Educação & Sociedade, Volume: 22, Issue: 76, Published: 2001
  • Editorial Editorial

    Camargo, Elizabeth de Almeida Silvares Pompeo de; Pino, Ivany Rodrigues; Piozzi, Patrizia; Oliveira, Romualdo Portela de; Sguissardi, Valdemar
  • Global ethics as glokal ethics Artigos

    Zirfas, Jörg

    Abstract in Portuguese:

    Sob o título de uma "ética glocal", o presente artigo busca discutir uma relação ético-dialética, que reconstrói tanto a diferença entre éticas locais ante o pano de fundo de pretensões de validade universais quanto, inversamente, estas pretensões de validade pela via do reconhecimento das éticas locais. A partir dos exemplos das estruturas de fundamentação moral e implicações do neoracismo, dos direitos humanos, do debate acerca do pluralismo ético, bem como da formação intercultural, fica claro que uma ética global como ética glocal evoca uma ética do reconhecimento simétrico e da justiça. Sobre a base de uma tal ética, a formação (moral) torna-se uma permanente decentração, que a partir da dupla mediação - local e global - viabiliza avanços morais como, de outra parte, exige o reconhecimento das outras éticas como parte da própria.

    Abstract in English:

    Under the title "glokal ethics" this paper discusses a dialectical-ethical relationship reconstructing both the differences between local ethics on the background of universal validity claims and, conversely, these validity claims through the recognition of local ethics. The moral foundation structures and the implications of neo-racism, the basic human rights, the debate on ethical pluralism, and the intercultural education all make it clear that global ethics as glokal ethics evokes a reciprocal and symmetrical recognition ethics, which stresses the regulative principles of self-respect and justice. Based on such an ethics, (moral) education becomes a permanent decentering which - due to the reciprocal local-global relationship - makes moral developments possible, on the one hand, and demands other ethics be recognized as part of one's own ethics, on the other.
  • The twilight of the subject (the crisis of modern identy: Kleist, Nietzsche, Musil)

    Mèlich, Joan-Carles

    Abstract in Spanish:

    En este articulo se defienden tres tesis. La primera podría formularse diciendo que lo verdaderamente característico de la modernidad tardía, del "final de trayecto" en el que vivimos, no es tanto la muerte de Dios cuanto la crisis del hombre, de lo humano. La segunda sería que esta crisis del hombre (o del sujeto) hunde sus raíces en el romanticismo alemán y resurge en la filosofía de Nietzsche, alcanzando su apogeo en la Viena de principios del siglo XX. La tercera diría: no es posible pensar la educación sin alguna idea de sujeto, pero tampoco se puede pensar el sujeto al margen de la crisis de la modernidad, de su ocaso moderno.

    Abstract in English:

    This paper defends three theses that could be formulated as follows: (1) Much more than the death of God, the utmost feature of late modernity, of this "end of journey" we are living, is the crisis of man, of the human. (2) Although this crisis of man (or of the subject) saw its roots collapse during German Romanticism, it revived in Nietzsche's philosophy to reach its apogee in the early XXth century Viena. (3) One cannot think education without any idea of what a subject is, nor think this subject on the fringes of the crisis of modernity, of its modern twilight.
  • Ethos without ethics: the critical perspective of T.W. Adorno and M. Horkheimer Artigos

    Lastória, Luiz A. Calmon Nabuco

    Abstract in Portuguese:

    O propósito deste artigo é o de expor os motivos que levaram T.W. Adorno e M. Horkheimer a não tratar o problema filosófico da moral nas sociedades contemporâneas nos termos de uma teoria ética. Em decorrência disso, a ética assume, na perspectiva desses autores, a dimensão de um impulso que se realiza enquanto crítica racional a uma racionalidade supostamente esclarecida.

    Abstract in English:

    The purpose of this article is to present the reasons why T. W. Adorno and M. Horkheimer did not consider the philosophical problem of morality, in contemporary societies, in terms of an ethical theory. Therefore, in these authors' views, ethics acquires the dimension of an impulse that becomes effective as a rational critique to a supposedly enlightened rationality.
  • Emmanuel Levinas: para uma sociedade sem tiranias Artigos

    Rolando, Rossana
  • Against the abuse of ethics and morality Artigos

    Romano, Roberto

    Abstract in Portuguese:

    O autor, que ensina ética e filosofia política, deseja com este artigo indicar o perigo da inflação de palavras como "ética" e "moral" no vocabulário de nossos dias. Ele considera que o desgaste de tais termos, o seu uso indiscreto e indiscriminado, apenas auxilia o niilismo dos valores que domina a sociedade moderna. Como exercício para uma retomada dos conceitos na sua ordem própria, apresenta uma tradução do verbete, apresentado na Enciclopédia de Diderot e D´Alembert, sobre a ciência moral. Ali, são dadas as bases filosóficas do conceito, desde a antigüidade até os tempos modernos. A leitura do verbete pode ajudar no estabelecimento de padrões mais definidos sobre a moral, a ética e os valores que definem os direitos e deveres sociais, o que é relevante para a educação.

