Sort publications by
Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, Volume: 30, Published: 2022
  • Images of progress: cinema, history painting and the historiography in the visual narrative of the film Metrópole de Anchieta (1952), by B. J. Duarte Museus

    SCHNEIDER, ALBERTO LUIZ; SANTOS, MÁRCIA JULIANA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo analisa o filme Metrópole de Anchieta (1952), do diretor e crítico de cinema B. J. Duarte, produzido no contexto dos preparativos para as comemorações do IV Centenário da Cidade de São Paulo. O filme narra a história da cidade, apoiando-se na narrativa histórica produzida em São Paulo na primeira metade do século XX e no discurso visual do Museu Paulista, à época dirigido por Sérgio Buarque de Holanda, que também havia assumido a consultoria histórica da produção. Buscou-se compreender de que maneira o filme dialoga com a historiografia tradicional, a pintura de história e o próprio discurso museográfico do Museu Paulista. O filme faz parte de cultura histórica (conceito de Rüsen) construída a partir de múltiplas camadas de representações para a qual a cultura visual colaborou para exaltar o “progresso” em linha com o regionalismo paulista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes the film Metrópole de Anchieta (1952), from the director and critic B. J. Duarte, produced in the context of the preparations for the celebration of the 4th Centenary of the City of São Paulo. The film tells the story of the city, based on the historical narrative produced in São Paulo in the first half of the 20th century and on the visual discourse of the Museu Paulista, curated by Sérgio Buarque de Holanda at that time, who was also the historical consultant of the production. This article seeks to understand how the film dialogues with traditional historiography, history painting and the museographic discourse of the Museu Paulista itself. The film takes part in the historical culture (as conceptualised by Rüsen) built from multiple layers of representations, with which the visual culture collaborated to praise the “progress” in line with the Paulista regionalism.
  • Science museums and their visitors in the beginning of the 21st century: longitudinal study of the spontaneous visitation to five institutions in the municipality of Rio de Janeiro, Brasil Museus

    MANO, SONIA; CAZELLI, SIBELE; DAHMOUCHE, MÔNICA SANTOS; COSTA, ANDRÉA FERNANDES; DAMICO, JOSÉ SERGIO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Museus de ciência e seus visitantes é um estudo longitudinal realizado pelo Observatório de Museus e Centros de Ciência e Tecnologia (OMCC&T) com o objetivo de acompanhar o perfil e a opinião do público de visitação espontânea em cinco museus de ciência da cidade do Rio de Janeiro. A pesquisa quadrienal é realizada com visitantes não agendados, maiores de 15 anos, por meio de um questionário autoaplicado com 28 questões objetivas sobre o perfil do visitante, antecedentes e circunstâncias da visita, opinião e seus hábitos culturais. Os dados relativos aos 8.706 respondentes das quatro etapas da pesquisa, realizadas em 2005, 2009, 2013 e 2017, foram tratados estatisticamente e revelam padrões e alterações no perfil e na visão do público sobre a visita a essas instituições. Destaca-se a prevalência da indicação de outros visitantes e do boca a boca digital como meio de divulgação para o conhecimento do museu. O estudo apontou a satisfação dos visitantes em todos os museus e a perspectiva de retorno em nova visita nos doze meses seguintes. Outros achados se sobressaem: a crescente presença feminina a cada rodada, o aumento da autodeclaração de pretos e pardos, a queda sucessiva na renda domiciliar declarada, além do aumento de visitantes que não exercem atividade remunerada. Entretanto, a parcela da população com maior escolaridade e renda é a que mais frequenta os museus, indicando que a exclusão social ainda configura um problema que deve ser permanentemente estudado e debatido, com vistas à democratização da cultura.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Science museums and their visitors is a longitudinal study carried out by the Observatory of Museums and Science and Technology Centers (OMCC&T) aiming to monitor the spontaneous visitation profile and public opinion in five science museums, located in the municipality of Rio of January. The quadrennial survey is carried out with unscheduled visitors, over 15 years old, by using a self-applied questionnaire, with 28 objective questions about the visitor’s profile, background and circumstances of the visit, opinion, and their cultural habits. The data related to the 8,706 respondents from the four stages of the survey, carried out in 2005, 2009, 2013 and 2017, were treated statistically and showed patterns and changes in the profile and the public’s view of the visit to these institutions. Note the referral from other visitors and social media as an important means of disseminating information about museums. The study pointed to the satisfaction of visitors in all museums, combined with the desire of returning for a new visit in the following 12 months. Also stand out: the increasing female presence throughout the stages, the increase in self-declaration of black ethnicity, the successive drop in declared household income, and the increase in unemployed visitors. However, the portion of the population that most frequents museums is the one with higher education and income, indicating that social exclusion remains a problem that must be permanently studied and debated, for the democratization of culture.
  • Monumentalizing “premature ruins”: the Belo Horizonte Historical Museum and Juscelino Kubitschek’s museum imagination Museus

