatórios com ampla colonização de plantas submersas.

    Abstract in English:

    Submerged macrophytes play an important role in structuring habitats and, therefore, in determining patterns of aquatic biodiversity. Because these plants are widespread in shallow areas of many Neotropical reservoirs, the present work investigated if variables related to habitat structure, measured in patches of submerged macrophytes (Egeria densa and E. najas), can be used to predict fish assemblage attributes (fish density and species richness). Based on patch characteristics at fine spatial extents (macrophyte patches within reservoir arms), we considered plant biomass, volume and proportional volume (i.e. percentage of macrophyte volume in the water column) as potential predictors. Fish and macrophytes were sampled with a 1-m² throw trap in littoral habitats of Rosana Reservoir, Paranapanema River, and simple correlation analyses were performed. Fish richness and abundance were highly correlated with all variables (R = 0.53 to 0.90), a relationship consistently observed in all sites. When compared to biomass, plant volume and proportional volume did not yield stronger correlations. We observed stronger correlations when E. densa and E. najas patches were analyzed separately (mono-specificity), probably because particular effects of each macrophyte on habitat structuring were removed (e.g. unnoticed morphological differences or unknown effects on habitat quality). The high R values observed in all pairwise relationships are uncommon in ecological studies, highlighting the predictive potential of variables related to habitat structure. These results suggest that, at small spatial extents, macrophyte biomass may represent an interesting predictor of fish density and richness in reservoirs with extensive colonization of submerged plants.
  • Fish larvae from the upper Paraná River: do abiotic factors affect larval density?

    Baumgartner, Gilmar; Nakatani, Keshiyu; Gomes, Luiz Carlos; Bialetzki, Andréa; Sanches, Paulo Vanderlei; Makrakis, Maristela Cavicchioli

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o papel de fatores abióticos na ocorrência de larvas de peixes. As amostragens foram realizadas mensalmente em 12 estações (agrupadas em 4 áreas) nos rios Amambaí, Ivaí e Paraná e no reservatório de Itaipu, de outubro de 1994 a janeiro de 1995 (época de desova). Simultaneamente, foram obtidos dados de temperatura, pH, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido, nível da água, velocidade da água e precipitação. Análises de Componentes Principais (PCA) e de Correspondência com Remoção do Efeito de Arco (DCA) foram aplicadas para sumarizar os dados abióticos e as densidades de larvas, respectivamente. O rio Amambaí diferiu significativamente das outras áreas em relação aos fatores abióticos. O reservatório de Itaipu diferiu significativamente das outras áreas quanto à composição de espécies, tendo o rio Ivaí também diferido do rio Paraná neste aspecto. A relação entre os eixos da PCA e DCA foi significativa, indicando que os fatores abióticos influenciam as larvas. Por exemplo, Leporinus elongatus preferiu o rio Amambaí, Hypophthalmus edentatus, Plagioscion squamosissimus e Hoplias aff. malabaricus o reservatório de Itaipu e Pimelodus maculatus, Auchenipterus osteomystax e Iheringichthys labrosus o rio Ivaí. Assim, sugerimos que cada espécie seleciona um conjunto de características abióticas em um dado ambiente utilizado como local de desova.

    Abstract in English:

    The purpose of this study was to evaluate the role of abiotic factors on fish larvae occurrence. Samplings were carried out monthly at 12 stations (grouped in four areas) in the Amambaí, Ivaí and Paraná rivers and in the Itaipu Reservoir (upper Paraná River basin), from October 1994 to January 1995 (spawning season). Simultaneously, we obtained water temperature, pH, electrical conductivity, dissolved oxygen, water level, water velocity, and rainfall. Principal Component Analyses (PCA) and Detrended Correspondence Analyses (DCA) were applied to summarize abiotic and larvae density data, respectively. Amambaí River differed significantly from the other areas in relation to abiotic factors. Itaipu Reservoir differed significantly from the other areas considering species composition, and the Ivaí River also differed from the Paraná River. The relationship among PCA and DCA axes were significant, indicating that abiotic factors do influence larva. For example: Leporinus elongatus prefered the Amambaí River, Hypophthalmus edentatus, Plagioscion squamosissimus, and Hoplias aff. malabaricus the Itaipu Reservoir, and Pimelodus maculatus, Auchenipterus osteomystax and Iheringichthys labrosus the Ivaí River. We suggest that species selected some abiotic factors characteristic to a given environment as spawning grounds.
  • Spawning areas, dispersion and microhabitats of fish larvae in the Anavilhanas Ecological Station, rio Negro, Amazonas State, Brazil

    Oliveira, Edinbergh C. de; Ferreira, Efrem J. G.

    Abstract in Portuguese:

    A abundância e distribuição do ictioplâncton e suas relações com a velocidade da corrente, temperatura, oxigênio dissolvido, pH e condutividade elétrica da água na Estação Ecológica Anavilhanas, rio Negro, Amazonas, Brasil, foram investigadas, bem como o uso de áreas e microhabitats preferenciais para desova, dispersão e criação. As coletas foram realizadas em dois períodos: vazante de 2001 e enchente de 2002, em um trecho de 100 km dividido em cinco subseções, e em cada um delas foram amostrados os microhabitats praia, barranco, canal e canal de lago, com um total de 20 pontos de coletas (cinco praias, cinco barrancos, cinco canais e cinco canais de lago). As coletas foram realizadas durante o dia e à noite na superfície e no fundo. 647 ovos e 4.187 larvas de peixes foram capturados, pertencentes a quatro ordens e dez famílias: Characiformes (6), Siluriformes (2), Perciformes (1) e Clupeiformes (1). As famílias dominantes foram Engraulidae (55,39%), Pimelodidae (30,45%), Auchenipteridae (5,23%) e Sciaenidae (5,13%). O modelo de estatística hierárquica (ANOVA) com três fatores (microhabitat, profundidade e período) foi aplicado às variáveis ambientais e às abundâncias de larvas, mostrando maior abundância de Sciaenidae nos barrancos e menor de Engraulidae nos canais. As maiores capturas foram obtidas em temperaturas mais baixas, no fundo durante o dia e na superfíc4ie à noite, sugerindo um comportamento ativo das larvas. A presença das quatro fases de desenvolvimento larval de Pimelodidae e Sciaenidae em todas as subseções, e de Engraulidae em três subseções, sugerem que a Estação Ecológica de Anavilhanas é uma área importante de desova e de desenvolvimento inicial para as espécies destes grupos no rio Negro. A abundância das larvas de todas as famílias de Characiformes foi extremamente baixa (0,1 a 1,17%) sugerindo que este sistema não é utilizado por membros desta ordem.

