Accessibility / Report Error

Políticas educacionais, visões de mundo e a articulação em processos educativos

Educational policies, world views and the articulation in educative processes

Resumos

O trabalho teve como foco a discussão das políticas educacionais em educação ambiental e as visões de mundo com a finalidade de explicitar as implicações dessas em processos educativos. As visões de mundo são concebidas como macroestruturas epistemológicas, que compreendem um conjunto de valores, crenças, conceitos e formas de conhecimento que fundamentam as concepções e ações educativas. O trabalho apresenta, também, os componentes das visões de mundo e a maneira como esses se articulam em processos educativos. Esse aspecto é importante para se poder identificar as concepções de mundo subjacentes às práticas pedagógicas desenvolvidas pelas escolas. Na visão integrada de mundo, a problemática ambiental é entendida como decorrente do modelo de desenvolvimento social e das relações que os seres humanos estabelecem entre si e com o ambiente não humano. Considera-se, ainda, que a perspectiva relacional pode contribuir para uma mudança na atual abordagem da Educação Ambiental.

políticas educacionais; educação ambiental; visões de mundo


This paper focuses on the discussion of educational policies in environmental education and on world views, for the purpose of clarifying their implications in educative process. The world views are conceived as epistemological macro-structures which consist of a set of values, beliefs, concepts and forms of knowledge which are the base for conceptions and educative actions. The paper also presents the components of the world views and the ways in which these components are articulated in educative processes. This aspect is important in order that the world conceptions underlying pedagogical practices developed by the schools may be identified. In an integrated world view, an environmental issue is conceived as a relational issue resulting from the model of social development and the relationship which the human beings establish among themselves and with the non-human environment. It is considered that the relational perspective may contribute to a change in the current approach of the environmental education.

educational policies; world views; educative processes


Políticas educacionais, visões de mundo e a articulação em processos educativos

Educational policies, world views and the articulation in educative processes

Noemi BoerI; Edmundo Carlos de MoraesII

IDoutoranda, Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, Universidade Federal de Santa Catarina; Docente, Centro Universitário Fransciscano, Santa Maria, RS. E-mail: nboer@terra.com.br

IILaboratório de Pesquisa para um Conhecimento Integrado, Departamento de Ecologia e Zoologia, Centro de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC. E-mail: laborpeci@ccb.ufsc.br

RESUMO

O trabalho teve como foco a discussão das políticas educacionais em educação ambiental e as visões de mundo com a finalidade de explicitar as implicações dessas em processos educativos. As visões de mundo são concebidas como macroestruturas epistemológicas, que compreendem um conjunto de valores, crenças, conceitos e formas de conhecimento que fundamentam as concepções e ações educativas. O trabalho apresenta, também, os componentes das visões de mundo e a maneira como esses se articulam em processos educativos. Esse aspecto é importante para se poder identificar as concepções de mundo subjacentes às práticas pedagógicas desenvolvidas pelas escolas. Na visão integrada de mundo, a problemática ambiental é entendida como decorrente do modelo de desenvolvimento social e das relações que os seres humanos estabelecem entre si e com o ambiente não humano. Considera-se, ainda, que a perspectiva relacional pode contribuir para uma mudança na atual abordagem da Educação Ambiental.

Palavras-chave: políticas educacionais. educação ambiental. visões de mundo.

ABSTRACT

This paper focuses on the discussion of educational policies in environmental education and on world views, for the purpose of clarifying their implications in educative process. The world views are conceived as epistemological macro-structures which consist of a set of values, beliefs, concepts and forms of knowledge which are the base for conceptions and educative actions. The paper also presents the components of the world views and the ways in which these components are articulated in educative processes. This aspect is important in order that the world conceptions underlying pedagogical practices developed by the schools may be identified. In an integrated world view, an environmental issue is conceived as a relational issue resulting from the model of social development and the relationship which the human beings establish among themselves and with the non-human environment. It is considered that the relational perspective may contribute to a change in the current approach of the environmental education.

Key words: educational policies. world views. educative processes.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Artigo recebido em fevereiro de 2006 e aceito em agosto de 2006

  • AERTS, D.; APOSTEL, L.; MOOR, B.; HELLEMANS, S.; MAEX, E.; VAN BELLE, H.; VAN DER VEKEN, J. Worldviews: from fragmentation to integration. VUB Press: Brussels, 1994.
  • ARELARO, L. R. G. Resistência e submissão: a reforma educacional na década de 1990. In: KRAWCZYK, N.; CAMPOS, M. M.; HADDAD, S. (Orgs.). O cenário educacional Latinoamericano no limiar do século XXI: reformas em debate. Campinas: Autores Associados, 2000. p. 95-116. (Coleção Educação Contemporânea).
  • BONAMINO, A; MARTÍNEZ, S. A. Diretrizes e parâmetros curriculares nacionais para o ensino fundamental: a participação das instâncias políticas do estado. Educação & Sociedade, v. 23, n. 80, p. 371-388, 2002.
  • BRASIL. Constituição. Brasília: Senado Federal, 1988.
  • ______ . Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: Temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998.
  • ______ . Congresso Federal. Lei n 9.795 – de 27 de abril de 1999 Dispõe sobre a Educação Ambiental. Institui a política nacional de educação ambiental e dá outras providências.
  • ______ . Ministério da Educação e Desporto. Plano Nacional de Educação para Todos: 1993 – 2003. Brasília: MEC, 1994.
  • COBERN, W. W. World view theory and science education research The National Association for Research in Science Teaching ( NARST), Monograph. Number 3. Arizona, USA, 1991.
  • ______. Worldview theory and conceptual change in science education. Science Education v. 5, n. 80, p. 579- 610, 1996.
  • CARVALHO, I. C. M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004.
  • FAZENDA, I. Interdisciplinaridade exige acima de tudo disciplina. ABC Educatio São Paulo. Ano 6, n. 43, mar. 2005, p. 5-9. Entrevista.
  • MORAES, E. C. Ações pedagógicas relacionais Florianópolis, 2001. (mimeogr.
  • ______ . Abordagem relacional: uma estratégia pedagógica para a educação científica na construção de um conhecimento integrado. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 4., 2003. Bauru. Anais.. Bauru: ABRAPEC, 2003. CDROM.
  • MORAES, E. C.; COLOMBI, A. N. K. Sustentabilidade e educação biológica: Uma perspectiva relacional. In: CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO BIOLÓGICA, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, ÉTICA E CIDADANIA, 2004. Rio de Janeiro. Anais ... Rio de Janeiro: Fiocruz, 2004. (no prelo).
  • OLSEN, M. E; LODWICK. D. G; DUNLAP, R. E. Viewing the world ecologically Boulder: Westview Press, 1992.
  • UNESCO. Educação ambiental: as grandes orientações da conferência de Tbilisi. Brasília: IBAMA, 1997.
  • ______ . Educação para um futuro sustentável: uma visão transdisciplinar para ações compartilhadas. Brasília: IBAMA, 1999.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    26 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    Dez 2006

Histórico

  • Recebido
    Fev 2006
  • Aceito
    Ago 2006
Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Av. Engenheiro Luiz Edmundo Carrijo Coube, 14-01, Campus Universitário - Vargem Limpa CEP 17033-360 Bauru - SP/ Brasil , Tel./Fax: (55 14) 3103 6177 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: revista@fc.unesp.br