    BRITTO, CLOVIS CARVALHO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo analisa como o Museu Histórico de Belo Horizonte consistiu em uma das primeiras manifestações da imaginação museal de Juscelino Kubitschek (1902-1976) e as singularidades desse projeto no contexto museológico brasileiro. Embora existam diversos estudos sobre a trajetória do ex-presidente do Brasil, o seu pensamento sobre museus e patrimônios ainda carece de análises aprofundadas. Desse modo, por meio de análise documental e revisão bibliográfica foram reconstruídos momentos decisivos da concepção do museu, inaugurado em 1943, as estratégias de fabricação de legados e algumas articulações do então prefeito da capital mineira em prol de consolidar seu pensamento museológico, a exemplo da relação com o jornalista Abílio Barreto, organizador da Seção de História do Arquivo Municipal de Belo Horizonte, e com o advogado Rodrigo Melo Franco de Andrade, diretor do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Conclui-se que a criação do Museu Histórico de Belo Horizonte traduz a configuração de uma imaginação museal singular. Nesse aspecto, apesar de não romper com os discursos da maioria dos museus brasileiros de sua época, traduz uma opção pela inserção da história recente que reconhece o museu como um dos espaços na disputa por projetos de futuro.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes how the Belo Horizonte Historical Museum is a first manifestations of Juscelino Kubitschek’s museum imagination (1902-1976) and the singularities of this project in the context of the Brazilian museological context. Although there are several studies on the trajectory of the former president of Brazil, his thinking about museums and heritage still needs to be analyzed in depth. In this way, through documental analysis and bibliographic review, analyzes decisive moments of the museum’s conception, inaugurated in 1943, the strategies and some articulations of the then mayor of the capital of Minas Gerais, in order to consolidate his museological thought, were reconstructed, like the relationship with journalist Abílio Barreto, organizer of the History Section of the Municipal Archive of Belo Horizonte, and with lawyer Rodrigo Melo Franco de Andrade, director of the National Historical and Artistic Heritage Service. It concludes that the creation of the Belo Horizonte Historical Museum translates the configuration of a singular museal imagination. In this respect, despite not breaking with the speeches of most Brazilian museums of his time, he opted for the insertion of recent history, recognizing the museum as one of the spaces in the dispute for projects of the future.
  • Tomb, temple, and pyramid: architecture and repatriation at the Great Egyptian Museum Museus

    LUPO, BIANCA MANZON; COSTA, KARINE LIMA DA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo analisa os projetos de arquitetura contemporânea referentes a novos museus e sua relação com a demanda pela repatriação de acervos museológicos. A metodologia baseia-se no estudo do projeto arquitetônico do Grande Museu Egípcio (GME) - ainda em fase de consolidação - em diálogo com as experiências do Museu da Acrópole, em Atenas, e do Museu Real do Benim. Localizado a cerca de dois quilômetros das Pirâmides de Gizé, o GME está sendo construído com padrões de excelência para acondicionar e expor suas coleções egiptológicas. Seu desenvolvimento foi fruto de uma competição internacional de arquitetura promovida pelo governo egípcio, que selecionou três projetos finalistas: Rizzi, Himmelblau e Peng. Entendemos que essas propostas podem ser interpretadas a partir de três figuras importantes que nortearam o desenvolvimento de formas arquitetônicas contemporâneas: a tumba, o templo e a pirâmide. Consideramos que o projeto do GME está vinculado ao processo de consolidação da estruturação museal egípcia, que pode se relacionar aos pedidos de repatriação (ou mesmo empréstimo) de acervos museológicos, empreendidos desde 2002 no país pelo arqueólogo egípcio Zahi Hawass. Acreditamos que o caso do GME, assim como os outros exemplos citados, contribui para desarticular o argumento da falta de condições para armazenamento e pesquisa dos acervos museológicos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes contemporary architecture projects for new museums and their relationship with the demand for the repatriation of museum collections. The methodology is based on the study of the architectural design of the Great Egyptian Museum (GEM) - still under development - in dialogue with the experiences of the Acropolis Museum, in Athens, and the Royal Museum of Benin. Located about two kilometers away from the Pyramids of Giza, the GEM is being built according to the international excellence standards to store and display its Egyptological collections. Its development was the result of an international architecture competition promoted by the Egyptian government, which selected three finalist projects: Rizzi, Himmelblau, and Peng. We understand that these proposals can be interpreted from three important figures that guided the development of contemporary architectural forms: the tomb, the temple, and the pyramid. We consider that the GEM project is linked to the consolidation process of the Egyptian museal structure, which may be related to the requests for repatriation (or even loan) of museum collections undertaken since 2002 in the country by the Egyptian archaeologist Zahi Hawass. We believe that the GEM project, like the other examples cited, contributes to dismantle the argument of the lack of conditions for storage and research of museum collections.
  • The return of the living dead: presenting paleontology in museums of São Paulo Museus