    Abstract in English:

    The abundance and distribution of ichthyoplankton and their relationships to current velocity, temperature, dissolved oxygen, pH and electrical conductivity of the water in the Anavilhanas Ecological Station, Negro River, Amazonas State, Brazil, were analyzed. Preferred microhabitats for spawning, dispersion and nursery were also verified. Sampling was undertaken during the falling water period of 2001 and the rising water period of 2002, in a section of 100 km subdivided into 5 subsections, with a total of 20 stations (5 beaches, 5 ravines, 5 channels, and 5 lake channels) at night and during the day at the surface and at the bottom. 647 eggs and 4,187 larvae were captured, belonging to 10 families and four orders: Characiformes (6), Siluriformes (2), Perciformes (1), and Clupeiformes (1). Engraulidae (55.39%), Pimelodidae (30.45%), Auchenipteridae (5.23%) and Sciaenidae (5.13%) were the dominant families. The hierarchical statistical model (ANOVA) with three factors (microhabitat, depth and period) was applied to the environmental variables and the larval abundance, showing greater abundances of sciaenids in the ravines and lower abundances of engraulids in the channels. The highest captures were obtained at lower temperature values, at the bottom during the day and at the surface at night, suggesting an active larval behavior. The presence of the four larval development stages in all subsection for pimelodids and sciaenids, and in three subsections for engraulids, indicates that the Anavilhanas Ecological Station is an important spawning and nursery area for species of these groups in the Negro River. Larvae abundance of all characiform families was extremely low (from 0.1 to 1.17%), suggesting that they do not spawn in this system.
  • Diet seasonality and food overlap of the fish assemblage in a pantanal pond

    Novakowski, Gisele Caroline; Hahn, Norma Segatti; Fugi, Rosemara

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho foi avaliada a estrutura trófica da ictiofauna na baía Sinhá Mariana (MT), no período de março de 2000 a fevereiro de 2001, com o objetivo de detectar qual o padrão alimentar exibido pelos peixes, durante as estações chuvosa e seca. A dieta de 26 espécies (1.294 estômagos) foi avaliada pelo método volumétrico. Insetos e peixes foram os itens mais consumidos pela maioria das espécies, sendo que o primeiro foi alimento dominante para 23% e 27% das espécies, respectivamente, na cheia e na seca e o segundo para 31% das espécies em ambas as estações. Através da análise de agrupamento (Distância Euclidiana) foram identificadas sete guildas tróficas na cheia (detritívora, herbívora, insetívora, lepidófaga, omnívora, piscívora e planctívora) e cinco na seca (detritívora, insetívora, lepidófaga, omnívora e piscívora). Os menores valores médios de amplitude de nicho trófico foram verificados para as guildas constituídas por espécies especialistas (detritívora, lepidófaga e piscívora), em ambos os períodos. Em oposição, as maiores médias foram observadas para a guilda omnívora, independente do período. Em geral, não houve variação sazonal na sobreposição alimentar das espécies. Em nível de comunidade, os coeficientes de sobreposição alimentar foram baixos (< 0,4) para cerca de 80% das espécies para cada período, indicando ampla partição de recursos alimentares. A assembléia de peixes mostrou tendência à especialização trófica, independente da estação considerada e apenas algumas espécies mudaram suas dietas. Assim, é possível considerar duas hipóteses: que não existe um padrão sazonal no uso dos recursos alimentares e/ou que provavelmente existam vários padrões, uma vez que cada um deles é baseado nas características do ambiente estudado e na composição taxonômica das espécies residentes.

    Abstract in English:

    We assessed the trophic structure of the fish fauna in Sinhá Mariana pond, Mato Grosso State, from March 2000 to February 2001. The aim was to determine the feeding patterns of the fish species during the rainy and dry seasons. The diets of 26 species (1,294 stomach contents) were determined by the volumetric method. Insects and fish were the most important food resources: insects were the dominant food of 23% and 27% of the species, respectively, in the rainy and dry season, and fish was the dominant item for 31% of the species in both seasons. Cluster analysis (Euclidean Distance) identified seven trophic guilds in the rainy season (detritivores, herbivores, insectivores, lepidophages, omnivores, piscivores and planktivores), and five trophic guilds in the dry season (detritivores, insectivores, lepidophages, omnivores and piscivores). The smallest mean values of diet breadth were observed for the specialist guilds (detritivores, lepidophages and piscivores), in both seasons. The widest means for diet breadth were observed for the omnivores, regardless of the season. In general, there was no seasonal variation in feeding overlap among the species studied. At the community level, diet overlap values between species were low (< 0.4) for 80% of the pairs in each season, suggesting wide partitioning of the food resource. The fish assemblage showed a tendency toward trophic specialization, regardless of the season, although several species changed their diets. We might consider two non-excludent hypothesis: that there is no pattern on the use of seasonal food resources and/or probably there are several patterns, because each one is based on characteristics of the studied site and the taxonomic composition of the resident species.
  • Comparison of fish assemblages in two littoral habitats in a Neotropical morichal stream in Venezuela

    Montaña, Carmen G.; Layman, Craig A.; Taphorn, Donald C.

    Abstract in Portuguese:

    Morichales ou buritizais são tipos de habitats de planícies de savana da América do Sul com vegetação ripária dominada por buritis (Mauritia flexuosa). Nós amostramos habitats litorâneos de dez fragmentos de buritis e seis bancos de areia durante dois meses de estação seca (Fev-Mar de 2005) em um curso de água de savana no Estado de Apure, Venezuela. Foram coletados 12.407 peixes pertencentes a 107 espécies. Espécies de pequeno porte (< 100 mm), representando diversas estratégias de vida e categorias tróficas foram abundantes. As espécies mais abundantes pertenceram às famílias Characidae e Cichlidae. As assembléias de peixes dos fragmentos de vegetação inundada (buritis) diferiram significantemente daquelas dos bancos de areia adjacentes. A elevada complexidade estrutural ao longo dos habitats marginais dos riachos que corriam pelos buritizais provavelmente contribuiu para a riqueza de espécies e influenciou a composição das assembléias nesses sistemas.

    Abstract in English:

    Morichales are lowland streams in South American savannas with riparian forest dominated by the moriche palm (Mauritia flexuosa). We sampled littoral habitats from ten flooded vegetated patches (dominated by Mauritiella aculeate) and six sand banks in two months of the dry season (Feb-Mar 2005) in a stream in the savannas of Apure State, Venezuela. We collected samples that compromised 12,407 individual fishes of 107 species. Small-bodied fishes (< 100 mm), representing diverse trophic and life history strategies, were abundant. The most abundant species were in the families Characidae and Cichlidae. Fish assemblages from flooded vegetated patches differed significantly from those on adjacent sand banks. High structural complexity along vegetated shoreline habitats of morichal streams likely contributes to species richness and affects assemblage composition.
  • Habitat selection by anchovies (Clupeiformes: Engraulidae) in a tropical bay at Southeastern Brazil

    Araújo, Francisco G.; Silva, Marcio A.; Santos, Joaquim N. S.; Vasconcellos, Ruan M.