    Abstract in English:

    In this paper, the author, an ethics and political philosophy professor, wishes to pinpoint the dangers of inflating such words as "ethics" and "morality" in our present days vocabulary. He considers that the erosion of these terms, i. e. their indiscreet and indiscriminate use, reinforces the nihilism of values prevailing in modern society. As an exercise to recover these concepts in their proper condition, he brings forward a translation of the entry: "moral science", as found in Diderot and D´Alembert's Encyclopedia. There lie the philosophical bases of the concept, from antiquity to modern times. Reading this entry may help establish more delineated patterns for morality, ethics and the values that define the social rights and duties... which is quite relevant for education.
  • Aesthetic barbarism and journalistic production: the update of the culture industry concept Artigos

    Costa, Belarmino Cesar Guimarães da

    Abstract in Portuguese:

    O trabalho busca, através da atualidade do conceito de indústria cultural, demonstrar as contribuições da Teoria Crítica para os estudos de comunicação, em particular, para a identificação do processo de heteronomia cultural, hierarquização dos artefatos e universalização de padrões estéticos. Toma como referência a produção jornalística para verificar, na construção da notícia, a apropriação da racionalidade técnica e explora a questão da violência na perspectiva de que ela não se esgota com o enunciado da mensagem, mas deve ser compreendida também nas condições de sua produção. A estetização da realidade, a mediação tecnológica e a relação entre sensibilidade e experiência complementam a exposição.

    Abstract in English:

    This work intends, through the update of the concept of culture industry, to demonstrate the contributions of the Critical Theory to the communication studies, especially regarding the identification of the cultural heteronomy process, the hierarchical arrangement of artifacts and the globalization of aesthetic standards. It takes the journalistic production as a reference to verify the appropriation of the technical rationalization in the construction of the news, and explores the violence issue taking into consideration the fact that this subject doesn't drain away at the moment of its message enunciation, but must also be understood under the conditions of its production. The technological intervention in the perception of reality and the relationship between sensitiveness and experience complement the exposition.
  • Ethics and classical education: virtue and happiness in the golden mean Artigos

    Boto, Carlota

    Abstract in Portuguese:

    O presente estudo debruça-se sobre a interface do problema educativo com a problemática da ética, compreendendo a pedagogia com a arte/ciência voltada para a busca do bem educar/instruir/formar. Para tanto, o texto mobilizará conceitos da concepção ética da Aristóteles; e, na atmosfera mental da Grécia clássica, recorre-se ao termo específico grego e transdisciplinar na origem: paideia. A seguir, este ensaio procura pontuar alguns aspectos da concepção iluminista a propósito do tema, valendo-se da noção kantiana de imperativo categórico, a qual teria sido precedida pelo parecer de Rousseau, segundo o qual a vontade - e não a razão - seria a marca distintiva do gênero humano no ambiente natural. A idéia de Piaget de uma ética da reciprocidade também é aqui mobilizada. Abordando diacronicamente a temática, serão analisados conceitos de autores clássicos no debate da relação entre educação e ética, com destaque para o sentido conferido por Hanna Arendt para a autoridade como critério distintivo da relação assimétrica entre o educador (as gerações adultas de maneira geral) e os estudantes (ou as novas gerações). Arendt defende, como conceito e pressuposto operatório, a dimensão necessariamente conservadora do ato educativo: compete ao educador preservar do mundo as novas gerações e preservar o mundo das novas gerações - para que estas não destruam o suporte e o acervo cultural acumulados.