    CROCIARI, BIANCA BONICIO; LANDIM, MARIA ISABEL

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo realizou uma análise comparativa das estruturas narrativas apresentadas em doze exposições diferentes que abordam temas paleontológicos em museus do estado de São Paulo. Os dados foram coletados por meio de registros fotográficos. Os parâmetros da análise foram: temáticas das exposições; utilização de iconografia paleontológica e seus diversos tipos; uso de outros recursos expográficos; e o percurso expositivo. Os resultados mostraram que a temática usada com maior frequência foi a Assembleia Fossilífera, indicando uma possível correlação com o grande número de museus municipais organizados em torno de achados locais. Dentre as formas de iconografia paleontológica, a paleontografia, categoria que compreende todas as formas de representação visual de hipóteses paleontológicas a respeito da anatomia, da biologia e da ecologia de organismos, foi a mais utilizada, sendo apresentada predominantemente em segundo nível narrativo como suporte para uma informação prioritária. Dentre os recursos textuais, os mais empregados foram as legendas descritivas, oferecendo informações diretas sobre os objetos. Observou-se ainda que a maioria das exposições não determinou um percurso a ser seguido pelos visitantes, adotando uma abordagem não estruturada. Os achados sugerem que existe espaço para avanços na comunicação com os visitantes e que a análise estrutural apresentada pode ser útil na tomada de decisões por parte dos curadores. Este estudo representa a mais abrangente caracterização de narrativas paleontológicas e serve de base tanto para análises comparativas com outras exposições quanto para estudos sobre a percepção dos visitantes.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This comparative analysis investigated the narratives presented in twelve different exhibitions addressing paleontological themes in museums in the state of São Paulo. Data were collected by means of photographic records of the exhibits. The parameters used for the analysis included: general themes of the exhibits; use of paleontological iconography; use of other expography; and the exhibition route. Results show that the most frequently used theme was Fossil Assemblages, indicating a possible correlation with the great number of municipal museums organized around local finds. Among the forms of paleontological iconography, ‘paleontography,’ a category comprising all forms of visual representation of paleontological hypotheses regarding the anatomy, biology and ecology of organisms, was the most widely used, being presented predominantly as a secondary narrative as support for a priority presentation, As for the textual resources, the most used were descriptive labels, offering direct information about the objects. Moreover, most exhibits did not determine a route for visitors to follow, adopting an unstructured approach. The findings suggest that there is room for improvement in communicating with visitors and that the structural analysis presented here can be useful in curatorial decision-making. This research represents the most comprehensive characterization of paleontological narratives and serves as a basis both for comparative analyses of other exhibitions and for further studies on visitor perception.
  • The International Committee for Museology (ICOFOM/ICOM) and the relations of an international collective with the theoretical bases, diffusion, and consolidation of a discipline Museus

    CARVALHO, LUCIANA MENEZES DE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo apresenta a importância do Comitê Internacional do Conselho Internacional de Museus (ICOM) para fundamentar, disseminar e consolidar a Museologia como disciplina científica. A investigação tem caráter exploratório e descritivo, com suporte metodológico nas abordagens de pesquisa, revisão bibliográfica e documental, e análise de conteúdo do material pesquisado. A história do Comitê Internacional para a Museologia (ICOFOM) foi dividida em três períodos, demarcados a partir da existência de três publicações importantes pertencentes ao órgão: o Museological Working Papers (MuWoP), que construiu os fundamentos para a Museologia como disciplina científica; o ICOFOM Study Series (ISS), o periódico mais importante do ICOFOM, publicado até hoje, potencializando a amplitude e o alcance das discussões ao redor do globo e disseminando a ideia da Museologia como disciplina relevante aos museus; por fim, o Dictionnaire, resultado de antiga ideia no âmbito do ICOM que visava a criação de um glossário controlado de termos específicos para a Museologia. Essa última obra pode ser considerada como parte do processo de consolidação de uma disciplina que teve início no séculolXX e foi elaborada a partir do protagonismo de um grupo hegemônico no âmbito do Comitê Internacional do ICOM, que reivindicou para si o protagonismo dessa ação.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper discusses the importance of the ICOM International Committee for Museology - ICOFOM for founding, disseminating, and consolidating Museology as a scientific discipline. This exploratory and descriptive research was carried out based on a bibliographic and documentary review, and content data analysis. The history of ICOFOM was divided into three periods, based on three of its key publications: the Museological Working Papers (MuWoP) period, which laid down the theoretical bases for Museology as a scientific;discipline; the ICOFOM Study Series (ISS), ICOFOM’s most important journal, published still today, enhancing the breadth and scope of discussions worldwide, and disseminating the idea of Museology as a relevant - discipline to museums; and finally, the Dictionnaire, fruit of an old idea within ICOM of creating a controlled glossary of specific terms for Museology. The latter participated in the consolidation of a discipline first introduced in the twentieth century, based on a hegemonic group within this committee, which claimed for itself the protagonism of such action.
  • Resonance and adherence at the Machadinha Memorial Museus