    Abstract in Portuguese:

    A distribuição de manjubas (Clupeiformes, Engraulidae) foi descrita na Baía de Sepetiba, uma área costeira do Sudeste do Brasil, para determinar eventuais mecanismos de seleção de habitat. Dois programas de amostragem foram realizados; um usando arrasto de praia (1998/2000) para captura de juvenis, e outro, usando arrasto de fundo (1999/2000) para captura de adultos. Seis espécies representadas por quatro gêneros foram capturadas: Anchoa tricolor, Anchoa januaria, Anchoa lyolepis, Cetengraulis edentulus, Engraulis anchoita e Lycengraulis grossidens. Anchoa tricolor e A. januaria foram as espécies mais abundantes, com a primeira ocorrendo principalmente na zona externa da baía, enquanto a segunda com maior abundância na zona interna. Adultos A. tricolor são alvo de intensas pescarias comercial na baía durante a Primavera-Verão, enquanto E. anchoita, uma abundante espécie na plataforma continental, foi ocasionalmente capturada em grande numero durante o Outono. A seleção de hábitat, através do uso de diferentes áreas da baía, foi desenvolvida pelas duas espécies mais abundantes, um provável mecanismo para permitir a coexistência.

    Abstract in English:

    Distribution of anchovies (Clupeiformes, Engraulidae) was described in the Sepetiba Bay, a coastal area of Southeastern Brazil, to assess eventual mechanisms of habitat selection. Two fish sampling programmes were accomplished; one using beach seine (1998/2000) to catch juveniles in sandy beaches, and the other, using seines (1999/2000) to catch adults in deeper bay areas. Six species representing 4 genera were recorded: Anchoa tricolor, Anchoa januaria, Anchoa lyolepis, Cetengraulis edentulus, Engraulis anchoita and Lycengraulis grossidens. Anchoa tricolor and A. januaria were the most abundant species, with the former peaking in the outer bay, while the latter peaking in the inner bay. Adults A. tricolor are target of heavy commercial fisheries in the bay during Spring-Summer, while E. anchoita, an abundant species in the continental shelf, was occasionally caught in large numbers during the Autumn. The habitat selection, by using two different bay areas, was developed by the two most abundant species, a probable mechanism to enable their coexistence.
  • Life-history of the South American darter, Characidium pterostictum (Crenuchidae): evidence for small scale spatial variation in a piedmont stream

    Becker, Fernando Gertum; Carvalho, Silene de; Hartz, Sandra Maria

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo compara a estrutura populacional e a reprodução do pequeno caraciforme, Characidium pterostictum, amostrado em locais sujeitos a diferentes efeitos de perturbações hidrológicas naturais (enxurradas). Os dados foram obtidos a partir de amostragens sazonais em dois trechos distando 8 km entre si, no mesmo riacho. No trecho a montante, o habitat é mais severamente afetado pelas enxurradas do que no trecho a jusante e, devido a esta diferença, testou-se a hipótese de que haveria contrastes em padrões de alocação de energia entre reprodução e sobrevivência individual, como previsto pela teoria de história de vida. No trecho a montante, C. pterostictum apresentou características que favorecem a longevidade reprodutiva (como maior tamanho, condição mais elevada e sazonalmente pouco variável, maior tamanho de fêmeas maduras) em relação ao desempenho reprodutivo instantâneo (menor índice gonadossomático). O padrão oposto foi observado no trecho a jusante. Devido às diferenças em termos de efeito de perturbação (enxurradas) em cada trecho, esses resultados sugerem que a variabilidade espacial de perturbações hidrológicas pode influenciar padrões de história de vida dentro de uma população. Outra implicação dos resultados, é que os peixes que ocupam locais hidrologicamente mais variáveis em um riacho não estão necessariamente em desvantagem energética ou reprodutiva, mas podem estar simplesmente sob condições ambientais que favorecem padrões distintos de alocação de energia e persistência da população. Dessa forma, pode-se esperar que a plasticidade de história de vida seja comum em populações de peixes que sejam amplamente distribuídas em um sistema de riachos com características de hábitat espacialmente variáveis ou em mosaico.

    Abstract in English:

    The present study compares the reproduction, condition and size of the small characiform fish, Characidium pterostictum, sampled at close sites differing in severity of flash flood effects. Data were obtained from seasonal samples in two sites situated 8 km apart in the same stream. In the upstream site, habitat is more severely affected by flash floods than in the downstream site, and this difference was hypothesized to produce differences in life history and individual reproduction trade-off patterns, as predicted by life-history theory. The results provided evidence for small-scale spatial variation in life-history and trade-off patterns within the studied population. At the most severely disturbed site, C. pterostictum displayed a trade-off pattern that favored reproductive life-span (e.g., larger size, higher and seasonally stable condition, larger mean size of mature females) over instantaneous reproductive output (lower gonadosomatic index), while the opposite pattern was observed in the less disturbed site. Because of the differences in disturbance effects between each sampling site, these results suggest that within-stream variability in the severity of hydrological disturbance can influence life-history patterns at small spatial scales. An implication of the results is that fish occupying areas that are hydrologically more variable within a stream are not necessarily at an energetic or reproductive disadvantage, but may be simply under environmental conditions that favor distinct patterns of energy allocation (or trade-offs) and population persistence, as predicted by life-history theory. Therefore, plasticity in life-history is expected to be common in stream fish populations that are widespread in a stream system with spatially variable or patchy habitat characteristics.
  • Ecology and life history of an Amazon floodplain cichlid: the discus fish Symphysodon (Perciformes: Cichlidae)

    Crampton, William G. R.

    Abstract in Portuguese:

    Os acarás-disco do gênero Symphysodon são peixes ornamentais comumente encontrados em lagos e florestas alagadas das planícies inundadas da Amazônia. Estes habitats são caracterizados por uma variação sazonal extrema na disponibilidade de alimento, abrigo e oxigênio dissolvido, e também pela densidade de predadores e parasitas. A maioria dos aspectos da biologia do acará-disco são influenciados por esta variabilidade de condições sazonais. Este artigo apresenta um estudo autoecológico de S. haraldi (até recentemente classificado como S. aequifasciatus) da Amazônia Ocidental. Os acarás-disco alimentam-se predominantemente de perifiton, detritos orgânico, material vegetal, e invertebratos aquáticos pequenos. Durante a estação da 'cheia' eles forrageiam sozinhos ou em pequenos grupos dentro das florestas alagadas. Porém, na estação da 'seca' eles formam grandes cardumes nas coroas de árvores caídas ao longo das margens de lagos. A reprodução ocorre no início do período das enchentes, assegurando que a prole esteja bem crescida antes da próxima seca. Os acarás-disco são iteróparos, executam desova parcial, alcançam a maturidade reprodutiva em um ano, e executam cuidado parental dos ovos e alevinos. O início da desova, e a taxa de sobrevivência da prole podem ser influenciados pelas flutuações do nível da água, resultando em distribuições não-unimodais das classes de tamanho do subsequente '1+ cohort'.