    Abstract in English:

    The present study is an in-depth discussion of the interface between educational and ethical problems, understanding pedagogy as the art/science aiming at good education/instruction/training. For this purpose, the text will summon concepts from Aristotle's ethics. Immersed in Classical Greek Thought, it will attempt to rescue a term which is originally interdisciplinary - paideia. Next, this essay tries to highlight some aspects of the illuminist concept of the theme, taking advantage of the Kantian notion of categoric imperative, which had been preceeded by Rousseau's opinion asserting that will - and not reason - would be the distinctive feature of the human race in a natural environment. Piaget's idea of reciprocity ethics is also evoked here. Through a diachronic approach of the theme, concepts of classical authors who have debated the relationship between ethics and education will be analyzed, focusing on the sense Hanna Arendt conferred to authority as a distinctive criteria of the asymmetric relationship between educators (adult generations) and students (new generations). As an operating concept and assumption, Arendt advocates that the educational act necessarily entails a conservative dimension: the mission of educators is to protect the new generations from the world and the world from the new generations - so that they do not to destroy the accumulated supports and cultural heritage.
  • Moral education: training or communicative reflection? Artigos

    Goergen, Pedro

    Abstract in Portuguese:

    O texto busca elucidar alguns dos mais relevantes aspectos da educação moral no contexto do mundo plural contemporâneo. Parte-se do suposto de que a educação moral é possível e necessária, mesmo no cenário atual de desestabilização dos valores fixos e universais da tradição. Esta educação moral, portanto, já não pode ser concebida como transmissão de valores e comportamentos morais, mas como a introdução dos educandos no mundo conflitante das concepções morais, objetivando consensos mínimos que sirvam de base para o seu agir moral. Por meio de uma relação pedagógica reflexivo/comunicativa espera-se sensibilizar os alunos para a problemática da moralidade, bem como promover a estruturação de uma subjetividade a partir da qual cada um possa tomar suas decisões morais com responsabilidade.

    Abstract in English:

    This text seeks to elucidate some of the most relevant aspects of moral education in the context of our contemporaneous, plural world. It assumes that moral education is possible and necessary, even in the current setting where the fixed, universal values of tradition are destabilized. Such moral education, which can no longer be considered as the transmission of moral values and behaviors, consists of the introduction of learners into the conflicting world of moral conceptions, aiming at minimum consensuses that lay the bases for their moral actions. Through a reflexive-communicative pedagogical relationship one hopes to heighten the students awareness of the morality problems, as well as structure a subjectivity that allows anyone to responsibly make their own moral decisions.
  • More about citizen education: can one teach ethics? Artigos

    Valle, Lílian do

    Abstract in Portuguese:

    A formação ética dos futuros cidadãos foi o primeiro e também o mais constante sentido atribuído à ação educativa - ao menos desde que esta deixou de ser uma prática privada, exercida de forma espontânea e dispersa no cotidiano social, dando origem a instituições sociais específicas e a fazeres especializados. Ao ser inaugurado, o longo debate sobre os fins e sobre os procedimentos da educação era essencialmente movido por interrogações em que ética e política encontravam-se fortemente entrelaçadas. Tornada atividade social explícita e refletida, a educação se fez instrumento de construção de uma nova polis - de realização da obra política, pela formação ética dos futuros cidadãos. Mais ainda, a tarefa de formação ética para a cidadania deve ser associada à própria invenção da noção de escola, quer a entendamos em sua acepção mais ampla - como instituição consagrada a um tipo de educação que transborda o âmbito estritamente doméstico e que é confiada a "especialistas" -, quer a concebamos na acepção muito especial que passou a possuir na modernidade - quando à escola pública é imputada a responsabilidade quase que integral por uma formação antes confiada ao conjunto dos cidadãos.

    Abstract in English:

    The ethical education of future citizens was the first and steadiest meaning ascribed to the educational action - at least since this ceased to be a private practice exercised in a spontaneous and dispersed fashion to make way for specific social institutions and specialized actions. Since its beginning, the extended debate about the ends and procedures of education was essentially motivated by questions in which ethics and politics were strongly intertwined. Grown into an explicit and reflexive social activity, education became an instrument to construct a new polis - accomplishing the political undertaking through the ethical education of future citizens. Moreover, this task must be associated with the invention of the notion of school, understood in its broader sense - either as an institution devoted to a kind of education consigned to specialists and that goes beyond the strictly domestic sphere, or in the special sense it acquired in modernity when the public school system is assigned almost full responsibility for education, which used to be consigned to the citizens as a whole.
  • From children citizen to the end of childhood Artigos

    Brayner, Flávio

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute a experiência de embaralhamento de fronteiras entre o espaço público e o espaço privado, de um lado, e, de outro, entre o adulto e a criança, com decisivas e, talvez, catastróficas conseqüências para a permanência de um mundo comum e sua transmissibilidade. A relação entre escola e cidadania serve como fio vermelho desta discussão que, em um de seus argumentos centrais, discorda da existência de algo que chamamos de "aluno-cidadão" para, no final, ensaiar uma breve nota sobre uma escola ("conservadoramente") democrática.