    CARNEIRO, LEVI ALVES FIRME; BORGES, LUIZ CARLOS

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este trabalho analisa as relações sociais dos sujeitos da comunidade quilombola da Machadinha e a cultura por ela e nela preservada. Uma interação patrimônio-sociedade em constante transformação no espaço e no tempo, em que o presente comunitário está permanentemente interligado ao passado e à memória da antiga fazenda Machadinha, engenho de cana de açúcar previamente existente na região. Nosso foco será o estudo da mudança de narrativas percebida e a consequente reformulação da exposição de longa duração do Memorial Machadinha, que se seguiu à mudança em sua gestão. O Memorial se propõe ser um aparato cultural com ênfase na memória e história do quilombo. Buscaremos evidenciar as especificidades presentes nas relações entre a população e o poder público local, bem como no patrimônio cultural da comunidade, analisando-as a partir dos conceitos de “ressonância”, cunhado por Stephen Greenblatt, e de “aderência”, cunhado por Luiz C. Borges e Marcio D’Olne Campos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper analyzes the relations between the social actors who live in the Machadinha quilombola community and the culture preserved there. A heritage-society interaction in constant change throughout space and time, in which the community is permanently linked to the past and memory of the ancient farm, former sugar cane mill located in the region. This study focuses on the change in perceived narratives and the consequent reformulation of the permanent exhibition at the Machadinha Memorial, following its management change. The Memorial aims to be a cultural apparatus that emphasizes the memory and history of the quilombo. The text highlights the specificities of the relations between the population and the local public authorities, as well as the cultural heritage of the community, analyzing them based on Stephen Greenblatt’s concept of “resonance” and Luiz C. Borges and Marcio D’Olne Campos’ “adherence”.
  • A tour of the museums of northwestern Mexico: reflections on the pattern of colonial power in a local history Museus

    VELOZ, ARELI

    Abstract in Spanish:

    RESUMEN Este artículo tiene por objetivo analizar cómo se reivindica una historia local que se construye bajo el patrón de poder colonial en la frontera de la nación. Por medio del análisis de los discursos que yacen en los principales museos de Baja California, México, se argumenta que éstos reproducen una historia nacional redefinida según el entendimiento de una historia local propia, impulsada por conocimientos que justifican y exaltan una visión evolutiva para definir, a través de clasificaciones socioculturales, al nosotros y los otros del territorio. Se concluye que la historia local reproduce y fortalece la idea de valor que se origina de la relación dicotómica humano/no humano, matriz central para el sistema moderno/colonial/capitalista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper aims to analyze how a local history that is built under the pattern of colonial power on the nation's border is vindicated. Through the analysis of the discourses that lie in the main museums of Baja California, Mexico, it is argued that they reproduce a redefined national history according to the understanding of a local history, driven by knowledge that justifies and exalts an evolutionary perspective to define, through socio-cultural classifications, us and others of the territory. It is concluded that local history reproduces and strengthens the idea of value that originates from the dichotomous human / non-human relationship, the central matrix for the modern / colonial / capitalist system.
  • Imperatriz Wharf and Municipal Square: analysis of a public space of the neoclassic carioca Estudos De Cultura Material

    PESSÔA, JOSÉ

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Praça Municipal, localizada na área do antigo Cais do Valongo no Rio de Janeiro, é uma obra pouco conhecida de Grandjean de Montigny. As fachadas projetadas pelo arquiteto francês formavam a moldura arquitetônica do chafariz comemorativo do desembarque da imperatriz Teresa Cristina. A proposta deste texto é apresentar a história do projeto de Grandjean de Montigny e identificar porque o conjunto arquitetônico da praça era considerado no século XIX como o espaço monumental da cidade.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Municipal Square in the old Valongo Wharf in Rio de Janeiro is a little-known work by Grandjean de Montigny. The French architect designed the facades that formed the architectural frame of the fountain commemorating the landing of Empress Teresa Cristina. This text aims to present the history of the project by Grandjean de Montigny and identify why the architectural ensemble of the square was considered as the monumental space of the city in the 19th century.
  • Anchieta’s shadow: material culture and historical memory in museums, cities and landscapes Estudos De Cultura Material