    Abstract in English:

    The discus fishes of the genus Symphysodon are popular ornamental cichlids that occur in floodplain lakes and flooded forests of the lowland Amazon Basin. These habitats are characterized by extreme seasonal fluctuations in the availability of food, shelter and dissolved oxygen, and also the densities of predators and parasites. Most aspects of discus biology are influenced by these fluctuating conditions. This paper reports an autoecological study of the western Amazonian discus S. haraldi (until recently classified as S. aequifasciatus). This species feeds predominantly on algal periphyton, fine organic detritus, plant matter, and small aquatic invertebrates. At high water it forages alone or in small groups in flooded forests. At low water it forms large aggregations in fallen tree crowns along lake margins. Breeding occurs at the beginning of the flood season, ensuring that the progeny are well grown before the next low water period. Symphysodon haraldi is an iteroparous partial spawner, reaches reproductive maturity within a year, and undertakes parental care of its eggs and larvae. The timing of spawning events, and/or the rate of brood survival, may be influenced by fluctuations in the flood level, resulting in a non-unimodal distribution of size classes for the subsequent 1+ cohort.
  • Metabolic substrates are not mobilized from the osmoregulatory organs (gills and kidney) of the estuarine pufferfishes Sphoeroides greeleyi and S. testudineus upon short-term salinity reduction

    Prodocimo, Viviane; Souza, Carine F.; Pessini, Cristina; Fernandes, Luiz Claudio; Freire, Carolina A.

    Abstract in Portuguese:

    Os baiacus marinhos Sphoeroides testudineus e S. greeleyi são freqüentadores de estuários e eficientes osmorreguladores. No entanto, eles diferem quanto à sua capacidade de tolerar a redução de salinidade. Durante a descida de maré S. testudineus permanece no estuário com salinidade reduzida e S. greeleyi retorna para a água do mar. A hipótese testada neste estudo foi a de que a mobilização em curto prazo dos substatos metabólicos armazenados nos órgãos osmorregulatórios poderia explicar esta tolerância diferencial a redução de salinidade. Peixes expostos a 5‰ (por 6 h) foram comparados com os mantidos em 35‰ . O conteúdo branquial e renal de triacilglicerol, proteína e glicogênio foram avaliados, e a atividade ATPásica total foi quantificada para representar o metabolismo do tecido. Osmolalidade, cloreto e glicose plasmáticos, o hematócrito e o conteúdo de água no músculo também foram mensurados. O conteúdo total de triacilglicerol foi maior em S. greeleyi do que em S. testudineus em ambas as salinidades e em ambos os órgãos. O conteúdo renal de glicogênio foi maior em S. greeleyi quando comparado a S. testudineus na duas salinidades. A atividade ATPásica total foi reduzida em 5‰ quando comparada a 35‰ no rim de S. greeleyi, e foi maior nas brânquias de S. greeleyi quando comparada aos valores para S. testudineus em ambas as salinidades. Após a exposição a água do mar diluída, ambas as espécies apresentaram padrão osmorregulatório similar: osmolalidade e cloreto plasmáticos foram reduzidos. Em ambas as espécies a estabilidade do conteúdo de água no músculo indicou capacidade de regular o conteúdo de água intracelular. Os substratos metabólicos estocados nos órgãos osmorregulatórios de ambas as espécies não foram mobilizados durante a exposição de curto-prazo a diluição da água do mar, porém algumas diferenças foram reveladas entre as duas espécies. S. greeleyi apresentou maior reserva metabólica (essencialmente triacilglicerol) em seus órgãos, e suas brânquias apresentaram maior atividade ATPásica total quando comparado a S. testudineus.

    Abstract in English:

    The marine-estuarine species of pufferfishes Sphoeroides testudineus and S. greeleyi are very efficient osmoregulators. However, they differ with respect to their tolerance of salinity reduction. During low tide S. testudineus remains in diluted estuarine waters, whereas S. greeleyi returns to seawater (SW). The hypothesis tested here was that the short-term mobilization of metabolic substrates stored in their main osmoregulatory organs would correlate with this differential tolerance. Fishes exposed to 5‰ (for 6 h) were compared to those kept in 35‰. Branchial and renal contents of triglycerides, protein and glycogen were evaluated, and total ATPase activity accounted for the tissues' metabolism. Plasma osmolality, chloride and glucose, hematocrit, and muscle water content were also measured. Total triacylglycerol content was higher in S. greeleyi than in S. testudineus in both salinities and in both organs. Kidney glycogen contents were higher in S. greeleyi than in S. testudineus in 5 and 35‰. Total ATPase activity was reduced in 5‰ when compared to 35‰ in the kidney of S. greeleyi, and was higher in the gills of S. greeleyi than in those of S. testudineus, in both salinities. Upon exposure to dilute SW, both species displayed a similar osmoregulatory pattern: plasma osmolality and chloride were reduced. Again in both species, stability in muscle water content indicated cellular water content control. Although the metabolic substrates stored in the osmoregulatory organs of both species were not mobilized during these short-term sea water dilution events, some differences could be revealed between the two species. S. greeleyi showed more metabolic reserves (essentially triacylglycerols) in these organs, and its gills showed higher total ATPase activity than those S. testudineus.
  • A multi-approach analysis of the genetic diversity in populations of Astyanax aff. bimaculatus Linnaeus, 1758 (Teleostei: Characidae) from Northeastern Brazil

    Pamponet, Vanessa de Carvalho Cayres; Carneiro, Paulo Luiz Souza; Affonso, Paulo Roberto Antunes de Mello; Miranda, Viviam Souto; Silva Júnior, Juvenal Cordeiro; Oliveira, Claudine Gonçalves de; Gaiotto, Fernanda Amato

    Abstract in Portuguese:

    Poucos estudos ictiofaunísticos estão disponíveis em rios típicos do semi-árido, apesar da constante ameaça à diversidade local devido a influências antrópicas, com destaque para o represamento e construção de barragens. O presente trabalho teve como objetivo avaliar, por meio de diferentes metodologias, a estrutura genética de populações de uma espécie de caracídeo, Astyanax aff. bimaculatus, amplamente distribuída em bacias hidrográficas da Bahia, Nordeste do Brasil. Análises morfológicas (dados merísticos e morfométricos), citogenéticas (cariótipo e Ag-RONs) e moleculares (RAPD e SPAR) foram realizadas em espécimes coletados à montante e à jusante da Barragem da Pedra, na calha principal do médio rio de Contas (bacia do Rio de Contas) e no ribeirão Mineiro, pertencente à bacia adjacente do Recôncavo Sul. Poucas diferenças externas foram detectadas entre as populações, sendo os indivíduos originários do reservatório, à montante da barragem, ligeiramente maiores. Os dados citogenéticos também mostraram padrões cariotípicos semelhantes (2n=50; 6m+28sm+12st+4a; FN= 96) e RONs situadas nos braços curtos de até dois pares cromossômicos, com variação numérica inter- e intra-populacional. Contudo, as análises por RAPD e SPAR diferenciaram as três populações de forma eficiente, revelando freqüências alélicas significativamente diferentes entre as localidades amostradas e índices significativos de estruturação populacional (Fst=0.1868, P<0.0001). As diferenças entre populações do mesmo rio foram tão significativas quanto entre bacias hidrográficas distintas, indicando que a represa constitui uma barreira eficiente ao fluxo gênico. Além disso, acredita-se que peculiaridades ambientais de cada localidade possam também influenciar os padrões genéticos encontrados. Por outro lado, a similaridade entre amostras das bacias do Rio de Contas e Recôncavo Sul pode estar relacionada a uma história evolutiva comum, já que ambas estão geograficamente próximas. Por fim, o presente estudo demonstra que a realização de estudos envolvendo diferentes marcadores é extremamente útil para a identificação de estruturas de populações em espécies amplamente distribuídas e para avaliação dos impactos das atividades humanas sobre as populações naturais de peixes.