    Abstract in English:

    This paper discusses the experience of erased frontiers between public and private spaces, on the one hand, and between adults and children, on the other, which encompasses decisive, if not catastrophic consequences on the permanence of a common world and its transmissibility. The relationship between school and citizenship comes as the unifying thread in this discussion whose main argument denies the existence of the so-called "student-citizen". Finally, it brings forward a brief note on a (conservative) democratic school.
  • Ethics at school: (re) kindling a controversy Artigos

    Oliveira, Renato José de

    Abstract in Portuguese:

    Considerando que a ética na escola e a formação do caráter do aluno têm sido discutidas em todo mundo, este artigo trata o tema com base em três eixos. O primeiro apresenta algumas visões filosóficas de ética e de moral, buscando investigar se as distinções teóricas têm ou não significado social. O segundo eixo se relaciona aos fundamentos da ética e da moral como disciplinas práticas. A principal questão colocada é: os princípios gerais devem legitimar os juízos de valor éticos/morais ou vice-versa? Finalmente, é abordado o papel cumprido pela escola na formação ética/moral do cidadão. Certas concepções educacionais como a de Comênio, a de Dewey e também as práticas pedagógicas homogeneizadoras, assim como as propostas relativas à ética presentes nos Parâmetros Curriculares Nacionais, são discutidas.

    Abstract in English:

    Considering that Ethics at school and the education of students' character have been discussed all over the world, this paper focuses its subject based on three axes. The first one presents some philosophical views on Morality and Ethics in order to investigate whether or not theoretical distinctions have social impacts. The second axis is related to the foundations of Morality and Ethics as practical disciplines. The main question is: Should general principles legitimate moral/ethical judgments or vice versa? Finally the role assumed by school in the ethical/moral education of the citizen is explored. Both educational conceptions as those owing to Comenius and Dewey and the homogenizing pedagogical practices are discussed, as well as the ethical proposals included in the Parâmetros Curriculares Nacionais (National Curricular Guidelines)
  • Education: from human training to the construction of ethical subjcts Artigos

    Rodrigues, Neidson

    Abstract in Portuguese:

    Este texto elabora uma crítica e uma proposição em torno da questão educacional. A crítica denuncia a consensual concepção que atribui aos processos escolares atuais os fins e meios de toda a Educação. Acentua que tal concepção articula a visão pragmática e utilitária predominante na ordem política e social do mundo moderno ao papel atribuído à educação escolar de preparar os educandos para o exercício da cidadania. Examina ainda - e recusa - a estreita relação que destina o atributo de cidadão aos indivíduos que se apossam dos conhecimentos e habilidades considerados necessários para que se integrem como força eficiente nos setores produtivos. O texto reconhece que o acesso a conhecimentos e habilidades constitui parte do processo de formação humana, mas não deve ser confundido com a totalidade do processo. Em seu aspecto proposicional, o texto põe em evidência a concepção de que a Educação é o processo integral de formação humana, pois cada ser humano ao nascer, necessita receber uma nova condição para poder existir no mundo da cultura. Esse processo inclui a aquisição de produtos que fazem parte da herança civilizatória e que concorreram para que os limites da natureza sejam transpostos. Entre eles se colocam os conhecimentos racionais que promoveram o desenvolvimento científico e cultural da humanidade, e a consciência de que o ser humano é o próprio produtor das condições de reprodução de sua vida e das formas sociais de sua organização e devem ser orientadas pelos princípios da solidariedade, do reconhecimento do valor das individualidades, respeito às diferenças, e pela disciplina das vontades. O Ser Humano, por não receber qualquer determinação por natureza, pode construir o seu modo de vida tendo por base a liberdade da vontade, a autonomia para organizar os modos de existência e a responsabilidade pela direção de suas ações essa característica do ser humano constitui o fundamento da formação do sujeito ético. Este deve ser o objetivo fundamental da Educação, ao qual devem ser submetidas toda e qualquer prática educativa, aí incluídas as escolares. Por último o texto discorre sobre o que o autor acredita ser o futuro da Escola. Na medida em que a ela vai se tornando o mais legítimo espaço na sociedade moderna para realizar a educação das crianças e dos adolescentes, ela terá de se transformar para recepcionar essa função que lhe caberá por injunção social: a de ser, não apenas, o lugar da escolarização, mas, sobretudo o da formação humana e o da formação do sujeito etico.