    ANDRADE, FRANCISCO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo analisa como alguns artefatos e lugares foram valorizados e preservados a partir de sua associação com a figura do padre José de Anchieta (1533-1597). Relaciona-se tais objetos e sítios com a construção de sua imagem histórica sob dois aspectos principais: o hagiográfico e o heroico, entendendo este último como o esforço em fazer de Anchieta um dos grandes protagonistas de uma interpretação épica da colonização do Brasil pelos portugueses, que objetivava construir uma memória nacional durante a passagem do século XIX para o século XX. Preferivelmente à produção de monumentos e eventos públicos em sua homenagem, procura-se aqui avaliar a musealização ou a preservação in situ de artefatos e sítios supostamente associados a Anchieta existentes em algumas cidades paulistas, que funcionam como fixadores de sua imagem heroificada no tempo presente.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article seeks to analyze some artifacts and sites that were valued and preserved once they were associated with the figure of Father José de Anchieta (1533-1597). It aims to relate such objects and sites with the construction of Anchieta historical imagery under two main aspects: the hagiographic and the heroic, understanding the latter as his transformation into a major protagonist of an epic and nationalistic interpretation of Brazilian colonial history through the 19th and 20th centuries. Rather than the production of monuments and public events in his honor, it aims to focus on the musealization, or in situ preservation, of artifacts and sites in the São Paulo state supposedly associated with him. Therefore, these objects and sites are comprehended as fixators of his heroicized image in the present.
  • Le Messager du Brésil (RJ, 1878-1884): trajectory in three movements Estudos De Cultura Material

    LUCA, TANIA REGINA DE

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O objetivo deste artigo é analisar a trajetória do jornal Le Messager du Brésil, redigido em francês e impresso no Rio de Janeiro. A partir do estudo das coleções disponíveis, é possível estabelecer três momentos distintos que apontam o crescente envolvimento do periódico nos debates políticos brasileiros, cenário no qual o jornal esteve longe de permanecer como observador passivo. O exemplo convida a relativizar o lugar ocupado por periódicos publicados em língua estrangeira nas histórias da imprensa brasileira, que, no mais das vezes, os tomam como circunscritos a grupos específicos, esmaecendo sua atuação política.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This article analyzes the trajectory of the newspaper Le Messager du Brésil, written in French and printed in Rio de Janeiro. From the analysis of the available collections emerge three distinct moments that point to the newspaper’s increasing involvement in Brazilian political debates, scenario in which Le Messager was far from a passive observer. The example invites us to review the image normally associated with the press published in foreign language in the literature regarding the Brazilian press, which, more often than not, see them as circumscribed to specific groups, undermining their political action.
  • Riegl makes history: the Denkmalkultus seen in light of Alois Riegl’s historiography Estudos De Cultura Material

    PAZ, DANIEL JURACY MELLADO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O livro Der moderne Denkmalkultus, sein Wesen und seine Entsehung (O culto moderno dos monumentos: sua essência e sua gênese), do historiador da arte Alois Riegl (1858-1905), é hoje considerado uma das obras capitais do diálogo que chamamos de Teorias da Conservação e Restauro, e no Brasil estudado cada vez mais, com concepções inéditas e mesmo pioneiras em 1903, quando foi publicado. A leitura mais atenta do conjunto da obra de Riegl revela uma construção muito mais sofisticada do que aparece à leitura isolada do Denkmalkultus, como usual na área do Patrimônio. Em seus livros, Riegl explora e estabelece uma concepção particular de história e do ofício do historiador. Nela, diacronicamente, estão presentes a ênfase crescente da História como um devir contínuo, onde eram reconhecíveis linhas de sentido de longo prazo - como os vetores progressivos e reativos coexistentes em cada obra de arte -, e a possibilidade de épocas diferentes se tangenciarem, a partir do olhar para o passado, inclusive do historiador contemporâneo. Também se encontram, sincronicamente, as contribuições da História Cultural e o estudo das cosmovisões. Revela-se assim que o Denkmalkultus, como outros textos de Riegl, não era apenas uma descrição dos processos globais que acreditava existir desde o Paleolítico até a Era Moderna, como um exemplo concreto da progressão teleológica, essencial para interpretar sua obra.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The book Der moderne Denkmalkultus, sein Wesen und seine Entsehung (The modern cult of monuments: its character and origin), by art historian Alois Riegl (1858-1905), is today considered a seminal work of the dialogue we call Conservation and Restoration Theories and in Brazil increasingly studied, with new and even pioneering conceptions in 1903, when it was originally published. A closer reading of Riegl’s oeuvre reveals a much more sophisticated framework than the isolated reading of Denkmalkultus, as is usual in Heritage Studies. Throughout his books, Riegl explores and discusses a particular conception of History and the Historian’s craft. In it, diachronically, is present a growing emphasis on History as a continuous becoming, in which long-term lines of meaning are recognizable - such as the progressive and reactive vectors coexisting in each work of art -, and the possibility of different epochs intersecting each other, from the look at the past, including the contemporary historian. Contributions from Cultural History and the study of worldviews are also synchronously integrated in this conception. Thus, it is revealed that Denkmalkultus, like other texts by Riegl, was not merely provide a description of the global processes that the author believed existed from the Paleolithic to the Modern Era as a concrete example of this teleological progression, a notion that is essential for intepreting Riegl’s work.
  • The production of protective earth-based mortars for earth constructions in southeastern Brazil during the 19th century coffee economy Estudos De Cultura Material