    Abstract in English:

    Few reports are available about the ichthyofauna of typical semi-arid rivers, although the regional diversity has been constantly threatened by human activities, mainly related to impoundment and construction of dams. The goal of the present work was to evaluate using different methods, the population genetic structure of a characin fish, Astyanax aff. bimaculatus, widespread throughout hydrographic basins of Bahia, Northeastern Brazil. Morphological (meristic and morphometric data), cytogenetic (karyotype and Ag-NOR), and molecular (RAPD and SPAR) analyses were carried out in specimens collected upstream and downstream of Pedra Dam, in the main channel of Contas River (Contas River Basin), and in the Mineiro stream, which belongs to the adjacent Recôncavo Sul basin. Few external differences were detected among populations, where the individuals collected upstream of Pedra Dam were slightly larger than the others. Cytogenetic data also showed a similar karyotypic pattern (2n=50; 6m+28sm+12st+4a; FN= 96) and NORs located on the short arms of up to two chromosome pairs, with numerical inter- and intra-populational variation. Nonetheless, RAPD and SPAR analyses differentiated reliably the three populations, revealing striking differences in the allele frequencies among the localities studied and a significant difference in population structure index (Fst=0.1868, P<0.0001). The differences between populations within a same river were as significant as those between distinct hydrographic basins, indicating that the dam/reservoir represents an effective barrier to gene flow. Additionally, environmental peculiarities from each locality are also believed to influence the genetic patterns detected herein. On the other hand, the similarity between samples from Contas River and Recôncavo Sul basins could be related to a common evolutionary history, since both basins are geographically close to each other. Finally, the present study shows that a multi-approach analysis is particularly useful in identifying the population structure of widely distributed species and to evaluate the impacts of human activities on natural fish populations.
  • Alterations on piscivorous diet following change in abundance of prey after impoundment in a Neotropical river

    Cantanhêde, Geuza; Hahn, Norma Segatti; Fugi, Rosemara; Gubiani, Éder André

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi investigar alterações na dieta de um peixe piscívoro (Acestrorhynchus pantaneiro) após mudanças na abundância de um peixe forrageiro (Moenkhausia dichroura) durante a colonização de um reservatório. Os peixes foram amostrados mensalmente entre março/2000 e fevereiro/2001 (período I) e março/2003 e fevereiro/2004 (período II), no reservatório de Manso (Mato Grosso, Brasil). A abundância de M. dichroura foi significativamente diferente entre os períodos, representando 9,6% dos indivíduos no período I e 66,4% no período II. No período I A. pantaneiro consumiu 41 presas, enquanto que no período II foram registradas 14 presas, sendo que M. dichroura foi a presa mais consumida, passando a representar 95% da dieta, enquanto no período I representava apenas 15%. A relação entre o tamanho do predador e da presa foi positiva em ambos os períodos, porém significativamente diferente. No período II pequenos e grandes predadores consumiram principalmente pequenas presas (M. dichroura). Os resultados mostraram que A. pantaneiro consumiu, no período II, a presa mais abundante e disponível, alterando a composição de sua dieta, amplitude do nicho alimentar e tamanho da presa. Estas alterações provavelmente causaram um decréscimo nos custos energéticos associados à procura da presa, maximizando o ganho de energia do predador.

    Abstract in English:

    The goal of this study was to investigate the alterations of diet of a piscivorous fish (Acestrorhynchus pantaneiro) following changes in abundance of a forage fish (Moenkhausia dichroura) during the trophic upsurge stage in a reservoir. Fish samplings were taken monthly in the Manso Reservoir (State of Mato Grosso, Brazil) from March 2000 to February 2001 (period I) and from March 2003 to February 2004 (period II). The abundance of Moenkhausia dichroura in the reservoir was significantly different in both periods, representing 9.6% of the individuals in period I and 66.4% in period II. Stomach contents analyses showed that the number of prey species consumed by A. pantaneiro decreased from 41 prey in period I to 14 in period II. In the last period M. dichroura was the most important prey, comprising 95% of the diet, in contrast with the period I when this species represented only 15% of the diet. The predator and prey size relationship was positive in both periods, however was significantly different, because small and large predators consumed mainly small prey (M. dichroura) in period II. Thus, the results showed that A. pantaneiro altered its diet composition, trophic niche breadth and prey sizes to feed on more abundant and accessible prey. These alterations probably caused a decrease in energy costs related to prey searching, maximizing the energy gain of the predator.
  • Assessing diet composition of seahorses in the wild using a non destructive method: Hippocampus reidi (Teleostei: Syngnathidae) as a study-case

    Castro, André Luiz da Costa; Diniz, Aline de Farias; Martins, Ieda Zaparolli; Vendel, Ana Lúcia; Oliveira, Tacyana Pereira Ribeiro de; Rosa, Ierecê Maria de Lucena

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo apresenta os resultados do primeiro estudo sobre a alimentação natural de Hippocampus reidi, uma das espécies de cavalos-marinhos mais intensamente comercializadas pelo mercado aquarista. Seus principais objetivos foram descrever os itens alimentares e categorias de presas consumidos pela espécie e fornecer informações acerca da estratégia alimentar e dos componentes inter e intra-individuais para a largura de nicho. As amostragens foram realizadas mensalmente por meio de busca intensiva, entre outubro de 2005 e setembro de 2006, no estuário do rio Mamanguape, Paraíba, onde os cavalos marinhos foram marcados, anestesiados com óleo de cravo e submetidos à técnica da lavagem estomacal. Para cada cavalo-marinho registrou-se a altura, sexo, estágio de vida e estado reprodutivo. Após a coleta de dados, todos os cavalos-marinhos foram devolvidos ao mesmo local onde haviam sido encontrados e o material obtido através da lavagem foi identificado, em laboratório, até o menor nível taxonômico possível, com o auxílio de especialistas. Os itens alimentares foram descritos através de freqüência de ocorrência, abundância relativa, índice de preponderância e abundância específica; já a estratégia alimentar e contribuição para a largura de nicho foram descritos através do método de Amundsen. Os principais itens encontrados foram nematodos e crustáceos, não tendo sido encontradas diferenças entre os itens consumidos e o estado reprodutivo dos cavalos marinhos. Entretanto, verificou-se que exemplares de maior porte consumiram uma maior proporção de itens grandes. Os resultados sugerem que H. reidi apresenta uma estratégia alimentar generalista e com alta variação entre os fenótipos. Nossos resultados sugerem que a técnica da lavagem estomacal pode vir a representar uma ferramenta útil em estudos acerca de cavalos-marinhos.