    Abstract in English:

    This text elaborates both a criticism and a proposal with regard to the educational issue. The critic denounces the consensual conception that ascribes the means and ends of Education, as a whole, to the current educational processes. It highlights that such a conception hangs together the pragmatic, utilitarian vision prevailing in both the political and social order of the world, and the role assigned to school education: preparing learners to exercise their citizenship. It also explores - and denies - the close relationship between the attribute of citizen and individuals who take hold of knowledge and skills considered necessary to their integration as an efficient force within the productive sectors. This paper does not recognize access to knowledge and skills but as part of the human training process. As for its propositional aspect, it stresses the concept of Education as the integral process of human training, since every newborn human being needs to receive a new condition in order to exist in the world of culture. This process includes the acquisition of products that are part of the civilizing heritage and have contributed to exceeding the limits of nature. Among them are rational knowledge, which promoted the scientific and cultural development of manhood, and the conscience that each human being is the very producer of the reproduction conditions of his own life and of the social forms of its organization. The latter must be oriented by the principles of solidarity, recognition of the value of individualities, respect to differences, and by the discipline of wills. The Human Being, once he does not receive any determination by nature, may construct his own way of life on the bases of Free will, autonomy to organize his manners of living and responsibility for the direction of his actions. This human feature constitutes the foundation of the ethical subject training, which has to be the essential objective of Education, and to which whatever educational practice, including those concerned with school, must be subjected. Finally, the text addresses what the author believes to be the future of School. Insofar as, in modern society, it is becoming the most legitimate space to carry out the education of children and teen-agers, it will have to change in order to embrace this function that will fall on it as a social injunction: being not only a place for schooling, but also, and above all, one of human and ethical subject training.
  • School: between morality crisis and ethical renovation Artigos

    Barrere, Anne; Martuccelli, Danilo

    Abstract in Portuguese:

    Enquanto a sociedade assiste a uma ruptura entre considerações éticas e princípios estritamente morais, a escola custa para reconhecer a importância da preocupação ética. Em meio a uma crise da educação moral, não consegue legitimar reflexões que, entretanto, fazem parte do cotidiano de alunos e docentes. O presente artigo propõe-se a analisar essa situação, assim como os possíveis esboços de uma renovação da ética na escola, mediante três grandes dimensões: a relação consigo, a relação com o Outro, a relação com a sociedade.

    Abstract in English:

    In modern society, ethical matters tend to stray from moral principles. Yet school, immersed in a moral education crisis, hardly legitimates or even acknowledges ethical issues that are part of teachers and pupils' everyday life. This paper seeks to analyze such a situation and possible outlines for an ethical renovation, along three main sets of problems: relationship to oneself, relationship to the Others, relationship to society.
  • Equality, equitableness and solidarity

    Fernández Enguita, Mariano

    Abstract in Spanish:

    Se propone descomponer la idea inespecífica de igualdad o, mejor, justicia distributiva, en las más específicas de igualdad estricta, equidad (acorde con la contribución o el esfuerzo), excelencia (incentivos a las aportaciones extraordinarias) y solidaridad (compensación para los discapacitados). Estos son los criterios de justicia de la sociedad actual - aunque no haya acuerdo sobre como alcanzarlos - y la escuela no necesita inventar otros sino adaptarlos a su contexto. Por otra parte, se diferencia entre las desigualdades intracomunitarias - clase, género y etnia - y las intercomunitarias - entre países, entre comunidades, entre nacionales e inmigrantes.

    Abstract in English:

    This paper suggests to decompose the unspecific idea of equality or, rather, of distributive justice, into the more specific ideas of strict equality, equitableness (according to contribution or effort), excellence (incentives for extraordinary contributions) and solidarity (compensation for the disabled). These are the criteria of justice in modern society - even though there is no agreement on how to reach them. School need not make up any new ones but adapt those to its own context. Besides, a distinction is made between intracommunity - class, gender and ethnicity - and intercommunity inequalities - between countries, communities and between nationals and immigrants.
  • Pós-modernidade, ética e educação Resenhas

    Sanfelice, José Luís
  • Ética e estética numa sociedade administrada Resenhas

    Ramos, Paula
Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br