    CAVICCHIOLI, ANDREA; SANT'ANNA, LUCY GOMES

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O estudo dos materiais utilizados nos edifícios antigos fornece um meio de lançar luz sobre as práticas tradicionais de construção das sociedades do passado, mas pode servir também de inspiração para responder aos desafios enfrentados pela atual geração. Caracterizar estruturas e elementos de acabamento das edificações construídas com terra crua faz parte dessa missão, especialmente numa altura em que a arquitetura com terra é objeto de interesse renovado devido às muitas vantagens, particularmente em termos de sustentabilidade. Este artigo considera um conjunto de construções históricas edificadas em terra crua durante a primeira fase da economia do café (1820-1880) no trecho paulista do vale do rio Paraíba do Sul. Análises físicas (cor e textura) e químicas (FTIR, TGA, XRF e XRD) realizadas sobre um grande conjunto de amostras de argamassas e de solos locais recolhidas na região formaram a base para discutir possíveis critérios de seleção de solo como matéria-prima, soluções de textura e a estratégia de estabilização do produto final. Esse último aspecto implicava a adição de pequenas quantidades de cal, no caso de rebocos externos e, mais esporadicamente, nos revestimentos internos, sem a utilização de fibras ou aditivos orgânicos. Dados químicos e fontes históricas sugerem que a matéria-prima utilizada para esse fim foi provavelmente trazida para a região a partir de zonas costeiras.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The study of materials used in ancient buildings provides a means to shed light on traditional building practices of past societies, but can serve as inspiration to tackle challenges faced by the current generation. Characterising earth-based structures and finishing elements is part of this mission, especially at a time when earthen architecture is the subject of renewed interest due to its many advantages, particularly in terms of sustainability. This paper considers a set of historical earthen houses built during the first phase of the coffee economy (1820-1880) in the middle Paraíba do Sul River valley, in southeastern Brazil. Physical (colour and texture) and chemical (FTIR, TGA, XRF, and XRD) analyses performed on a large set of mortar and local soil samples collected in the region formed the basis for discussing possible soil selection criteria as raw materials, texture solutions, and the stabilisation strategy of the final product. This last aspect implied the addition of small quantities of lime, in the case of external renders and more sporadically in plasters, without the use of fibres or organic additives. Chemical data and historical sources suggest that the raw materials used for this purpose were probably brought to the region from coastal areas.
  • Popular architecture in the Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Estudos De Cultura Material

    DANTAS, HUGO STEFANO MONTEIRO; CABRAL, RENATA CAMPELLO

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O artigo propõe historicizar o modo como a arquitetura popular foi apresentada na linha editorial do Iphan, em especial na Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional entre as décadas de 1930 e 2010. A partir de um entendimento atual do que se entende por arquitetura popular, definiu-se um recorte para a entrada nos artigos da Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que considerou, dentro dessa chave, a arquitetura indígena, a arquitetura de ciclos históricos, os mocambos, os terreiros, os quilombos, a arquitetura popular de imigrantes e as habitações ribeirinhas. Para problematizar a questão, perguntou-se: A partir de que campos disciplinares a arquitetura popular foi interpretada? A partir de cânones consagrados ou a partir de seus próprios sistemas? A partir de sua dimensão material ou imaterial? Que valores foram identificados nela? Os artigos tinham caráter descritivo ou analítico? A que se propunham? Que diálogo estabelecem com as normativas, ideias, agentes do contexto estudado? Nesse sentido, discutir a arquitetura popular na Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional é também formular uma narrativa sobre a história do Iphan e sua relação com a história da arquitetura no país.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper historicizes how popular architecture was presented in Iphan’s editorial line, specifically in Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional between the 1930s and 2010. Based on a current understanding of popular architecture, the study defined a typological scope to analyze the articles published in the Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional that discussed indigenous architecture, the architecture of historical cycles, the “mocambos,” the “terreiros,” “quilombos,” popular immigrant architecture, and riverside dwellings. To problematize the issue, the following questions were raised: From which disciplinary fields has popular architecture been interpreted? From established canons or from its own systems? From its material or immaterial dimension? What values were identified in it? Were the articles descriptive or analytical? What did they propose? What dialogue do they establish with the regulations, ideas, agents of the studied context? Hence, to study popular architecture in the Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional is also to outline a narrative about Iphan’s history and its relation to the history of architecture in Brazil.
  • From popular housing to the bourgeois home: ways of living registered on the official records of Ribeirão Preto in the 1920s Estudos De Cultura Material