    Abstract in English:

    This paper presents the results of the first analysis of the natural diet of Hippocampus reidi, one of the most sought after seahorse species in the international aquarium trade. Its main goals were to investigate food items and prey categories consumed by the species, and to discuss feeding strategy and inter and intra-individual components of niche breadth. Data were gathered from October 2005 to September 2006 at the Mamanguape estuary, State of Paraíba, NE Brazil. Food items from seahorses anaesthetized with clove oil were obtained by using a modified version of the flushing method, and were counted and identified to the lowest possible taxonomic level. Specimens were marked and had their height, sex, life and reproductive stage recorded, and then returned to the same place where they were found for the further assessment of anaesthetization/gut flushing on seahorses. Food items were analyzed using frequency of occurrence, relative abundance, index of preponderance and prey-specific abundance using the points method. The graphic method of Amundsen et al. (1996) was used to interpret the feeding strategy and contribution to niche breadth. Nematodes and crustaceans were the most important items found, the latter item usually being the most commonly found in the gut contents of syngnathids. No significant differences in diet composition were found between reproductive stages, however, a higher proportion of large items were consumed by the larger seahorses. The feeding strategy and niche breadth analysis suggests that H. reidi has a generalist feeding strategy, with high variation between phenotypes. Our results suggest that the anaesthetization-flushing technique has the potential to be a useful tool in seahorse research.
  • Diet of two serrasalmin species, Pygocentrus piraya and Serrasalmus brandtii (Teleostei: Characidae), along a stretch of the rio de Contas, Bahia, Brazil

    Trindade, Márcia Emília de Jesus; Jucá-Chagas, Ricardo

    Abstract in Portuguese:

    Serrasalmus brandtii e Pygocentrus piraya são duas espécies de piranhas comuns no reservatório da Barragem da Pedra, rio de Contas. Com o objetivo de identificar a composição da dieta das duas espécies, foram realizadas coletas mensais em três pontos no período de maio de 2001 a abril de 2003, tendo em cada ponto duas redes de espera com malhas distintas, colocadas no início do dia e visitadas após 6, 12 e 24 horas. A composição qualitativa da dieta foi analisada com uso do método de freqüência de ocorrência. A comparação realizada entre as duas espécies descritas revelou haver uma maior abundância relativa de S. brandtii (151) em relação à P. piraya (55). Os resultados indicaram que os itens: nadadeira, peixes e camarões foram os itens encontrados com maior freqüência nos estômagos de ambas as espécies. Serrasalmus brandtii mostrou uma maior plasticidade alimentar do que a P. piraya.

    Abstract in English:

    Serrasalmus brandtii and Pygocentrus piraya are two common piranha species in the Barragem da Pedra Reservoir, rio de Contas. In order to identify the diet composition of the two species, monthly collections were performed at three sites between May 2001 and April 2003, using two gill nets of different mesh sizes cast at the beginning of the day and visited after 6, 12 and 24 h. The qualitative composition of the diet was analyzed by determining the frequency of occurrence. Comparison of the two species showed a higher relative abundance of S. brandtii (151) compared to P. piraya (55). The food items most frequently found in the stomachs of the two species were fins, fish and shrimp. Serrasalmus brandtii showed a greater feeding plasticity than P. piraya.
  • Effects of tourist visitation and supplementary feeding on fish assemblage composition on a tropical reef in the Southwestern Atlantic

    Ilarri, Martina Di Iulio; Souza, Allan Tainá de; Medeiros, Paulo Roberto de; Grempel, Renato Grotta; Rosa, Ierecê Maria de Lucena

    Abstract in Portuguese:

    Os efeitos da visitação turística e da alimentação suplementar sobre a ictiocenose foram avaliados por meio de censos visuais (técnica estacionária) em um recife tropical no nordeste do Brasil. Comparações entre a abundância das espécies, riqueza, equitabilidade e estrutura trófica na presença (PT) e na ausência (AT) de turistas sugerem que a visitação turística e a alimentação suplementar influenciam a estrutura da ictiocenose, como segue: (a) diversidade, equitabilidade e riqueza de espécies foram significativamente maiores no período AT, enquanto a abundância de uma única espécie foi significativamente maior durante o período PT; (b) a estrutura trófica foi diferente entre os períodos AT e PT, com os onívoros sendo mais abundantes no último período, enquanto invertívoros móveis, piscívoros, herbívoros errantes e herbívoros territoriais foram significativamente mais abundantes no período AT. O turismo em ambientes recifais é cada vez mais uma opção na geração de renda para diversas comunidades costeiras nos trópicos. Conseqüentemente, investigações mais detalhadas sobre as conseqüências dos vários componentes desta atividade sobre o sistema recifal são necessárias para subsidiar iniciativas de manejo e conservação.

    Abstract in English:

    The effects of tourist visitation and food provisioning on fish assemblages were assessed by visual censuses (stationary technique) carried out in a tropical reef in Northeastern Brazil. Comparisons of species abundance, richness, equitability, and trophic structure in the presence (PT) and absence (AT) of tourists suggest that tourist visitation and supplementary food influenced the structure of the fish assemblage, as follows: (a) diversity, equitability and species richness were significantly higher on the AT period, while the abundance of a particular species was significantly higher during PT; (b) trophic structure differed between the AT and PT periods, omnivores being more abundant during the latter period, while mobile invertivores, piscivores, roving herbivores and territorial herbivores were significantly more abundant on AT. Reef tourism is increasingly being regarded as an alternative to generate income for human coastal communities in the tropics. Therefore, closer examination of the consequences of the various components of this activity to reef system is a necessary step to assist conservation and management initiatives.
  • Mechanisms of pigmentation loss in subterranean fishes

    Felice, Vanessa; Visconti, Maria Aparecida; Trajano, Eleonora

    Abstract in Portuguese:

    Organismos exclusivamente subterrâneos (troglóbios) usualmente exibem, entre as apomorfias relacionadas à evolução em isolamento nesse ambiente (troglomorfismos), a redução, até perda total, das estruturas visuais e da pigmentação melânica. Os mecanismos de regressão ocular em troglóbios têm sido intensivamente estudados, sobretudo em peixes como os lambaris cegos mexicanos do gênero Astyanax, e salamandras como Proteus anguinus. Por outro lado, poucos são os trabalhos abordando a perda da pigmentação nesses organismos. A ictiofauna subterrânea brasileira destaca-se não só pela riqueza de espécies (23 conhecidas até o momento) como também pelas diferenças no seu grau de troglomorfismo, sem uma correlação taxonômica. O presente estudo abordou as espécies brasileiras totalmente desprovidas de qualquer traço de pigmentação melânica: o caraciforme Stygichthys typhlops (Characidae) e os siluriformes Ancistrus formoso (Loricariidae), Rhamdiopsis sp.1 (Heptapteridae; cavernas da Chapada Diamantina, Bahia) e Rhamdiopsis sp. 2 (caverna de Campo Formoso, Bahia). Com a finalidade de investigar se essa despigmentação é resultado de bloqueio em algum passo da cadeia de síntese de melanina, foram feitos testes in vitro, utilizando-se fragmentos da nadadeira caudal extraídos de exemplares mantidos vivos, de reação à administração de L-DOPA. Com exceção dos de Rhamdiopsis sp. 2, os exemplares estudados revelaram-se DOPA(+), i.e., houve produção de melanina após a administração de L-DOPA, o que indica que sua despigmentação é devida a uma disfunção da tirosinase, enzima responsável pela transformação de tirosina em L-DOPA nos melanóforos, os quais, portanto, ainda existem nesses peixes. Já os exemplares Rhamdiopsis sp. 2, assim como o terço conspicuamente despigmentado da população de Trichomycterus itacarambiensis, espécie estudada anteriormente sob esse aspecto, são DOPA(-), seja porque o bloqueio na síntese de melanina ocorre em um passo a jusante da produção de L-DOPA, aparentemente o caso de T. itacarambiensis (herança monogênica em vista da descontinuidade fenotípica), ou porque houve perda total dos melanóforos. A perda fisiológica da capacidade de sintetizar melanina, aparentemente causada por diferentes mecanismos nas populações DOPA(+) e naquelas DOPA(-), pode co-existir com a redução no número e tamanho dos melanóforos, como observado nos dois terços pigmentados de T. itacarambiensis, provavelmente determinada por herança poligênica, que produz uma distribuição contínua de fenótipos.

    Abstract in English:

    Troglobitic (exclusively subterranean) organisms usually present, among their apomorphies related to the subterranean life (troglomorphisms), the regression of eyes and melanic pigmentation. The degree of regression varies among species, from a slight reduction to the complete loss of eyes and dark pigmentation, without a taxonomic correlation. While mechanisms of eye reduction have been intensively investigated in some troglobites such as the Mexican blind tetra characins, genus Astyanax, and the European salamander, Proteus anguinus, few studies have focused on pigmentation. The Brazilian subterranean ichthyofauna distinguishes not only by the species richness (23 troglobitic fishes so far known) but also by the variation in the degree of reduction of eyes and pigmentation. This study focused on Brazilian fishes completely devoid of melanic pigmentation: the characiform Stygichthys typhlops (Characidae) and the siluriforms Ancistrus formoso (Loricariidae), Rhamdiopsis sp.1 (Heptapteridae; from caves in the Chapada Diamantina, Bahia) and Rhamdiopsis sp. 2 (cave in Campo Formoso, Bahia). In order to investigate if such depigmentation is the result of blockage in some step in the melanogenesis, in vitro tests of administration of L-DOPA were done, using caudal-fin fragments extracted from living fish. Except for Rhamdiopsis sp. 2, all the studied species were DOPA(+), i.e., melanin was synthesized after L-DOPA administration. This indicates these fish do have melanophores but they are unable to convert L-tyrosine to L-DOPA. On the other hand, Rhamdiopsis sp. 2, like the albino specimens of Trichomycterus itacarambiensis previously studied (which correspond to one third of the population), are DOPA(-), either because the block of melanin synthesis occurs downstream in melanogenesis, which is probably the case with T. itacarambiensis (monogenic system in view of the phenotypic discontinuity), or because the so-called albinos do no possess melanophores. The physiological loss in the ability to synthesize melanin, apparently caused by different genetic processes in DOPA(+) and in DOPA(-) fishes, may co-exist in subterranean populations with a decrease in the density of melanophores, as observed in the pigmented two thirds of T. itacarambiensis population, a morphological reduction apparently controlled by polygenic systems producing a continuous phenotypic variation.
  • A new genus and species of characid fish from the Amazon basin: the recognition of a relictual lineage of characid fishes (Ostariophysi: Cheirodontinae: Cheirodontini)

    Bührnheim, Cristina M.; Carvalho, Tiago P.; Malabarba, Luiz R.; Weitzman, Stanley H.

    Abstract in Portuguese:

    Amazonspinther dalmata, um novo caracídeo miniatura de igarapés dos rios Purus e Madeira, afluentes da margem direita do rio Amazonas, é descrito como um novo gênero e nova espécie da subfamília Cheirodontinae. Os caracteres únicos ao novo gênero são as manchas pretas conspícuas na base das nadadeiras dorsal, anal e caudal, o radial proximal mais anterior da nadadeira anal com uma lâmina estendida anteriormente entrando na cavidade abdominal e o pedúnculo caudal extremamente alongado. Caracteres adicionais que diagnosticam o novo táxon dos demais gêneros da tribo Cheirodontini incluem o número reduzido de raios procorrentes caudais (7-9) e os espinhos hemais de somente uma, duas, ou às vezes três das vértebras caudais, diretamente articulados com os raios procorrentes caudais ventrais. Os resultados de uma análise filogenética suportam fortemente uma relação de proximidade entre A. dalmata e Spintherobolus na tribo Cheirodontini com base em quinze sinapomorfias não ambíguas. Dez destes caracteres foram previamente propostos como sinapomorfias exclusivas de Spintherobolus, mas agora são reconhecidos também em Amazonspinther, e.g. o padrão de distribuição de neuromastos expostos na cabeça, o segundo pseudotímpano anterior à primeira costela pleural e o coracóide aproximadamente discóide. Uma discussão a respeito da posição filogenética do fóssil †Megacheirodon, proximamente relacionado a Spintherobolus e Amazonspinther, também é fornecida. Caracteres convergentes entre Amazonspinther e o caracídeo Priocharax são discutidos com relação à miniaturização. Implicações biogeográficas da diversificação das linhagens Amazonspinther, Spintherobolus e Megacheirodon são discutidas.

    Abstract in English:

    Amazonspinther dalmata, a new miniature characid from the streams of rio Purus and rio Madeira, right bank tributaries of the rio Amazonas, is described as a new genus and species of the subfamily Cheirodontinae. The unique characters of the new genus and species are the three remarkable black blotches on the base of the dorsal, anal, and caudal fins, the anteriormost proximal radial of the anal fin with an anteriorly extended lamina entering the abdominal cavity, and the extremely elongate caudal peduncle. The reduced number of ventral procurrent caudal-fin rays (7-9), and the hemal spines of only posterior one, two, or sometimes three caudal vertebrae directly articulating with the ventral procurrent caudal-fin rays further diagnoses the new taxon from remaining genera of the tribe Cheirodontini. The results of a phylogenetic analysis strongly support a close relationship between A. dalmata and Spintherobolus in the tribe Cheirodontini on the basis of fifteen unambiguous synapomorphies. Ten of these characters, previously hypothesized as exclusive synapomorphies for Spintherobolus, were now also identified in Amazonspinther, such as the pattern of exposed neuromasts on the head, the presence of a second pseudotympanum anterior to the first pleural rib, and the nearly discoidal coracoid bone. A discussion about the phylogenetic position of the closely related fossil †Megacheirodon to Spintherobolus and Amazonspinther is also provided. Convergent characters shared between Amazonspinther and the characid Priocharax are discussed in relation to miniaturization. Biogeographical implications of the diversification of Amazonspinther, Spintherobolus, and Megacheirodon lineages are discussed.
  • A cave population of Isbrueckerichthys alipionis (Gosline, 1947) in the Upper Ribeira karst area, southeastern Brazil (Siluriformes: Loricariidae) Scientific Notes

    Trajano, Eleonora; Secutti, Sandro; Pereira, Edson H. L.; Reis, Roberto E.

    Abstract in Portuguese:

    Uma população cavernícola do cascudo Isbrueckerichthys alipionis é registrada na Caverna Santana, na bacia do rio Betari, na área cárstica do Alto Ribeira, Iporanga, São Paulo, Brasil. A população cavernícola foi comparada com uma população epígea de I. alipionis e nenhuma diferença significativa foi encontrada em morfologia ou grau de pigmentação. Como a população cavernícola é conhecida há pelo menos 30 anos e aparentemente está isolada de cursos d'água epígeos, ela é classificada como troglófila. A descoberta dessa espécie troglofílica na Caverna Santana é um forte argumento adicional para a conservação dessa caverna.

    Abstract in English:

    A cave population of the armored catfish Isbrueckerichthys alipionis is reported from the Santana Cave, in the rio Betari watershed, Upper Ribeira karst area, Iporanga, São Paulo State, southeastern Brazil. The cave population was compared to an epigean population of I. alipionis and no significant differences where found in morphology or degree of pigmentation. As the cave population is known for at least 30 years and is apparently isolated from epigean streams, it is classified as troglophilic. The discovery of this troglophilic species in the Santana Cave is an additional strong argument for the conservation of that cave.
  • Vertical segregation of two species of Hyphessobrycon(Characiformes: Characidae) in the Cabiúnas coastal lagoon, southeastern Brazil Scientific Notes

    Lima, Sergio M. Q.; Cunha, André A.; Sánchez-Botero, Jorge I.; Caramaschi, Érica P.

    Abstract in Portuguese:

    A segregação na coluna d'água por duas espécies congenéricas de caracídeos, Hyphessobrycon bifasciatus e H. luetkenii, foi investigada através de observações subaquáticas na lagoa costeira Cabiúnas, nordeste do Rio de Janeiro. O padrão do uso da coluna d'água diferiu significativamente. Hyphessobrycon luetkenii ocupou principalmente o estrato superior, com 79% das observações até 20 cm da superfície, enquanto H. bifasciatus foi mais comum entre 20 e 40 cm abaixo da superfície (55% das observações). Pressão de predação e distribuição das macrófitas e dos nutrientes são fatores que poderiam influenciar a segregação vertical entre as espécies de Hyphessobrycon.

    Abstract in English:

    Segregation in the use of the water column by two congeneric species of Characidae, Hyphessobrycon bifasciatus and H. luetkenii, was investigated through underwater observations in the Cabiúnas coastal lagoon in northeastern Rio de Janeiro, Brazil. The use of the water column by the two species differed significantly. Hyphessobrycon luetkenii occupied mainly the uppermost stratum, with 79% of the observations within 20 cm of the surface; whereas H. bifasciatus was more common between 20 cm and 40 cm below the surface (55% of the observations). Predation pressure, macrophyte cover and nutrient distribution may influence this vertical segregation.
  • Stomach contents and notes on the reproduction of the Onefin Skate Gurgesiella dorsalifera (Chondrichthyes: Rajidae) off Southern Brazil Scientific Notes

    Rincon, Getulio; Vaske Junior, Teodoro; Vooren, Carolus M.

    Abstract in Portuguese:

    A raia endêmica brasileira de profundidade Gurgesiella dorsalifera é uma espécie rara e de pequeno porte recentemente descrita nos anos 80. Não há informações disponíveis sobre a sua biologia e sua distribuição geográfica extremamente restrita tem sido utilizada para classificá-la como uma espécie vulnerável sob os critérios da Lista Vermelha da IUCN. Vinte e quatro espécimes (larguras de disco entre 115-207 mm) foram capturados na costa do sul do Brasil na região do Cabo de Santa Marta Grande (Estado de Santa Catarina) por arrasto de fundo de profundidade (430-524 m). A análise dos conteúdos estomacais revelou um aparente oportunismo predatório sobre juvenis de Urophycis brasiliensis (IRI = 6944) com comprimento total médio de 21 mm, seguido por crustáceos misidáceos (IRI = 2938), teleósteos não identificados (IRI = 1969), o copépode Bradyidius plinioi (IRI = 393) e crustáceos decápodes (IRI = 297). Uma fêmea adulta com 207 LD apresentava dois ovos, um em cada útero.

    Abstract in English:

    The Brazilian endemic deep-water onefin skate (Gurgesiella dorsalifera) is a rare small species recently described in the 80's. No biological information is available on this species and its extremely restricted geographic distribution has been used to classify it as a vulnerable species under IUCN red list criteria. Twenty four specimens (115 to 207 mm disc width) were captured off southern Brazilian coast at the region of Cape Santa Marta Grande (State of Santa Catarina) by deep-water otter trawl (430-524 m). The analysis of stomach contents revealed an apparent opportunistic predation on juveniles of Urophycis brasiliensis (IRI = 6944), with an average total length of 21 mm, followed by mysidaceans (IRI = 2938), unidentified teleosts (IRI = 1969), the copepod Bradyidius plinioi (IRI = 393), and decapod crustaceans (IRI = 297). One mature female with 207 mm DW had two egg cases in its uteri.
  • The introduction of the African catfish Clarias gariepinus (Burchell, 1822) into Brazilian inland waters: a growing threat Scientific Notes

    Rocha, Gecely Rodrigues Alves

    Abstract in Portuguese:

    A biologia de Clarias gariepinus, uma espécie introduzida, foi estudada na lagoa Encantada (Ilhéus, Bahia). As amostras foram obtidas com rede de espera, entre maio de 2002 e fevereiro de 2004. Todos os indivíduos capturados estavam acima do tamanho médio de primeira maturação citado na literatura. A ocorrência de machos e fêmeas em estágio de maturação indica que a espécie já está estabelecida na lagoa.

    Abstract in English:

    The biology of the introduced species Clarias gariepinus in lagoa Encantada (Ilhéus, Bahia State) was studied. Samples were obtained with gillnets between May 2002 and February 2004. All individuals caught exceeded the average length at first maturity cited in literature. Males and females in maturation stages indicate that the species is already established in the lake.
Sociedade Brasileira de Ictiologia Universidade Estadual de Maringá, Núcleo de Pesquisas em Limnologia, Ictiologia e Aquicultura/Coleção Ictiologia, Av. Colombo, 5790, 87020-900 Maringá, PR, Brasil, Tel.: (55 44)3011 4632 - Maringá - PR - Brazil
E-mail: neoichth@nupelia.uem.br