    LIMA, ANA CAROLINA GLERIA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Por meio do levantamento, sistematização e análise dos processos de aprovação da Diretoria de Obras disponíveis no acervo do Arquivo Público e Histórico de Ribeirão Preto (APHRP), o artigo estuda as características arquitetônicas da casa urbana ribeirão-pretana dos anos 1920, desde sua implantação, intenção plástica e tipologia programática. O texto contribui à historiografia da arquitetura, mostrando como as características arquitetônicas se vinculam aos contextos políticos, econômicos, sociais e culturais, coexistindo com o cenário arquitetônico das grandes capitais brasileiras, especialmente em São Paulo com o aparecimento de novos programas, alterações na implantação e inovações no repertório formal. Busca apoio teórico em pesquisas recentes, como a de Jorge Lody; em autores locais, como Adriana Capretz Silva; em autores consolidados, como Carlos Lemos e Nestor Goulart Reis Filho e, por fim, em autores que trazem uma visão do contexto internacional, como Monique Eleb e Anne Debarre.

    Abstract in English:

    ABSTRACT By surveying, systematizing and analyzing the approval processes of the Works Board available in the collection of the Public and Historical Archives of Ribeirão Preto (APHRP), this paper studies the architectural characteristics of the urban house in 20th-century Ribeirão Preto, from its implementation, plastic intention and programmatic typology. The text contributes to the historiography of architecture, showing how such architectural characteristics were tied to political, economic, social and cultural contexts, coexisting with the architectural scenario of large Brazilian capitals, especially São Paulo, with the appearance of new programs, changes in implementation and innovations in the formal repertoire. Its theoretical background includes recent studies, such as that of Jorge Lody; local authors, such as Adriana Capretz Silva; well-established authors, such as Carlos Lemos and Nestor Goulart Reis Filho; and authors who investigate the international context, such as Monique Eleb and Anne Debarre.
  • O Anhanguera by Theodoro Braga: dissonances of a controversial figure within São Paulo’s bandeirantismo Estudos De Cultura Material

    CAMPOS, ELISA FERREIRA ROCHA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A vida e a obra de Theodoro Braga tem sido destacada pela historiografia contemporânea devido a sua presença nas artes decorativas e por seu papel na formulação de uma identidade nacional brasileira, atividade que perpassa toda sua atuação como pintor e educador. Porém, como apontado por alguns autores, o artista também tem expressiva importância no campo da pintura histórica. Uma de suas obras mais conhecidas do gênero é O Anhanguera (1930), um dos retratos mais famosos e reproduzidos do bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva. A obra integra o acervo do Museu Paulista desde 1960, quando foi doada por Maria da Silva Braga, viúva de Theodoro Braga. Até alguns anos atrás, o Museu não tinha informações sobre o processo de produção da obra, bem como sua inserção na produção artística do pintor, sua circulação antes da doação em 1960, a relação do artista com o Museu Paulista e a relação da obra com os padrões de representação da iconografia bandeirante estabelecida por Afonso Taunay, então diretor do museu. Essas relações foram aqui investigadas por meio de levantamento documental em periódicos da época. A análise das fontes, junto à revisão bibliográfica sobre a criação e consolidação do mito do “herói bandeirante” e dos padrões de representação dessas personagens nas obras do acervo do Museu Paulista, demonstram que a obra de Theodoro Braga foi excluída das encomendas e compras oficiais realizadas por Taunay por não se adequar ao cânon por ele imposto à instituição. Essa exclusão, no entanto, não impediu que a obra fosse adquirida pelos acervos oficiais do estado de São Paulo a partir de 1945, ano em que Taunay deixou a direção do Museu Paulista.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The life and oeuvre of Theodoro Braga has been highlighted by contemporary historiography due to his importance in the decorative arts and his role in formulating a Brazilian national identity, activity that permeates his entire career as a painter and educator. As pointed out by some authors, however, the artist also has significant importance in the field of historical painting. One of his best-known works is O Anhanguera (1930), the most famous and reproduced portrait of the bandeirante Bartolomeu Bueno da Silva. The painting has belonged to the Museu Paulista collection since 1960, when it was donated by Maria da Silva Braga, Braga’s widow. Until a few years ago, the museum lacked all information about its production process, its insertion in Braga’s artistic production, its circulation before 1960, as well as the relationship between the painter and the Museu Paulista and the work’s relationship with the patterns of representation within the bandeirante iconography established by Afonso Taunay, then the museum’s director. These relationships were investigated here by means of a documentary survey in periodicals of the time. Data analysis, together with the literature review on the creation and consolidation of the mythological “bandeirante hero” and its patterns of representation in the Museu Paulista collection, show that Theodoro Braga’s works were excluded from official commissions and purchases made by Taunay for not fitting the imposed canon. Such exclusion, however, did not stop his paintings from being acquired by the São Paulo state official collections starting in 1945foward, when Taunay left the museum’s administration.
  • Hygiene standards and appropriations in the consolidation of bathrooms in São Paulo dwellings (1890−1930) Estudos De Cultura Material

    PAULILLO, CLARISSA DE ALMEIDA

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este artigo explora a relação entre espaço doméstico, tecnologias e as políticas higienistas na cidade de São Paulo, entre o final do século XIX e as primeiras décadas do século XX. Com base no levantamento dos pedidos para novas construções habitacionais do período, observa-se a rápida transformação da moradia segundo preceitos de salubridade e limpeza, com destaque para a constituição de um novo ambiente no programa residencial: o banheiro. Partindo dessa constatação, o artigo é dividido em duas partes: na primeira, discute-se como as políticas sanitaristas tornam obrigatória a presença de um cômodo sanitário nas moradias paulistanas por meio da implantação dos serviços de fornecimento de água e esgoto para domicílios, apoiada pela legislação e fiscalização; na segunda parte, o trabalho examina a apropriação social desse novo espaço, assim como de seus equipamentos, revelando que a consolidação do banheiro deve ser compreendida também à luz das mudanças das práticas corporais ligadas às ideias de higiene, limpeza e conforto em discussão na época.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper explores the relationship between the domestic space, technologies and hygienist policies in the city of São Paulo, between the late 19th century and early 20th century. In analyzing the requests for new housing constructions in the period, we observe a rapid transformation of housing according to salubrity and cleanliness precepts, particularly the creation of a new environment in the residential program: the bathroom. Based on this observation, the article is divided into two parts: the first discusses how sanitary policies made the presence of a sanitary room mandatory in São Paulo’s houses by implementing water and sewage services for households, supported by legislation and inspection. The second examines the social appropriation of this new space, as well as of its equipment, revealing that the consolidation of the bathroom should be understood in light of changes in bodily practices linked to the ideas of hygiene, cleanliness and comfort under discussion at the time.
  • The relationship of preservationist actions in the conduct of the Public Ministry and the Municipality: the management of the Ouro Preto carnival Conservação E Restauração

    SAYEGH, LILIANE MÁRCIA LUCAS

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo busca analisar a relação entre a conduta do Ministério Público e da administração municipal no que diz respeito às ações de preservação do patrimônio cultural urbano e edificado frente aos desafios impostos pela realização anual do carnaval na cidade de Ouro Preto, MG. Para tanto, utiliza como pressupostos teóricos o breve estudo das competências de preservação cultural que cabem aos municípios e ao Ministério Público, além de discutir as escassas diretrizes voltadas à realização de eventos em núcleos tombados, e analisa as ações praticadas até o momento por essas instituições na cidade, no que tange à proteção do patrimônio em relação à realização do carnaval. Tais ações estão voltadas singularmente à execução de Termos de Ajustamento de Conduta entre as instituições citadas, bem como à regulamentação municipal e ao contexto de tais práticas, que revelam o papel que cada instituição tem desempenhado na gestão dos impactos relacionados ao evento na cidade. Além disso, este estudo ressalta como o caso avaliado tornou-se paradigmático para que se criassem diretrizes protecionistas para a realização do evento em outras cidades brasileiras, além de refletir sobre as possibilidades, limites e interações interinstitucionais do ponto de vista preservacionista, com o intuito de colaborar para estimular a discussão sobre a realização de eventos em espaços urbanos tombados no debate patrimonial.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The present study seeks to analyze the relation between the conduct of the Public Ministry and the Municipal Administration concerning actions to preserve the urban and built cultural heritage in the face of challenges imposed by the annual carnival in Ouro Preto City, MG. To this purpose, it uses as theoretical assumptions the brief study of cultural preservation competencies that are the responsibility of the municipalities and the Public Prosecutor’s office, as well as discussing the limited guidelines aimed at holding events in protected areas and analyzing the actions carried out by these institutions so far in the city concerning the protection of heritage in relation to the realization of its Carnival. Such actions are singularly aimed at the execution of Terms of Conduct Adjustment among the mentioned institutions, as well as the municipal regulation and the context of such practices that reveal the role that each institution has played in the management of impacts related to the event in the city. In addition, the study highlights how the evaluated case has become paradigmatic for creating guidelines for event holding in other Brazilian cities, in addition to reflecting on interinstitutional possibilities and limits from a preservationist point of view, collaborating to stimulate discussion about the holding of events in urban spaces that are listed in the heritage debate.
  • Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material Errata

Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br